Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

All Activity

This stream auto-updates

  1. Today
  2. Muito bom, vale a pena ler os comentarios do video tambem, tem outras pessoas relatando.
  3. Olá! Primeiramente queria dizer que sou muito grata pelo trabalho de vocês, o Saulo em especial que abriu minha para esse universo. Conheci o GVA através de um conhecido que ao trocarmos experiências e na época eu sofria com "terrores noturnos" muito frequentes, me sugeriu tentar me acalmar e entender o que estava acontecendo (ele já imaginava o que era). Quando o fiz, percebi que estava em um lugar cheio de gente, pra mim era como se tivesse u ainda estivesse deitada em minha cama mas ouvia muitas vozes falando ao mesmo tempo. Então quando contei pra ele da minha experiência, ele rapidamente me indicou o canal do Saulo no YouTube. Desde então sempre que possível acompanho os vídeos. Espero poder contribuir e evoluir juntamente a todos aqui. Obrigada!
  4. Yesterday
  5. Naquele momento que estamos quase pegando no sono as vezes vemos cenas, como uma cena de um filme. É possível que uma dessas cenas seja uma lembrança de uma reencarnação passada? Ou é somente onirismo? Tipo, na cena vc ve uma moça falando com um rapaz vestido de soldado, e ela diz o nome dele, e então vc vai no google e pesquisa pelo nome e acha alguem com o nome quase identico, diferença de uma letra, e que era um soldado e que lutou numa guerra passada, e com a roupa identica a da cena.
  6. Last week
  7. Sem perder o foco da duvida acima. Já pedi varias vezes algo ao meu mentor mas não obtive nada do que pedi. Me passa a impressão de que eles não podem alterar o que foi combinado na pre encarnação. É isso mesmo?
  8. Nós temos um guia e um protetor espiritual ou guia e protetor são um só? É que ouvi falarem em dois, o guia e o protetor. Mas a maioria fala somente em guia.
  9. Os fatos acontecem no plano fisico, logo, estando projetado você não consegue influenciar os fatos nem mesmo do presente, já que você não estará nem sequer vendo o plano fisico, mas a contraparte astral dele, que nem é identica, e muitas vezes nem é similar.
  10. Se estiver carregado depois de um dia cheio tente fazer self manifested chi Kung, automaticamente seu subconsciente irá regular as funções energéticas do seu corpo sem a necessidade de exercícios específicos
  11. Fiquei pensando se usando o corpo astral seria possível de alguma forma voltar no tempo e influenciar os fatos. O que acham ? Existem textos de autores sobre isso ?
  12. No taoismo existem práticas pelo que lembro pra vc sob meditação construir um ponto de energia em si mesmo e mover sua consciência pra dentro dele, assim vc poderia abandonar o corpo sob sua vontade e resistir a morte do corpo físico, se vc tiver bastante força de vontade vale a pena tentar.
  13. Não se esqueça que tudo é energia e, portanto, controlar as emoções também é ter controle energético. Gosto das ideias do Dalai Lama. Simpatizo com a forma como ele encara a vida.
  14. Peço descupas ao @mvnobrega por atravessar o tópico dele, mas aproveitei pq achei q uma coisa tinha a ver c a outra, proteção energética, e é algo q eu preciso aprender a lidar. Obrigado pela resposta @Iogui. Sobre isso q vc disse, um tempo atrás li um pequeno livro do Dalai Lama, "palavras de sabedoria", e lá havia uma página q nos faz refletir e dizia exatamente isso, e com aquele toque de bom humor dele: "Olhe para a pessoa que lhe causa aborrecimento e tire proveito da oportunidade para controlar a própria ira e desenvolver a compaixão. Entretanto, se o aborrecimento for muito grande ou se você achar a pessoa tão desagradável que seja impossível agüentá-la, talvez seja melhor sair correndo!"
  15. Bandeira, vou responder de acordo com a forma como eu penso, com dicas que se baseiam muito na minha experiência de vida porque isso que você pede é uma das grandes dificuldades da humanidade e você não vai encontrar num livro uma resposta pronta pra isso, até porque é um assunto complexo se você olhar com atenção tudo aquilo que está relacionado com o assunto. Então serão respostas fortemente pautadas na minha opinião e eu estou muito longe de ser detentor da verdade, verdade essa que ainda busco na tentativa de expandir a minha verdade relativa de acordo com o que consigo ir trabalhando em minhas próprias limitações: Penso eu, que o mais importante, é não se envolver emocionalmente. E isso é difícil porque, no nosso atual nível evolutivo, temos a tendência de nos perdermos facilmente em nossas emoções. Não adianta nada você estar lá calado pensando que você não está se envolvendo com o que estão falando se na sua mente você estiver em conflito, cheio de contrariedades, julgando e, de fato, se envolvendo emocionalmente. Pois nesse caso, você está participando passivamente de toda esta negatividade. Confesso pra você que eu ainda tenho dificuldades em conseguir ter o autodomínio necessário quando me encontro em situações como esta quando ela envolve pessoas muito próximas (com pessoas não tão próximas, colegas de trabalho e etc, isso é bem mais fácil). E passo por isso algumas vezes. Mas já consegui perceber uma coisa importante: essas situações são ótimas oportunidades. E por quê eu considero essas situações como ótimas oportunidades? Porque elas me colocam de frente com meus próprios demônios internos e são eles que me insuflam a me perder emocionalmente. Mas como tirar proveito de tais situações para crescer consciencialmente já que elas são uma ótima oportunidade neste sentido? Com um pouco de treino, você pode conseguir identificar os gatilhos que essas situações desencadeiam na sua própria psiquê e, durante tais situações, pode fazer auto análises rápidas observando o que está acontecendo no seu mundo emocional. Com o tempo, isso vai te permitir treinar o não julgar e vai te ajudar a se tornar uma pessoa menos agressiva, mais compreensiva e compassiva. Porque é preciso saber respeitar o momento do outro. Não dá pra exigir que todo mundo tenha o mesmo nível de consciência que você tem. Se você já é capaz de identificar que são assuntos negativos de fato, aproveite para observar o que tais assuntos negativos te trazem a tona. Eles te afetam negativamente? Mexem com suas emoções? Ao invés de se isolar, permita-se estar naquele ambiente mas seja como o óleo na água que mesmo estando em meio ao diferente, permanece coeso. Quando for possível, não fique num ambiente assim, negativo. Mas quando não for possível, aproveite o momento para crescer consciencialmente e desenvolver a equanimidade. Considero que uma das coisas mais importantes desta vida é a busca pelo equilíbrio. E essa é uma oportunidade real de se testar e de medir o seu equilíbrio porque é uma questão de saber se equilibrar como se você estivesse pulando de pedra em pedra em meio a um rio de águas revoltas para chegar na outra margem. Não é fácil e vai te exigir muito treino. Mas é possível. Com o tempo, você será capaz de estar naquele ambiente, não se envolver e, aqui e ali, sutilmente, soltar alguma coisa que ajude aquelas pessoas a se desviarem desse tipo de negatividade. Mas obviamente que se você entrar na sujeira, vai se sujar. Só que tem gente que se suja mesmo, faz aquela lambança. E tem gente que apenas sofre alguns respingos que podem ser facilmente limpos posteriormente. Mas isso exige destreza. Resumindo: aprenda a acender a luz interna que existe em você e não permita que a escuridão em volta a apague pois a luz é mais forte que as sombras. Essa situação é bem parecida com a que você descreveu anteriormente então tudo o que eu disse vale aqui também. A diferença é que essa é uma situação mais ativa e, portanto, um pouco mais difícil de lidar. Mas se você estiver preparado para a situação anterior, vai estar no caminho para lidar com esta também. Novamente aqui, o maior segredo é não se envolver emocionalmente e isso é muito mais fácil de falar do que de fazer. No começo você vai apenas começar a identificar o que está acontecendo no seu mundo interno. Muitas vezes tardiamente após já ter entrado na discussão de fato. Com o tempo e com treino você vai ser capaz de perceber que suas emoções começaram a se agitar e vai conseguir agir nelas conscientemente. Uma coisa que ajuda muito é praticar meditação, porque a habilidade que você tem que desenvolver na meditação é exatamente a mesma que você precisa para lidar adequadamente com essas situações. Você está lá parado tentando focar no objeto da meditação e, de repente, sem aviso prévio, vem aquele pensamento tentando te distrair do objeto da meditação e sua mente, não estando devidamente treinada, vai tender a responder a este estímulo e você pode facilmente se perder em devaneios. Quando você passa a ter alguma prática, começa a desenvolver uma habilidade que te permite identificar que surgiu um pensamento estranho, você o observa apenas o suficiente para identificar isso e então deixa ele passar sempre mantendo o foco no objeto da meditação. Esta mesma habilidade vai te permitir estar na situação, perceber que a outra pessoa está alterada, perceber a alteração surgindo em você também e não reagir a ela, deixar ela passar. Quando você conseguir fazer isso, vai conseguir sempre agir tranquilamente com qualquer tipo de agressão e isso vai te dar algumas vantagens. Primeiro, que se você estiver calmo, conseguirá ser mais racional e, portanto, responder de forma racional ao que lhe for dito. Isso vai lhe permitir pensar antes de falar, pesar tudo estrategicamente e só falar coisas que não coloquem mais lenha na fogueira. Quando você desenvolve esse tipo de atitude, isso é realmente muito poderoso. Você vai perceber que muitas das discussões vão cessar automaticamente só por conta da sua postura. Sim, isso que expliquei é o "como" fazer isso que você viu no vídeo. Não é algo que você vá conseguir fazer logo de cara. Não basta querer. Saber a teoria é fácil mas pra conseguir fazer, precisa primeiro entender, compreender e depois praticar. Não espere conseguir fazer isso logo na primeira tentativa. Então meu maior conselho não é na forma de uma técnica energética ou magística. Meu maior conselho é em relação a qual melhor postura adotar. Perceba que você trouxe situações que você enxerga como possivelmente problemáticas mas eu estou te dando uma visão positiva sobre estas situações: elas são oportunidades. Se você conseguir mudar o mindset, a forma como você se relaciona com tais situações talvez consiga agir de forma a trazer mais benefícios para todos os envolvidos. E talvez você consiga aproveitar tais situações para crescer como pessoa e, num futuro, até mesmo ajudar os outros a crescer como pessoas. Comece pequeno, de forma humilde. Se você conseguir trabalhar só no seu autocontrole em tais situações, já está bom. O resto é consequência. Lembre-se: você não tem controle nenhum sobre o outro, mas pode, com algum treinamento, ter controle total sobre si mesmo. Comece aos poucos, comece com aquilo que você pode ter controle. E você vai ver que você pode mudar o mundo, mudando a si mesmo. Mas isso é obra pra uma ou algumas vidas. Não espere resultados imediatos. A natureza não dá saltos.
  16. Gostei da ideia de dispersão. Comprei um fone de ouvido bluetooth para essas ocasiões. Pra por ouvir um mantra sem que percebessem. Obrigado.
  17. Olha, eu não posso ajudar nisso porque não passo por isso, mas como fui citado, vou responder com hipoteses a testar. Se eu estivesse num ambiente assim eu tentaria algumas coisas: - visualizar minha aura como se fosse feita de tijolos - visualizar minha aura como se fosse um ovo negro, um buraco negro que não deixa sair emissoes energeticas ou telepaticas, e nao permite que me detectem ( telepaticamente e energeticamente) - recolher os chackras para dentro do corpo e encolher mas engrossar a aura, para que se torne uma camada bem proxima a pele, mas grossa e resistente - Mas se eu quisesse tentar fazer o pessoal a dispersar, usaria a olve, ou imaginaria um furacão de chamas dentro da sala. Mas como disse, seriam coisas que eu tentaria, não sei se funcionaria porque nunca precisei ficar na mesma sal onde estejam falando algo que me gere desconforto.
  18. @sandrofabres @Iogui E quem souber 1. E quando temos que frequentar um ambiente onde as pessoas apoiam ou só conversam assuntos negativos? Como não deixar isso afetar nossa energia? Fico calado e não entro no assunto, mas to ali naquele meio. 2. Outra situação frequente tb que preciso saber é quando alguém que tem o costume de puxar discussões vem discutir com vc. Fico calado ouvindo mas as vezes entro na discussão. No meu caso percebo que afeta meu trabalho diario das energias dos meus chakras, o que me mantem em equilibrio. Ontem vi um video onde dava a dica de não descer na mesma frequência do negativo e o olhar com compaixão sem julgar, imaginar como seria ruim o mundo consciencial em que o outro vive. Em outro video davam a dica de imaginar uma luz azul de proteção. A Olve ajudaria? Ou um hoponopono mentalmente (costumava fazer isso)? Ou indicariam outras técnicas.
  19. Earlier
  20. Hummm ,é mesmo: http://quimicaeducacao.blogspot.com/2008/12/qumica-do-gudang-garam_16.html?m=1
  21. Esse negócio é terrível para a saúde. É pior que cigarro normal. E também deve ajudar a atrair companhias indesejadas do ponto de vista espiritual.
  22. Olá, saudações a todos. Faz cerca de 01 mês que comecei a me beneficiar por meio dos vídeos de Saulo e daí recebi as primeiras notícias sobre a viagem astral, ME e EV, inciei as práticas do Curso Básico e acompanho alguns relatos e FAQ pelo canal no youtube. Os assuntos tem provocado minha curiosidade e por isso resolvi continuar me instruindo até confirmar ou não as experiências e notícias do mundo astral que tenho recebido. Não sou totalmente crente, nem cético absoluto, porém tenho dúvidas e creio que o estudo e a troca de informações poderá me conduzir à convicção. No mais, agradeço pela oportunidade, muito obrigado, abraço a todos!
  23. Encontrei o site por meio de uma live do Saulo com a Carol a respeito de projeção astral. Naquele momento vinha pesquisando muito sobre glândula pineal e outros aspectos da vida que ainda somos um pouco míopes. Tinha experiencias muito fortes quando criança por meio da capacidade de ver, ouvir e sentir espíritos e eles não pareciam legais ou bonitos. Isso, associado a vários fatores e principalmente o MEDO me fez construir um muro mental e sempre que qualquer energia surgia eu a abafava com mais uma camada neste muro. Porém, recebi diversos avisos sobre o quão negativo isso poderia ser para mim e já estava sentindo os efeitos de toda essa energia acumulada e, mesmo com o muro não deixo de sentir o que os outros sentem com se fosse meu. Tenho tentado elevar as energias e pedido para saber lidar com o medo e porder ser útil pois quero muito ajudar os outros. Sinto que bloqueei meus chakras e está sendo muito difícil desbloquear. Por questionar de mais não me encaixo nas religiões e o Saulo foi e tem sido uma luz nesse mundo, tantas vezes tão obscuro. Grata pelo seu trabalho e de sua equipe.
  24. Siim, consigo entender Pois é cara. Eu meio que atraio essa turma. Por exemplo, eu estava fumando meu gudang e uma mulher de rua se aproximou e pediu isqueiro. Ja fiquei encanado, dai tirei o isqueiro e fui acender o cigarro q tava na boca dela, na mesma hora ela veio com as duas mãos pra segurar a minha... fiz uma manobra e levei o isqueiro pra acender de novo, ela continuou tentando segurar minhas mas sem a menor necessidade.. Dai depois que acendi sem q ela conseguisse me tocar, ela estendeu a mão me agradecendo a gentileza e eu acabei cedendo. Na mesma hora comecei me sentir estranho e pra baixo. Mas isso é meio frequente comigo, pareço um imã pra esse povo e hje em dia consigo perceber q eles tao com uma intenção inconsciente de me tocar. Vou por em prática essa dica ai.. Vlw (Y)
  25. Estranho isso. Eu, como tenho veedadeira alergia a que me toquem, quase nunca tentam me tocar, ehehe. Não cruzo com essa gente que quer pegar nos outros nao, então por isso eu talvez não possa te dar uma dica com 100% de certeza mas.... Suponho que sua preocupação seja com energias ( eu não me preocupo com isso em vigilia, apenas DETESTO que me toquem, nem sei a razão, ja detestava quando era bebê) mas projetado foi que notei essa mania que.os caras tem de tocar na gente, para pegar um pouco de energia. E percebi que a gente consegue bloquear a energia para ao sair quando nos tocam. Entao você talvez consiga fazer isso em vigília se notar que vao te tocar. Só que em vigília você não vai sentir se funcionou,.como dá para notar em astral. Talvez note pela reação da pessoa... Você faz assim: 1- quando for fazer contato dirija sua atencao para a área da pele em que havera o contato 2- mantenha a intencao clara de bloquear qualquer fluxo de energia ali e TAMBÉM tranque a respiracao. Você nao precia encher o pulmao de ar antes ne? Seja dsicreto, apenas foque conscientemente em paralisar o fluxo de energias e use a respiracao como sua " ancora" de apoio mental desse ato. Não tenho como explicar isso claramente, mas é uma atitude mental similar a que usaos quando trancamos a respiracao para nao inalar algum vapor perigoso. Talvez porque eu trabalho com química seja mais facil para mim, mas... imagine que voce vai entar numa sala em que no ar ha um vapor acido. Se voce.insira-lo e ele vai queimar seu nariz ,garganta, pulmoes. Entao você " tranca" a respiracao para ter certeza que nao vai mover os musculos respiratorios por distracao, até sair dali. É a mesma atitide: vai apertar a mao dd alguem que te parece desagradável? estenda a mão, fique atento a palma da sua mao e intencionalmente decida que nada fluirá dela nem da pessoa para voce, nem e voce para ela. Talvez a pessoa perceba que algo não fluiu e venha com a outra mao para tocar nas costas da sua mao. Nesse caso bloqueie toda a mão. Se o cara vai botar a mao por cima de voce, melhor travar todo o torax e cabeça ( tranque a respiracao junto, para ficar uma acao mais consciente) , porque esse tipo de pessoa vai apalpar as suas costas todas, e até a nuca, a procura de um ponto onde pegar energia.m, se sentir que nao achou o que queria na primeira apalpada. Já vi isso , mas nao fazem comigo porque eu ja pergunto na cara dura se o cara é "chegado em apalpar macho" eheehe.
  26. Queria saber qual a melhor maneira de se defender de pessoas que querem nos tocar, dar aperto de mão e abraços sem a menor necessidade. As vezes aparece um doidinho de rua do nada pedindo informação e querendo tocar na minha mão, dai tento me esquivar e a pessoa insiste, e se toco logo sinto baita queda de energia e as vezes dores de cabeça. E como isso pode acontecer com pessoas até do nosso convívio, queria saber como se proteger disso, pois ficar tentando escapar acaba criando um climão.. hehe Manter todos os chakras no sentido horário poderia resolver ?
  27. A primeira coisa que a pessoa precisa entender é suas limitações. Quem não percebe que quase não temos livre arbitrio não percebe que essas escolhaa estão fora do seu alcance. Nós, os encarnados, estamos " presos" na roda das reencarnações exatamente porque somos prisioneiros das nossas emocões. Nossos desejos, ódios, metas, não são escolhas conscientes, são uma "resultalte de forças" ,da luta entre desejos e aversoes, cada uma puxando para um lado diferente. As paixoes que forem.msi fortes num determinado momento te arrastarao numa direcao. No mês seguinte, podem te arrastar na direcao oposta. Seres assim sem0re serão vitimas das armadilhas dos reinos do Samsara. Entao assim como aqui na vida fisica somoa arrastados em certa direcao por esses desejos internos, apos desencarnar esse processo e até masi intenso. Se você ja ze projetou ja deve ter notado isso a acontecendo: você tem um plano de sair do corpo e fazer algo... mas ao sair do quarto nota algo no chao, se agacha para pegar. No momento seguinte nota outra coisa ( ou aparece algiem e cala com.voce..) São as pegadinhas que parecem sempre tentar dssviar voce do plano que estabeleceu. Antes que alguém consiga desenvolver o poder da vontade num grau suficiente para ficar imune a essas " atrações" ninguém esta apto para achae que pode ficar no astral sem encarnar, porque esses proprias pegadinhas é que acabarao te atraindo para uma situacao em que você termina nascendo de novo aqui. Entao a meta de quem não quer voltar a encsmarnar aqui e desenvolver uma atitude mental que o torne imune as ilusoes do Samsara, uma " equanimidade" ao lidar com a vida . O livro tibetano dos mortos trata justamente disso, das condicoes e armadilhas do astral apos o desencarne: https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Livro_Tibetano_dos_Mortos Como a maioria das pessoas não se esforçar por desenvovler essa "equanimidade" em vida, ao desencarnar a tendencia é voce ser arrastado pelas circusnrnscias e quando perceber já estara nascendo de novo. Quem tenta apenas lutar contra isso, sem ter as caracteristicas psicologicas necessarias para conseguir por merecimento precisa fazer outro caminho, pelo acúmulo de energias e desenvolvimento de poder mental. Mas isso tem um custo energetico, além de oferecer um risco de loucura para quem fica muito tempo sem encarnar, porque esses caras nao estao no astral positivo, ja que nao se desenvolveram o suficiente. Eles ficam vivendo no astral inferior, e precisam sufocar a realidade astral com plasmagens potentes, algo que um desencarnado comum nao tem capacidade mental ou enenrgwtica para fazer. Mas em algum momemto tudo pose desabar. Aqui tem um exemplo:Roger Reencarnando (trecho).pdf Entao a melhor forma de nunca mais voltar para cá é buscar é buscar eliminar o ego, os desejos. Educar-se no budismo é um começo adequado. Mas claro que em geral... Quem procura esse caminho não vê.o menor sentido em buscar eliminar os desejos, as emocoes intensas, etc. Por isso, para essas pessoas eu só posso dizer que: "Não, não é possível evitar reencarnar por nenhum artificio ou tecnica que você imagine."
  28. Resumindo queria desencarnar agora sem correr riscos de nunca mais voltar pra terra e ficar no astral só com meu corpo espiritual vivendo lá até o fim
  29. Tem como desencarnar e ir pro astral pra ficar morando lá usando algum ritual, magia, energia, mentalização, ou algum outro método ou técnica? Queria ter escolha pra desencarnar no momento que eu quiser Por exemplo: uso uma magia e no momento que eu usar eu desencarno e já vou pro astral sem voltar aqui mais na terra
  1. Load more activity
×
×
  • Create New...