• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Marden

B-Membros
  • Content Count

    39
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

2 Followers

About Marden

  • Rank
    Advanced Member
  1. Obrigado mais uma vez amigo, ahahah MUITO LEGAL ESSE RELATO SEU *-* né? É tudo verdade... Há mesmo MUITO mais coisas entre o céu e a terra que a nossa vã filosofia UM DIA poderá entender. Hhahaha, abraços e obrigado mesmo!
  2. Obrigado Thiago! Muito legal sua dica! Não a conhecia. Sobre sua explicação... Gostei muito também e concordo plenamente! Se eu não tivesse desviado minha atenção com a 'brincadeira' de exteriorizar energias com a mão e por consequência ser atacado por um ser plasmado de minha mãe eu poderia ter me recordado doque tentei recordar pois estaria concentrado somente naquilo, rs. OBRIGADO à todos, e Thiago, eu esqueciii e peço desculpas por não ter lhe desejado um feliz aniversário antes, rs. Feliz aniversário SUPER ATRASADO, muita paz, saúde,lucidez, conhecimento e luz pra você e pra todos. OBRIGADO.
  3. ========== Muito obrigado pela sua resposta Thiago! . É muito bom saber desse 'lance' sobre NÃO utilizar energias com propósitos fúteis, hehehe, obrigado mesmo! Da próxima eu já penso bem antes de usar minha energia mas enfim... Você sabe se tem alguma ligação com eu ter esquecidos os detalhes dos quais tanto tentei preceber/reparar e estar ciente com o ataque extrafísico (e autilização(exteriorização) de energia desnecessária?) SE ALGUÉM PUDER RESPONDER ESSA PERGUNTINHA TAMBÉM SEREI MUITO GRATO, OBRIGADO À TODOS E MUITA PAZ, LUZ E LUCIDEZ À TODOS.
  4. O que mais me chama atenção é o: "Princípio da descrença" Ou seja: nunca acredite em nada que lhes dizem: experimentem. ========== Interessante isso! depois vou dar uma olhadinha. Obrigado.
  5. uhHhuhAUhuhHuhuhhAHu, Nando e esses 'CAO PETAS' dele, rsrs. RI MTO. Abracos (sem c cedilha).
  6. Obrigado Amanda pela atenção, [] A minha maior dúvida referente à esta projeção é justamente se tem alguma ligação com o ataque extrafísico e eu ter esquecido os detalhes mais importantes da projeção (os que prestei tanta atenção para me recordar quando voltasse). Mais uma vez obrigado, se alguém soubser se tem essa ligação eu agradeço. Muita paz, luz e progresso à todos.
  7. AH! Você não disse oque tinha dentro da geladeira!!! HAHAH ======== Hhaahah, foi porque depois de ser atacado, voltado ao corpo e dormido eu esqueci de todos os detalhes de que tanto observei com atenção para não esquecer. ============== Eu mandei um e-mail pro tão iluminado Saulo e ele me respondeu gentilmente que muitos desses seres observam nosso progresso e vem tentar nos amedontrar, de forma a atrapalhar nossa "evolução". Ou então eles só precisam se alimentar da sua luz... ================ Hummmm, interessante! Faz sentido pois após eu fazer a bola de energia azul/brilhante em minhas mãos com o intuito apenas de observação esse ser se fez presente, ou seja, minha luz deve tê-lo atraído , não é mesmo? rsrs Obrigado por sua resposta Lara, e valeu pela paciência na leitura, rsrs ============= Aos outros que quiserem dar sua opinião, fiquem a vontade! PAZ E LUZ À TODOS.
  8. Ficou um pouquinho grande mas tenho certeza de que vocês irão ler tudinho com carinho, né? Obrigado
  9. Olá pessoal. Bom, essa projeção da qual não estava muito entusiasmado à relatar aconteceu ontem, 14 de abril de 2010 pela manhã. Vamos lá! Na madrugada do mesmo dia eu tinha conversado com um amigo sobre a projeção que ele teve e fiquei um pouco empolgado e antes de dormir afirmei à mim mesmo que naquela noite eu teria uma experiência extracorpórea espontânea e observaria objetos e/ou coisas das quais pudessem me mostrar que foi uma projeção lúcida e não apenas um sonho lúcido ou algo do tipo e foi o que se deu. Acordei fora do corpo na sala daqui de casa com uma consciência muito boa que fazia tempo que eu não experimentava e tratei logo de começar a observar o ambiente que,por sinal,estava claro com a luz da manhã. Lembro-me que me dirigi até a cozinha com o intuito de observar algo do qual eu pudesse me lembrar quando retornasse e percebi algo fora do normal, haviam duas geladeiras, uma (a original) e outra que não pertencia a cozinha e logo estranhei e me questionei: -Será que não estou tão lúcido assim? Porque vejo duas geladeiras se sei que só existe uma? Bom... Já que estava ali com intuito de observar eu coloquei só minha cabeça dentro da geladeira atravessando a porta da mesma pois sabia que não poderia abri-la pois estava em plano astral, rsrs. Logo em seguida fui até a outra geladeira ( a verdadeira ) e fiz o mesmo, coloquei minha cabeça dentro para observar o que tinha com atenção redobrada para poder conferir quando voltasse ao corpo. Terminando de observar essas coisas decidi ir até a sala de novo para observar algum objeto, algo que estivesse ao chão e foi ai que decidi sair e ver como estavam as coisas fora de casa. Atravessei a porta como se ela não existisse e ao invés de atravessar o portão e sair de casa eu preferi pulá-lo com um vôo e ao pulá-lo eu senti uma considerável perda de consciência e fiquei preocupado pois queria retornar ao corpo consciente para não perder nenhum detalhe de minha projeção e então decidi descer e voltar pra dentro de casa e ir andando até o quarto para, poder assim, entrar no corpo. Desci ao chão, atravessei o portão e fiquei de frente pra parede de casa e quis observar como ocorre esse ‘processo’ de atravessar as paredes e então coloquei minha mão e em seguida meu braço que foram atravessando a parede como se ali nada tivesse e entrei de vez estando novamente na sala, ponto de partida de minha projeção. Minha consciência se estabilizou e ainda conseguia enxergar as coisas perfeitamente e quis dar uma última olhada nos mínimos detalhes de qualquer objeto que fosse para poder recordar e confirmar a minha lucidez ( digo isso pois normalmente eu fico na dúvida pois sou muito ‘desconfiado’ da veracidade de minhas projeções e observando algum objeto ou algo que esteja realmente lá eu posso confirmar ao retornar ao corpo.) continuando... Lembro-me que observei com atenção alguns detalhes e decidi subir as escadas e ir de encontro ao meu corpo para poder retornar ao mesmo,tudo isso com muita lucidez e consciência de mim mesmo e do que eu estava fazendo. Chegando ao meu quarto a porta se encontrava quase que completamente fechada e a atravessei podendo observar o meu irmão dormindo ( a cama dele é ao lado da minha mas tem uma certa distância entre as duas ). Estando eu no meu quarto decidi antes de retornar ao corpo fazer uma exteriorização energética tipo uma bola energética entre as minhas mãos pois queria aproveitar a lucidez para observar como se manifestava tal energia. A bola de energia era azul e brilhante e foi crescendo na medida que eu a ‘alimentava’. Foi ai que me recordei do cordão de prata, nunca havia o observado e aquela seria um ótima oportunidade já que estava bem próximo ao meu corpo e próximo dele o cordão está mais espesso facilitando assim a sua observação, não é? Pois bem. Parei de ‘brincar’ de fazer bolas de energia e já ia me virando para poder observar o cordão quando ouvi um barulho de passos que me lembrou instantaneamente os que minha mãe faz quando levanta-se da cama e vem em direção à escada. Esperei para poder vê-la por entre a ‘gretinha’ da porta que estava, como já citei acima, um pouco aberta. Nesse momento eu pensei comigo mesmo: -Bom, estou projetado e minha mãe não me verá pois aqui é meu corpo astral, ou seja, ela vai passar direto rsrs. Decepção a minha. Não foi o que ocorreu, ela me viu e ainda me falou algo do qual não me recordo e foi ai que fiquei sem entender e perguntei a mim mesmo: - Como ela pode me ver? Estou projetado! Ah não, isso é consciência baixa, só pode ser! Pra minha surpresa a ‘minha mãe’, coloco entre aspas pois não era minha mãe, era alguém disfarçado, alguém plasmado dela. Digo isso pois esse ser plasmado de minha mãe veio pra cima de mim e me abraçou com força, posso dizer que o ser me agarrou e me prendeu e senti uma intenção muito ruim dele contra mim e senti minha consciência baixando e uma escuridão tomando conta de minha visão mas ainda conseguia sentir esse ser me segurando. Foi nessa que me concentrei para retornar imediatamente ao corpo e recordo-me que retornei porém acabei dormindo e algum tempo depois antes de acordar novamente tive dois E.Vs (Estado Vibracional) seguidos e sonhei que estava voando ( tudo com extrema baixa consciência) sem contar em algumas visões em flashs que me vêm a cabeça de uma mulher sentada ao chão com um homem aparentando ser seu filho de uns vinte, vinte e dois anos e idade completamente mole, sem vida e sujo de lama. A mãe se encontrava em uma situação de muito desespero, ela abraçava ele pedindo-o pra voltar, ela não queria acreditar naquilo e eu sentia de longe o mesmo que ela sentia, era uma dor muito forte da perda e o ambiente, se não me falha a memória, era de destruição e caos mas isso foi só um sonho seguido de lembrança de flashs de visões. Enfim, finalizando... Ao acordar plenamente eu percebi que não me recordava mais dos objetos que tanto me concentrei pra poder me recordar e que infelizmente por causa do ser que me atacou eu não pude observar meu cordão de prata mas sei que ainda terei outras oportunidades. A pergunta é: será que o ser foi atraído pela minha exteriorização energética com as mãos? Será que não me recordo dos detalhes importantes por ter sido atacado ou até mesmo vampirizado? Tem alguma ligação? Alguém sabe me responder? Obrigado aos que tiverem paciência de ler, paz e luz à todos. [JÁ VÃO ME DESCULPADO POR EVENTUAIS ERROS GRAMATICAIS.]
  10. Muito legal seu relato Wagner! Muito mesmo! Já senti como é retornar ao corpo quando queremos heheh. [brother... Acho que ele quis retornar logo ao corpo justamente para poder comprovar a sua experiência... Retornando logo ao corpo ele poderia conferir se a hora batia e talz... Ah, perfeita a experiência WAGNER! parabéns!
  11. Olá Olympo, tudo bem? Espero que sim. Saiba que estou aqui torcendo para que dê tudo certo e que seu pai saia dessa duas vezes mais melhor, mais forte e mais saudável. Você é um cara que merece e Deus sabe disso! Nesse momento ele está olhando por você, sua família e para seu pai e com certeza irá atender o seu pedido de ajuda.Que Deus proteja seu pai e o abençoe com muita saúde e tudo vai ficar bem. Acredite no poder de Deus. Eu e nossos amigos vamos estar aqui exteriorizando boas energias com todas as nossas forças pois você merece. Muita paz, luz e saúde. Seu pai está incluso em minhas orações. [] De coração, Marden Paulo.
  12. Lipe, Brother. Obrigado por postarem aqui dando seus relatos sobre esse sentimento tão estranho e esses pensamentos tão maléficos que nos vem do nada e que sabemos que não vêm de nós mesmos. Concordo com os dois, quando temos esses pensamentos precisamos instantaneamente aniquilá-los em nome de Deus, e é o que faço. Sempre quando vêm, intuitivamente, me concentro em afastá-los e chamo por Deus e eles sempre passam. O que queria saber,e vocês também deram o parecer do qual não discordo é a natureza, de onde eles vem? Eu penso como vocês. As vezes eles vêm quando estamos com a guarda baixada e sempre nos pegam de surpresa, ou não, algumas vezes nem estamos vibrando em sintonia equivalente e mesmo assim eles vêm sem podermos ter qualquer tipo de controle sobre eles. Talves sejam pensamentos de entidades mais baixas e nós, na posição de mediuns, seja ostensivo ou não acabamos capitando ou sendo submetidos à eles. Bom, obrigado à todos e quem quiser postar algo a mais e quiser esteja a vontade. PAZ E LUZ A TODOS, DEUS NOS ABENÇOE.
  13. Também gostaria de saber pessoal. Qual o problema? porque isso? Temos pensamentos dos quais não somos nós mesmos que pensamos, eu não pensaria em ver minha mãe morta ao chão enquanto meu padrasto grita desesperadamente, tudo vem e vai na mesma hora e eu fico me sentindo mal sem entender o que está acontecendo. Assim como nosso amigo Ryann relatou, eu sinto pensamentos em varios momentos do dia, seja equanto estou conversando com amigos, seja quando estou andando pela rua, o fato é que o pensamento vem e me deixa constrangido pois parece ser tão real, as vezes quase consigo ouvir os gritos desse pensamento que NÃO É DE MINHA NATUREZA, não sou eu que os produzo. Eu não teria capacidade de agredir alguém mortalmente com algum objeto cortante ou ate mesmo em agressões físicas mas esses pensamentos vêm as vezes sem aviso prévio e tudo se passa em um segundo, vem e vai embora e eu fico com vergonha de mim mesmo, mesmo sabendo que não é meu aquele pensamento, mesmo sabendo que não faz parte de minha moral, não faz parte da minha ética mas querendo ou não ele esteve em minha mente mesmo eu não o tendo permitir entrar. Alguém ai sabe o que significa? Porque temos isso? Obrigado, paz e luz.
  14. HAUUHUuahauh eu procurei e achei o relato e realmente, ele teremina ai.