Vendo-me no Espelho

Saulo Calderon Relatos, Relatos Saulo Calderon Leave a Comment

12/07/02

Fui dormir apos amanhecer, fiquei a madrugada trabalhando no site.

Comecei a fazer os exercícios energéticos na posição supina, e apos algum tempo, virei o corpo para o lado direito.

Senti uma forte energia que ia e voltava, mas estava totalmente desperto, ainda tendo controle total do corpo. Comecei a me concentrar no sono físico, deixando com que o mesmo caísse em sono.

Ate que o EV se instalou mais presente e permanente. E nisso perdi a consciência. E recuperei a consciência já fora do corpo, num local totalmente desconhecido por mim, porém, conhecia as entidades que lá estavam. Estava totalmente desperto, com total lucidez da minha situação extracorpórea.

Avistei uma entidade que eu sabia conhecer de algum local, parecia ser um velho amigo, e perguntei: – olá , tudo bom? Amigo, tenho a sensação de lhe conhecer a muito tempo, mas infelizmente minha consciência não consegue se lembrar de bulhufas. Disse isso com humor e dando um leve sorriso. O amigo retribuiu sorriso dizendo: Sim meu irmão, já nos conhecemos há muito tempo… Vivemos juntos em algumas vidas, é bom ver que se lembra, pois isso e incomum, normalmente não nos lembramos de nada quando encarnados.

Ele apontou para um local, parecia uma sala, e fui em sua direção. Tinha um espelho e ele me pediu para olhar por ele, e assim fiz.

Quando me olhei tomei um susto. Vi-me com mais ou menos 11 anos de idade(pelo menos foi a sensação que tive). Eu estava jovem, lindo, com dentes branquíssimos que brilhavam, com uma aparência que me deixou impressionado. De maneira instintiva, olhei para mim mesmo, e vi que continuava normal. E voltando ao espelho, ainda me via jovem, e olhei como criança para o amigo sem entender nada, ele disse:

Isso e o reflexo da sua alma. E o que tem feito com ela amigo. Continue assim. A emoção foi tamanha, que despertei em lagrimas no corpo.

Ainda estou sentindo a energia da projeção, e estou com a impressão forte da experiência.

A sensação que tive sobre o que ele disse do espelho foi, que tem pessoas que envelhecem a alma, não envelhecer da maneira física, mas de personalidade. O bom espiritualista não deixa que os problemas entrem na sua casa mental, ainda que eles existam. O bom espiritualista esta sempre sorrindo, e com um ótimo bom humor. O bom espiritualista brinca de viver, pois vive a autoconsciência de saber que é muito mais que um corpo, e que isso e uma passagem, uma prova, onde seus conhecimentos estão sendo testados, não e fácil, mas ele passa forte, pois um bom espiritualista, tem os pés no plano físico, e a CABECA NA ESPIRITUALIDADE.

Ta na hora de mostrarmos a criança que temos dentro de nés, não a parte imatura da criança, mas a parte pura, o mundo precisa desse exemplo meus irmãozinhos.

Muita paz luz, amor e alegria.

Do irmão de todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *