Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation since 09/18/2020 in all areas

  1. Do ponto de vista espiritual tudo que for falado cai no terreno da crença ou da revelação espirtual feita a alguém, sabe -se lá por qual tipo de entidade . Vou repetir aqui algo que já tenho falado mais por MP,.mas acho que já falei aqui em aberto também: A mentalidade conspiratória meio que se infiltrou no movimento new age nos anos 80, por influência do David Icke,.que publicava seus artigos em revistas ligadas/ financiadas por grupo de extrema direita. E aí começaram aqueles primeiras baboseiras sobre reptilianos e tal, tudo surgido logo após o sucesso da série V, no inicio dos anos 80: E depois que o David Icke fez sucesso no meio New age, comecaram a surgir outras invenções , para não deixar a bola cair né? Sabe como é: $ $ $ $ $ $ $ Tem que ficar ligado que semear desconfiança é tática bem caracteristica da psique de extrema direita, ainda que eles não mostrem suas caras, se digam apoliticos etc. Então sempre que você notar que um grupo está cheio de medos sobre conspirações ocultas, antes de decidir se aquilo pode ter fundamento, que justifique pesquisar mais, tente identificar a preferência política deles, e isso vai te facilitar para julgar o assunto em questão. Se descobrir que são simpatizantes do partido republicano ( caso seja site americano) ou se tem discurso anti comunista ,anti globalista,etc... você ja pode considerar que essa atitude conspiracionista não é porque o assunto em si tenha algum "mistério cabeludo" nele, é apenas porque esse é o jeito que esse tipo de pessoa olha para o mundo ao seu redor, sempre alimentando medos imaginários e tentando contaminar outros com suas "revelações".E por isso vão colecionar uma lista de outros assuntos contra os quais eles também acham que precisam se proteger e "anunciar ao mundo". No frigir dos ovos parece um treino mental, se você aceita uma teoria conspiratoria, tende a aceitar todas...e vai ficando com a mente receptiva para receber sugestões sobre coisas mais importantes no nosso mundo materialista: a luta pelo poder material, a politica. Então fazer uma pesquisa no site/canal e localizar a posição politica te ajuda mais rapidamente a localizar se são gente falando algo que ter funsmento ou se sä gente usando isso como método para finalidade politica, quando chegar na hora de eleições naquele país. Caso o grupo se enquadre nesse perfil, nem vale a pena prestar atenção no que dizem, porque se agora é vacinas, semestre que vem será sabão em pó, pasta de dente, leite, chemtrails, pedofilia, .... isso nunca acabará, e verá que quando tocarem em assunto politico eles sempre apontarão na mesma direção. * * * A única coisa que eu sei de questoes espirituais sobre vacinas , era ensinado na gnose, pelo Rabolu: que vacina era algo negativo porque voce introduz uma doença no corpo sadio de alguém. Ora , isso é uma tolice sem fim. É o mesmo que dizer para não fazer musculação porque rompe fibras musculares ( mas seu corpo conserta e cria novas, gerando uma sobra, por isso você aumenta de tamanho) ou não fazer treino aerobico porque cansa ( sendo que seu corpo faz as adaptacoes necessárias para que voce não canse tanto da proxima vez, e por isso você progride). Vacinas seguem o mesmo princípio, um ataque limitado controlado, para treinar seu corpo a reagir rapido quando for o vírus real. Achar que isso é algo errado em si é não entender como funciona o corpo humano. É não entender nem como formamos os calos! Mas claro que atualmente as alegações que grupos new age farão serão mais sofisticadas, desde algum tipo de "mecanismo de controle" que vão instalar, até alteração de DNA, que é uma fake news muito pop atualmente Eu duvido sinceramente que QUALQUER coisa que grupos espiritualistas estejam alegando atualmente sobre vacinas tenha qualquer fundamento real. Devem é estar sendo vitimas desses espiritos zombeteiros, que adoram se divertir às custas de quem leva a sério qualquer um no astral fingindo ser mentor. A guerra dos seres humanos contra os virus é bem concreta e antiga. Só passamos a ter a vantagem nessa guerra quando inventamos a vacinas, isso é fato historico. Quem se debater contra isso está agindo como inimigo da raça humana. Portanto, tente se basear em informações concretas, com base na ciência ,nesse assunto. Não há garantia de nada e nossa "ciência de macacos" não é lá grande coisa, as vacinas foram feitas rapidinho.... E ja se fala em terceira dose porque a demora permitiu que o virus tivesse varias mutações e isso é uma guerra que se trava no tempo: quanto mais rapido TODOS forem imunizados,menos mutações teremos de enfrentar. Se demorarmos para vacinar todos, podemos nunca mais nos livrarmos dele, como não nos livramos da gripe. A questão é CONCRETA, é de DANO MATERIAL: Temos 567mil MORTOS no Brasil. E se é verdade que a ciência não tem capacidade alguma de opinar sobre o espiritual, o MATERIAL é a praia dela, não faz sentido não se guiar por ela em assuntos de ordem material né? Mas até tomar aspirina tem seus riscos, então não se apegue em medos sobre efeitos colaterais, porque quem está vivo está sempre em risco, faz parte da vida mesmo.
    4 points
  2. Olá pessoal, eu venho tendo bons frutos dos meus esforços particulares e decidi compartilhar o que vem acontecendo comigo. Pra começar irei voltar um pouco no tempo. A um tempo atrás eu vinha tendo muitos problemas quando o assunto era outras pessoas, principalmente gente mau encarada ou com algum pensamento ruim sobre meu caráter, concebido de forma precipitada. Me sentia desconfortável na presença, mas isso não me atingia de modo psicológico, só fazia eu pensar "Qual o problema aqui?" E ficava na dúvida se era problema de obsessor ou meu próprio. Bom, a sensação energética era bastante densa e pesada...acho que isso é bastante normal para as pessoas espiritualistas em geral, mas a quase duas semanas, eu venho acordando bem cedinho pra ir correr, um pouco mais de 4 km pra ir e pra voltar, e isso vem me fortalecendo não só fisicamente mas na minha psiqui também, pois eu corro com o objetivo de FORTALECER minha força de vontade, ao correr do ponto A ao B sem parar, minha capacidade pulmonar é boa, não fico totalmente exausto, mas minhas pernas ainda atrapalham, então tento esquecer a dor e continuar correndo até o ponto de chegada, não importa muito a velocidade mas sim o objetivo de chegar até lá no pique. Isso na minha vida prática aumentou drasticamente minha defesa psíquica, "nervos de aço" talvez seja o termo correto kkk, é MUITO parecido com você praticar pranayama, quando termina e sente aquela sensação Zen, cheio de energia, mas a sensação da corrida é a longo prazo e essa sensação é interna, você realmente exercita o cérebro físico. Por isso eu estou achando que ao correr também estou absorvendo muito prana, de forma mais "severa" do que o pranayama...mas talvez esse prana seja utilizada de forma mais eficaz no corpo físico, no cérebro, e não muito no campo energético, mas é só um talvez. Na pratica, os resultados são ótimos, seja lá onde essa energia é depositada. Então o hábito de correr é tão eficaz na sua parte biológica dos músculos e tal, quanto do processo QUÍMICO DO CÉREBRO, isso é tão eficaz quanto ficar com a cara enfiada em um livro de psicologia...Pois o hábito de ler te fortalece de forma intelectual mas não te protege do baque psicológico...você pode viver enfiado nos livros mas se não se fortalecer com alguma atividade física você vai ter mais chances de ser um "bunda mole" nas atividades de maior estresse psíquico, como no caso de você ser vítima de uma discursão mais agressiva. O que eu estou falando é que dependendo da pessoa você vai perceber que aquele que CULTIVA hábitos saudáveis vai ser o menos prejudicado nesse evento. Então eu pude perceber que você não deve ficar no cultivo de práticas espirituais somente, meditando para estabelecer uma força interna maior e tal, não! isso não é o bastante, isso vai aumentar muito uma parte sua mais espiritual mas sua parte BIOLÓGICA não depende disso, você viver em UMA MÁQUINA BIOLÓGICA GENIALMENTE CONSTRUÍDA com o passar dos milhões de anos, esse corpo, o desse planeta, corre no DNA um grande ramo de uma arvore de várias espécies pre-históricas (Linha Evolutiva, claro que os genes que ele não precisa estão desativados, mas estão lá), Então temos de ter noção que estamos em um corpo "animal", um corpo incrível mas que temos que CUIDAR dele também. E se damos o valor que ele merece ele nos recompensa também. Mas isso não é uma tarefa a ser feita sozinha, como eu disse tem que cuidar de todas as áreas de você, o auto-conhecimento é o ideal pra você se sentir bem consigo mesmo. Somente a corrida não vai fazer milagres, tem que ter uma "auto-terapia", identificar as tuas falhas morais e saber se perdoar, andar firme e ter conhecimento do mundo que você habita no momento. É um cultivo sábio e calmo. Mas sem dúvidas esse conjunto de correr, respiração e determinação, criam frutos no em você muito preciosos. Façam o experimento se quiserem e vejam. O corpo físico tem sua auto-proteção psíquica, é uma grande máquina, mas você tem que ativar essas coisas na sua máquina orgânica também né.
    4 points
  3. É uma boa mesmo. As energias circulam mais, a aura fica mais forte, e isso aumenta sua proteção contra o que vem de fora. ----------------------------------------- Mas cuidado que prática de atividade física não é só força de vontade. Existe uma coisa chamada OVERTRAINING que quando se manifesta tornará bem difícil de fazer algo que antes a semana passada era "de boa". Em corrida isso se manifesta com seus batimentos cardíacos estando cerca de 15bpm acima do que estavam quando você corria antes de entrar nesse estado(para saber isso só se você usar um relógio-monitorcardíaco enquanto treina) e as pernas ficam parecendo inacreditavelmente pesadas. Então se nas primeiras duas semanas voce ia ate o ponto B fácil, e voltava, agora antes de chegar no B você já está com as pernas pesadas, e aí bate aquela dúvida "ué, mas eu não devia estar progredindo?". Se entrar em overtraining (algo que entramos por excesso de VOLUME, INTENSIDADE ou FREQUENCIA nos treinos) você regride e então precisa tirar 10 dias de férias totais e então recomeçar com menor VOLUME, INTENSIDADE ou FREQUENCIA de treinos, progredindo até o que fazia antes, de forma em mais gradual. Isso acontece porque apesar da força de vontade nós estamos encarnados, ou seja: "jabuti não sobe em árvore", ehhe. O corpo físico, por ser material, precisa CONSTRUIR uma série de mudanças materiais nele (por exemplo, fazer as veias penetrarem mais fundo na musculatura para irrigar melhor, melhor processos químicos de utilização de oxigênio, gorduras, produção de hormônios, enzimas... ) para que possa fazer a atividade física escolhida de forma eficiente. E isso leva tempo. Cada corpo fará isso numa velocidade diferente e quanto mais velho, mais lento para fazer essas mudanças, porque a renovação do nosso corpo é regulado pelos hormônios, e também depende de alimentos e horas de sono . Até uns 25 pode progredir muito rápido, mas a partir disso precisa ter noção do que está fazendo, ou seu corpo não conseguirá mudar na velocidade que você deseja, e por isso você logo ultrapassa os limites dele e ele começa a regredir. Na musculação isso se manifestar com ao pegar um peso que na semana passada 10 repetições, nesta só consegue fazer 3.Esse situação é acompanhada por perda do desejo de seguir treinando, e as vezes alguma depressão. Fique atento para isso após 6 semanas de qualquer atividade física escolhida, para lembrar do que escrevi aqui e poder mudar alguma coisa no seu treino, evitando desistir. Apesar de isso que comentei ser algo complicador para a saudável iniciativa de se mexer e quebrar tendências viciosas que o corpo e a psique desenvolvem quando fica estagnado no marasmo total, também é libertador saber que caso passe por isso, será apenas uma reação natural do corpo a um certo excesso. Ninguém precisa entrar naquelas paranóias do tipo "toda vez que eu começo a me exercitar, começo empolgado mas eu sempre acabo desistindo algumas semanas depois, só pode ser porque eu sou um frouxo", ou algo do gênero. Não faça auto-avaliação em função de algo que é apenas sua máquina física esgotada tentando passar o recado para você respeitá-la. Tenho visto muita queda de auto-estima, muitas lesões, muita gente que nunca avança na sua atividade física, começando no verão e desistindo após uns 3 meses, só por causa disso. Bastaria ter se informado antes sobre como montar uma progressao lenta entre o sedentarismo e o estado que deseja alcançar. Mas quando a gente avisa, não dão atenção. Aqui um link contendo uma sugestão: https://gooutside.com.br/6-dicas-para-comecar-a-correr/ OBS: As palavras volume, frequência e intensidade foram usadas em maiusculas porque precisam ser entendidas na sua DEFINICAO para cada esporte. Convém que o praticante iniciante pesquise o que é VOLUME para musculacao e o que é volume para corrida, ou mesmo para alongamentos. E o mesmo para as outras palavras, ou pode nao saber como lidar com o overtraining.
    4 points
  4. O único argumento razoavel para isso foi a velocidade com que foram feitas, mas isso foi possível porque é um corona, um virus que já é nosso velho conhecido,além de outros fatores: https://www.unicamp.br/unicamp/tv/direto-na-fonte/2020/12/02/vacinas-contra-covid-19-por-que-o-desenvolvimento-foi-tao-rapido No fundo eles só precisaram adaptar o que já tinham, assim como a vacina da gripe e atualizada anualmente, não é algo que demora quando a base é a mesma. Não comecaram do zero, como FOMOS LEVADOS A CRER quando falavam que levava dez anos para criar uma nova vacina. O resto é um fenômeno social minoritario: os grupos de pessoas perturbadas que alimentam teorias conspiratorias. Esses grupos sempre existiram, mas são pequenos e tem pouco alcance porque a maioria as pessoas percebe que não falam coisa com coisa e estão apenas imaginando conexões logicas entre fatos isolados sem conexão demonstrável. Todo mundo percebe que essa turma é "criadora de contos da carochinha". Mas talvez por causa da internet, whatsapp, etc, e o efeito meio sacralizador das tecnologias de comunicação ( "se é artista de TV é lindo de morrer, se a opinião foi dada pelo jornalista da TV então é fato, se esta escrito em livro então é fato"....) foi transferido para meios em que os agentes não são prifissionais, que não tem responsabilidade com a informação. Então o "tio do zap" que antes todos na família sabiam que era malucão tem sua mensagem reoassada para varios outros, nos grupos ,que não sabem quem ele é. O malucao do bairro agora tem canal no youtube e apresenta suas doideras como se fossem "revelações mediúnicas". Isso ampliificou o alcance que os desequilibrados tinham para expandir seus delirios, agora mascarados sob a um processo de legitimicacao que a internet parece produzir, dando tela e microfone a quem não precisou passar por um filtro de seleção profissionalismo. Isso, por si só, já produziria um aumento natural do alcance das maluquices dos pequenos grupos. Mas aí você ADICIONA a esse fenômeno social natural o marketing politico intencionalmente olhando para esas bolhas de comunicação e assuntos que geram engajamento e bolando formas de tirar proveito, e você começa a entender como as coisas tomaram o rumo que tomaram: 1- china em crescimento economico como FRUTO da globalização nos anos 90 2- desmonte dos parques indsutriais ds cada pais, para montá-los na china, devido à mãi de obra barata 3- devido ao crescimento de invetimentos estrangeiros lá, com grana sobrando, a china passa a comprar titulos da divida publica dos EUA, e se torna seu maior credor, o que coloca os EUA numa situação vulneravel ,como o Brasil ficou quando devia ao FMI, oor exemplo, antes que o Lula pagasse a divida ( transferisse a dívida EXTERNA para INTERNA) -------------------------------- Um parêntese historico: Sabem uma das razões do antisemitismo, talvez a maior? Como os judeus perderam sua patria no ano 70 D.C, passaram a viver em outros paises e não podiam ter bens imóveis, tinham que investir em dinheiro que pudessem transportar com eles. Passaram a emprestar dinheiro a juros. Um grupo social especifico atuando como banqueiros. Quando uma comunidade estava muito endividada, inclusive reis, a estrategia mais rapida para eliminar as dívidas era criar alguma perseguição coletiva aos judeus. Já tinham feito com os templarios, já que foram eles que começaram a criar algo parecido com o cheque, e uma rede interligada de "bancos"( as sedes templarias) para descontá-los. Daí vieram os relatos difamatorios sobre adoração ao demônio e coisas similares, atribuídas mais tarde à maçonaria. É o mesmo método que usaram recentemente no Pizzagate e QAnon . Fizeram isso por séculos, e foi a mesma logica que Hitler usou, alegando que a riqueza alemã estava toda em mão de banqueiros judeus. E antes disso, na revolução russa as elites ligadas ao Czar já tinham comecaso a colocar a culpa da revolução nos judeus, porque Lênin teve certa ajuda financeira obtida na alemanha ( alemanha e a rússia estavam disputando um territorio lá e o Lênin era contrário a que a rússia , atolada na fome, gastasse dinheiro com guerras em territorio lááá no cantinho, e que de fato nunca foi seu. Então era natural que a alemanha achasse interessante ajudar ele, sob a promessa de retirar a rússia da guerra , caso fizesse a revolução. Mas aí né? Isso é contado cono conspiração estrangeira movida por ricos judeus) E antes disso: uma alegada conspiracao da maconaria ( na cabeca deles , cheia de judeus) para derrubar a monarquia da frança, na revolução francesa, e as demais na europa, com Napoleão. Fabricar teorias conspiratorias parece uma arma muito util que certos grupos que são derrubados pela marcha da historia usam para encontrar um bode expiatório e tentar assim barrar a adesão das massas a sua "nova era" em cada momento. ------------------------------ 4- Diante desse contexto, seguindo a formula usada contra os templarios , e no antisemitismo, que é difamar o credor, os EUA passam a adotar narrativas anti-china resgatando o velho discurso/medo anticomunista da guerra fria, porque aquela fobia ainda tem raizes na mente de muita gente mais velha e bastava dar um empurraozinho para ele acelerar de novo. Tipo "sugestão pós-hipnotica". 5- como a pandemia surgiu na china ( não por coincidencia, é porque lá é um foco disso mesmo devido às criações de animais, assim como a gripe espanhola surgiu nos EUA, nas criações de porcos, e se espalhou devido às viagens dos soldados americanos para participar da primeira guerra mundial) , e a primeira vacina necessariamente surgiria lá, já que foram os primeiros a ter acesso direto ao virus e tecnologia capaz disso, a oportunidade de direcionar o conspiracionismo dos pequenos grupos anti vacina contra a vacina chinesa, aliando ao discurso anti-comunista, criou a "tempestade perfeita" para fins politicos. Notem que até os 5G entrou nessa salada toda, tendo a covid como desculpa: https://www.tecmundo.com.br/mercado/151772-grupo-liga-5g-coronavirus-queima-antenas-reino-unido.htm Mas a motivacão é econômica/ politica: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2020/07/14/reino-unido-exclui-huawei-de-sua-rede-5g.ghtml https://mundoconectado.com.br/noticias/v/19397/governo-biden-quer-huawei-fora-de-leilao-5g-do-brasil Embora depois que uma teoria conspiratoria se espalhe seja dificil controlar seus desdobramentos, vocês devem ter notado que a maioria do pessoal antivacina, caso cite alguma para criticar, dirigem suas criticas para a vacina chinesa, não se vê quase preocupações com as vacinas criadas pela raça branca de países capitalistas. A astrazeneca/Oxford sofreu um pouco com isso mais tarde mas aí foi um medo gerado por CASOS concretos, os raros casos de trombose relatados, não por ficções como chips de controle ou outras baboseiras fabricadas para que o pessoal adiasse a vacinação para esperar a vacina "americana": https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2020-10/bolsonaro-diz-que-governo-federal-nao-comprara-vacina-coronavac https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/03/15/eua-pressionaram-brasil-a-nao-comprar-vacina-russa-contra-covid-diz-documento-do-governo-trump.ghtml A tendencia é que não pare por aí e assim como tivemos vilamização da rússia por uns 40 anos, a vilanização da china, usando os mais diversos assuntos como desculpa , deve se intensificar nos próximos anos. Portanto, ao que ME PARECE, essa insanidade em relação às vacinas é uma "espécie exotica", uma mentalidade totalmente importada acriticamente apenas para ser usada como arma politica indireta, contra os adversários econômicos do momento (1o.- China , 2o.Rússia) Afinal, nunca tivemos essa preocupacao no Brasil , já que temos uma verdaderia tradicão cultural de vacinação BEM SUCEDIDA aqui. As famílias aprenderam na prática que quem vacina seus filhos os protege, quem não os vacina os aleija ou mata. São mais de cem anos de maes observando o que acontece com os filhos das vizinhas no seu bairro.Então aqui esse tipo de lorota pode até fazer barulho, mas não emplaca, porque a realidade fala mais alto:
    3 points
  5. Se é implante espiritual não DEPENDE de substrato material. Como o implante é imaterial,.os caras chegam em astral e instalam em você, enquanto voce ve TV ,enquanto esta jogando um game, enquanto esta dormindo.... Note, essas coisas EXISTEM e acontecem. O que é fake news é apontar para algo material e dizer que é ali que está o perigo. É isso que revela que tem algo estranho nesses papinhos. É como dizer para não comprar pizza da pizzaria tal porque tem microbios ali. Ora, tem em toda a sua casa, em todo o seu corpo!
    3 points
  6. Eu diria que sim, é isso. Você cuida do que interessa A VOCÊ, e deixa que os outros cuidem do que interessa A ELES. Acho que a sociedade cria uma distorção da percepção nesses assuntos, porque faz muita gente achar que espirirualidade é uma atividade coletiva. Não é! Não existe espiritualidade coletiva, ela é sempre interior, isolada, individual. O que as pessoas fazem em grupo é "socializar", seja em torno do futebol, do bingo, das corridas de cavalo, das religiões... É o que acontece nas religioes, compostas por gente que nao entende e nem conhece os fundamentos de sua prória religiao, apenas a frequentam como atividade social. E depois acham que estao seguindo alguma coisa, mas estao apenas imitando uns aos outros aos citar certos chavões típicos daquele grupo. E a "prática", nessa visão distorcida, se torna "convencer mais gente a entrar para o clube". Mas a prática da espiritualidade é algo que precisa acontecer dentro de você, daí o proprio nome original, Religare, do Latim, que visa religar aquilo que "foi separado". Sempre é portanto um processo de INTEGRAÇÃO entre a parte inferior e a parte superior do ser, que estão separadas por uma questão consciencial. Na visao religiosa seria unir o homem a Deus,.visto como um criador algo separado das criaturas. Numa visao esotérica você.pode pensar em eu inferior e Eu superior. Se você pensa em kundalini, ao romper os lacres do muladhra, que mantém a kundalini isolada no muladhara, SEPARADA do chackra coronario, ela sobe e novamente vemos a "uniao do inferior com o superior", que se ligam pela medula, também um processo de RELIGARE o que estava separado. Mesmo no Budismo, se consideramos que estamos presos no Samsara, separados portanto do Nirvana, romper com essa prisão para ter acesso ao Nirvana provavelmente pode ser visto como uma "reunificacao" com a fonte de tudo, porque a ilusão do samsara nos mantinha cativos em seus reinos inferiores. E isso é sempre um trabalho interior, nunca exterior. A medida que algo no interior se altera, sua manifestação no exterior também se altera, então é natural que nos relacionamentos algumas diferenças se façam sentir. A nossa relaçao com os outros serve para explicitar nossos pontos falhos. A convivência com os outros e suas diferenças nos obrigam a enxergar o que está oculto em nós. É fácil acreditar-se quase perfeito se você vive isolado da sociedade, numa casa de campo, só plantando sua comida e meditando. O papel da convivência com os outros é de escola, de nos fazer até mesmo enxergar projetados neles o que temos em nós mas escondemos melhor que eles. E às vezes eles não escondem tão bem porque lhes falta consciencia de que aquilo é prejudicial a eles próprios. Você esconde melhor porque já tem algum entendimemto. Mas na verdade ainda possui aquela mesma falha dentro de você, ou talvez fosse incapaz de enxergá-la no outro. O maior exemplo disso são as pessoas ciumentas, que por se sentirem tão vulneráveis à tentação de trair acham o parceiro tem o mesmo grau de vulnerabilidade que elas. Como falei ali, à medida que algo no interior se altera, sua manifestação no exterior também se altera, então é natural que nos relacionamentos algumas diferenças se façam sentir, sua vida melhora. E aí quem tem dificuldades similares pode notar que algo em você mudou, e se interessar pelo que você tem a dizer que seja útil a elas. Mas primeiro é preciso que algum crescimento interior seja atingido, para que só então a pessoa tenha algo de útil a oferecer para quem a PROCURA. Você tem que primeiro fazer a sua busca, achar as suas respostas, para então estar de posse de soluções/ respostas que sejam úteis a quem tbém busca aquelas respostas que você já conhece. E esse é o ponto que muita gente esquece, até pela distorção das religiões: Você dá o que é PEDIDO. Você não dá o que ninguém pediu mas você acha que é o bom para elas. Por melhor que seja o que você tiver para oferecer, o valor não será percebido. Quem não tem sede não reconhece o valor da água. Quem está de estômago cheio,mesmo que só de porcarias alimentares, não dará valor a nenhum grande manjar que lhe ofereçam. É por isso que não faz nenhum sentido oferecer algo que VOCÊ julga valioso, a quem não estiver PROCURANDO por isso. Enquanto a pessoa vê sentido em ter como meta de vida os prazeres, riqueza, etc, por que ela sr interessaria por algo mais? Ela que siga lá sendo feliz com essas coisas. Que bem você faria a seu cachorro ou gato se conseguisse convencê-lo que só pode ser feliz o ser que veste roupas, que sabe ler e escrever, que filosofa sobre o sentido da vida? Deixa o bicho ser feliz com o que ele valoriza. É só quando eles não enxergam mais sentido em nada que eles estão começando a se abrir para algo mais Até lá cabe a cada um descobrir seu "algo mais" que responda as SUAS PROPRIAS indagações. É uma busca pessoal.Cada um tem sua própria pedreira para quebrar. Uma vez que você tenha achado algo que serve PARA VOCÊ, pessoas com necessidades similares podem acabar sendo atraidas para você, porque sentem de forma inconsciente que você tem algo que elas procuram. Já pessoas com OUTRAS necessidades procurarão OUTRAS PESSOAS e não se interessarão pelas respostas que VOCÊ possui. Por isso não tem essa de "Guru maravilhoso, você precisa conhecê-lo!". O que acontece é que as pessoas gravitam em torno de quem tem o que elas, no fundo, estão buscando, e isso nunca satisfará a todos. Um determinado ensinamento só "faz todo sentido" para ESSAS pessoas, e não fará nenhum sentido para outras, ou parecerá raso , simples senso-comum. Entao sim, é isso eu diria: Investir em si mesmo é como plantar uma árvore, o resultado demora, nao é como plantar flores. Quando a árvore for grande, forte, der boa sombra, quem precisa disso na sua caminhada irá procurar a árvore, quem não precisa passa reto, segue sua jornada. Ja flores surgem rápido, mas são efêmeras, em poucos dias elas se desfazem e não sobrará nada delas nem onde elas brotaram, nem nas mãos de quem se deliciou com elas.
    3 points
  7. Treinar este despertar várias vezes por dia durante a vigília tende a gerar esse despertar também quando estiver fora do corpo: http://gnosissabedoriadoser.blogspot.com/2010/07/chave-sol.html?m=1
    3 points
  8. Que post maravilhoso, amei os relatos! E também quero dar meu depoimento que de fato funcionaram muito essas atividades mais focadas no físico para mim também. E nem precisa ser esporte, pode ser algo mais suave como uma yoga como citou o bandeira, uma caminhada, dança... o importante é botar o corpo físico pra se mover!
    3 points
  9. Eu estava muito ficado na teoria, leitura, videos. Estava pondo em prática mais no relacionamento interpessoal. Então resolvi praticar Hatha Yoga. Perece que não, mas há umas posições que exigem bastante do corpo. Te digo que depois de anos passando em psicologos, psiquiatras e terapeutas, até hipnoterapia, o Yoga foi o que mais me fez sentir bem. Me arrependo de não ter começado antes. E tb parei de comer carne faz uns 10 dias. Já cheguei a ficar 3 meses sem comer carne.
    3 points
  10. Cara, isso é bem normal entre pessoas que se interessam por espiritualidade. Claro que depois que elas resolvem casar e ter filhos esse privilégio de ficar sozinho acaba, eheeheh. Mas em geral fica-se sozinho porque há poucas pessoas ao redor de cada um de nós,,que se interessem pelos mesmos assuntos, e portanto valorizem as mesmas coisas. É dificil, talvez impossivel, ter amizades com pessoas que valorizam coisas que a gente não dá valor. Entao acho que só resta se habituar mesmo. Eu sempre fui sozinho e sempre gostei de ser assim. Hoje mesmo estou aqui , sozinto em casa. Minha família mora em outra cidade aqui perto, 60km, mas nao vejo motivo para estar reunido a noite em outra cidade, por algo tão banal quanto o Ano Novo. No Natal eu já fui almoçar com eles. O que realmente mporta é que a pessoa se sinta bem da forma como escolheu viver, viver sozinho não tem nenhum relaçao com tristeza ou negatividade. Agora mesmo eu estava no patio interno de casa, fazendo chi kung APESAR DOS FOGUETES e pensando "Olha só, isso é que é felicidade! Pátio no escuro, pela noite, eu aqui tranquilo fazendo o que decidi fazer neste horário, uma brisinha fresca passando e me refrescando neste calorão, e os foguetes nem estao nem conseguindo me tirar do sério! Que maravilha! O que se pode querer mais da vida?!". Mas assim: eu tenho 47 anos, ja sei que esse é meu jeito mesmo porque sempre fui assim. Mas quando eu tinha 18 ou 20, me perguntava se de fato esse jeito era o melhor, se eu não era estranho alem do limite normal... afinal os outros não são assim. Com o tempo voce descobre que você é o que é, os outros sao o que sao e embora ninguém tenha a fórmula da felicidade, uma das fórmulas de INfelicidade bem conhecida é justamente tentar ser o que você não é. Então faça o que você curte fazer, não entre nessas nóias não. E Feliz Ano Novo!
    3 points
  11. Vou deixar aqui uns links, para outros como ele que não saibam nada desse assunto já caduco: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/08/150812_movimento_olhos_sonhos_fn https://otrecocerto.com/2015/03/11/os-sonhos-voce-sabia-que-todo-mundo-sonha/ https://saude.abril.com.br/blog/com-a-palavra/o-que-a-ciencia-nos-diz-sobre-sonhos-e-pesadelos/ Trecho do livro Sonhos Lúcidos ,de Stephen LaBerge: Tem mais detalhes sobre a historia das pesquisas sobre sonhos aí. Só peca pela suposicao de que sonhos lúcidos é só um tipo e sonho e nao projecao. Mas os trechos selecionados e outros servem para demonstrar que onde há fase REM há ação acontecendo na mente do sujeito. E fase REM é fase do sono dos mamiferos, portanto, algo inescapável até para seu gato cahcorro, etc. Mas se sujeito achar que sabe mais, mesmo sem conhecer nada sobre o tema, pode daqui para frente estudar bastante ,virar cientista , e provar que tudo que a ciência fez ate hoje esta errado. Até lá: a terra é redonda, a cloroquina não funciona e todo mundo sempre sonha quando dorme.
    2 points
  12. Olá, tudo bem? Sou nova aqui e não possuo muito conhecimento sobre projeções astrais, porém tive uma experiência bastante diferente na última noite e estou tentando entender se foi por uma projeção astral ou não. Estava dormindo e acordei, ao abrir os olhos não conseguia ver o quarto ao meu redor, via meu antigo quarto, na minha antiga casa, por mais que tentasse enxergar meu quarto não conseguia. Tudo que olhava, a porta, janela, tudo era do quarto Da minha antiga casa onde morava com meus pais. Inclusive eu me sentia na mesma cama. Ouvia tudo distante ao meu redor, mas sentia a presença dos meus pais que estão vivos e ainda moram nessa mesma casa. Como se eu tivesse acordado no meu antigo quarto, mas sabendo que meu corpo estava no quarto onde moro atualmente. Por mais que tentasse me mexer ou voltar ao meu quarto atual eu não conseguia visualizar o quarto ao meu redor. Não conseguia sentir a presença do meu esposo que dorme ao meu lado todas as noites nem ouvir sua respiração. Fechei os olhos algumas vezes e abri e mesmo assim não voltava a visualizar meu quarto atual. Após tentativas sem sucesso me mantive com os olhos fechados e novamente adormeci, acordando algumas horas depois normalmente e visualizando tudo ao meu redor novamente. Isso pode ser um sinal de projeção? Alguém pode me auxiliar? Já tive experiências estranhas antes, mas não nesse nível de realismo e sensação. Dessa vez foi algo muito forte. Há formas de dominar melhor isso? Obrigada.
    2 points
  13. 04/062021 - Relato saindo do planeta Estava no meio de um sonho e do nada o sonho foi rompido e percebi que estava fora do corpo, na casa dos meus pais, que é normal eu ter projeção lá. Passei pela sala e fui até a frente da casa. O portão estava aberto e sai por ele. Saltei e comecei voar baixo, a uns 2 metros do chão, seguindo a estrada. Ao iniciar o voo comecei a ouvir uma música, bem bonita e calma, com a voz de uma mulher cantando em inglês. Tentei me concentrar pra não perder a experiência, então parei pra pegar na parede de uma casa, uma parede verde, depois passei a mão nas folhas de uma árvore. Feito isso, continuei o voo, mas eu queria voar mais alto, então olhei pra cima e me concentrei em ir na direção que eu olhava. Fui voando mais alto, e sai da rua da minha casa, comecei a ver vários prédios, muito altos. Da última vez que cheguei numa altura daquelas eu voltei pro corpo com frio na barriga ao olhar pro chão kkkk, então tentei ficar calmo e a música ajudava muito, mas como não parava de subir eu achei que já tava bom, já estava na altura das nuvens e olhei pra baixo, não senti frio na barriga dessa vez e vi aquela visão linda dos prédios no alto. Pra minha surpresa, não parei de subir, continuava indo cada vez mais alto, até que passei por uma nuvem muito densa, tipo uma neblina, e fui saindo do planeta, vi o lado da terra que estava clareada pelo sol e o outro lado que ainda estava escuro, com as luzes das cidades. Depois procurei a lua, e consegui ver ela. Eu tentei voar pra lua mas continuei me afastando do planeta, e perdi a lua de vista. Comecei a ficar com receio, não sabia porque me afastava e decidi voltar pro corpo, mas não voltei de imediato. Deixei de ouvir a música. Ao ficar pensando no corpo eu vi em uma tela mental uma coisa bem distante e pequena, meu corpo astral, voltando pro planeta, e uma voz robótica falando a trajetória dele, parecia muito longe do planeta, eu via o planeta de muito longe e aquela coisa que estava mais longe ainda, voltando em uma velocidade constante. Ao entrar na atmosfera do planeta, a voz também informou, então eu acordei no corpo, isso demorou alguns segundos. Eu gostaria de acreditar que estava sendo abduzido, mas eu realmente não faço ideia para onde estava indo kkkk.
    2 points
  14. Pois é, é relato de sonho né? Não de viagem astral. Pode ate ter sido viagem , pelo fato de seu avô não estava usando a muleta, e veio correndo. Se fosse só criação da sua mente ( apenas sonho mesmo) o mais provável é que o personagem plasmado do seu avô estivesse em condição idêntica a que tinha quando vivo. Quando é encontro astral a pessoa costuma ter uma aparencia um pouco mais jovem e mais "em forma". Mas como você não estava consciente de estar fora do corpo, para fins de relatos aqui considere que foi apenas sonho, que não é o foco do forum. Num forum de sonhos as pessoas poderiam relatar seus sonhos para saber o que eles significam ,já que se entende que sonjos são eventos simbólicos, que podem conter mensagens do subconsciente, que precisriam ser interpretadas. Em projecao nada ha a ser interpretado, entao a finalidade dos relatos é outra: mostrar o que acontece durante projeções lúcidas.
    2 points
  15. Não acho sábio ficar neurótico com essa vacina. Quase todos nós já fomos vacinados pelo menos uma vez(basta olhar a sua carteirinha de vacinação para confirmar). Então eu não entendo o por que dessa neura com a vacina da covid. Os efeitos colaterais comprovados são mínimos, e bem menos perigosos que o corona em si. Acho que só quem tem histórico de problemas vasculares devia se preocupar mesmo. Quanto as outras coisas que inventam, como por exemplo: A vacina contém chips ou nanorobos de chineses, illuminatis, etc A vacina tem larvas astrais, chip astral, vem com obsessor, abaixa sua vibração, etc A vacina vai te deixar doente Nada disso faz sentido, porque: Não temos tecnologia ou recursos para criar chips que podem ser inseridos no ser humano através de uma vacina para espioná-los. Isso é pura ficção científica. Sem falar que está ocorrendo uma crise de semicondutores no mundo. Mesmo que fosse possível criar esses chips, seria algo muito caro. Se eles quisessem colocar larvas astrais, chips astrais, etc., nas vacinas, essa seria uma maneira bastante rudimentar e trabalhosa de fazer as coisas. Se fosse para usar meios físicos, os governos de cada país poderiam simplesmente mandar magos negros encarnados visitarem as maiores distribuidoras de alimentos nacionais e fazerem invocações e feitiços lá, e ai as larvas astrais viriam junto com os alimentos que consumimos todos os dias. E a população nem ia desconfiar de nada. Ou poderiam fazer feitiço na água tratada, em bancos de sangue, soros hospitalares, entre outras coisas que entram no nosso corpo e são produzidas por terceiros. Mas claro que nada disso é necessário. Na realidade até um programa de TV, um feitiço à distancia, a interação com uma pessoa obsediada, entrar num ambiente pesado, etc, já basta para um obsessor grudar em você, ou para te chiparem astralmente. Até agora nada indica que a vacina está deixando as pessoas doentes; na verdade, a vacina diminui o número de mortes nas regiões onde ela é aplicada, de acordo com as estatísticas. Então podemos perceber que a vacina está cumprindo com a sua promessa de diminuir os sintomas do covid, e não é uma armadilha feita para exterminar a população.
    2 points
  16. Mas que milagre! Um médium conhecido, mas que mesmo assim parece que não vive no mundo da Lua! , eheheh
    2 points
  17. Documentário sobre projeção astral feito por Nathália Vernizzi ( @NathVzz😞 Entrevistados (por ordem no filme): Alberto Cabral, Nanci Trivellato, Saulo Calderon, Wagner Alegretti, Liliane Moura, Moisés Esagüi, Wladimir Antonio Campacci Jr., Luiz Fernando Mingrone (Enki), Pau Hernández, Xènia Tura Pidelaserra, Roberto Pineda, Meire J. Costa, Rosa Mª Busqueta Escanilla, Andrea Campos, Lázaro Freire, Fernando Picheli, Cesar de Souza Machado, Wagner Borges.
    2 points
  18. A idéia de manter o braço para cima é exatamente te impedir de apagar e enquanto isso pode observar alterações de consciencia que começam nessa fase de transição. Claro que para se projetar você precisará abaixar o braço, mas pode lutar contra isso até o momento que acha que ja está elaxado o suficiente, já está percebendo imagens hipnagógicas, já está perto do momento da transição. Por exemplo, quando não aguentar mais, porque as cochiladas são frequentes e o braço começa a cair repetidamente, pode trocar a atenção para manter o braço vertical pela atenção na técnica de separaçao. Mas sempre é bom lembrar: a tendência de apagar é um treino que fizemos por toda a vida, então é normal que a regra seja o apagamento, e não o sucesso ,quando tenta essas técnicas. Tem que ir pegado o jeito.
    2 points
  19. Você vai parar na zona mais afinada com sua psique. Violentos vão parar em zonas violentas, obcecados por sexo vão parar em zonas de gente obcecada por sexo, e por aí vai. Que eu saiba não tem como mudar sua zona de pós mortem após o desencarne. Você se aprimora AQUI,.para ter um a zona pós-mortem melhor no próximo desencarne do que teve no desencarne anterior. Mudanças após o desencarne so acontecem, que eu saiba, apos algo da sua psique, que te afinizava com aquela zona, ser dissolvido. Você vê isso em relatos psicografados, tipo o Nosso Lar, ou Memórias de um suicida, ou Dialogos com um executor. Seja lá como possamos explicar cada processo, a idéia geral parece ser que algo em você precisa ser eliminado.para que mude de zona, porque é tudo definido pela sua vibraçao. Se você se desequilibra, deace para zonas ainda mais densas. Se comsegue se.refinar emocionalemente,.sobe um pouco. Mas subir é sempre mais dificil. Entao o que te resta após.o desencarne é encarar o que você é internamente, nao é como aqui, no fisico, onde um "Santo" e um psicopata podem ambos usufruir das mesmas facilidades. Então se a pessoa após o desencarne está morando numa regiao onde ha gangues, sequestros, tiros ( sim, tem isso nessas zonas) , ela está exposta a esses riscos porque sua psique difere muito pouco dos marginais astrais. Assim como estamos todos expostos à pandemias do plano físico porque nossos corpos não se diferenciam a ponto de alguém poder "se garantir" devido ao seu " historico de atleta", por exemplo. Mas no astral pode ficar orando constantemente por ajuda, porque se alguém de fora avaliar que esa pessoa já pode sair de onde está, ela pode ser resgatada. E exatamemte para isso que existem equipes de resgate. Mas note: elas sao compostas por seres que não moram nessas zonas. Exatsmente porque eles sao de outras zonas melhores eles podem penetrar ali e depois voltar para sua zona de origem. Mas quem é morador dessas zonas está preso a elas por sua própria afinidade, nao por decisão de ninguém. Pense nisso como se pensa na flutuacao de solidos em liquidos. Uma rolha de cortiça flutua na agua por ser menos densa, uma esfera de ferro flutua num copo cheio de mercurio, por ser menos denso que ele, mas afunda na água. No astral tudo depende da densidade do seu corpo astral( o que é o mesmo que dizer "da qualidade das suas emoções") e da zona nas quais voce pode habitar. Nós, encarnados,.por uma questao energetica temporaria temos um pouco mais de liberdade para mudar de faixa projetados, mas após o desencarne, por nao termos mais acesso ao corpo etérico, ficamos limitados a um gradiente mais estreito. Por isso o foco de quem esta encarnado é todo AQUI melhorar-se internamente AQUI... porque "a morte chega como um ladrão à noite", e aí só resta colher o que foi semeado durante a vida. Nesta vida, aqui e agora preparamos a qualidade da futura encarnacao, e também o estágio astral entre encarnações.
    2 points
  20. Pessoal, eu tenho um livro aqui muito interessante sobre meditação vipassana. A maioria desses livros costuma ser puro enrolol, mas este contém conteúdo prático, que permite ao leitor treinar essa técnica especifica. Pesquisando, achei o pdf em inglês naquelas bibliotecas de pdf da internet, baixei, converti para texto, upei para o google tradutor e depois fui relendo e corrigindo as frases erradas apenas dos capítulos que achei importantes, o resto eliminei. Estou anexando aqui, para quem se interessar: Além da respiração.pdf
    2 points
  21. (eu não costumo responder aqui, porque este tópico é só de apresentações, mas neste caso preciso escrever aqui, até porque se escrevesse via MP e essa sua mensagem ficasse parada aqui, ia parecer que ninguém leu ou deu a mínima , o que seria a impressão errada. Mas est tópico não é para esclarecimentos) ................ Não se preocupe, "Deus" e "projeção astral" são áreas bem diferentes de experiência, como são são Arte e Engenharia. A busca por Deus está na área chamada "mística", ou misticismo, envolve a busca por êxtases internos, cujo método envolve meditação (oração entra nisso) e as experiências são "amorfas", ou seja, não é algo que você ENXERGA, é algo que você SENTE, em geral acompanhado da perda de sensação corporal, uma sensação de fusão com o Todo, com o Universo com Luz universal ,com o Amor universal. As experiências da área da projeção são da área do psiquismo, pertenxem ao mundo das FORMAS, você usa um corpo (corpo astral), percebe os outrs seres também com corpos), percebe cidades, ruas hospitais...é um mundo similar ao nosso, do físico, mas com "leis da física" diferentes. Portanto um ateu pode muito bem se dedicar a projeção sem que isso conflite com suas crenças. Ate mesmo alguém que não aceite a sobrevivência do espírito após a morte pode praticar a projeção e ter lá seus resultados. Só que ela vai ter que traduzir tudo em termos de experiências da mente, pelo menos até que tropece em comprovações que mostrem que o que ela experienciou era realidade. Aí ela vai começar a fazer mais malabarismos para tentar explicar tudo em termos dos "poderes incríveis do subconsciente", uma teoria bem fantasiosa mas que os céticos adoram, para continuarem rejeitando a sobrevivência do espírito após a morte. E assim eles seguem apelando para explicações criativas cujo objetivo é sempre reafirmar uma idéia fixa "o que você experienciou não pode ser real , precisa ser qualquer outra coisa, menos o que foi experienciado em primeira mão" É um pré-julgamento do qual eles tem dificuldade escapar, mas não impede de praticarem e experienciarem, visto que tudo que precisa é técnica, e treino, não crença, porque não há religião nisso. Agora, no seu caso específico, você busca reencotnrar sua esposa, então creio que você não sofre do ceticismo que duvida da sobreviência do espírito. Isso facilita, porque a pessoa que se suicida está em uma má condição emocional já desde muiot antes de se suicidar. Precisa entender um detalhe que muitas vezes passa despercebido: INTERNAMENTE falando, você NÃO está vivendo onde seu corpo físico está localizado. Pense no nosso corpo físico como se fosse uma torre, como um farol no meio da rua, de uma rua qualquer de uma cidade: Quem quer falar com você vai até seu farol. O problema é que há uns poucos andares para cima, 4 digamos, e há uns 9 para baixo. Você pode estar em qualquer um dos 12 andares, e quem vem falar com você precisa apertar o interfone do andar certo, ou não consegue se comunicar com você. E apenas o andar térreo não tem distorção no som, em todos os outros o interfone distorce um pouco o que você falar e ouvir através dele. Nos andares mais distantes, para cima ou para baixo, é quase impossível se fazer entender. A pessoa deprimida pode estar fisicamente do seu lado, mas internamente ela está vivendo em outro andar. Astralmente ela está habitando outro ambiente que não é o mesmo seu. O corpo astral está ligado ao corpo físico, mas não quer dizer que o espaço astral que ele habita enquanto está no corpo seja a contraparte astral do lugar físico. É por isso, por exemplo, que usuários de drogas podem ter visões com entidades rastejantes andnado peo chão ou pelo seu corpo. Elas não estão no espaço astral do quarto dele, é ele que está astralmente dentro dos charcos e cavernas do astral, é la´que tem esses seres rastejantes. Portanto ele está fisicamente aqui no plano físico, o corpo astral dele está, em tese, encaixado no corpo físico, porem ele está sintnizado com as partes profundas do astral então ele enxerga ao seu redor aqule ambiente, o "andar de baixo" como se fosse o térreo. Logo, uma pessoa que se suicida já vem de um estado emocional problemático há muito ano,s já está de fato vivendo numa zona astral pesada, há muitos anos. o que a mantém "de férias" do sofrimento constante é a possibilidade de estar encarnada. Quando ela desencarna, ela perde essa âncora com este plano, a passa a viver na zona astral com a qual ela sempre teve afinidade e já vivia psicologicamente todos esses anos. E esse andar é bem diferente do que vivemos, enquanto encarnados, e mesmo na projeção, se a pessoa é razoavelemnte equilibrada ela não tem como acessar o andar em que ficam os suicidas ou outros que estão mais pertrubados emocionalmente após o desencarna. Note que mesmo aqui, enquanto encarnadas, a pessoa deprimida vive meio que numa bolha, é difícil conseguir se comunicar com eles nos piores momentos, criam um tipo auto-isolamento mas que não é voluntário. Portanto, após o desencarne, há essa dificuldade adicional. Sempre há um distanciamento entre encarnados e desencarnados num primeiro momento, e o rumo natural e sadio das relações é esse mesmo. Mas quanto maior a dificuldade emocional do desencarnado, maior o tempo, em geral que precisa antes que um contato possa ser feito. Daí a necessidade, num caso como o seu, de crer em um pouco mais que apenas a sobrevivência do espírito. Se você acredita que sua esposa continua viva, mas em outro plano, não pode ser difícil acreditar que há trabalhadores espirituais atuando na organização desses processos do pós-mortem né? Pessoas como eu e você, mas com mais estrada espiritual, que se voluntariam para ajudar quem sabe menos e precisa de ajuda. Então nesse casos, como o de suicídio, você precisa contar com a ajuda deles. Só a projeção não te leva onde você decidir ir, quando se trata se achar algo ou alguém no astral. Você precisará de ajuda, que poderá vir apenas no momento que for melhor para todos. Então isso envolve: - admitir a existência de grupos de ajuda astral - admitir necessidade de ajuda - pedir regularmente por isso - ter paciência, aceitando que cada coisa tem seu tempo - ter confiança que , se for melhor para ambos, a ajuda pode ser dada. Mas se não for, não será, também pelo bem de todos os envolvidos Eu já coloquei alguns esclarecimentos sobre a questão do suicídio aqui, porque há vários detalhes envolvidos. Mas é um tópico mais direcionado para quem está ruminando essas idéias, não para quem perdeu entes queiros pelo suicídio: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/20189-sobre-suicídio/ Mas essas explicações são sempre regra geral, cada caso é um caso, como você poderá ver até nos trechos de livros que usei, mostrando relatos. E aqui eu deixo o tópico POR ONDE COMEÇAR, onde procurei reunir diferentes abordagens para a pessoa que quer se projetar, dependendo do tipo de pessoa. Você verá ali no pdf do Raduga que ele nem acredita que projeção astral seja real, trata como sonho lúcido, e ainda assim é o livro que contém a abordagem mais prática e rápida para começar. Mas claro, um passo importante é treinar a rememoração do sonhos, caso contrário voce pode se tornar um projetor experiencia que nem sabe que se projeta, porque semrpre perde a memória. Aí complica tudo Aqui eu dei umas dicas: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/16169-técnicas-de-rememoração/&do=findComment&comment=70242 E muitas vezes o que faz a pessoa desconsiderar o valor da memória dos sonhos é exatamente porque A MEMÓRIA é de má qualidade. Em tese os sonhos são apenas projeções sem lucidez. Alguns até não são, sendo frtuo do estress, ou simbólicos, etc. Mas precisa lembrar deles bem, para poder analisar. Aqui dois exemplos: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/16071-comprovação-da-projeção-astral/&do=findComment&comment=67356 https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17219-relato-de-projeção-e-possivel-videncia/&do=findComment&comment=75049 Bem, encero por aqui, mas não vamos ficar dialogando ou tirando dúvidas por aqui, porque este é só um tópico para apresentação mesmo, ok?
    2 points
  22. Eu acho que isso só pode ser avaliado individualmente, nunca por regras gerais. Porque, por exemplo, se uma pessoa é muito reativa, ela será facilmente controlada por estímulos externos. Então ELA ganhará mais liberdade interior, mais autodominio e autoconhecimento, ao procurar reduzir essa reatividade e observar os processos psicológicos internos que estarão fervilhando ali por dentro, tentando dominar as ações dela, e assim passa a se conhecer melhor, o que a motiva, o que teme... Já outra pessoa, que PAREÇA menos reativa a quem olha de fora ( POR SER mais tímida, reprimida, porque foi condicionada a viver o personagem " zé bonzinho, que nao tem boca para nada") esta também sendo controlada por fatores externos a ela: no caso um condicionamento repressivo que pode ter um papel muito grande na sua personalidade. Nesse caso ela ganharia mais liberdade sendo mais reativa, e também porque ao fazer isso observará os padrões psicologicos se agitando dentro dela, tentando ditar seu comportamento, e passa a se conhecer melhor. Ceder rapidamente, sem resistência, aos nossos padroes automatizados, quersejam de reatividade ou de repressão, não cria esse "atrito interior", entao não percebemos os "cordões" que nos controlam, e isso é que cria a ilusão de livre-arbitrio que boa parte da nossa cultura ocidental alimenta. Me parece, portanto, que o primeiro exemplo aprende mais sobre si coibindo sua reatividade, o segundo, exprimindo. Mas deve fazer isso com CONSCIENCIA da escolha que está fazendo, do porque esta fazendo, o que é diferente de deixar-se dominar pela escolha que fez. E como cada pessoa tem seu perfil psicologico próprio, seus pontos fracos a lapidar, a tendência é atrair experiências que cutuquem esses pontos, porque só assim enxergamos nossos desequilibrios . Entao, sinceramente, eu realmemte DUVIDO de regras fixas nessa questao de comportamento. Mas isso é algo que cada um precisa avaliar, testar na sua vida se segjir regrars fixas ajuda ou atrapalha.
    2 points
  23. Só quero deixar aqui um alerta: Estamos vivendo desde os anos 90 uma expansão.do fundamentalismo religioso, o que, dito de maneira bem direta ,é uma ferramenta de dominação consciencial e portanto, serve às forças daa trevas. Tanto é que esses grupos religiosos são a base eleitoral da extrema direita no mundo todo. Os caras deram golpe contra a democracia na bolívia agarrando uma.metralhadora numa mao e bíblia na outra. https://jornalggn.com.br/analise/evangelicos-e-o-neoliberalismo-para-pensar-o-papel-das-igrejas-no-golpe-de-estado-na-bolivia/ É um péssimo momento mundial para alguém se arriscar a se colocar sob a influência tenebrosa ds entidades qie certamente estão atuando por trás dessas religioes sob o disfarce de cristianismo. Portanto, quem for mexer com biblia neste momento está se arriscando a sofrer processos obsessivos, ainda mais se tiver alguém religioso na família ou se não tem um passado inatácavel. Em geral quem fez lá suas bobeiras de juventude pode sofrer de complexo de culpa e o argumento religioso vai parasitar sua psique nesse calcanhar.de aquiles, com aqueles papos furados de pecado, perdão, redenção, salvador, papos que só quem tem sentimento de culpa por alguma coisa não acharia infantis. Então cuidado para mexer com isso no momento atual porque o assédio das trevas atuando por tras do discurso religioso está intenso.
    2 points
  24. Eu sou a cara do meu pai,.o que sempre gerou gozações entre os amigos dele,.que me chamavam na rua pelo nome dele, ehehe. Mas sempre tive zero afinidades com ele, desde muito cedo. É como se não falássemos a mesma língua. Já com minha mae sempre tive muita afinidade até de interesses intelectuais. Convém lembrar que nossa aparencia também tem alguma relacao de semelhança entre uma encarnacao e outra. Se uma similaridade permanece entre vidas, como poderia a genetica dos pais ser determinante nisso? Provavelmente o que acontece é que como ensina a gnose tendemos a renascer em geral dentro da mesmo grupo, entao o materialsita acha que certas caracteristicas são passadas pela genetica quando na verdade trata-se das mesmas pessoas renascendo de novo logo ali, daí a repeticao de marcas, caracteristicas fisicas, temperamentos passa a idéia de ser transmissao genética mas é apenas a volta dos mesmos espiritos dentro do mesmo grupo. Mas claro que deve haver uma mistura de fatores nisso. Os espiritos formam famílias por similaridade psicologica. Mas caracterissticas psicológicas tendem a afetar o corpo fisico. Ai surgem doencas nas quais uma determinda familia pode ter "tendência genética" mas que na verdade é traço psicologico persistente naqueles espiritos e é isso que gera os mesmo padrao de desalinho das energias do corpo etérico, o que por sua vez vai gerar a doença física com o tempo de persistência do desequilíbrio psicologico.
    2 points
  25. Até foi bom voce ter tocado nesse assunto, porque eu tenho num livo aqui uma explicação do prórpio Samael sobre isso. Eu sabia que estava nesse livro, mas já tinha folheado outras vezes e não tinha localizado a passagem. O bom é que é um livro que tem transcrição das conferências de 1976, um ano antes de ele morrer. E é importante lembrar que o Samael estava "em processo" de mastria. Ele estava caído na encarnação anterior, era um soldado da revolução mexicana. Ele só "se levantou" nessa encarnação (nasceu em 1917 e morreu em 1977), e não deu tempo de completar todas as etapas, de modo que uma parte do que ele conta sobre o caminho é memória do que ele ja tinha feito antes da ultima queda. Ele narra isso no livro Três montanhas, em que descreve as etapas finais do trabalho mas que não foram vivenciadas nessa atual encarnação. O Rabolu também não, ele diz que permitiram que ele experienciasse em atsral, para descrever, mas ele não tinha ainda atingido o final. Então embora o pessoal que é de fora da gnose as vezes torça o nariz para esse lance de Mestre, Regente de Marte, um dos 42 juízes do tribunal de Anúbis, e tal... isso apenas se refere ao Pai interno desses homens, eles estavam ainda se desenvolvend para conseguirem expressar seu Real Ser em sua completude, e não escondiam disso, está nos seus textos o tempo todo. Mas quem vê de fora acha que é diferente. Bom, exatamente por isso que o próprio Samael recomendou que seus livros antigos deveriam ser queimados, porque estavam cheios de erros e contradições, deixando apenas os últimos e essenciais: Grande Rebelião, Psicologia Revolucionária, Misterio do Aureo florescer, As tres Montanhas. Mas aí o pessoal pediu para deixar o Matrimônio Perfeito, que é de fato um dos melhores livros a meu ver, e é o livro fundador do Movimento gnóstico. E tambem ficou o Infenro Diabo e carma que na verdade são conferencias, não é um livro de fato. O proprio o Rabolu disse que nunca leu o Inferno diabo e karma, eheheh. Então este aqui que escaneei um capítulo é de um ano antes da morte, e você já nota uma mudança de tom, mais leve, sem aquele estilo "Malafaia ensandecido" que as muitas vezes ele parece adotar em alguns livros, ou capitulos isolados de alguns livros. Talvez se torne mais claro para você entender essa questão:
    2 points
  26. Pois é, ehehe. Esse tipo de detalhe é meio intimidador, mas acho que é por causa dos rótulos atrelados a esses termos. Mas lembre-se: quando você se esforça para tomar decisoes com lucidez, sem se deixar levar por emoções inferiores, tentando escolher a melhor resposta a cada situacao do dia a dia ( bem como na projecao), está acordando por poucos segundos o que tem livre, sejams os 3% , sejam os 10%. A questao do Samadhi é que ele gera um despertar contínuo DESSE percentual. Mas qualquer % maior de essência livre, ainda que disponível despertares curtos apenas nos momentos criticos, te ajudará a tomar decisões melhores para sua vida. É aquele lance de dar um passo de cada vez.
    2 points
  27. São dois processos diferentes. Na gnose ensinamos que as pessoas tem em geral só uns 3% de essência livre. Mas esses 3% estão em geral dormindo. Quando se fala de despertar a consciência é desses 3% aí. Quando se fala em lucidez significa botar esses 3% para funcionar. Mas eles voltarão a cochilar, é uma luta diária. DESPERTAR a consciência, como experiência mística, significa ativar de forma permanente a lucidez desse %. E na gnose se fala que para isso serve o Samadhi durante a meidtação. Então voce trabalha diariamente com a técncia de morte do ego durante anos para AUMENTAR aqueles 3%. de essência livre Digamos que num dado momento tenha 10% de essência livre. Mas esses 10% estão desperots? Não. Estão livres, mas não foram despertados ainda. Para despertá-los você tem que passar por um Samadhi. Só então esses 10% ficam ativos, acordados, e não dormem mais. Aí segue trabalhando com a te´cncia de morte e chega a 20% de essêcia livre. Tem 20% de consciência? Não, tem aqueles 10% ainda, precisa atingir outro Samadhi para que desperte os 20%. Então é um trabalho combinado: uma coisa é matar o ego e liberar essência. Outra é acordar essa essência em todo o seu potencial. A liberação da consicência aprisionada é resultado da eliminação de um defeiot psicológico. Assim como quebrar uma garrafa contendo líquido libera o líquido. O ego é essencialmente cristalização de padrões mentais em torno de um núcleo de consciência. Eliminar a casca faz com que a parte liberada se una ao resto que é a parte livre. Mas sempre ainda precisará esse despertar da consicência pelos Samadhis para ir despetando o que vai sendo liberado.
    2 points
  28. Na verdade vc não fez nada de mais @Iogui, nem no modo de falar, pq acredito q vc estava somente respondendo a duvida. O q ocorre é q é algo meu mesmo que venho me corrigindo nos últimos anos: eu entrei em muitos debates insistindo em querer mudar a opinião ou o modo de agir dos outros, quando vi q o correto é eu falar meu ponto de vista (dependendo da pessoa, não o seu caso, mas as vezes não é bom nem falar) e não chegar a prolongar o assunto. Eu estava até pensando em abrir um tópico esses dias sobre a dificuldade em perdoar (vou criar hj). Tive duas experiencias recentes em que eu pedi perdão a duas pessoas q eu ofendi verbalmente no passado e me arrependi. Quando fui pedir perdão a elas fui recebido grosseiramente. Estou lendo um livro (renovando atitudes - hammed) q diz "cada um só pode dar aquilo que tem", q depende do nivel evolutivo de cada um. Então, no meu caso, na época das discussões eu não tinha a maturidade, de falar meu ponto e calar, ou somente calar, ouvir o do outro e não querer muda-lo. Bem como essas pessoas q citei, não possuíam a virtude do perdão. É um aprendizado muito difícil, pra eu q sabia a teoria por em pratica, imagina pros exemplos q citei q nem a teoria tem.
    2 points
  29. Olá, bom final de ano a todos! Então, ontem antes de dormir eu estava assistindo um vídeo no youtube sobre Estado Vibracional, EV, (https://www.youtube.com/watch?v=qIM3exPEVxg&t=3072s), eu assisti uma parte e logo em seguida fui ler uma passagem aleatória do Evangelho Segundo Espiritismo, refleti sobre algumas coisas em minha vida e fui deitar para dormir. Deitado eu fiz, ligeiramente, uma Mobilização Básica de Energias (MBE), focando na exteriorização e OLVE, e me virei de lado para dormir. Cerca de 3h30 da manhã eu estava dormindo de barriga para cima e senti um intenso choque por todo o corpo, indolor, e esse choque se repetiu novamente mais duas vezes (imagino que se trate do EV), aproximadamente, e em algum momento durante esses choques eu tive a ideia e executei a técnica da gangorra (foi quase uma intuição, pois eu nem se quer uso ela normalmente) e eu sentei na cama enquanto meu corpo continuava deitado e ao olhar pro lado vi minha face e abdômen ainda na cama enquanto eu (no corpo astral, suponho) estava sentado. E então saí da cama e ao olhar para ela vi todo meu corpo deitado e então tive a ideia de dizer "Luz" e "Clarear" para ver se minha visão melhorava, mas não funcionou (na projeção estava tudo escuro como no plano físico) e resolvi ir ao quarto de meus pais, eu percebi que eu me movia lentamente, mas eu não andava e sim meio que deslizava no ambiente e notei que as portas do apartamento estavam todas escancaradas (na verdade eu nem vi portas) sendo que no plano físico todos os quartos estavam com as portas fechadas. Fui até um pouco depois da entrada do quarto, vi eles dormindo e tornei a ir para a área de serviço do apartamento e lá olhei pela janela e pensei em voar ou ir para outro lugar e acordei. Algo interessante e que me faz questionar se o que eu presenciei foi um sonho ou projeção foi que a área de serviço estava igual a 6 meses atrás, mas de lá para cá essa parte da casa foi reformada e reduzida para abrir espaço para a construção de uma suíte para meus avós, que vieram morar aqui em casa, mas na projeção eu não deveria ter visto eles dormindo? Tudo o que vi foi um cômodo vazio.
    2 points
  30. Tem sim. Mas nao sei se é por causa do desgaste do solo. Olha o tamanho dessas verduras e legumes de hoje! Quando eu era criança, anos 70, uma cenoura era do tamanho de uma caneta bic. Uma banana prata pouca coisa maior. Agora vendem essas coisas hipertrofiadas e com menos sabor. Desconfio, nao sei, que a quantidade de nutrientes por grama é menor porque se diluiu no tamanho. Todo mundo sabe que vegetais ou animais pequenos tem sabor superior aos grandes. Mas quem lê resultados de análises não se liga disso porque a expressão dos resultados é por massa. Por exemplo, basta voce comparar numa tabela de alimentos: -Arroz integral cru 100g, tem 7,3g de proteina. -Já 100g do arroz cozido tem 2,6g de proteina. Ai o pessoal pensa que perdeu proteina no cozimento, mas nao. Acontece que 100g de arroz integral cru tem apenas arroz. 100g de arroz cozido tem água embutida. E quanto? Pela análise de cinzas ( o que resta apos incinerar toda a amostra e restar apenas os sais) voce ve: -100g de cozido tem 0,5g de cinzas, -100g do cru tem 1,2 de cinzas. Entao na pratica 100g de arroz cozido tem apenas 41g de arroz, o resto do peso é água, por isso aparece na tabela como 100g de arroz cozido tendo tao pouca proteina, tendo menos calorias, menos carbidratos.... porque na prática é só 40g de arroz + 60g de agua) ------- Já li sobre essa perda de nutrientes nos alimentos atuais em relacao aos de antigamente neste livro se nao me engano: https://www.estantevirtual.com.br/livros/nina-planck/comida-de-verdade/3808455676 Mas se voce pensar, é estranho, porque os adubos deveriam suprir isso. Tanto é que se cultiva na agua, hidroponia. Voce so bota os adubos necessarios ali, e a planta ja cresce. Mas sinceramente nada hidroponico para mim tem o mesmo sabor. O maior exemplo é o agrião, que se cultivados na terra tem talos de sabor mais agressivo mas cultivados por hidroponia perde essa caracteristica. Esse tipo de pesquisa ( e te digo porque no meu trabalho os alunos fazem pesquisa com isso, é a tese de alguns) fica no CRESCIMENTO . Ou seja, a formulacão de nutrientrs que produzir maior "massa vegetal" é a melhor. Por isso acho que pode ser problema do hipercrescimento que deixa menso nutrientes por grama de produto. Acho que não percebem ou não tem como avaliar o sabor. Já vi isso se do cogitado em relacao a criação de animais, tentar fazer algum teste para definir diferença de sabor entre camarão cultivado em tanques e o selvagem. Mas ainda não deram jeito nisso. O que se faz é avaliação nutricional. Sabe-se, por exemplo( até e citado nesse livro da Nina planck) que camarão cultivado tem menos metais pesados que o captruado no ambiente, porque crustáceos acumulam facilmente o metal pesado, e como ficam nadando sabe-se la por onde, livres no ambirnte eles tem mais risco de contaminacao do que num ambiente controlado. Em relacao à agua destilada pode ser pelo seguinte: Água pura nao transmite eletricidade. É isolante. Agua com uma quantidade qualquer de sais ja transmite. Sabe-se que uma forma de "descarregar feitiços" e jogar sal ou agua com sal nele. O mesmo para limpeza de cristais. Supoe-se que seja porque curto-circuita as cargas depositadas nele. Então eu suponho que essa diferença que o Dean Radin detectou seja pela capacidade dos sais presentes na água dispersarem a carga nela depositada. No livro Medicina vibraciOnal comentam que detectaran alteração no angulo de ligação das moléculas de água usada para preparo de homeoPatia. Como os angulos de ligacao tem a ver com a energia entre os átomos supôe-se que essa alteracao de angulo foi a forma como a água estocou a energia adicionada a ela. Evidentemente que para preparo de formulaçoes de homeopaita vão usar água destilada, porque é simples rotina laboratorial, e talvez por isso os testes tenham detectado o efeito. É provável que os sais na água façam essa energia fluir livremente no meio assim como fazem com a corrente elétrica, e daí o efeito não é detectável. Agora, beber água destilada para mim faz tanto sentido quanto achar que açucar refinado é melhor do que o açúcar que tem nos alimentos. Nosso corpo não é uma máquina preparada para isso e a chance de dar problema a longo prazo acho enorme. O problema dos alimentos refinados ( açucar, sal, comprimidos de vitaminas) ou processados ( farinha branca, arroz branco) ou da alopatia, é exatamente esse: serem substâncias mais puras. Até no ocultismo se sabe disso: Eliphas Levy já alertava no seu Dogma e Ritual da Alta magia, que é de 1854 acho, que é desequilibrante para o ser humano fazer invocações elementais porque o elemental é composto de apenas um elemento, e o ser humano é composto dos 4 elementos. A simples proximidade de um elemental tende a gerar ressonancia daquele elementome nós, eatimulando o desequilíbrio a menos que o mago tenha domínio dos elementos ( e portanto dos aspectos psicologicos correspondentes). É talvez isso que faz as pessoas se suicidarem no Everest, se atirando das alturas, pela dominacao desequilibrada do elemento ar. O mesmo tende a acontecer em alto mar, daí a lenda do canto da sereiae a narrativa de amarrarem Ulisses ao mastro para ele poder ouvir o canto sem se atirar na água, ehehe. Quanto mais purificado alguma coisa que entra no corpo humano, maior o risco. Uma água mineral é purificada pelos processos naturais, portanti estámais limpa mas não desequilibrada, porque está cheia de sais, pelo contato com a terra. Aí não tem problema se o homem não estiver poluindo os lençois freaticos ali perto. Ou água da chuva, que é água destilada naturalmente mas traz com ela até ácidos, se for numa cidade poluida. Mas o homem produzir a purificacao laboratorial é literalmente fabricar o desequilíbrio, enquanto que a fonte natural está sempre equilibrada, pela sua natureza de estar sempre misturada com outros elementos.
    2 points
  31. É. Mas o corpo tem um equilibrio que é dificil romper pelos alimentos. A respiraco afeta maia diretamente porque os gases entram direto no sangue pelos bronquios e a proporcao de oxigenio e gas carbonico afeta o pH rapidamente. https://www.inovacoesmagnamed.com.br/post/2020/03/05/hiper-e-hipoventilacao-entenda-a-diferenca Por isso se usa tecnicas respiratorias para relaxar ou para ficar mais energizado. Afeta muita coisa: https://www.eduardoschenberg.com/respiracao-holotropica/
    2 points
  32. Acho que há uma mistura de objetivos, expectativas e resultados nisso, que dificulta a comunicaçao. Eu sempre entendi a meditacao como um treino de percepcao para o que esta se passando na sua mente. Digamos que PARA MIM ela significa algo apenas mental. Talvez porque o único TIPO de meditacao que pratiquei siariamente, mas por apenas um ano e pouco, foi meditacao cabalistica. Nunca " senti" nada praticando isso, porque a meta desse tipo de meditacao é capacitar a mente para obter a informaçao de que necessita. Por isso sempre achava estranho quando ouvia alguŕm dizer " nossa, como é prazerosa a meditacao! Como a gente se sente bem! Nao da vontade de sair desse estado" Eu ouvia um ou outro falar isso e não entendia DE QUE ESTADO eles estavam falando. Ja li esse tipo de relato tambem em livros e não entendia. Mas depois, quando comecei a praticar por poucos meses essas meidtacoes metodologicamemte mais simples, em que voce apenas fica concentrado na respiracao, UMA VEZ APENAS eu senti uma forte sensacao muito boa, uma tipo de relaxamento gostoso, prazeroso mesmo, que voce qur ficar ali so curtindo, sem pensar em nada mais nem quer interromper aquilo. Mas demorei uns 50 minutos para atingir esse estado. Pode ser isso tbem a dificuldade que as pessoas tem em sentir essa "sensação maravilhosa" da qual alguns falam. Num dos varios livros de meditacao que li diz que primeiro voce precisa ser capaz de meditar por 45min, diariamente, antes que possa comecar a atingir as primeiras das diversas etapas pelas quais o meditador passa. Parece ser como a projecao: leva um tempo para o corpo " zona em que tudo começa a funcionar". Na meditacao cabalistica minha pratica era de 25min apenas. Nessas meditacoes orientais é que o pessoal fica mais de 1hora. Talvez pelo marketing da meditacao-para-ocidentais que prega que bastam 20min as pessoas acabem nunca atingindo nada além de uma calma superficial . Do ponto de vista da observacao da mente isso já seria suficiente, ou para gente estressada que só precisa parar um pouco e relaxar. Mas ACHO que se a meta for conhecer essa " sensacao maravilhosa" da qual muitos falam, talvez a pessoa nunca consiga se praticar apenas duas sessões de 20min por dia.
    2 points
  33. Se você reparar no livro do Waldo, Projeções da Consciência, o número de projeções induzidas por ele mesmo foi pequeno:
    2 points
  34. Pela ansiedade, que pode estar te atrapalhando o relaxamento, mude de atitude. Pense: "Já que não estou conseguindo mesmo, vou só ficar brincando aqui de passear com a cama pelo quarto" Desencana e fique aí brincando com a imaginação.... Esse tipo de técnica é do mesmo tipo da gangorra, uma hora você está só imaginando e... num piscar de olhos, está acontecendo realmente. Só então levante.
    2 points
  35. Pode tentar as técncias de movimento. Imagina que seu corpo é como uma agulha de bússola e tente inverter Norte e Sul, ou seja, a cabeça vai para os pés e os pés para a cabeça. Quando está já solto, funciona na hora. Se não estiver pronto ainda, não vai dar certo. Outros movimentos podem ser imaginar-se rolando na cama, a´te cair dela,, só que omo isso é mais fácil de fazer fisicamente também, a gente pode acabar sem ter certeza se está rolando em astral ou no físico. Todas as vezes que fiz isso me estatelei no chão jurando que tinha caído com o corpo físico, mas tinha caído com o corpo astral mesmo. Mas após bater no chão é difícil ter certeza com que corpo você caiu, ehehe. Outro tipo de técnica que dá para tentar usar é mover sua cama com a força do pensamento, assim você evitar mover o físico e quebrar o relaxamento. Faça de conta que sua cama tem rodinhas, e que voce consegue movê-la com a mente. Imagina que faz sua cama andar pelo quarto. Quando funcionar será óbvio, você sentirá que de fato sua cama está se movendo pelo quarto com você em cima. Mas é uma ilusão. O fato de a ilusão ter funcionado mostra que você entrou no estado adequado, e aí é só levantar da cama mesmo. Entao levantar verá que ela não saiu do lugar, então nem se tratou de deslocar uma cópia astral da cama pelo quarto, mas de usar essa técnica apenas como forma de te mostrar quando está no ponto em que pode levantar da cama: só levante após perceber que a cama de fato se move segundo sua vontade.
    2 points
  36. Braços e pernas são mais soltos mesmo. E são mais fáceis de relaxar. Acho que sempre que pega, pega no relaxamento. O problema é que ao tentar relaxar mais, há o rsico de apagar. Mas essa é a luta mesmo. Eu acho que não tem o que faz ale´m de tentativa e erro: se está sentindo o braço soltar mas ele volta, falta relaxamento ou soltura energética. Soltura energética você gera fazendo a olve. Fça uns dois minutos disso, Depois vá para o relaxamento, que pode estar sendo prejudicado pela ansiedade de estar quase lá. Então use a respiração para relaxar, tente só prestar atenção na respiração por uns 5 minutos e a cada EXPIRAÇÃO imagine que você fica mais pesado e afunda no colchão um pouco. Quando funciona você cai para baixo da cama (ou até no andar e baixo, caso more em apartamento)
    2 points
  37. É dificil lembrar dessas coisas. Por isso é importante focar na QUANTIDADE de projecoes. Para voce ter tempo de lembrar se fazer uns testes. As vezes da para planejar testar 3 ou 4 coisas e logo que levanta da cama esta lembrando do que vai testar. Outras vezes esquece completamente. Eu paguei um mico ridiculo logo no inicio: quando ja estava saindo umas 2-3 noites por semana, resolvo botar uma carta de baralho em cima da estante, com a face para cima, sem olhar qual era a carta. Entao a ideia era sair do quarto projetado, subir até o topo da estante, olhar a carta e depois seguir a projecao normalmente. Quando voltasse ao corpo era so conferir para ver se acertei. Rapá! E quem disse que eu lembrava de ir olhar a carta após sair do corpo? Demorei seis meses ate que um dia lembrei que tinha deixado uma carta la em cima e fui olhar, ehehe. Mas porque isso? Porque eu ja estava envolvido num outro desafio que era tentar entrar num predio publico que tinha na esquina e sempre desaparecia quando eu estava projetado. Entao por meses a primeira coisa que eu fazia era sair do quarto rapidamente atravessar as paredes e ao dar na rua tentar chegar na esquina antes que aquele predio sumisse. Na maioria das vezes a rua nunca era a mesa. Quando era a mesma, no lugar do predio tinha uma casa, ou um terreno baldio, oi uma galeria de arte, ou uma praça. Ele era substituido por outra coisa mesmo que eu caminhasse ate ele sem tirar o olho dele. Entao virou uma obsessao, até que eu conseguisse as comprovaçoes de que precisava. Demorou mais de seis mess para eu conseguir. Nesse meio tempo inventei de fazer esse teste com a carta, mas como tinha criado o hábito de levantar e ir para a rua direto, nao conseguia lembrar da carta la em cima da estante todos esses meses, eheheh. Mas isso tem a ver com o grau de interesse. Num outro teste que fiz deixei um pires com farinha em cima, porque eu queria tentar deixar uma marca na farinha com meu dedo astral. Como foi uma ideia instigante, na mesma noite que preparei a farinha ali consegui me projetar e fui la e fiz um grande x na farinha. Voltei imediatamente para o corpo e quando fui la checar... a farinha estava intacta, como seria de esperar. Ok, mas a graça seria obter um resultado impossivel né? Ehehe. Entao quando o que a gente quer testar e algo empolgante a gente até nao esquece. Mas se é algo frio , aquilo raramente vai estar presente na sua mente quando voce sair do corpo.
    2 points
  38. Bem, quando se trata daquelas pessoas que ao invés de levantar da cama logo que acordam ficam lá deitadas toda manhã esses delirios da mente sao percebidos também, porque a pessoa nem apaga ( afinal já dormiu mias que o necessário!) nem sai desses estado dúbio. Entao acaba percebendo de forma consciente esses delírios. Mas no seu caso é ao deitar. Entao nao sei se é a mesma coisa mas.... ME PARECE que você talvez seja do tipo que alimenta preocupacoes excessivas com coisas que não valem a pena focar, como ficar pensando sobre o que os outros possam ter pensado de você quando disse ou fez isto ou aquilo... talvez alimente preocupações sobre futuro, sobre possiveis doenças só porque sentiu uma dorzinha... enfim. Nao sei qual é o seu perfil, mas pessoas que tem esse perfil estão com mente sempre trabalhando junto com as emocoes negativas e acabam gerando todo tipo de tensoes, num verdadeiro processo de auto-obsessao. Se seu perfil for esse voce pode apenas estar testemunhando como sua mente te envenena por ser deixada sem controle, imaginando todo o tempo coisas negativas. Nesse caso talvez ajudasse praticar meditacao, para praticar algum controle minimo sobre o pensamento. Mas repito: nao estou dizendo que esse é o SEU CASO, apenas estou me baseando pela similaridade com outros que ja me comentaram sintomas parecidos. E ai, dentro daquele contexto dos 7 centros, voce combate.isso, além de praticar não deixar sua mente ficar imaginando coisas sem controle, desviando a energia dos centros superiores pelo acionamento dos inferiores. Ou seja, para reduzir ou paralisar a atividade mental voce pode tentar de concentrar na respiracao ( centro instintivo) ou pode praticar alguma atividade fisica regular que não seja muito facil, ou voce acabará executando ela enquanto delira porque ela não requer atenção consciente. Tem que ser algo que exija sua atencao. Se for corrida pode focar no ritmo de passadas com a respiracao. Se for musculacao basta usar um peso desafiador ( peso que só permite 6 reps ) que sua mente automaticamente prestará atencao na execução movimento para nao se lesionar. Mas talvez tentar praticar com malabares ajude. Na gnose se usava uma prática simples chamada dança dos devixes, para que a mente reduzisse a atividade, já que é uma combinacao complexa de movimentos coordenados: http://gnoseconhecimentointerior.blogspot.com/2012/04/danca-dos-derviches-e-transmutacao-das.html?m=1 Novamente trata-se de ativar um centro inferior , o motor, para puxar a energia que está hiperestimulando o centro superior , o intelectual.
    2 points
  39. 1- A gente chama isso de projeção de consciência contínua, porque não há perda de conciência na saída. É essa a meta mesmo. 2-não é que PRECISE, é apenas O SINAL GARANTIDO DE QUE JÁ PODE FAZÊ-LO. Mas muitas vezes já é possível fazer isso sem ter ocorrido nenhum sinal. Exemplo: lá nas minhas primeiras tentativas eu ja estava deitado ali há mais de duas horas, e nada... nenhum super relaxamento, nenhum som diferente, nenhum membro flutuando.... nada mesmo. Então pensei "Bom, já vi que não vou conseguir hoje, mas podia aproveitar o relaxamento para treinar alguma coisa. Clarividência talvez? Então ainda de olhos fechado eu levei a mão peto do rosto frente ao rosto e fiquei tentando ali no escuro da noite, de olhos fechados enxergar a aura da mão. Notei que quando eu movia a mão eu via algo se movendo no escuro mesmo. Como eu estava ainda de olhos fechados, aquilo era um bom sinal. Prestei mais atenção naquilo que eu via se mover e logo vi o contorno da minha mão, igual àquelas fotografias kirlian: Nãi havia nada dentro do contorno da mão, eu só via a aura em torno da mão. Entoa fui tentar olhar melhor e rapidamene a imagem ganhou uma mescla de cores: Até que.... puff! eu via ali uma mão de carne e osso, e via o teto do quarto, as paredes, os móveis, tudo como se fosse de dia ou com lua acesa, mas era 2 da madrugada e tudo escuro. Portanto o braço que eu estava mexendo era o atsral, não o físico, mas não tinha como eu saber disso antes que a visão toda se abrisse. Então note: depois de horas ali de tentativa, só agora aconteceu "algo estranho" que era um sinal seguro de que agora eu poderia me levantar da cama e estaria fazendo isso com corpo astral e não com o físico Porém, ALGO já tinha acontecido antes e eu não tinha percebido. Se não tivesse acontecido algo antes disso eu não teria conseguido mover o braço astral tão fácil. Isso mostra que em algum momento da minha tentativa de projeção, que durou ali das 22h até as 2da manha, eu cochilei, uma ou varias vezes, e nem notei. Ou notei e não dei atenção, já que é comum isso acontecer. E o que acontece quando você cochila? Ora, você cochila simultaneamente à saida do corpo astral, são processos que acontecem juntos. Se voce estiver sentado, sonolento, no momento que seu corpo astral sai uns 5cm para o lado sua cabeça já cai, você toma o susto, o copo astral é puxado de volta e você levanta a cabeça. Estando o tempo todo consciente você pode, em algumas projeções notas essas duas coisas ocorrendo, a parte astral saindo e a musculatura da parte que desencaixou, afrouxando. Por isso o relaxamento é tão importante, sem ele nada acontecerá, porque qualquer parte não relaxada irá prender o corpo astral naquele ponto. Então fica assim :- cochilou? saiu, - acordou? voltou Só que isso é um leve desencaixe ainda, e você pode passar a noite ali deitado em astral na cama, junto com seu corpo físico. E num dado momento você acorda EM ASTRAL, deitado na cama, achando que está acordado no físico mas não está. Aí você pode ficar como eu, que fiquei ali por 4 horas esperando algo acontecer e algo já tinha acontecido e eu nao tinha notado. Porque se eu pude levantar meu braço astral ali ta facilmente é porque meo corpo físico estava 100% dormindo, por isso o braço estava tão solto. Por isso que eu digo lá no POR ONDE COMEÇAR para ficar sempre repetindo as tentativas, porque não dá para só tentar algo depois que passar um elefante voador flutuando sobre sua cama: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17033-por-onde-começar/&do=findComment&comment=74036 Porque algumas vezes ele vai passar, e aí voce levantar da cama em atsral sem precupação com técnica, so levanta mesmo. Mas nos dias que ele não passa, você ainda assim precisa ficar tentando técnicas de separação de tempos em tempos, ou pode amanhecer ali, sem ter saído da cama, achando que pasou a noite em calro, mas na verdade seu corpo físico dormiu todo o tempo e seu corpo astral ficou deitado ali deitado junto esperando passar o ônibus num dia de greve do transporte púlico , ehheeheh. E o que faz as técnicas de separação funcionaem? Você já estar n oetsado adequado! Se já estiver no estado adequado e não fizer uma tentativa de sair da cama, vai ficar ali na cama a noite inteira, mesmo estando em corpo astral! Se ficar aplicando as técnicas de separaçaõ, elas não funcionarão ENQUANTO você não estiver no estado adequado, mas funcionam de repente, de forma inesperada, quando você entra no estado certo. Por isso não tem porque você pensar "primeiro eu tenho que entrar no estado x, depois eu tento me separar do corpo. Você "ajuda a natureza" fazendo um relaxamento básico, indução oa transe, concentraçao na respriação. A partri do momento que você sinta-se sonolento, a projeção pode acontecer a qualquer momento entao já comece a tentar as técnicas de separação duante um tempinho. Não funcionou? retia os cilos ali descritos. Não espere pela buzinha de caminhão no seu quarto, embora se tocar, você já sabe que pode pular da cama sem mais preocupações. 3- Essa neura da saliva eu não entendo. Algumas pessoas reclamam disso, para mm não faz sentido. Você passa o dia todo produzindo saliva e engolindo e nem nota. Você vai dormir e nem pensa nisso, seu corpo vai se virar sem que você precisa dar atenção a isso. Aí quando a pessao vai se projetar "ai, a saliva!" Você nem devia estar notando que existe saliva, não sei o que faz com que algumas pessoas fiquem prestando atenção nisso. Tente lembrar-se disso: ate hoje voce dormiu sem precisar se preocupar se engolia a saliva, seu corpo fez o que achou melhor e isso não te acordou a noite. Portanto, deixe isso solto, ao natural faça o que seja natural, não se iluda achando que engolir ou não engolir será um problema. Sera o que sempre foi na sua vida ate hoje, nada mudou. 4-. as vezes nem é leve. Mas estando com as pernas soltas, tente mover ESSAS PERNAS. Se conseguir, pode fazer o que ilustrei no desenho acima, levando as pernas em direção a cabeça e assim descolando o resto. A mesma coisa se soltar um braço, com esse braço astral voce segura na beirada da cama e se puxa para fora do corpo físico. 5- Pelo que deduzi do que o Waldo fala, parece que é mais comum esse tipo mesmo, a do pessoal que só desperta em astral depois da saída. Comigo é muito raro esse tipo de projeção, de despertar só depois. Ou faço a projeção de consciencia contínua, ou já era, apago e vou sonhar normalmente. So tinha esses despertares depois, já fora, quando criança, ou quanto usava o mantram faraon, que é para induzir esse efeito mesmo. Mas não gosto da idéia de despertar a lucidez só depois. PARA MIM ficaria sempre a dúvida se foi sonho lúcido (fantasia plasmada na qual você está lúcido) ou projeção mesmo. 6-Veja lá: transe é mente acordada. https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17033-por-onde-começar/&do=findComment&comment=74013 O pessoal iniciante tem certa dificiuldade de entender uma coisa, por isso ficam as vezes presos à dieasi como "mas eu achei que tinha que dormir", "mas eu aceui que não podia dormir". A questão que é difícil de entender é a seguinte: - se você tentou se projetar com consciencia contínua e conseguiu, a sensaçao que você tem que é que se projetou sem dormir; Errado: você acha isso porque SUA MENTE não dormiu, mas só conseguiu se projetar porque SEU CORPO DORMIU SIM. - se você tentou se projetar com consciencia contínua e não conseguiu, apagou e despertou mais tarde, lá fora, lúcido, vai dizer "Ahhh, para se proejtar tem que dormir". Errado, seu corpo dormiu e você perdeu a consciência no momento da separaçaõ, mas não é necessário perder a consciência, e é arriscado, pode não conseguir despertar depois, pois não existe auto-despertar. Provavelmente algum mentor te deu um jato de energia ali fora do corpo e te despertou, não fosse isso você ficaria sem lucidez aé amanhã de manha - se você tentou se projetar com consciencia contínua e não conseguiu, acordando só pela manhã sem lembranças, pode concluir que não conseguiu se projetar porque dormiu. Errado; seu corpo SEMPRE DORMIRÁ. Se sua mente não dormir você sai em projeção contínua, se sua mente dormiu mas despertou mais tarde, tudo bem, ainda se aproveita, MAS.... MEMSO SAINDO COM PROJEÇAO DE COSNCIENCIA CONTÍNUA a gente pode perder a memória na reentrada de votla para corpo, e achar que não se projetou. Claro que nesse caso a projeçao só vale se você lembrar depois. Já tive algumas em que só lembrei perto da hora de deitar, na notie seguinte. E aí lembrei de toda a saída, desde o momento em que descolei membro por membro, para onde fui apos sair do quarto, etc. Mas durante o dia todo essa meória tinha sumido e eu estava crente que não tinha me projetado naquela noite. Outra vez, ao ter uma projeção as 6 da manha, achando que era a primeira, lembrei das outras 3, que tive naquela mesma noite. Mas durante a noite, quando levantava para ir no banheiro, não lembrava delas, achei que a das 6 da manha tinha sido a primeira. Então nunca é demais repetir: lucidez é uma coisa, rememoração é outra 7- Sim, basta seguir tentando, em algum momento da noite ou você consegue, ou você apaga na tentativa. Mas nos dois casos seu corpo astral vai sair do corpo, ehehe. E nos dois casos seu corpo vai dormir, vai descansar como deve. Não existe isso de "ou tento me projetar, ou vou dormir, porque tenho que trabalhar amanha. O corpo sempre irá dormir, consiga ou não se projetar. Veja este relato do Roger Paranhos, de um dos seus livros: Mas é claro que se você tentar do jeito errado, pode impedir o corpo de dormi e ai nem se projeta nem descansa. Se ele não tivesse esquecido daquilo que buscava, o tal portal, talvez tivesse passado a noite toda em claro, sem se projetar nem dormir. Isso que é o chato da projeção, não é algo que se consegue sem ter foco. Mas se o foco for duro demais, esse próprio foco te impede de conseguir se projetar. Então a regra é mais algo tipo "durante a tentativa não pense em sucesso ou fracasso, apenas tente, e siga tentando" 8- Sim, mas você não tem como garantir esse resultado, nem sabe o que gera isso, se não é apenas um amaprador ali que decidiu te dar uma forcinha. Não dá para depender disso, isso apenas "acontece". A meta é FAZER ACONTECER, e aí só com a projeção de consciencia contínua mesmo. 9- Isso não tem relação ocm a lucidez, isso é apenas energético. A gente tnde a pensar que se relaciona com lucidez porque essa difucldade energética dificulta movimentos e também o raciocínio. Mas se você conseguir lembrar de fazer a OLVE estando proejtado, verá que as tudo se clareia, passaa esse efeito corporal pesado, e o raciocínio e visão clareiam, o que mostra que é problema energético, não de lucidez, porque foi uma técnica energética que resolveu. Mas também é algo para lembrar: sai do quarto! Tao logo voce levantou da cama em astral, FUJA do quarto. Quanto mais rápido se afastar m mais rápido essa bobeira desaparece, mesmo sem não fizer OLVE projetado.
    2 points
  40. Isso não existe, do ponto de vista do conhwcimento dos encarnados, porque a pessoa que nasce com isso ja nasceu com os chackras modificados para essa tarefa isso, supostamente devido a um acordo feito antes de nascer. A coisa ja é feita assim exatamente para que a pessoa não tenha cono ignorar as realidades do invisível. É para ela parar de fugir das consequências do que fez. Imagina uma pessoa que acha que sacanaear os outros, matar nao dá nada, afinal ninguém prova que existr espirito, ou vida apos a morte, ou reencarnacao...é um negacionismo muito conveniente para os egoistas. Se ela nasce numa condicao em que enxerga espiritos ela ja nao consegue fugir dessa realidade. E ja saberá que se matar alguém, esse alguém nao some, e pode seguir perseguindo ela ainda durante esta vida, e nas seguintes. Já sabe que se suicidar também não é fuga porque nada acaba com a morte fisica. Então ao ser obrigada a enxergar a realidade, ao não ter a chance de viver da crença no ceticismo, ela precisa tomar decisoes mais responsáveis, que levem em conta no cálculo o fator espirito,carma,reencarnacao, etc. Existe uma infinidade de tecnicas de protecao para se defender de ataques. Mas desligar a percepcao para nao saber mais quando esta sendo perseguida e atacada, aí não. Ou pelo menos não sem riscos. Existe o "trancamento de mediunidade", mas pode gerar problemas mais tarde: https://www.youtube.com/watch?v=8rj-1qI26QI Em geral precisa ser feito pelos mentores, e ainda assim sera só um certo adiamento de abertura mediunica. Neste vídeo sobre exorcismo o Laércio comenta sobre isso: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17226-láercio-fonseca/&do=findComment&comment=75009 Mas uma hora a pessoa tera que se voltar para o estudo do espiritual, ou vai precisar se entupir de remedios para controlar os aspectos emocionais que vao se desequilibrando.
    2 points
  41. No meu caso foram poucas vezes em que tive dificuldase, menos de 10 eu acho. A dificuldade era apenas descolar mesmo. Como se eu fosse uma mosca grudada num papel pega mosca. Mas tem gente que alega ficar paralisado. Aí nem esforco consegue fazer eu suponho. Mas eu ACHO que nesse caso a pessoa esta focando no corpo físico e não no astral. Cono faz isso? Em parte pela intencao, voce mexe o braço astral exatamente como mexe o físico. Porem o braço astral só se mexe fácil quando ele ja está está solto e o corpo fisico esta apagadao ( embora voce jure estar 100% acordado. Por isso a projecao acontece aa vezes quando voe levanta para ir no banheiro. Ao chegar la descobre su reflexo no espelgo embacado ou outro rosto, e aí descobre que chegou no banheiro em astral, ou seja, levantou da cama exatsmete como levanta no fisico, mas é porque o corpo astral ja esta solto, o processo energético de separacao ja ocorreu naturalmente ao dormir.) Antes de chegar nese ponto voce pode tentar mexer o braço astral e movera o fisico, porque eles ainda nao se separaram. Entao para focar no braço astral voce tenta mover o braço com a intencao bem definida para voce mesmo que mover so a parte astral . Preste atrncao no braço como se trntasse localizar ali dentro one esta o braço astral. Nao vai ter certeza de nada ainda, mas apenas aja cono se ao prestar atencao, conseguisse sentri ele la dentro, e entao tenrr move-lo. Se ao fazer isso voce consefue mover um pouco o braço astral, aí sim voce o descobriu ali dentro do braço físico e nesse caso faz sentido fazer força para sair, porque VOCE JA ACHOU O CORPO COM O QUAL DEVE FAZER FORÇA e não devera fazee força com o corpo errado. Mas se ao tentar mover o braço astral nada diferente acontece, e o braco fisico se mexe ou está a um passo de se mexer, aí nao deve usar força, porque vai mover o braço fisico e atrapalhar a experiencia. Tem que relaxar mais para que voce possa fazer uma tentativa mais intensa e o braço fisico ainda nao ameace se mover. As vezes pode ser mais fácil fazer isso com as pernas, porque em geral emas desligam primeiro. A cabeça é a última a desligar, por isso ficar " preso pela cabeça" é uma das falhas iniciais naa tentarivas de projecao. ( nesse caso faça OLVE só na cabeça.) Da vez que a cabeça fisica veio junto foi totalmente inusitado, porque eu estava deitado de barriga para cima e movi a cabeça astral para frente, enrolando o corpo astral em direcao aos pés. Já tinha tirado quase toda a cabeça, nao decia mais dar problema mas... o fato de ainda ter alguma parte ali no queixo pescoço ligada ainda fez a cabeça fisica levantar tambem quando estava ja separando o pescoco ( ali na zona em vermelho ainda tinha algo ligando os dois corpos) . Deu para sentir bem direitinho quando o pescoço desscolou do travesseiro Entao mesmi quando a gente consegue mover o membro as tral as vezes ainda tem um ponto de fixacao. As vezes voce solta as duas pernas mas a zona do quadril esta presa. Outras vezes voce levanta metade do tronco e pode descobri que na zona do umbigo esta meio preso ainda. Ai tem quw avaliar se pode fazer força ou nao, porque ao tentar forçar pode sentir que o corpo fisico vai se mexer. Nesse caso use a olve só no ponto que esta preso, paa nao correr o risco de mexer o fisico e acordar.
    2 points
  42. Isso é só a imagem que a propaganda quer passar. "Desencane e curta!", entregar-se à busca de sensações, de prazeres, sem questionamento. É uma atitude de crianças na verdade, que ainda não fazem avaliação de riscos, pela falta de conhecimento de mundo. Por isso ao mostrarem adultos agindo assim passa essa impressão de jovialidade, inocência. Veja este relato, que é de um evento do ano de 1502: Toda a literatura antiga está cheia de relatos que revelam o domínio do ego. As tragédias de shakespeare estão cheias de relatos da podridão da aristocracia. Mesmo se você olhar a biblia, ela já tem lá seus relatos escabrosos. O fato parece ser que numa populaçao encarnada num mesmo momento histórico, você sempre tem os podres convivendo com os mais inocentes né? Se ão fosse assim os maus não poderiam governar o mundo, explorar os fracos, teriam eles mesmo que meter a mão na massa, e aí "não rende". E esse mais tirânicos são também mais espertos, em geral porque são mais velhos espiritualmente, então estão já mais próximo do seu limite das 108 encarnações, e logo "descem" para as infradimensões, enquanto os outros, naquela época ainda não tão maus, vão fortalecendo o ego nas proximas encarnaçoes e se tornando os vilões do futuro, se não se esforçam por saírem desse domínio do ego. Quando se fala de "antigamente", em termos de "menos ego, mais essência", isso é na pré-história. Dentro da visão da gnose, que puxa lá dos gregos acho, considera-se que cada raça passa por 4 idades, começando na idade de Ouro, em que o Ego não domina tanto, e terminando na de Ferro, em que o ego já domina praticamente de forma completa. A atual raça, a ariana, só começou a se formar pouco antes do fim da raça anterior, que foi a atlante que teria submergido em há uns 10 mil anos, segundo alguns. Mas o "início da queda" da atlantida começou bem antes. Então um "antigamente as pessoas eram mais puras" não se aplica ao que conhecemos como história. Toda a história conhecida já é a história de raças em fase que o ego já dominava bem, porque a invenção da escrita data de 4000 a.C. Por isso não importa o quanto você recue nos relatos históricos, sempre lerá abusos, violências, traições e barbaridades, que denunciam um ego já bem forte. Como neste relato bíblico: Mesmo se considerarmos o relato como ficcional, o fato é que o autor do texto está dizendo que os homens da cidade queriam estuprar os visitantes, e o dono da casa ofereceu as próprias filhas para o estupro coletivo, para que os visitantes não fossem importunados. Se o autor do texto criou essa ficção para a época em que ele viveu, uns 1000 a.C, é porque a cabeça do pessoal na época acharia verossímil esse tipo de barbaridade, seja dos homens da cidade, seja do pai oferecendo as filhas para essa violência. Então nessa época aí a coisa já estava bem difícil. Ninguém evolui muito numa só vida, nem se torna um "vilão de filme" numa só vida, esses processos, se deixados ao seu ritmo natural, levam milhares de anos para que uma diferença se faça notar. Tem um livro espírita, atribuído a Rochester, chamado episódio da vida de Tibério. Relata um mesmo evento contado por 4 testemunhas acho. No início Tibério diz: Mas no final do relato ele diz: Por aí você já vê que a coisa é lenta, a menos que a pessoa escolha sair desse sistema de esperar que natureza o faça evoluir e tente buscar por esforços conscientes uma mudança. O Roger Paranhos, nos seus relatos de vidas passadas, mostra como teve um atrito com uma mulher lá na atlantida ainda, seguiram se perseguindo e se matando até a época do êxodo dos judeus. Só nesse trechinho aí passaram cerca de 8.500 anos. Para o Tibério aí em cima tinham passado só 1.900, ehehehe.
    2 points
  43. As impressões são o que penetra na sua psique através das percepções dos sentidos. Se você observa um carro o que vê? Uma máquina, um amontoado de peças metálicas, coberto com tinta para reduzir a velocidade de destruição do ferro, e um motor que queima combustível. Mas o marketing de vendas tenta alterar sua percpção dele, com as propagandas, de modo a fazer sua mente acreditar que vê outra coisa quando olha para um carro. Talvez liberdade? Status? Nao sei, porque nunca entendi o que as pessoas que desejam carros desde adolescentes enxergam nele... mas certamente é algo que não está nele. E cada vez mais o capitalismo tenta "envenenar" as impressões que os cidadãos tem do mundo, juntando idéias sem relação. No passado havia as famosas propagandas dos cigarros Holywood, associando fumar à prática de esportes, arrojo, aventura, ehehe: https://youtu.be/eQqfwUZ2omI Atualmente o caitalismo anda se utilizando da pedofilia para vender certas coisas, talvez esquecendo que isso só funciona com quem tem problemas desse tipo na área sexual, que se supõe ser uma minoria da populacão... Outro exemplo: https://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2020/01/fantastico-confunde-empreendedorismo-com-informalidade-e-e-criticado-nas-redes-sociais/ Mas pouca coisa no reino das impressões é fruto do marketing. A mente humana é que ja funciona assim, o marketing apenas sabe disso e usa descaradamente. Quando você passa na rua a vê uma "mulher atraente" é difícil acredtiar que ela é só uma amontoado se músculos, ossos, gorduras, pelos... exatamente como você né? A gente enxerga sempre " outra coisa". Mas se você lembrar de enxergá-la dessa maneira, verá que a hipnose da atração é desligada. Quando um carnívoro e um vegetariano olham um frango assado, o carnívoro enxerga comida, o vegetariano enxerga uma mini-pessoa assassinada e queimada. Ou seja, eles tem impressões diferentes. Eles olham para o mesmo mundo concreto, mas a forma como a informação do mundo concreto penetra na percepção deles é diferente. É o lance de ver o copo "meio cheio" ou "meio vazio". Portanto o controle das impressoes está muito relacionado ao COMO você se relaciona com o mundo ao seu redor, como percebe a realidade, se através da percepção real ou através de mistificações, que vao orientar suas ações na direção planejada por quem tentou alterar suas impressões. A função da lembrança de si e auto-observacao e justamente permitir ter impressões sem a " identificacao", para conseguir obter impressoes mais reais, e de melhor qualidade, ou decidir conscientemente como fazer uso disso para seus objetivos ( controle de freiqencia, sintonia), porque sem isao você só vai lidar com a consequencia das impressoes que entraram sem você filtrar positivamente. Pensa no seguinte: uma pessoa trabalha num presidio ou num hospital o dia todo, só vê coisa ruim. Ai vai para casa e enche a cabeça com progrmas de TV pesados, como "novela das 9", filmes violentos, etc. Essas impressoes todas carregam suas proprias energias, geram suas reacoea em você, baixam sau sintonia porque sao um " alimento denso", que afeta toda a producao energetica do seu sistema. O proprio corpo astral ( que é seu corpo emocional) será constituido por esse " alimento" mais grosseiro, motivo pelo qual a turma que habita nas zonas pesadas, onde se pratica todo tipo de atividades psicologicas, pesadas, tem corpo astral "cascudo." É por peeceberam isso que as pessoas que buscam espiritualidade tendem a querer se isolar, fantasiam sobre morar no campo, distante do clima pesado da cidade. Elas percebem que estao cercadas de situacoes pesadas, que entram nelas atraves das percepcoes. Se voce pega livros de yoga qie nao sejam " fast food", aquelas coisas tipo " yoga para aliviar o estresse", o autor recomendará a rotina exercicios, mas também a mudança na alimentacao, na respiracao e a mudança em hábitos sociais. Por que? Porque se voce quer mudar as energias, precisa mudar os "alimentos", e o ar e as impressões fazem parte disso. Porém, embora afastar-se das impressoes grosseiras seja uma opcao, nao é a opção escolhida pelas escolas de quarto caminho. Somente os outros 3 caminhos se afastam do ambiente desafiador. As escolas de quarto caminho funcionam no ambiente moderno, urbano. Entao voce tem que aprender a TRANSFORMAR as impressoes, para que você mesmo possa definir seu rumo, ao invés de ser vitima das formulações de camapnhas e marketing ou de suas emoções negativas, que fazem muita gente se sentir deprimida ainda que tenham boa vida, quando comparadas com muita gente bem pior: http://gnoseconhecimentointerior.blogspot.com/2011/08/transformacao-das-impressoes.html?m=1
    2 points
  44. Creio que sim. Parte doa objetivos axho que da hatha yoga e adquirir domínios das funções automáticas do corpo, das quais não temos consciência. Existe ate o " problema" que ficar respirando de forma conciente segundo certos ritmos ( objetivos) tende a interferir no funcionamento automatico. Num vídeo da semana passada mesmo o Saulo andou se queixando que parexe ter desenvolvido uma dificuldade para apagar( dormir). Um outro colefa do gva ja me relatou isso também.
    2 points
  45. Jhana, sobre " humilhar".... Isso é como ímã: só funciona com ferro. Ninguém que näo seja orgulhoso se sente humilhado. Quanto mais orgulhosa é uma pessoa, mais sensível ela será para coisas que ela acha que a humilham. Então o problema de todos nós nunca é o que OS OUTROS FAZEM que nos atinge. É o fato de termos ALGO A SER ATINGIDO. É esse algo que precisa ser eliminado, porque só ele está ao nosso alcance. O resto do mundo não está, a opinião dos outros sobre nós não nos pertence. E nem nos interessa. Além disso, com mais idade você perceberá que pessoas que agem assim como você relata são as mais doentes, as que mais tem falta de alguma coisa, e exatamente por isso se ocupam do que elas acham que falta no outro. Alias tem um video do Paulo Ghiraldelli sobre o caso do entregador " humilhado" que comenta bem isso. https://youtu.be/3TTU-ndu6gY (Link substituido: eu tinha colocado o link errado quando postei a resposta) Quando eu era jovem eu via os mais velhos falarem esse tipo de coisa e achava que era clichê sabe? Eu pensava " Esses caras se acham sábios só porque acharam um ' formula de análise' que se resume a dizer que tudo sempre é o contrário do que parece, tipo : ' quem desdenha quer comprar', ' todo valentão é um covarde', ' cara que vive bancando o muito machão, pegador, em geral é enrustido', ' todo moralista que vive ditando regras para os outros faz tudo ao contrário quando não esta sendo obseevado', etc. Mas ... sabe que é verdade?!!! Acho que demorei ate os 40 anos para encontrar exemplos concretos em quantidade suficiente para dar meu braco a torcer nisso. Claro que não deve ser 100% dos casos, mas é assustadora a frequencia com que isso acontece. Deve ser algum mecanismo automatico da psique, algo tipo " polaridade equiibrante" sabe? Algo assim: Como você nao possui dentro de si uma certa caracteristica que te satsifaça, entao você busca aquilo fora de si. Sua atenção está repetidamente focada naquilo de modo que você verá NOS OUTROS com muto mais facilidade a AUSÊNCIA daquilo também. Nâo verá a PRESENÇA, porque como você não possui aquilo, não sabe como é quando aquilo esá presente. Mas sabe quando há no outro aquela ausência. Entao isso cria um comportamento curioso: -os adúlteros em potencial são ciumentos, porque julgando por si eles acham que o outro parceiro é tão ou mais fraco que ele( a tentação de trair é forte nele) . -O corrupto em potencial viverá deconfiando da possível corrupção do outro, porque julgando por si ele acha que o dinheiro é uma forte tentação ( é forte nele). -Aquele que esta sempre falando em liberdadade no fundo se sente prisioneiro de alguma coisa, ou esse asssunto nem viria à mente dele. - o cara que é mais cabeça fechada está sempre falando sobre a necessidade de ter "mente aberta" E da mesma forma, o fato de você não possuir as mesmas falhs de carater de outros faz com que você náo identifique fácil essas falhas neles: como você não as tem, não sabe como pensa uma pessoa que as tem. Você não supõe que o outro faria X porque VOCÊ não faria aquilo. Da mesma forma como pode não entender porque alguém se sentiria superior por possuir um carrão caríssio, por exemplo. Para entender isso você precisa ter o mesmo tipo de mentalidade que ele. No fundo estamos todos conectados e o que vemos o outro tem íntima relaçao com o que temos em nossa psique ou com o que nos falta. Por isso é muito útil como autocohecimento ficar atento ao que outras pessoas são caso isso nos perturbe. O que tem nelas que nos incomoda nos ensina muito sobre o que temos ou nos falta em nós, e isso ja nos indica o que devemos melhorar em nós, e deixe que o outro cuide de si.
    2 points
  46. O trabalho energético vem sendo realizado pela humanidade desde épocas remotas e de diversos modos apesar do descaso ocidental. Ou seja, povos antigos já perceberam que a energia que flui por dentro de mim e de você pode ser controlada, expandida e utilizada de acordo com o nível de domínio do praticante. Segundo a Conscienciologia, isso é possível sem a necessidade de rituais, do uso da imaginação ou de qualquer outra muleta nesse processo. Você já sentiu suas energias? Mas qual a vantagem em dominar as próprias energias? Caso você tenha esse questionamento, segue uma listagem com 100 vantagens, fora muitas outras, para entender a relevância evolutiva desse tema. As vantagens aqui listadas foram divididas em 4 categorias: vantagens pessoais, assistenciais, defensivas e multidimensionais. Muita gente passa a vida tomando passes e frequentando ambientes para que possa ser energizada e equilibrada. E se você puder fazer isso sem nenhuma dependência? SEÇÃO: BENEFÍCIOS PESSOAIS 01. Aumento da flexibilidade energética. O trabalho contínuo das energias torna o corpo energético flexível e muito mais fácil de ser mobilizado. Dessa forma, tornando mais eficiente às práticas energéticas em geral. A tendência é que quanto mais flexível for suas energias, mais forte serão todas as manobras fundamentais (circulação, absorção e exteriorização). Suas energias são fáceis de manejar, ágeis e maleáveis? 02. Promove a autocompensação energética. Seja qual for a causa de uma descompensação energética é possível através das energias inverter esse processo e gerar a autocompensação. Como vivemos imersos em um universo repleto de energias, toda descompensação não deixa de ser patológica. A absorção energética intensa é capaz de promover uma rápida melhoria e o retorno da potência pessoal. 03. Redução do estresse. As bioenergias trabalhadas de modo lento e consciente auxiliam na calma e na pacificação capaz de reduzir o estresse e a agitação da vida humana. Ao centrar a atenção em si mesmo e focar na técnica, por exemplo, circulando as energias sem pressa, geralmente com sensação agradável, e até certo ponto sedativo, têm efeito terapêutico. Não existe conflito sem o autoconflito. 04. Qualificação do animismo. Pelo fato do domínio das energias ser de base anímica, isto é comandado pela própria vontade, dá ao praticante autonomia e desenvoltura sem depender de mais ninguém. Na hora dos problemas não há dependências de “muletas” externas como médiuns, amuletos, gurus e nada do gênero. A vontade e a intencionalidade são fundamentais ao domínio das energias. 05. Ativação Energética. O trabalho bioenergético atua como um organizador dos nadis e chacras, promovendo o equilíbrio de vórtices desregulados e pouco ativos. Estima-se que haja mais de 88.000 pontos de energia ao longo do corpo e que são trabalhados “simultaneamente” na aceleração máxima do corpo energético (energossoma) promovido, por exemplo, pelo Estado Vibracional. 06. Leitura das energias do ambiente. Quem não é analfabeto energético consegue interpretar as energias dos ambientes e com isso se aproveitar delas ou mesmo evitá-las. Sentir padrões e analisar os mesmos faz total diferença para uma manifestação mais lúcida e sadia. Certas percepções e informações podem mais úteis e funcionais do que se pode imaginar. A psicometria é uma habilidade multifuncional. 07. Realização da desintoxicação energética. O desenvolvimento do corpo energético (energossoma) atua como um qualificador geral “enxaguando” e limpando energias indesejáveis. Assim como a limpeza física ajuda na manutenção da saúde, a movimentação energética é o desinfetante ou solvente geral que atua desde questões mais básicas até as mais complicadas. A energia bem trabalhada é prodígio para a desintoxicação. A mobilização intensa atua como um poderoso “lava-jato” das energias pessoais gravitantes excluindo formas-pensamentos (morfopensenes) indesejáveis e pensenes (pensamentos, sentimentos e energias) desequilibrados. 08. Auxílio na autopesquisa. A partir de suas práticas energéticas é possível conhecer um pouco mais sobre si mesmo. As sutilezas percebidas podem revelar muito aos olhos de quem está atento a tudo. Exemplos: alguém com autovitimização acaba diminuindo a potência do seu EV? A desorganização o impede de trabalhar razoavelmente as energias? Sua persistência contribui para a criação do hábito bioenergético? O seu Estado Vibracional, de certa forma, mostra quem você é. 09. Incremento da positividade. A atenção diária as próprias energias consolidam e sustentam uma atmosfera pessoal, ou um holopensene, de saúde e positividade. Uma pessoa bem-intencionada e com discernimento, que tem por hábito o trabalho energético, tem mais afinidade, em tese, para levar uma vida mais ajustada e com menos percalços. Energia sadia não promove desajuste. 10. Aumento do bem-estar. As energias produzem certo bem-estar íntimo ao praticante, por vezes gerando sensações indescritíveis e pacificadoras. O equilíbrio dos múltiplos corpos (holossoma) provocam efeitos benéficos independentemente da idade, do sexo, da formação cultural e de questões gerais. Entenda que ao invés de temer a movimentação das energias ela gera saúde e vida. 11. Melhoria da imunidade. O trabalho energético contínuo acaba por melhorar o corpo físico de um modo geral e também a imunidade. Vale dizer que um corpo energético forte predispõe um corpo físico forte e todos os benefícios de ter uma saúde mais estável para a realização das tarefas e exigências da vida humana de modo mais satisfatório. Toda pequena doença desperdiça tempo, energias e o foco nas tarefas pessoais. 12. Realização de check-up. A sensibilidade energética permite a realização de autodiagnóstico que vai desde pequenos distúrbios até alterações nos próprios chacras. Dessa forma, é possível ampliar com o tempo seu nível de acuidade integral aos moldes da chamada consciência corporal. Esse conhecimento de si mesmo permite a detecção de pequenas mudanças e possíveis causas e assim promovendo um equilíbrio pessoal por maior tempo. 13. Aumento do potencial energético. Da mesma forma que a força física muda de pessoa para pessoa o potencial energético também possui variações. Mexer com a energia não a esgota, muito pelo contrário pois ocorre uma potencialização gradual e isso se reflete em outros níveis manifestação. A maioria das consciências respeitam força, incluindo assediadores conscientes. 14. Maior acesso mentalsomático. Ao mexer com as energias entramos em contato com mundo que é subjetivo e interior. Não raro pessoas que ficam mais ativas energeticamente acabam voltando a estudar ou a tomar gosto pelas práticas mentais. Esse processo ocorre em função da qualificação das energias não apenas do próprio coronochacra como de toda área encefálica. O binômio energossoma-mentalsoma amplia a produtividade pessoal. Quem expande sua mentalidade evolui no ponto mais central. Um mentalsoma mais forte predispõe a um maior controle do corpo energético. 15. Suporte para acabativas. Serve como um instrumento capaz de melhorar a acabativa de algum serviço ou atividade específica. Por exemplo, é comum os amparadores patrocinarem EVs “espontâneos” ao término de uma projeção ou de uma seção assistencial. Quase tudo começa e termina pelas energias, consciente ou inconscientemente. 16. Expansão de chacras específicos. Do mesmo modo que a musculação aumenta o tamanho do músculo e sua força, o treinamento energético faz algo semelhante aos chacras alvo. Portanto, uma pessoa pode se tornar muito desenvolvida em vórtices específicos (expert) e ainda assim ter a maioria dos outros chacras mais expansivos que a média. Para isso é preciso muita prática e esforço em favor da própria expansão até que se domine certa área e suas correlações. 17. Diminuição da Impulsividade. A ativação do energossoma permite a centragem da consciência pelo encéfalo, não pelo subcérebro instintual. Desse modo, é possível observar que a impulsividade tende a ser menor em quem consegue mexer altas cargas de energia. Você já se libertou da conduta negativa relativa ao subcérebro abdominal? 18. Menor sedução energética. Ocorre gradualmente a eliminação da necessidade doentia e primária das seduções sexochacrais desnecessárias e fora de contexto. Assim o praticante acaba tendo uma vida mais centrada em si ao invés da dependência e da aceitação alheia. O autodomínio energético elimina o Homo sapiens vulgaris. 19. Ativação da sexualidade. A tendência é que uma pessoa energeticamente “morta” seja também alguém sexualmente ausente. Muito da potência de energia está relacionada com a potência sexual, salvo algumas questões de doenças nesse ramo. É comum alguém sexualmente inexpressivo voltar a ter desejo e maior intensidade sexual após começar a mexer as energias justamente por esse trabalho de reativação. Quase ninguém ativa suas energias sem a participação do sexochacra. A kundalini está entre as energias mais fortes em nós. 20. Possibilidade de chegar ao holorgasmo. A flexibilidade energética, gerada pelo esforço contínuo do casal, predispõe as vivências do holorgasmo para os parceiros afetivo-sexuais que tem a intenção e a vontade de promovê-lo por meio de metodologia específica. O holorgasmo é um processo energético e não tem relação direta com a ejaculação física. Você conhece os procedimentos técnicos do holorgasmo? 21. Conscientização da Evoluciologia. Saída intencional da condição primária do porão consciencial que não deixa de ser um desperdício de vida. Quando damos valor as energias podemos alavancar a evolução e sair do subnível que pode existir ainda de modo inconsciente. A maturidade energética tende a vir acompanhada de auto-enfrentamentos pessoais. 22. Maior Energopresencialidade. Com o passar do tempo, a força presencial é uma das mudanças mais perceptíveis da catálise feita pela melhoria das energias. É muito comum ver uma pessoa “apagada” e inexpressiva passar a por uma metamorfose silenciosa que a torna mais notada e apresentável. Muda-se a energia, muda-se quase tudo. 23. Manifestação com mais autenticidade. O domínio energético permite o indivíduo viver menos influenciável, com maior lucidez, seja qual for a dimensão. Dessa forma, pode-se dizer que a autenticidade torna-se presente a todo instante e não apenas em algumas circunstâncias. Se for para manipular algo, que sejam energias. Sua energia mostra quem é você, sob as influências de apenas si mesmo. Ser transparente é preocupante para você? 24. Autossuperação da vida materialista. Superação da visão materialista e do condicionamento meramente intrafísico para uma vivência mais abrangente, evoluída e menos limitada. Ao admitir e vivenciar que existe muito mais do que podemos ver acaba sendo um divisor de águas existencial. Quem realmente sente suas energias prova que a existência não e somente material. A melhoria da vibração energética causa refratariedade e aversão ao nível mais troposférico. 25. Depuração da autopensenidade. Depuração gradativa das manifestações pelos autopensenes cosmoéticos (enes). Isto é, com o passar dos anos as energias vão afetando positivamente toda manifestação pensênica (pensamentos, sentimentos e energias) mais séria a ponto de em casos mais raros auxiliar na incorruptibilidade da consciência. É no momento do seu ápice energético que você pode checar o nível de sua pensenidade magna. 26. Promoção da homeostase. Gerador da condição permanente e pacificadora da homeostase energossomática. O equilíbrio ocorre como consequência da fluidez energética. Desse modo o indivíduo fica até mais fácil de ser acessado e conectado por consciências de diversas especialidades e níveis evolutivos. Ative todos os seus chacras antes de pensar em avançar significativamente na escala evolutiva das consciências. 27. Diminuição de distúrbios do sono. Quem se exercita física e energeticamente normalmente dorme melhor que a média. No entanto, é bom observar se alguma técnica o deixa muito acesso e “ligado” demais quanto a lucidez. Há pessoas que dormem facilmente com o EV enquanto outras ficam mais despertas a ponto de não conseguir relaxar. Analise o que é melhor em função da intenção ao deitar. O que o sono diz sobre você? 28. Combate a energo-inexistência. A prática regular das energias torna-se um antagonismo óbvio e preventivo contra a ausência energética e as suas consequências nocivas. Dessa forma, o indivíduo deixa de lado o apagadismo, a autodefesa ineficiente e as intoxicações ininterruptas para viver o oposto de modo equilibrado. 29. Qualificação da Inversão Existencial. Quanto mais cedo uma pessoa aprender a mexer com energia melhor serão as suas chances de se desenvolver gradualmente e com maturidade. Assim sendo, é possível ir se desassediando prematuramente e tendo razoável domínio antes mesmo da adultidade biológica com ganhos ao longo de toda vida. Um inversor sem trabalho energético é como um piloto sem cinto de segurança. 30. Qualificação da Reciclagem Existencial. O reciclante existencial também deve casar-se com o desenvolvimento energético. Mesmo que seja alguém de idade avançada, o ajudará na vida integralmente e até mesmo no processo da dessoma, bem como na preparação antecipada para a próxima vida. A reciclagem pessoal é atemporal. 31. Diminui a ansiedade e sintomas de depressão. O trabalho regular com as energias permite um ajuste maior tanto do ponto de vista orgânico quanto consciencial. Não raro se percebe que a ansiedade é amenizada assim como sintomas que evidenciam estados depressivos. Vale ressaltar que nesses casos as energias ainda são secundárias e sem ir na causa desses problemas servem apenas como paliativos de ajuda temporária. Quanto mais forte as suas energias mais profundo tende a ser as renovações pessoais. 32. Vivência de ciclos de primaveras energéticas. Tendência no aprofundamento de ciclos de primaveras energéticas (cipriene) de modo consciente, construtivo e bem utilizado. Toda primavera energética acaba sendo terapêutica e preparatória para novos e maiores desafios que virão pela frente. A prática energética lhe proporciona energias sadias ou ressacas energéticas? 33. Interação com possível macrossoma. O controle das energias provavelmente deve influir positivamente quando se nasce com um corpo adaptado para seu propósito existencial. Uma hipótese que pode ser levantada é se existe algum macrossoma específico em relação as bioenergias. Outra hipótese é se o trabalho intenso de energias em uma vida proporciona o “passaporte” para um macrossoma na próxima existência. As energias potencializam o corpo humano. CATEGORIA: DEFENSIVIDADE 74. Profilaxias diversas pelo Estado Vibracional. Frente as técnicas energéticas o Estado Vibracional (EV) é um recurso profilático, ou seja, desempenha um papel preventivo sobre as mais diversas ocorrências e situações, sempre atuando de modo pró-amparo e pró-segurança. Do ponto de vista multidimensional, o EV é capaz de prevenir assédios espúrios, descompensações súbitas e situações que possam desencadear acidentes em geral. O Estado Vibracional pode ser mais vacina do que remédio. Você ainda usa o EV somente na necessidade? Ou já vem dando menos trabalho aos amparadores? 75. identificação das sinaléticas. Auxílio na melhora da sensibilidade e consequentemente na identificação das sinaléticas personalíssimas de caráter anímico-parapsíquico. Há parapsíquicos com dezenas de sinaléticas identificadas que sinalizam e descomplicam a percepção multidimensional. O binômio sinalética-EV é um recurso magnânimo para a vigilância interdimensional e para interrupção do assédio. 76. Manutenção da alcova blindada. O domínio energético permite que a alcova, ou base física, sede do corpo humano nas projeções e nas seções afetivo-sexuais, tenha uma blindagem energética frente as energias intrusivas e assediadoras na função de defesa local. Nesse princípio de exteriorização você imprime as suas energias que mostram quem manda no ambiente. Você mantém seu ambiente limpo de energias tóxicas e consciências patológicas? 77. Realização de encapsulamento. O encapsulamento é uma técnica energética defensiva que permite pessoas e até locais ficarem blindados e selados perante uma energia externa antagônica. Desse modo, é possível se fechar as intrusões diversas e manter sua condição de acalmia. Há momentos onde é preciso se fechar energeticamente. 78. Autodefesa Mental. Promove a autodefesa frente os xenopensenes (ou cunhas mentais) geradores de ideias fixas, autovitimizações, hipnoses doentias, manipulações diversas, certos tipos de surtos e todo tipo de patologia intrusiva de base mentalsomática. Como fica você perante uma consciência mal-intencionada que domina energias em alto nível? 79. Autodefesa Extrafísica. O Estado Vibracional é uma das inúmeras técnicas utilizadas como recurso para a defesa pessoal em outras dimensões frente as consciexes doentias, agressoras, perturbadoras, entre outros, capaz de manter o projetor lúcido e hígido sem a necessidade de voltar para o corpo. O EV é, ao que tudo indica, dependendo do caso, um porto seguro frente aos desafios e as problemáticas extrafísicas. 80. Geração da sustentabilidade energética. Promove o ser autossuficiente capaz de resistir gradualmente às pressões diversas, multidimensionais, rumo a uma serenidade plena. Com isso, fica cada vez mais resistente as energias tóxicas e desequilibradas. Essa condição pode favorecer até mesmo o mitridatismo energético capaz de anular a ação de cargas densas e mal-intencionadas. Quanta energia negativa você aguenta sem se alterar? 81. Hábito da autovigilância. A prática contínua gera a manutenção do Homo sapiens energovibrator em uma condição de autovigilância energética ininterrupta naturalmente. Assim que algo no corpo energético se altera, a percepção é imediata e corrigida se necessário. Ser autovigilante sem ter uma postura de alienação é algo raro e sofisticado. Você vive mais lúcido ou mais robotizado? 82. Identificar pessoas mal-intencionadas. Com a leitura energética é possível identificar pessoas que querem prejudicá-lo ou mesmo que trarão algum tipo de problema. Assim evita-se uma série de transtornos com alguém que pode até parecer amigo e sorridente, mas que, na verdade, é um embuste assediador. Toda informação que evidencie má intenção alheia é informação valiosa do ponto de vista preventivo. Como se diz, as energias são o maior cartão de visitas que existe. 83. Rastreamento de bagulho energético. Por meio das energias é possível a pessoa sensitiva identificar se algum objeto está com acúmulo de energias pesadas e patológicas, o chamado bagulho energético. Sem essa identificação um único objeto é capaz de poluir uma casa inteira com um padrão negativo e de difícil remoção. Portanto, essa detecção e remoção posterior do objeto é uma forma de limpeza energética fundamental para quem frequenta o lugar. Você gosta de algum objeto negativo? 84. Evitação do desviacionismo. Trabalhar com energia não é garantia de completismo existencial. No entanto, pode servir como forma de não cair em desvios espúrios da proéxis como, por exemplo, assédios possessivos ou surtos de imaturidade. A tendência é que a conexão com o curso intermissivo e a paraprocedência seja mais eficiente. Quem banaliza as energias pode ter problemas dentro de uma maxiproéxis. 85. Autodesestigmatização. A evitação de estigmatizações e macro-PK destrutivas geradoras dos desvios de proéxis, notadamente patrocinado pelas próprias energias não dominadas do parapsíquico. Importante ressaltar que todo acidente de base energética ou parapsíquica pode ser evitado. O estigma é resultado de uma ação energética proveniente de um emocional ainda desestabilizado. 86. Realizar desassédio. As energias são um recurso poderoso para o afastamento e a proteção em relação a intrusões negativas por parte de assediadores intrafísicos e extrafísicos. Dessa forma, quem se habitua a ativar e movimentar as bioenergias tende a ser menos assediado em função de um campo de energia mais hígido. Entretanto, mexer muito com energia, mas ter um nível de cosmoética ruim é pior e torna o indivíduo ainda mais assediável. Mas é fato que nossas energias são capazes de afastar todo tido de consciência negativa. SEÇÃO: MULTIDIMENSIONAIS 87. Aumento do abertismo. A percepção e a vivência das energias faculta um maior abertismo do indivíduo para contatar outras dimensões (multidimensionalidade) e para descobrir seus outros corpos de manifestação (multiveicularidade), sobrepairando a maioria da população terrestre ainda imatura e ignorante quanto a própria realidade. As energias são “portas” para realidades impressionantes. 88. Mudança dimensional. Com o domínio energético é possível o livre trânsito entre as infindáveis dimensões existentes, desde as mais pesadas e doentias até as mais sutis e evoluídas como a mental. Isso é feito por seres altamente evoluídos fora do corpo ou mesmo quando acessamo algum padrão durante a vigília física ordinária dependendo da sua vontade. Toda mudança de frequência é uma mudança energética. 89. Mudança de Holopensene. O trabalho energético feito de modo regular, durante os anos, permite a melhoria das energias conscienciais e multidimensionais alterando assim positivamente o holopensene pessoal e em alguns contextos até locais. Todo refinamento contribui para um avanço mais significativo da evolução. A mobilização das energias depura o microuniverso íntimo até o macrouniverso exterior. 90. Conexão com a dimensão energética. O esforço de dominar o próprio corpo energético permite a exploração inicial da dimensão energética (dimener) e suas nuances sutis. Por exemplo, vale se perguntar: “é fácil ou difícil mexer com energia nesse lugar?”. O hábito de sentir energias o deixa sempre mais alerta. Quanto mais perturbado for o ambiente, mais difícil tende a ser qualquer manobra energética. 91. Vivência de extrapolacionismo. O desenvolvimento energético predispõe ao praticante ter extrapolações parapsíquicas diversas e marcantes que evidenciam o próximo nível que pode ser alcançado se houver investimento e dedicação. As extrapolações podem trazer enorme vislumbre sobre o que é possível sentir, vivenciar e desenvolver. Os amparadores já investiram em você? 92. Fenômenos anímicos e parapsíquicos. Há uma gama imensa de fenômenos da consciência, superiores aos sentidos humanos, tanto de base anímica como parapsíquica, que podem ocorrer espontaneamente em função das energias ou mesmo que você pode dominar com o tempo. Há diversos fenômenos sequer catalogados até hoje. Energia transcende o material. 93. Aprimoramento do Parapsiquismo. Até certo ponto, pode-se dizer que todo mundo é parapsíquico em algum nível. Com as energias é possível progredir nas diversas esferas do parapsiquismo de acordo com as predisposições pessoais ou mesmo do investimento técnico. Muita gente quer melhorar o parapsiquismo, mas não é dedicado ao aprimoramento energético. Você é uma personalidade mais anímica ou parapsíquica? Está em desenvolvimento? 94. Vivência de experiências fora do corpo. O controle energético é um recurso poderoso que predispõe a saída lúcida para fora do corpo: tanto gerando condições otimizadoras no momento anterior da saída quanto fazendo o energossoma entrar em ressonância com o psicossoma. Não é preciso dominar as energias para só depois sair do corpo, nada disso. No entanto, quanto maior o domínio energético melhor tende a ser os resultados para o projetor. Energia é chave projetiva. 95. Incremento de lucidez. Na parafisiologia, o Estado Vibracional extrafísico e as demais manobras melhoram a lucidez e o raciocínio no estado projetivo, expandindo sobretudo as parapercepções durante as experiências. Toda pessoa que tem certo domínio energético tende a desfrutar de maior lucidez em suas ações. O hábito de mexer as energias enquanto acordado se transfere para as experiências multidimensionais. 96.Diminuição do lastreamento extrafísico. Nas projeções lastreadas, que dificultam a locomoção e a desenvoltura pelo excesso de energossoma, o trabalho energético atua como um sutilizador das energias que permitem manifestações pelo psicossoma menos denso. Uma experiência fora do corpo pode ser sempre qualificada dependendo das técnicas e habilidades do praticante e o lastreamento pode ser revertido. 97. Clarividência. A soltura das energias predispõe a ativação do frontochacra e a melhoria da descoincidência para predispor as clarividências gerais e faciais em níveis mais sutis e avançados. Essa capacidade visual é habilidade fenomenológica que pode ser desenvolvida por qualquer indivíduo dedicado. Todo mundo pode ser capaz de enxergar além do mundo material. As bioenergias desmascaram o invisível aos olhos. 98. Mudança de parafisiologia. As práticas energéticas acabam gerando efeitos sadios na fisiologia dos nossos diversos corpos (holossoma). Em relação ao corpo físico pode-se citar, por exemplo, fora muitas outras ocorrências, a aceleração da digestão, reorganização cerebral, diminuição dos batimentos cardíacos, suspensão da adrenalina, eliminação de pequenos distúrbios, entre outros. Do mesmo modo, reverberam efeitos também nos outros corpos mais sutis e em toda a sua parafisiologia. 99. Minimização de assédio. O autodomínio e a qualificação energética gera a diminuição gradual dos assédios interconscienciais, notadamente os miniassédios inconscientes e eventuais. É como alguém que começa a fazer atividade física e acaba anulando certas doenças imperceptíveis que iria aflorar mais a frente. Do mesmo modo há muito miniassédio desfeito que o praticante nem fica sabendo. Você se contenta em ser assediado? 100. Alcance da Desperticidade. O domínio energético é o primeiro grande passo, multidimensionalmente falando, para a consolidação enquanto ser desperto lúcido e interassistencial nessa existência. O descontrole energético abre brechas para todos os tipos de intrusões assediadoras desde as mais brandas e breves até tipos permanentes. Afinal, nenhum desperto é desassediado na vida humana e assediado extrafisicamente. Desperticidade: refratariedade homeostática. Qual a sua desculpa para não investir no domínio energético? Este texto traz apenas informações básicas. Estude! Se aprofunde mais no assunto! E não acredite em nada. Experimente! Por Alexandre Pereira.
    2 points
  47. Entendo vc perfeitamente, faço parte do grupo dos que não tem com quem conversar e nem vínculos sociais fortes. Se isso nos afasta do umbral que é aqui pode ser que seja até bom, o negocio é perseverar no bem pra ver no que dá . Não temos amigos aqui, mas certamente temos do lado de lá...
    2 points
  48. Cara, o que pode estar acontecendo é o seguinte: - se seus parentes estão dormindo, eles estão projetados e podem estar ali vagando pela casa. Quando você vai acessar esses sites, atrai para junto de si(portanto dentro da casa), visitantes astrais afinizados com essa frequência do sexo. Seus parentes podem notar a "invasão" e resolverem voltar para o corpo, meio que instintivamente, como as pessoas fariam se notassem barulhos estranhos dentro de casa e levantam pra olhar. Isso aií acho que não dá problema tem problema não. Eu mesmo só posto coisa de política no meu face, e as vezes entro em uma ou outra discusão fora do meu face, e nunca notie nenhum problema. Só quando eu resolvi ficar enviando Reiki para a Dilma durante a fase braba do impeachment, porque achei ela muito desgastada. Esquecemos que esse pessoal que vira presidente, todos eles, são idosos né? Já devem viver abaixo de remédios para pressão coração, diabetes... Então após começar aa fazer isso, tive pesadelos por 3 noites seguidas. Mas isso é normal se você resolve atuar pelo lado astral. Aí resolvi ir atras deles, para eles gravarem bem que deviam ficar na deles, e pronto, segui enviando Reiki por uns dois meses e nunca mais encheram o saco. Mas no ambiente físico nunca cheguei a notar nada. O que acontece é que se você tiver vizinhos "boca braba" gente que usa droga, ou que bebem, eles serão sim usado pelas entidades para gerar problema para você, mas me geral só se você trabalha com espiritualidade. Aí vem mendigo bater na sua porta bem na hora que você está fazendo algum trabalho, passa gente drogada gritando por ali, cachorro de rua pode se invocar com você... e sim, filho de vizinho incomodando é meio que garantido, alem de cachoror que late sem parar bem na hora que você precisa mais concentração. E param de latir quando você resolve deixar aquilo para outro dia. Crianças são mais desequilibradas emocionalmente e por isso mais vulneráveis, ainda são bichinhos instintivos que não aprenderam a controlar seus instintos porque a mente deles ainda vai demorar para se desenvolver até atingir esse ponto de controle. E se você tiver filhos, seus filhos sempre brigarão entre si bem no dia dos trabalhos espirituais mais importantes. Então casais que são médiuns de umbanda pro exemplo, enfretnam brigas entre is ou problemas com os filhos justo no dia que terá trabalho de desobsessão a noite . Quem faz essas atividades tem que estar muito mais alerta Mas note, isos não é agir no físico, espiriitos não tem pode para isso Eles agem na psique das pessoas encarnadas, e elas sim é que agem no físico. É por isso que se diz: "não tenho medo dos mortos, mas dos vivos". Os mortos não tem capacidade de gerar resultados no físico exceto em condiçoes muito raras, em que tenha por perto um maconheiro ou alcoólatra, porque aí eles se alimentarão da energia f´sica dessas pessoas e podem ate gerar efeitos tipo poltergeist. Mas o perigo é que é fácil para eles induzir um encarnado mentalmente afetado, como viciados ou malucos de rua, a pegar uma faca ou pedaço de ferro, e te atacarem. Mas se não faz trabalhos espirituais, ,em geral só seus obssessores particulares mesmo, gente com quem você tem pendências, é que vão se dar ao trabalho de ficar te perturbando. Parece pouco, mas é bem mais fácil se livrar de mercenários astrais contratados para te perturbar do que de pessoas com quem você tem pendências kármicas. Pode parecer viagem agora, porque parece improvável que isso se desenvolva num problema mais grave. Mas daqui a uns 15 anos essa criança será um jovem adulto om o qual você pode descobrir que terá problemas maiores. Quando vemos notícias de brigas entre vizinhos que levam a morte, pensamos em carma né? Mas um dai aquela pessoa já foi uma criança, filho de outra família, que as vezes veio de outro estado só para morar do lado da sua casa e gerar problemas futuros. Não há como saber por quais portas seu carma vai entrar. Só o que sabeos é que se você mantiver o equilíbrio tem menos chance de cair nessas armadilhas de ação-reação que surgem na vida.
    2 points
  49. Claro que não é contrário aos princípios do fórum Ernani, porque isso é espiritualidade : Lapidar nossa psique. Olha,eu passei uns anos como instrutor gnóstico ( Gnose do Samael Aun Weor ), então praticava o que se ensina na gnose, que é morte do ego. Depois, quando me afastei, parei com tudo, para dar uma arejada. Fica difícil renovar se você continua praticando as mesmas coisas, mas foi até hoje a única abordagem metódica de auto-aperfeiçoamento que conheci, que não é apenas papo furado. E os resultados são os esperados: eliminação do problema. Ou seja, você tem por exemplo uma fixação em algo, um vício, um hábito, e trabalha com essa técnica, a´te que chega um ponto em que não consegue mais nem entender o que é que te fez um dia achar aquele hábito interessante. Mas claro, isso não é para vícios, hábito, isso é para tudo, orgulho, ira, cobiça, inveja, ansiedade, etc. A pegadinha é que a técnica só funciona se você consegue não se indentificar com aquilo que você quer eliminar. Ou seja, você precisa, durante o dia a dia, criar um estado o mais permanente possível de "lembrança de si", que é similar à "lucidez projetiva" (sabe quando você está projetado então pode se deixar levar por situações que tentam atrair sau atenção, ou perde a lucidez?"), e nesse estado você observa seus processos internos, mente, emoções, etc...como quem observa algo fora de si. Você não pensa "eu me irritei com isso que me disseram", você procura detectar que o que te disseram gerou um impacto no centro emocional, ao perceber que surgiu uma emoção ali, percebe que o coração acelerou, percebe que seu coro se contraiu..tudo isso como quem observa outro. Porque você está observando o defeito atuando em você na verdade, aquilo não é "você", não é o mesmo "observador". Isso te permite conhecer-se a si mesmo com mais detalhe, porque se você não consegue separar observador do observado, os dois viram a mesma coisa, o observador perde a lucidez e só acorda depois que passou, e diz "não sei porque agi daquela forma!". Claro que não sabe, o observador dormiu, foi dominado pelo ego. Mas isso é só a observação, para conhecimento dos diversos mecanismo de aço do ego. A noite ainda precisa fazer algo similar ao que você descreve, que é uma rememoração dos eventos do dia. E depois uma meditação em cima do defeito, para obter uma compreensão real, dele, que nada tem a ver com a compreensão racional. A compreensão que vem da meditação é mais abstrata, não é do tipo " lego ", como a compreensão racional ,que é uma montagem de descrições e justificativas que nada nos dizem sobre NATUREZA daquilo. Ou seja, sua compreensão racional te informa que isto aqui é um filhote humano, bem cuidado, feliz...mas sua COMPREENSÃO de verdade apenas te faz olhar para a foto e inevitavelmente sorrir, percebendo outras coisas que as palavras não podem expressar: E só após você ter obtido essa compreensão, você executa o procedimento imaginário, que é a técnica propriamente dita. Portanto, a técnica não tem como funcionar se você não consegue se auto-observar corretamente, nem se você não consegue obter uma compreensão do defeito que pretende eliminar. Por isso as pessoas as vezes pensam (como eu pensava antes de começar a praticar), que isso é "apenas visualização". O que produz efeito é sua sinceridade interior em de fato olhar para dentro de si, de fato perceber que aquele defeito não te serve, e de fato compreendê-lo, porque sem compreensão nada funciona, mas apenas compreensão sozinha não elimina o problema, porque há detalhes energéticos envolvidos. Eu gosto de usar a analogia do leite coalhado, ou seja, a mente humana é múltipla, porque é dividida pequenos nódulos, cada um deles é um "eu", que quer coisas diferentes, tem sua própria voz, seus próprios desejos e compromissos e é isso que impossibilita a existência da Vontade, do Livre Arbítrio, porque nossa psique é a "resultante de forças" em conflito, não é uma só fonte psíquica. E defeitos mais fortes, mais antigos, são coágulos mais duros, precisam mais energia para dissolve-los, e é aí que entra o papel da Magia Sexual na gnose, que usa a energia do kundalini para adicionar potência a essa técnica (que para isso é combinada com a prática sexual). Sem isso, ela tem um limite de eficácia, e é por isso que na gnose se diz que sem trabalhar com magia sexual não tem como alguém virar um Budha, um Jesus, porque vai precisar apelar para fontes mais potentes de energia, em algum momento, para ultrapassar um certo patamar evolutivo. Mas aí cada um acredite no que quiser, só estou explicando aqui para mostrar que é um todo encadeado, não é uma receita de bolo, que alguém pega da internet e ai tentando fazer. A técnica serve para dissolver esses coágulos energéticos, que são os eus, para, com o tempo,..uma vida, muitas vidas...ter uma mente não-dividida , um leite que não é mais "coalhado". Aqui tem um resumo da técnica toda, que escrevi em 2003, para um usuário de maconha, que queria largar o vício mas não conseguia. O texto foi escrito com esse leitor em mente, mas serve para qualquer coisa. Técnica de morte do Ego.pdf Mas eu acho que para entender melhor toda essa abordagem, é bom ler o livro "Fragmentos de um ensinamento desconhecido", do Ouspensky, que trata detalhadamente da questão da psique humana, das definições do estado de lembrança de si, e muitas outras coisas da psicologia humana convém entender bem. (Mas o livro não ensina técnica alguma, trata apenas, digamos, dos pre-requisitos teóricos) https://drive.google.com/file/d/0ByXGi2vq5-wsTlhIeklDYVVkUHM/view?usp=sharing ............................. Bom, mas esse livro não é da Gnose do Samael, é de antes, com os ensinamentos od Gurdjieff, que apareceu na europa m 1914. A Gnose do Samael foi fundada em 1950, mas ambas são basicamente a mesma coisa, só que o ensinamento do Gurdjieff fica só focado na quetão psicológica, enquanto que a gnose amplia isso para aqueles outros assuntos tradicionais de escolas esotéricas, como projeção astral chackras, reencarnação...etc. O Gurdjieff nem toca nesses assuntos, porque o público-alvo dele era a elite intelectual da europa, que vinha ha pouco do positivismo materialista, mas estava cercada de gurus indianos e mesas girantes, como reação. Então ele tenta se focar só no essencial. Então,só para não deixar os curiosos de pincel na mão, aqui, para quem tiver curiosidade, selecionei de diversos livros do Samael, capitulos sobre os assuntos da parte psicológica e morte e reencarnação karma, etc.Coletanea gnostica.pdf , porque os livros do Samael são meio confusos, para dizer o mínimo,ehehe. Um capítulo não parece se encadear no p´roximo, então para entender um tema tem que pescar em diversos livros dele. Então peguei as vezes dois ou tres capítulos sobre um mesmo tema e juntei, depois fui para outro tema próximo, tentando criar uma progressão didática, similar ao que fazemos quando se monta um curso. Indico no índice de qual livro retirei cada capítulo, para o caso da pessoa querer ler mais do mesmo livro. Mas o Samael tem um jeitão meio esquisito, eu mesmo nunca suportei muito aquele estilo dele. Para entender as coisas acho melhor o "Fragmentos", mas também tem gente que acha o Fragmentos muito árido.
    2 points
×
×
  • Create New...