Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

victorphilipe

B-Membros
  • Posts

    99
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Posts posted by victorphilipe

  1. A um bom tempo venho estudando relatos de experiências fora do corpo, seja por via do desdobramento ou pelas ditas EQMs, eu particulamente acho que as experiências de quase morte melhor para colher informações, em geral há elementos nessas experiências que são muito comum, como por exemplo experiênciar coisas que chamamos de amor, paz, felicidade num nível enormemente mais intenso, no entanto alguns elementos centrais as vezes divergem de uma EQM para outra, um desses que geralmente costuma alterar é o local aonde a pessoa é recebida após o "falso" desencarne, comumente a maioria chamam esse lugar de céu, no entanto o que me chama atenção é que em alguns casos esse céu é o céu judaico cristão, em outros é simplismente um paraiso que não carrega os elementos descritos no textos judaicos cristãos. 

     

    É comum no meio espiritualista usarem o seguinte trecho do evangelho: "Há muitas moradas na casa de meu Pai" 

    Esse trecho é muito utilizado para descrever que existem muitos mundos, planetas, lugares aonde nós podemos nos ingressar e viver, geralmente usam isso tanto para definir as moradas do plano material como espiritual. 

    Talvez vocês já tenha ouvido falar do Dr Eben Alexander que teve uma EQM e escreveu livros sobre isso, já li seus livros em um deles não me lembro qual ele relata que viu que não existia apenas o céu cristão mais vários e citou que os que mais lhe agradou foram o egípcio e o indígena. 

    Imagino que muito de vocês tenham uma ideia parecida sobre isso, mas vocês estão convencidos disto? Porque se tiver essa diversidade de céus e moradas é algo que eu na minha humilde concepção acho isso algo excelente. 

  2. Sinto que estar encarnado limita a manifestação do meu ser, não consigo ter acesso a consciência proporcionada pelos meus chakras nem pelos corpos sutis, também gostaria de compreender como é o mundo espiritual, acompanho os relatos de experiências de quase morte pois percebi que nestas experiências o amparo e o acesso ao conhecimento é maior, consegui através destes relatos me pacificar e me libertar de muitos falsos ensinamentos, mais ainda não consigo entender como é o mundo espiritual, gostaria de saber o que compõe essa realidade espiritual, quais são os atributos do ser espiritual? Quais são suas realidades? 

    Não consigo entender, por mais que já tive minhas experiências não consegui estabelecer minha percepção suficientemente no plano espiritual a ponto de absorver conhecimentos de como é a vida do espírito e a realidade. 

  3. 2 minutos atrás, sandrofabres disse:

    Quando você anda na rua e percebe um individuo suspeito te olhando, você pensa em palavras ou já toma decisões rapidamente em função do que percebeu? 

    Quando vê uma garota que te atrai, e pensa em se aproximar, isso acontece em palavras ma sua mente? 

    Ou, algo mais complexo: você está andando na rua e a uns 20 metros a sua frente estão puxando um balde com tijolos por uma corda  pela janela do terceiro andar. Você olha a situação, percebe o risco, avalia o grau de atenção dos trabalhadores, e por via das dúvidas decide atravessar a rua e não passar por baixo daquele balde. Esse processo todo de analise de riscos e decisão pela melhor atitude envolveu palavras?

    No meu caso não envolve em nenhuma das situações exemplificadas. Acho que usamos palavras apenas para comunicacao, não para reflexão. Embora em alguns casoa mais complexos, para podermos organizar a reflexao, acabamos rotulando algumas idéias e até conseguimos anotá-las. Mas se você prestar atenção aos processos intenroa notará que a clara percepção de algo, um insight de compreensão, se você quiser anotar para não esquecee  precisará TRADUZIR isso em palavras, exatamente porque essa peecepção não e gerada em palavras  você ainda precisará encontrar as  palavras certas que representem aquele pensamento.  

    Verdade valeu

  4. Em uma das minhas projeções percebi que estava ligado a algo, assim como uma conta de usuário de um player de um jogo está ligada um servidor.

    Seres espirituais que eram pura luz apareceram e abriram uma tela dinâmica que podia interagir através da mente, nela contia informações até de meu saldo bancário, tinha nessa tela que era como se fosse um computador várias opções eu poderia comprar modelos de objetos que eu poderia "plasmar" assim que comprasse o modelo, nessa projeção tinha esse fator que era o "dinheiro" assim que despertei fora do corpo fui informado que estava em um lugar de trabalho, mais meu espírito já estava sobre efeito da oração que fiz para me projetar e obter autoconhecimento puro e direto de uma fonte confiável. 

    Foi então que os seres de luz apareceram e me mostraram essa tela interativa..

    Nessa tela havia como fazer programação existencial, cuja qual eu podia escolher os elementos que desejasse evoluir e assim receberiam um fluxo da existência que me potencializaria a evoluir tais qualidades.

    Havia também uma espécie de mercado livre aonde eu poderia comprar projetos de plasmagem...

    Havia meu saldo bancário como disse...

    Perguntas:

    Vocês já encontraram uma tela interativa que o fez se sentir conectado a algo maior assim como um jogador de algum jogo online está conectado a um servidor que tem seu banco de dados e permite acessar uma interface desse servidor?

     

    Vocês já notaram alguma moeda ou valor de troca universal? Ou de uma cidade espiritual ligada ou não a um banco de dados?

     

     

     

     

     

  5. @sandrofabres @Sembrol

    Estou tentando entender sobre a esses elementos que fazem parte da constituição da consciência... Recentemente venho refletindo sobre isso... Basicamente esses elementos seriam responsável pela interação com a vida, os Vedas citam os chakras, eu uma vez consegui consciência dos chakras e da kundalini de uma maneira bem lúcida foi bem legal, senti que eles eram como se fosse o meio cuja qual a consciência utiliza para se organizar, pode notar que cada um exercia domínio sobre a consciência, era como se fossem o lugar por onde a vontade, a percepção, a expressão e outros elementos se manifestam para "gerenciar" a consciência e vivermos de forma interativa...

    Quando dei o comando mental para sentir a kundalini senti um conforto e um calor suave e intenso pela coluna algo bem vivificante, ainda não sei do que se trata a kundalini e essas forças internas gostaria de aprender sobre se poder comentar...

     

  6. Olá gva, mais uma vez aqui para tentar esclarecer dúvidas depois de muito tempo... Meus agradecimentos aos colaboradores que contribuem para essa plataforma permaneça online.

    A dúvida da vez é sobre evolução, a gente sempre fala sobre evolução mais tenho uma dúvida, o que evolui? São a nossa forma de pensar e se comportar? Algo mais? (Comente)

    Eu tive uma projeção uma vez quando antes de dormir fiquei refletindo o que eu sou a luz de livros como os vedas, espíritas, budismo ( confesso que a teoria do budismo foi o maior catalizador da experiência pois o fato de ouvir que os budistas não acreditam que existam um eu me deixou paranóico kkk), após refletir fiz uma oração sincera para um ser que porventura estivesse me acompanhando nesta noite podesse patrocínar uma projeção com o objetivo de esclarecimento, assim foi feito e em determinado momento da projeção foi me mostrado em uma tela que eu era uma alma e que meu objetivo era evoluir habilidades, virtudes etc...

    Ultimamente para entender melhor como que se dá o processo da evolução peguei de base jogos de RPG, cuja a lógica da evolução se dá da seguinte maneira, o avatar evolui a partir das experiências após um certo acúmulo de experiência ele evolui sua habilidade, a minha dúvida é sendo a experiência o catalizador da evolução qual elemento do nosso ser absorve a experiência? Que parte do nosso interior interioriza a experiência e a transforma em material evolutivo?

    Imagino que vão dizer que é a consciência, mais agora a pergunta que tenho é o x da questão das minhas dúvidas, porque quando estive nessa experiência aonde foi me mostrado uma tela, lá tinha organizado em forma de informações sobre mim que parecia mesmo que estava em uma plataforma inteligente que organiza os elementos e o informações do microcosmo e do macrocosmos e cria uma relação. A pergunta é os "elementos" do nosso ser são mesmo organizados de forma inteligente? Ou se organizam segundo nossa vontade? Existe algo predeterminado no nosso interior? Ou os elementos se organizam segundo nossa vontade?

     

     

     

     

  7. 2 horas atrás, Iogui disse:

    Nosso corpo é cheio de chakras. Pode imaginar que para cada poro da sua pele tem um chakra. E estes chakras estão a todo tempo trocando energia com o ambiente. Normalmente quando falamos em chakras estamos nos referindo aos 7 principais (associados a glândulas de nosso corpo) mas eles não são os únicos, existem muitos secundários ou mesmo ainda menos importantes que os secundários.

    A nossa aura é formada pela energia que é trabalhada por esses inúmeros chakras e quando, a gente sai do corpo em viagem astral, a parte dessa energia que sempre está ligando nosso corpo astral com o corpo físico se concentra mais na região de um ou outro chakra principal no nosso corpo físico e se estende até nosso corpo astral. A isso damos o nome de cordão de prata. Mas esse cordão é, na verdade, formado por milhares de filamentos energéticos que saem de cada um de nossos poros no corpo físico que ficam condensados juntos dando essa impressão de apenas um cordão.

    A percepção das energias se dá neste campo energético que envolve o corpo físico e ao qual chamamos de "corpo" energético, energossoma, perispírito, corpo etérico, corpo fluídico, etc. Essa percepção chega ao corpo físico através dos chakras e é tanto maior quanto mais ativados estiverem os chakras. 

    A ativação dos chakras pode acontecer pela prática voluntária de movimentação energética (MBE). Quanto maior a prática de movimentação energética, maior a capacidade de ativação dos chakras e, portanto, maior a percepção energética. Qualquer pessoa é capaz de sentir as energias, mas para isso precisa praticar a movimentação energética durante algum tempo até conseguir desenvolver a capacidade de ativação dos chakras. Ou seja, é uma capacidade treinável inerente ao ser humano. Se você é ser humano, pode fazer isso. Entretanto, há pessoas que já possuem essa capacidade de maior ativação dos chakras de forma inata, ou seja, a pessoa já nasceu assim.

    Dentre as pessoas que possuem capacidade inata de maior ativação dos chakras podemos separar dois grupos distintos. Há aqueles que são médiuns e neles essa capacidade foi ativada propositalmente durante o desenvolvimento dos corpos físico e energético da pessoa com ajuda de técnicos do plano astral. Na verdade é exatamente isso que distingue uma pessoa que é médium de uma que não é. Essa capacidade de maior ativação dos chakras obtida de forma técnica de acordo com o planejamento da presente encarnação. E há também o segundo grupo que é o das pessoas que já nascem com seus chakras mais ativos fruto de trabalho energético acumulado de outras vidas. Em geral, aqueles que são médiuns possuem uma capacidade de ativação dos chakras muito maior que aqueles que simplesmente possuem uma capacidade inata de ativação dos chakras por mérito próprio mas exceto em casos excepcionais de indivíduos muito evoluídos que, em geral, só encarnam por missão já que não possuem mais esta necessidade. Nesses indivíduos a capacidade de ativação natural dos chakras pode ser maior do que o normal.

    A energia assume características distintas de acordo com a sua vibração. Portanto, podemos dizer de certa forma, que existem tipos distintos de energia (na verdade é a mesma energia mas vibrando em frequências distintas). Certos chakras vão captar melhor as energias em determinadas frequências energéticas do que outras ( a coisa é um pouco mais complexa que isso mas vamos simplificar para um melhor entendimento). É por isso que, quando recebemos uma notícia que nos impacta mais com a sensação de medo ou receio, sentimos isso no chakra (ou conjunto de chakras) que se encontra na região do estômago. Porque são esses chakras que são mais sensíveis a este tipo de energia. Quando a pessoa possui a sensibilidade energética para isso, se ela entrar num lugar que possui mais energias densas, essa pessoa vai tender a sentir isso nesta região do corpo, muitas vezes até mesmo gerando efeitos físicos como dores de barriga ou diarreia. Para quem já trabalhou como médium em terreiro de Umbanda ou Candomblé já deve ter passado pela situação de, em determinado trabalho (também chamado de toque, ou gira) sentir muito desconforto nessa região do corpo, dores de barriga e diarreia. E o comentário comum nessas situações é "hoje as energias estão mais pesadas". É um efeito coletivo, em geral, acontece com vários médiuns da casa ao mesmo tempo.

    Portanto, respondendo a sua pergunta de forma mais direta, a percepção das energias se dá por meio dos chakras. Dependendo do tipo de energia, a percepção se dá mais por um chakra ou grupo de chakras do que por outros.

    Traçando um paralelo meio tosco com o corpo físico (mas que pode ajudar a formar uma ideia melhor), quando alguém te toca, a sua percepção deste toque se dá por meio da sua pele de acordo com as terminações nervosas ativadas naquele local. A sensação do "toque" energético se dá nos chakras ativos no local estimulado de acordo com o tipo de energia gerando repercussões semelhantes ao que ocorre na sensação tátil física (o toque de uma pedra é sentido de forma diferente do toque de um pano ou do toque da água ou do fogo).

    Muito obrigado Iogui, me parece que cada chakra tem uma espécie de satélite que detecta as energias. 

  8. Olá internautas bom dia, boa tarde ou boa noite espero que esteja bem, muitas falam da luz, poucos a conhecem, eu tive muito pouco contato com a luz, mais se eu tivesse que definir o que ela é pra mim diria que é a energia da qual alimenta e ampara o espirito... O que vocês acham dessa definição? E Vocês já entraram em contato com essa maravilhosa "energia"? Como foi o contato? qual foi o método? e como foi a experiência

  9. Isso de retroagir para mim ainda soa um pouco desrespeitoso com a existência de um ser. Porque viemos evoluindo para despertar a consciência e derrepente todo esse progresso é transferido para um veiculo animal que tem o soma mais restritivo é complicado...

    Eu já li alguns livros gnosticos e torço para eles estarem errados. Acho essa coisa de eliminar o ego ou o eu uma crença que não encontro logica... Parece ser oriunda das más traduções do budismo antigo, a linhas budistas hoje que diz que não existe um eu, a verdadeira tradução para o que o budismo dizia sobre isso é que não há uma substancia real ou seja algo que existe independentimente que existe por si só, entederam isso de forma errada... Mais não sei se a origem da eliminação do eu tem base nessa interpretação do budismo antigo.

    • Like 1
×
×
  • Create New...