• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

jonathasfg

B-Membros
  • Content Count

    6
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

1 Neutral

About jonathasfg

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

155 profile views
  1. Saiu você diz sair da paralisia? Bom, tambem já li que o melhor pra sair é ficar calmo e tal, mas já tive paralisia assim também, sem os estados de vibração nem nada, só o corpo bem pesado como você disse, pra mim parecia que se eu quisesse mexer tinha que fazer uma vontade do caramba, e sai assim à força da paralisia tbm, cheio de medo... mas isso foi meio que nas duas primeiras vezes, depois disso meio que tento me aproveitar desses estados pra projetar, consegui umas duas vezes, mas não tenho tantas paralisias e dizem que nem são necessárias de verdade, se você trabalhar seu corpo energético e tal não vai acontecer tanto. Foi o que li pelo menos, mas não tenho experiência suficiente pra te afirmar. Ah, uma coisa que dizem ser boa pra vc tentar sair da paralisia e voltar a se mexer é se concentrar no seu dedão do pé, parece que ele é mais sensível, e se você conseguir mexer pelo menos ele já consegue mexer o corpo todo.
  2. Essas paralisias ai parecem ser a paralisia do sono, são bem comuns, da uma pesquisada, provavelmente você tem facilidade pra projetar até. E ser que você ve talvez nem seja nada, porque é normal ter alucinações nesse estado. De qualquer forma, sendo ou não, você arranjar um jeito de se livrar do medo é o remédio pros dois casos, pra mim são orações, talvez outra coisa funcione pra você, como disse o amigo ali, visualizar uma luz por exemplo.
  3. Talvez tenha sido só um sonho lúcido, não sei dizer, mas foi uma experiência com sensações interessantes então lá vai: Estou sonhando normalmente quando de repente percebo que é um sonho e fico lúcido. Então, pela primeira vez, desejo me projetar assim pra ver, mas o que acontece é que de repente sinto que estou deitado e paralisado. Começo a sentir vibrações, mas quando eu olho em volta (até onde consigo), não estou no meu quarto, estou deitado num sofá e olhando pro canto, sem conseguir ver o resto do aposento, então fico assustado. Não consigo entender porque estou num lugar diferente, e esperava que quando desejasse sair do corpo eu simplesmente ia me ver no meu quarto, mas depois de pensar um pouco decido continuar assim mesmo, as vibrações são bem reais e não quero perder essa oportunidade, então faço elas aumentarem, mas com dificuldade, acho que por conta do medo fica difícil relaxar. Depois de fazer elas aumentarem até o máximo, sinto que vou conseguir me mexer, e consigo, mas com um pouco de dificuldade. Até aí beleza, mas quando termino de levantar (e supostamente sair né) as coisas não ficam claras como deveriam, meu corpo se mexe bem devagar, pesado, e em volta tá tudo bem escuro, só vejo silhuetas, fico assustado e tento pensar no meu quarto pra ver se me teletransporto ou sei lá, mas não consigo. Talvez não me concentrei direito. Uma mulher bonita e simpática aparece e começa a falar comigo, mas do jeito que eu já tava assustado, só me deixa desconfiado que ela possa ser um ser querendo me seduzir com intenções ruins ou sei lá, então saio voando/deslizando de costas, sem pensar como, pra longe dali e acabo saindo daquele "quarto". Estou em o que parece ser um câmpus universitário com pessoas por ali sentadas no sol e tal, mas quando olho na direção de onde vim, aquela pessoa vem andando em minha direção lá de longe, ou talvez seja outra pessoa porque agora é um rapaz jovem, mas tenho certeza que está vindo atras de mim. Fico assustado sem saber se quer me fazer mal ou não, então começo a fazer umas orações pedindo proteção, clareza, discernimento e etc. Aí acho que peço pra ver claramente o que é aquilo e então meio que ele para de repente, um clarão de luz aparece nele e a "casca" se desfaz, mas não aparece nada horripilante, nem bonito, só uma forma humana feita de energia, e eu não sei dizer se é bom ou ruim, talvez nenhum dos dois? Mas acho que depois disso ele some, ou não vem mais atras de mim, e eu fico ali mesmo, acabo conversando com duas pessoas (não tenho certeza mas acho que eles falaram comigo primeiro) que estavam sentadas por ali, meio alerta mas sem medo agora, e pouco depois acordo.
  4. Hummm bem interessante esse falso despertar... e realmente, não despertei a lucidez ali mas senti que foi quase, se tivesse me questionado mais com certeza teria. Ainda bem que não anotei a experiência assim que "despertei" também kkkk. Obrigado pela resposta, essa ultima parte realmente me fazia duvidar se o começo tinha sido válido... Abraços
  5. Não sabia se postava aqui ou em duvidas... Bom, por enquanto tive umas duas ou três experiências apenas, e o que vou contar aconteceu umas semanas atrás, a dúvida é: pode minha projeção (e tenho quase certeza que era... não fosse o final nem teria dúvida) ter virado um sonho...? Tenho o horário de sono meio trocado, acabo dormindo quando começa a clarear pois geralmente vou pra facul a noite e fico o resto da madrugada acordado, então fui dormir umas 4:00 e acordei umas 8:00 pra fazer aquelas "técnicas indiretas" que li aqui no site, e funcionaram. Tentei umas vezes, cochilei e acordei e aí me manti acordado e relaxado e comecei a sentir meu corpo paralisar, bem nítido, agora já consigo não pirar por causa das outras vezes kkk, senti vibrações no corpo, e manti em mente que não ia tentar sair até elas "pararem", pois nunca deu certo antes, a única outra vez que saí foi quando deixei ir mesmo. Enquanto isso eu ouvia vozes da minha família pela casa, mas sabia que era criação da minha mente porque estava sozinho esse horário, então só deixei as vibrações aumentarem, até chegar num platô, quando eu meio que senti que elas "estabilizaram" e então eu tive certeza que que devia simplesmente levantar, e assim fiz, SENTI meu corpo se "desgrudando", muito estranho, levantei e tudo ficou quieto, bem quieto, nem olhei pro meu corpo, fiquei meio excitado mas me controlei, e fui fazer o que tinha planejado (olhar uma carta de baralho que deixei atras da TV pra descobrir se veria ela de verdade ou alguma criação mental), vi a carta: 6 de ouros, manti ela em mente com força, dei mais uma olhada em volta, tudo parecia bem real, não saberia diferenciar do mundo normal, e resolvi voltar pro corpo pois li que assim são maiores as chances de lembrar... então fui em direção à cama, que estava meio escura, mas não foquei muito nisso, e deitei pensando na carta... Levantei, pensando na experiência, e pensando em já tentar de novo de cara, porém fui conferir a carta sem muita esperança de acertar mesmo tendo certeza que foi uma projeção. Conferi e era um 5 de copas kkk, mas não me chateei muito. Comecei a ouvir minha família de novo, achei meio estranho eles chegarem tão cedo, ou já ser tão tarde, entao saí do quarto, vi minha mãe por ali, meu padrasto e etc, falei com eles normalmente, comi um bolo ali da mesa kkkk e fui pensando em voltar pro quarto e tentar me projetar de novo, aí, pra minha surpresa, minha mãe pega um cigarro do meu padrasto e acende, e isso me deixa meio confuso (ela não fuma, nunca fumou e provavelmente nunca fumará), mas essa confusão fica como um pensamento meio-formado... continuo pro meu quarto, deito pra me projetar, fecho os olhos.... e acordo kkkkkkkkk Começo a refletir um pouco e antes de tudo, confiro a carta (e dessa vez tenho certeza que estou acordado kkkkkk), que no fim acaba sendo um 9 de espadas..... Gostaria de alguns pensamentos de vocês se possível, pois acho que até àquela hora ali que deitei eu tive uma projeção... tão real, não senti diferença nenhuma do mundo físico, mas tinha certeza de ter me separado do meu corpo... depois de deitar e levantar pensando agora as coisas ficaram meio com aquele ar de sonho mesmo, mas não tive consciência disso no momento... ou isso pode ocorrer em projeção também?? E desculpa aí pelo relato tão grande kkkk
  6. Olá a todos, me chamo Jonathas e tenho 19 anos. Encontrei o site procurando um lugar pra interagir e tirar dúvidas com pessoas sobre esse assunto que tem me atraído já há algum tempo e que é bastante controverso de acordo com a minha criação... Tive algumas poucas experiências até agora, incluindo duas saídas conscientes brevíssimas, sendo então a maior parte do meu conhecimento sobre o assunto só teórico mesmo. Ainda não tenho certeza do que espero alcançar com isso, mas sei que faz parte da minha busca por conhecimento e pela "verdade" das coisas, por assim dizer... e é isso, espero me dar bem com vocês e aprender bastante, abraços.