• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Luciene GT

B-Membros
  • Content Count

    62
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    5

Everything posted by Luciene GT

  1. Voltando a este tópico A experiência com os meninos está caminhando. Voltei está semana com o relaxamento. Faço eles usarem a imaginação. Coloco um música para meditação. E eles imaginam que estão indo pra um local tranquilo e calmo. Dou a opção de irem a noite ou de dia. E ao chegar. Sentam -se num banco ou deitam em uma rede. E começam a imaginar bolinhas coloridas saindo de determinado chakra. ( Cada cor um chakra referente). E olha que só foi preciso uma sessão pra eles me cobrarem novas meditações. Sabe fazendo essa experiência com eles acho válido ensinar. De pequeno mesmo. De forma didática, com bastante imaginação. O ambiente aqui em casa está cada vez melhor. Não há clima de tristeza. As vezes um pouco de briga de irmãos, mas logo acaba. Antes estava um caos. Bom eu continuarei o experimento e volto relatar com vocês.
  2. Boa noite @Leadbeater eu também pensei que fosse possível doar parte de nossa energia para alguém que amamos. Eu desde a infância, transmito energias pelas mãos. Tipo aplicação de Jorey. Tinha esses exemplos em casa. Então pensava que se eu erguesse a mãos e mentalizasse a energia para alguém alguma coisa chegaria lá. Pois bem a pouco mais de 6 meses meu esposo adoeceu. Tinha muita febre, começou a perder peso e o apetite. Ficou fraco. Então imaginei aplicar minhas energias a ele. Enquanto ele dormia eu impunhava minhas mãos e mandava energia. No qual eu mesma dizia do fundo da minha alma, eu emitia a energia do instante que fui criada. Da minha centelha da vida. Que ele poderia receber tudo o que eu tinha. Porque eu imaginava que ele Não merecia sofrer daquela maneira. Eu sim pois sempre fui muito egoísta e desligada da família. Cara foram 2 meses mandando energia e ele se acabando e Eu também. Minha energia não o salvou. Ele não resistiu. Sofreu muito. E em todo momento eu pedia pra Deus me levar e não ele. Porque na minha cabeça Ele não merecia tudo aquilo. Os meses se passaram eu caí de cabeça sobre a espiritualidade e revendo meus atos, vejo uma pessoa desesperada entregue ao egoísmo e a vida material. Acredito que o tempo dele aqui foi bom. Que foi um ótimo marido, amigo, pai de família, um excelente filho. Deixou sua história. Cada um de nós tem sua importância. Seu trajeto. Não podemos calçar a sandália do outro. Seu sentimento é justo. Não duvido. Mas o sofrimento do seu ente querido, não te pertence. É duro. Mas neste sentido não podemos tirar esse aprendizado daqueles que amamos. Deixar o rio fluir é a maior prova de amor que podemos oferecer. Conforte no que for possível. Ame, ampare e aceite os desígnios da Força Maior que nos rege. Tudo tem um porquê. Apenas não sabemos. Desculpa o textão, me comovi contigo. Força meu irmão. Logo a chuva vai passar e o Sol virá. Assim foi comigo...
  3. Bom dia irmãos, quero dividir com vocês algumas experiências que ocorreram comigo nestes últimos dias. Há uns 10 tive um sonho lúcido. Sei disso porque até certo ponto eram ações sem eira nem beira, mas depois começou a fazer sentido para mim. Antes de dormir estava com o mantra Om mani Padmé hum na mente e o Faraon. O sonho foi um encontro muito esperado por mim. Enfim vi meu esposo. Ele estava o tempo todo acompanhado por um amigo no qual eu não conseguia ver o rosto. Mas este passava muito carinho por ele. Meu marido veio na forma de adolescente. Sua voz era diferente, mas a reconhecia perfeitamente e eu sei que era ele. Eu ouvia a voz e dizia é ele! Olha sua voz! Como é bom ouvir novamente! Porém sua consciência não me reconhecia, nem a mim ou minha mãe que estava lá tb. Tentei toca lo no rosto, mas ele se assustou. Não me reconhecia. Fiquei sentada olhando para minhas mãos e vi nossas alianças do mesmo jeito que as coloquei uma em cada mão. (Foi aí que percebi que poderia ser projeção ou o sonho,pois eu reconheci, percebia que era muita emoção pra mim e talvez pra ele. Eu tinha que segurar a onda. Por fim vendo minha mãe chorar ao vê lo e ele sem entender nada. Resolvi segurar na mão dele ,neste instante acordei feliz de mais por esta experiência. Contei pra minha mãe e ela ficou muito feliz pois disse que rezou muito pra Deus para que eu pudesse sonhar com ele. Na noite anterior Já ainda não tinha acontecido. Acredito que foi um presente. Outra experiência foi hoje. Ao deitar fiz movimentação energética, ouvi uma música tranquila e conversei com meu mentor. Pra que me levasse onde eu fosse útil. Acordei em uma espécie de alojamento. Onde haviam muitos idosos. Conversava com eles. Em outras projeções eu não conversa somente aplicava passes. Hoje eu conversei e até plasmei o rosto de uma velhinha. A fiz lembrar de sua juventude. Mas o que me chamou a atenção foi que eu aguardava um senhor. Ele chegou me abraçou , resmungou um pouco das dores do seu corpo físico. E eu ouvindo ria da conversa. Senti que o ambiente dos dois locais onde eu estava eram mais sutis. Acredito que comecei a mudar minhas frequências. Já que das outras vezes era muito escuro e denso. Bom, pelo menos eu venho tentando melhorar.
  4. Tente relaxar a mente. No começo também sentia angústia de ficar de barriga pra cima. Achava que sufocaria. A saliva incomodava. O rosto coçava. O travesseiro me irritava. Enfim tudo tirava o foco. Aprendi aqui no grupo a deixar a língua presa no céu da boca. Aliviou a salivação. Coloquei o travesseiro de forma a acomodar pescoço e cabeça. Antes usava só na cabeça. Sobre as coceiras isso não descobri nenhum macete (rsrs). Outro ponto é os pensamentos soltos. Os danadinhos atrapalham mesmo. Eu penso que o foco e trabalho energético e não a roupa que tenho que lavar ou a conta de luz que chegou. Cara esses pensamentos soltos tiram qualquer um do foco. Outro dia assisti um vídeo do Wagner Borges e ele menciona sobre esses pensamentos soltos. Fiz a prática e não é que deu certo. Pelo menos pra mim. Visualização com o Chacra Frontal e Experiências Fora do Corpo do Wagner Borges. Não sei como inserir o vídeo. Vale a pena assistir.
  5. Aconteceu comigo também. No cardíaco. Fiz OLVE localizada e melhorou muito. Mas no meu caso ocorre quando percebo que estou preocupada com algumas coisas, ou nervosa. Faço a OLVE pra "aquecer" depois a localizada. Tá fluindo bem.Tenta vai que dá certo ? Acredito que varia muito com o nosso estado de espírito daquele dia. Não estamos 100% sempre. Pode doer em outros pontos. No começo do trabalho energético eu sentia muito no plexo solar. Ave Maria eu tinha tanto medo de ver um espírito! Hehe. Hoje eu vejo e sei que é normal. E não um bicho de 7 cabeças. Tudo é aprendizado.
  6. Boa tarde irmãos, tenho uma dúvida sobre proteção do nosso quarto. Vi alguns vídeos sobre exteriorização de energias do chacra cardíaco, no qual devemos imaginar uma luz saindo de nós e enradiando por todo o cômodo. Criando assim uma poderosa proteção. Alguém aqui faz esse tipo de proteção energética do quarto? Outra dúvida é possível usar essa mesma energia para toda a casa? Lembro que quando sai na minha projeção lúcida a porta da casa estava fechada. Sempre oro com meus filhos a noite. Isto também serveria como barreira? Quem puder esclarecer sou muito grata!
  7. É isso aí. Na próxima tentativa se você sair do corpo e estiver em seu quarto. Pergunte ao espírito o que ele quer? Lembro que quando fiz minha primeira projeção com saída clássica tinha um espírito lá. Porém ele ficou surpreso e disse "olha ela conseguiu!". Enfim todas as vezes que saio adquiro consciência em outros ambientes. Mas vai lendo sobre auto defesa energética , ajuda muito na hora que sentimos intimidados.
  8. Boa tarde irmãos, queria dividir com vocês uma dúvida que está me intrigando há algum tempo. É possível mantermos contato mental ou visual com um desencarnado? Vou explicar. Ontem estava estudando, ouvido os áudios do Saulo, minha mente estava tranquila e serena. Era dia e eu fiquei observando as palhas dos coqueiros do meu quintal que balançavam com o vento. Então neste clima tranquilo pensei o que será que meu marido está fazendo ( ele desencarnou há 3 meses). Pois foi aí meu espanto. Eu o vi de pé com roupas claras e parecia que fazia um passe alguém. E logo a imagem sumiu. Foi muito rápido. Me emocionei na hora. Outra ocasião foi, uns 50 dias depois que ele partiu. Eu trabalhava e nenhum momento pensei nele. Do nada apareceu uma imagem na minha mente dele sentado pensando em mim. Era dia e parecia um jardim. Foi rápido tb. Me emocionei da mesma forma. Meus irmãos será que definitivamente preciso de uma camisa de força!? Olha desde da adolescência vejo essas imagens, mas nada tão intenso. Estou cuidando das minhas energias, trabalho os chacras, desde que conheci o GVA, antes nem sabia de nada disso. Seria possível esse tipo de contato? Alguém já leu algo, ou participou de alguma coisa assim? Quem puder dividir suas experiências. Agradeço imensamente.
  9. Bom dia irmãos, tenho uma dúvida. Se eu mover minhas energias. A ponto de fazer o EV. Seria possível alguém me tocar e sentir essa vibração? Ontem fiz a movimentação energética e não entrei em EV. Porém "sonhei" , que entrava em EV e minha filha segura meus braços e sentia a "tremedeira". Ela me e dizia mãe é verdade! Gente pode ter sido somente um sonho, mas fiquei tão curiosa.
  10. Cê doido! Acordar e ver uma belezura desta hein!?!?
  11. Verdade @Rafael Frog . Ficamos mais confiante, vai que acontece algo parecido. O @sandrofabres é ajuda demais com seus relatos.?
  12. Bom dia irmãos, hoje venho relatar uma projeção que fiz está noite. Depois algumas semanas consegui uma projeção lúcida. Ouvi o áudio do Saulo sobre Lucidez durante o dia. A noite fiz um pouco de Olve antes de dormir. Estou cuidando mais das energias. Acordei por volta das 03:45 da manhã e pensei hoje vai. Li um texto do Sandro sobre como se projetar sem enrolação. Fiz mais uma Olve. Virei de lado e relaxei. Por alguns momentos tava cochilando e algo me acordava.(Acho que era o mentor). Comecei a enxergar com os olhos fechados umas imagens como se fossem cábalas. Tudo ficou escuro falei 3 x luvidez.Quando dei conta estava dentro de uma ônibus. Pensei estou lúcida. Ufa consegui uma projeção!!! As pessoas queriam me tocar, não deixei. Disse a elas que daria energias. Teve um momento que eram muitos , perdi um pouco da lucidez, logo ouvi meu mentor vamos abra os olhos. Percebi estava em uma casa tipo um cortiço. Fiz mais uns amparos. Porém ouvi a voz na minha cabeça, saia daqui. Ele me conduzia direcionado por onde eu ia ter que ir. Quando sai do cortiço ao fundo das casas. Vi um vale com muitas árvores. Tentei flutuar, mas não consegui. Comecei a correr. O mentor acho que era ele disse corre rápido. Cara como não conseguia correr em pé. Fiz como um gorila. Oh mico da poxa viu! A doida correndo, sei lá do que. Acho que foi um espírito zombeteiro. Mas na hora né!! Vai saber. Enfim consegui alcançar vôo e vi umas construções ao longo do vale. Era bem futurista. Cheguei a uma ponte e de lá perdi a lucidez. Na boa como saber quando é o mentor ou outra consciência tirando sarro da gente? Só ouço uma vozinha na minha mente.?
  13. Bom dia irmãos, ontem assisti o vídeo 11 do curso viagem astral, cordão de prata e faixa de atuação. Porém fiquei em dúvida sobre o assunto. Quando o Saulo fala sobre cuidar das energias, achei na minha Santa ignorância que era pra policiar minha energias e pensamentos do dia. Mas além disso tenho que limpar as energias que tocam minha áurea no decorrer do dia. A dúvida é como fazer essa limpeza? A exteriorização ou a OLVE resolve. Ou os dois? Ou nenhuma desses. Será que é essa densidade que me atrapalha na projeção? Já estou a quase um mês sem lembrar de nenhuma projeção ou sonho. Como expliquei em outro post trabalho em um quiosque na praia e tenho contato direto com pessoas conhecidas ou desconhecidas. Alguém pra dar um luz!!
  14. O que vc fazia errado? Vai que estou fazendo tb! Rsrs
  15. Boa tarde meus irmãos, olha eu aqui com muitas dúvidas novamente. Nos últimos dias venho trabalhando minhas energias, TENTANDO manter os pensamentos lúcidos, e l padrão energético o mais alto possível. MAS tenho uma grande dúvida, eu sou proprietária de um quiosque na praia. Trabalho com alimentos e bebidas alcoólicas, o meu quiosque fica bem de frente com o mar e já presenciei muitos afogamentos seguidos de morte. Muitas pessoas usando drogas e até agressões físicas. Depois que comecei a trabalhar meu lado espiritual, ando com muita variação de humor, mas quando noto essas variações começo a pensar coisas boas e mando "aquele sentimento" pra longe. É possível que o ambiente que estou inserida, ou seja o local que trabalho me influencie de alguma forma? Como me defender? Todas as noites faço a técnica completa do Saulo. Sinto as energias, me sinto renovada. Mas não consigo projeção. E olha que bato maior papo com meu mentor pra ele vir me buscar, e Nada! Se saio não lembro. Porém não fico mais cansada como estava há alguma semanas atrás. Alguém aqui trabalha em locais públicos e passa ou passou por essas variações de humor. Por conta do local. Não tenho certeza se é o ambiente mas tenho essa dúvida. Agradeço quem puder dividir sua experiências comigo.
  16. Eu comecei a ensinar meus filhos a meditar. O Garoto de 12 anos no começo achou uma bobagem, já o de 5 manter-se parado foi uma tortura rsrs. Mas aos poucos está acontecendo. Anteontem fiz a técnica de relaxamento do mar do Saulo com eles. Amaram. Hoje farei novamente. Converso muito com eles de forma didática, para que entendam que devemos cuidar da nossa saúde física, mental e espiritual. Devagarinho e sempre. Depois faço um relato sobre essa tentativa de educar crianças sobre projeção e cuidados com suas energias. Afinal é um teste. Um grande abraço irmãos.
  17. Certo! Então não estamos sozinhos nessa parada! ?
  18. Boa tarde irmãos, hoje tive um projeção muito intrigante. Fiz a técnica completa 3 e parei no momento da gangorra. Pois estava com sono. E não conseguia me concentrar. Pois bem, senti que estava saindo( incrível como começamos a nos conhecer e perceber as reações), notei que algo me puxava pela boca e pescoço e eu sentia dizer vc não vai. Eu me sacudi e consegui sair. Quando abri os olhos vi várias pessoas andando sem rumo , falei alto que estava lúcida e que queria ajudar. Não se meu erro foi aí, não chamei meu mentor. Logo vi um cara que tentou plasmar em meu filho, depois meu irmão e por último meu pai. O cabra tentava me abraçar levantei às mãos e fiz um Olve e disse não toca em mim. Mandei luz pra ele. Nessa situação de mandar luz pra consciência notei o semblante dele, era muito pálido e sem camisa, quando enviei luz parecia que aquecia o corpo dele. Mas o ser vinha pra cima de mim e esbarrei em uma parede e não andava mais. Fiquei apreensiva de repente algo pós a mão no meu rosto e ficou escuro e disse pra mim, " mostra quem vc é de verdade", sei lá o que aconteceu . Apareceu algo perto de mim, ou era eu ou estava mesclado a mim, o Arcanjo Miguel. Uma voz alta ecoava e falava sou mensageiro do Arcanjo Miguel, e o pau rolou. Foi luta , eu lutava tipo Jiraya , mistura de Sheena, gladiador com um bichão preto de capa, sei lá o que era aquilo. Mas todo o momento eu ouvia vc está lúcida, isso é real. Bicho, acordei me tremendo do pé a cabeça. Com um medo danado de abrir os olhos e ver aquele vulto preto que lutou comigo. Mas não teve jeito fiquei com vontade de ir no banheiro. Levantei e fui. Ao deitar não conseguia dormir com medo. E acredito que meu mentor falou comigo por intuição. Ele disse ouça a técnica de relaxamento do mar. Dormi e acordei menos cansada hj. Mas com essa dúvida enorme sobre os anjos se eles aparecem assim pra nós ajudar. Detalhe eu ascendi uma vela para os anjos da guarda dos meus filhos e para mim. Oramos sobre a vela consagrando-a aos anjos pedindo proteção. A princípio achei que podia ser uma lombra minha( Brinks) , mas o fato de eu repetir que estava lúcida e que era real. Sei lá... Alguém já teve contato com anjos? E possível? Ou fiquei sugestionada pela vela?
  19. Nós últimos dias lido com a variação de humor dos meus filhos e familiares sobre essa grande perda. E Eu tentando ser a equilibrada e forte. Mas de longe não é nada fácil. Aqui encontro auxílio e muito esclarecimento. Sou grata por ter encontrado o GVA. Vou por aqui devagarinho e sempre como nosso amigo Saulo. Uma hora as coisas claream mais. Grata @sandrofabres e @Alekine .
  20. Agradeço @Alekine vou ler. Toda leitura é bem-vinda.
  21. Nossa Sandro, estou acordando cansada... Jesus! Por onde estou andando?!?! Oração, elevar pensamentos e muito OLVE!
  22. Boa tarde irmãos, não sei se este é o local correto para escrever, mas vamos lá. Eu sou nova no GVA, Já estou muito feliz por ter conseguido o Despertar, porém venho pedir auxílio dos mais experientes. Recentemente meu esposo faleceu. Estou muito dedicada ao lado espiritual, pois ele ao fim de sua jornada fez uma projeção e conversou com sua mãe. Tranquilizando-a que estava bem e que sua missão na Terra havia acabado. Em minhas pesquisas por esse fenômeno cheguei até aqui com vocês. Até aí vamos caminhando, a questão é meu sogro. Ele sofre muito e chama pelo filho. Eu e minha sogra crêemos muito na vida após a morte. Mas ele não. A minha dúvida posso eu conversar com o meu Mentor e pedir amparo para meu sogro. ( Detalhes ele é diabético e teve a perna amputada, está acamado, não moro no mesmo Estado que eles,por conta disso não estou presente na vida dele, é ele se sente solitário), e se é possível fazer projeção para ajudar pessoas encarnadas? Outra dúvida não sei porque não consigo mais projeção consciente. Durmo e nem lembro de ter sonhado. Seria possível outro projetor ir lá. Fazer o amparo? Agradeço se puderem esclarecer essas dúvidas.
  23. Belíssimo relato irmão. Pude imaginar tamanha beleza. Somos abençoados por disfrutar do Despertar.