• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Dricamoreira

B-Membros
  • Content Count

    16
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Dricamoreira

  1. Poxa.. o video nao esta disponível... Fiquei curiosa Alguem tem ?
  2. Então, eu nao sei o motivo que eu fiz o roxo na perna. Apenas fiz o roxo, e logo em seguida disse que esse seria um sinal que a projeção foi real. O roxo está aqui, no mesmo lugar da projeção, porém tamanho bem menor, na projeção era um roxo grandão, aqui ta do tamanho de uma moeda de 5 centavos
  3. Acabei de postar um relato sobre comprovação de projeção Nem tinha lido essa postagem.. kkkkk Da uma olhada, Sandro, por gentileza. Inclusive quero sua opinião sobre.
  4. Hoje 19/02 .. não fiz nenhuma tecnica para projetar, aconteceu espontaneamente. Eu acordo no quarto dos meus filhos ( eu dormi no quarto deles essa noite ) Era de manhã na projeção e tambem no fisico. Eu me dou conta que estou projetada, e quero ter certeza que estava projetada no fisico, ou em outra dimensão. A minha casa era exatamente como no fisico, eu queria ter certeza q tava projetada no fisico, dai lembrei de ter lido uma resposta do Sandro daqui forum do GVA, ao responder um relato de alguem, mencionou que ele deixava um bilhete num movel de casa, e quando projetava ia checar se esse bilhete estava no mesmo local, (acho q foi algo assim ) dai eu fiquei pensando se eu tinha deixado algo especifico na noite anterior, para eu concluir que estava no fisico mesmo. Olhei tudo na minha casa, nao achei nada específico. Mas a minha casa estava bem mas bem semelhante ao fisico. Entao eu lembrei de um pensamento que eu tive na noite anterior. "" quando eu tiver a proxima projeção, vou tentar ajudar meu pai, que está em tratamento contra o câncer, o que eu posso fazer fisicamente tenho feito, acho que posso ajudar na projeção tambem, mexendo no corpo astral dele, fazendo alguma intervenção" Dai eu resolvi ir até a casa do meu pai, que fica no andar de baixo da minha. Meu corpo espontaneamente começou a flutuar, e eu fui até lá. Passei pela varanda, pelas escadas de saida, tava tudo perfeitamente igual no fisico. Teve um momento, que vi meus 2 vizinhos na janela da casa deles, a casa é bem encostada na minha. ( só que no fisico eles nao estão morando mais nessa casa, mudaram inclusive para meu antigo bairro, a casa atualmente está vazia) Eles ficavam me olhando flutuar até a casa de meu pai. Ao entrar, meu pai estava sentado no sofá, como ele faz normalmente no fisico. Dai eu falo assim ""pai, vou tirar esses nódulos de vc, que ta causando a doença maldita " ( ele ta com câncer de próstata, com nodulos espalhados pelo corpo todo, medico falou q nao tem cura, só tratamento pra conter o crescimento, que ele ja está fazendo.) Eu pensei em fazer reiki, ai comecei a fazer, e teve um momento que na região abdominal surgiu 1 caroço bem grande de cada lado. Dai eu fazia um movimento de tipo raspagem do torax até o abdômem, ai o caroço ia aumentando, cada um de um lado. Até que eu fiz um movimento que eles se dissolveram dentro do corpo do meu pai. E eu nao sei pq eu fiz esse mesmo movimento de massagem puxando, na minha perna, onde apareceu o roxo grande. Dai eu disse pro meu pai assim, ""vc ta dormindo, se vc quiser lembrar do que eu to fazendo agora, olha pra minha perna, olha esse roxo, eu vou estar com ele ao acordar, ai vc vai saber que o que aconteceu aqui foi real"" Depois disso eu volto pra minha casa e deito novamente. Daí.. eu começo a andar pela casa achando que tinha acordado, ai eu olho o roxo na minha perna e penso. ""Será que eu acordei. ? "" Dai eu percebo q ainda estou projetada. Volto pra cama. Aí eu acordo de verdade. Ao acordar eu começo a rememorar a projeção e quando olho... O ROXO NA MINHA PERNA.. estava menor que na projeção. Mas estava exatamente no mesmo lugar da projeção.. Eu nao tinha esse roxo e nao bati em lugar nenhum.. O que vocês tem a dizer sobre essa projeção? Eu sei q se mudar algo na situação do meu pai.. é pq rolou mesmo uma intervenção espiritual. O que vcs acham ?
  5. projeção, espontanea, 09/02/19, sem realizar nenhuma tecnica, acordei pela manhã e me lembrei da projeção, era 9h. Eu tava na minha antiga casa, ela estava bem parecida na epoca que ej morava, na frente da casa tinha um galpão, que na epoca meu pai estava construindo um comercio. E eu subi em cima da laje, em um momento que estava em cima, eu percebi que estava sonhando, e imediatamente quis voar. Daí, eu deitei no chão, pra começar a flutuar, dai fui flutuando até uma certa altura, q ja era bem alto, ai no ar mesmo, movi meu corpo para ficar ereto, e assim dei um grande impulso para voar. Voei bem, eu estava bem longe do chão. Até que teve um momento que eu parei no ar, e senti um pouco de medo, por estar muito no alto, a sensação era muito real e eu tenho bastante medo de altura. Na hora eu comecei a pensar " calma, isso aqui nao é real, nenhum mal pode acontecer" dai me acalmei e então daí, como sempre faço nas projeções, eu tive a preocupação de rememorar, e então comecei a olhar a minha volta, via muitas casas, mas nada era igual meu antigo bairro, parecia ser outro lugar. até que eu localizei bem longe uma igreja, e pensei, que eu iria lembrar dela, era aquelas bem católicas, c construções bem antigas. Dai eu pensei " se eu for voando, vai demorar muito chegar, a igreja ta super longe, vou pensar em estar lá e sei q em.poucos segundos estarei lá" E assim eu fiz, comecei a pensar em.estar na igreja, fechei os olhos, e poucos segundos abri e eu estava dentro dessa igreja. Estava tendo uma especie de missa, tava lotada, e era uma igreja muito ampla, poderia dizer q tinha aproximadamente umas 100 pessoas, notei tambem que as mulheres tinham roupas claras, e modelos da década de 20/30, vi algumas com aqueles chapéus rendados bem bonitos, usavam luvas rendadas, alguna homens de um traje semelhante a terno. Cheguei perto do padre, para tentar fazer ele me ver, ja que ali ninguem me via. Eu fiz de tudo, inclusive o abracei, ele sentiu minha presença mas não me viu. Daí eu tive a seguinte idéia " vou tentar realizar meu objetivo da projeção, vou tentar contato com meus mentores e esclarecer algumas dúvidas que tenho" Aí, eu fui e sentei no meio da fileira de bancos, onde estava mais vazio. E sei que mentalmente fiz uma pergunta ao mentor, mas não me lembro da pergunta. Recebo uma resposta, uma voz na minha mente responde, porem a forma que é falado, eu não consigo entender o que ele quis dizer , pois ele usava um vocabulário muito dificil, extremamente culto, nada popular, mesmo sendo tudo em português. Logo em seguida eu penso comigo mesmo "eu nao entendi o que ele quis dizer, ele fala muito dificil, eu nao sou tão inteligente e culta pra entender esse português tão complicado. Ta parecendo os espíritos que escreveu a codificação de alan Kardec, se ele que era professor tinha dificuldade pra entender oa espiritos imagina eu? Kkk""" Após pensar isso eu disse mentalmente " senhor mentor, por favor, fala de uma forma mais dinamica que eu possa entender, nao sou tão inteligente. " Logo a voz me responde tambem mentalmente. " nós sempre falamos com vc da mesma forma, falamos no seu coração, vc sabe que é a gente falando" Daí eu pensei comigo mesma " epaaaa, perai, eu não sei não kkkkk Será que é o mentor mesmo falando? Eu acho que eu estou imaginando essas coisas, nao tem mentor falando coisa nenhuma na minha mente, eu que to querendo que ele fale e acabei fazendo acontecer. Ele nem apareceu pra mim. Isso deve ser coisa da minha cabeça. " Depois disso eu fiquei super frustada. Fui fazer outras coisas ainda projetada, mas não vou citar agora pq meu relato ja está enormeeee.. Estou com muita dúvida, me ajuda aí, gente. Será que foi o mentor mesmo que falou comigo? Minha mente inventou a cena ? To confusa.
  6. Projeção espontanea, sem técnica. Pela manhã. Eu acordei, ainda era cedo e cochilei novamente. Não sei o que se passou antes dessa cena, não consigo me lembrar, mas eu estou parada em frente ao INSS do bairro Jardim limoeiro, fica na cidade de serra, no Espírito santo. ( Atualmente moro em vitoria- ES ). A frente desse predio era bem semelhante ao do fisico. E ao estar na frente dele me dou conta que estou sonhando e digo para mim. " Estou sonhando, posso fazer o que quiser " E logo em seguida pensei " não tem nada que me interessa fazer dentro do INSS, não sei se devo entrar. Logo, deixo os pensamentos e resolvo atravessar o portão de entrada, ele estava fechado. tive um pouco de dificuldade pois só metade do meu corpo passava e ficava a outra metade agarrado, como se meu corpo nao estivesse totalmente "fluido" Daí, pensei em me concentrar para conseguir deixar meu corpo mais sutíl e atravessar, e assim fiz, e atravessei. Chegando dentro do predio. Nao era como uma agência do INSS, era um interior de uma casa normal, estava vazio. Eu estranhei, mas andei pela casa, q estava escura, e parecia estar " abandonada" Como em outras projeções Eu tive a mesma ideia. "preciso reparar nos detalhes para me ajudar na rememoração" E fiquei olhando tudo a volta, mas não teve nada q me chamou a atenção. Pensei em ter mais lucidez E aconteceu, comecei a ficar mais lúcida, e reparei q o ambiente ficou mais claro, e com menos aspecto de abandonado. Não tinha ninguém, Eu estava sozinha. Vi um quarto e entrei. Quando entrei no quarto, senti um forte desejo de fazer sexo. Não havia ninguém lá, fiquei vigiando e procurando alguém, achando q eu estava sendo induzida para ter energias roubadas, mas nao tinha ninguém. Continuei a sentir muita vontade de fazer sexo. Até que pensei, "vou transformar esse quarto em um motel" E ele modificou, só que não ficou exatamente como eu pensei, mas mudou, era um quarto claro, com lençóis claro, tons bem claros e quando imaginei o quarto de motel, boa parte do cenário ficou avermelhado. Uma colcha de camurça vermelho na cama, muito bonito. Fiquei preocupada de estar sendo assediada, mas nao tinha ninguem no quarto, eu não queria ceder aos impulsos sexuais, queria aproveitar a projeção lúcida, mas os impulsos estavam intensos. Então decidi me masturbar, para que eu parasse de sentir necessidades sexuais e conseguir aproveitar melhor a projeção, no meu pensamento eu não seria "atacada" se ninguém encostasse em mim. Lembrei dos estudos de projeção, onde alguns, inclusive saulo Calderón fala pra ter cuidado com roubo de energia através do toque, abraço, etc.. Então fiquei vigiando pra ver se alguém aparecia, mas não vi ninguém. Depois disso fui perdendo a lucidez aos poucos, só me lembro de andar pela casa, até não me lembrar mais nada. Bom.. a dúvida é o seguinte... Eu fui induzida a ter energias sexuais roubadas, mesmo que eu não vi ninguém? É comum ter ataques invisíveis? Ou.... Eu não fui atacada, eu que estava com as energias sexuais intensas do proprio corpo fisico, vindo refletir projeção, vi um video no toutube, nao me lembro quem mais, assisto tantas coisas kkkk, mas acho que foi no cadf, que quando estamos com insatisfação sexual isso influencia na projeção, obviamente por acumulo de energia sexual. ( mas eu to de boas com minha vida sexual, não estou com nenhum problema na área, com a graça de deus kkkk ) Achei estranho tbm o cenario mudou, eu estava no inss, aí eu entro, ja nao é mais, passa ser uma casa, que desconheço. Mas aí.. o que vcs dizem ? Opiniões, please.
  7. Eu estava assistindo uns videos sobre projeção. Dai eu paro no video da Nancy trivelatto, falando em transformar sonho lúcido em projeção. Eu estava com um pouco de sono, mas como o vídeo estava muito interessante, assisti até o final. E fui dormir. Partes das tecnicas do video eu me recordei no sonho, mas estavam um pouco distorcidas e incompletas, acredito q seja pq assisti com sono. Mas a experiência foi bem legal. Sonho. Eu estava num apartamento mobiliado, estava em reforma, tinha um pedreiro que falava coisas sobre a reforma, as medidas de seguranças que eles utilizavam, tambem tinha outras pessoas lá, mas nao me recordo nada sobre elas, até que percebo q estou sonhando e penso em transformar o sonho lúcido em projeção. Logo eu penso, preciso de mais lucidez. Dai eu falei a palavra " mais lucidez" e notei que fiquei mais lúcida, ai falei novamente "mais lucidez" e notei que fiquei ainda mais lúcida, dai resolvi olhar para os objetos em volta com mais atenção, afim de melhorar a rememoração, ( tecnica do video... porém um pouco distorcida) olhei bem para o sofá q estava lá, até seus detalhes de costura. Eu estava tão eufórica por estar lúcida e tendo bastante domínio, resolvi voar, dei um salto e tive um vôo longo, como nunca tive em outras projeções a tal facilidade. Ao voar me lembrei do meu proposito ao dormir e conseguir projetar, era de ir a uma cidade espiritual e ver algum mentor. Logo comecei a pensar em estar nessa cidade, para conseguir ir com a força do pensamento. ( tecnica do video porém distorcida ) Mas não consegui. Ai eu parei o vôo e fiquei flutuando, e veio na minha mente um Pensamento ( vc vai visitar aquele país, era tipo um pensamento que alguem colocou na minha cabeça ) ( nao me recordo do nome do pais) e eu olho pra baixo e vejo o planeta terra e vejo uma porção de terra, que era aquele país, mas eu olhava e nao era um pais conhecido, parecia ser um planeta igual o planeta terra. Mas a sensação q eu tinha, mesmo sendo diferente, era a terra mesmo. Dai eu penso, mas eu nao quero ir naquele país Eu quero ir numa cidade espiritual, nao quero visitar paises do planeta terra. Dai eu perdi a lucidez. Volto a ter lucidez.. eu tava no meu quarto. Com algumas pessoas ( nao conheço ) e sabia q tudo é um sonho. Pois repetia isso Fiquei conversando com elas. Me recordo pouco sobre o assunto da conversa.
  8. Uaaaauu, experiência fantástica.
  9. Eu acordei e estava no meu corpo. Estava deitada como costumo dormir, de barriga pra baixo. Senti meu corpo descolando, logo em seguida eu flutuei em direção a porta do meu quarto. A minha casa estava da mesma forma q no fisico, mas nao consigo lembrar com tanta nitidez, os detalhes. Passei pela sala, e pela cozinha, flutando, quando chego a porta de saida, ela estava fechada, decido atravessa-la, e ao ver meu corpo passando por ela, fechei os olhos pq fiquei com medo de ver. Quando chego ao outro lado da porta, vejo a minha varanda, exatamente como é no real, estava dia, o sol brilhante, começo a notar meu corpo flutua praticamente arrastando no chão, ele parece pesado, eu forço para q meu corpo flutue mais alto, mas adiantava pouco meu esforço. Logo depois sinto uma forte pressão na minha cabeça, na parte de trás, e coloco a mão e sinto uma especie de cabo bem grosso conectado, imediatamente identifico sendo o cordão de prata, e assim as dores e pressão na cabeça se intesificam e me fazem pensar que alguém estava preste a me acordar, e pra não sentir um forte impacto na volta brusca para o corpo, eu decido voltar imediatamente pra minizar o impacto, e então eu penso em voltar pro meu corpo, inicio uma concentração pra voltar ao corpo e começo a sentir perdendo a consciência. Não lembro de mais nada! E não acordei no plano fisico. Continuei a dormir e Tive sonhos depois disso. Quando acordei, rememorei a projeção e os sonhos seguintes da projeção (sonhos comuns) Outro detalhe.. quando percebi q estava projetada antes mesmo de descolar do corpo, eu me vi, estava virada com a cabeça pra porta do meu quarto. Mas no real, eu estava dormindo na mesma posição porém com os pés pra porta do meu quarto. Como de costume diariamente. Nao entendi pq despertei no corpo no lado ao contrário do que no fisico. Queria entender o pq dessa "pontada na cabeça" era uma sensação ruim, de dor e que me atrapalhou na projeção e me fez decidir voltar para o corpo.
  10. Sim... a maioria das vezes.
  11. Obrigada pelo retorno. Eu não tive intenção de buscar interpretação de sonhos, queria entender a relação desse evento com projeção. Sendo que eu consigo ter consciência que sempre cai. Nem sempre quando elevador cai eu acordo. As vezes consigo sair antes. Mas agradeço a orientação.
  12. Tenho uma duvida que me corroi, me ajudem a esclarecer, por favor. Por muitos anos, e até hoje, eu sonho com elevadores, sempre acontece assim. No sonho eu sei que se eu entrar no elevador ele vai cair, algumas vezes, mesmo sabendo disso eu arrisco e entro dentro, ele sempre cai, algumas vezes eu consigo sair dele antes do impacto no chão. Eu nao tenho medo de elevadores. Ando normal. Porém algumas vezes, aconteceu aqui na minha cidade atual que moro, eu entrar em alguns predios e o elevador ser exatamente igual do sonho, uma dessas vezes eu fiquei apavorada, entrei nele com muito medo. Parecia que eu estava vivendo a cena do sonho, Mas outros elevadores eu nao sinto medo algum, inclusive ando diariamente em um, no predio da faculdade. O que vcs me dizem?
  13. Eu estava na minha antiga casa, no sonho ela estava no jeito que eu morava, no real nao está mais desse jeito. Tinha uma janela que ela no meu quarto, dava acesso ao muro dos fundos da casa, mas no sonho nao tinha esse muro, eu conseguia ver a rua. Dai quando olho pela janela, tem um trilho de trem, e alguem me diz, pula dentro do trem quando ele passar, vc vai sair em tal lugar ( um bairro da cidade atual que moro) e assim foi Quando eu chego em um certo ponto, dentro do trem eu nao sei onde devo descer, só escuto alguem dizer, " é aqui" Ai eu desço. Mas quando vejo, o bairro nao parece nem um pouco com o bairro que eu iria, eu começo andar poe ele, tinha varias construções historicas, que me era familiar, mas nao sabia que local era aquele. Um momento eu percebo que minha irmã está comigo. E eu desabafo com ela que estamos perdidas. O local tinha muitos predios. Ela diz " vamos num predio pedir informações " No caminho encontramos um mendigo, que tinha uma bandeira de algum país estendida. Quando eu chego perto pra olhar, ele se irrita, eu saio rapido e sigo para o predio. Chegando no predio, encontro um porteiro, e eu pergunto a ele que lugar era aquele pois eu estava perdida. Ele me responde em português "que não era América do norte " e começa a falar em um idioma que eu nao entendia nada. Eu e minha irmã ficamos aflitas, por descobrir que a gente estava longe da nossa patria. Dai resolvemos andar pelo predio pra perguntar alguém como voltaríamos "pra casa" Tinha muitos corredores, andamos muito. Dai acordei. Voltei a dormir. E no sonho eu volto pros mesmos corredores.. que no fim saiu num hospital. Nao me recordo do que aconteceu nesse hospital, só lembro de que minha mae estava lá. Será que foi um sonho lucido? Sonho comum ? Projeção semi consciente? O que me dizem ?
  14. Eu estava no supermercado com minha mãe , em um bairro que morava antes, tudo era bem parecido com o real, quando estavamos na fila, nao me recordo o motivo, comecei a discutir com 2 mulheres e uma delas até sai nos tapas. Depois disso eu e minha mãe fomos passar na orla da praia, nesse mesmo bairro, perto do supermercado, estava dia e bem ensolarado. Dai minha mae falou, que estava com calor, e eu disse, "mãe isso aqui é um sonho, nada disso é real, vou até voar. Dai quando eu tentei dar impulso pra voar, eu nao conseguia ir muito alto, tentei varias vezes, eu flutuava até chegar ao chão novamente. Eu estava muito pesadaTeve um momento que ouvi uma voz que disse. "Vc precisa se reconciliar com as mulheres que brigou, só assim que vc vai voar" dai fui até a Praça do bairro, que ficava em frente ai supermercado, elas estavam lá, pedi desculpas, fui bem sincera no meu arrependimento. Elas não demonstravam que tinha desculpado, ficaram indiferentes Depois disso nao me lembro de mais nada. Por que será que nao consegui voar ? E pq eu tinha que pedir desculpas?
  15. Bom, esse relato é a experiencia mais lucida que ja tive, com boa rememoração e senti tudo muito intenso e real diante de outras experiências que tive. Era de manhã eu acordei e vi que ainda era cedo resolvi dar mais um "cochilo" Me vejo no meu quarto, ele parecia exatamente com o fisico, só que estava sem teto, eu olho pra cima e vejo o céu muito estrelado, mais muito mesmo que nunca vi no real. E tento voar, mas nao consigo, depois de tentar varios impulsos e nao conseguir ir muito longe, me sinto desanimada, e frustada, aí ouço uma voz que diz. "Se concentre querida, você consegue, se acalme vc vai voar. " Dai eu fechoos olhos e sinto uma especie de energia expandindo dentro da minha cabeça eu com olhos fechados enchergo um clarão. Dai abro os olhos e olho pro céu e tento voar, já no primeiro impulso eu consigo, num salto só em poucos segundos eu chego a uma nuvem, e lá vejo uma mulher, jovem, negra pele radiante, e com um aparato tampando rosto ( um acessório de orixá) e imediatamente reconheço a mulher, como orixá iansã .Eu disse assim " isso nao pode ser real, é vc mesmo?" Ela disse: "sim sou eu, venha cá conferir." E abriu os braços para mim. Eu abracei, e foi uma sensação muito boa, eu senti como se ela me doasse energia de calma, pois eu sentia sair dela, e tambem senti um perfume que nujca senti antes, o perfume era muito bom, mas muito bom mesmo, eu podia ficar o tempo todo ali. Mas ela soltou dos braços e disse, "vamos." Seguimos para um local, parecia ser uma cidade muito pequena, com pouquissimos habitantes, tambem parecia está sendo construida aos poucos, tinha plantações de uva, algumas pessoas trabalhavam lá, percebia que a comunicação era mental, ninguem sequer movia os lábios, somente eu por hábito conversava oralmente. Via também que a maioria estavam lá recente, pareciam que estavam se adaptando a nova vida lá, teve um momento que vi meus avós ( falecidos) Eu os abracei, e disse que sentia saudades, eles disseram que também e minha vó começou a chorar falando que sentia muita falta do meu primo ( que eles criavam quando vivos) e meu avô tentava consolar ela. Logo em seguida, falei com a "iansã " que queria ver minha irmã (também falecida) a iansã responde que minha irmã estava em outro lugar que nao dava pra gente ir.. mas que eu podia falar com ela dali mesmo que ela iria ouvir. Dai comecei a gritar pela minha irmã, gritei varias vezes andando pela cidade mas nao tinha resposta, dai comecei a chorar e dizer que sentia muita falta dela, foi quando ouvi uma voz bem longe dizer que também sentia muita falta de mim, uma voz de tristeza, perguntei se ela estava bem, ela disse que sim, logo fui interrompida pela iansã dizendo que eu tinha que voltar. Quando cheguei na nuvem, eu perguntei a ela, eu vou pular, dai quando eu chegar no meu corpo eu vou sentir um impacto de estar caindo, né ? Ela disse que sim, eu falei, que era muito ruim esse impacto eu queria voltar de forma mais sutil, ela responde que nao dá tempo, e me empurra. Lá vai eu acordando com aquele pulo clássico, coração na guela. E muita falta de ar. E minha filha me acordando pedindo toddy. ( nota: sou espiritualista, gosto muito das histórias de orixás, mas minha crença neles é que são apenas espiritos benfeitores, nao tenho a mesma crença que na religião do candomblé e umbanda, que tem toda uma historia real sobre eles, como falei, acredito e vejo apenas como espiritos benfeitores, e gosto das historias que contam sobre eles, como gosto de historias da mitologia grega. )