• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

robertoguerreiro

B-Membros
  • Content Count

    51
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

9 Neutral

About robertoguerreiro

  • Rank
    Advanced Member

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Respondendo aos seus arquivos "sensacionais" fazendo referencia à serie V que você defende ser a origem das teorias tão malucas como o espiritismo é considerado pela ciência: Autor: Erich von Däniken, Obra de destaque: Eram os Deuses Astronautas?, ano: 1968. Autor: Zecharia Sitchin, Obra de destaque: O 12º Planeta, ano: 1976. Autor: Kenneth Johnson, Obra de destaque: V, os Visitantes, ano: 1983. Devid Icke se inspirou nos dois primeiros autores. Abraços.
  2. Caramba Sandro você resumiu muito bem, as teorias de conspirações mais populares e mais difundidas nos ultimos anos, vou guardar aqui em meus arquivos, sensacional. Agora, se a pessoa usa metade do cérebro, percebe que tem algo errado com essas teorias kkkk abs Autor: Erich von Däniken, Obra de destaque: Eram os Deuses Astronautas?, ano: 1968. Autor: Zecharia Sitchin, Obra de destaque: O 12º Planeta, ano: 1976. Autor: Kenneth Johnson, Obra de destaque: V, os Visitantes, ano: 1983.
  3. Bom, eu gosto de fatos e não de disse-me-disse: Sobre as teorias espiritualistas que eu apresentei aqui, em qual delas eu usei o verbo "ser" no presente do indicativo e ainda por cima sem a ressalva da opinião de ser de terceiros? Poste os prints por favor.
  4. Bom, pelo o que falam, não é tão simples assim, para eles apagarem a sua mente, eles precisam de sua permissão e para eles terem a sua permissão, eles se passam por parentes, deuses, e luzes cheias de amor, afinal se eles não respeitarem a sua vontade, segundo esse povo, existe um tipo de confederação a quem eles têm que prestarem contas. Mas enfim Sandro, eu não estou garantindo que isso seja verdade, mas sim uma possibilidade, assim como o kardecismo também é.
  5. Em suma, se você julga errado, pra você também pouco importa. É o egocentrismo com nome de "se valorizar" pregado pela auto ajuda new age, levado ao extremo: eu sou o centro do universo e da rasão. O inferno é os outros. Sandro, isso não é argumentação ou fato discutido, isso é fascinação.
  6. Segundo defensores da teoria dos arcontes, está. Quando você vive e por acaso tem conselhos de espíritos que lhe dizem que você tem tal vida pois fez algum mal a alguém em outra vida, você pode escolher acreditar nisso e se submeter a seguir um script de provas para agradar a "deus" e os tais mentores. Já quando você morre, você pode confiar na luz, entrar no papo dela e reencarnar de novo quando ela lhe fizer se sentir culpado. Se você confia cegamente aqui, confiará também lá. Tanto é que a tal luz sempre se passa pelo personagem que a pessoa crê nele. É o que dizem.
  7. A sexualidade não é exatas. Cuidado! As rotulações não são só para a "turma do meio" mas também pra turma que luta para parecer que não é... A heterossexualidade latina é tão frágil por exemplo, que o homem heterossexual precisa o tempo todo provar que não é "do meio", como diria os engenheiros e arquitetos: todo pilar é proporcional à estrutura que ele tem que evitar deixar cair...
  8. Infelizmente canais grandes, médios ou com mais de 3 mil seguidores não vão dar bola a ninguém menor(em termo de seguidores ou popularidade) que eles afinal quem consegue notoriedade não quer parecer normal falando com pessoas normais e assim perder a notoriedade. Mas isso não acontece só com ele, todas famosidades tem esse EGO, veja o Saulo Calderão mesmo, ele responde perguntas confortáveis apenas, se eu postar lá um texto falando sobre várias opiniões contrárias ao que ele diz, é quase certo que ele irá ignorar solenemente com a desculpa de ter vários seguidores para responder. Agora se um canal do porte do Felipe Neto dar uma cutucada nele, eu garanto que a resposta é imediata! Ou seja, esse problema que você citou não é só com ele que acontece e não tem como mudar. Uma pessoa se retratar mostra que ela está aberta a aceitar que errou e que pode dialogar de forma mais honesta, afinal todos nós falhamos e quem assume isso merece um crédito pois pelo menos quando errar, será possível reverter o erro, agora e as pessoas que nunca aceitam a possibilidade de estarem erradas como Jim Jones? Levam todo mundo pra vala falando que estão corretos. Pode ser que ele tenha amarelado? Pode! Mas me diga, você nunca errou na vida com alguém? Quando você fez isso, não pediu desculpas e deixou o seu orgulho falar mais alto? É essa a postura correta a ser feita? Qual a sua sugestão nesse caso? Realmente, você não usou a palavra "todo" mas se referiu a todos os heteros quando disse "hetero sente repulsa instintiva". Você não ponderou dizendo "alguns heteros", você disse "hetero", ou seja, generalizou todo um gênero sexual. Veja só a diferença no exemplo abaixo: 1) Brasileiro gosta de samba. 2) Alguns brasileiros gostam de samba. Repare que na frase 1 em relação à frase 2 eu estigmatizei toda uma nação ter que utilizar a palavra "todo". Veja outro exemplo abaixo: 1) Alienígena não presta! 2) Alguns alienígenas não prestam ! O que seria um hetero "puro"? Onde a sexologia se refere a isso Sandro? Por acaso agora sexualidade virou a nova "raça ariana" ? Você coloca a sua mão no fogo que a bissexualidade nunca possa ter batido às portas dessas pessoas? Bom, quais héteros falam isso? Nomes? Quantidade? Experiências anedóticas eu tenho até falando sobre lobisomens! Você precisa entender que um heterossexual ou homossexual faz uma coisa nem sempre é por conta simplesmente da sua heterossexualidade ou homossexualidade mas por experiências boas e ruins que ele teve ao decorrer da vida. Eu por exemplo conversando com a minha terapeuta de vidas passadas la na rua Augusta chegamos a um assunto parecido sobre um cliente dela, esse cliente tinha ojeriza ao toque com homens e gays principalmente, ele era muito atraente, também tinha trauma a água e sabão quando caia em sua costa no banho. Ele odiava gays. Depois de uma sondagem profunda ela descobriu que esse rapaz era molestado por um irmão mais velho que o penetrava nos banhos escondidos da mão, onde sempre antes dele sofrer o abuso o seu irmão passava água e sabão nas nádegas dele. Você agora vai me dizer que esse rapaz é assim porque é hetero???????????? Esses heteros "puros" que você citou, você por acaso sabe o que aconteceu no passado deles? Eu até hoje me recuso a acreditar que o ódio gratuito seja algo natural e saudável. Pelo menos nisso. Ah, só pra enterrar de vez a sua tese estranha do "hetero puro", tão falando por aí que os cientistas Bethany e Lester, fizeram lá na universidade da Georgea uma experiencia sobre homofobia colocando um monte de caras heterossexuais com um medidor de ereção no genital deles. Todos se declaravam machos e eram classificados como homofóbicos devido aos questionários que responderam! Aí colocaram filmes pornos de homossexuais para eles assistirem, o resultado é que a maioria dos machões homofóbicos não ficaram indiferentes aos filmes... Ou seja, nem todo cara que diz ser uma coisa, de fato é essa coisa, alem do mais, o que ele é, pode ser fruto de experiências tramáticas. Resumindo, isso de você falar que heteros têm nojo de contato físico(não sexual) com outros heteros devido à heterossexualidade deles, não mostra ter embasamento na sexualidade ou na realidade mas sim em preconceito ou em experiências isoladas particulares que não têm a ver com a sexualidade saudável e natural da pessoa. É claro, nos países latino onde o machismo é ostentado, qualquer hetero normal vai dizer que tem nojo de outro homem porque logo lhe vem à mente sexualidade ao invés do afeto de amigo, por isso ele tenta se defender para não ser associado à figura do homossexual.
  9. Eu concordaria com você se não tivesse os casos raros onde a pessoa é questionada se deseja ficar lá ou se quer voltar. Mas de resto, fica evidente que existe um comando lá, o que lhe garante que esse comando seja luz e amor se existem várias pessoas no mundo relatando que não é bem assim. Não é de se estranhar que nesses locais não existe brigas, conflitos e opositores? Só faltam tocar armas o dia todo? Quer dizer que se morre e todo mundo vira santo, inclusive os comandantes? Me desculpe, mas não é bom senso achar que o universo todo é baseado em diferenças e diferenças geram conflitos mas lá em "NOSSO LAR" tudo é harmônico. Ah,me esqueci, o que não é kardecismo é "teoria maluca", não é mesmo?
  10. Não comandar pra mim não é dura realidade, é um alívio. Agora o que eu quero que todos reflitam é: você não sabe quem manda, não sabe as intenções de quem comanda e nem sempre quem faz essa tarefa tem boas intenções. Confiar no comando do outro que não se conhece é temerário.
  11. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ai Sandro, você e suas respostas simplistas me aliviam a depressão por alguns instantes. Vai ver que você está confundindo heterossexualidade com efefobia ou transtorno de personalidade esquizoide kkkkkkkkkkkkkkkkk. Um monte de gente heterossexual quando está feliz e tem autoestima alta sai pegando nos outros , não necessariamente com intenções sexuais, mas por afeto mesmo, não é só por educação não. Na minha escola no primeiro eu era apaixonado por um menino super carismático que tinha namorada e vivia cercado pelos colegas, ele era a estrela na escola, vira e mexe ele estava com o braço jogado nos ombros dos seus amigos após o futebol. Eu e ele nos desentendíamos muito, mas no fim, fizemos as pazes. Depois de tudo ele quando vinha falar comigo colocava o braço em cima de mim e ficava conversando e andando ao meu lado, eu suspirava de felicidade, nem dormia esses dias, só faltava não lavar a roupa para preservar o contato dele. Ele era hetero e nem desconfiava que eu era apaixonado por ele, e aí? No ensino médio também, me apaixonei por um cara italiano loirinho e cantor, olha ele aí na foto debaixo, se chama Danilo Todas as meninas do colégio se derretiam por ele, eu era doido por ele, o adorava, quando ele me via, claro sem nenhuma maldade, me abraçava e dava uns tapinhas na minha costa, eu adoravaaaaaaaaaaa! Claro, depois que eu me declarei a ele, ele me mandou pra PQP e virou um bicho! Em 2009 eu conheci um outro cara lindo, carismático e efusivo chamado Yuri, declaradamente homofóbico, ele lutava kung-fu, era um maurinho e não tinha aquela mania de hetero pobre de apertar a mão de todo mundo não, mas tinha um outro cara que ele adorava zoar agarrando ele dando golpes de jiujtso , eu morria de inveja dos agarrões que ele dava nesse amigo dele. Ainda tem os milhões de casos no futebol europeu onde o machismo latino não é tão forte assim, os homens se agarram sem malicia sexual quando estão felizes. E as vezes você gosta de uma pessoa mas não é sexualmente, você gosta como irmão ou sei lá, um afeto inexplicável por algumas pessoas e bichos, é afeto e não quebra da heterossexualidade Nem vou falar das mulheres heterossexuais onde muitas delas são super afetuosas com as outras sem serem necessariamente lésbica. Eu por exemplo sou gay e não gosto que mulheres ou pessoas desconhecidas toquem em mim, mas isso não é assim com todo mundo não. Eu não sei de você você tirou que todo hetero sente repulsa instintiva de apertar a mão de outro cara do mesmo sexo, isso aí deve ser um ou outro caso, mas não responde jamais pela maioria. Heteros também sentem afeto! Isso é normal entre mamíferos. Sinto muito mas nisso, você se equivocou feio.
  12. Eu citar uma pessoa é muito diferente de afirmar coisas sobre ela que talvez ela não gostasse sem ela estar no local para se defender. É tipo um político falar do outro na TV sem a TV dar direito de resposta. Agora se eu falo que tal político fez uma obra que ele mesmo assume que fez, ele não precisa estar presente só para concordar. O ceticismo não é exatamente uma ferramenta para você procurar respostas mas sim para você poder filtrá-las. Como não? Você criticou o fato de eu contra-argumentar em cima do seu exposto, deixando subentender que todas as teorias que são contrárias às suas são >>malucas<< e sem bom senso. Ora bolas, se um moderador chega e fala para um novato mais acanhado que aquilo que ele pensa é coisa maluca sem bom senso sem ao menos mostrar os insumos para se chegar à essa conclusão, ele se sentirá convidado a calar a boca, afinal o dono do local , de forma autoritária fez juízo de valor rapidamente sobre aquilo que foi dito sem ao menos avaliar. Afinal o que é ter bom senso para você? São teorias malucas por que? Porque você acordou, caiu da cama e achou que é assim? Pronto e acabou? kkkkkkkkkkkkkkkk Se isso não for coação a pensar igual a você, nada mais é. Eu acho que o Morel nunca seria deselegante a esse ponto como você foi. Mas enfim, você abre portas para nós acharmos que o kardecismo também é uma teoria maluca, e aí?
  13. Sandro, segundo o próprio espiritismo kardecista de onde você parece ser partidário, diz que existem reencarnações compulsórias e não compulsórias, sendo assim, se isso for verdade, a coisa não é a casa de Irene onde eu faço aquilo que me dá na telha, existe um chefão que manda e coordena as coisas e se ele manda ele tem poder de retalhação. Vamos ser sinceros: o mundo não é simples e infantil a ponto de eu poder fazer aquilo o que eu quero. Eu queria por exemplo estar na cama com Lionel Messi agora. Eu queria não ter nascido no Brasil mas sim na Alemanha. Eu queria ser uma mulher bela tipo a Ruby da novela mas sou um gay e feio como uma tartaruga ninja. Eu queria ser uma pessoa que não fede que não adoece e que tivesse o sucesso de Neymar, não sou. Eu queria ter o amor de um hetero que eu admirasse e gostasse, não tenho. Eu não queria que meu 'amigo' de 15 anos tivesse transando com a minha mãe quando eu tinha 14 e ainda gritasse isso na rua para me humilhar, não pude fazer nada. Eu não queria um mundo onde os animais se matassem para se comer, não posso mudar isso. Eu queria pegar um cara hetero lindo que eu gostasse e levá-lo para tomar sorvete de casquinha no shopping da minha cidade com ele sabendo do meu amor, não posso. Eu queria não morar na desgraça da cracolândia mas sim em algum país nórdico, não tenho fôlego financeiro mais pra isso. Eu queria ter um corpo de mulher para eu entrar e fazer de tudo a noite e depois, feito um vampiro cansado, voltar pro meu corpo real e dormir, nem tem como! Eu queria fazer um dispositivo alienígena que permitisse eu ver todos os cantos do universo num tablet, não posso! Então, o mundo não permite acontecer tudo que nśo queremos que aconteça, independente das consequências. Você sabe disso! Algumas coisas que queremos não podemos fazer. Quem te fala que querer é poder, é otimista demais. Querer não é poder, querer é só uma parte! Se a vida tem as suas estrelas, os seus privilegiados, os seus donos porque no mundo de lá seria tudo diferente? Só porque Kardec falou que é assim? Ser crédulo assim é muito pra mim. Você falam tanto de carma, mas vejam, as pessoas que fazem regressões de vidas passadas, as que eu vi, não tinham esse negócio tão matemático tipo: fui ladrão na outra vida, nessa eu vou ser roubado, fui vadia na outra vida, nessa eu vou ser corno. As regressões mostram repetições comportamentais em personagens diferentes com graduações diferentes. As regressões e EQMs mostram: do outro lado não é a casa da sogra! Tem quem quem comanda e tem quem é comandado! Igualzinho aqui porem de forma mais cheirosinha. O que é mais comum são aqueles casos de EQM onde a pessoa chega num local maravilhoso e de repente lá alguém fala: -- "Aqui você não fica! Não tem choro! Volta lá pra terra agora!" E a pessoa volta contra a vontade a ponto de ficar deprimida e com raiva. Ou seja, é evidenciado que a lei do mais forte funciona também lá! Mas enfim, como eu não vi espíritos e nunca estive lá, não posso lhe garantir nada. Só me resta a convidar todo mundo a refletir sobre várias hipóteses, mas também se a pessoa não quiser refletir, é simples, é só não responder e vida que segue!
  14. Sandro, não é de bom tom coagir ao cliente do banco para que ele não questione ao gerente sobre os descontos que a sua conta vem sofrente só para banco não ter que se explicar... Veja que das pessoas que eu não discordei aqui, você foi se focar justamente naquelas com qual eu discordei, talvez para falar o que todo espírita ama de paixão dizer a quem não aceita tudo o que eles impõem usado um velho chavão: "Quem não aprende pelo amor, aprende pela dor". Sandro, quem não gosta de ser questionado não pode ser espírita, tem que ser Islâmico radical. kkkkkkkkkkkkkk! Referente ao Morel, vamos ser justos: você está falando isso dele sem dar-lhe o direito de se defender aqui, afinal eu creio que ele não esteja nesse forum, então, falar que o outro está baseando-se em coisas incorretas só porque o que ele diz algo que não me agrade, não é uma argumentação válida. Seria mais honesto você pegar um trecho curto do que ele defende, explanar aqui e discorrer por que seria uma troca de uma crença por uma outra simplesmente e de preferencia com ele aqui para lhe responder. Sabemos que canais no Youtube adoram pedir o seu joinha e likes para crescerem mas depois que chegam a passar de 1000 inscritos, viram estrelas e não respondem mais ninguém que seja pequeno por lá, isso não seria exceção com ele. A dialética é sempre bem-vinda e não pode ser marginalizada como você tentou fazer acima, a não ser que o intuito claro seja venerar uma seita. Deixe as pessoas questionarem, mesmo porque você não é obrigado a ter todas as respostas do mundo para ninguém, responde se quiser. Não tem nexo eu abrir um forum para todo mundo só ficar aceitando e concordando comigo, se não, não seria forum mas sim seminário! Oh Sandro, aí que você se engana completamente. Um engenheiro/arquiteto na faculdade faz exatamente isso para projetar uma estrutura segura que atenda aos padrões do local onde ele irá construir. Ele se questiona desde as condições climáticas, até os centímetros que serão necessários para o encanamento caber entre a lage de um andar e outro, os arquitetos por exemplo usam maquetes sofisticadas para verem os seus erros antes de fazerem o projeto, e mesmo assim, o preço da obra muda pois se descobre no meio do empreendimento que uma coisa não saiu como se deveria sair. Meu amigo, ninguém sai construindo uma ponte ou uma torre como a torre Eiffel sem pensar ostensivamente nos desafios que o meio ambiente oferecerá ao projeto. O eurotúnel no Canal da Mancha que liga a Inglaterra à França por questão de poucos centímetros no seu encontro quase foi totalmente inutilizado e inundado. Sim, quando falamos de prédio, pontes e outras coisas do tipo, os engenheiros ficam boa parte do tempo pensando naquilo e como evitar os riscos daquilo, tanto é que grandes obras envolvem seguros milionários antes. Cuidado com a suas analogias preconceituosas, afinal de contas elas são injustas pois as descobertas que revolucionam o mundo modernos são feitas justamente usando o ceticismo e pessoas céticas também. Não estou aqui excluindo os avanços que alguns religiosos também trouxeram à ciência mas acontece os avanços mais ousados foram feitos pela metodologia científica que é bastante cética naquilo que não pode mensurar , alias, que reclama mais são os religiosos. Eu por exemplo nunca vi nenhum cientista querer processar quem duvida do arco voltaico ou quem xingue o calor do sol. Os céticos são céticos justamente porque valorizam a vida prática como você defendeu. Outra coisa, se eu propor um desafio prático aqui como experiência, eu tenho quase que certeza que você será o primeiro a querer desmoralizá-lo ou então irá falar um outro chavão do tipo: " a evolução é pessoal e só cada um de si irá achar a sua verdade no seu peito". kkkkkkkkkkkk