Relato com Orixá Osanhã

Relato com Orixá Osanhã

Recife 20 de Outubro de 2014
IMAGEM OSSANHA
Relato com Orixá Osanhã

Bom dia, amigos!
Queria que vocês nesse momento pudessem sentir o que sinto ao escrever.
A energia que estou no momento banhado é simplesmente maravilhosa.
A oportunidade que tive essa noite não é possível quando não estamos na faixa do amparo, da caridade, no desprendimento de ajudar sem pensar na gente. E raramente entro nesse tipo desprendido de sintonia.

Fui deitar depois de fazer algumas pesquisas no novo equipamento de leitura das ondas cerebrais, o Emotiv Epoc.
Deitei por volta das 23, depois do debate da Record dos presidenciáveis e ainda fiz a técnica completa 3 usando o celular.
Quando terminou já era pouco mais da meia noite. Tirei o fone de ouvido e comecei a relaxar.
Senti meu chacra frontal forte e também o cardíaco e aproveitei isso e emanei uma vontade sincera em ser útil. Mentalmente enviei pensamentos de que estava sinceramente disponível para ajudar de alguma forma.
Fui sentindo a mentem apagando e segurei firmemente a lucidez. Isso não é fácil, é na verdade a parte mais difícil da projeção, manter a consciência acordada enquanto o corpo adormece.
Até que senti que já estava em catalepsia.
Engraçado isso pois nem sempre sentimos. O corpo dorme e simplesmente não percebemos.
Comecei a forçar a saída e as vibrações energéticas se intensificaram.
Até que pensei em me afastar e rapidamente me afastei do corpo físico, sem nem olhar para trás.

Ao atravessar a porta do meu quarto eu me vi num lugar totalmente diferente.
Era um salão grande e nele haviam alguns quartos. Como se fosse uma casa com quartos.
Sabia que havia sido levado ali para ajudar uns espíritos numa sala.
Eu estava acompanhado sim de algum mentor, só invisível aos meus olhos espirituais, como sempre.
Entrei no quarto e vi uns 5 espíritos chorando, reclamando, bravos por estarem ali presos. Xingavam muito e senti forte vibração! Nessa hora senti o mentor falar na minha mente:
Concentre-se em mim para não voltar ao corpo, vou te ajudar a não entrar nas vibrações deles.
Fiz isso e melhorou!
Aproximei-me e falei quebrando o clima no quarto:
Olá, queridos, por que estão tão bravos?
Vamos relaxar um pouco essa agonia, vão se sentir melhor agora.
Dois deles tentaram ir para cima de mim.
Acalmei-me e exteriorizei energias o que fizeram eles recuarem na mesma hora e nessa hora falei novamente:
Calma, não vim para fazer mal, mas para ajudar!!
Um deles falou:
Me ajude, me ajude, minha cabeça dói muito!
O outro falou:
Não aceite ajuda dele, isso é pra nos enganar e nos tirar do que viemos fazer!
Mas mesmo assim levantei as mãos e doei energias.
Mas percebia que não estava conseguindo ajudar, um pedia ajuda e os outros me viam como ruim, como alguém que estava ali para tirar os planos de vingança deles para alguma coisa, pois eles haviam sido afastados de algum lugar.
Um deles tentava me atingir de todo jeito, jogou várias coisas em mim, mas me mantive calmo.
Comecei a ficar com medo de perder a lucidez, pois não estava conseguindo acesso psicológico ou energético neles.
Nessa hora tive a intuição de me concentrar mais, e fiz.
Fechei os olhos por alguns segundos pedindo ajuda de algum outro amigo espiritual, falando assim:
– Se tiver alguma energia por perto, peço carinhosamente que venha em nosso apoio.
Em pouco tempo comecei a sentir uma força estranha no corpo e um cheiro de ervas muito forte. Como se tivessem queimando algum tipo de erva e subisse um cheiro muito bom.
E foi quando vi algo entrar vindo como se fosse da parede, mas era um portal.
Senti uma vibração de amor muito intensa e me ajoelhei com aquela sensação.
Vi um espírito todo vestido de plantas. Parecia feminino, usava saia, mas não tive certeza mas sabia que era um Orixá, mas não sabia qual.
Dançava e saia do meio de várias árvores. Enquanto rodava pela sala, rodava e rodava, várias plantas e essências verdes caiam pelo chão e todo o ambiente que estava sujo e fedido, agora cheirava a ervas e estava todo verde.
Senti forte jato energético passar por meu corpo astral inteiro, que ficou verde também.
Aqueles espíritos adormeceram por completo e senti que suas dores foram, pelo menos naquele momento, sanadas…
Era tão forte que nem eu mesmo aguentei e abri os olhos no corpo físico.

Acordei totalmente arrepiado e com o corpo todo gelado e lembrando de tudo que relatei.
O que foi isso, pensei?
Fui buscar informações e cheguei a conclusão que era alguma energia de Osanhã!
Como me conectei a isso?
Nunca havia estado com um espírito da natureza assim.
Claro que existem várias manifestações da natureza por aí.
Mas por que veio até mim?
Tenho certeza que só tive essa oportunidade por estar na faixa da servidão naquele momento. Eu estava ali totalmente desprendido e com intuito único de ajudar.
De alguma forma ao fechar os olhos algo ouviu o chamado.
Pode ter sido algum mentor no ambiente que entrou nessa faixa, pois eu não pensei nisso naquele momento.
Mas isso prova como é importante darmos o nosso melhor.
Como vale a pena ser útil e aproveitar a oportunidade da liberdade fora do corpo para ser útil. Mas não só isso, eu entrei na faixa do amparo antes mesmo de sair do corpo, foi isso que me levou até ali e provavelmente me aproximou de uma energia tão linda como essa!

Foi a coisa mais linda que já vi, queria ter filmado aquilo para não esquecer jamais e poder mostrar a todos.
Que coisa linda é a Natureza e a força que a mantém!
Está além da nossa compreensão.
No momento em que dançava eu percebi que não rodava ou dançava por causa de música ou rítmo, mas era a forma como se conectava com energias da natureza.

Fica aqui registrado a linda oportunidade que tive.
E é triste saber que no mundo há tanto preconceito e desconhecimento.
E ao mesmo tempo é curioso também que o que importa é ajudar e que não estão nem um pouco preocupados com a limitação da nossa mente humana.
Eles simplesmente andam por aí, na surdina, em silêncio, ajudando e emanando amor por onde passam.
E isso basta para os espíritos superiores!

Abração e muita luz da natureza pra vocês!

PS: Falta Corrigir

FAQ 265 – Sonhos e Viagem astral, Expansão da Consciência, Perdido Espiritualmente, Confusão

FAQ 264 – Auto Estima, Aprendizado, Energia nas Eleições, Energia pelo Telefone

FAQ 263 – Sair sem lembrar, Sexualidade e liberdade, Música no Astral, Evangélicos e Crença

FAQ 262 – Especial Dia Das Crianças!

P