• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Wagner Porto

B-Membros
  • Content Count

    11
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Wagner Porto

  1. Da próxima vez, se eu tiver lucidez suficiente para lembrar disso, vou tentar as duas técnicas Obrigado mais uma vez Igor! Se mais alguem quiser responder minhas perguntas, o tópico está aberto hehehe
  2. Valeu igor! suas respostas foram bem elaboradas e informativas! Essa que no plano espiritual as coisas demoram a aparecer ou desaparecer, conforme o plano material, eu não sabia. Eu não estava 100% lúcido, enxergando mal e tudo mais. O que ou poderia fazer naquele caso, já projetado, para melhorar minha lucidez?
  3. Olá pessoal! Faz tempo que não posto nada por aqui, mas eu to sempre dando uma espiadinha nos tópicos hehehe Então... Hoje eu tive uma experiência muito legal. A um mês eu também tive uma outra parecida. Entre as 4 ou 5 experiências que tive, essas duas foram as mais reais para mim, as que eu sentir sair do corpo e estava aqui na minha casa. Mas vou me ater a de hoje, que foi o seguinte: Eu acordei no corpo em catalepsia projetiva e fui logo tomando conciência do que estava acontecendo. Senti o corpo querendo flutuar, e fui ouvindo akele barulho todo da EV, eu estava deitado de barriga para baixo, como sempre durmo, e então minhas pernas começaram a subir, ae eu peguei e fiz força com os braços pra me afastar da cama, e deu certo =D Logo que me levantei da cama lembrei de colocar a mão na nuca para perceber o cordão de prata, mas minha mão passou direto, não consegui tatear minha cabeça. Eu levantei totalmente cegueta, mas logo melhorou um pouquinho e consegui enxergar tudo bem escuro, fui até o interruptor da lâmpada e acendi, apaguei e acendi de novo, pra ver se realmente eu poderia acender a lâmpada no plano espiritual hehehe, e deu certo, acendia e apagava mesmo heheheeh, porém mesmo com ela acesa tudo ainda continuava meio escuro... Fui dar uma vasculhada rápida no meu quarto e fiquei espantado quando vi várias coisas diferentes nele, por exemplo uma luminária, tipo um abajour grande perto do computador e vi outras coisa diferentes também. Depois disso tomei coragem para abrir a porta e ir para o quintal da minha casa (meu quarto tem saída direto para o quintal), quando fiz isso dei um passo pra fora e perguntei alto "oi, tem alguem ai??" e alguem me respondeu! eu não enxerguei nada, mas a voz me perguntou: -vc sabe? -O que? -Quanto tempo eu tenho? (ou "eu existo?" não lembro) nisso eu voltei pro corpo e acordei. Agora vamos as perguntas: - Porque as coisas estavam diferentes dentro do meu quarto? - Porque eu não podia tatear meu corpo? - Porque aquele ser me perguntou aquilo? isso ngm pode responder, mas o que vcs acham? Obs: antes de dormir eu estava lendo A Marca da Besta, 3º livro da trilogia O reino das Sombras, do Robson Pineiro. Justamente o livro aborda os Dragões, seus servos mais próximos (os Espectros), o Apocalispe, e fala do pouco tempo que esses espíritos ainda tem na terra até serem degredados para outro orbe.
  4. Cara, eu sou tão iniciante quanto vc, a uns 3 meses eu nem sabia direito o que era projeção astral hehehe Mas vamos lá, vou ajudar como posso A apenas pouco tempo que comecei a estudar o assunto, primeiro escutei todo os áudios do curso básico do Saulo, e paralelamente lendo artigos e relatos pela internet. Estou começando a ler livros espíritas também, acho muito interessantes. Acredito que essa enxurrada de informações a respeito do assunto ajudou a minha consciência a despertar, por isso estou começando a ter essas experiências. Acho que nosso problema são as energias pesadas. As energias densas que se acumulam em nosso corpo prejudicam a projeção, as técnicas energéticas visam fazer a troca dessas energias por outras mais "limpas" e também limpar os chacras. Escute os áudios do curso básico do Saulo que você vai aprender muita coisa boa! Ele tem um áudio que se chama "técnica completa" onde ele vai nos ensinando a trabalhar as energias. Tem um outro áudio que ele nos ensina a seguir um ritmo nas técnicas, não lembro o nome do áudio agora. Quanto aos meu EV, foram apenas 2, no primeiro eu escutava um barulho alto, parecia uma maquina de lavar roupas ligada hehehe e logo que sai do estado cataléptico, senti uma dormência forte no corpo. No segundo, que foi este que relatei acima, o barulho era mais agudo, e conforme eu mentalizava as energias indo e vindo no meu corpo e barulho acompanhava aumentando e abaixando a intensidade. Também conseguia escutar tudo que se passava ao meu redor (como o barulho das crianças gritando na escolinha aqui do lado) Cara, tinha esquecido dessas técnicas, da próxima vou tentar uma delas, ou melhor, várias, até uma funcionar hehehe
  5. Saudação pessoal! Hoje a tarde acho que tive minha primeira decolagem... ja tive outras duas experiências antes, uma foi um EV durante uma catalepsia(que não consegui sair) e outro foi um sonho que eu consegui adquirir lucidez quase que total, os dois no ultimo mês... Pois bem, como peguei gosto em ler livros espíritas, neste ultimo mês li Legião e Senhores das Sombras do Robson Pinheiro (recomendo!). Esta tarde estava meio entediado e resolvi ler o um pouco do Livro dos Médiuns, bateu aquela preguicinha e resolvi dar uma cochilada, antes de dormir ainda pensei: "Vou aproveitar para tentar me projetar". E fui dormir convicto disso. (como faço outras vezes e vem dando resultados, pois nem faço técnicas energéticas ainda). Depois que adormeci, comecei a sonhar um pouco e logo despertei em catalepsia escutando um zunido bem agudo, pensei: "OPA! To em catalepsia no meio de um EV, meio caminho andado!", então na hora imaginei as energias subindo e descendo no meu corpo mto velozmente, o zunido aumentou muito! Forcei a saída do corpo, mas estava pesado, e não enxergava nada, então mentalmente eu falei com meu mentor, pedi ajuda, no mesmo momento eu comecei a senti meu corpo decolar! Voltei a falar com ele e pedi que ficasse ao meu lado (estava um pouco preocupado com o que poderia encontrar do lado de lá hehehe). Era uma decolagem clássica, mas de bruços, mas eu ainda não conseguia ver nada nem me mexer! apenas senti eu ficar quase de pé e de repente eu cair devagarzinho ao pé da cama, como se estivesse me desmanchando... Senti que estava de volta ao corpo, movimentei de novo as energias e fiz força, senti o corpo sair novamente, mas dessa vez eu consegui abrir os olhos (inclusive ouvia todo o barulho da rua e da escolinha vizinha ), porem eu só vi um pedaço do meu quarto, minha mão tava na frente da cabeça (dormi assim) e eu não conseguia me mover para tira-la. Então começou a ficar pesado e voltei ao corpo. Em seguida fiquei cansado das tentativas e desisti, e acordei. A minha dúvida é: durante a decolagem agente fica sem controle do corpo? ele fica paralisado? E porque quando consegui quase uma decolagem completa eu não consegui ficar de pé? Creio que minhas energias estavam pesadas... devo começar a praticar as técnicas... Porém, se eu realmente recebi uma mãozinha do mentor, porque não deu certo? Outra dúvida, se eu me encontrar em VE novamente, o que devo fazer? ou o que eu fiz estava correto? Ah, desculpem-me a extensão do texto, mas não conseguir omitir os detalhes hehehe empolgação!
  6. Terminei de ler semana passada, mto bom o livro! já comprei o vol 2: Senhores das Sombras, já to na metade
  7. Eu falei hoje com meu amigo pelo msn, ele disse q nao lembra de nada não hehehe Hoje aconteceu mais uma experiência!! Agora pouco eu estava deitado com minha namorada na cama, e ela estava em cima das minhas pernas, adormecemos assim. Derrepente eu estava naquele estado que fica tudo escuro mas parece q vc ta sonhando, ae eu tomei certa lucidez e percebi q estava em catalepsia, não enxergava nada e lembro q escutava um barulho alto, como se tivesse uma maquina de lavar ligada no meu lado hehehhe Nessa hora tentei me levantar 2 vezes, porém senti como se tivesse alguma coisa me prendendo da cintura pra baixo. Nesse instante eu lembrei q minha namorada estava deitada em cima de mim e ai senti um formigamento forte no corpo todo. Entao fui voltando a senti o corpo fisico e o formigamento foi diminuindo, ai acordei. To ficando bem animado, pois achei que isso só iria acontecer depois de começar a trabalhar as energias, porém ja estão acontecendo essas experiências comigo. Hoje fui no centro espírita e tomei passe, isso deve ter me ajudado né?
  8. Olá amigos do fórum, saudações a todos! Tive uma experiência incrível nesta noite de sábado para domingo, tive um sonho muito lúcido! Será que foi por causa dos cubas que tomei em um churrasquinho que fiz com um amigo no sábado? huhauahauha No mesmo dia, de manhã eu escrevi o relato do que aconteceu, vou coloca-lo aqui, e gostaria de saber dos amigos, se isso que aconteceu foi mesmo uma viagem astral. Detalhe, começei a conhecer a viagem astral e o espiritualismo a pouco tempo, cerca de 2 meses. Desde então venho escutando os áudios do Saulo e lendo bastande a respeito, porém ainda não comecei a fazer treinos energéticos, estou ainda na fase de estudos, digamos assim. Primeira experiência Minhas lembranças começam comigo estando em algum lugar andando, meio zonzo sem discernir as coisas, quando então me dei conta que poderia estar projetado. Neste mesmo instante lembrei dos áudios do Saulo, e comecei a pedir lucidez e a ajuda de um mentor. Ainda fiquei pensando “se eu puder ajudar de alguma forma, estou aqui”. Logo após recebi um lucidez total, e quase não acreditei que havia conseguido, que estava mesmo projetado (ou pelo menos parecia). Então fiz um teste, dei um pulinho, e lá fui eu, voando... Sensação incrível. Lembro que quando isso aconteceu estava num bairro, não sabia bem o que fazer por ali, então comecei a voar pela rua para treinar, e também conhecer o lugar. Quando cheguei a um ponto mais elevado, o alto de uma ladeira, olhei para aquele bairro e percebi que sua geografia era semelhante a do bairro que moro. Olhei para as casas perto de mim e vi que eram diferentes das que eram para estar ali, eram como se fossem casas antigas, percebi uma edificação grande de arquitetura alemã, todas pareciam muito belas. O ambiente era bem iluminado, como aqueles dias de sol bonitos, além disso havia uma sensação boa no ar. Avistei um galpão grande, com as portas abertas, e fui entrando, ali tinha varias peças que pareciam de caminhão, algumas no chão, outras penduradas na parede, era uma mecânica. Então comecei a voar para o alto daquele galpão, pois parecia ter uma plataforma lá em cima, aterrissei lá e fui olhar pela janela, depois olhei para o chão do galpão e quis voltar lá pra baixo, foi ai que me joguei com a intenção de voar, porém lá fui eu, caindo como uma pedra. Quando me esborrachei no chão, acordei, inclusive sentindo um pouco a mão e pensando naquilo que acabara de acontecer comigo. Acho que nesta hora, já estava amanhecendo, mas como ainda estava bem sonolento, voltei a dormir. Comecei a sonhar, estava numa casa, parecia uma mansão, era uma festa com varias pessoas conhecidas minhas, porém eu estava agoniado, pois estava com vontade de ir ao banheiro, mas toda hora alguém entrava nele hehehe. Não lembro se durante essa festa ou depois em outro local (não estava lúcido) eu me dei conta que estava sonhando, então fiz como antes, pedi insistentemente por lucidez, e fui atendido, nesse momento me encontrei caminhando numa rua, como antes, mas estava com um daqueles amigos da festa ali comigo. Olhei para ele e falei: -Douglas, agente ta sonhando! Vou te provar, olha só! Falei isso porque ele não entenderia se eu falasse que estava projetado. Então meio que o abracei e pulei. Começamos a voar, mas o estranho é que não lembro de ele falar alguma coisa, só olhava e participava daquilo. Durante o vôo eu falei para ele “Cara, se tu se lembrar de alguma coisa quando acordar, me liga, ou me da um toque no celular!” e começados a pairar por uma paisagem linda. Já não estávamos mais entre casas. Encontrávamos em uma costa, voando bem alto, e dava pra ver perto do costão uma ilha pequena, com rochas altas e cheias de vegetação, e no alto daquelas rochas havia alguns pássaros, acho que eram gaivotas, mas eram bem grandes. Lembro que nessa hora estava flutuando parado no mesmo lugar, mas meio desequilibrado, e falei para meu amigo “ainda não peguei a manha de voar hehehe”. Então olhei para as aves e decidir ir até lá, foi quando tudo se apagou e eu acordei novamente com minha namorada ao lado se mexendo, pois havia se acordado. Fiquei ali deitado alguns instantes pensando se aquilo que teria acontecido foi mesmo uma projeção. No momento que acordei tudo parecia muito real! Mas passando alguns minutos foi dando uma pequena impressão de que só havia sonhado. Então ainda de manhã sentei no computador e escrevi tudo antes que esquecesse dos detalhes. É isso ai, espero o comentário de vocês!
  9. Obrigado pelas respostas pessoal! Pelo que percebi, se influencia alguma coisa, não deve ser muito. E, de certa maneira, até ajuda por ser confortável hehehe
  10. Aqui está o texto do Lázaro de titulo "Kesharaninja" onde ele comenta sobre o colchão de molas e travesseiro de penas de ganso. [...]"Dormirno sofá, o que significa NÃO estar usando meu travesseiro de penas de ganso(tremendo anti-projetivo, devido à energia animal aderida)... E também NÃOestar no meu colchão americano de micro-molas (outro tremendoanti-projetivo, as molas formam bobinas para a energia do duplo etérico, eajudam a aderir o psciossoma)"[...] e então amigos, o que vocês acham??
  11. Olá amigos do GVA, descobri o site viagem astral e começei a estudar a espiritualidade a pouco tempo, e gostei muito daqui. Tenho uma dúvida. Li em um relato no site voadores do Lazaro Freire em que ele diz que colchão de molas é antiprojetivo, assim como travisseiro de pena de ganço. Pois bem, gostaria de saber a respeito do colchão de molas, pois estou prestes a comprar um colchão novo e gostaria de saber se ele atrapalha muito quem está querendo começar a se projetar.