• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

alexandrecsinicio

B-Membros
  • Content Count

    84
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

4 Followers

About alexandrecsinicio

  • Rank
    Advanced Member
  • Birthday 10/03/1972
  1. Há toda beleza em se ver um coração que, ao parecer ajoelhar, de fato se LEVANTA. Assim está o coração de Saulo, esse irmão que ousou olhar-se. “Que seja um momento feliz e de encontro com mais amorosidade e paz em tua vida Saulo.” É polêmico o tema, não por ele em si, mas por causa de nosso Ego que quer ir contra qualquer tentativa que cause o mínimo de “desconforto” que naturalmente ocorre quando paramos para questionar nossa atitude degradante com relação aos nossos irmãos mais jovens, os animais. Como disse, o tema é simples, bastaria dizer: Os animais são dignos de todo nosso AMOR e RESPEITO. Mas como nossos corações teimam em ser pedra e aço, o assunto tem que ser desenvolvido, infelizmente. Serei amoroso no que escreverei destas linhas em diante, mas não serei suave, colocarei o dedo na ferida, afinal, não estamos a produzir BILHARES de feridas a céu aberto ? Sim, é do sangue deles que falo. Sinceramente penso que toda alma responsável deve ler e refletir sobre o que aqui será dito e no final deixo ao leitor duas opções, dois caminhos, portanto, sê sincero consigo mesmo e escolha a jornada que te for mais justa e MERECIDA. Como tocar as pessoas para esta questão ? É sobremaneira difícil pois toca no prazer e em um dos maiores deles que é o da comida. Em um mundo em que as culturas pouca ou quase nenhuma perspectiva saudável apresentam, e quando o fazem, são verdadeiras exceções por pouquíssimos seguida, torna-se um trabalho hercúleo apontar o sol. E é tão doentia a nossa época que, imagens BONITAS e “poéticas” são associadas à carnificina. Quem já se deu ao trabalho de olhar nas embalagens de comida, sobretudo as que são voltadas ao público infantil ? Lá estão estampados animais felizes, muitas vezes em situações de divertimento com as crianças. Isso é PERVERSO, pois cria o condicionamento no universo infantil de que isso é algo divertido, destituído de maldade, ou seja, TORNA-SE O “NORMAL”. Gostaria que belas imagens e situações amorosas fossem o bastante para causar mudanças, mas infelizmente NÃO são para a grande maioria. As estatísticas mostram que documentários de impacto, em algumas áreas do condicionamento funcionam mais. A questão da carne é uma delas. Faço aqui um paralelo, Cristo foi quem mais pregou o AMOR na terra, porém um dia, no templo, levantou as mãos e destruiu as bancas de vendas dentro do mesmo, literalmente partiu para a agressão, uma agressão cheia de PROPÓSITOS E SUSTENTADA, ainda assim, POR AMOR. Há hora para tudo. Então eu pergunto a você que lê. Vai mesmo ter consciência o bastante pra parar de esquartejar teus irmãos e não come-los por prazer apenas lendo poesia? Tua alma já é tão refinada a esse ponto de, por simples leitura e visagem das belezas do mundo animal parar de sangrar na prato que come? Se sim, eu o parabenizo e digo que realmente ver cenas VERDADEIRAS e FORTES não é necessário a você. Já parou? O que vai comer em tua próxima refeição? Não me diga que tem um “bifinho” ? Tem um cadaverzinho? Se tua resposta é sim, me parece que tua alma não é muito adepta da “poesia”, não te basta. Então se você é um dos que não encontra vontade de parar, que acha que isso seja algo que poderá pensar amanhã ou na “dieta de segunda-feira”, então é hora de PELO MENOS VOCÊ SABER COMO É QUE SE MATA O QUE VOCÊ MANDA ASSASSINAR. O animal não “já está morto”, MATARAM pra quem o QUER NO ESTÔMAGO. Então os mais “sensíveis” pensarão : Não posso ver isso , vai me doer muito no emocional, vai ser um trauma psicológico. (mas sem vontade de parar com a matança) A quem assim pensa, digo: Pode ser que doa mesmo ver tais imagens, mas prometo que vocês terão o conforto de que, uma hora o trauma e dores emocionais passarão, ou seja, vocês sobreviverão à experiência com tais cenas. A única coisa que não sobreviveu foram os animais, as ESTRELAS deste OSCAR, deste filme de atrocidades ENCOMENDADO TODOS OS DIAS. Então tenham o mínimo de dignidade e vejam, pois que se pra vocês é um pouco de dor, para eles foram TODA A DOR, A MÁXIMA, A DA MORTE CRUEL E LENTA, AGONIZANTE. Seguem dois vídeos, um para os que sabem ver beleza e poesia se bastando delas para a tomada da consciência. O outro para aqueles que o tempo e a vida já fizeram pedregoso o coração. Video para os poéticos : Video sobre exploração animal em todos os aspectos, alimentação, vestimenta, produtos, etc :
  2. Vida, tu que luminosa, mais que a luz e todos os sóis, Faz brilhar-me a mente, o coração e a alma. Tu que és toda graça e alegria, tu que festejas todo céu, toda harmonia, Soa-me como a um instrumento, um eu oco que tu preenches. Tu que o amor nos verdadeiros amantes, derrama-me desse morno acolhedor Sê em mim esse calor que transborda e cobre o mundo, os mundos, todo mundo. Vida, tu que és plena, faz- me natalino, a perfeita manjedoura onde pousas teu Filho. Que seja meu peito a embalar a divina criança, para que eu que ainda não sou, Seja como Tu És, VIDA... ACS...
  3. Olá Rogger, Obrigado por compartilhar tua opinião, é sempre bom aprender com todo mundo aqui do GVA. “Mas........ não tenho moral suficiente pra recriminar os vaidosos...pq tb sou um deles.” Também, ainda, sou um vaidoso na minha medida; cada um na sua. Meu texto não recrimina ninguém, pois o “alguém” é o algo vivo que por direito e destino tem a plenitude por vivenciar,SER. “Alguém”, e todos somos um “alguém”, não merece recriminação por nada nem de “ninguém”; e já aproveitando o trocadilho -“ninguém”, que NADA é, não pode recriminar “alguém”, que Tudo é, mesmo que este “alguém” ou alguém ainda não saiba que TUDO É ! Somos plenos, basta nos “descascarmos” de “nossas” verdades.. Nus de nós mesmos, a vida surge ela por ela mesma... O que o texto faz, e faz de forma ácida, é apontar, condenar o ERRO do Ego, mas não a pessoa que vive a situação. Percebe a diferença? Você mesmo quando afirma perceber que a vaidade é um equivoco, pode, e quem sabe deva, condená-la, a vaidade, em qualquer situação ou no “alguém” que seja...Veja bem, condená-la no “alguém”, mas não o “alguém”... O que agora digo é importante se saber : Até mesmo um pobre diabo pode soar verdades em sua boca e não as seguir... Mas as verdades deixam de ser verdades na boca de uma besta ? Pois bem te digo, as verdades que por bestas soam são um pouco de Deus que por ali já pousa. Tolice nossa se não as ouvirmos... Então concluo... em muito do que escrevo ainda sou como um “faça o que falo e não o que faço”; também sou um “alguém” que tem por aprender daquilo que sai de minha própria boca... Quem poderá dizer que uma besta não soa verdades? Deus não é onipresente? Saibamos ouvir TUDO e dar ao coração a “razão” da seleção... Abraços....
  4. Obrigado Erivelto, Bianca e Garoto-Azul, fico mesmo feliz quando esses textos ajudam de alguma maneira. Valeu....
  5. Lamentável o hoje. Este reino prostituto de vaidades. O homem amanhece flash e adormece foto. Imagens torpes, vis, tão profanas, tão orgulhosas. É regra...é o comum... Mulheres, que se sem ornamentos e pinturas sobre si, não se sabem, não se reconhecem, não se sentem...como se mortas animadas, filhas de uma cultura que curta, curta. Espelham não sua profunda e tão sublime verdade, mas a expectativa lasciva do sexo, de seu próprio e dos demais, do mundo que demanda, que demanda a vagina. Sempre tão belas estampas, prazerosas de certo, infelizes !!! Isto é concreto, infelizes !!! Homens, tão viris, tão reduzidos a um pedaço de pau, variadas medidas. Agora, como não lhes bastasse cultuar a expectativa da mulher que objeto, tornam-se o mesmo... estátuas,não como as gregas, representativas da estética do belo e da arte, mas impositivas da luxuria, do poder dominador, do falo que lateja por de trás de sorrisos maliciosos sombreados pela devassidão. Lamentável o hoje. Este reino de ídolos que nada mais fazem que apontar o assoalho, o chão raso, a cova onde se tem enterrado o censo crítico e a verdadeira razão de ser do Homem enquanto ser que é. Compremos mais uma máquina; esqueçamos de focar por dentro... ou já esquecemos?
  6. Nesta página há um link para "Filmes e Reportagens"...Clicando no mesmo, poderão ver filmes e repostagens on line no PC Há filmes muito bons e até mesmo alguns bem raros. Abraços a todos. http://universoespirita.multiply.com/
  7. Recomendo a todos. Programação sobre espiritualidade em geral, filosofia e teosofia. Abraços... http://www.tvsupren.com.br/WebTV.aspx http://www.tvsupren.com.br/Inicial.aspx
  8. Thiago Munhoz, tudo bom? tem orkut? abraços
  9. Oi Bianca, obrigado pelas palavras. Está sendo muito bom poder aprender com todos e contribuir um pouco. Aproveito também pra agradecer a todos que pedem algum texto, isso tem me ajudado bastante. Abraços a você Bianca e a todos do GVA.
  10. Thiago Munhoz, Que bom ver um gigante, você... O que fez não foi voltar atrás, foi além, deu passar largos pra frente... a gente vai crescendo juntos, bom ter você como irmão... Abraços...
  11. Bom, ignorante somos todos. E a carapuça é grande, cobre mais que a cabeça, veste dela aos pés. Parabéns, o "O AMOR é o dom supremo!", mesmo. Só é uma pena o tom rancoroso e rispido, onde o amor? "Sábio é aquele que reconhece a sua ignorância e dissolvendo-a fará em si a Sabedoria...." Abraços!
  12. Transição Planetária Antes de mais nada faz-se necessário compreender que transitar, ou seja, estar em mutação, mudança, é estado natural desde sempre, para quase todo o sempre, até que tudo se absorva novamente no ponto primordial do universo, origem. Transição não é um momento futuro, é um momento do agora, ad eternum. Tendo isso com clareza, o que vem a ser então a chamada Transição Planetária? Ápice, é o que é. Ponto máximo para aonde tudo converge, e por ser o acelerar das mudanças, torna-se algo por demais perceptível, destaca-se. O que quero dizer é que 21 de dezembro de 2012 não é um dia diferente de outros, não é uma quebra, mas pode bem ser o dia máximo do crescendo dos encadeamentos. O que se propala é que haverá uma maior incidência de terremotos, vulcões em forte atividade, mudanças climáticas, efeitos físicos planetário de toda ordem, efeitos naturais certamente, mas com maior magnitude. Isso é inequívoco termos de aceitar que já está a ocorrer. Não são conjecturas, qualquer fonte jornalística é prova mais que bastante. Importante é notar o crescendo dessas ocorrências. Também é dito que ocorrerá um alinhamento galáctico fazendo alinhar a Terra o Sol e o centro da Via Láctea. Bom, aqui é importante juntar esse conhecimento com outro, a Astrologia. Quanto a isso serei breve. Segundo a Astrologia, o mapa celeste, sua formação em relação à Terra e às pessoas, tem influência sobre comportamentos e tendências. Polêmico !?... Quem se der ao trabalho de estudar a fundo e usar da estatística para ver que os mapas astrológicos personalizados traçam muito bem o perfil psicológico de uma determinada pessoa, esse alguém sairá do terreno da polêmica e assentará os pés no solo firme da ciência. Vamos agora colocar tudo isso de lado e observar a linha da história humana. Não é necessário ir muito longe, fiquemos com os 2000 anos atrás até os dias de hoje. São 2 milênios em que várias filosofias e religiões forjam lentamente, veja bem, lentamente, o homem no seu caráter e espiritualidade. E lentamente não por serem estas forças impulsoras débeis ou inapropriadas, é que é da natureza humana a mudança lenta. Compreender o que está em cima leva tempo, não ocorre grande evolução ou mudança em uma década ou século. Mudança espiritual, enquanto não for vontade consciente do aprendiz, é escada que se sobe lerdamente. Agora sim podemos juntar tudo. Afirma diversas fontes que o mundo se tornará um lugar mais espiritualizado e luminoso. Que o homem se tornará pacífico e amável. Que correrá leite e mel no mundo. Ora, em 2000 anos o homem ainda é um bicho homem, belicoso, egoísta e inebriado por suas torpes filosofias materialistas. Cabe aqui um sério questionamento: O mundo vai mesmo se regenerar por agora, em tão pouco tempo? São duas as respostas possíveis. Não. Então o mundo vai continuar a sua trajetória e os filhos de nossos filhos se perguntarão sobre quando será o Armagedom. Sim. Bom, nesse caso é impossível acreditar que de uma hora para outra TODA a humanidade se redima tornando-se tão bela quanto se espera que seja. Então, meus caros, é muito justificável e plenamente lógico que haja mesmo muitas mortes, muitas catástrofes, guerras e rumores de guerras, terremotos, vulcões e toda a variedade de fenômenos que causem desencarnes em massa. E quando digo em massa, refiro-me à grande maioria da humanidade, pois que de outra forma não há como fazer com que os já detentores de nível espiritual para germinar esse “novo mundo” tenham capacidade e força para tal. E creiam-me, o mundo tem de mudar...Vai mudar... Alexandre Sinicio 16/05/2010
  13. Transição Planetária Antes de mais nada faz-se necessário compreender que transitar, ou seja, estar em mutação, mudança, é estado natural desde sempre, para quase todo o sempre, até que tudo se absorva novamente no ponto primordial do universo, origem. Transição não é um momento futuro, é um momento do agora, ad eternum. Tendo isso com clareza, o que vem a ser então a chamada Transição Planetária? Ápice, é o que é. Ponto máximo para aonde tudo converge, e por ser o acelerar das mudanças, torna-se algo por demais perceptível, destaca-se. O que quero dizer é que 21 de dezembro de 2012 não é um dia diferente de outros, não é uma quebra, mas pode bem ser o dia máximo do crescendo dos encadeamentos. O que se propala é que haverá uma maior incidência de terremotos, vulcões em forte atividade, mudanças climáticas, efeitos físicos planetário de toda ordem, efeitos naturais certamente, mas com maior magnitude. Isso é inequívoco termos de aceitar que já está a ocorrer. Não são conjecturas, qualquer fonte jornalística é prova mais que bastante. Importante é notar o crescendo dessas ocorrências. Também é dito que ocorrerá um alinhamento galáctico fazendo alinhar a Terra o Sol e o centro da Via Láctea. Bom, aqui é importante juntar esse conhecimento com outro, a Astrologia. Quanto a isso serei breve. Segundo a Astrologia, o mapa celeste, sua formação em relação à Terra e às pessoas, tem influência sobre comportamentos e tendências. Polêmico !?... Quem se der ao trabalho de estudar a fundo e usar da estatística para ver que os mapas astrológicos personalizados traçam muito bem o perfil psicológico de uma determinada pessoa, esse alguém sairá do terreno da polêmica e assentará os pés no solo firme da ciência. Vamos agora colocar tudo isso de lado e observar a linha da história humana. Não é necessário ir muito longe, fiquemos com os 2000 anos atrás até os dias de hoje. São 2 milênios em que várias filosofias e religiões forjam lentamente, veja bem, lentamente, o homem no seu caráter e espiritualidade. E lentamente não por serem estas forças impulsoras débeis ou inapropriadas, é que é da natureza humana a mudança lenta. Compreender o que está em cima leva tempo, não ocorre grande evolução ou mudança em uma década ou século. Mudança espiritual, enquanto não for vontade consciente do aprendiz, é escada que se sobe lerdamente. Agora sim podemos juntar tudo. Afirma diversas fontes que o mundo se tornará um lugar mais espiritualizado e luminoso. Que o homem se tornará pacífico e amável. Que correrá leite e mel no mundo. Ora, em 2000 anos o homem ainda é um bicho homem, belicoso, egoísta e inebriado por suas torpes filosofias materialistas. Cabe aqui um sério questionamento: O mundo vai mesmo se regenerar por agora, em tão pouco tempo? São duas as respostas possíveis. Não. Então o mundo vai continuar a sua trajetória e os filhos de nossos filhos se perguntarão sobre quando será o Armagedom. Sim. Bom, nesse caso é impossível acreditar que de uma hora para outra TODA a humanidade se redima tornando-se tão bela quanto se espera que seja. Então, meus caros, é muito justificável e plenamente lógico que haja mesmo muitas mortes, muitas catástrofes, guerras e rumores de guerras, terremotos, vulcões e toda a variedade de fenômenos que causem desencarnes em massa. E quando digo em massa, refiro-me à grande maioria da humanidade, pois que de outra forma não há como fazer com que os já detentores de nível espiritual para germinar esse “novo mundo” tenham capacidade e força para tal. E creiam-me, o mundo tem de mudar...Vai mudar... Alexandre Sinicio 16/05/2010
  14. Transição Planetária Antes de mais nada faz-se necessário compreender que transitar, ou seja, estar em mutação, mudança, é estado natural desde sempre, para quase todo o sempre, até que tudo se absorva novamente no ponto primordial do universo, origem. Transição não é um momento futuro, é um momento do agora, ad eternum. Tendo isso com clareza, o que vem a ser então a chamada Transição Planetária? Ápice, é o que é. Ponto máximo para aonde tudo converge, e por ser o acelerar das mudanças, torna-se algo por demais perceptível, destaca-se. O que quero dizer é que 21 de dezembro de 2012 não é um dia diferente de outros, não é uma quebra, mas pode bem ser o dia máximo do crescendo dos encadeamentos. O que se propala é que haverá uma maior incidência de terremotos, vulcões em forte atividade, mudanças climáticas, efeitos físicos planetário de toda ordem, efeitos naturais certamente, mas com maior magnitude. Isso é inequívoco termos de aceitar que já está a ocorrer. Não são conjecturas, qualquer fonte jornalística é prova mais que bastante. Importante é notar o crescendo dessas ocorrências. Também é dito que ocorrerá um alinhamento galáctico fazendo alinhar a Terra o Sol e o centro da Via Láctea. Bom, aqui é importante juntar esse conhecimento com outro, a Astrologia. Quanto a isso serei breve. Segundo a Astrologia, o mapa celeste, sua formação em relação à Terra e às pessoas, tem influência sobre comportamentos e tendências. Polêmico !?... Quem se der ao trabalho de estudar a fundo e usar da estatística para ver que os mapas astrológicos personalizados traçam muito bem o perfil psicológico de uma determinada pessoa, esse alguém sairá do terreno da polêmica e assentará os pés no solo firme da ciência. Vamos agora colocar tudo isso de lado e observar a linha da história humana. Não é necessário ir muito longe, fiquemos com os 2000 anos atrás até os dias de hoje. São 2 milênios em que várias filosofias e religiões forjam lentamente, veja bem, lentamente, o homem no seu caráter e espiritualidade. E lentamente não por serem estas forças impulsoras débeis ou inapropriadas, é que é da natureza humana a mudança lenta. Compreender o que está em cima leva tempo, não ocorre grande evolução ou mudança em uma década ou século. Mudança espiritual, enquanto não for vontade consciente do aprendiz, é escada que se sobe lerdamente. Agora sim podemos juntar tudo. Afirma diversas fontes que o mundo se tornará um lugar mais espiritualizado e luminoso. Que o homem se tornará pacífico e amável. Que correrá leite e mel no mundo. Ora, em 2000 anos o homem ainda é um bicho homem, belicoso, egoísta e inebriado por suas torpes filosofias materialistas. Cabe aqui um sério questionamento: O mundo vai mesmo se regenerar por agora, em tão pouco tempo? São duas as respostas possíveis. Não. Então o mundo vai continuar a sua trajetória e os filhos de nossos filhos se perguntarão sobre quando será o Armagedom. Sim. Bom, nesse caso é impossível acreditar que de uma hora para outra TODA a humanidade se redima tornando-se tão bela quanto se espera que seja. Então, meus caros, é muito justificável e plenamente lógico que haja mesmo muitas mortes, muitas catástrofes, guerras e rumores de guerras, terremotos, vulcões e toda a variedade de fenômenos que causem desencarnes em massa. E quando digo em massa, refiro-me à grande maioria da humanidade, pois que de outra forma não há como fazer com que os já detentores de nível espiritual para germinar esse “novo mundo” tenham capacidade e força para tal. E creiam-me, o mundo tem de mudar...Vai mudar... Alexandre Sinicio 16/05/2010
  15. Transição Planetária Antes de mais nada faz-se necessário compreender que transitar, ou seja, estar em mutação, mudança, é estado natural desde sempre, para quase todo o sempre, até que tudo se absorva novamente no ponto primordial do universo, origem. Transição não é um momento futuro, é um momento do agora, ad eternum. Tendo isso com clareza, o que vem a ser então a chamada Transição Planetária? Ápice, é o que é. Ponto máximo para aonde tudo converge, e por ser o acelerar das mudanças, torna-se algo por demais perceptível, destaca-se. O que quero dizer é que 21 de dezembro de 2012 não é um dia diferente de outros, não é uma quebra, mas pode bem ser o dia máximo do crescendo dos encadeamentos. O que se propala é que haverá uma maior incidência de terremotos, vulcões em forte atividade, mudanças climáticas, efeitos físicos planetário de toda ordem, efeitos naturais certamente, mas com maior magnitude. Isso é inequívoco termos de aceitar que já está a ocorrer. Não são conjecturas, qualquer fonte jornalística é prova mais que bastante. Importante é notar o crescendo dessas ocorrências. Também é dito que ocorrerá um alinhamento galáctico fazendo alinhar a Terra o Sol e o centro da Via Láctea. Bom, aqui é importante juntar esse conhecimento com outro, a Astrologia. Quanto a isso serei breve. Segundo a Astrologia, o mapa celeste, sua formação em relação à Terra e às pessoas, tem influência sobre comportamentos e tendências. Polêmico !?... Quem se der ao trabalho de estudar a fundo e usar da estatística para ver que os mapas astrológicos personalizados traçam muito bem o perfil psicológico de uma determinada pessoa, esse alguém sairá do terreno da polêmica e assentará os pés no solo firme da ciência. Vamos agora colocar tudo isso de lado e observar a linha da história humana. Não é necessário ir muito longe, fiquemos com os 2000 anos atrás até os dias de hoje. São 2 milênios em que várias filosofias e religiões forjam lentamente, veja bem, lentamente, o homem no seu caráter e espiritualidade. E lentamente não por serem estas forças impulsoras débeis ou inapropriadas, é que é da natureza humana a mudança lenta. Compreender o que está em cima leva tempo, não ocorre grande evolução ou mudança em uma década ou século. Mudança espiritual, enquanto não for vontade consciente do aprendiz, é escada que se sobe lerdamente. Agora sim podemos juntar tudo. Afirma diversas fontes que o mundo se tornará um lugar mais espiritualizado e luminoso. Que o homem se tornará pacífico e amável. Que correrá leite e mel no mundo. Ora, em 2000 anos o homem ainda é um bicho homem, belicoso, egoísta e inebriado por suas torpes filosofias materialistas. Cabe aqui um sério questionamento: O mundo vai mesmo se regenerar por agora, em tão pouco tempo? São duas as respostas possíveis. Não. Então o mundo vai continuar a sua trajetória e os filhos de nossos filhos se perguntarão sobre quando será o Armagedom. Sim. Bom, nesse caso é impossível acreditar que de uma hora para outra TODA a humanidade se redima tornando-se tão bela quanto se espera que seja. Então, meus caros, é muito justificável e plenamente lógico que haja mesmo muitas mortes, muitas catástrofes, guerras e rumores de guerras, terremotos, vulcões e toda a variedade de fenômenos que causem desencarnes em massa. E quando digo em massa, refiro-me à grande maioria da humanidade, pois que de outra forma não há como fazer com que os já detentores de nível espiritual para germinar esse “novo mundo” tenham capacidade e força para tal. E creiam-me, o mundo tem de mudar...Vai mudar... Alexandre Sinicio 16/05/2010