Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation on 04/04/2016 in all areas

  1. Bem, já faz um tempo que me interesso pela meditação e acabei cruzando com esse livro por acaso recentemente. É muito bom! Já li alguns livros de meditação mas o Osho fala de uma maneira tão... Não sei explicar direito, não encontrei a palavra certa, mas é ótimo. Vou deixar um link pra download direto do pdf (quando vocês clicarem vai começar o download). https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwin5Ie_yfTLAhUEUZAKHWuqA_AQFggcMAA&url=http%3A%2F%2Ffiles.osmy.webnode.com.br%2F200000067-851a486133%2FOsho%2520-%2520Aprendendo%2520a%2520Silenciar%2520a%2520Mente.pdf&usg=AFQjCNFYJUSTOXFa-cBMyI6qz356jvzfKA&sig2=cBaa6fdItkragbz8ZMu3hQ&bvm=bv.118443451,d.Y2I Achei vários links com uma simples pesquisa no google de download do pdf, então não acho que é errado postar aqui porque qualquer um de vocês achariam só colocando o nome do livro no google. Seguimos.
    2 points
  2. E Carolina, se você não tem nenhum outro tipo de percepçõa mediúnica, ainda vá lá. mas se tem, essa sua ideía de que poderia enlouquecer pode ser apenas algum tipo de mediunidade à beira do despertar. Muitos "doentes mentais", talvez nem todos, são na verdade apenas médiuns ignorantes do assunto, que acham que ver fantasmas e ouvir vozes é loucura. E se eles não diferenciam encarnados de desencarnados, aí o problema , NA PRATICA, fica igual à loucura né? Para ter certeza de algo é problema mental ou se é mediunidade, a ciência teria que: 1) reconhecer a exsitência de espíritos e/ou de habilidade parapsíquicas 2), ser capaz, através de exames, testes, equipamento, de corretamente identificar quando é algo desse tipo se manifestando 3) não sendo esse o caso, poderiam definir que se trata de transtorno mental Como a ciência nunca atingiu um nível decente para afirmar qualquer coisa definitiva sobre os itens 1 e 2, ela não tem capacidade de afirmar nada sobre o item 3. Então você depende de outros médiuns para tentar detectar se o que percebe está ali ou não, ou nunca saberá se é mediunidade ou delírio. Não dá para depender da ciência nesse assunto. Note a situação desta psicóloga, que ouvia vozes e tal....nunca saberemos se eram espíritos ou esquizofrenia, porque ela só viu a coisa pelo lado materialista: Mas mesmo com um médium junto para ver se tem algo ali, pode ser complicado. Veja o que a Dion Fortune diz (ela era ocultista, clarividente e tinha uma formação em psicologia): ...................... "Jamais devemos esquecer o fato de que um pretenso ataque oculto pode ter origem nas formas mentais malignas que retomam ao seu ponto de partida. Existem certos tipos de insanidade nos quais o lunático acredita estar sendo atacado por seres invisíveis que o ameaçam e o violentam e fazem insinuações torpes ou perigosas. Ele descreverá seus atormentadores ou indicará o local em que se acham no quarto. Um sensitivo que investiga um caso assim pode de fato ver as pretensas entidades exatamente onde o lunático diz que estão. No entanto, o psicólogo pode apresentar-se e provar sem nenhuma dúvida que as pretensas “alucinações” se devem a instintos reprimidos que dão origem a complexos dissociados de idéias na mente subconsciente do próprio paciente. Significará isso que o sensitivo está enganado ao acreditar que percebe uma entidade astral? Em minha opinião, o sensitivo e o psicólogo estão ambos certos, e suas descobertas se explicam mutuamente. O que o sensitivo vê é o complexo dissociado projetado da aura como uma forma mental. Podemos dar um grande alívio aos lunáticos quebrando as formas mentais que os cercam, mas infelizmente o alívio é de pouca duração, pois, a não ser que a causa da enfermidade seja trabalhada, uma nova fornada de formas mentais será produzida assim que as originais forem destruídas." ........................ Fonte: Autodefesa psíquica. pg 56 do pdf: Autodefesa Psiquica Dion Fortune (completo).pdf
    1 point
  3. Basquete é um jogo de estratégia. Olha, você tem que ter certeza que não está sofrendo nenhuma auto sugestão contextual ou por vontade própria. Se você é muito ligado ao esportes, significa que sua consciência vibra muito nessa egrégora o que te permite captar "insights" desse tipo. Mas isso não significa que isso quer te mostrar algo. Significa simplesmente que sua vontade se afinou com esses temas. Agora, se você não sofreu nenhum tipo de influencia (exemplo: viu algum filme, jogo, noticiario, praticou o esporte) aí sim, pode haver algum fundamento, pois se chegou algo para você sem você mesmo ter chamado, aí sim pode ser algum "recado" para você, mas lembre-se que é tudo simbólico. E só você pode interpretar, mas assim como na ciência, tem que ver os fatos e traçar um caminho lógico. Muitas pessoas querem afirmar algo para satisfazer suas "certezas" que não levam a lugar algum
    1 point
  4. Perigrino, crie um tópico para sua dúvida, poxa. Caroline, se essas percepções clarividentes ou clariaudientes suas são constantes você tem procurar jeito de controlar isso. É possivel dialogar com esses seres? Pergunte a eles para te ensinar algo útil e não teorias conspiratorias que não ajuda nem eles nem você. Tente uma conversa mais direta, e exija RESPEITO, que história é essa de quando você vai dormir e eles ficam falando na sua orelha? Por favor procure ver se você não está sofrendo nenhum desequilíbrio, depois veja o plano espiritual, mas lembre-se do xadrez, se há forças zombeteiras ha também o oposto, chame o lado bom para de proteger, reze para comunicar-se com o seu anjo e deixe claro que não quer barulheira de noite, na hora do seu descaço. A habilidade é sua. Exija uma resposta, se não obte-la é por que tem algo sério acontecendo. Se essa habilidade não está te ajudando em nada, tem algo que precisa ser concertado. Por favor averigue com seriedade do que se trata esses fenômenos que você observa, utilize todos os recursos necessários inclusive a ciência E cuidado com as certezas. Há um rapaz chamado Pedro Siqueira, ele vê os anjos e santos, mas não é por isso que tudo que se torna submisso a eles, tem que haver um diálogo, pois se você só esta ouvindo e não consegue dialogar com eles, não parece uma relação real
    1 point
  5. Sim, mas o uso ocasional não afeta. Do uso regular, diário, eu não sei. Quem usa essas coisas usa como recurso para afetar o tamanho da fase REM, que eles alegam esatr relacionada a projeção, porque eles confundem projeção com sonho lúcido. Mas a projeção acontece durante uma "janela de oportunidade" que se abre ao PASSAR PELA fase REM. O que virá a acontecer DEPOIS, DURANTE A FASE REM, no cérebro físico, é o sonho. ENQUANTO ISSO, VOCE ESTÁ FORA, PROJETADO. São dois processos simultâneaos, porém, ao mexer no tamanho da fase REM, criam-se mais ou menso oportunidades de projeção. Se você lê inglês, este livro trata do uso de substâncias extras, e tem um capítulo sobre a melatonina:Advanced Lucid Dreaming - The Power of Supplements.pdf
    1 point
  6. bom, vc conseguiu demonstrar sua teoria
    1 point
  7. Procede sim, suas mãos enquanto voce está deitada, ou ainda perto do corpo, costuma ser vistas de forma estranha. Na primeira edição do livro do Bruce. Astral dynamics, que tem em pdf na interent, ele mostra um desses efeitos. Eu já vi minhas mãos com garras, tipo "mãos de bruxa" e já vi também com dois dedos a mais em cada mão:
    1 point
  8. Olá amigo... Muito legal sua experiência. Você tinha consciência de que estava fora do corpo? Existem muitas possibilidades que podem explicar sua experiência. Primeiro, existe a hipótese de você, por ter essa vontade e portanto a intenção de entrar em contato com seres extraterrestres, ter plasmado todo esse ambiente e inclusive as criaturas, ou seja, você mesmo criou essa realidade. Segundo, novamente pela intenção você pode ter ido parar em um lugar onde outros humanos possuem a mesma intenção e por isso estão plasmando essa realidade. Terceiro, você pode ter sido vitima de uma pegadinha da galera do astral, que pelo que li a respeito, adoram se disfarçar de Et e inclusive plasmam naves e tudo mais. (Veja o site do Roberto Pineda, ele tem muitos relatos desses casos) Quarto, pode ter sido uma experiência real com criaturas de outros planetas, pois de acordo com várias pessoas, alguns destes seres possuem domínio de dimensões além do mundo físico. Além destas ainda existem muitas outras possibilidades. Na época em que eu era bastante interessado por extraterrestres, cheguei a ter vários sonhos sobre o assunto, inclusive sobre invasão e abdução. O estranho é que depois que perdi o interesse, estes sonhos pararam completamente. É isso aí meu amigo, tudo fica no mistério, mas quem sabe você encontra outras pessoas aqui do fórum que também já tiveram experiências parecidas e podem lhe dizer algo a respeito. Edit. Link do site do Roberto Pineda. Aqui você encontrar muitas experiências semelhantes e a explicação delas. http://projecaoastral.com/category/ufos/ Grande abraço.
    1 point
  9. FUNDAMENTO 4: TÉCNICAS DE SEPARAÇÃO Bom, agora eu tenho que tirar o Bruce de cena, porque na hora de explicar como fazer, acho ele muito enrolado, eheheh. Eu mesmo, quando li as duas ediçoes do Astral Dynamics continuei sem saber bem onde estava a parte da projeçao propriamente dita, porque a gente se perde com tanta explicação. Então nessa parte mais prática mesmo da projeção, vou eu mesmo explicar a partir da minha experiência projetiva. SE VOCE ESTÁ NO ESTADO MENTAL ADEQUADO, QUE É O TRANSE, você está num estado altamente sugestionável, e por isso diversas técnicas podem funcionar para forçar a separação entre seu corpo astral e seu corpo físico DESDE QUE: - AS CONDIÇÕES DE RELAXAMENTO SEJAM ADEQUADAS - AS CONDIÇÕES ENERGÉTICAS TENHAM JÁ SIDO SATISFEITAS Em geral as condições energéticas cuidam de si mesmas, ou seja, seu corpo cuidará disso automaticamente. Mas caso você seja um daqueles que fica “preso” o corpo quando tenta se projetar, Preso pela cintura, cabeça, ou preso pelo corpo todo, em catalepsia, convém incorporar à sua rotina diária o treino com as energias, mesmo que seja em algum outro horário do dia. Para isso pode usar a técnica completa 3, do Saulo, ou seguir a rotina que é explicada no livro do Bruce que eu traduzi. http://viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/&do=findComment&comment=74035 Caso queira incorporá-la na sua rotina projetiva, faça após o relaxamento, ou faça apenas uma estimulação energética básica, como a OLVE, por 5 minutos. Então uma sessão de prática projetiva ficaria assim: 1- Técnica de relaxamento (mínimo de 5 minutos) 2- Técnica energética ( opcional) 3- Concentração na respiração (mínimo 5 minutos) 4- Indução ao transe (mínimo de 5 minutos ou até sentir os sinais de entrada no transe) 5- Técnica de separação ( mínimo de 5 minutos) Se não funcionou, volte ao passo 1 e rapidamente examine com sua atenção seu corpo para ver se não criou novas tensões ao usar as técnicas de separação, então volte a executar o passo 3 por pelo menos 5 minutos, e então tente uma técnica de separação novamente. Fique repetindo esses ciclos por quanto tempo quiser , mas reserve 2h para uma tentativa de projeção. A menos que você já esteja muito sonolento quando for iniciar, dificilmente conseguirá uma saída em menos de 40 minutos, contando desde o momento em que deitou para iniciar a sessão. Como os fundamentos todos já foram explicados, usando os textos do Bruce, vamos agora falar das técnicas de separação propriamente ditas. Você está onde você “se sente presente”. Como regra geral no estado de vigília em geral nossa sensação de “estou aqui” coincide com o espaço/local que o corpo ocupa , exceto nos casso de “distúrbios mentais”, mediunismo, uso de drogas, etc. Na projeção consciente nós queremos fazer nosso “estou aqui” vagar por aí sem precisar ficar preso ao corpo, já que ele, coitado, precisa dormir por algumas horas todas as noites, ,ou não nos agüenta. Portanto, a essência das técnicas de separação é convencer sua cosnciêcia de que ela está em outro local, ou pode se deslocar sem que necessariamente precise do corpo físico para isso. Para atingir esse objetivo você precisa “apagar” o GPS da consciência, ou seja, você tenta desligar os sinais que avisam para ela onde está o corpo físico, seus braços, pernas, cabeça. Assim, quando ela tentar se mover, não irá ativar o corpo físico e portanto tentará de deslocar de outra maneira. Por isso primeiro fazemos o relaxamento, para “incapacitar” o corpo à responder aos comandos conscientes a menos que seja usado algum esforço. Feito isso, quando você está num estado de transe, por estar sugestionável, ao usar técnicas que criam ilusão de posição ou movimentos, sua mente acredita nelas com mais facilidade, e assim pode acabar agindo de acordo com elas, esquecendo que precisaria de um corpo físico e usando o corpo que está “ativo” no momento, que é o corpo astral. Quase todas as técnicas de separação costumam pertencer a algum destes 2 tipos: 1- ALVO MENTAL 2- MOVIMENTO CORPORAL .....................................
    1 point
×
×
  • Create New...