Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

All Activity

This stream auto-updates

  1. Today
  2. Boa tarde, colegas. Depois de um longo e tenebroso inverno voltei. Essa noite despertei em um cemitério. Estava claro e tudo bem. Eu caminhava pelo cemitério tranquilamente. Entretanto algo ocorreu. Escureceu rapidamente e comecei a ficar desesperado tentando encontrar a saída. Então tive a ajuda de três jovens (acho que eram mentores pois não me abordaram). Eles estavam com uma moto com um giroflex que iluminou meu caminho. Encontrei a saída e saí correndo e logo depois acordei. Interessante que isso me despertou lembranças que eu não sabia que tinha. Várias vezes no sono visitei cemitérios e não lembrava disso.
  3. Eu vinha tendo uma média de 2 projeções por semana e misteriosamente faz 2 meses que não tive mais nenhuma, irei contar a última. Como acontece nas maiorias das vezes acordei de madrugada e percebi que estava no estado de vigília, não abri os olhos, me concentrei, relaxei e pensei "Quero sair do meu corpo", senti uma sensação de desprendimento e saí, estava em pé ao lado da minha cama, saí caminhando, passei pela porta do quarto, segui pelo corredor em direção a sala, nesse momento passou por mim uma pessoa que senti ser mulher, eu enxerguei a parede do outro lado devido a transparência dela, quase invisível. Quando cheguei na sala me deparei com 6 pessoas sentadas em meu sofá, me surpreendi com aquilo e cumprimentei- os um a um, eles me falaram seus nomes mas não me lembro de nenhum, um deles eu não entendi o que ele disse, tinha uma voz enrolada, nesse momento o "líder" me disse que ele estava sendo controlado pela "menininha", olhei para trás e tinha uma menina de aproximadamente 6 anos, passei a mão na cabeça dela e me voltei para conversar com o líder, era magro, alto, cabelo cacheado, olhos azuis e era uma pessoa desconhecida para mim no mundo físico. Perguntei para ele: Como vcs encontraram minha casa? Ele respondeu: "Vc é a sua casa, sua energia, sua vibração ", nesse momento senti que estava voltando para o corpo, falei "Não, não quero voltar para o corpo, quero conversar com ele", e nesse momento senti me dissolver e acordei na minha cama, tentei me concentrar para sair novamente mas não consegui, faz 2 meses e não consegui mais nenhuma experiência, estou na expectativa de voltarem novamente, quando acontecer postarei aqui, forte abraço a todos. Paz e luz.🙏🏻
  4. Você já acompanhou os relatos de Experiências de Quase Morte compartilhadas? Pessoas que têm um infarto, um acidente, um trauma físico qualquer e que no leito de morte(quase) conseguem ver informações confirmadas desse mundo além de visualizarem o que chamam do outro mundo também? O maior site do mundo sobre o assunto é esse https://www.nderf.org Bem, várias pessoas do mundo todo , em grande maioria, relatam do outro lado uma sensação de glória e alegria muito grande que até lhes causa ódio quando um médico consegue fazer com que essas pessoas voltem à vida. Nesses casos, as perguntas que as pessoas fazem automaticamente ou quase, já são respondidas na mente(onisciência) , além disso, não existe dor ou sofrimento quando não existe culpa. Será que todas essas pessoas de religiões diferentes estão erradas? Veja aí dois exemplos:
  5. Yesterday
  6. Obrigado @Sembrol, vou colocar isso em prática.
  7. O "estado de sonolência que antecipa o sono" acontece toda vez que vai dormir. O que precisa é treinar para ficar atenta a isso e não apagar. É mais fácil ficar sem apagar se levantar de madrugada para praticar isso, conforme explicado no tópico sobre o Raduga, cujo link está no topico POR ONDE COMEÇAR Quanto a medo da projecao em vigília, mas nao ter medo após projetada, faz sentido, até porque em vigília temos o corpo eterico ali atuando, projetados não. Entao determinadas alteracos nos chackras, que sao do corpo eterico, podem influenciar suas emocoes aqui em vigilia, mas não te influenciairem quando está fora do corpo. Por isso nossa compreeensao projetados costuma ser, por padrão, ums 10-20% mais clara do que em vigília. Já quando você vai parar em lugares em que não deveria ( seja atraída pela.sua psique, seja levada por outros) ha sempre o risco de instalarem em você alguma coisa que te crie problemas. Nesse caso que você relata estar num workshop de vampirismo, podem ter tomado alguma providência para você não voltar mais lá, instalado alguma " coisa" que te gerasse medo. Se nao me falha a memória, a parte de tras do chakra umbilical é que regula isso, o que pode explicar a sensacao de toque que teve nos rins. O chakcea d a garganta também costuma apertar, relacionado ao medo. Se você tiver acesso qcho que seria bom procurar alguém que trabalha com cura prânica ou com Reiki, para que te façam algumas limpezas, pode ser que resolva. Quanto a "viagem mental", desconheço tecnicas sobre isso e desconfio que a maioria de quem usa esse termo está chamando viagem imaginária de viagem mental. Uma viagem real em corpo mental exige que você saia do corpo astral, tal como saímos do fisico na projecao. É uma segunda projecao, depois da primeira. Não creio que estejam falando sobre isso quando utilizam esse termo
  8. Olá amores. tenho 3 questões Eu comecei tomar coragem para fazer viagens astrais. mas tenho relatos mentais também. Gostaria de entender porque estou com medo das viagens astrais sendo que quando eu realmente estou projetada não tenho. Estou limpando com mantras, uso escudo de Metatron uso frequência de amor incondicional, mas meu laríngeo esta doendo mto. E a noite o sintoma da viagem fica me chamando me sinto frustrada oq quero evoluir junto com minha equipe e fazer o que precisa ser feito além de estudar mais, poder ver meu mestre sem me antecipar assombrada. como fazer pra amenizar isso? tem alguma técnica? Se alguém aqui viaja mentalmente poderia compartilhar a tecnica? porque eu fui num local que depois de ter pesquisado parecia ser o subconsciente. neste local eu tive medo e acabei sentindo alguém me tocando nos rins e quando voltei fiquei com uma sensação de embriaguez. Outra vez eu estava num sonho lucido onde via um workshop de como tragar energias sexuais porém como estava lucida olhei para o lado direito e comecei cair em espiral e nesse eu nao tive medo. Pedi para ir à consciência. Onde vi uma esfera de Luz branca. gostaria de voltar lá mais vezes. Mas nao encontrei mais o estado de sonolência que antecipa o sono. Alguém poderia me ajudar?
  9. Eu não sei onde você viu isso de, no plano astral as pessoas só amarem e já saberem de tudo. Essa informação não procede. No plano astral tem todo tipo de espírito. E nos planos mais elevados as pessoas não possuem o tipo de tristeza mais rudimentar que temos aqui mas isso não significa que elas estejam isentas de algum tipo de tristeza de uma forma mais sutil. A felicidade total só pode ser acessível para espíritos que já estejam num nível de completa iluminação mas desconfio que nossa língua não seja capaz de descrever esse estado. Chamar isso de felicidade deve ser uma aproximação imperfeita. É como se uma ameba tentasse descrever o que sente um ser humano. "Marasmo" também não deve servir para definir a vida dos espíritos que estão em lugares mais evoluídos. Evolução é trabalho. Quanto mais evoluído, mais energia, mais movimentação, mais expansão. Esses espíritos provavelmente não ficam parados. De uma forma geral, a verdadeira miséria não está fora, está dentro. Para aquele que cultiva a riqueza dentro de si, tanto em pensamento quanto em ações, dificilmente terá uma vida física miserável e se tiver, não terá dificuldades em suportar. Só que a verdadeira riqueza não está no ouro que compra prazeres e sensações. Não é coisa que se sente com o tato. A miséria que enruga e deforma não pode privar o homem de algo tão sutil que está além dos sentidos físicos.
  10. Você já deve ter estudado as técnicas e tá bem antenado no assunto, então vou te dar umas dicas que facilitam a projeção. 1 - Acordar sem se mexer Tente criar o hábito de quando acordar continuar de olhos fechados, quando perceber que acordou, repita "viagem astral, viagem astral..." assim você vai conseguir se lembrar de fazer a técnica de separação que vou citar. Quando estiver treinando isso, mesmo se você acordar e abrir os olhos, se mexer...mesmo assim repita a frase "Viagem astral, viagem astral", fique repetindo para não se esquecer. Levantou? Então imediatamente faça teste de realidade, para ter certeza que levantou no físico e repita "Estou no astral ou no físico?". Faça essa atividade sempre que acordar, para treinar a mente. Após um tempo você vai conseguir acordar e permanecer de olhos fechados e imóvel, então repita "Viagem astral, viagem astral..." tem que deixar claro que a primeira coisa que você vai pensar ao acordar é na viagem astral. 2 - Técnica para sair em astral após acordar Você acordou, permaneceu imóvel e de olhos fechados e ainda lembrou da viagem astral. Ótimo, agora tire seus braços astrais para fora do corpo usando seu imaginação e tentando SENTIR as sensações de mover os braços, fique tentando até sentir de verdade seus braços astrais, eles são bem mais leves que os físicos, então dar para ter certeza que não são os braços físicos. Você vai sentir simultaneamente tanto seu corpo físico quanto seus braços do corpo astral enquanto estiver deitado. Ao sentir eles, da mesma forma que você fez para tirar os braços astrais faça com o corpo astral inteiro, tentando rolar para cair da cama, sem medo, tente um pouco e você pode perceber o corpo astral "desgrudando" ou com MUITA RESISTÊNCIA, não querendo sair, mas dar para saber que tem "algo preso", nessa hora sua consciência JÁ FOI TRANFERIDA PARA O CORPO ASTRAL, então pode rolar mesmo, igual no físico, vai parecer que é físico as vezes, porque ele vai está pesado, outras vezes você sentirá o corpo astral bem leve. Uma vez que você caiu fora, faça um teste de realidade. Então é bem simples: Se manter imóvel ao acordar, sentir o corpo astral e rolar, sendo que no primeiro momento você tenta rolar o corpo astral e depois já rola como se estivesse rolando o corpo físico, por último fazer o teste de realidade e sair para voar. 3 - Romper o sonho lúcido Outra técnica bem legal é se caso você fique lúcido em um sonho, você pode jogar o corpo para trás, para cair de costas no chão mesmo, e então você vai romper e se ver em corpo astral. Normalmente você aparece em pé no quarto onde estava dormindo, só que no astral. 4 - Acordar de madrugada ou voltar a dormir e fazer as dicas 1 e 2 Você pode treinar muito mais isso, se tiver tempo, então pode dedicar algumas noite para só tentar se projetar. Vai dormir mais cedo naquele dia sabendo que vai acordar de madrugada, ou durma mais que o normal, acordou, abriu os olhos ou se mexeu? Então faça a atividade mesmo assim e volte a dormir, tentando não se mexer mais, quando acordar novamente, provavelmente terá sucesso. Também depende do sono, se estiver muito sonolento vai ajudar, mesmo que você já acordou e se mexeu, mas continua muito sonolento, então volte a ficar imóvel e fique prestando atenção na respiração e tentando mover o os braços astrais. Uma hora seu corpo vai dormir e sua consciência permanecerá acordada, então poderá fazer a técnica. O gatilho para saber o hora de rolar é sentir os braços astrais. Sentiu os braços astrais e ficou com receio de rolar de verdade? Então tente outras técnicas de separação, como a da corda. 5 - Controle Emocional fora do corpo Uma vez fora do corpo, você precisa se manter o mais centrado possível e calmo. Tente sentir onde pisa, passar as mãos nas paredes, pegar alguma coisa, morder a língua ou os beiços, sem agressão (mas com força, pra sentir mesmo). Isso tudo vai te ajudar a se manter no astral por mais tempo. Se você voltar para o corpo, saia rolando novamente, pode fazer isso quantas vezes você conseguir. No meu caso, se eu perco o controle emocional e volto com algum abalo o meu coração no corpo dispara, bate forte, e então quando isso acontece eu já não consigo sair mais do corpo, ali o corpo astral já fica totalmente interiorizado.
  11. Bom... Tento projeção astral a mais ou menos dois anos. no primeiro ano nada aconteceu e ficou assim por um tempo até eu começar a sentir as energias, ir treinando isso e finalmente chegar no EV. Meu primeiro EV foi muito forte e duradouro, mas por ansiedade da situação, não consegui me projetar e me levantei rapidamente da cama, eu tive dois EV's depois de um tempo, um forte e um fraco. Meses depois comecei a ficar cético, só que eu sabia que tinha algo além porque eu tive dois EV's e isso é surreal pra quem não quer acreditar em nada, fiquei uns meses na dúvida. Um certo dia fui dormir, e lembrei que na noite anterior, eu estava sonolento e a voz de um homem falou comigo, perguntando se eu queria ser um ser espiritual e pra isso eu tinha que fazer algo, mas eu não lembro o que era. Eu lembrei disso na hora de deitar, não tinha passado pela minha cabeça o dia inteiro. Meses depois eu estou voltando a tentar a me projetar. Alguém já teve algo parecido e pode me ajudar a ter meu primeiro EV?
  12. Last week
  13. Nenhuma. Premissas são apenas premissas mesmo. Você só podeeia saber se foi projecao se a pessoa com quem sonhou lembrasse do encontro. Não precisa bater o relato, porque as pessoas podem lembrar de partes diferentes, mas pelo menos ela deveria lembrar de ter sonhado com você. Isso excluiria a hipotese do somho, porque afinal um sonho seria algo que ocorre dentro da sua mente individual. Se duas mentes lembrar de ter se encontrado num cenario do qual ambos lembram entao esse cenário não existe apenas na mente do sonhador, mas é um espaço objetivo como o plano fisico, e a hipotese de sonho não se sustentaria. Nada do que experimentamos em projecao pode ser taxado de real apenas baseando-se em indicios. Para ter certeza precisa confirmar com provas ( para si) que sejam do plano fisico. Se visitou em astral a caa de algurm precisa confirmar no fisico se o que viu existe lá mesmo. Se falou com alguem esse alguem previsa lembrar de algo ou.. pode ter te contado sobre uma problema que ela nunca te contou no fisico mas qie depois voce consegue cinfirmar. Sem esse tipo de comprovacao não tem porque levar a sério nada dos sonhos ou projecoes. Por isso é muito útil manter um diário de sonhos e de projecoes, porque muita vezes ode demorar ANOS até a gente conseguir confirmar algo. Sonhamos com nossos desejos, nossos medos, nossas culpas, nossaa simpatias e antipatias. Sem confirmacao não tem porque levar muito a sério nada do que experimentamos nessa área. MUITO a sério... Mas convém ficar antenado e ir registrando, porque no mínimo são indícios reveladores sobre si mesmo ou sobre os outros. Um sonho não precisa ter sido uma projecao para te dar um aviso , revelar uma falsidade, alertar sobre uma doença, sobre uma escolha errada que se pode fazer.
  14. No caso quais premissas daria a certeza da realidade ou da negativa do que ocorreu ou nâo ocorreu, tipo quais coisas deveria observar para ter mais certezas sobre o fato, como falei suprimi muita coisa , por ser algo muito intimo, acho que para melhor formular minha pergunta era o que deveria ter observado ???
  15. Sendo mais direto: sua memoria pode ser só uma imagem nebulosa, um fragmento, como uma foto, e ainda assim ter sido real. Ja me aconteceu de eu só lembrar de ter visto o rosto da pessoa, numa dada posicao , e uma.imagem fixa do cenario em.que estavamos, e a pessoa lembrar de ter "sonhado " comigo , naquela noite, e lembrar onde eu esrava sentado em relacao a ela, o que confirma a posicao do rosto em que eu a via. Meu fragmenro foi bem vago, bem tipo memória borrada mesmo. Mas como ambos lembram do cenário e posicoa, podemos concluir que foi real. Ou seja, conclusões deste tipo : " sonhos vividos, parecendo reais sao r9jecors, sonhos nebulosos, confusos, imagens esfumacas, sào apenas sonhos" São falsas, não tem como saber sem obter comrpovacao externa.
  16. Nao tem como julgar se a experiencia foi real só por essas sensacoes subjetivas.
  17. Bom pessoal, apesar de desde que me lembro tenho sonhos que sei que estou sonhando, mas não tinha o conhecimento que poderiam ser projeções, então vou tentar tirar uma duvida de sonho de carater, sexual e que aconteceu a mais de 20 anos e foi muito marcante, não vou entrar em detalhes, até mesmo para não ser vulgar, mas tive um sonho nesse sentido com uma pessoa casada que a epoca trabalhavamos juntos, foi algo tão marcante que senti embora sonhando sensações fisicas muito profundas talvez até mais do que se fosse de verdade mesmo, Como falei a epoca nao tinha conhecimento de projeção então mas na minha cabeça foi muito, muito real , gostaria de saber porque foi algo tão profundo que mesmo depois de tanto tempo parece tão vivo na memoria, alguem pode me tentar ajudar a entender o que foi, duvidas teho todas rsrs se realmente foi a pessoa se foi outra coisa que tomou a forma dessa pesssoa se isso acontece com mais alguem, detalhe em nenhum momento senti negatividade, alguem pode tentar ajudar mesmo com tão poucas informações...
  18. Creio que sejam reais, porque esse comportamento é padrão. Em geral eles não acreditam quando a gente fala, e ficam confusos quando a gente mostra. Como isso é geral, várias pessoas relatam esse tipo de encontro com personagens que não entendem quando a gente diz que estamos todos no mesmo "sonho" ou projetados, se não forem pessoas, se forem plasmagens mentais suas, restaria tentar explicar porque as suas, as minhas, e as de muita gente agem sempre assim. Acho mais provável a explicação de que são pessoas projetadas, sem lucidez, que não entendem o que estão vendo porque desafia suas crenças, da mesma forma como quem viu Jesus caminhar sobre as águas não deve ter entendido, ou quem viu as aparições de fátima. Mas nem todos agem assim, claro. Uma vez eu despertei a lucidez e levantei da cama, em astral, e pela janela eu conversava com duas pessoas que estavam la fora. A janela tinha uma grade de ferro, e quando percebi, uma moça estava com o corpo debruçado na janela do meu quarto, e com as barras de ferro da grade atravessando o corpo dela. Apontei e perguntei "reparou nisso? que seu corpo está atravessando as grades da janela?" Ela olhou por cima do ombro e nao pareceu se espantar. .Creio que ela então deveria saber que estava em astral, projetada ou desencarnada. Mas muitos não parecem perceber isso, nem acreditam quando a gente fala
  19. Quando percebi que estava no astral me vi no colegio que estudei quando criança, estava na aréa onde os pais iam pegar os filhos quase não tinha crianças, mas tinham uns 3 pais, ai falei com eles e perguntei se eles sabiam que estavam sonhando , ele se olharam como quem não está entendendo e sem acreditar, então falei se não for um sonho como eu consigo fazer isso, ai comecei a colocar os braços na parede e meus braços atravessavam ela e eles com as mesma caras que não acreditavam ou não estavam entendendo, ai perdi o interesse e fui voar eu gostava muito... Minha duvida se alguém puder me ajudar é se realmente eram pessoas reais ou outra coisa ?
  20. Pois é Iogui, eu as vezes fico sentindo medo de não ser uma pessoa que gosta de ficar pensando em ganhar dinheiro, ser empresária, ser empreendedora e ficar procurando formas de lucrar em tudo pra depois, se existir outra vida, eu voltar de novo como uma pessoa fhodida novamente. Tem umas linhas espiritualistas que dizem que tudo dá preguiça ou falta de gosto é algo que vc veio aprender a praticar. Outras linhas espiritualistas dizem realmente isso que você falou, sendo cada caso um caso. Só gostaria de não ter que nascer miserável mais uma vez nunca mais, por isso não sei se miseráveis são pessoas que relaxaram no seu aprendizado com os negócios e o empreendedorismo em vidas passadas como eu estou fazendo agora ou se a miséria é uma forma do espírito "se divertir" mais , afinal de contas, dizem que no outro lado é um marasmo pois as pessoas só amam e praticamente sabem tudo.
  21. Sim, esta pessoa tenta me empurrar dogmas goela abaixo. E o pior de tudo é que ele afirma ter o "dom do amor" lol E ainda fica brabo se eu falar ou fazer coisas que vão contra a religião dele.
  22. Certo, agora que você exemplificou ficou mais claro. O mais sensato a se fazer é deixar a pessoa seguindo o que ela quer seguir. Mas fica a dúvida, essa pessoa te incomoda tentando empurrar uma doutrina ou modo de pensar ou você que está incomodado por ela ser fanática e quer mudar ela? Eu não entendi qual a sua situação. Caso você esteja preocupado ela estar fanática por uma doutrina e quer mudar ela, é melhor não tentar, deixa a pessoa seguir o que ela gosta. Do mesmo modo você deveria seguir o que te deixa feliz. Mas eu não entendi o que está incomodando, porque caso seja amizade, vai ser meio difícil de querer estudar uma coisa que o outro abomina e quer distância, é diferente caso seja o tipo de amizade que se não tocar no assunto ficam de boa. Pelo visto é o primeiro tipo, nesse caso teria que se fazer uma escolha, porque não vai dar pra mudar a pessoa. Ou a amizade que te restringe ao bel-prazer daquela pessoa ou sua liberdade individual.
  23. Essa pessoa mora com você certo? Quando falamos de fanatismo é bem complicado, porque não se tem argumentos com uma pessoa fanática. Mas depende do tipo do fanático, se é uma pessoa que quer te empurrar uma doutrina, ou se ela não tem interesse em doutrinar mas mesmo assim não tolera nada que seja fora da bolha da doutrina no lar. Se essa pessoa é a "autoridade" da casa então não tem muito o que se fazer a não ser sair do lugar, porque caso você se torne submisso demais a vontade da pessoa, esse lugar pode se tornar muito tóxico para você, pois se torna um lugar limitador. Você precisa primeiro entender uma coisa muito importante: Quem você realmente é. Nós somos espíritos manifestados na matéria, isso todo mundo que estuda espiritualidade sabe. Uma vez manifestado em um corpo de carne osso o espírito vai deixar de legado por onde andou aquilo que ele é, de preferência coisas legais, são suas atitudes, sua emoções e seus pensamentos, isso vai definir suas ações na matéria ou no mundo espiritual. É bom está ciente disso, agora, além da consciência o que é dado para a gente? Se podemos dizer que temos alguma propriedade com certeza eu falaria que é o corpo, ele é de total responsabilidade nossa, mesmo que seja emprestado pela natureza. Isso também quer dizer que ninguém tem o direito de falar que é a autoridade sobre outro, menos ainda impor o que um espírito deve estudar ou não. Você tem o direito de limitar sua consciência porque tem medo de outro espírito que está manifestado, mas esses títulos de autoridades não são importantes na realidade. Talvez falte amadurecimento para conseguir reger a própria consciência, que por si só já se governa, mas pode acabar caindo nessas armadilhas do ego. Você precisa ser corajoso se quiser estudar espiritualidade, porque não é uma luta somente com questões culturais da sociedade, mas muito maior que isso, é uma luta com você mesmo, um amadurecimento. Como por exemplo, esse seu medo. Na minha visão visão é fruto desse condicionamento sobre nós, governante e governado. Se você tem independência financeira mas continua dando bola para o que os outros dizem, então você ainda não deve ter independência emocional. Agora se ainda não tem um meio de se sustentar financeiramente, então o governante, que só é governante na cabeça dele, ainda vai impor como deve seguir seu estilo de vida, e você vai ter que criar estratégias e se esforçar para conseguir estudar sobre espiritualidade enquanto tenta encontrar uma maneira de se sustentar e ser independente, para não acabar se submetendo as vontades dessa consciência. O que eu posso falar é isso, você precisa entender que não existe isso de autoridade. Mesmo sabendo que existem pessoas sem caráter e criminosos, eu não estou falando disso, é importante não distorcer o que eu falei, estou falando de consciência e espiritualidade, que em si, vai fazer você agir de maneira gentil com o próximo. O papel da família é ajudar aquele novo espírito que se manifestou a viver, demostrar e ensinar afeto, essas coisas, e por fim, garantir que ele já tem os meios necessários para a própria sobrevivência no mundo material. Não é sobre reinar sobre eles, é sobre ensinar e deixá-lo livre. Tudo aqui é experiência, e no planeta, mesmo com uma sociedade tão deturpada, ainda tem coisas a aprender, sem dúvidas essa liberdade individual e consciencial é uma delas. Tem um filme muito bom que fala muito sobre isso, se chama "Um estranho no ninho"
  24. Acho que isso de dominar o ego pode ser interpretado como ver o outro, independentemente de quem ou do que for, como você mesmo, como se fosse uma outra versão de você. E ó amor sempre ajuda.
  25. Quando eu era criança, eu sabia dizer se ia chover ao não ao simplesmente analisar como uma planta distante se mexia. É algo que parece normal mas para uma criança bem nova e com pouco conhecimento, é algo no mínimo extranho.
  26. Por exemplo, se uma pessoa muito próxima a mim( como um parente ou um amigo) for fanática demais, o que eu devo fazer? Uma pessoa que vive bem perto de mim é assim e eu tenho medo de me aprofundar no estudo da espiritualidade e na projeção astral por causa disso. Mas isso é importante pra mim.
  27. A questão é que na nossa cultura demonios são, por definição, maus. O que acontece é que a cultura judaica, (da qual o cristianismo é uma seita, mas ainsa é apenas judaísmo) enfiou tudo que não for dela, no mesmo saco e chamou tudo de demônio. Dito de outra forma: outras religioes podem ter deuses benignos e malignos. Os malignos seriam o que nós chamaríamos de demônio, exatamente por serem malignos. Mas para as religioes do ocidente, até os benignos de outras religioes ela chama de demônios, e é isso que causa confusao. Uma forma maia simplesnde pensar é que na nossa.visao ocidental só pode ser chamados de deuses os seres perfeitos. Se tem alguma imperfeição, tem espaço para o mal se manifestar nesse ser. E um ser poderoso, que pode agir de forma maligna, só porque lhe deu na telha, é melhor que seja classificado como demônio, para que a pessoa não se iluda. Veja o exemplo do João de Deus. De que adianta as milhares de curas que fez por décadas, se também fazia abusos com alguns clientes? Tudo de bom se perde ali. A classificacao mais segura para ele seria como demônio, não como anjo, se fosse uma entidade. Tem a ver como nossos conceitos sobre Deus, ja que consideremos que Deus só fará coisas justas e para o Bem, de modo que se você acredita estar sofrendo uma punição divina, é porque VOCÊ cometeu um erro grave, não porque esse Deus quer se divertir com a sua cara. Já os deuses pagãos são representados como podendo ter raiva de você, inveja, ou apenas podem decidir se divertir com você,sem que deixem de ser vistos como deuses naquela cultura Já que essas culturas atribuem a esses deuses essas falhas humanas, então só resta classificá-los de demônios, já que eles tem a possibilidade de serem maus, caso queiram, como no exemplo do João de Deus. É mais uma questão de nomenclatura, para separar os seres que SÓ FAZEM O BEM dos seres que podem fazer tanto o bem quanto o mal. Até os elementais da natureza são classificados como demônios. E para a gnose, nós somos demônios, enquanto não eliminarmos o Ego. E aí você entende melhor o que falei antes: seres que nao são perfeits podem fazer tanto o bem quanto o mal. É porque o ego ainda está vivo neles. O ser humano, devido ao ego, vai se deformando na sua aparecnai astral. Eu diria que até na fisica. Note que pessoas que hoje, com mais de 60, você sabe que sao crápulas, se voce olhar fotos ou entrevistas deles quando jovens, parecem santinhos. A questão é que o ego "evolui", fica mais forte, nos domina mais se o deixamos crescer sem freio. Então as pessoas mais velhas já vestem a máscara dos seus defeitos mais fortes. O " tarado" o " arrogante", o " medroso", o " violento", etc, com a idade voce identifica só de prestar atenção, porque o corpo fisico vai assunindo a forma do defeito principal. Isso em astral faz aparecerem chifres, garras, escamas, pés animaliescos no seu corpo astral, porque essas são expressões simbólicas e energéticas dos defeitos. Então na prática um demônio é um ser humano que deixou o ego crescer a um ponto maior que a média, e terá, em astral, a forma típica de demônios. Mas ainda são apenas humanos. E existe o despertar dos chackras infernais, ha o despertar de poderes psiquicos se o sujeito segue se profissionalizando no mal. Entao o produto final de um ser humano fortaleceu o ego ao máximo é dedicar-se a fazer o mal, ter o corpo astral deformado, e ter " superpoderes". Isso é a descrição exata de um demônio, só que nas crencas judaicas, que usa formatacao de raça para explicar o mundo, anjos e demonios não pertencem a mesma " raça" que a humanidade.
  28. Uma pessoa do Ocidente, com uma criação cristã, ao se deparar com animes ou com a cultura japonesa em geral, pode estranhar o fato de existirem "demônios" bons nessa cultura. Mas é claro que entidades que os ocidentais cristãos consideram como "demônios", podem ser vistos de outra forma por outras culturas. Como os Onis japoneses, que são frequentemente traduzidos como demônios mas uma tradução mais exata seria "ogros" porque tais seres não são necessariamente maus: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Oni Então eu pergunto, será que demônios, ou seja lá o que forem, são sempre maus?
  1. Load more activity
×
×
  • Create New...