• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 10/17/2019 in all areas

  1. 1 point
    Hoje eu vi um rapaz tão lindo, do jeitinho que eu sempre sonhei em ter algum tipo de relacionamento, até comecei a rir de mim mesmo me dizendo: -- 'Olha aí o tipinho que você gosta!' Bom, o rapaz fez uma cara de sem graça alguma comigo. Então fiquei pensando: se nascemos com alguns objetivos, qual seria a necessidade de alguém nascer tão irritantemente bonito? Ter sido muito desprezado na vida passada? É mera curiosidade minha, mas sei lá, sofro muito quando vejo um cara bonito.
  2. 1 point
    Boa noite! Lembram-se de mim? Eu uma vez desabafei aqui sobre o meu problema irônico e chato que eu tenho: sou homossexual, só gosto exclusivamente(afeto e sexo) de homens heteros e ainda por cima tenho uma mãe que até hoje é 'mulher da vida'. Bom, na época em que eu dei maiores detalhes sobre esse meu drama aqui, muitas pessoas entraram na discussão e foi um debate bem intenso pois eu sou super questionador e analítico, não é porque me dizem que uma coisa é assim que eu saio logo aceitando que é sem ter insumos que mostrem isso. Na época eu disse que o fato da minha sexo-afetividade ter sido lindamente boicotada me desmotivava a subir na vida fazendo cursos, faculdade e etc, além disso, sempre que eu tentava fazer um curso na faculdade , aconteciam revezes econômicos e pessoais comigo que me obrigavam a parar. Pois bem, na discussão aqui empreendida na época, muitas pessoas me aconselharam a cursar uma faculdade novamente, até mesmo se fosse de filosofia ṕara eu ter uma vida econômica melhor, haja vista a minha econômica ser muito precária desde pequeno. Falei também que tinha inveja e raiva da minha mãe por ter quem quisesse na rua e na vida a ponto até de sair às escondidas na minha adolescência com um sujeito que me humilhava e que era um ano mais velho que eu apenas, descobri isso da pior forma... Até hoje sou virgem e amor na minha vida não existe, é tipo história de ET: todo mundo fala que existe mas você não vê. Desfecho Pois bem, segui depois daquela discussão aqui a decisão de cursar faculdade, com muito medo do que ocorreria e o que aconteceu: Descobri que sou hipertenso e tenho diabético, foi um baque mas ok, tou me tratando! De um tempo pra cá minha visão ficou embaçando devido talvez à diabete. O meu pé que estava bom após uma corrida que fiz para escapar de um carro, voltou a doer e dar complicações devido a eu fazer mais exercícios para melhorar a saúde. E pra fechar com chave de ouro, dia 24 passado a minha mãe teve um AVC apos voltar da zona de prostituição onde ela trabalhava por opção. Eu estava com certa bronca da minha mãe por ela estar nessa profissão e toda hora que possível vir a mim puxar assuntos grosseiros sobre homens, sexo, funk e relações sexuais, eu tava evitando puxar assunto com ela para me preservar, afinal quando eu vejo e escuto qualquer assunto sobre sexualidade humana, é uma bofetada na minha cara, me sinto mais fracassado ainda. No outro dia a minha mãe veio me acordar quase que chorando dizendo que estava a mais de 24 horas tendo sintomas de AVC nos braços(formigamento e não conseguia andar direito), mas como ela vira e mexe tinha algumas doenças, não dava atenção, fomos á farmácia e eu não sabia o que era pois pra mim AVC acontecia tendo boca torna, perca de fala e sinais mais claros de confusão mental e com ela nada disso ocorreu. Então nada melhorava, no outro dia ela nem levantava direito, chamei o SAMU e Santa Casa em meio a um cenário caótico foi diagnosticado um AVC isquêmico pequeno nela. Como aqui em casa eu fico falando de morte toda hora depois que eu estudei as EQMs , além de nunca ter quisto viver nessa vida como pessoa pobre, feia e que ninguém que eu gosto gosta de mim, todo mundo já se acostumou a me ver falando altos papos sobre hipóteses de como seria o além baseando-me nas pessoas que tiveram EQM e não como é de costume nas religiões e espiritismo que pa mim são rudimentares e simplistas demais. Então sabendo disso e no leito do SUS, na frente de todo mundo, fazendo necessidades fisiológicas na frente de pacientes e alunos de medicina, minha mãe já se preparava para a morte (ela também não gosta muito de viver, não tanto como eu, mas não gosta) e então ela me disse uma coisa que me tocou profundamente aponto de quase chorar: --'Me desculpe qualquer coisa! Me desculpe pela pobreza que eu te fiz passar na vida ! Se eu morrer não precisa ficar triste não.' Bom, eu a desculpei sim, ela não morreu mas essas palavras me emocionaram muito, até agora quando eu me lembro disso para escrever aqui me emociono a ponto de começar a chorar. Nós combinamos que se ela morresse viria em mim se possível fazer um vento em meu ouvido para me dar um sinal, eu a autorizei e ainda brinquei: se existir o além e você quiser, fala com o povo lá do outro lado que se for pra me forçar a nascer nesse mundo de novo, que pelo menos eu nasça loiro(a), lindo(a), bem amado(a), hetero e nunca mais tão desprezado como eu sou hoje. Eu não sei se o alem existe, eu só ouço falar, se existir, eu tenho lá as minhas dúvidas se esses seres que nos fazem nascer aqui em nome de uma tal missão, são realmente flor que se cheire como aparentam. As vezes penso que esses seres de luz e sabedoria, jogam se passando por ruins para depois se mostrarem como bons para conseguirem nossa servidão eternamente, não sei. Como nada de sobrenatural aconteceu comigo, não tenho como afirmar nada. A minha mãe está em casa reclamando de dores fortes e formigamento no braço (espasticidade) e além de não andar direito mais, estou com muita pena dela. Eu pelo que andei vendo, tenho todos quesitos para ter AVC também, isso me deixou em pânico pois imaginem: feio, careca, sem ninguém por ser homossexual e gostar de heteros, com pouca inteligencia, pobre e numa cadeira de rodas! E no meu caso, eu não vou ter homem, filho ou ninguém pra me ajudar, tenho muito medo! Estou chorando agora e quase desistindo de novo de fazer faculdade. Será que espíritos contrários podem ter um dedinho nisso? Recentemente havia uma família em cima do meu AP que a anos não nos respeitavam: pulavam, arrastavam moveis,batia coisas forte das oito até as duas da manhã do outro dia, isso desde 2017. Tentei ser amigável para resolver isso mas não dava certo, depois reclamei e a tal família para fazer mais pirraça começava a mandar todo mundo em casa jogar futebol e brincar de pular cavalinho, os barulhos demasiados eu até conseguia gravar , deu um CD inteiro cheio! Apelei às multas e a família se mudou. Eu fico pensando: será que espíritos envolvidos com essa família estariam agindo contra nós aqui ou é loucura minha, não sei! Só sei que tou com vontade de desistir da faculdade pela terceira vez.
  3. 1 point
  4. 1 point
    Normalmente eu diria que são características aleatórias do corpo físico abrigando o espírito da entidade que encarna, SE não fosse pela importância que nossa sociedade dá às aparências. Aí sou obrigado a tentar ver além dessa trivialidade randômica. Creio que assim como existem lições para aqueles que encarnam com traços faciais deveras desarmônicos, também existem lições para os que possuem traços mais harmônicos. Talvez seja uma questão de aprender a lidar com o ego sendo massageado constantemente e de aprender a valorizar as pessoas que gostam de você pelo o que você é, e não pela sua aparência. Isso fica mais na área da suposição mesmo. Acima de tudo isso, a forma é uma ilusão e o apego à beleza física é resultado de bloqueios nos chakras inferiores. Os padrões energéticos básicos são aqueles primitivos que nos remetem aos instintos animalescos e nesses padrões a única visão sobre as outras pessoas é de selecionar aquilo que produz excitação sexual propícia ao acasalamento, o que naturalmente é necessário para a perpetuação da espécie.
  5. 1 point
    Só passando para avisar que não tenho a mínima idéia e também me questiono sobre isso. E inegável que pessoas bonitas tem portas abertas em tudo que tentam, embora ainda precisem mostrar real valor. Mas sofrem de um.preconceito positivo que lhe facilita pelo menos a primeira oporttinide em cada atividade. Embora... o preco disso costuma ser nãi serem percebidas no seu interior, mas apenas na supeeficie. Alguém ja disse que "mulheres bonitas são invisiveis", rederindo-se ao fato de que nao AS enxergamos relamente, poruwe a beleza fisica delas ofusca o que elas de fato são. Nao sei se beleza fisica e uma.variavel carmica sem importancia alguma, algo como ter olhos verdes ou azuis ou castanhos, e que todo valor que se da a isso é apenas ilusao , ou se de fato ha algo por trás , alguma finalidade maior, educativa, ou operacional ( facilitar os proejtos encarnatorios da pessoa?). Mas parece que a maioria usa mal isso.
  6. 1 point
    Percebi que essa parte do fórum estava muito parada, então resolvi tentar dar uma animada aqui, espero que gostem😅
  7. 1 point
    Universo é uma esfera fechada, sugere novo estudo Dados do Observatório Espacial Planck podem revolucionar o que sabemos de cosmologia https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Espaco/noticia/2019/11/universo-e-uma-esfera-fechada-sugere-novo-estudo.html Map of Hindu Cosmology https://www.reddit.com/r/hinduism/comments/1ii1kd/map_of_hindu_cosmology/ Zeno aparece no Torneio Dragon Ball Super https://www.youtube.com/watch?v=6Ju-X-TsWtY
  8. 1 point
    Bem lembrado. O problema da confirmação é quem esta encarnado, emboea quem desencarna as vezes fica impedido de se aproximar do fisico( na verdade esse é o estado natural dos mortos que se deram bem. Quem zanzeia por aqui é porque esta desviado do.caminho e precisa ser encaminhado ao seu rumo correto) Basta ver a projeção: a gente pode , com muita dificuldade e mentor ajudando, obrer alguma informação do plano FÍSICO via projecão, e confirmá-la depois. Por que isso é difícil? Porque um corpo astral nao tem.oŕgãos dos sentidos para captar sinais do físico, mao tem olhos, ouvidos. Ele tem visao e audicao, mas é óbvio que o que ele capta nao sao registros de luz e som fisicos. Entoa o que ele capta nao vai bater certinho com o que os olhos fisicos e ouvidos fisicos captam. Mas ainda assim as vezes dá para obter algo. Agora, se esse mesmo projetor, que ja obtevw comprovações da projecao, visitar um amigo encarnado, que esta em vigília, na sala vendo tv por exemplo, e tentar se comunicar com ele, vai dar problema. Porque além da questão que ele só vai conseguir ser visto e conversar com o corpo astral do amigo, embutido no fisico, essa informacao nao passará do corpo aayral do amigo para a percepçao consciente dele, poruqe nao sendo o amigo claeividente nem clariaudiente, nao ha MEIOS que o contato com o projetor/espirito seja percebido. A única alterativa seria o espiriito gerar efeitos fisicos, derrubar coisas, gerar batidas... mas isso é ainda mais difícil: manifeatações físicas sao mais raraas ainda do que mediunidade. Conheço três médiuns clarividentes de que quase 60 anos que nunca viram uma manifestaço fisica sequer de um espirito. O pessoal gosta de achar que qualquwr estalo na madeira ou falha eletrica deve ser espirito, mas não é bem assim. https://youtu.be/0CjRWQJwH0w
  9. 1 point
    É impossível saber se espíritos possam ter algum papel nisso. O poder deles se limita a induzir encarnados a agir da forma que eles querem, e também a interferências energéticas, o que pode gerar, com o passar dos anos, alguma doença. Só que em ambos os casos a vítima colaborar de alguma forma, aceitando as sugestões telepáticas que lhe são enviadas, ou as energias tóxicas que lhe são enviadas, porque nosso sistema energético se define, tal como o sistema imunológico. Em ambos os casos a aceitação acontece porque no fundo a vítima pensa como seu agressor, por isso ela não rejeita, como não sendo sua, as coisas que lhe são enviadas. Ou seja, se a gente faz a nossa parte, não alimentando pensamentos e energias negativas, é bem mais complicado para as entidades negativas conseguirem produzir algum resultado em nós. Então quer as entidades tenham um papel nisso ou não, a nossa tarefa é focar no que nos podemos fazer conosco mesmo. Seu caso parece sim confirmar as coisas que você falou antes sobre suas dificuldades para sair da sua situação. Fora o seu, só conheci outros dois casos em que as pessoas tentam agir para sair do que os prende mas sempre surgem situações fora do controle delas que as trazem de volta à velha prisão. Eu creio mais em karma, nesses casos, do que em atuação de espíritos, mas é impossível saber. De qualquer forma só existem duas opções: desistir ou insistir. Se a pessoa desiste quando surgem dificuldades, ela garante que seu futuro será o que é o seu presente. Se o seu presente não é agradável, essa não é uma opção. Se a pessoa insiste nos projetos, pode ser que o futuro não seja diferente, por questões cármicas, mas pelo menos ela cria uma chance de mudança. Sobre saúde, tem coisas que estão 100% nas nossas mãos, outras não. Você cita hipertensão e diabetes. Em geral essa combinação é de quem está se alimentando mal, com sobrepeso. Nem sempre, claro, minha mãe descobriu aso 39 que tinha hipertensão. Descobriu após um ameaço de enfarto, no qual também descobriu que tinha um bloqueio congênito no coração. Não parecia haver causa para a hipertensão, ela nao era gorda, mas ao que parece deve ser os rins que não funcionam tão bem, porque ela acumula líquidos mesmo quase não bebendo líquidos. Mas já está com 78. Terminou o ensino fundamental depois desse enfarto, após se separar do meu pai. Fez magistério, trabalhou uns dez anos dando aula particular em casa. Depois passou num concurso para professora municipal, e a noite cursou pedagogia. E está aposentada há uns 5 anos acho. Mas ela nunca teve nada de açúcar alto no sangue. Tem gente que tem diabetes do nada, algumas mulheres só desenvolvem diabetes quando engravidam. Tive uma colega de trabalho que teve 3 abortos por causa disso, um aos 7 meses de gravidez. Mas seguiu insistindo ate que conseguiu ter um filho saudável, já com quase 40 anos. Em ambos os casos, ignorar as dificuldades e apenas seguir em frente com as metas foi o que fez toda a diferença na vida delas. Então não sei qual seu caso, mas se você for medianamente obeso ( peso acima dos centímetros da sua altura ex: 1,75m , peso acima de 75kg.) Exceto, claro, para quem faz musculação) já começa a concorrer a diabetes tipo 2, que é uma diabetes que é resultado temporário dos seus maus hábitos, apenas isso. Basta emagrecer e fazer algum exercício regular, substituindo alimentos refinados por integrais, que isso já se corrige ao natural. Mas se é magro, aí já é algo que talvez não dependa de você e só remédios resolvam/ajudem. Quanto a visão, pelo que lembro você tem quase a minha idade. Tenho 49 e comecei a notar algum problema de visão aos 42. Quando fui ao oculista a primeira vez, lá pelos 45, ele me falou que eu já estava na idade mesmo em que isso acontece, é desgaste natural do ajuste de foco, não precisa buscar nenhuma outra causa nessa idade. Mas parece que pode progredir rápido se a pessoa tem diabetes, então cuide dessas coisas (diabetes e pressão) que o resto deve seguir um curso lento até a falência total do corpo. O negócio é não deixar que se acelere. ACHO que não deve focar sua atenção no imaterial, se espíritos fizeram isto ou aquilo, porque nunca saberá e apenas arranjará desculpas para produzir revolta intelectual/emocional que não contribui em nada para a solução. Mas se quiser tentar uma abordagem mais objetiva, ao invés de discutir teorias espiritualista sobre sentido do sofrimento, karma, deus... seria bom que procurasse algum grupo de apometria aí na sua cidade, para pedir uma análise do caso e auxílio. Se houver espíritos envolvidos nas causas disso, eles podem atuar e pode surgir alguma melhora no quadro. http://www.holuseditora.com.br/casas-apometricas/. Este grupo faz atendimentos a distância, mas você precisa entrar em contato com eles, via whatsapp, acho que o pagamento é doação do equivalente ao preço de ração para animais, e demora uns sies meses para te atenderem. Quer dizer, eles fazem lá o que te que fazer e depois te mandam um áudio sobre o que eles detectaram no seu caso, e dizendo o que voce deve fazer em casa, para reforçar o trabalho: https://www.facebook.com/institutodeapometriageaziamais/ ............................... Enquanto espera as pessoas que sabem que a espiritualidade é um fato concreto da vida fazerem seu trabalho, você deve se focar no que está na sua frente, pois tem um quebra cabeças bem material para solucionar. E sua mãe, quanto mais imóvel ficar, mais propensa estará a ter novos problemas daqui a alguns anos mais. Você só poderá ajudar ela se adquirir para si uma condição melhor de vida, mais motivo para não desistir do que já começou a fazer. E o mínimo que você deveria fazer em termos de saúde é caminhar em passo medianamente apressado (6km/h) 1hora por dia, para ajudar administrar os atuais problemas e atrasar a chegada de outros piores. Sua mãe teria que fazer algo bem mais leve, mas precisa tentar se manter ativa, ou vai atrofiar mais rápido e tornar as coisas ainda piores.
  10. 1 point
    Pratiquei 4horas por dia durante seis meses, e depois parei para ver o que aconteceria. As únicas coisas que notei foram: - um leve aumento de sensibilidade em relação á sentir as energias ( mas com alguns episódios esporádicos bem extremos, como por exemplo uma vez ter sentido os chackras das palmas ds maos girarem tao fortemente que precisei abrir os olhos para ver o que era aquilo, ja que eu parecia estar com uma libélula gigante voando entre minhas maos, batendonas asas nas minhas palmas - que estavam uma de frente para a outra - sem que conseguisse sair. ) - um estado mental/emocional mais centrado, que ainda perdurou por maisnseis meses paos eu ter interrrompido a prática - maior disposicão fisica ( como fruto da prática de um conjunto especifico de exercicios de Chi Kung. - Também meu corpo pareceu rekeitar automaticamente a ingestao de coisas que sujam o corpo. Quando comecei eu bebia uma dose de whisky todo dia enquanto preoarava a janta, e depois ia assistir algum DVD enquanto fumav cachimbo. Apos ter iniciado a prática de chi kung esss práticas foram abandonadas automaticmamente e "sentidas" como algo que era oposto ao que eu estava fazendo. Entao todo meu interesse por elas sumiu apos o primiero dia de prática de chi kung. Mas acho que em parte foi poruqe exagerei. Depoia andei lendo que uma pessoa se curou de câncer praticando um determinado estilo de chi kung, mas se atribui a cura mais ao regime intenso dela( 2h por dia) do que ao estilo. Bom, se 2horas é intenso, e eu estava fazendo 4horas, deve ter sido isso que fez meu corpo já olhar para qualquer gota de álcool como algo que eu noa queira mais que entrasse no meu corpo. Isso foi no inicio de 2015, e memso tendo parado a pratica apos seis meses nao tive mais intesse nem em voltar a fumar cachimbo nem em beber nada de álcool. Algo houve, eheheh Eu até esperava que desse alguma diferenca nas projeções ( grau de lucidez, duracao, nitidez de peecepçao) já que eu estava lidando diretamente com uma pratica de acúmulo de energias. Mas como eu já supunha pelo que compreendo da projeção, não afetou nenhum dos aspectos. Só que chi kung é uma pratica que demora décadas para dar um resultado interessante. Quando alguém pensa em resultados palpáveis( energia para fazer curas, efeitos psicocineticos, etc) tem que pensar que exige 20 anos de pratica, pelo menos. Eu pretendo retornar à prática, mas apenas apos me aposentar, porque trabalhando o tempo livre é curto, não da para jogar fora 1h do seu dia praticando algo que nao apresente resultados palpáveis em poucos meses. Melhor investir essa 1h em outra coisa que de resultados mais rápidos. Mas para quem tem tempo livre acho muito bom. Só precisa ter cuidado com uma coisa, nao sei se falei neste topico: não se deve praticar chi kung se a pesso estiver com algum problema emocional. Ele é uma prática preventiva, para ajudar a manter a serenidade. Mas se a cabeça estiver quente com alguma preocupacao é melhor nao praticar chi king nesse dia, porque a atençao estara focada no corpo, ou na respiracao, ou nas energias.. enquanto sua enerfia aumenta. As emoçõea conflituosas estarão " embaixo do tapete", e aí voce nao percebe que elas roubarão a energia extra e se tornarão mais fortes do que antes. Aí a pessoa vai para os fóruns de chi kung reclamar que sempre fica mais perturbada emocionalmente apos as sessões de chi kung . É por isso, antes de tudo precisa haver controle da mente e das emoções. Se você introduz mais energia numa psique desequilibrada você só aumenta o desequilíbrio. Pratique nos bons momentos para ter mais serenidade nos maus momentos. Mas evite praticar nos mais momentos, porque não é uma técnica para conserto rápido do seu estado emocional, é para CULTIVO, a LONGO PRAZO, de um estado emocional diário mais equilibrado.
  11. 1 point
    O problema é que para saber se isso é de fato movimentação energética precisaria talvez alguém sensível o suficiente para detectar de forma independente. POr exemplo, tem muita gente que acha que gera o EV num pulso, sem fazer a OLVE. Então lá no curso da trivelatto https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17224-nanci-trivelatto/&do=findComment&comment=75005 ela fala em algum dos 4 vídeos que cruzou com essas pessoas, nos seus cursos, que alegam ser capazes de gerar EV num pulso. Aí ela se sintonizou com a pessoa (ela consegue saber a pessoa está fazendo direito a olve: https://youtu.be/ef_FLIFZeKw?t=3820 ) e viu que não era nada, pelo menos não era EV. A pessoa alegava sentie alguma coisa, mas não era o tipo de resultado necessário.
  12. 1 point
    São o mesmo tipo, já que ambos são estáticos. Mas o camisa de ferro parece ser uma combinação específica de posturas, porque cada estilo de Zhan Zhuang usará uma combinação de posturas diferentes, visando objetivos diferentes.
  13. 1 point
    Vc pode detalhar melhor como vc faz? Como é essa respiração e como vc reune e explode essas energias? Vc usa visualização/imaginação?
  14. 1 point
  15. 1 point
    Ao deitar antes de dormir eu costumava sentir como se alguém estivesse mexendo no meu cabelo, bem naquele local onde tem o “redemoinho”. A uns dias atrás, tinha lido o poste de vcs e no mesmo dia antes de dormir senti novamente. Desconfiado que alguém poderia esta sugando energia decidi enviar por ali energias positivas de alegria, felicidade e tal. Após uns 20 segundos ou menos comecei a sentir uma queimação forte no pescoço. O que senti tem relação com o que a Joice sentiu ?
  16. 1 point
    Pensando bem, isso explicaria muita gente.
  17. 1 point
    Boa noite projetores, há exato 14 meses conheci o GVA e consegui minha primeira projeção lúcida. Desde então fiz técnicas. Tive recesso projetivos. Parei de tentar fazer amparos. Enfim minha luta era conseguir um desdobramento era para encontrar meu falecido esposo. E encontrei! Infelizmente nem tudo são flores na espiritualidade. Ele por ter desencarnado em Maio/2018 foi pro lado de lá como a maioria. Sem conhecimento de que há vida após a morte. Porém ele ficou muito apegado a mim e sua família. Não consigo acessá-lo de forma de esclarecimento. Apenas o vejo com pouca lucidez. Ele interfere meu campo mental , quando sinto tristeza ou Saudades. Por lá ser somente emoção ainda não conseguiu se equilibrar e tenta atrapalhar minha vida afetiva. Graças a Deus fui esclarecida nesta semana. E enfim consegui compreender muitas coisas. Voltei determinada a dividir as minhas experiências com vocês. E trocarmos ideias a respeito da espiritualidade. Focarei em ter muitos desdobramentos lúcidos. Porque no final de tudo o que vale é o que fazemos para o nosso semelhante. E quanto mais auxílio e amparo fizermos, mais elevaremos o nosso espírito. Paz e luz a todos!
  18. 1 point
    Para aqueles que tem problemas com projeção cega, vale a pena assistir esse vídeo da Nanci em que ela explica mecanismos que se pode utilizar para conseguir abrir a visão uma vez que se encontre nesse estado.
  19. 1 point
    OBS: materiais educativos e cursos são COMERCIALIZADOS ........................... Nancy Trivellato Nanci Trivellato, MSc., pesquisadora da consciência, nasceu no Brasil, mas reside no exterior desde 1995. Formada em Letras, recebeu seu mestrado em Metodologia de Pesquisa em Psicologia no Reino Unido, onde residiu por uma década. Dedicou parte dos seus estudos e carreira à Administração, atuando, por muitos anos, em grandes corporações multinacionais. Tendo vivenciado, desde a juventude, a experiência fora do corpo e outros fenômenos não ordinários, decidiu dedicar-se ao estudo da multidimensionalidade. Assim, desde 1989 vem aplicando seus esforços não só em compreender a consciência e os mecanismos que levam à ocorrência dos fenômenos paranormais, como em ensiná-los ao redor do mundo. Escaneei algumas páginas do livro dela Estado Vibracional, para poderem julgar o conteúdo antes de decidirem se compram ou não: https://drive.google.com/file/d/0ByXGi2vq5-wsTG1XR29QQ3ZrcVk/view?usp=sharing CANAL NO YOUTUBE:https://www.youtube.com/channel/UCTcyC_7SnQ75tlH4S3urwqQ
  20. 1 point
    A pessoa é tão foda, tem tantos poderes que ninguém a conhece no meio ocultista, kkkk. Porém os relatos dela me lembram uns que lia pela net antes de achar esse fórum. Adolescentes com tempo livre querendo "aparecer". O ponto positivo é que ela tem criatividade, rs.
  21. 1 point
    Kkkkk, achei um bobeiral sem tamanho. Nem consegui ler tudo, muito besteirol. Quem se projeta sabe das dificuldades que tem de realizar qualquer coisa em astral. Até a galera mais experiente não tem toda essa facilidade. Gente, vão ler coisas construtivas, praticar, circular energia e ter suas próprias experiências. Daí vocês podem tirar suas conclusões de relatos como desse blog. ☺
  22. 1 point
    Bom, orgasmo eu quero prolongar. Acho que vou querer também isso para a vibração...
  23. 1 point
    O EV é o clímax de um porcesso. Pense nele como a cabeça do fósforo incendiando. A OLVE é você riscando fósforo, sua meta é gerar a ignição. Uma vez que ela seja atingida, ele se alastra pelo campo áurico todo. É um processo que inclusive pode ser disparado por outros fatores também. Em geral esse auge dele dura uns 15 segundos. Então funciona asism: - você está ali fazndo a OLVE há um tempão e não está sentindo nada - num dado momento parece que sente alguns "calafrios", ou sente algumas zonas do corpo formigarem/vibrarem suavemente (pode ser o plexo solar, pode ser um chacrra pode ser um membro do corpo. Isso é o sinal de que você está perto do EV. Apenas siga fazendo a OLVE do mesmo jeito que essas sensações irão se alastrar. Ou então tente aumentara quantidade de energia movida (pense em mover nas zonas mais profundas do corpo) ou aumentar um pouco a velocidade . Qualquer uma dessas opções vai intensificar as sensações e pode disparar o EV. - Quando ele dispara, tudo fica vibrando numa velocidade que você não tem como acompanhar. Se tenta controlar, só vai atrapalhar o EV e ele vai perder velocidade. Então quando ele se move mais rápido do que você consegue fazê-lo se mover, "largue ele de mão", deixe ele seguir sozinho. - Ele vai ficar no máximo de velocidade por uns 15 segundos, e vai começar a desacelerar. Nesse ponto de você der mais umas bombeadas com a OLVE, tipo duas ou tres passadas rapidinhas, ele acelera ao máximo novamente, e fica mais uns 15 segundos no maximo. E vce pode ficar fazendo isso, para prolongar o EV: Sua meta é prolongar, não interromper. Quanto mais prolongar, mais limpeza enegética terá, emais estimulaçaõ geral de chackras. Mas a gente usa EV para a projeção né? Então o idela seria tentar descolar do corpo físico quando o EV forte começar. Mas se quiser interromper porque se assustou, creio que consegue tentando paralisar a agitaçaõ energética. Tanto que se você tentar aceelrar ele mais, depois que ele ja atingiu o máximo, você acaba atrapalhando ele e fazendo-o durar menos. Entao acho que dá para parar ele sim. Mas é como tentar parar um orgasmo.
  24. 1 point
    Hehehe... Mais uma dúvida: instalado o EV, nós não temos controle sobre ele? Não podemos decidir interromper a eletrocução?
  25. 1 point
    Não, não falei nada com a pessoa, ela poderia ir embora se notasse que estava atrapalhando, ehehe. Tive que ficar ali conversando com ela enquanto me virava do jeito que dava. Mas assim, antes desse dia eu nunca tinha sentido as energias em vigília. Então treinei "às cegas" por meses, sem sentir lhufas. Até que nesse dia, que estava já quase conseguindo a ignição completa, senti bem fisicamente mesmo. Se eu nao soubesse o que estava fazendo, iria achar que a cadeia estava eletrocutada. Portanto, não pense "ah, eu treino trieno e não sinto nada". Não sentir nada não quer dizer que não tem nada acontecendo, você ainda asism está movendo suas energias. O dia que sentir isso deitado na cama, já perto de se projetar, vai notar. Ou se conseguir se projetar, voce também pode fazer a OLVE já estando em corpo astral, e aí sente tudo bem fisicamente. Então saberá que esteve fazendo certo, só que em vigília a gente não sente. Tem alguns mais sensíveis que alegam sentir, ok, mas não tome eles como parâmetro ou desanima. Saiba que você está fazendo a OLVE memso sem sntir as energias se movedno, apenas siga fazendo. Mas o EV sim ,não existe EV sem você sentir. Então voce fica lá treinado a OLVE sem sentir nada, apenas "tentando sentir", até que uma hora , deitado ali praticando voce apaga, então acorda e.... - Meu Deus! Tem um fio elétrico desencapado tocando na cama! Vou morrer aqui!! Não, calma!calma! Isso é o EV mesmo, ehehe
  26. 1 point
    P*, você chegou ao EV conversando com a visita! Me conta mais sobre isso? Você chegou a comentar com o interlocutor na hora? Fiquei muito curioso... Não tem uma semana que comecei a ler sobre movimentação de energia, é tudo muito novo pra mim.
  27. 1 point
    Fiz o curso do IIPC em 2010. Pratiquei a OLVE durante o dia, na rua, n otrabaho no oniubs, que é quando dá. tipo 1min de cada vez, umas 10-15 vezes por dia, quando lembrava fazia. Demorei uns seis meses para começar a conseguir gerar um EV em vigília, mas bem naquele dia estava com visitas, então o EV ali iniciando e eu conversando com a visita, eheheh. Nesse dia eu cheguei mas cedo em casa e decidi usar o cronometro, fazia 1min de olve e dava 9 minutos de intervalo. Toda vez que o relógio despertava para aquele 1mim eu parava o que estava fazendo e fazia a OLVE durante 1min, então seguia os meus afazeres. Demorei duas horas nessa brincadeira para conseguir quase gerar o EV ali com a visita, mas não pude nunca fazê-lo engrenar pois estava fazendo isso conversando né? A visita foi embora as 20h apenas, e não consegui nunca passar daquele ponto. No dia seguinte eu estava de "ressaca", acho que foi muito, porque fiz das 15:30 até umas 19:00 acho. Nunca voltei a tentar esse programa intensivo e uns 3 ou 4 meses depois parei de fazer. Até porque, não se engane, dominar o estado vibracional não é sinônimo de dominar a projeção. http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17309-saída-contínua-sem-ev-ou-catalepsia/ Num dos vídeos do Wagner Alegretti (nao sei qual), ele comenta que domina o estado Vibracional, consegue induzi-lo sempre que decide. Mas no mesmo vídeo ele afirma que tem domínio de 10% da projeção, ou seja, de dez tentativa,s consegue uma. Ora, isso é o que eu consigo quando me projeto com mais frequência, 3-4 noites por semana.
  28. 1 point
    Você é praticante da OLVE? Há quanto tempo? Já tem o controle do EV?
  29. 1 point
    Claro, eu disse ali no primeiro post:
  30. 1 point
    Sandro, eu assisti o curso. Obrigado. Pra mim ainda é muito difícil não acompanhar a energia com os olhos. Você adquiriu o livro dela?
  31. 1 point
    Não deve. Se nao me engano essa dúvida é respondida no curso sobre EV em quatro partes, que postei la em cima. Esse erro e outros vários que o pessoal comete. Assista.
  32. 1 point
    Boa tarde, amigos. Eu comecei a praticar a OLVE e tenho uma dúvida: devo ou não acompanhar com os olhos o movimento da energia?
  33. 1 point
    Se você tem curiosidade sobre essa questão das energias o livro do Bruce trata em mais detalhes tudo isso:
  34. 1 point
    Sim, dores, desvios de fluxo, mudança de velocidade..indicam algo ali que dificulta a passagem da energia, que pode ser de váriso tipos. Praticar a movimentaçao vai ajudar a eliminar essas resistências.
  35. 1 point
    Eu assisti os vídeos sobre o E.V e OLVE. Achei todos muito bons. Com a Nancy aprendi a fazer a movimentação energética por dentro do corpo, e não fora, como eu fazia.mas aí pintou uma dúvida, quando eu visuallizo a energia passando pelo chacra gástrico , sinto dor.tanto na ida quanto na volta... Isso seria chacra bloqueado? Sera que a ,medida que eu fizer a olve,ela se desbloqueia?
  36. 1 point
    a NANCI INAUGUROU CANAL NO YOUTUBE. ADICIONEI O LINK LÁ EM CIMA, NO PRIMEIRO POST.
  37. 1 point
    Li esse livro da Nanci recentemente e recomendo muito a todos que desejam entender esmiuçadamente a técnica OLVE e o fenômeno EV. Apesar da linguagem predominantemente técnica, trazendo inclusive conceitos e fórmulas da física (certamente com alguns pitacos do Wagner Alegretti que é engenheiro de formação), o livro é recheado de exemplos práticos que facilitam a compreensão do assunto. Também tem um glossário bem legal pra não se perder no "vocabulário da Conscienciologia" e que serve quase como mini curso da área. Enfim, acho que vale o investimento!
  38. 1 point
    Ela fala um pouco de sua história pessoal neste vídeo sobre parapsiquismo infantil:
  39. 0 points
    Galera, minha namorada está passando por uma situação difícil, vários problemas familiares, e está o tempo todo querendo morrer e pensando em suicídio, peço que enviem vibrações positivas para ela superar isso... Desde já, obrigado.