• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

eder.andrade

B-Membros
  • Content Count

    27
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

6 Neutral

About eder.andrade

  • Rank
    Member
  • Birthday 12/24/1975

Recent Profile Visitors

293 profile views
  1. Já estive em um "lugar" assim mais de uma vez. Sensação de paz absoluta. O ambiente era visualmente semelhante a aquela passagem do filme "Um Olhar do Paraíso". Não me recordo da presença de ninguém. Também não me recordo como cheguei até lá.
  2. Fui muito sucinto e generalista em minha explanação. O ponto que queria deixar claro é que pela primeira vez em minha vida tomei conhecimento prévio de uma "profecia" que, no meu entendimento, se pode ver algum tipo de efeito prático caso você analise as coisas com uma pegada espiritual. Também vejo desta forma. Os tipo de problemas que a humanidade passa são cíclicos, sempre a mesma história acontecendo na humanidade, repetidamente, sempre os mesmos dilemas. Só muda o teatro e a época. Ex: assistam qualquer documentário sobre história da Alemanha, Japão ou Itália antes da segunda guerra, vejam como as pessoas agiam "ideologicamente" umas com as outras, dentro de uma mesma nação. Creio que terão um déjà vu do que ocorre em muitos países atualmente. Conheço e compreendo essa dinâmica. Mas falando especificamente sobre hoje: não é sempre que há um evento mundial que afeta uma parcela tão grande deste e ao mesmo tempo. Por isso da minha pulga atrás da orelha com a data limite do Chico. E não sei se vocês tem a mesma percepção, mas de todos os efeitos da epidemia (sanitários, econômicos, etc), o que realmente afeta e está "separando" as pessoas é justamente essa questão que levantei inicialmente. Vejo essa prova, essa separação. Alguns vão tirar suas lições e aprender, outros persistirão e não aprenderão nada, verão isso apenas como um contratempo aos seus planos nessa dimensão. E segue a escola Terra com suas aulas. Apenas para deixar claro que em nenhum momento quis colocar vírus como "separador do joio do trigo" no sentido que vai ser letal para uns ou para outros, usando como critério de sua condição moral. Isso não faz o menor sentido. Talvez eu ter usado o termo bíblico não tenha sido uma boa escolha e tenha dado uma dimensão por demais apocalíptica, que não era minha intenção.
  3. Desculpem a desvirtuada no tópico. Eu não acreditava em previsões, mas tenho uma pulga atrás da orelha com essa data limite do Chico. Assim que se atingiu o fim da moratória prevista, veio o vírus passear pelo mundo... Ele pode não ter causado o apocalipse clássico que se imaginaria, mas na minha opinião ele está servindo pra "separar" a humanidade basicamente entre 2 tipos: quem se preocupa com o próximo ou só consigo mesmo. Se aqui é uma escola, isso não seria um grande "provão"? Uma espécie de separação do joio do trigo?
  4. Bom dia a todos. Interessante você tocar nesse ponto, pois desembarquei aqui no GVA depois de ficar muito abalado após conhecer essa versão de planeta prisão através de um notório canal de youtube. O que aprendi aqui desde então é que deve-se ter muito cuidado com essas neo versões da realidade que pipocam por aí. Há um interesse/trabalho muito grande em manter o status quo, e novas "revelações" apareceram e continuarão a aparecer, sempre mantendo um status de paranóia (seria a luz uma ilusão?, etc). Mas se você já pescou o fio da miada da questão do ego e suas ilusões, talvez você consiga observar que todo o terror que essas versões criam só aterrorizam o próprio ego. Veja essa tópico sobre trabalho dos negativos: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/19011-oque-o-mago-negro-pode-causar/ Mais especificamente a primeira resposta: P: "Vejo muitos pessoas perguntando oque o mago negro pode realmente causar se encontrarmos com ele no astral" R: "Pode fingir ser mentor, bancar seu amigo, te dizer devagarinho que nada era como você pensava, te levar para ter experiências diferentes..dizer que você é a reencarnação de alguém importante. E com o tempo você forma seu grupinho, seu canal de youtube, para ensinar o que aprendeu com suas "experiências": Vai dizer que os conceitos x,y e z (que todos sabem há séculos), estão errados, que é tudo ao contrário, que na verdade estão tentando enrolar todo mundo com essas crenças, mas você, que é mais esperto e conheceu a verdade, vai contar como de fato as coisas são. E por trás de você o mago negro colherá os frutos da sua tolice em acreditar nele, e em levar para ele novos "crentes". Tá cheio disso por aí." Quando eu lí essa resposta me lembrei imediatamente de uma live que assisti, onde o dono do canal afirmava que era alguém muito importante em outra época antes de ser aprisionado. Já em outra palestra, ele defendeu abertamente os negativos... e por aí vai. Observei o padrão e comecei a desconfiar. Temos que tomar cuidado com as versões que pipocam por aí.
  5. Gostaria de esclarecer uma dúvida sobre este assunto, se possível. A energia que é utilizada é advinda da sensação em si (ex: medo, ansiedade, raiva) ou é essa sensação que provoca algum tipo de "vazamento"? Sensações de outro tipo (euforia, alegria) também exudariam energia útil para eles?
  6. Obsessão espiritual coletiva e o momento do país: https://www.youtube.com/watch?v=ZJm7kPfm52E
  7. Roda Viva entrevista o físico nuclear indiano Amit Goswami: https://www.youtube.com/watch?v=Xl3-1L98JZw Repostando pois o link original deste tópico não funciona. Recomendo aos interessados em mecânica quântica.
  8. Hoje, refletindo sobre esta polarização político/ideológica que estamos vivendo, que foi primariamente fomentada através de redes sociais, me lembrei de um vídeo do Hélio Couto, gravado em 2011, onde em duas passagens ele fala sobre os negativos e Internet. https://youtu.be/zs0nCS-UCQk?t=4657 (redes sociais/derrubada de governos) https://youtu.be/zs0nCS-UCQk?t=5521 (redes sociais/interação massiva/não raciocinar) Não consegui deixar de fazer uma paralelo com o que está acontecendo a pleno vapor por aqui e em outros países.
  9. Falando especificamente de consumo de carne, também posso dizer que foi aqui no GVA que conheci e compreendi os verdadeiros impactos do carnivorismo. Sempre fui uma bomba relógio emocional que explodia com qualquer coisa. Mesmo depois de fazer terapia eu não consegui obter um nível de controle satisfatório sobre isso. Quando passei a frequentar o GVA, cruzei com este post e me identifiquei com o depoimento. Aliado à explicação dos impactos espirituais do carnivorismo, me convenci, criei coragem e comecei a diminuir o consumo lá no segundo semestre de 2018. Cerca de 6 meses depois havia percebido uma mudança absurda de estado de espírito. Humor mudou, percepção mudou, tudo mudou. Apesar de ainda carregar os mesmos traços, estava muito mais fácil de controlar. Algo como se antes eu tivesse sintonizado em uma rádio que tocava só musica trash e agora to em outra, bem mais light. Recomendo a todos: se permitam!
  10. Aproveitando para falar de coisas de momento, posto para vocês este editorial de um jornal local de minha cidade.
  11. Boa noite. Ontem vi este vídeo de 5 de setembro de 2019, onde o Astrólogo Maurício Bakkar fala do alinhamento astrológico de março de 2020. Interessante observar a coincidência das datas e das possibilidades do que ele relatou que poderiam ocorrer. https://www.youtube.com/watch?v=XFcnKBA_V5g Ele também fez outro vídeo em 5 de março de 2020 com novas previsões. https://www.youtube.com/watch?v=er9yLpEODoU
  12. Como a pornografia moldou nossa sexualidade e por que você deveria pensar duas vezes antes de dar play https://www.uol.com.br/universa/reportagens-especiais/pornografia-sera-que-voce-devia-parar-de-assistir-a-esses-conteudos-na-internet/index.htm
  13. Roberto, perdão se não fui claro. Entendi que você deseja uma resposta, independente do sabor dela. Mas a minha curiosidade é sobre o pós... Pelo que li até agora, você enxerga esta informação como um grande ponto de inflexão em sua vida, onde você vai achar a razão fundamental de todas as suas mazelas. Que tipo de mudança você enxerga em sua vida tendo isso em mãos?
  14. Eu reforço a indicação. A cerca de 18 meses comecei a diminuir o consumo de carne e para mim é notória a diferença de percepção.
  15. Bom dia a todos. Roberto, estou acompanhando sua história em seus diversos tópicos. Curioso, deixo uma pergunta a você: Vamos supor que você encontre uma resposta via médium ou regressão. E nela você "descobrir" que é merecedor (ou não). E aí, como você considera que essa nova informação possa ditar os rumos de sua vida daqui pra frente?