• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

SarahKalmier

B-Membros
  • Content Count

    3
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About SarahKalmier

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Olá Kaly Primeiro quero pedir desculpas pela demora em responder. Não é por mal, mas é que na verdade me arrependi de ter postado esta situação, pois sei que devo tomar minhas decisões, que esta situação é de minha total responsabilidade e que não devo atrapalhar ou incomodar ninguém com um problema que é tão particular. Ando tão confuso(a) e tão desgastado(a) com esta situação e com outros problemas na minha vida que praticamente não sinto ânimo ou tenho mais energia para tomar uma decisão. As vezes em momentos de crise penso em fugir e sair disso de uma vez por todas, mas depois com mais calma, reconsidero e fico com pena da pessoa em questão, pois sei que ele(a) está doente. Nunca guardei rancor de ninguém, não sou disso. Posso ter muitas imperfeições, mas ser rancoroso(a) não é uma delas, então acabo esquecendo de tudo com muita rapidez. Uma pessoa me ofende um dia e no outro, já esqueço de tudo. O mais interessante é que em toda minha vida nunca ninguém me perturbou tanto quanto esta pessoa. É muito difícil saber o que fazer e tomar uma decisão acertada. A questão mais complicada de todas é que sinto grande carinho por esta pessoa, pois fez e faz parte importantíssima da minha vida e gostaria muito de poder ajudá-lo(a), mas não consigo. Não importa o que eu faça, o nível de consciência da pessoa é muito baixo para compreender qualquer coisa. Não sou um ser evoluidíssimo, na verdade estou muito longe disso, até porque estou encarnado, mas já sofri muito e aprendi muito através do sofrimento. Os obstáculos me propiciaram um nível de consciência que me permite compreender coisas que muitas pessoas não compreendem. Vocês sabem do que estou falando, pois a maioria, se não todos os participantes deste fórum já possuem um nível de consciência suficientemente evoluído para compreender os fenômenos além da realidade física e as leis naturais da existência e do universo, como a ação e reação, ou, melhor dizendo, o que se planta se colhe. Meus familiares no geral são pessoas em polaridades extremas. Alguns são materialistas completos enquanto outros são religiosos e mesmo assim, consigo conviver muito bem com eles, sendo que raramente entramos em conflito. Já a pessoa em questão é também espiritualista, mas parece não compreender realmente como a espiritualidade e como as leis do universo funcionam quando se trata de mim, pois ao me atacar acaba sempre mal, inclusive tem até mesmo problemas de saúde, mas continua me atacando. Resumindo, é uma pessoa que eu amo e que gostaria MUITO de vê-lo(a) bem, de poder ajudá-lo, de abrir os olhos dele(a), mas não consigo, não importa o que eu faça a não ser que eu viva dentro das rígidas regras que ele(a) formulou para mim. Conseguir o perdão desta pessoa me parece impossível no momento. Talvez depois de muitas vidas e no período intermissivo a pessoa em questão consiga compreender toda a situação de uma perspectiva mais ampla e perceba finalmente que o rancor é um veneno. Gratidão pela resposta.
  2. Grato Sandro, por mover o tópico para o local mais apropriado. Um grande abraço.
  3. Olá... Antes de tudo, quero esclarecer alguns pontos importantes relacionados a esta postagem. Primeiro, este é um pedido de ajuda, caso este não seja o local mais apropriado para tal ou caso esteja em desacordo com as regras do fórum, peço desculpas aos moderadores e/ou administradores e solicito que a postagem seja apagada, por favor. Segundo, sou outra pessoa deste fórum e já participo há algum tempo, mas precisei criar este usuário para realizar esta postagem sem me expor, pois a pessoa que será aqui relatada pode acessar este fórum. Além disso, todos os detalhes serão omitidos, pois caso a pessoa envolvida venha a perceber que esta postagem foi feita poderá reagir violentamente. Peço desculpas por isso, mas foi a única maneira que encontrei de pedir por ajuda. Tentarei ser o mais breve possível para facilitar a leitura e assim aumentar minhas chances de conseguir auxílio. Todo tipo de ajuda será bem-vinda, inclusive qualquer esclarecimento que me auxilie a compreender melhor a situação e a saber como agir da melhor forma possível. Sou parte de um caso extremamente complicado de obsessão de encarnado para encarnado. A pessoa em questão está na minha vida há quase duas décadas. Trata-se, digamos, de um parente, ou seja, alguém bem próximo. É uma pessoa extremamente obcecada por mim, que tenta de todas as formas manter-me por perto, usando de todos os artifícios e de todos os recursos que possui. Esta pessoa sente enorme desejo de vingança, sem motivos realmente válidos, sendo que as principais motivações aparentemente são insignificantes e absolutamente incompatíveis com o rancor que está pessoa guarda por mim. A pessoa em questão tenta me manipular de todas as formas, me colocando contra tudo e contra todos, inclusive contra familiares, amigos, colegas de trabalho, para que somente ele(a) reste em minha vida e mais ninguém se aproxime de mim. A pessoa usa de todos os recursos que possui para realizar estas manipulações. Frequentemente entra em crises horríveis de raiva e durante horas me ofende de todas as maneiras, usando de tudo o que sabe de mim, dos meus pontos mais fracos e de todas as imperfeições, inclusive joga todos meus erros na minha cara. Acredito que esta pessoa já chegou a entrar em sintonia com obsessores desencarnados o suficiente para praticamente incorporar. Nestes episódios, quando a pessoa entra em sintonia com os desencarnados, ele(a) muda a forma de falar e inclusive demonstra um vocabulário mais complexo do que realmente possui. O que me leva a crer que exista a influência de consciências de outros planos além do físico. Sou estudante de espiritualidade já tem alguns anos e conheço bastante do assunto e, além disso, já tive centenas de experiências incluindo projeções lúcidas e contatos com consciências fora do corpo. A pessoa em questão está pouco a pouco me proibindo de estudar o assunto, pois não quer mais que eu acesse nenhum tipo de comunidade para espiritualistas ou que eu veja vídeos sobre o tema. A pessoa recusa tratamento psicológico e/ou psiquiátrico e também recusa qualquer tipo de tratamento espiritual, pois se considera completamente sadio(a) e, portanto, acredita que não precisa de tratamento algum. Minha cidade é pequena e aqui não existem centros espíritas e as pessoas que já procurei presencialmente infelizmente não conseguiram ajudar e por vezes me deixaram ainda mais confuso. Esta pessoa quer me manter por perto de todas as formas e faz muitas ameaças caso eu tente me afastar, incluindo as coisas mais terríveis. Ele(a) faz planos de coisas que fará contra mim para destruir minha vida de todas as maneiras e diz que se certificará de que eu nunca mais tenha a possibilidade de me levantar. É um caso extremamente complicado, tanto que eu nunca vi isso na vida real, apenas em filmes ou na literatura. A pessoa é capaz de fazer de tudo, inclusive arrisca perder o próprio emprego ou até a própria vida para me destruir. Quando entra em crise fica extremamente agressivo(a), grita, xinga e agride, tanto verbalmente, quanto fisicamente. Às vezes, como dito anteriormente, passa horas me dizendo coisas horríveis. São duas, três horas, apenas me ofendendo, com mínimos detalhes do passado, usando de tudo o que sabe de mim, de cada detalhe, assim como fazem os obsessores desencarnados quando querem nos alfinetar. Já tentei muito ajudá-lo(a), pois percebo que trata-se de uma pessoa doente e que precisa de ajuda, mas nada do que fiz surtiu efeito, pois parece-me que sou a pior pessoa do mundo para esta finalidade. Estou sem forças e completamente perdido(a), pois não sei o que fazer e nem como agir neste momento. Meu objetivo é tentar compreender esta situação de uma perspectiva mais ampla para assim poder tomar as melhores decisões. Já pedi em orações para meus amigos espirituais durante centenas de vezes e já tive alguns poucos esclarecimentos, mas ainda não foi o suficiente para compreender com exatidão o que está ocorrendo. Das dezenas de experiências realmente fantásticas que tive apenas algumas poucas envolveram esta situação e pude perceber com grande clareza que existe sim a influência de desencarnados e me parece que o objetivo é me afetar. Se alguém puder me ajudar, ficarei grato. Estou a disposição para passar mais detalhes caso necessário. Abraços fraternos.