• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

edununes

B-Membros
  • Content Count

    63
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About edununes

  • Rank
    Advanced Member
  • Birthday 11/10/1983
  1. Estava ontem muito cansado, e fui dormir por volta das 20 horas. Estava no quarto do meu irmão, com a TV ligada, e meio acordado, meio dormindo, pensei: vou tentar entrar em catalepsia, fazer um EV aqui e ver no que dá. E eu estava no ponto certo, alguns segundos depois me encontrei em catalepsia. Foi tudo muito rápido, comecei a ouvir vozes, não confundi com as da TV, que estava passando novela, eram diferentes. As vozes foram aumentando, uma sensação de tenção, stress no ar, e 10 ~ 20 segundos depois chega meu irmão no quarto, abre a porta repentinamente, liga a luz e fala ACORDA EDUARDO... Tenho em mim a certeza de que um obsessor (uma das vozes) o fez ir no quarto me acordar. Só uma palavra nessa hora: sacanagem. É, está foda aqui, tenho a sensação de que não estamos sós, e isso me leva a uma discussão que queria propor a algum tempo: Não seria bom, as pessoas que frequentam, que lutam por essa causa que é a viagem astral e assistência terem um tipo de proteção mutua, um ajuda o outro quando possível, mesmo que seja como uma forma de alerta? Um abraço a todos. Paz. Eduardo.
  2. é foi bem legal, como nessas fotos que vemos do psicossoma, o paracorpo em cima do corpo. Mas azeitona, eu estava como passageiro da experiência, lutando pra sair. Acho que estava na área de atuação do cordão de prata e não conseguia quebrar essa barreira. Não conseguia controlar nada, quanto mais sair na moral pela porta, like a boss, dando tchau pro meu corpo, kkkkkkkkkkk
  3. Desconte sua raiva na tentativa de melhorar. Quero dizer que quanto mais difícil for, tenha mais força para lutar, inverta seu pensamento e lute contra quem está te fazendo mal. Queime essa energia negativa com um EV tão forte que os males irão sucumbir alguma hora. Quando vir pensamentos negativos, ódio, rancor, pense nas palavras paz, luz, amor, consciência, espiritualidade, alegria, amizade, felicidade. Um abraço.
  4. Esqueci de mencionar... assim que voltei ao corpo fiquei com barulhos intracranianos, um barulho agudo que não acabava, tiiiiinnnnnnnnnnnnnnnnn prestava atenção e era um som bem claro, diferente e novo.
  5. Tudo bem Azeitona? Eu tbm fico com o braço dormente, é uma sensação muito ruim, como se eu estivesse deitado em cima dele. Não sei o que isso significa, se é repercussão energética, mas não gosto e acaba me atrapalhando (parece até que estou tendo um AVC, dizem que começa com o braço dormente). Sobre adormecer no meio da técnica, não acho que isso faça bem. Pois vc acaba pulando um chakra e outro, e fica meio que mal feito, me entende? Acho que se está tão difícil assim ficar acordado durante a técnica completa, faça a compacta, pois se vc fizer 100% focado ela, é melhor que fazer a completa meia boca.
  6. Ontem baixei 3 áudios do Wagner Borges e coloquei em sequência, juntamente com a técnica compacta 3. Fiz as técnicas do Wagner e achei muito bom e depois terminei com a do Saulo. Assim que terminei fiquei pensando na gangorra e adormeci em um momento. O que percebi, e tem dado certo é que quando vc acorda de noite pra virar de lado (acredito que todos façam isso) SE lembrar, permaneça parado, não se mexa, nem vire. E em seguida fique fazendo o EV. Não mexa um músculo. Em alguns segundos vc irá entrar em catalepsia e daí é um pulo pra sair. Em catalepsia (e bastante feliz) fiz um pouco o EV, e exteriorizei energias pelo chakra umbilical, e logo depois comecei a volitar em cima do corpo. Foi muito legal, nunca tinha tido essa experiência, tentei sair voando, mas continuava volitando de um lado para o outro na altura da laje do meu quarto. E percebia que quando atingia a laje, sentia um choque tremendo como se tivesse uma barreira e também como se eu estivesse preso a essa distância. Não conseguia subir mais e ficava como um balão preso pela cordinha, de um lado para o outro circulando pelo teto do quarto. Fiquei nisso um certo tempo, e fui abaixando. Chegando próximo ao corpo tentei rolar para o lado, consegui um pouco mas parei em baixo da cama, e voltei ao corpo. Fiquei imóvel assim que voltei ao corpo e ficava indo e voltando do estado de catalepsia, como se tivesse tentando dar partida no carro, e nunca pegava. Acho que pelo esforço, meus batimentos aumentaram, e precisei respirar mais forte, e isso me fez acordar. Maldito desvio de septo que não me deixa respirar direito. Fiquei com uma dúvida, se puderem me ajudar por favor, não sei muito sobre blindagem do quarto, tenho pensado nisso a algum tempo, e qdo exteriorizo energias, penso que estão sendo destinadas a proteção do meu quarto. Isso chega a barrar minha saída? Pois foi estranho esse choque que senti assim que tentei passar pela laje. Um abraço, paz a todos.
  7. Sempre acontecem coisas estranhas, mas nunca agressão desse tipo kkkkkk. Sacanagem essa eim...... Sempre que estou fazendo a técnica, ouço estalos altos (pode ser móveis ou paredes estalando) até aí normal, mas uma vez senti alguém pisando no meu colchão, e outra vez foi como uma pequena explosão mesmo dentro do quarto, como um pequeno trovão. Sinto presenças tbm (poucas vezes).
  8. Alguém te fala que vc tem? como é isso?
  9. Vamos ver se agora aparece o vídeo aqui na própria página.
  10. Ninguém vai ler isso aqui mesmo, de tanta resposta que tem.. mas vai. Escutei ontem uma pergunta, feita a uma mulher: - Porque toda mulher bonita gosta de um cara cachorro, safado? - Porque a mulher gosta de um desafio, de dizer pras outras que conseguiu ajeitar o cafajeste, por que isso é bom para o ego.
  11. Retrocognição.. me lembrei do nome aqui, me pareceu isso, vc foi levado a algum tipo de cena, de lembrança sua. Mas certeza certeza, não tenho não.
  12. Muito bom! depois tbm vou pesquisar sobre essas esferas de luzes.. Mas que horas eram isso? O Waldo tbm estava fora do corpo? Vc entrou em alguma palestra de verdade dele, ou uma palestra no astral?
  13. Estava deitado na sala, de manhã, assistindo Tv. E me vi em catalepsia projetiva. Fiquei fazendo o EV, gosto de ficar fazendo isso várias vezes, até que consegui levantar, meio que bem pesado, e senti alguém pulando na minha cabeça, como se tivesse querendo que eu voltasse, um vulto preto, que me passou a impressão de que estava querendo que eu voltasse. Lembro que pensei na hora "Calma aí meu camarada, dá licença, deixe me levantar." Então me levantei, e voltei ao corpo (devo ter pensado nele) e me encontrei em EV novamente preso. Me lembro de ter recobrado a consciência fora, ao lado do banheiro, e lá uma presença, se dizendo, se passando por minha mãe (era de manhã, ela não estava dormindo) Mas eu caí na pegadinha do malandro! e fiquei prozeando, respondendo algumas coisas que perguntava, coisas bestas, que me deixavam confuso. Lembro que fui perdendo a consciência. E me lembro de mais algumas vezes no corpo, fazendo EV, preso, porém sem muita consciência. Sempre que perco uma oportunidade dessa, vejo o quanto sou juvenil, conscientemente falando. E outra coisa que ficou na minha cabeça, foi esse "rapaz" me apurrinhando, preciso e quero ter uma conversa com ele, mas sempre perco a oportunidade.
  14. Pessoas abençoadas que fizeram esse clipe, essa música! Vejam o vídeo no youtube:
  15. Obrigado! vou ouvir todos que me indicou Um abraço.