Bronca de um espírito que pedia ajuda

Saulo Calderon Diário Projetivo, Relatos, Relatos Saulo Calderon 22 Comments

Bronca de um espírito que pedia ajuda

Olá, amigos.

Essa noite cheguei quase 23 horas em casa.
Estava cansado, mas ainda assim fiz uma técnica.
Trabalhei o chacra frontal e fiz uma movimentação nas energias, porém perdi a consciência.
Despertei em catalepsia projetiva sentindo grandes varreduras energéticas.
Forcei a saída e consegui me afastar do corpo físico.
Cheguei na sala e percebi que havia mudado de frequência, pois a aparência dela não era a mesma. Isso é comum em projeção e com o tempo vamos nos acostumando.

Percebi no íntimo que havia algum trabalho para fazer, algum mentor em dimensão mais sutil me acompanhava.
Nessa hora juntei minhas mãos e fechei os olhos falando: Nesse momento me coloco à disposição de quem precisa, apesar de limitado sei que posso ser útil e ficaria feliz em ajudar. É tipo uma prece que faço que me sutiliza e facilita o acesso dos mentores a mim e eu a eles.
Ao abrir os olhos vejo no ambiente um senhor chorando. Cabelos bagunçados, todo sujo, roupa rasgada (se é que poderia chamar aquilo de roupa), pois era toda cinza e se misturava a pele, não sabia dizer onde começava e terminava o que.
Ele estava no canto da sala, sentado atrás da porta da entrada. Jogado de lado, chorando e com as duas mãos na cabeça, como se tivesse com dor.
Sabia que ele não me via naquele momento. Criei coragem e fui me aproximando falando algumas palavras, para ele não se assustar e na hora tive medo de colocar as mãos nele e ele me morder. Parece loucura mas pensei assim: Vou com calma e falando daqui, vai que ele me morda eu vou acabar voltando ao corpo e perdendo a projeção. E então falei:
Opa amigo, posso ajudar em alguma coisa?
Nessa hora entrei em sintonia com ele. Ele levantou a cabeça e falou repetindo: Até que enfim, até que enfim! Até que ENFIM você me viu, veio a mim!
Estou esperando por você tem vários dias!
Falaram que você sabia sair do corpo e podia ajudar! Por que você dorme se pode ajudar? Por que você dorme? por que não levanta se pode ajudar os outros? E chorou mais ainda!
Eu não sabia se me culpava ou se ficava surpreso, pois pelo que entendi estou sendo vigiado por ele há alguns dias!
Mas então falei:
Desculpe, meu irmão… Não é tão fácil sair desse corpo, também sou limitado e necessitado de ajuda para isso!
E ele falou:
Você não sabe o quanto sofro!
Não aguento mais a dor de cabeça, me ajude. Preciso dormir um pouco e não consigo!
Estou cansado de correr, não quero ficar mais aqui, sou obrigado a ser ruim aqui e a maioria das vezes nem sei quem sou direito, me ajude!
Ajoelhei-me e peguei em sua cabeça dando um passe. Senti forte energia passando pelo meu corpo e comecei a falar:
Sua cabeça vai melhorar, vai aliviar! Perceba essa energia boa!
Ele agradeceu enquanto adormecia…

E fui puxado ao corpo quase no mesmo momento.
Ainda em catalepsia projetiva pensei em tudo que aconteceu.
Sai do transe e de tudo me ficaram as palavras dele:
“por que dorme?”
Sei que não é nem um pouco fácil e que não posso me culpar por ter dificuldades em abrir a lucidez, mas é fato que não me comprometo da forma certa.
Que me falta seriedade para a compreensão do que acontece ao redor.
Que me falta maturidade para compreender os bastidores espirituais.
Que poderia sim me cuidar mais energeticamente.
Mas falta lucidez não só para sair do corpo, mas para a compreensão!
Para sintonizar da forma certa.

Estamos sendo vigiados, observados, procurados e não sabemos.
Há urgência em sermos boas pessoas, não só fora do corpo, mas aqui também!
E faltam pessoas preparadas e com boa vontade.

A cada dia percebo o quanto estou mergulhado em minhas coisas somente.
Sei que a principal obrigação é com o equilíbrio e com a manutenção da vida, incluindo manter-se bem internamente e segurando o barco por aqui.
Mas não temos controle de nada.
Não sabemos quando iremos sair daqui e quem está pedindo ajuda. E a verdade é que mesmo aprendizes, nós somos úteis! E há seres em situações bem piores que a nossa.
E no fundo, dá e MUITO para fazer a nossa parte.

Apesar de saber colocar minha cabeça no lugar certo sobre a culpa, eu confesso que fiquei envergonhado com o que ouvi…
Preciso me aplicar mais…

Abraços!

Comments 22

  1. Primeiramente parabéns pela atitude e trabalho que realiza, mas por mais difícil que seja ouvir um irmão pedindo ajuda voce esta fazendo o que pode para colaborar e acredito que não devemos nos sentir responsáveis por nada alem de nós. Se ele hoje esta assim é por conta dos erros dele. Cada um colhe o que planta. Tudo de bom.

  2. Porque desencarnados precisariam de nossa ajuda se tem gente muito mais evoluida no mundo espiritual( e que não precisa “sair do corpo”) para ajudá-los??? Essa é uma perspectiva que não consigo compreeender, assim como não concordo que determinados espíritos precisam que encarnados os “doutrinem”, como se fossem animais de estimação…

    1. Centenas de espíritos são resgatados por dia, por amigos espirituais. Mesmo assim existe espíritos dos quais os amigos não conseguem tem aceso, depende muito da situação que o espirito se encontra.
      Para você entender melhor, a maioria das situações são de espíritos que nem podem sentir a presença dos amigos espirituais, muito menos ver eles. Sem falar que muitos não estão preparados para serem socorridos ainda.
      Um encarnado, justamente por está encarnado, tem uma energia forte e poderosa, se ele ainda tiver boa conexão com os amigos espirituais vira um “super-man energético”.
      Uma ferida, em um espirito, que poderia levar semanas para que fosse “curada”, pode ser “curada” em poucos instantes com um projetor consciente (as feridas nos espíritos normalmente são psicológicas). Todos os amparos de um projetor são acompanhados por amigos que o auxiliam. O trabalho do projetor e apenas auxiliar no resgate. O processo de “doutrinação” é feito pelo próprio espirito, que entende e aceita as palavras do projetor. Não precisa ser bom para fazer bondade !

  3. às vezes tenho esse sentimento de que podia fazer mais, me aplicar mais em questões relacionadas à energias.. mas mtas vezes é dificil ter lucidez suficiente para se manter sempre centrado.. seus relatos me motivam, me fazem enxergar a realidade que estamos vivendo desacordados

  4. Caramba…ver você falando assim,me fez sentir menor ainda na minha pequenez…há poucos meses descobri o site, e desde então mergulhei neste universo maravilhoso. Vejo o trabalho que você faz e o TAMANHO dele!! Se um dia eu for 10% de Saulinho, maínha aqui ficará felicíssima!!! Rsrsrsrs…Entendi o que vc quis dizer, o seu ponto de vista, mas não creio que é por falta sua não! A ajuda vem no momento certo, exato, nem mais nem menos! Vc conseguiu auxiliá-lo na hora certa, senão fosse isso, seus mentores já teriam lhe mostrado este caso antes…obrigada pelo seu carinho e por compartilhar suas experiências!!
    Muita luz!!

  5. Saulo,
    É importante olharmos para nossas oportunidades de melhoria com cuidado e com muita consciência, assim como você faz.
    Eu só tenho a te agradecer pelo conhecimento que você dissemina e pelas lições de vida que você me dá em cada audio e cada relato que você escreve.
    Tenha foco positivo, vire a página, bola pra frente e muita paz.
    Grande abraço.

    Flávio

  6. Oi Saulo, esta noite, embora soubesse que não estou em boa forma energética, forcei um pouco, dormindo em uma rede e alternando com uma “poltrona do papai”. Em dado momento, uma antiga namoradinha do colégio, com quem nunca tive contato físico, mas muito contato na “imaginação” rsrsrs…, me deu vários tapas na cara com ambas as mãos,ali, na poltrona do papai. Reconheci nela uma criação mental minha, ou demônio interno, então comecei a explicar que não podia aceitar o fardo de toda aquela culpa, porque eu não era tão importante a ponto de ser o único responsável por aqueles fatos.. Gostaria de deixar como fonte de reflexão, que a astucia e habilidade dos seres que habitam a astralidade, estão além da nossa compreensão, é mister ter muita cautela, porque nossas emoções são alimento para muitos destes seres, e para eles, satisfazer nossas expectativas em troca de energia é tão fácil quanto seria para nós enganar uma criancinha.

  7. Acho que estamos aqui pra evoluir a nós mesmos.

    Se mal conseguimos lidar com nossos problemas internos vamos conseguir ajudar eficientemente os outros?

    Sei que parece um pensamento egoísta, mas é apenas através da nossa própria busca e evolução é que podemos ajudar a humanidade. A nossa vida vai inspirar outras pessoas a seguir os passos da espiritualidade, mas elas só farão isso quando estiverem prontas. “O mestre só aparece quando o discípulo está pronto.”

    A cobrança desse espírito faria sentido se todos fôssemos seres evoluídos, mas não somos.
    Acho que a chave da questão é seguir seu impulso interno, seu “coração”. Se ele lhe motiva a ajudar os outros, ajude. Se ele lhe motiva a buscar a sua própria iluminação, busque.

    1. Cristo falou em espirito santo, alguns falam em sincronicidade, Krishna éra a encarnação divina e admoestou Arjuna para que não renunciasse a virilidade do combatente e do Heroi, neste sentido, o conceito que mais fez sentido para mim e inclusive me ajudou a entender melhor os demais, foi o da “Impecabilidade” que é o melhor uso possível da própria energia, aos olhos do observador, tem a aparência de moralidade. Ele vem dos antigos sábios Toltecas e foi trazido até nossa cultura pela primeira vez por Carlos Castaneda, outra forma que ele usa para se referir a este estado de ser é o ato de “limpar o elo de conexão com o espirito”. É um estado que vai muito além da pretensão de poder “ajudar”, porque em geral o que fazemos é “interferir”. Claro que nada impede que os desígnios do espirito coloquem um necessitado em nosso caminho.

  8. Ola , parabens pelo seu trabalho eu ja te acompanho a algum tenho e a alguns meses parei de praticar tive algumas projeçoes mais com a falta de pratica elas se foram , eu gostaria muito q vc pode-se me ajudar gostaria muito de ser util para alguem obg.

    1. Alcançar o “corpo energético” é uma grande conquista, manter esta conquista é resultado de economizar energia, para poder canaliza-la para outras esferas de percepção. Parece que é resultado de prática, mas é um subproduto de praticar, ou seja, mudar a atenção que esta presa na vida normal e redireciona-la para outras atividades. Resumindo,se queremos ir direto ao ponto; “Devemos ser Avaros de energia”, os seres que vivem na natureza não se dão ao luxo de desperdiçar energia, nos o fazemos porque somos criados em cativeiro e podemos ser bem estúpidos, porque sempre tem um pacote de bolacha num saco plástico para nos tirar do aperto.

  9. João… Eu também já tive essa dúvida, do porque precisa de encarnado pra ajudar espíritos. Uma pessoa do centro me explicou rapidamente em poucas palavras, nós encarnados possuímos um tipo de magnetismo que ajuda os espíritos recém desencarnados, ou que estão muito próximos da crosta… Os espíritos por si só não possuem esse magnetismo… Foi uma explicação rápida e requer mais estudos para uma explanação completa…

  10. Os espíritos mais exigentes são os do umbral, kkkk é a mais pura verdade, se não for perfeito
    talvez não queiram ajuda, mas se tiver perfeição,

  11. Caros amigos-irmãos, se fossemos evoluídos a ponto de percebermos tudo sem exceção a nossa volta, provavelmente não estaríamos encarnados, e se estivéssemos,trabalharíamos sem parar e ainda sim, ouviríamos reclamações dos irmãos com dificuldades.

    obs: Os grandes mestres que estiveram por aqui trabalharam muito, mais não resolveram tudo e acredito que jamais tiveram esta pretensão.

  12. Grande relato e que lição aprendemos. Não fazemos ideia do quanto essa interação entre mundos paralelos ocorrem naturalmente a cada momento, pois estamos inseridos numa sequência evolutiva multifrequencial e paralela. Deus é perfeito!
    Rickfbs.

  13. pode divulgA MEU NOME BOM SOU MUITO Viciado em punheta E ISO Ta me prejudicando Minha vida Pessoal fantasias INDECENTES VEM a Minha METE ,COMO Faço para me Livrá disso pois não SEI Mas o que fazer ,como faço para controla meus pensamento e minhas emoçoes ,iso e

  14. Saudações, Saulo Calderon!
    Bom relato para eu me manifestar. Gosto da viagem astral, já estiquei o dedo indicador da mão esquerda num sonho lúcido, e já me vi flutuando e tendo concentração para me manter no alto… Mas parou e faz alguns anos… Gosto de ajudar no que posso eme realizo com isso. Sei que posso fazer mais, mas me canso muito dando aulas de Inglês para adolescentes. Comecei a buscar esse Grupo para me condicionar e fazer viagens lúcidas… Quero ajudar, e sei que serei ajudado também. Um abraço.

  15. Para o infinito, a ajuda é irrelevante. Neste caso, um “espírito superior” em posição de ajudar, deve saber que os benefícios da ajuda estão muito mais para quem ajuda do que para quem é ajudado. Um oncologista sabe que a quimioterapia em um paciente com metástase não salva a vida do doente moribundo. A aplicação do passe ajuda ambos “espíritos” enfermos – o médico (que precisa sanar sua mente egoica) e o paciente. Nesse sentido, a elevação do “espirito” representa a cura, do paciente e a cura do médico

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *