• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

YuriGT

B-Membros
  • Content Count

    7
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

YuriGT last won the day on July 17

YuriGT had the most liked content!

Community Reputation

3 Neutral

About YuriGT

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Esses dias eu comentei com a minha namorada que eu queria ajudar um amigo meu de infância, que ia tentar fazer com que ele voltasse pra faculdade e tal, na mesma noite tive um "sonho" pois não estava consciente no momento, mas quando despertei eu sabia que estava fora do corpo, nesse sonho era tipo uma simulação, como se meu amigo tivesse me dado uma carona e pra muito longe e depois não me levasse de volta por algum motivo, e ai um espírito plasmado de minha namorada (ou que eu trouxe como rememoração) ficava insistentemente me dizendo que aquele amigo era falso, que ele não gostava de mim, pra ter cuidado e várias coisas desse tipo, e eu respondia que não, que não era assim pq a gente é amigo de infância e tal, ai nesse momento abri os olhos no físico e por coincidência (ou não) tinha uma mensagem dele no meu whats app pedindo pra eu levar um negocio dele que ta emprestado comigo. Isso também aconteceu na outra noite, foram 2 noites seguidas (que eu trouxe a lembrança, mas pode ter ocorrido mais vezes), o interessante é que mesmo sabendo que era um assédio eu acordei com um sentimento estranho sobre ele, um mix de raiva e decepção mesmo sabendo que não era meu aquele sentimento. Achei muito interessante pq só de ter falado em ajudar e pensado nele já aconteceu esse assédio, e interessante também que mesmo vc tendo consciência do que aconteceu, a emoção era mais forte e acordei meio assim com ele.
  2. Questionamento oreganizado da madrugada. Alguém tem alguma teoria sobre qual a função do buraco negro? Sempre pesquisei mas nunca achei nada, não sei se há em algum livro psicografado ou algo do tipo. É muito provável que as galáxias tem 1 buraco negro super massivo no centro, mas qual a utilidade de algo que devora a matéria?
  3. Em uma certa noite estava fora do corpo, ainda em casa e sem lucidez, até que a lucidez abriu e eu estava brigando com um espírito que na rememoração eu trouxe como minha irmã, quando eu fiquei lúcido o espírito percebeu e atirou em mim com um tipo de arma que quando pegou em mim me atraiu pra perto dele e me fez ficar inconsistente e acordar, alguém ja teve uma experiência parecida ?
  4. Eu lembro que quando eu era criança, nem sonhava o que era projeção, eu "acordava" e via que tava sonhando, ai tentava acordar de novo, ai "acordava" outra vez, olhava pra minha mochila e não era a mesma estampa, ai repetia o processo, não lembro quantas vezes, acho que umas 3 ou 4, até que abri o olho no corpo mesmo e ai tive certeza que tinha acordado. Nessa época eu tinha muito "pesadelo" e aprendi a acordar deles fechando e abrindo o olho com força. Depois de grande, na adolescência, ainda sem saber oq acontecia, aconteciam outras vezes, mas em menos níveis, e na maioria eu não acordava no corpo, mas em catalepsia e acreditava que por ter acordado de um sonho muito rápido, o meu corpo ainda tava com muito sono, por isso não conseguia me mexer kkkk Quanto a ficar preso, eu acredito sim que pode ocorrer (inclusive no livro "Aruanda" tem algo parecido, onde uma pessoa estava em coma pois seu perespirito estava em um laboratório de entidades/magos negros/cientistas das trevas), mas em casos beeeem raros
  5. Eu ja tinha ouvido falar da incorporação no astral, mas lendo o ótimo livro "Tambores de Angola" do espírito Ângelo Inácio psicografado pelo Robson Pinheiro, em um capítulo o espírito conta sobre um trabalho astral onde 2 médiuns foram utilizados através do desdobramento, o motivo de precisarem dos médiuns era por conta do ectoplasma. 1- Seria o único motivo de entidades usarem a incorporação? 2 -Será que entidades mais sutis podem usar médiuns de incorporação (ou qualquer outra pessoa) pra adentrar locais mais densos, dos quais ela teria dificuldade por conta da questão vibratória? 3 - Qual seria um possível motivo de uma entidadade ruim utilizar da incorporação no astral?
  6. Tudo começou quando depois de um sonho ou projeção inconsistente, me vi em catalepsia, mexi energia e consegui me desprender do corpo, mas logo depois eu ja estava em outro local, aqui não posso afirmar que foi uma projeção, alguma rememoração ou talvez alguma brisada doida, mas vale a pena relatar. Quando eu sai eu me vi fora do corpo em uma sala com mais 2 ou 3 pessoas, meio que esperando ou algo do tipo, e eu vi meu corpo (não como agora, mas também não lembro a aparência) e via as pessoas que pareciam encarnadas na sala, eu tinha total consciência que estava projetado naquele momento, mas não tinha consciência de: "Estou fora do corpo, mas não era pra eu ta aqui" e sim "estou fora do corpo, como vou tentar fazer com que eles me vejam?" Um dos rapazes que estava na sala comigo eu via um buraco pequeno na testa, como se fosse o sinal da adição "+" e ai eu passei a mão em forma de cruz e pedi a Deus/Jesus pra que abrisse a visão dele e ele realmente conseguiu me ver e começou a chorar, nos abraçamos e tal, em um outro rapaz eu chegava perto, fazia a mesma coisa e ele só sentia arrepio. Sei que aconteceu mais coisas mas infelizmente não tenho a rememoração. A sensação que eu tive é que estávamos ali com algum intuito de provar, estudar ou tentar fazer com que eles me vissem ou sentissem de alguma forma. Penso que pode ter sido alguma rememoração de uma vida passada, algo que pode ter acontecido em outra vida pois naquele momento eu tinha total certeza que estava fora do corpo, mas como se meu corpo fosse aquele deitado na sala e não o que estava dormindo na casa da minha namorada. Sei que é EXTREMAMENTE improvável ou tecnicamente impossível uma comprovação desse tamanho, se projetar lúcido, naquela faixa vibracional, e fazer com que um médium/clarividente me visse; mas enfim, acho válido o relato sendo possível ou não. Abraços galera!