Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

bto

B-Membros
  • Posts

    28
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by bto

  1. Propriedade patrimonial: Nossa casa “pertence” a quem no mundo astral? A nós ou a espíritos que nos “acompanham”? Pois o projetor quando sai do corpo em sua casa e vê seus parentes acordados na companhia de espíritos, então quer dizer que as pessoas acordadas estão no plano físico e os espíritos também estão no plano físico, as pessoas acordadas não os vêem pois estão em vibrações menos densas. Então se os espíritos estão no plano físico, porque devemos conviver pacificamente com eles? Precisamos viver com seres ao nosso redor? Mentores: Pelo que li mentores são espíritos que nos auxiliam em nossa jornada, podem ser familiares de vidas passadas ou amigos, cada um tem um mentor específico(vários???)?. Quem delegou esse cargo a esses espíritos? Projeção: Li uma estatística todos se projetam e que 80% o fazem inconscientemente. E que quem consegue fazê-lo conscientemente é porque já tem uma pré-disposição para isso, isto é, em outra vida foi um médium ou até que a pessoa escolheu a nascer com essa habilidade antes de nascer. Então a projeção não é pra qualquer um se eu não tiver essa pré-disposição muito provavelmente eu não poderei sair do corpo? Li também que as projeções são patrocinadas, isto é, em todas os mentores participam de alguma forma no qual ajudam nessa saída, então quer dizer que esse “fenômeno” não depende da nossa vontade, logo poderemos fazer 10 horas diárias de técnicas energéticas sem ter nenhum sucesso, não? Obrigado galera.
  2. Olá, meu nome é Beto, 23 anos e 12 meses de vida, "estudante" ultimo ano de química na usp, católico sem fanatismo Conheci o site há uns 10 dias e fiquei fascinado pelo assunto nesse pequeno tempo escutei todos os cursos do áudio do Saulo, bem como alguns livros do wagner borges e do waldo vieira... Ainda não consegui sair do corpo mais já no primeiro dia com muita força de vontade e sem técnica alguma senti muitas coisas (EV forte) creio eu. Tenho treinado todos os dias e as principais dificuldade além de dormir de "barriga pra cima" é a salivação excessiva mas to tentando me adaptar a tudo isso. Abraço galera e muita paz a todos.
  3. Meu primeiro post. Respondendo a pergunta, retirei isso do livro do Waldo Vieira - "Projeções da Consciência". "Paralelo dos caracteres diferenciais básicos entre o sonho comum e o desprendimento consciente para o principiante: 1. No sonho ocorre uma atividade mental habitual; na projeção, a atividade mental transcende em riqueza a própria vigília. 2. No sonho, o raciocínio integral não atua com facilidade; na projeção mantém-se igual e, não raro, expande-se além das possibilidades ordinárias da vigília. 3. No sonho, a pessoa não determina as imagens oníricas à vontade, mas atua ao modo de espectador ou semi-espectador de um espetáculo que se desenrola à revelia, sem nenhum controle da sua mente; o projetor dirige os atos do desprendimento e dispõe de capacidade decisória como na existência humana. 4. No sonho, a faculdade crítica fica ausente e se aceita os acontecimentos e situações mais absurdas com naturalidade, porque a consciência não está suficientemente alerta para despertar o sentido da atenção; na projeção, o juízo Crítico se faz sentir sempre. 5. No sonho, não se conserva a lembrança seqüencial das imagens; o projetor pode recordar as ocorrências integrais da projeção em todos os pormenores. 6. No sonho, a auto-sugestão não funciona na coordenação das imagens; na projeção pode determinar atos e acontecimentos extrafísicos. 7. No sonho, a pessoa jamais começa a sonhar desde a vigília; na projeção há ocorrências com a manutenção da consciência absoluta da vigília, antes, durante e depois do processo, sem solução de continuidade. 8. No sonho, não há impressões de uma saída para fora do físico; na projeção, a experiência da decolagem é fascinante e única. 9. É muito difícil prolongar o sonho; na projeção, torna-se possível prolongar a estada fora do físico. 10. No sonho, as excitações sensoriais agem na produção de fantasias; na projeção, pequenos toques no físico imobilizado provocam o ato da interiorização do psicossoma com a sensação inconfundível da tração do cordão de prata. 11. O sonho não apresenta o conjunto de fatores psicológicos e extrafísicos comuns à projeção consciente como grau de consciência, sentido de liberdade, bem-estar, clareza mental, expansão de poder, deslizamento, levitação, volitação e, às vezes, até euforia. 12. No sonho, as imagens se apresentam deformadas e irreais; na projeções, as imagens não se deformam. 13. No sonho, as imagens são de intensidade inferior às da vigília; na projeção, alcançam a maior intensidade de todos os estados de consciência. 14. O sonho, embora com imagens mais fracas, tem lembranças mais fortes e fáceis, por ocorrerem quase sempre no estado consciencial perto da coincidência ou, pelo menos, próximo ao físico; a projeção, conquanto de imagens mais fortes, tem lembranças ou rememorações mais fracas e evanescentes, por se darem a distância e sem a influência direta do cérebro físico. Essa regra é um dos notáveis paradoxos da projeção consciente: quanto mais prolongada seja a experiência e mais distante a excursão do psicossoma ou do corpo mental, mais difícil será a rememoração." Espero ter ajudado, qualquer coisa pergunte, muita luz.
×
×
  • Create New...