Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Sidinei Reinert

B-Membros
  • Posts

    27
  • Joined

  • Last visited

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Sidinei Reinert's Achievements

Explorer

Explorer (4/14)

  • Week One Done Rare
  • Dedicated Rare
  • Collaborator Rare
  • First Post Rare
  • Conversation Starter Rare

Recent Badges

4

Reputation

  1. Sim, sim... se fosse uma fórmula que fizesse as pessoas projetarem, as velhinhas que rezam o terço seriam as maiores projetoras...hehehe.
  2. Na minha experiência eu não vi o cordão de prata. É normal isso?
  3. é que as músicas do Elvis são quase divinas...hahaha.... Sobre esse papo de padrinho, não tenho essa pretensão. Mas pra mim foi muito impactante a forma como aconteceu. Eu gostei muito. Achei engraçado que, embora hoje estivesse um pouco nublado o dia, quando saí do corpo a luminosidade daquele ambiente não correspondia ao plano físico. Era mais uma penumbra.
  4. Pra mim foi algo mais impactante do que eu imaginava. Foi um estase espiritual, uma conexão, não consigo explicar, mas me deixou muito feliz.
  5. Deixei minhas filhas na escola e então fui dar uma soneca antes de ir ao trabalho. Estava quase dormindo e então veio na minha mente a canção de São Francisco de Assis e comecei a cantar mentalmente. "Senhor, fazei que eu procure mais, consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, pois é dando que se recebe..." Então o meu corpo astral foi descolando. Confesso que ao contrário do que muitos contam como momento assustador, para mim foi um momento lindo. Então saí da minha cama e olhei para trás estava o me corpo deitado de lado. Fui até a sala e vi alguém em forma de vulto... parecia ser minha esposa....ela também estava dormindo ao meu lado. Então fui quarto de uma das minhas filhas gêmeas... estava totalmente diferente cheio de entulho e as paredes de madeira. Mal dava pra entrar no quarto, então fiquei na porta e voltei para a sala... depois pensei no meu corpo e lá eu estava novamente.
  6. Nessas minhas tentativas de sair consciente, tenho sentido de maneira muito forte na testa e no umbigo. A impressão que tenho é como se fosse um redemoinho na minha testa. Não consigo identificar se está saindo ou absorvendo energia. Já no umbigo tenho a sensação que está saindo energia.
  7. Queria projetar conscientemente, deve ter sido bem legal, Erico, parabéns. Ontem estava formigando o corpo todo mas acabei pegando no sonho. Uma hora vai dar certo.
  8. E o que é isso então? Desculpa a minha ignorância no assunto. Mas pra aparecer ele não tem se plasmar?
  9. Olha só... quando eu tinha 5 anos de idade, aconteceram dois eventos em plena luz do dia na casa em que eu morava. Primeiro, acho importante informar, que o meu pai casou duas vezes. Primeira com minha tia e depois da morte dela, com a minha mãe, que era irmã dela. Em um intervalo pequeno de tempo, uma ou duas semanas (isso não consigo dizer ao certo), vi duas coisas estranhas a luz do dia. A primeira coisa foi quando eu estava no banheiro. Eu pequeno demônio se materializou na minha frente, flutuando, em plena luz do dia. Tive que passar por baixo dele para fugir e ainda me lembro dele olhando pra mim e rindo da minha cara, rebolando com as mãos na cintura. Depois desse fato, logo depois de eu ter acordado, eu estava sentado na cama e minha mãe amarrava minhas sandálias. Nisso vi uma mulher passando rapidamente pela porta, pulei da cama, minha mãe ficou brava e gritou para eu voltar, mas deu tempo de ver onde a mulher entrou. Ela tinha entrado no quarto onde dormiam os filhos da minha tia. Quando falei para minha mãe que tinha visto uma mulher parecida com ela, nem preciso dizer, minha mãe se borrou de medo. Mas voltando a pergunta prática. O pequeno capeta que vi acordado, em plena luz do dia, poderia ser uma plasmagem criada por mim ou, sem chances, era um espírito zombador?
  10. Sobre essa questão de "plasmagem"... o que você quer dizer exatamente, Sandro? A plasmagem seria uma criação da minha própria mente? Posso criar figuras de pessoas no sonho ou VA? Poderia ser esse o caso que relatei há poucos dias sobre me encontrar conversando com minha mãe e outra pessoa que eu não conhecia? Poderia ser uma plasmagem criada por mim, sem interferência de outros espíritos?
  11. Por que será que se desesperaram dessa forma? Será que isso é medo ou seria como se alguém ficasse indignada com a privacidade sendo revelada?
  12. Agora os dois que estavam no sonho com minha mãe, me encararam numa boa. Acho que estavam achando engraçada a situação, mesmo quando eu percebi o disfarce. Não estavam querendo me responder. A impressão que eu tive é que estavam mudando o ambiente para me manter ali e me confundir. Nisso despertei.
  13. O olho desse que me encarou não era perfeito. Dava pra perceber que era meio volátil, como alguém que está com os olhos vermelhos por conjuntivite ou aquele derrame que dá na parte branca dos olhos. Mas o cara parecia que estava bem bravo com a minha encarada como se quisesse dizer: "quem tu pensa que é pra ficar me encarando?"
  14. Olá colegas, tive duas experiência quase que seguidas no domingo. Ouvi o Saulo falando que encarar nos olhos desmascara os espíritos. Pois é, talvez eu devo ter entendido errado. Eu tive um sonho (ou projeção, não sei) em que eu estava com minha esposa tentando sair de um elevador estragado. De repente nós estávamos em um sala tipo de espera. Tinham umas cinco ou seis pessoas na sala e percebi que era um sonho (ou projeção). Então lembrei do que o Saulo fala sobre encarar um encosto, que eles não conseguem nos encarar. Então pensei "vou encarar esse pessoal". Encarei um por um, e todos ficaram sem rosto. Só um me encarou, olhos nos olhos. Parecia que ele estava meio p da vida comigo. Os olhos dele não tinham as pupilas perfeitas. Mas ele me encarou e eu falei a seguinte pérola: "todos vocês aqui são encostos e só esse aqui não é". Aí não sei se pularam pra cima de mim mas só senti um leve choque e acordei. Logo depois tive mais um sonho (ou projeção, não sei). Eu estava com minha mãe falecida e mais uma pessoa que não identifiquei na cozinha da casa de minha mãe. Ela estava super animada, alegre, com muito vigor, quando percebi que aquilo não podia ser real, porque minha mãe já tinha falecido. Então peguei com as duas mãos na cabeça dela e ironizei: "nossa mãe, a senhora está com tanta energia e feliz depois de morta, o que foi que aconteceu? Está melhor do que quando viva!" E ela não me respondia. Então olhei para o outro que estava na cozinha e perguntei: "e você, quem é? É um encosto ou mentor?" então os dois só ficavam rindo. Eu fiquei bravo e percebi que eles estavam mudando o ambiente para eu entrar em outro sonho. Então eu falei: "Ah, não querem me responder! então vão embora em nome de Jesus".... só sei que acordei no mesmo momento. Acho que eu estava sendo enrolado. Mas sobre encarar nos olhos. Já tiveram alguma experiência nesse sentido. Pra mim não funcionou.
  15. O que eu vou falar talvez fuja um pouco da pergunta inicial, mas tem relação com essa questão de energias. Domingo passado saí a noite para comprar um remédio para minha filha, por volta das 20:30 horas. Eu estava de boa. Entrei na farmácia, ela estava cheia.... comprei o medicamento e entrei no carro para voltar para casa. Cara, me bateu uma tristeza, daquelas bem deprê! Depois de alguns minutos de tristeza comecei a me analisar e pensar o por quê de eu ter ficado assim naquele momento. É claro que tinha problemas reais que motivavam aquela tristeza, mas pensei: por que eu não estava assim antes de ir para a farmácia e agora eu estava? Cheguei a duas conclusões.... um motivo seria o próprio final de domingo (como o Saulo fala em seus vídeos) e outro seria o fato de eu ter entrado em um lugar onde, certamente, havia muitas pessoas procurando solução para os seus problemas de saúde, ou seja, muitas delas carregavam uma energia de sofrimento e que certamente foi compartilhada no momento que entrei lá. No final das contas, creio que todos sentimos as energias, só nos falta muitas vezes discernimento suficiente para perceber. Nesse caso, além da tristeza, senti um forte peso na minha cabeça, como se ela se lançasse para frente.
×
×
  • Create New...