• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Lain_22

B-Membros
  • Content Count

    11
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Lain_22

  • Rank
    Member

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Primeiramente, obrigado pela indicação. Difícil explicar, mais como um pressentimento, onde em alguma vida, as ações que eu estou tomando nesta, eu já tenha praticado em outra. Conhecer a prática da outra, imagino servir como apoio para melhorar a prática nesta vida e entender o que me leva a tal prática. Também me lembro de certos fragmentos.
  2. Eu sou Budista e o que ele fala é extremamente correto sobre a doutrina.
  3. Eu tenho algumas lembranças que acredito serem de vidas passadas, algumas cenas, momento de uma morte etc. Tenho vontade de me lembrar completamente ou ao menos para entender que se faça sentido delas. De fato, ao que sinto, deixei incompleto alguma coisa. Esse conhecimento vai me ser muito útil na vida atual. Existe algum meio de se lembrar? Eu sei que o passado é passado, esquece o passado ou qualquer forma de desencorajar. Porém eu quero e sinto a necessidade de me lembrar. Existe algum meio sério e incapaz de auto sugestão que ajude a lembrar?
  4. A viagem astral teoricamente permite a projeção da consciência, logo pode se dizer que está seria algo útil militarmente ou em regimes ditatoriais. Não seria aplicável, por exemplo como uma forma de comunicação, já que está não deixaria marcas, não seria possível ser gravada, comprovada e nem levantaria suspeitas. Também seria uma forma de invadir e espionar quarteis inimigos, espionando os mesmos pelo plano astral e assim realizar sabotagens mais eficazmente. Existe algum relato na história sobre isso? Do uso da viagem astral por forças militares, paramilitares ou revolucionárias?
  5. Geralmente eu imagino uma bola de luz e imagino ela, porém não imagino ser o correto.
  6. Difícil pra mim tenho dificuldade de interpretar tal sentimento e exteriorizar, imagino o que, bolas de luz? Sei é sobre ação na prática, agindo no máximo que consigo em prol do desenvolvimento e bem-estar dos seres. Não consigo entender o que é ser preenchido por ela, nem mesmo imaginar algo me irradiando energia ou eu enviando essa energia e a compreensão abstrata disso, ainda mais em um quarto fechado. No caso estudando se fala em Amor Agápe, Eros, Philos e Storge sendo em ordem Compaixão, Erotismo, Amizade e Afeição. porém é totalmente complexo conseguir visualizar isso e mesmo conseguir explicar algo que eu não consigo compreender de forma abstrata. Forma prática, compreensões é certa repulsa ao amor romântico e sexual moderno, baseado na posse e a concepção que na prática trata de um ato de doação de si mesmo.
  7. Já tive 3 visões. Uma um "eu" com uma cara de full pistola , onde eu vou ficando interessado em me fixar no olho daquilo. Outra uma bola de luz branca e brilhante no lugar do meu reflexo. Outra com um ser pequeno, tipo um homemzinho pulando atrás do meu ombro, com cara de que quer fazer arte.
  8. Muitas técnicas usam desses termos como sinta energia passando pelo seu corpo, energia de amor, serenidade, pulsar essa energia etc. Porém como eu tenho autismo, eu não consigo entender direito o que é isso realmente, como sentir energia de amor emanando ou recebendo de uma forma mais literal e palpável. Tenho um pouco de dificuldades de compreender algo que não seja de uma forma literal. Algo que sempre me prejudicou, entender de forma literal o que fazer. Existe algo a fazer para se projetar em sonho lucido, teve várias vezes que eu to me sentindo em cima da cama, sinto me levantar ou eu movo o corpo ou vou parar no meio de um sonho e não consigo fazer nada.
  9. Engraçado que nas lembranças, eu não tinha pensamento de escravidão é errado, direitos humanos, senhor tem tudo e eu que trabalho, não tenho nada, racismo etc Só pensava em terminar o quanto antes e bem feito o meu trabalho e só. Deixa a gente pensar, se eu hoje pegasse uma pessoa, amarrasse em uma roda e puxar a mesma com um cavalo de cada lado até a pessoa arrebentar, fizer isso em uma praça, hoje muitos vão ficar chocados, porém em certa época isso era algo rotineiro e não chocante. Provavelmente na época não existia ou era privado do conhecimento sobre tais pensamentos modernos do iluminismo.
  10. Muitos comentam Kim sobre ser um ditador sem apoio popular, porém o que levou a Coreia do Norte a se fechar é mais aterrorizante do que qualquer obsessor. Estupro em massa a genocídio, só para se ter uma ideia os EUA jogaram mais bombas na coreia do que em toda 2 guerra, matando 1/3 da população na época. O povo de lá se lembra bem de sua ultima guerra e como foi tratado.
  11. Olá, eu tinha uma conta aqui antigamente, a meados de 2006, sou amigo, (falo pouco) do Saulo. Queria contar aqui não é bem um relato de viagem astral, mas uma memória que foi uma das primeiras coisas que eu falei quando criança, no momento que comecei a falar e até hoje me lembro. Em minha memória não está lembrada como sonho, mas como algo real, quase que perdida. Quando pequeno comentei de lembrar de ter sido mandado carregar um balde, desses antigo de madeira, cheio de areia ou algum tipo de pedra, no leito de algum rio, para construir a casa grande, no qual os donos da fazenda tinham me solicitado, necessitava atravessar o rio, pra conseguir pegar, eu me lembro de umas pedras grandes, redondas, cheias de limo e com a água batendo fortemente nelas e criando bastante espuma. Me lembro de pensar, eu devo levar o balde para terminar a construção da casa, era aquelas estilo casa grande, branca e que se eu caísse pela força da correnteza certamente iria morrer ali. Resto é tudo negro, ou seja, a partir dai não lembro de mais nada. Certamente algum senhor de escravo antigamente, atrasou um pouco na construção de seja lá o que tenha pedido e acordou com um escravo a menos -rs. Dae se perguntam - E o Kiko? Realmente e o Kiko? Estou apenas contando algo sobre mim, como muitos contam seus relatos, algo interessante. Alguém tem alguma memória de vidas passadas ou falou sobre algo assim quando criança? Repassem, sobre aqui