• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Marcelo Sá

B-Membros
  • Content Count

    35
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Marcelo Sá

  • Rank
    Advanced Member
  • Birthday 10/18/1983

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Olá amigos! Tem mais de ano que não participo ativamente do GVA, mas nunca esqueci este cantinho azul... como diria uma antiga companheirinha (autora do "devagar é pressa"). Meu nome é Marcelo e moro atualmente em Poços de Caldas (MG) e sou espírita. Costumava postar muito antigamente acho que porque estava eufórico com o tema. O tempo passa e experiencia mostra o quanto temos que aprender e tenho a noção de que sei menos agora do que costumava pensar saber... Os áudios do Saulo muitas vezes foram e ainda são) meu alento e muitas vezes eles me instruiram na vida prática,por isso nunca esqueci este companheiro e os outros que tornaram este espaço e egrégora possíveis. Abraço a todos e até mais!
  2. Com licença amigos! Parabéns a todos pelo tópico! A Bianca ponderou a situaçãõ de uma forma que não havia pensado. E se o acoplamento áurico não fosse esse "velcro" que gruda indiscriminadamente? Se outros fatores estiverem em jogo, por exemplo a harmonia (ou desarmonia) no pensamento entre o casal, ou até mesmo carma! Ainda estou refletindo sobre o áudio o amor, daí associo: Será que nós, casados, não estamos no proceso do equilíbrio, energético mesmo? Assim, se este equilíbrio, essa harmonia ainda não é plena, acoplamento (interferência não seria melhor?) na certa. Agora, no estado de equilíbrio talvez ocorra como o colega que relatou que a espoSa nem sente, talvez até ajude! Pensando por esse lado cogito algumas idéias, tipo, no caso do casal espiritualista, discutirem sempre o assunto, estudarem juntos, Evangelho no Lar, etc. Entre casais que não comugam a mesma opinião, reforçar a compreensão, o companheirismos, a amizade mesmo! Isso melhoraria o campo aurico do lar e a serenidade intima dos dois!É isso! Obrigado!
  3. Olá amigos deste canto azul! Gostaria de comentar sobre o último áudio do Saulo e deixar uma duvidazinha. Pra ser sincero, ainda não vi alguém falar com tanta simplicidade e tanta profundidade sobre o amor, em se tratando de espiritualismo na net. Tem uma parte que o Saulo fala sobre o fato de os oposto de atrairem, comparando com o negativo e positivo da física. MAs ficou uma lacuna no meu raciocínio quando ele vai para a relação das consciencias superiores para conosco. Tipo: então eles terão que fazer isso sempre, sempre virem aqui conosco para se equilibrarem? É isso? Os amigos podem dar suas opiniões,expandir mais um pouco as considerações do Saulo? Confesso que até acho isso lógico, mas não consigo expressar entendimento. Desde já obrigado.
  4. Nossa.. que saudade do meu snes... Ainda vou encontrar um novinho no mercado livre pra comprar...(rs) Luan, respeitar a mãe é o mesmo que fazer técnica projetiva pensando em amparo: pode até não ter o resultado imediato, trazendo tudo o que você quer, mas um dia a recompensa vem e os mentores ficam sempre ao lado. abraços e boa sorte!
  5. Com 22 anos passei em concurso publico....com 23 comprei um carro e uma casa, mas nunca fiquei tão feliz quando ganhei meu super nintendo, com apenas o cartucho do mario, comprado a prestação pela minha mãe... Sei da sua felicidade e espero que vc tenha muitas outras. Dica, cuidado com os downloads de arquivos de pessoas estranhas e obedeça sua mãe quando ela disser que já é hora de desligar....(rs). experiencia própria....
  6. Olá amigos! Erutan, O Livro dos Espiritos diz que o objetivo do Espírito é a parfeição, mas também deixa claro que estamos muito longe disso, pelo simples fato de ainda precisarmos ler ( e por em prática) o Livro dos Espíritos, ou a Bíblia, Samael, Gita, Corão, etc.... Agora pensa assim; se Deus permite que fiquemos ao lado do nosso amor da vida, ainda nesta vida,por que não permitiria que fiquemos quando na perfeição? Quando nos libertarmos dos nossos defeitos, poderemos, e com muito maior facilidade, ficar perto de quem amamos, é claro, mas também reconheceremos que o Amor é maior, muito maior quando se divide. Abraços a todos
  7. Primeiro licença aos amigos do GVA. Muito tempo afastado dos posts, mas é clara a sensação amiga que sinto ao ver o azul do GVA novamente. Venho ao seu encontro na qualidade de espiritista amigo, não de experiente. Erutan meu irmão, o que é amor pra vc?
  8. Olá amigos! Saudades! Voando em novas paragens, mas nunca esqueci do GVA, assim passo para desejar muita luz e amor a todos os viajantes astrais de verdadeiro AMOR. Parabens ao Saulo pelo fórum que só melhora com o passar do tempo! Parabens também aos velhos e novos estudantes da VA. Até a próxima! Marcelo
  9. Marcelo Sá

    Ola

    Oi Duck! Beleza! Seja bem vindo de volta meu irmão... Mais alguma novidade sobre nibiru? Abraços!
  10. Olá Kazama! O Làzaro Freire (voadores.com.br), um dia respondeu assim: Se a gente passa anos sem fazer exercicio físico e começa um dia a ir à academia, vai sentir dor, pela própria repercussão do corpo desacostumado.Assim com nossos chacras. Inevitavelmente sentiremos e isso é legal pois a gente percebe que os exercícios estão fazendo efeito. Abraços!
  11. Com licença amigo rfernandes e amigos do GVA. Amigo rfernandes, acredito piamente que quando estamos fora do corpo com a lucidez que vc sentiu, a nossa visão, nossa perspectiva do universo aumenta grandemente, de uma forma que não podemos descrever com palavras. Ao sair, é quase como se nos transformassemos em outra pessoa (na verdade, voltamos a nossa verdadeira casa e identidade). Quando acordamos temos apenas vaga e pobre lembrança do que nos ocorreu e o porque dos nossos pensamentos.Lembra daquele audio do Saulo que ele fala que é como se nós tentássemos rodas o Windows Vista um processador pequenininho? ACho que é assim, e quando vc sái, não é importante pra vc ter a forma humana e sim a forma luminosa, que é a nossa natureza. Não sei se me fiz entender mas espero ter ajudado. Abraço a todos!
  12. Olá Erick! Sugiro estudar o assunto. Não precisa espalhar, as pessoas não acreditariam mesmo... Um site muito serio e este aqui: www.guia.heu.nom.br O www.ippb.org.br também tem muita coisa, além, é claro, deste aqui www.viagemastral.com. Geralmente os sites espíritas falam bastante sobre isto e sitam o Livro dos Médiuns, que julgo muito legal. Boa sorte!
  13. Esse assunto é bem legal. Gostaria de dar uma opinião... Acho que não é preciso falar que a igreja sabe o que faz, apesar de não ensinar tudo, principalmente com relação as simbologias dos seus rituais. Com relação à hóstia acho interessante lembra que o qualifica a energia de algum objeto somos nós que podemos estar encarnados ou desencarnados, e apesar da idéia de Cristo de salvar a humanidade, as energias impregnadas na hóstia no momento da comunhão vai depender as energias dos participantes do ritual (egrégora, pensene, seja lá o que for). Todos os rituais tem seus espíritos afins que auxiliam, a depender do objetivo do ritual. Acredito que a Espiritualidade Superior dê uma "forcinha", dirigindo as boas energias para que as hóstias se impregnem de bons fluidos, já que a reunião de pessoas com sentimentos elevados facilitem isso. A igreja é tão craque nisso que o ritual leva os fieis a mentalizarem de forma muito forte o carater sagrado da hóstia como o próprio Deus imolado, fazendo com que a energia canalizada seja o mais forte possível! No fim das contas, temos uma hóstia fluidificada e energizada! Acho que isso não faz mal. Abraços!