• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

7crossroads

B-Membros
  • Content Count

    17
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

10 Good

About 7crossroads

  • Rank
    Member

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. A umbanda são os mensageiros de umbanda (caboclos pretos velhos e crianças) e a quimbanda são os guardiões (Exus e pomba giras)..isso dentro da linha da umbanda esotérica (Matta e Silva). Essa simbologia entre esquerda e direita está presente em muitas culturas e religiões do planeta. Na Kabbalah judaica a direita é a misericórdia divina e a esquerda e a justica. No geral a simbologia da esquerda está associada ao esforço da lei cósmica em consertar um desvio..uma espécie de força contrária a qualquer ato anticosmoetico...no budismo você vai encontrar as figuras dos budas irados e guardiões do dharma como a figura do fudo myo por exemplo..na Kabbalah judaica é dito que nas dimensões do sitra achra (o submundo) somente há atuação do aspecto de justiça divina ou seja do lado esquerdo de Deus..enquanto a misericórdia divina da mesmo sem merecimento a justiça divina só dá na exata medida do merecimento..a direita é o sim e a esquerda é o não..enfim há uma série de simbologias ligada a essa questão de esquerda e direita..mas na umbanda a linha da esquerda (quimbanda) e a tropa de choque que visa prestar combate as falanges umbralinas sempre atuando junto com as entidades da linha da umbanda...o problema é que tem muito kiumba que se faz passar por Exu e daí surgem tantas confusões e preconceitos com essa linha de trabalho..na verdade são espíritos extremamente ordeiros e disciplinados e que jamais trabalham por trocas..se não for assim não e verdadeira entidade da esquerda mas sim provavelmente um kiumba (vagabundo do astral) se aproveitando do misticismo dos encarnados e da fascinação do ego etc
  2. Existe sim energia fria..a energia telúrica ou seja da terra é fria. Nós absorvemos essa energia da sola dos pés e ela vai subindo pelos meridianos das pernas se acumula na região do períneo e continua subindo pelo cóccix e vai subindo pelo sacral e espinha..estudos sobre isso existem na medicina chinesa e no qi gong. Também existem energias densas emocionais que são frias como por exemplo energia do sentimento do medo que pode se acumular nos rins etc..o Reiki não sabe nada sobre essa energia o tipo de chi manipulado pelo Reiki é diferente mais sutil..essa energia da terra seria a chamada kundaline ou Ching na medicina chinesa. São as energias mais densas que alimentam nosso corpo físico essência sexual etc
  3. Não há uma solução simples para isso..energias densas como o medo ou a raiva fazem parte de nossa contextura psíquica desde "sempre"...são forças atuantes em nosso psiquismo profundo "animal". Apenas o autoconhecimento pode ir aos poucos, modificando essa situação. Em primeiro lugar, recomendo alguma prática consistente para aumento de sua frequencia vibratória..algo para elevar a frequencia energética como orações, ou alguma meditação, reiki, sei lá, vai depender de suas preferências pessoais. As energias mais sutis tem o potencial de fazer a "queima" de energias mais densas, como por exemplo, as energias do medo que são densas, frias e se acumulam nos órgãos e meridianos. Tenho uma sugestão para você, pesquise sobre o Metta Bhavana Sutta..é uma meditação no contexto do budismo, e trabalha o desenvolvimento da energia do amor (compaixão) para todos os seres sencientes. Basicamente consiste em desejar o bem para todos os seres..voce pode começar com pessoas especificas do seu conhecimento (incluindo a si mesmo). Com essa pratica voce absorvera energias de alto padrao vibratorio que irao aos poucos queimar a sua negatividade, e é especialmente indicada para ajudar a melhorar o sono, além de afasta-lo de vibrações densas ou mesmo umbralinas. Alem do que, pode melhorar o aspecto de sua empatia. Eu quando quero trabalhar esse exercicio apenas repito mentalmente "que fulano seja feliz e amoroso" ou "que todos os seres sejam felizes e amorosos". Em segundo lugar, caso voce prefira uma abordagem mais intelectual tambem é possível fazer um outro tipo de reflexão. Recomendo o estudo da filosofia "estoicista" (meditações de marco aurelius) por exemplo, ou outras do genero. Basicamente consiste na reflexão de que nada exterior pode de fato afetar o seu mundo interior. Nós mesmos é que atraves de nossa interpretação do mundo exterior, fazemos com que o nosso mundo interior funcione dessa ou de outra maneira. Não existe nenhuma situação por mais dolorosa, amendrotadora, irritante etc que seja, tenha de fato o poder de influenciar o seu intimo de nenhuma forma. Quem faz isso é você mesmo..entende?existe uma absoluta independencia entre fatores externos e o que se passa no seu intimo..o dificil é desligar essa nosso "instinto reativo" e pensar desta forma absolutamente racional. Quando pratico este exercicio penso e medito na frase "nada exterior pode me afetar" ou algo do genero..ao se concentrar neste pensamento, sinto um profundo relaxamento no chakra gastrico, o responsavel por nosso corpo emocional. Existe uma vasta literatura mundial analoga a esta..há uma frase no hinduismo que diz " o sabor não está na maçã, o sabor está na língua de quem come". Enfim, são apenas alguma sugestoes..mas dezenas como essas seriam possíveis. São apenas variações do lema "vigiar e orar".(reflexão/vigilancia/consciencia + aumento da sua frequencia vibratória = progressiva libertação das dimensões inferiores).
  4. Que técnica exatamente você está usando? De fato quando se força muito a mente você causa tensão nessas áreas, ocasionando dores. Seja qual for a tècnica que esteja usando, recomendo antes de começar a fazê-la praticar por varios minutos a limpeza do pensamento. apenas feche os olhos e se concentre no escuro..tente ir limpando os pensamentos..diminuindo ao maximo o numero de pensamentos...isso dde forma o mais relaxada possivel, sem forçar. um sinal de sucesso é a diminuição da frequencia respiratória. a concentração NÃO é você pegar um pensamento em específico e força-lo em meio a dezenas de outros..a concentração é você manter o maximo possivel um unico pensamento..mas isso sem forçar, ou então esgotará sua energia nervosa, alem de poder deixar energias presas em areas de tensão como este ponto em especifico. caso isso ocorra, pode ser util alem de relaxar, mudar o foco da concentração como por exemplo, na sola dos pés, ou no umbigo. ou simplesmente buscar espairecer o pensamento fazendo uma leve caminhada ou algo assim. Caso esteja fazendo o olve, realmente ha uma certa tendencia em isso ocorrer por conta da velocidade e da intenção for muito forte, é melhor fazer de forma o mais relaxada possível. Este ponto em específico ainda é um ponto de acupuntura, que faz parte de um meridiano tributário do meridiano do coração. O coração na medicina chinesa é o responsável pela nossa "mente" e esquentar muito essa energia pode sobrecarregar esse meridiano. relaxe mais, diminua a quantidade de pensamentos e tente "esfriar" sua energia. É um sintomaa bem comum em tecnicas voltadas para a concentração se você esta fazendo algo mais dificil do que esta acostumado. Na medida em que a sua concentração (dimminuição de pensamentos) estiver a altura da dificuldade do exercício a que se propos, voce nao sentira este sintoma, pelo contrario, deverá se sentir relaxado, e ate mesmo descansado, com os nervos tranquilos.
  5. Sem dúvida são impressões estranhas e desagradáveis que você sentiu..me pergunto qual a sua motivação em tentar desenvolver a mediunidade, e porque não busca um centro espírita ou algo do genero para receber instrução acerca. Ou então estude bastante antes de tentar esses experimentos..contato com espíritos mais elevados nao creio que lhe passaria esse tipo de sensação não. Se você ficar evocando qualquer comunicação do alem, cara tem um monte de espírito a toa aí doido pra se comunicar com você mas em geral não vai ser espírito com evolução não. Se é que isso foi uma manifestação mediunica, poderia ser outra coisa tambem. Mas enfim. NA minha opiniao a mediunidade é uma zona mais cinzenta ainda do que o desdobramento astral..de qualquer forma você tem que procurar sentir o teor das sensações que lhe chegam, e aí dá pra saber se isso vem do alto ou do baixo astral.
  6. Sheldon você dorme sozinho? Será que você é medium?talvez esteja alimentando essa smanifestações comm sua energia...ou de alguem na casa que seja. Ja tentou procurar um bom terreiro de umbanda? (cuidado com os fakes, dirigidos pelo baixo astral). De qualquer forma, experimente algum tipo de meditação, para aumentar sua defesa energética. Eu costumo ter bons resultados com a meditação do sorriso interior..é uma meditação de tradição taoista. Basicamente, imagine o seu próprio rosto, ou um rosto qualquer sorrindo...lembre de situações positivas em geral, que remetam alegria etc. Com o passar dos minutos você começará a entrar em contato com essa energia positiva..após isso, tente focar a sua mente no seu próprio corpo e "sorrir" para os seus órgaõs (tente meio que conversar com eles..agradecendo o seu trabalho..vai pro pulmao, coração etc..)..após isso tente sorrir para todo o seu corpo físico..após isso tente imaginar seus outros "corpos" (corpo astral etc..sorrindo para eles tambem)...eventualmente se concentre apenas no sorriso.na luz...eu imagino ser envolvido por uma energia dourada quando faço isso. Da para sentir a energia envolvendo o seu organismo (chi). Busque energizar em especial o seu chakra gastrico (plexo solar). Insista até ter resultados positivos..no mínimo isso poderá ajudar você a se sintonizar com guias e mestres do além que talvez possam ajudar, alem de recarregar seu campo de defesa. É claro que tudo depende do seu contexto psíquico, tem pessoas que se dão melhor com leituras vibradas de salmos por exemplo se você for do tipo religioso..ou rituais ocultistas como os citados pelo sandro. enfim. Esse tipo de embate é difícil mesmo, e só quem já passou por essas coisas sabe como é. Existem muitas e muitas opções de tentar se livrar disso, mas cada pessoa é um universo próprio. Eu no seu caso iria trabalhar no meu próprio pensamento e energia,mais do que em coisas externas visando a casa em si. Aproveite o final de semana para se dedicar somente a elevar o seu espírito o máximo que puder..e se possível, pense em procurar ajuda (mas seja criterioso quanto a isso). Não tenha medo.Uma coisa é certa, se você realmente está passando por isso, bem, pelo menos você não vai mais duvidar da espiritualidade, e as vezes temos que passar por experiências difíceis como aprendizado..faz parte da caminhada.
  7. Talvez essa impressão tenha tido origem na sensação que temos quando em alguns momentos de idéias inspiradas sentimos um arrepio na espinha.subindo da base pela coluna.mas creio que isso costuma ser interpretado como uma espécie de transmutação da energia telurica (kundalini e tals ??). absorvemos a energia da terra pela sola dos pes e ela vai subindo focando inicialmente no basico..essa energia é de fato o nosso "combustivel" mais denso, que acaba sofrendo sucessivas sutilizações ao passar pelos outros chakras e se misturando com outras energias que tambem nos alimentamos. as ideias inspiradas muitas vezes acionam este mecanismo e da pra sentir a energia fluindo como um arrepio e tals..talvez seja isso..
  8. Caro Leadbater, Se houver dúvida de um possível assédio de entidades ligadas á magia negra e coisas assim recomendo a repetição mental de uma espécie de mantra..do tipo "Nada desejo,apenas servir à luz". Pelo menos é o que eu faço, se se tratar de algo simples como uma mera "aproximação", ou interesse. As palavras tem poder, e com a repetição este sentimento irá ganhando força...É um tipo de vibração bem eficaz para afastar esse tipo de energias.Repita por um bom tempo..pode ser de forma relaxada até mesmo em meio as atividades domesticas..cultive esse sentimento por um tempo..eu boto mais minha fé nisso...ou alguma coisa do tipo, para afasta-lo de aproximações com essa faixa vibratoria, e aproxima-lo dos mentores. De uma forma geral, tambem tento substituir os desejos (ausencia por algo que não tenho) pelo sentimento de gratidão e celebração pelas coisas boas que já possuo. Essa faixa de magos negros está muito ligada a busca pelo poder, desejos fortes e dominação. A não ser que você prefira duelar com símbolos e rituais ocultistas com supostos especialistas do ramo..rsrs..eu prefiro me focar nos valores inversos em que eles estão imersos, ou seja, abnegação, espírito de serviço, ausência de desejos (fortes ambições etc) e sentimentos de gratidão e humildade. Mas se o bixo tiver pegando mesmo, recomendo buscar ajuda com especialistas (entidades de índios e pretos velhos costumam estar associados a este embate contra os magos negros). Mesmo estando o astral pesado nos ultimos tempos, não custa nada você cultivar um pouco aquelas virtudes, pra te afastar de um eventual" olhado" rsrs. prevenir é sempre mais fácil que remediar.
  9. De fato, existem todo tipo de técnicas de respiração,e devido a complexidade do tema preferi me afastar um pouco e me concentrar só nas técnicas mentais, pois jamais tive acesso a um autêntico especialista neste ramo da respiração. Um outro fator negativo que tive na época em que acumulava muito chi foi o seguinte: de acordo com a teoria da medicina chinesa nossos órgãos produzem as energias tanto das "virtudes" quanto das "faltas"..em termos tradicionais da medicina chinesa por exemplo o coração produz a alegria ou a impaciência (seriam formas sutis ou densas da energia produzida pelo orgao do coração). o pulmao pode produzir a "coragem" mas ser afetado pela depressão..o rins medo ou gentileza..etc. Em outras palavras, O problema em se simplesmente aumentar a sua energia, apenas acumulando e sem fazer um trabalho nesse campo das "virtudes nos orgaos" é você aumentar a sua energia como um todo, inclusive as energias densas que por ventura você já tenha a tendência de produzir. Ainda bem que aqui os praticantes ja praticam técnicas que ajudam a evitar este processo, como o proprio ev ao ajudar neste processamento das energias densas e tal. Mas de qualquer forma é sempre bom pensar no desenvolvimento das virtudes, ao se desenvolver a ampliação da capacidade energética, justamente para não correr o risco de se aumentar ainda mais os seus próprios desequilíbrios, stresses e negatividades em geral. é bom praticar tambem técnicas de "descarrego", e desenvolvimento das ditas virtudes.
  10. Na minha concepção toda a forma de prestar auxilio desinteressado é uma forma de ir se desvincilhando do ego..os desejos não trazem felicidade..o amor e a paz sim. Não sei se isso é algo religioso, pra mim é algo bem biológico até..o que faz bem a minha energia principalmente. Nós somos constituídos assim, mesmo que nosso ego (parte animal) relute em seguir o caminho da nossa própria felicidade. A verdade é que a busca por conhecimento, ou pelo poder em qualquer de suas formas não preenche o vazio da existência da forma que o amor é capaz de preencher. Da mesma forma, é impossível ser verdadeiramente ético, sem uma dose de abnegação. É por isso que muitos magos negros do astral dedicam suas vidas a busca pelo poder, e utilizam encarnados tambem como seus mediuns, nesta busca desenfreada e ensandecida, que no final não leva a lugar algum, no sentido da satisfação da alma. Sem amor não há satisfação na vida, seja qual for a dimensão em que estejas..o amparo é só uma expressão disso, deste desejo de amar. Tambem tenho minhas dúvidas em até onde vai de fato o nosso "livre arbítrio" e acredito em leis naturais, queiramos ou não estaremos a ela subjugados. A vantagem para a projeção astral neste lance de amparo é justamente entrar na faixa vibratória dos ditos mentores, que não tem certos desejos inferiores como os magos negros por exemplo, que podem atuar mais facilmente em curiosos, ou mesmo pessoas que estejam mais proximas á sua faixa vibratória em busca de conhecimentos ou poder, ou ainda qualquer objetivo pessoal que seja. Os magos negros tem objetivos pessoais, os mentores não. Este pode ser o perigo em matéria de sintonias. Existem grupos e seitas de ocultistas que realmente buscam poderes, vampirzam outros encarnados, e fazem uma série de coisas..todos guiados por seus desejos particulares, acreditando serem senhores de sua propria vontade, quando não passam de marionetes de seres trevosos do astral, além de outras armadilhas íntimas do ego. Confesso que já até tive algumas experiências neste lado obscuro da existência, e não vale a pena...os desejos e ambições, isso tudo é ilusão..paz e amor essa é a lei que está inscrita no mais profundo de nossas consciências, pouco importa religiosidades. E o amparo é uma excelente forma de cultivar esse amor e essa paz desinteressados, pois a paz e o amor bastam a si mesmos, e por isso não os entendo como uma "moeda de troca"...De fato são prazeres da alma, mas nada além disso.
  11. Não tentei não..certamente foi uma experiência patrocinada, e não senti possuir um grau de lucidez extra fisico ainda para pedir uma nova chance de repetir essa experiencia em si. Rs..Como estava tudo muito claro, em meio a natureza, e não deu pra ver ninguem só sentir energias, concluí que eram entidades acima da minha frequencia mesmo. No umbral em geral eu vejo as entidades, e nem sempre elas me veem. A certa tensão que eu senti quando entrei na mata tambem é algo muito dificil de explicar, não era um rebaixamento energético quando costumo sentir quando se aproxima uma entidade negativa..sei la, me parece uma energia alí pra proteger o local mesmo, algo pra afastar intrusos. como eu falei quando eu olhei para tras (após passar a tal barreira) eu comecei a ver o que me pareceu ser uma cerca de arame, mas acho que isso foi só uma representação simbolica que a minha mente criou pra representar essa barreira mesmo. Enfim..pretendo um dia descobrir mais sobre esse local rs..na verdade nem sei se realmente era o tal convento posso estar enganado..tendo em vista que quando cheguei estava nesta mata, que interpretei como sendo a mata que existe neste convento. Mas vai saber né. De qualquer forma senti que não respeitei as normas do local ao começar a desfazer a tal barreira, e senti voltando pro corpo meio que arrastado tambem rsrs, da mesma forma do jeito que eu fui.
  12. Não cheguei a tentar outras vezes...tem um tempo já isso.Eu acho que era sem a pausa externa mesmo (bahya khumbaka). Depois eu consegui obter bons resultados só utilizando essa movimentação ai na parte do terceiro olho mesmo (depois de praticar o olve e ja estando meio descolado). Mas como eu te falei eu abandonei as tecnicas respiratorias pois eu fico quente demais..pego muita energia. Como estou acostumado a meditar consigo melhores resultados só meditando mesmo. Ainda mais se praticar a técnica sem esse bahya khumbaka ai, acho que é mais forte ainda. Nao sei se o ritmo da respiração pode propiciar alguma espécie de transe (quem fala sobre isso é o yogi ramacharaka - w. atksinon) mas ainda pretendo tentar essa modalidade absorvendo a energia no abdomem atraves da mente. Essa energia prânica (chi ) eu costumo imaginar na cor dourado e sinto ela quente, da mesma forma quando uso tecnicas de respiração..uso a tecnica do mantak chia que absorve essa energia pelo chakra frontal e manda pro dan tien. Quando absorvo as energias teluricas, imagino subindo pela sola dos pés e na cor azulada/esverdeada e ela é refrescante (jing). Mas estou deixando esse teste pra um futuro..como te falei estou evitando manipular muito essa energia mais quente, e focando mais no jing por questões de saúde. Mas mesmo assim, quando absorvo a energia telurica que é mais densa..quando faço o olve depois sinto de forma bem mais intensa. Essas praticas que o saulo faz (descarregar energias, absorver energias e mexer nas energias) tem tudo isso dentro do nei kung tambem, mas de outras formas. Quando eu treino respiração sinto alguns sintomas negativos de hiper ventilação..hoje em dia se for fazer respiração, só faço tambem com o bahya kumbakha mesmo sendo ele menos intenso. Mas meu foco mais é na concentração mesmo, e quando agente se concentra diminui muito o fluxo respiratorio (bahya kumbakha natural), e me sinto melhor assim.ate por isso estou investigando esse lance do "buteyko" para aprofundar mais essa mecânica. A eu nao lembro se era 8 segundos mesmo, eram 8 batidas do metronomo rs...o tempo da respiração é de acordo com cada um, pra não forçar muito tambem, o importante neste caso era ter o mesmo tempo para inspiração retenção e expiração.apesar de que hoje em dia, eu recomendaria acrescentar este quarto tempo de retenção externa, ate por ser sedativa e talvez facilitaria mais essa manobra projetiva.
  13. São interpretações válidas e possíveis no entanto, ouso discordar rsrs. Essa experiência em si, não foi umbralina (como muitas outras que já tive. umbralina no sentido de ser um ambiente pesado e denso). É claro que existem muitos ambientes como este que você citou..ligados a aspectos negativos inclusive da igreja católica e outras agremiações associadas. No entando este sítio em particular, me parece ser bem frequentado energeticamente, inclusive sendo um local de forte vinculo com as energias da natureza. Até onde sei, Entidades autenticas da linha de umbanda (que não é magia negra afro) costumam proteger tanto sítios naturais (devido ao potencial energético) quanto templos de qualquer denominação religiosa que porventura mereçam esta proteção. Quanto a cerca de arame farpado e o capacete de soldado, interpretei como símbolos que a minha propria mente criou ao interpretar tais informações a nível energético criando uma imagem simbólica. Não devemos estigmatizar qualquer coisa que seja catolica, romana, medieval, supostamente afro etc com coisas ligadas ao negativo...a luz sempre se manifestou em todas as formas, épocas e locais..e ainda se manifesta. mas eu entendo que este "pensene" realmente ja esta bem "queimado" a primeira vista...mas essa experiencia não foi trevosa nao, te garanto rs.
  14. Ola bom dia pessoal. Pratiquei por muitos anos um estilo de chi kung externo aprendido com um professor de artes marciais. Ele envolvia respiração e movimentos. Hoje em dia pratico apenas o que voces estão chamando de nei kung (pratica interna). Isso porque respiração é um tema meio complexo...dependendo da forma e da intensidade em que você treinar isso sem maiores cuidados, pode ser um pouco prejudicial. e eu tive algumas experiencias boas e outras ruins. a respiração trabalha essa energia que esta no ar, é uma energia quente (yang). Se voce fizer de mais e nao conseguir armazenar, circular essa energia pode causar desequilibrio com excesso de yang. Ja a prática estática do zhan zhuang propicia a absorção natural das energias telúricas (da terra) que são yin..frias. é bom usar as duas práticas para dar esse equilíbrio. Mas como eu falei prefiro praticar hoje em dia apenas nei kung..alias as praticas utilizadas pelo saulo calderon tambem são formas de nei kung. eu tenho muita tendencia a ter excesso de yang então absorver as energias da terra atraves da mente sem inteermedio da respiração pra mim é muito terapeutico. essas praticas são ensinadas com detalhes nos livros do mantak chia. em relação a respiração tem muitas técnicas tambem..mas se mexer com respiração e se for pra aprofundar muito a prática, acho melhor arrumar um mestre que ensine com todos os detalhes e conhecimentos ate de medicina ...para evitar eventuais efeitos colaterais. Eu ja tive projeção involuntária usando uma tecnica de respiração rítimica..e movimentei a energia depois de uma forma em particular, que tinha visto num livro budista. A tecnica foi assim: pratiquei por cerca de uns 20 a 30 mins respiração rítimica (coloquei um metronomo tocando..inspirava 8 batidas, segurava 8 batidas, expirava oito batidas)..usando a mente para absorver a energia junto com a respiração..acumulando ela no abdomem. depois desse periodo a energia e o calor ja estavam bem acumulados no abdomem. posteriormente utilizando somente a mente..imaginei uma esfera de energia na região da base do nariz subindo até a região do meio da testa.voltava pra base do nariz e subia de novo..lentamente...fiz isso apenas algumas vezes..de repente senti uma sensação muito forte..meu corpo aastral saiu de uma forma violenta..foi uma sensação até ruim, parecia que estava morrendo kkkk..depois disso fiquei la paralizado do outro lado tentando entender o que tinha acontecido. Enfim...foi uma projeção involuntaria oriunda de uma técnica de chi kung. em relação a projeção astral e técnicas de respiração, estou estudando uma técnica chamada buteyko. é um método russo de respiração..a proposta é ser terapeutico, mas a sua pratica supostamente tambem melhora muito a concentração relaxamento e etc..estou ainda testando essa tecnica então não posso dizer muito sobre.ela envolve respirar menos. Em relação ao nei kung, Hoje em dia tambem prefiro circular a energia em vez de fazer muito ev..sinto que o ev esquenta um pouco a energia e alem de estimular certos chakras que nem sempre quero que sejam estimulados...seguir o fluxo da energia pelos caminhos da acupuntura tambem trabalha a energia tipo um ev, sem estes sintomas. ao menos, no atual estado da minha prática, é assim que tenho percebido. um abraço para todos.
  15. Bom dia a todos! Venho relatar uma experiencia que tive, ja faz uns 2 anos. Creio ter envergonhado o amparador que me patrocinou a experiência rsrs, naquela situação. Na época tinha começado a entrar em contado com tópicos específicos sobre projeção astral através de obras do waldo vieira e do saulo. Estava tendo varias experiências interessantes patrocinadas, creio que como um incentivo e confirmação daquelas leituras. Em uma noite, cheguei a planejar antes de me deitar que tentaria visitar um convento católico que temos aqui na região (moro no estado do Espírito Santo). É um templo construído na época dos colonizadores jesuítas que fica no alto de um morro, coberto por mata atlantica. E eu sabia, que é um local utilizado até mesmo por outras denominações religiosas e deveria ser um local com um astral bacana. O plano deu certo, no meio da noite me senti sendo puxado e em alta velocidade fui ao local (bem..ao menos senti que era a entrada do convento). Estava ainda na beira da mata. Estava tudo muito claro, imagino que tenha sido preparado pelo mentor a ter um bom nivel de lucidez para a experiência. Subitamente senti uma energia meio ameaçadora..nao sei, é difícil de explicar, mas na hora eu vi em minha mente uma espécie de capacete antigo (talvez num design romano) no chão. Na mesma hora senti na minha intuição que era uma energia de guarda no local (me veio a mente inclusive uma frase "energia de Ogum"). enfim..a energia era meio ameaçadora e forte fiquei meio alerta mas logo após senti que eu estava entrando por uma espécie de fenda no ar..a sensação foi estranha, parecia que estava sendo espremido e passei para o outro lado. Infelizmente minha lucidez foi até aí..quando olhei para trás eu passei a ver o que parecia ser uma cerca de arame farpado. E pensei comigo mesmo "nossa mas que sacanagem, quem botou isso aqui, alguem pode se machucar!!" Após isso, comecei a puxar a cerca de arame e desfazer a barreira. Obviamente logo voltei novamente para o corpo!!! rsrss..enfim, pelo que entendi foi me dada a permissão de entrar no recinto pelas entidades de guarda no local, e eu a primeira coisa que fiz foi achar aquela barreira um absurdo e comecei a desfazer aquilo tudo, imediatamente fui arremessado de volta pro corpo rsrs. Em outra oportunidade tambem perdi a lucidez ao tentar amparar a primeira entidade que vi caída no umbral (aparentemente passava fome e sede)...imagino que outras pessoas tambem tenham tido experiencias frustradas por "indevidos ímpetos de ajudar em alguma situação"...como lidar para vencer essa tendencia??Rsrs um abraço a todos.