Campanha: Defesa dos Animais

Saulo Calderon Campanhas no GVA, Informações 20 Comments

Essa semana lançamos no GVA a campanha em defesa dos Animais (30 de março), no dia do nosso encontro em Noronha, quarta-feira!.

O link para o post é esse:
https://www.viagemastral.com/gva/viewtopic.php?f=9&t=7835
(não sei até onde ele ficará no ar), por isso vou colocar aqui o post que fiz inicialmente por lá, inclusive a imagem(avatar), pessoal que usei na campanha, que é a imagem do post. Mas é mais aconselhável ler o link pro fórum, várias visões foram colocadas, vídeos e todos com seus avatares abraçando essa linda campanha!
Segue o post abaixo:

*********************
Quero começar assim:

Cresci não só ouvindo , como fiz a peça dos Satimbancos em Salvador, Eu era o CACHORRO, rs.
Participei por vários meses no teatro Maria Bethânia (Nem existe mais), numa peça que iam escolas inteiras assistir, lotava e muito aprendi, mas não o suficiente para melhorar a minha consciência.

Sinto-me envergonhado por muitas coisas. Sei que as coisas vem no momento certo, até mesmo a consciência que sei que carregamos sobre isso, tem horas para despertar.

Não acho mesmo certo a gente não só maltratar, mas também nos alimentarmos.
Nossa cultura é assim, em todos os seus aspectos, tanto psicológico, científico, fisiológico, etc…
Desde pequeno ODEIO verduras, não vou mentir. Meus pais se esforçaram, mas enfim. Não gosto muito de carne também, mas como de tudo.

Sei que no fundo deveríamos acordar e começarmos a sermos exemplos, mas não é lá algo tão fácil de ser feito, mas necessário.

Também não sou de acordo com campanhas apelativas, mas sei que algo precisa ser feito.
Precisamos conscientizar, mostrar de forma educada, equilibrada a melhor forma de melhorarmos isso.

Não fazer disso uma superioridade, ou alguém melhor que o outro. É importante respeitarmos as repercussões dessa cultura mal elaborada, é importante que saibamos que as coisas não vão mudar por simplesmente desejarmos, ou se a gente fizer apelações psicológicas com imagens fortes, etc…
Sei que a vontade que dá é a gente começar a colocar a mão na massa de forma mais intensa. Mas é importante sermos inteligentes nesses passos.
Se ensina muito mais mostrando o lado bom, que o ruim.
O lado ruim causa repulsa, até mesmo um processo inconsciente em não querer ver cenas tão ruims. Eu mesmo, confesso, ODEIO abrir aqueles emails apelativos com campanhas de crianças sofridas e animais sendo maltratados. São imagens que causa exatamente isso, sabemos que existe, mas não é assim que ajudamos as pessoas a mudarem.

É mostrando a alegria que há na amizade de um animal.
Em como eles são lindos, como é legal respeitar, como nos faz bem isso. Como a energia fica legal para todos nós.

Eu estou aprendendo muito, tenho amigos especiais que me dão lindos exemplos, queria agradecer com carinho a eles, no anonimato, pois não preciso expressar publicamente o amor que sinto pelos ensinamentos que me dão, carrego isso na alma. Eu guardo esses amigos como diz a canção “No lado esquerdo da ALMA”.

Sinto-me envergonhado de perceber a nossa cultura.
Não me culpo por estar envolvido nela, mas me culpo por querer continuar adormecido, achando ralos, saídas de argumentações.
Se me perguntasse qual é a coisa mais importante: eu diria que é respeito, equilíbrio e diálogo, claro que há coisas bem mais importantes e urgentes na nossa personalidade, mas não podemos descartar por esse motivo a URGÊNCIA que os nossos irmãos menores precisam. Somos como super hérois para eles, no entanto… Nos aproveitamos deles.

Criamos tudo para a gente.
Tratamos e cercamos eles como “escravos”.
Criamos eles para procriarem, os engordamos e matamos.
Roubamos-lhes a Terra, pois o atributo inteligência para a gente não é servir, mas SE APROVEITAR. O maior come o menor, eis a nossa inteligência AMPLIFICADA, animais que ainda se dizem inteligente, nós homens.

Fazemos como no Japão, Geradores de energias Nucleares para melhorarmos nossa “ESTADIA” no mundo, e só nos preocupamos com nós mesmos. Não importa que cada plaqueta daquela ficará MILHÕES de anos contaminadas, e necessitam ficar embaixo dágua esse tempo, senão toda a natureza sofre.
A gente além de roubar a Terra dos nossos irmãos, ainda a tiramos quase que para sempre, pois mesmo que o homem deixe de existir hoje em dia, os reatores nucleares deixariam na Terra uma herança MALDITA da passagem de nós homens, animais pensantes…

A verdade é que não deixamos de sermos os mesmos animais, que inconscientes só continuamos a nos aproveitar dos outros. E somos até meio que Canibais, pois passamos por cima até de nós mesmos.

Somos BURROS, infinitamente Burros.
Vivemos o imediatismo, só importa o agora.

E por isso coloquei essa música no vídeo acima, Bicharia de Chico Buarque com imagens do que fazemos com quem é menor que a gente, prendemos em Zoológicos para que a gente possa ir “PASSEAR” E VÊ-LOS ENJAULADOS!..
O quão isso é ridículo e não percebemos?

Em sua amplitude, você realmente consegue sentir paz ao ir num zoológico?
Você consegue achar que está educando teu filho, ao ver um tucano (ELE VOA), preso numa jaula?
Olha que lindo, filho, olha!

LINDo?

Não percebemos, mas plantamos sofrimento… E o que colhemos?

Paz?

Qual paz?

Vamos aos circos, e achamos interessante alguém entrar numa jaula com Leões presos, e com o chicote mostrar sua coragem! Que coragem, heim!
É uma das coisas mais humilhantes que podemos ver. Coragem?

Acho que a gente tem muito que crescer. Mas difícil a gente só se preocupar com os “direitos dos homens”, e pronto.

Não matarás, senão vai preso. É horrível matar um homem, imaginem então guardar pedaços de carne dele na geladeira. É uma COISA BRUTAL, né? Esquartejar um homem e guardá-lo aos pedaços… Eis o que fazemos. Mas é normal, né. Não é brutal cortar pedaços de outros animais pra comer depois, aliás, a gente até se junta pra um churrasquinho, relaxar e brincar. (Contanto que não morra ninguém assim), tá tudo certo.

É a consciência da defesa de si mesmo. EGOíSMO puro!

Eu me sinto envergonhado…

Tenho vontade de fingir que vou cagar e SUMIR por uns tempos, é terrível.

Esses somos nós..

E quando abro a lucidez pra isso, é dose.

Vou ter que aprender a comer outras coisas, vai ser dose, mas enfim é um começo.

Não por ser EVOLUíDO, não por mostrar que: olha, ele é espiritualista e agora só come soja.
Não por querer aparecer.
Mas por consciência.
E quanto maior a lucidez, maior a dor pois, mais vemos a realidade.
Mais percebemos que não podemos talvez mudar o mundo lá fora, mas aqui dentro dá pra fazer algo.

No meu Universo posso fazer algo, fácil não é não.
Na verdade, isso inclui muitas coisas, principalmente derrubar conceitos formados uma vida toda, eu diria (Conceitos mal formados).

Para mim, o homem que diz que não pode mais mudar, é que chegou a sua hora de desencarnar.

De que vale alguém que não olha pra si mesmo?

Se é lucidez que buscamos…
O que vale mais?

Despertar lá fora?
Ou despertar em qualquer lugar?

Somos melhores que os nossos irmãos animais?
Tínhamos mesmo o direito de TOMAR tudo?
Temos ainda o direito de continuar como estamos?
Alguém pode perguntar:
Vai fazer alguma diferença mudar agora?

É aquela velha história do menino tentando salvar os peixinhos…

Vários peixes estavam morrendo ao caírem da rede do pescador. Eles se debatiam na areia. Um menino para de brincar e começa a salvar, e percebeu que quando jogava na água eles nadavam e se salvavam, e não parou.
Um homem ao lado dele falou: Menino, não adianta, eles vão morrer, acha que vai salvar todos?
Ele respondeu:
“Todos não, mas os que to pegando tão se salvando…”

Pegue o seu peixinho…

Desculpem o desabafo.

Não sou exemplo, não sou nem um pouco alguém para dar dicas, nem moral pra isso tenho.

Sou só um ser humano envergonhado, que conseguiu criar a CORAGEM de derrubar velhos conceitos e de verdade olhar para a MERDA que estou fazendo ao meu redor, num adormecimento cultural e social que mais parece um doença hereditária, um câncer maldito que nos entorpece a alma…

Paz para nós não, paz para os nossos irmãos menores.

Saulo

 

 

Comments 20

  1. Há algumas semanas procurei parar de comer tudo que vem de animais, por pura questão de peso na consciência. Ontem eu estava conversando com minha mãe sobre a dificuldade de se alimentar e até mesmo a incompreensão dos amigos. Porque geralmente ao informarmos nossa escolha, ao recusarmos alguma carne somos motivos de deboche e confundidos com os mais radicais.

    Eu não consigo mais mastigar animais sem ficar chateado comigo, mesmo sabendo que preciso evoluir em muitas coisas também, talvez mais prioritárias que essa. Mas acho que se tem uma coisa que é cosmoconsciência ou cosmoética, essa escolha deve fazer parte dela.

    Alguns espiritualistas dizem que se eu pensar assim, devo parar de comer até plantas. Mas acho que isso é desculpa pra se corromper na carnificina. Ok, um dia, em espírito, talvez eu viva só de luz mesmo… hehe

    Agora, a parte engraçada da conversa com minha mãe, que foi mais ou menos assim:

    -Bruno, Chico Xavier disse que ainda faz parte do nosso estágio evolutivo.
    -Eu sei, mãe. Também já ouvi o Waldo (Vieira) comentar que ainda precisamos, até pela questão da memória, mas essa minha postura é pelo o que eu mesmo penso. Vou perguntar para meu “melhor amigo” Saulo e ver o que ele acha.
    -(risos) É, por que você não escreve mesmo pra ele?

    Nem precisei. Taí a resposta do Saulo. Menos de 12h de atraso.

    1. Post
      Author

      Bruno, bom dia amigo!
      Pois é Bruno, às vezes é preciso que andemos por algumas vidas para enxergarmos simples. ENXERGARMOS SIMPLES. E é isso que esse post fala, e é isso que você falou no teu comentário também, sobre coisas lógicas, bondosas e simples.
      E sim, tudo é justificativa, essa coisa de falar “carninha não tem problema”< não há cobrança, etc… São justificativas para “aliviar” a consciência acerca de algo que no fundo sabemos ser erradas. Mas como ainda vemos tanto peso, como coisas densas em nossa personalidade, desvios de caráter, etc.. Acabamos por deixar isso para um momento mais oportuno (outras vidas), por acharmos mais emergente mudar algo que está mais intenso na gente. E por enquanto, vamos adiando… Mas não devemos não. Se a gente percebe o erro e encontra a força para mudar isso em nós, não há problema algum… Talvez não haja ainda mesmo uma cobrança externa em cima de nós homens por causa da nossa consciência atual, mas é preciso que algo lá de fora venha e espere que acordemos para algo TÃO CLARO?. O planeta sofre por nossa causa, e temos que aceitar a nossa IMATURIDADE na boa pensando: tudo bem, sou imperfeito e tem coisas mais urgentes, depois faço isso… Se puder, faça! Fala sim. Seja melhor. Não fará bem somente para os animais e pro planeta. Fará bem pra você mesmo, seremos enfim mais honrados, éticos e consequentemente mais felizes. Se há uma liberdade, ela não se encontra em lugar nenhum a não ser dentro de nós. Valeu, Bruno. To no caminho também, rs. Comendo frango ainda, peixe, batata, Mandioca E COCA COLA também! rsrs Abração! Saulo

  2. Olá queridos amigos, fico feliz com tudo que saulo expoe aqui acho que se eu fosse desabafar seria da mesma forma com outra palavras, mas o fato é que no meu convivio diario com animais e com a telepatia(uma das formas de se comunicar com animais) posso afirmar a todos vcs,E LES NOS AMAM ACIMA DE QUALQUER COISA NA VIDA DELES, ELES PENSAM,ELES SE COMUNICAM CLARAMENTE CONOSCO,SENTEM NOSSAS DORES,SOFREM CONOSCO,E NÃO NOS ABANDONAM….Sabe temos visto varios casos de animais demonstrando o que é amor o que é carinho,a internet esta ai para provar isso, porém por mais que faça parte de nosso estágio evolutivo eu me pergunto “até quando vamos ficar nessa de deixa pra depois,deixa pra amanhã…” Quanto maior a lucidez maior sim é a dor pq a consciencia é maior consequentemente e temos noção daquilo que ontem não tinhamos e isso nos faz refletir muito em tudo que fazemos e em tudo somos e no que queremos ser. Acredito eu que se as pessoas pudessem saber,ouvir,realmente mas de verdade ouvir o que um cachorro de rua faminto e doente ou simplismente abandonado pelo dono “falasse” nós humanos pensariamos melhor nas nossas intenções para com eles e não os tratariamos como produtos e objetos os jogando fora assim que não fosse mais necessario para o nosso bem star! não sou melhor que ninguém não estou aqui para culpar ninguém, mas sou feliz por conversar com esses animais sou muito feliz e agradeço infinitamente por isso todos os dias pq o que esses animais me retribuem ninguém jamais conseguiria me pagar a não ser o amor e confiança que recebo deles que é infinito e eterno, sempre me disponho as pessoas que queiram saber mais sobre animais sempre estou pronta pra ajudar, a campanha em defesa dos animais deve ser vista com amor e respeito com eles podemos acabar com todas as dores e sofrimentos desses nossos irmãos menores AMANDO-OS.
    namaste e paz a todos meus queridos amigos

    Cínthia.

    1. Olá Cínthia, muito legal saber dessa sua capacidade telepática! Adoro muito mais animais que humanos, gostaria de poder me comunicar melhor com você…Por favor, entre em contato comigo no meu e-mail: rdrgpaz@gmail.com
      Adoraria manter contato com vc e conhecer mais de suas histórias!

  3. Decidi parar com a alimentação carnívora ano passado, mas só aguentei por 3 meses, até achar uma justificativa pra voltar a comer carne. Só que aquele sentimento de querer ser vegetariano voltou novamente e então, depois de participar dos tópicos “Alimentação Carnívora!” https://www.viagemastral.com/gva/viewtopic.php?f=2&t=109 e “Sobre os animais” https://www.viagemastral.com/gva/viewtopic.php?f=2&t=7681 eu decidi tentar novamente. Faz umas 3 semanas que não como carne. Sabem, não é preciso anunciar no jornal que vc não vai comer mais carne. No restaurante todos notam a falta do bife. Algumas pessoas, inclusive da familia, ficam indignadas com a minha opção, mas decidi que não vou trocar tudo aquilo que aprendi sobre o valor de uma vida por um pedaço de carne. Decidi que não vou tentar convencer ninguém a ser vegetariano. O máximo que posso fazer é falar pra pessoa refletir sobre o assunto, a buscar informação. A pessoa só muda quando quer mudar.

  4. Saulo,
    Eu sou vegetariana desde q me conheço por gente. Desde bebê minha mãe diz q eu não comia sopinha se tivesse carne.

    Não sei de onde vem isto, mas a impressão q eu tenho é exatamente o q disse sobre o homem nas geladeira. Para mim comer um bife é o mesmo q cortar uma fatia do seu próprio braço e comer. É fazer do seu estômago um cemitério. Isso sem falar nos próprios animais. É assassinato, para mim.

    Não me sinto melhor por isso, pelo contrário, piso na bola em muitas outras coisas.

    Mas eu concordo com um livro li que dizia mais ou menos assim: Enquanto os homens celebrarem a paz com churrasco, nunca haverá paz de verdade.

    Só que as pessoas não querem ouvir isso. Acham q eu sou ET, bicho grilo. Tô muito longe de ser bicho grilo, mas as pessoas criticam o q não querem ouvir, o q os incomoda.

    Concordo com vc com relação às imagens de violência contra os animais. Uma vez comprei um Dvd de uma associação vegetariana chamado: A carne é fraca, que mostrava as realidades dos matadouros. Nunca tive coragem nem vontade de assistir e acabei dando dvd.

    Há um mês atrás, mais ou menos, eu vi uma campanha muito legal, nos EUA. Eram outdoors q mostrava, por ex, a foto de um filhote de gato do lado de um pintinho, ou um cacchorrinho e um porquinho, dizendo: Por que vc ama um e come o outro? Achei muito bonitinho e sem ser ofensiva Poatei no facebook.

    Saulo, ninguém comentou nada, ninguém. Se tivesse postado qq idiotice, tipo Estou com sono, ou, Comprei um sapato novo, choveriam mensagens.

    Mas é isso aí, cada um na sua hora Eu realmente não sei como mostrar isso as pessoas, pois não querem ouvir.

    Portanto quero dizer que fiquei muito feliz com a sua campanha, vc é uma pessoa muito querida e formadora de opinião.

    Desejo que tenha muito sucesso com esta empreitada e conte comigo.

    Segue o link da campanha, caso queria dar uma olhada: http://www.mfablog.org/IMG_7121small.jpg.

    Um abraço.
    Fernanda Filippini.

  5. Ao ler o que todos escreveram, tive uma idéia, que nao pude deixar de registra-la por achar que é boa. Mas gostaria da opinião de vocês.

    Não amadureci essa idéia, e de forma espontânea a coloco:

    A idéia é criar um grupo através da internet com as seguintes finalidades:

    1- Unir todas as pessoas, ongs, associações, ordens, grupos formais e informais, que lutam pelo bem voluntariamente e formar uma REDE ALTRUISTA;
    2- discutir sobre ações simples para o bem que podemos colocar em prática, prioridades, maneira de faze-la.
    3- Comprometimento de trazer pessoas para o grupo, e de faze-lo funcionar.
    4- Algo democrático, Enquetes, etc.
    5-
    6-

    Caso ache valida a idéia, aumente-a, mude-a, melhore-a, etc.

    Algumas reflexões me desanimaram:

    As ongs, grupos formais e informais e pessoas, geralmente são de alguma religião, e acho que assuntos de difusão de conhecimentos espiritualistas para o bem da humanidade seria de repulsa para algumas pessoas de religião mais dogmática. Por ex. já comentei com um evangélico sobre mantra, meditação, viagem astral, e não fui bem entendido. Portanto a idéia de integração, talvez seja utopia.

    Não sei se isso já existe. Sei que existe milhares de ONGs, grupos formais e informais, e pessoas, bem ou mau intecionadas. Mas algo com a finalidade de unir a todas, através de pessoas que poderiam entrar nos sites de ongs, grupos, etc. e convida-las a participar, aumentando a REDE.

    Outras reflexões me animaram:

    O exemplo da revolução no oriente médio que começou pela internet, e está derrubando o regime de ditadura, que explora a população de lá.

    A idéia que me ocorreu está lançada.

    Me veio a mente umas imagens: daqui uns anos milhares de pessoas estejam conectadas a essa rede, e promovendo pequenas ações altruístas, e quem sabe esta rede sendo promovida através também de outras mídias além da internet, com proposta de sensibilizar as pessoas.

    Agradeço a atenção dispensada, e coloco-me a disposição para o que precisar.

    cristiano_solera@hotmail.com

  6. Pessoal, só tenho uma coisa a falar sobre alimentação:

    Olhem a pirâmide alimentar e perceberão que damos valor aos alimentos errados! Em outras palavras. Seguimos a pirâmide de ponta a cabeça.

    É porque eu não posso anexar a pirâmide aqui para vc’s verem, mas busquem na internet ai e verão!

    OBS: Os alimentos de maior valor da pirâmide, ou seja, a base dela, a qual temos que comer em maior quantidade, ou são usados para alimentar os animais para ‘engorda’ e abate, ou não são produzidos em grande escala pq nas terras aonde seriam produzidos são transformados em pasto para os mesmos animais citados a cima.

    Os alimentos de maior oferta são aqueles que tem maior procura, consequentemente estes tem maior valor econômico. São esses os que o homem menos precisa.

    Vou parar de falar para não ficar cansativo de ler.

  7. Olá Saulo!
    É a primeira vez que posto aqui apesar de já acompanhar, de forma intermitente, o V.A. desde o ano passado.
    Fiquei muito feliz ao ler sobre esta campanha.. nossa, teve coisa q li que me deu vontade de chorar pq é exatamente da forma que penso, coisas que aprendi “na marra”.. durante o curso de veterinária..
    Sou vegetariana há pouco mais de dois anos e vou te dizer: não é fácil! Mas me sinto feliz com minha escolha. É comum ter um onívoro dizendo q vc vai ficar doente, que te faz mal, que não é o normal, etc.. mas o importante é ter paciência e levar na brincadeira..
    Para finalizar, deixo uma dica a quem esta pensando em se tornar vegetariano: respeite seu ritmo, acredito que o melhor seja começar devegar, bem devegar mesmo do tipo deixar de comer carne vermelha primeiro e começar fazendo isso apenas uma vez na semana..

  8. Só uma dica. Pra quem ta afim de parar de comer carne, assistam o video “A carne é fraca”.
    Não é um video apelativo, e sim de conscientização.
    O Instituto Nina Rosa faz um trabalho bem legal sobre o assunto. Vale a pena conferir o site dele na Internet.
    Há, tambem tem um vídeo “Fulaninho, o cão que ninguem quería”, é muito legal pra criançada.
    Abracex !!!!

  9. Meu Deus! o ser “humano” precisa aprender a respeitar os animais, acabei de assistir na band, um leão sofrendo de depressão, pois tiraram sua companheira de anos, e com certeza ela tbm deve sofrer com a separação, e isso estava passando na tv para mostrar como é “engraçado” o leão sofrer pela falta de sua companheira, “humanos”, animais sentem dor, medo, saudades etc… tudo igualzinho a nós, um dia assisti na tv a criação de porcos, porcos q são criados com todo o carinho limpeza e com mais “humanidade” pq assim a carne fica bem mais saborosa, qta ipocresia!!!!! e os bichinhos todos felizes achando q ali é o lar deles mau sabendo q loguinho vão virar comida, qta maldade com nossos animais, cães famintos, doentes sendo jogados chutados nas ruas, tem até uma comunidade no orkut de um bando de mau elementos falando horrores dos gatoshttp://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=76181389 não sei como ainda não foi tirado isso do ar, ja reclamei muitas vezes por favor entrem e denuncie, e se procurar existem muitas, é muito triste mas é a realidade e graças a Deus tem muita gente boa cuidando dos nossos bichinhos eu sempre q posso faço minha parte, no momento tenho um cãozinho q tirei das ruas estava com sarna e ja curei e agora esta fazendo quimioterapia por causa de um tumor maligno, faça a diferença, adote um animalzinho de rua adotar é tudo de bom!!!!!
    abraços a todos

  10. “- Vê, Lancellin! A mediunidade se processa em toda a parte. Este irmão está servindo de instrumento para os Espíritos da sua mesma faixa se alimentarem com as energias do animal. E o pior é que essa classe de Espíritos recebe o magnetismo inferior do animal, fortalecendo seus instintos mais baixos, e transmitem para o mesmo animal, ou seja, para a sua carne e ossos, outro tipo de fluidos pesados na mesma freqüência, com os quais os homens, depois, vão inundar seus organismos. É por isso que os comedores de carne dos animais, mostram, de vez em quando, no cotidiano, algo que lembra esses espíritos. Os espíritas se livram deste magnetismo inferior com os recursos dos passes, da água fluidificada e, por vezes, de prolongadas leituras espirituais; os evangélicos e também alguns católicos se libertam dele nos ambientes das igrejas, mas sempre fica alguma coisa para se transformar em doenças perigosas.” – Iniciação Viagem Astral – João Nunes Maia e Lancellin.

  11. Lindo, tudo isso que vc falou Saulo. Faço minha as suas palavras!Fiquei três anos sem comer carne, mas como não comia o que meu organismo necessitava fiquei com anemia e hipoglicemia por~comer muito doce.Agora vou tentar novamente e vou conseguir e destavez ser vegana. Para aqueles que querem despertar a consciência com relação aos deveres para com os animais indico um bom livro cujo título é: Libertação animal. autor:Peter Singer.Quem quiser poderá encontrar o livro pelo google digitando estante virtual.
    Ou http://www.institutoninarosa.org.br

    Um abraço pra todos e a vc Saulo nosso irmãozinho muito querido.

  12. Primeiro parei de comer carne vermelha durante um mês…voltei a comer porque não sabia o que substituia as proteínas da carne.Depois me informei melhor e parei de comer por Três meses..voltei por ficar fraca e sempre tive problemas com anemia, por não gostar de comer mesmo rsrsr (não é À toa que meu tio me chamava de guliça kkkk. Enfim consegui ficar sem comer carne vermelha por 3 anos (aleluia). Nunca me liguei em saladas, frutas pra comer regularmente, mas é importante pra quem não come carne. e fiquei quatro meses sem comer carne branca. Quando ficamos muito tempo sem comer carne, passamos a sentir nojo; até o cheiro bem cozinha e bem temperada se torna nojento. Cua então é um horror.Quando tive que voltar a comer carne, por causa da anemia não foi fácil.Desde que tomei consciencia de que é errado e desumano comer bichinho, a consciencia dói muito ao ter que colocar um pedaço de carne no prato. AGora que me informei melhor sobre o que é preciso comer to fazendo um livro de receitas vegetariana pra todos nós que desejamos de coração parar de comer carne. Meu objetivo é me tornar vegana.Quem tiver umas receitas pra ajudar no livro será uma benção.

  13. Ok os animais merecem uma atenção, mas tenho uma idéia melhor, vamos fazer campanhas contra corupção,no nosso país, contras as injustiças cometidas, vamos fazer campanha por cultura de paz e justiça, sei que não da mudar o começo mas se agente quiser, vai dá pra muda o final. abraços a todos

  14. Os animais so serão respeitados, quando homem se concietizar do valor da vida, da moral, das boas ações, isso requer, criar uma cultura de paz e respeito a vida, como próprio Saulo diz Lucidez, acordar pra evitar nossa própria destruição. Não adianta proteger, enquanto mente maligna humana e egoista não for mudada, tudo será apenas coisas momentânea.

  15. Lembrando,o que faz mal não é o que entra pela boca e sim o que sair da boca. (Jesus Cristo) pense bem amigos, lucidez tb é se liberta de mitos, coisas que complicam nossa mente e nos privam da real liberdade que temos.

  16. Olá

    Eu nunca havia visto uma colocação desta no que se refere aos animais. Não nos alimentos de cachorros, cavalos, gatos, ratos, insetos e eu achava que isto era o suficiente, até ler o seu texto onde vc se refere aos animais, dos quais nos alimentamos, como nossos irmãos (menores). Eu sempre achei os animais dotados de inteligencia e sentimentos. Gostei de seu ataque frontal a nossa cultura carnívora. Isto mexeu com minha concencia. Isto me deu um sacode.

  17. Saulo
    Ainda não o conheço,nem sei se vai ler este comentário mas vamos lá . Tomei conhecimento das viagens astrais ainda bem jovem 1969/1970, quando lí A terceira visão, um livro lançado no mesmo ano em que nasci, 1956. Foi paixão a primeira vis
    ta, e embora ache que o autor seja um “pop”, muitos da minha geração descobriram um mundo paralelo gráças a ele .Hoje com quase 58 anos ,por falta de continuidade, ainda não fiz minha tão esperada viagem totalmente consciente.
    Dentre outros livros, tenho a bíblia do Waldo Vieira mas o de cabeceira mesmo,desde 1986,é “Viagens além universo”do Monroe.
    Quanto a vc achar que algumas campanhas são apelativas ,dis-
    cordo completamente . Os vídeos das organizações protetoras
    estão aí para quem quiser ver e se conscientizar do holocaus-
    to animal , da barbárie infringida aos nossos irmãozinhos.So-
    mos egoístas, gostamos do cheiro e do sabor da carne e a indústria alimentícia mente ,faz campanha a favor de proteína animal.O ser humano precisa de rédea curta, de disciplina, os vídeos tem que ser mostrados e vistos , os “humanos ” tem que
    se colocar no lugar dos animais ,nas jaulas , nos matadouros, nos laboratórios , nos cortumes ,nos lanifícios, nas rinhas, nas corridas, nos circos, etc… etc… etc…
    Alguém que tenha assistido ou lido” Guerra do Mundos ” achou correto alienígenas caçarem humanos para sua alimentação ?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *