• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

FelipeCV

B-Membros
  • Content Count

    5
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

1 Neutral

About FelipeCV

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Olá! Eu sempre tive problemas com visualização e na OLVE, porém sempre pensei que fosse algo normal, falta de treino etc., Mas descobri recentemente que isso é uma disfunção cerebral (Calma! Tem cura) e se chama afantasia*. Caso algum outro membro do fórum tenha a mesma condição, sugiro que vá treinando a mente para melhorar a habilidade de visualizar. Fazer isso é bem simples: pense em algum objeto simples e vá gradualmente adicionando mais detalhes, modificando a iluminação, identifique o fundo etc. Caso não tenha, também recomendo para melhorar a habilidade já existente. *Caso queira saber mais: https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/afantasia-incapacidade-de-visualizar-imagens-na-mente-atinge-cerca-de-25-da-populacao-17420892.html
  2. Essa sensação é de como se seu corpo físico tivesse um "delay" para responder seu comandos? Você olha para si mesmo e pensa "Este não sou eu..."? Porque sinto os sintomas já descritos e penso ser uma quase saída do corpo.
  3. Olá, aqui irei relatar uma experiência e realizar uma pergunta. Experiência: Eu estava em minha cama deitado ouvindo a técnica completa 3 do Saulo. Ao final da técnica, me senti "leve", como se tivesse "perdido peso energético". Até aí tudo bem, guardei meu fone e meu celular e fui tentar uma OLVE, cheguei no EV de forma "gradativa": ele foi lentamente se instalando, chegou no pico de vibração e volume do zumbido, e foi lentamente diminuindo. Tentei estendê-lo, mas não consegui. Minha dúvida é a seguinte: Como faço para continuar este EV?
  4. Bom, este é meu primeiro post no fórum, se trata sobre o corte do cordão de prata (Sem morrer! Calma...), que vi no blog da Aurora no Astral (http://auroranoastral.blogspot.com/2017/11/cortando-meu-cordao-de-prata-essa.html), neste relato ela conta sobre sua experiência cortando o cordão (Novamente, ela continua viva), que foi algo demorado e que como recompensa, tem enorme facilidade em se projetar, mesmo sem relaxamento ou quaisquer procedimento, apenas desejando sair. Gostaria de saber se alguém aqui ja fez tal corte, e caso sim, se poderia me ajudar a ao menos sair por alguns momentos, já que tenho grande dificuldade.