• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Sucedeu

B-Membros
  • Content Count

    140
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by Sucedeu

  1. Querida amiga, na medida do possível, estarei enviando para o GVA mais links de outros assuntos interessantes dentro da temática que todos nós, sempre ávidos por novas descobertas, adoramos saborear. Como sabes, nestes dias que correm, meu tempo está um pouco curto, mas logo retomarei a rotina de sempre. Um forte abraço. Luz, muita Luz!
  2. Olá amigos, apenas para completar a idéia oportunamente postada pela amiga Sandra, esta movimentação do eixo magnético da Terra será um caminho de volta à sua verticalização, como era quando o planeta estava nos seus primórdios e por este mesmo agente externo, em outra passagem, deslocou o eixo para a posição atual. O gelo que hoje lá está, derreterá, somado às catástrofes ambientais consequência direta da ação do homem, serão um somatório inimaginável de catástrofes e cataclismas que irão higienizar esta orbe tão machucado e maltratado. Agora, tudo é paulatino, ou seja, acontece aos poucos, e se não atentarmos aos fatos do cotidiano, é pouco perceptível. Hoje com a avalanche de informações que a internet e a TV a cabo proporcionam, é difícil ficar à margem dos acontecimentos. O que Ramatis tratou neste livro descrito, já fazem mais de 50 anos, daí temos uma idéia do tempo decorrido para o qual astro intruso está sendo esperado, nesta próxima visita que fará. Na última vez, ele afundou Atlântida, tendo sido registrado o que houve pelos sumérios, onde deixaram pedras com pinturas onde no horizonte viam-se dois sóis. Ele sempre passou por aqui, mas não faz parte da órbita deste sistema solar. Espero ter ajudado em ampliar o descortínio deste véu que tampa nossas consciências do que está por chegar e limpar o miasma reinante por aqui. Será a separação do joio do trigo. Luz, muita Luz!
  3. Olá pessoal, interessante o questionamento levantado pela amiga Luna. No meu ponto de vista, é certeza de que o previsto irá acontecer, agora, o que não importa tanto, para mim, é a data exata. Só preocupa se não houver tempo hábil para se organizar qualquer reação ao caos que se instalará. Vejo com preocupação o ceticismo da maioria, que faz questão de se fechar numa redoma fantasiosa e pensar que a Terra é o único planeta deste Universo, habitado. Isto sim irá gerar um sentimento de impotência na hora do sufoco. Tenho meus próprios planos para desenvolver um trabalho paralelo à vida normal e que se, o predito acontecer enquanto eu estiver por aqui, terei algo a oferecer para os próximos na região onde planejei instalar a reação a tudo. Se eu já tiver ido e os fatos demandarem mais tempo, ficarão pessoas cientes dos objetivos e intenções e o trabalho estará oferecendo um convívio mais ameno com um padrão de vida sem as modernidades presentes no dia a dia, mas com todas as necessidades básicas atendidas. Luz, muita Luz!
  4. Amiga Luna, também uso muito o mantra Faraon para turbinar a saída. No começo eu era atraído para estes templos e me fascinavam muito, porque estudei muito a influência com que o povo Egípcio mudou o Oriente, do ponto de vista da arquitetura e também foram escolados em tempos imemoriais pelo povo Atlante, remanescente do afundamento do continente deles, que foram parar lá depois que sua terra submergiu, agora já consigo com uma mentalização forte durante a minha meditação, que dá inicio ao trabalho de mais uma VA, sair lúcido com outros destinos no roteiro de viagem. Abração. Luz, muita Luz!
  5. Amiga Luna, será que o local visitado não foi um templo egípcio antigo, onde os hieróglifos são uma constante. E tu não pensastes nisto mesmo antes de iniciar a tua concentração, durante o dia na vida corriqueira? A tua retirada brusca foi um ato reflexo em busca de proteção. Muito instigante a tua descrição. Que dê inspiração a todos os que ainda não conseguiram sair com lucidez. É isso aí, muito treino até conseguir, quem tenta, consegue! Luz, muita Luz!
  6. Amiga Helena, muito oportuno o texto sobre a Fraternidade e como é laboriosa a caminhada na sua direção. O quão difícil é deixarmos o ego de lado e nos debruçarmos na solidariedade de mãos dadas com a Caridade, mas não impossível e tampouco inatingível. Cada um de nós deve resgatar a sua porção divina e colocar aos préstimos do Amor, assim que puder, sem meios termos. É imperativo a ação benevolente de quem quer que seja, pois a hora é de urgência. Basta olhar para o lado, andar nas calçadas do centro da cidade, colocar a mão na consciência e ter a atitude que muitos já tiveram, só falta cada um de nós, deixarmos de sermos espectadores curiosos e partirmos para a ação. Luz, muita Luz!
  7. Agora, acho importante frisar que como qualquer atividade na vida da gente, sempre vem acompanhada, no início , de desalentos, erros de rumos, desvios de cursos, falta de capacitação super normal, pois pra quem nunca viu antes, como dominar o assunto logo de saída? É um dia após o outro, não ter pressa para alcançar os resultados e saber tirar as lições necessárias em cada saída, pois a vida nos mostra o quão úteis poderemos ser lá fora, basta querermos e nos prontificarmos. Ainda estou numa fase de aprendizado, apenas já sei o caminho da escola e tenho noção exata do que quero aprender lá e o que devo fazer para o bem comum. É muito gratificante! Abração Luz, muita Luz!
  8. Muito legal amigo hupe! Já dei uma olhada e parece uma ótima oportunidade para termos bate papos instantâneos sobre as VAs quando estivermos on line e houver um tempinho para isso. Inclusive coloquei nos favoritos para acessar mais rápido, como o GVA. Abração Luz, muita Luz!
  9. Muito interessante, amiga RCardigos!! E esta biblioteca está aqui no Brasil, hein? E no sofrido Nordeste...mas muito iluminado. Gostei muito destas chaves, já permeio minha existência sob os cuidados vigilantes de não cair em desvios de conduta que tragam atrasos à caminhada empreitada na direção da Luz. É um manancial muito interessante de informações pertinentes ao espiritismo e afins, obrigado, amiga! Luz, muita Luz!
  10. Outro detalhe importante que norteou esta escolha pelo Espiritismo Kardecista foi a minha intuição. Antes de conhecê-la, não dava muita bola para os pensamentos que vinham de súbito na consciência, avisando algo, aconselhando, dando dicas para se sair bem das inúmeras dificuldades. Aos poucos fui entendendo o que era de fato este fenômeno sutil que povoa nosso cotidiano a vida inteira, apenas não sabemos do que se trtata, mas sabemos que dificilmente ela erra. Hoje, encaixo alguns momentos de pura sintonia com ela nas decisões a serem tomadas, que melhoraram o meu porvir, tudo na minha vida deixou de ser pragmático para se tornar alvissareiro. Aliado a isto, vem a "saúde espiritual' que se intensifica, na medida em que é permitido esta energia transcedental se manifeste e dê um contorno dos mais bonitos ao espírito! Luz, muita Luz!
  11. É isto mesmo prezados irmãos. Estamos todos imbuídos na execução da missão de cada um, porém a maioria nem sabe o que isso significa e, cabe a nós, através da lucidez que alcançamos ao exercitarmos e aprendermos o Auto Conhecimento ( esta é uma das formas para se chegar lá), fazermos esta obra acima de qualquer manipulação, interesse ou vontade. A energia vem de dentro e é inexorável na direção da realização do que precisa ser feito. Não nos engajamos por acaso no grupo, é que é chegada a hora. Seremos mais um a engrossar as fileiras daqueles que tem justamente isso pra dar, amor ao próximo. Luz, muita Luz!
  12. Foi uma das ferramentas usadas por mim para chegar à plenitude de sucesso nas saídas, além das dicas oportunas sobre o "status quo" do nosso viver aqui na 3ª Dimensão. Aproveitem, abração. Luz, muita Luz!
  13. Vejo também como enorme problema, além desta miopia crescente entre nós, amigo iluminare, o domínio incontestável e duríssimo de ser abatido, do ego. Ele domina em todas as situações onde o auto conhecimento engatinha ou não existe. este é um dos maiores entraves para o desenvolvimento espiritual da humanidade. Luz, muita Luz!
  14. Prezado Antônio Carlos, a projeção descrita foi escolhida entre tantas outras pela conotação emocional, do reencontro com minha querida morando longe de mim e eu quis também passar o clima mágico e misterioso que o oceano nos transmite, pois é o que mais tem neste planeta, água salgada! Na maioria das saídas, são encontros com pessoas desencarnadas ou não, onde são passados testemunhos e impressões de como se faz o trabalho de auxílio a quem precisa, tudo tem sequência, o que se diz para o necessitado, quem comanda o trabalho, quem está aprendendo, é muito gratificante mesmo, poder colaborar e depois retornar ao corpo e poder desfrutar de mais um dia na carne depois. Já tive sobressaltos, situações mal resolvidas, obstáculos e enfrentamentos que trouxeram vários sentimentos, porém em nenhum deles, tive medo. Ele é a expressão de algo que tu não tens domínio ou mesmo é o desconhecido, porém, à medida que as saídas vão se tornando um ato reflexo, a gente tem maior desenvoltura naquilo que faz, inclusive no Astral, por onde se passa. Lembre-se que o que pensamos durante o dia, irá sugestionar para onde iremos na saída, a não ser que no exercício de concentração que antecede a mesma, tu consigas desviar as imagens gravadas na memória química do cérebro e trazer novas inspirações e lugares a serem visitados e pessoas a serem contatadas. Creio que é muito particular a saída para cada um, ela varia de pessoa para pessoa. Eu levei sete meses para conseguir e conheço pessoas que em nem um mês, já estavam voando, outros levou mais de ano, depende muito de cada um, a vida que leva aqui, o que come, o que faz. Tenho dentro de mim a certeza que também a VA é um merecimento e para alcançá-lo cada um sabe o que precisa fazer. O conjunto destas prédisposições inseridas no teu dia a dia sem retorno aos males antes causadores do atraso moral, físico ou pessoal, irão te ajudar na tua primeira saída. E nada acontece por acaso, deve ser encarado como uma coisa normal na vida da gente, a VA é um sentido como os outros, porém estava escondida e agora com este auxílio maestral dos nossos amigos aqui e em outros sites, pudemos quebrar a resistência. Luz, muita Luz!
  15. Prezado Hélio, depois que a ficha cai, a onda que invade o coração é irresistível e a gente se sente irremediávelmente comprometido com a seara espiritual. Aos poucos, a própria vida vai modificando os processos de envolvimento nos diversos temas vivenciais, tais como, amizades, atividades sociais, estudos, vida familiar, vida profissional e tantas outras que pedem passagem e antes não eram notadas ou eram substituídas pelas rotinas do dia a dia no embalo das amarras terrenas e dos vícios e ansiedades normais desta vida frenética na qual estamos inseridos. Abração amigo. Luz, muita Luz!
  16. Amiga Sylvie, de uns tempos pra cá, resolvi sair do estado inercial espiritual em que me encontrava por estar enfrentando alguns problemas profissionais e entendi que tudo isto nada tinha a ver com a missão espíritual assumida por mim e então, tudo que eu puder fazer para ajudar a esclarecer as pessoas sobre o que estiver ao alcance da minha humilde colaboração, eu farei. Abração. Luz, muita Luz!
  17. Há uma citação que fala, "para tudo há o momento certo de acontecer" e para mim não foi diferente. Tenho na minha família o espiritismo kardecista presente desde pequeno, porém só agora, na idade madura ele aflorou e recheia o meu estar encarnado com a plenitude que todos irão experimentar um dia. Basta querer e se debruçar no estudo. As projeções não foram diferente, creio que elas são apenas mais um capítulo do espiritismo, ou melhor, elas são, na verdade, um ingrediente natural do ser humano ao estar encarnado, mas isso interessa pouco ao ego e todas as amarras terrenas. Feliz de quem descobre esta ferramenta e a usa consciente para o bem do próximo. Abração. Luz, muita Luz!
  18. Prezados amigos, eu estou no GVA desde 2002, é que ele trocou de roupagem duas vezes e daí tudo teve que ser reiniciado outra vez. Os nossos administradores sabem disso, pois o nick usado foi sempre o mesmo. E foi la´no início deste milênio que eu descobri a magnitude da existência humana e também me dei conta da pequenez do ser humano em relação à obra de Deus, bem como, da perfeição desta verdadeira obra de arte que é o que eu chamo de "firmamento" onde tu está vivo e interagindo constantemente, sem parar. Demorou, foi um trabalho de persistência, determinação e muita concentração, porque a todo instante o ego se sente traído pela tua "fuga" das garras dele e reage nervosamente contra o sucesso da empreitada da VA. Fomos criados num ambiente dominado por ele e vivemos o tempo todo sob a égide dos sentimentos por ele cultuados, a inveja, a cobiça, o olho grande, a raiva, a falta de paciência, a soberba, o orgulho, a sensualidade, a mesquinhez, a avareza, enfim a lista pe grande. Quando nos propomos a colocar um basta nisto tudo, a casa cai. ele não se conforma de perder um único integrante do Orbe. A reação é imediata e daí, é preciso ter muita força de vontade e determinação para seguir adiante. Este trabalho pode durar anos, comigo foram longos 7 meses até conseguir a primeira projeção consciente. Segui à risca todos os passos que nossos amigos administradores nos ensinam, tudo que a literatura oferece também, tenho postado no fórum estas matérias como ajuda a quem quer chegar lá. Tens razão, Júlio, o principal objetivo da projeção é o amparo, e tenho já contatado equipes de socorro lá no Astral para me disponibilizar ao trabalho, porém ainda é preciso mais um tempo de maturação para participar do trabalho, principalmente no desapego das coisas daqui. O objetivo é este. E temos, cada um, os amparadores que fazem um trabalho de orientação e amparo para toda a vida na carne do espírito e nessa transição , não se fazem ausentes. Espero ter ajudado. Abração. Luz, muita Luz!
  19. Olá amigos, esta página aborda com propriedade o auto conhecimento que nós, espíritas, buscamos. Tem um curso com lições possíveis de serem baixadas e treinadas no caso das viagens astrais, mantras, mentalizações e/ou problemas que podem ocorrer durante o treinamento para se conseguir sair do corpo consciente. http://www.divinaciencia.com/index.php Luz, muita Luz!
  20. Saí em projeção, a noite estreladíssima e numa fração de segundos eu já estava na cidade onde ela mora, no sul do país, aí mentalizei o interior do apartamento dela e ao chegar já senti uma vibração conhecida, a presença do espírito dela, próximo ao corpo dormindo. Abriu o sorriso quando me viu chegar, me abraçou e foi muito bom, eu lhe disse que estava muito feliz de vê-la, que as coisas para ela estavam indo bem e que eu estava em sintonia com ela, assim que eu pudesse viria de corpo presente, mas as saudades estavam sob controle agora. Aí, me despedi, saí voando e fui até a beira do mar, ela mora no litoral. A energia do mar é uma coisa indescritível, flutuei alguns segundos em cima da água e depois de algum tempo pairando e observando aquela magnitude, ouvindo o barulho das ondas e avistando as luzes da cidade ao longe, subi e num piscar de olhos estava de volta ao meu corpo. Logo acordei e me lembrava de todo o passeio, tanto que ao falar com ela no telefone mais tarde, ela me disse que tinha sonhado comigo um sonho muito real e eu disse, não foi sonho minha filha, eu estive aí de fato. Hoje ela é uma entusiasta do espiritismo kardecista e das VAs. Luz, muita Luz!
  21. "Desde a década de 50, as vibrações do Astro Intruso já estão chegando ao planeta, aumentando ano a ano. A previsão sobre a chegada dele no final do século XX, dizia respeito ao início do estágio mais forte da carga magnética que ele impõe. Por isto, ocorrem e ocorrerãotantos desastres naturais, guerras, conflitos armados e violência generalizada durante o século XXI e na primeira metade do século XXII, com fortes desastres naturais. Nosso século atual marca o grande início da Batalha do Armagedom. A vibração etérea do Astro Intruso já está na Terra." Este é um parágrafo do livro psicografado do espírito Ramatis, intitulado "O Astro Intruso" que pode ser baixado em arquivo pdf através da página abaixo. www.luzdoconhecimento.com É um pouco mais de subsídio ao esclarecimento das dúvidas que o fenômeno desperta. Luz, muita Luz!
  22. Eis mais um ótimo endereço que nos abastece de idéias, constatações e orientações interessantes nesta hora do aprendizado e descobrimento desta etapa nova na vida de cada um. Aos poucos irei enviando outros links que são apoios teóricos neste estudo pois há uma biblioteca virtual e preciso pesquisar, mas este é um verdadeiro tesouro pela objetividade com que trata todos os assuntos espirituais. http://www.ippb.org.br/index.php Luz, muita Luz!
  23. obrigado amigo, dê uma olhada então no site raiz, que está no endereço sem os artigos, aí tens acesso à revista completa. Abraço Luz, muita Luz!
  24. Amigo Rafael, cresce de importância pra ti a VA, tenho certeza de que quando tu começares a praticar, irás descobrir um mundo novo, repleto de boas e más influências, mas todas elas construtivas. Depois deste complemento que anexaste ao post, não tenho mais dúvida, tu és um espírito muito evoluído e que tem um dom muito poderoso. Como eu falei antes, chegará a hora certa de desenvolvê-lo e tirar o proveito para o qual ele te foi entregue. O que dissestes da tua tenra infÂncia, da qual não lembras,mas tens o testemunho da tua mãe, é a visualização de espíritos, que conseguem se fazer vistos porque tens o dom de vê-los na 4ª dimensão, estando aqui na carne. Quando estamos fora do corpo, mesmo encarnados, vamos para a 4ª dimensão e lá só vemos os espíritos, apesar de vermos o que acontece aqui na 3ª dimensão, mas não somos vistos pelos olhos da carne. Terás um bom manancial de predicados para entrar na 4ª dimensão, com toda a consciência desperta, fruto do auto conhecimento e deste dom, que eu chamaria de clarividência, que poderá crescer e muito contigo. Abraço Luz, muita Luz!
  25. amigo mineiro, a cecília falou a palavra chave para que o sonho seja o trampolim para uma projeção: consciência A própria saída do corpo com consciência é a VA, sem ela é sonho. Saímos todos os dias do corpo, com ou sem consciência. Abraço Luz, muita Luz!