• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Leadbeater

B-Membros
  • Content Count

    211
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    14

Leadbeater last won the day on May 14

Leadbeater had the most liked content!

Community Reputation

154 Excellent

2 Followers

About Leadbeater

  • Rank
    Trabalhando as Energias (200+)

Recent Profile Visitors

597 profile views
  1. Olá Viajantes, Quando me dei conta estava andando numa casa desconhecida e tentando achar a porta para sair. Consegui sair e não sei como fui parar no telhado juntamente com outras consciências que associei a minha esposa, sogra e sogro, além de um menininho loirinho que ficava me abraçando. Do alto desse telhado dava para ver que estávamos numa região rural mas eu conseguia ver uns edifícios altos e modernos lá longe. Todos estávamos com a lucidez muito baixa e falávamos coisas sem nexo tentando nos localizar e pensar em como fomos parar ali. Não sei como mas tinha a sensação de estar próximo a Campinas. Consegui ter alguma noção de que deveria ser astral (por estudar o assunto, talvez) mas fiquei na minha observando. Em dado momento vi novamente aquele aparato tecnológico do meu relato anterior mas agora ligado a um tubo que vinha de um objeto voador similar a um OVNI mas totalmente translúcido e com várias pessoas dentro. Aquele treco nos puxou e perdi a rememoração do que aconteceu a seguir. Fiquei um pouco lúcido novamente agora dentro de um veiculo já na minha cidade, ainda com a minha esposa e sogros, além daquele mesmo menininho que não desgrudava de mim! Perguntei para minha esposa quem ele era e ela tentava me responder mas sua lucidez falhava e não conseguia. Chegamos a um terminal onde dois seres nos aguardavam sendo que um deles deu uma capsula para minha esposa ingerir e depois disso fiz uns comentários desconexos que ninguém levou em consideração como se esse estado "grogue" já fosse esperado. Acordei na minha cama super bem. Relato anterior: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/20903-zona-real-time-e-objeto/
  2. Só como complemento: Passei por algumas situações que me levaram a uma Síndrome do Pânico que apesar de já em tratamento “físico” também requer alguns toques de sabedoria esotérica antiga. Antes de sair de casa, respire bem, medite e imagine uma esfera de proteção ao seu redor. Quando algo conseguir furar este bloqueio, respire repetidas vezes apenas pelo nariz e imagine a esfera novamente. Saia de perto de telas com transmissão de informação negativa. Fones de ouvido também ajudam. Quando chegar em casa, tome banho e faça como se a água limpasse além da sua matéria. Se persistir, mentalize (sem verbalizar) um pedido de auxílio do seu guia. A razão disso tudo é boa: você expandiu sua consciência e sintoniza o ambiente. Comigo funciona na cidade com a pior energia do país. Sei que não é fácil. Paz e luz.
  3. Realmente parece ser o mesmo aparato e deve estar relacionado a projeções “emergenciais” para talvez facilitar o processo. Numa outra projeção eu vi uma espécie de armário totalmente vermelho com alguns cones apontando para a minha casa.
  4. Eu acredito plenamente numa forte intenção de manter a humanidade como um rebanho com o uso de músicas, filmes, efeitos visuais, sinais arquitetônicos, implantes conceituais de modismos e a propagação de substâncias viciantes. Assim como essa letra, já reparei em várias outras com mensagens super pesadas e contaminantes mas com uma melodia alegre e descontraída. Como a maior parte do povo não tem a menor ideia do que está cantando/repetindo, acaba por se tornar parte do rebanho e começa a repetir o mesmo 'kit semanal' de piadas, opiniõezinhas, modinhas e assuntinhos esperáveis. É triste mas podemos ir dando pequenos toques nas pessoas do nosso jardim e ir libertando. Gota por gota nesse oceano de intenção de poder e dinheiro.
  5. Olá Viajantes, Ontem tive umas experiências estranhas com pessoas próximas a mim ligeiramente descontroladas e demasiadamente sensíveis. Mais a tarde recebi algumas mensagens bem abruptas sobre nos hidratarmos e ingerirmos glicose. Apesar de estranho, fiz o possível para atender às solicitações. Notei que as consciências que me contatam estavam dessa vez meio agitadas e com pressa, como se algo fosse ocorrer. Fiquei meio pensativo mas não associei a nada catastrófico. Sei que essas consciências não "gostam" que a gente tenha mais acesso a informações do que nos é permitido, então nem pergunto. Mais tarde fui dormir normalmente e mesmo sem acordar no horário nobre das '3-6' me projetei com baixíssima lucidez e com uma forte sensação de peso. Acredito ter sido a zona real time pois meu quarto estava vazio apenas com a cama e sem o resto da decoração. Fui até a janela do meu quarto e vi um aparato tecnológico fazendo som de gerador elétrico e com a aparência de um diferencial de carro (mais ou menos...). Esse treco ficou alinhado a janela e num determinado momento rotacionou até ficar apontado para mim. Vi uma luz vermelha que logo desligou minha lucidez por completo e apenas consigo rememorar um ser estranho falando comigo e que minha mente as vezes via como uma mulher de vestido longo de festa mas alternava para apenas uma consciência disforme. Bem diferente. Acordei as 6 ainda ouvindo o tal som de gerador elétrico. Paz e luz a todos. Acho que tem algo grande acontecendo no Astral...
  6. Na noite de sexta para sábado (ontem) acordei por volta das 4:20, fui ao banheiro e na volta pratiquei OLVE. Começou uma certa interferência e ouvi umas vozes, palavras, sons de motor elétrico, etc. Ainda no físico, virei de lado e apaguei. Fazia muito tempo que não tinha a sensação de voar mas estava finalmente conseguindo e ainda sobre uma espécie de cidade circular com um aspecto parecido com a nova sede da Apple em Cupertino só que muito maior e mais complexa. Via trilhos de trens, muitas construções de vidro e sabia que precisava ir a um determinado "endereço". Ao me aproximar notei que tinha um monte de tipos de sistemas de transporte os quais não consigo nem explicar. Perda de rememoração. Estou numa espécie de rua procurando uma casa e noto que a estrutura circular é colossal. Fico variando o nível de lucidez e pergunto se eles estão falando alguma língua nórdica e se sim, como que estava entendendo. Eles sorriem e me conduzem a um transporte que me traz de volta a um terminal. Lembro de ver muita gente junta e cheiro de local altamente tecnológico. Perda de rememoração. Estou descendo rapidamente a ponto de dar medo mas sinto que estou acompanhado com alguém que me acalma. Acordo bem mas com dor de cabeça. Paz e luz a todos. Foco no amor.
  7. Concordo que nem sempre estamos em contato com os reais "mentores" ou "anjos' e que podemos estar sendo influenciados para determinadas situações ou que não é preciso uma "aprovação oficial" para termos acesso ao Astral. Agora te pergunto, e quando você começa "sintonizar" uma consciência que inicia um processo de instrução que acaba gerando situações reais de sincronicidade, envolvendo a realização de treinos, psicofonia em pessoas próximas com a mesma consciência informando detalhes e tudo isso levando a cura de uma doença gravíssima de uma pessoa próxima? Que nome devo dar a essa consciência (na verdade são 3)? Algumas coisas que já descobri: • Não é preciso Mentor para projetar. • Os Mentores não são pessoais e não estão 100% do tempo a sua disposição. • Eles não se aproximam de quem procura solução, apenas aconselham. • Eles não carregam o seu fardo, apenas te dizem se está na direção correta. • Em muitos casos falam curto e grosso sobre suas falhas. • Você não consegue fácil contato com eles se sua vibração for baixa influenciada por álcool, fumo, necessidades fisiológicas e/ou interesse fútil. O máximo que você consegue é se tornar uma piteira energética em planos baixos ou sonhos com baixa lucidez e acha que é projeção. • São mais inteligentes e respondem sobre assuntos profundos, como por exemplo, geometria, estado da matéria, filosofia, etc. • São superiores pois não se abatem com nossa resposta humana a situações. Sempre nos perdoam e nunca nos abandonam. Alerta: Uma vez estava conversando com um suposto Mentor (dando uma de inteligente mas com falhas bem óbvias), bem no início da minha pesquisa, e quando comecei a orar mentalmente notei que ele começou a tirar sarro da minha cara. Rindo. Depois quando iniciei uma proteção energética, ele começou a gemer como se estivesse sentido prazer. Alguns segundo depois, ouvi ele reclamando que suas mãos estavam doendo e pediu desculpas. Parecia que tinha uma equipe vindo tirar ele dali. Depois disso, sempre fiz testes para saber o nível intelectual da consciência. Muitas vezes aparecem uns "amigões". Mentor é bem diferente e nunca vi em sua forma real, sempre aparecem em situações de aprendizado mas com aparência neutra. Paz e Luz. Foco no amor.
  8. Eu passei por uma situação semelhante e, depois de algum tempo, tive a oportunidade de perguntar sobre o que tinha acontecido comigo a um Mentor. Ele comentou que eu nem deveria ter lembrado disso mas foi uma "interferência" de sintonias de dimensões. Acho que eles nem querem que a gente entre nesse assunto pois ainda nem conseguimos entender direito se existem dimensões, frequências da matérias ou algo ainda mais estranho. Nossas mentes aqui nesse atual estado tem muito dificuldade em processar esses tipos de eventos. Acho que devemos ainda tratar tudo como "projeção" e mais tarde avançarmos sobre cada detalhe. Sei bem como é estranho. No meu caso, precisei "lutar" para ficar acordado neste plano pois o outro parecia estar "puxando" mais. Muita paz e luz!
  9. E o que você faz para facilitar a rememoração? Tenho falhado nisso.
  10. Sorry: Manter > Mantiver 🙄
  11. De uma certa maneira, eu nem ficaria postando muitas infos e me dedicaria mais em enviar boas energias e ficar disponível para amparo pois (pode ser paranoia minha) acredito que existem pessoas não tão bem intencionadas que procuram esse tipo de fenômeno para "pesquisas". Foque no amor e na emissão de energias positivas. Se as mensagens forem diretamente ligadas a pessoas que você mantém conexão, sugiro informar/alertar. Uma conhecida minha rememorou um amparo complicado relacionado a um desastre aéreo e comentou que ficou horas amparando consciências após o evento e com direito a informações diferentes das que são oficialmente "propagadas".
  12. Tenho notado que se você manter sua mente com foco constante na abertura consciencial, não perder muito o equilíbrio durante o dia, dormir bem e acordar entre 3 e 6 horas da madrugada, não é muito difícil conseguir se projetar com alguma lucidez. Claro que é preciso fazer um pouco de OLVE e depois virar de lado (para projeções bem lúcidas e com forte rememoração é necessário mais empenho e estudo). Ando saindo numa faixa mais ou menos densa e conseguido me manter por lá por um bom tempo. Converso muito, testo algumas coisas mas sempre termino com alguns "amigões" se aproximando, baixando minha lucidez e devo ser sugado. Noto que nem todos que habitam essas faixas são pessoas ruins e que precisamos apenas ficar atentos a alguns artifícios que os tais "amigões" ou mulheres "sensuais" usam para nos tirar a lucidez. Comigo costumam usar meu carro, smartphone ou uma conversa com uma turma "legal" para me enganarem. Para visitas a faixas mais "elevadas", ainda preciso de ajuda de Mentores e de uma preparação mais efetiva. Paz e luz a todos.
  13. Passamos por um período difícil mas as coisas já estão normalizando. /\ Dia desses (3ª, acredito) comecei a ganhar lucidez no meio de um intenso papo com uma Mentora que me explicava a criação de ambientes, formas-pensamento e micro-universos (instáveis). Estava com a sensação que, apesar de não lembrar exatamente do que se tratava, eu havia feito uma pergunta complexa e ela estava tentando me mostrar como funcionam as coisas no Astral. Ela disse: Imagine um ambiente que traga paz. Não consegui evitar e criei uma piscina de uns 30 x 15 m rodeada de grama bem cortada. Era como se fosse um micro universo com as leis da física terrena. Poucos metros além do gramado tudo acabava e tinha um vazio absoluto. Quando me dei conta, a Mentora estava dentro da piscina com uma roupa parecida com a de mergulhador e me mostrava como a física da água funcionava. Entrei na piscina e ela me contou que estávamos num ambiente totalmente criado por mim. Não acreditei de cara e mostrava que tudo estava real demais e brincava com a água e passava a mão sobre o gramado ao redor. Era tudo muito nítido e real. Fiz uma das minhas tradicionais perguntas bestas nestes eventos e questionei o que aconteceria se eu quisesse ficar neste micro universo para sempre. Ela respondeu que eu não tenho energia suficiente para manter aquilo por muito tempo e que é preciso evoluir muito para conseguir criar algo mais complexo (na verdade não criei nada pois a água e o gramado já são ideias criadas pelo Criador. Apenas reproduzi). No caso, só tinha água, a base da piscina e o gramado exageradamente perfeito (sem graça). Em dado momento senti que estava ficando fraco e o micro universo se esgotou igual água indo para um ralo. Ouvi uma última frase em minha mente: "Agora você entende a dimensão, a força e a complexidade do Criador para manter todo o universo?" Acordei super bem e leve.
  14. Olá. Já tive esse tipo de experiência (semana passada). Temos uma espécie de edícula no quintal e eu "percebi" através de projeção que havia um andarilho rondando, entrando e saindo do local. Eu ouvia o som dele pisando numas pedrinhas que temos no local e as vezes ele tentava subir numa árvore para alcançar o nosso quarto. Fiz alguns procedimentos energéticos e ele saiu sem grandes problemas. Na manhã seguinte fui conferir o que tinha na edícula e viu cesto com algumas garrafas de vinho que ganhamos de clientes/amigos/etc e que preferimos não deixar dentro de nossa casa. Acho que poderia ser uma consciência em surto procurando por álcool. O negócio é tratar bem e solicitar amparo.
  15. Será que podem ser fragmentos de rememoração do meu Curso Intermissivo?