• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Orestes

B-Membros
  • Content Count

    6
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Orestes

  • Rank
    novo Membro (1+)
  • Birthday 12/22/1966
  1. E ai Henrique, blz. Cara, eu tinha plena consciência do que eu estava fazendo. Só fiquei meio em dúvida porque eu sempre me lembro de tudo e dessa vez em não consigo me lembrar dos símbolos que estavam na porta e também o lance do braço gelado. Eu visualizava tudo por mim. Quanto a outras dicas para saber se é sonho ou projeção, se vc puder pode postar aqui... Vida longa e próspera...
  2. Após a prática de energização dos chakras notei as vibrações do desprendimento e quando percebi já estava projetado. Estava em frente a uma porta com 3 símbolos que no momento não me lembro como eram. Quando entrei por aquela porta estava em um ambiente estranho, muitas ruínas, como se tivesse ocorrido uma guerra. Havia um ser grande onde eu senti que ele precisava de boas energias. Comecei a enviar boas energias e notei que haviam outros que tinham dificuldade de chegar perto dele e me pediam para desistir de ajuda-lo. Porém não desisti. Sentia que ele precisava muito ser ajudado. Continuei emanando energias e em seguida ele se escondeu atrás de alguns escombros. Cheguei mais perto e disse que para eu poder ajudar ele tinha que sair de la e se deitar. Ele obedeceu e no mesmo instante se levantou. Notei que ele devia medir mais ou menos uns dois metros de altura. Aproximou-se de mim e estávamos caminhando para algum lugar mas nesse instante senti um braço em meu ombro muito gelado. Como se alguém está do seu lado e coloca o braço por cima do seu ombro. Era muito gelado e nesse instante eu acordei. E mesmo acordado ainda senti aquele braço gelado por alguns instantes. Gostaria que alguem comentasse pois tenho dúvida se foi projeção ou sonho.
  3. Tudo blz Azeitona Valeu mesmo pela explicação. Brigadão To doidão pra proxima. Um abraço.
  4. Boa tarde a todos e muita luz. Neste mes de Janeiro, tive 2 experiências, uma involuntária e outra após aplicar as técnicas. Na ultima em que eu fiz as técnicas, foi um pouco diferente da 1a., e isso gerou algumas dúvidas. Gostaria se possível, que alguém explicasse essas diferênças. 1) Na experiência onde eu simplesmente notei que estava fora do corpo eu estava flutuando em pé e quando pensei em ir ao quarto do meu filho eu atravessei as paredes como se não existissem. Desta vez eu estava voando e quando pensei em ver meu filho no mesmo instante eu já estava no quarto dele, não atravessei nenhuma parede, simplesmente apareci lá. Porque essa diferença no processo ? 2) Porque não conseguia controlar direito esse vôo ? 3) Quando cheguei perto dele, parecia que estava produzindo um vento a ponto de balançar os cabelos dele. O que era isso ? Um abraço a todos e que Deus ilumine vossos caminhos
  5. Bom dia a todos. É com muita satisfação que estou postando a minha 1ª. experiência em VA utilizando as técnicas aqui encontradas e também estou muito surpreso, pois me cadastrei neste site em 07/01/2008 e consegui efetuar uma VA com as técnicas em 28/01. Apenas 21 dias. Bom, ontem 28/01 eu pratiquei a técnica completa ( na verdade não fiz tão completa assim rss ) com uma pequena diferença. Antes da técnica utilizei uma outra encontrada no link http://somostodosum.ig.com.br/testes/chackras/alinha.asp para energizar os chakras com suas respectivas cores. Foi a única coisa que eu fiz de diferente. Após todo o processo relaxei e peguei no sono. Não sei dizer quanto tempo depois, notei que estava girando como um pião deitado. Na euforia levantei as paramãos para tentar sair mais rápido mas não consegui e isso me deixou ansioso, então relaxei para não quebrar o processo e como li em algum lugar, comecei a pedir luz. Nesse momento comecei a voar em círculos em meu quarto. Na minha 1ª. experiência involuntária eu não estava voando, e sim flutuando. Este vôo era meio incontrolável. Como o meu filho estava um pouco febril nesta noite, eu pensei em ir ao quarto dele e no mesmo instante eu já estava voando em seu quarto. Com muito custo consegui aterrizar ( sabe como é, alguns controladores de vôo estavam em greve rsss – desculpe a brincadeira ). Quando tentei me aproximar dele e tocá-lo, percebi que eu estava produzindo um tipo de vento, ou sei lá o que era, que quanto mais perto eu chegava , mais forte ficava. Eu via os cabelos do meu filho balançando como se estivesse no vento, então eu me afastei, porque não sabia o que era. Então eu pensei em começar a voar para visitar outros lugares, e aconteceu..... Voei direto para o meu corpo e acordei. Sacanagem, agora que estava ficando interessante.... Mas valeu muito essa experiência, porque na 1ª. Vez que percebi que estava projetado, eu não fiz nada, simplesmente aconteceu e desta vez foi efetuando as técnicas que encontrei neste site e na internet que eu consegui conscientemente efetuar uma VA. Mas esta experiência gerou novas dúvidas e se alguém que estiver lendo este relato puder esclarecê-las eu agradeço. 1) Na experiência onde eu simplesmente notei que estava fora do corpo eu estava flutuando em pé e quando pensei em ir ao quarto do meu filho eu atravessei as paredes como se não existissem. Desta vez eu estava voando e quando pensei em ver meu filho no mesmo instante eu já estava no quarto dele, não atravessei nenhuma parede, simplesmente apareci lá. Porque essa diferença no processo ? 2) Porque não conseguia controlar direito esse vôo ? 3) Quando cheguei perto dele, parecia que estava produzindo um vento a ponto de balançar os cabelos dele. O que era isso ? Bom pessoal, acho que já escrevi demais, não quero que este relato seja maçante. Um abraço a todos e que Deus ilumine vossos caminhos
  6. Bom dia, turma Tudo blz... Alguem pode me explicar melhor o que vem a ser "projeção consciente". Um abraço a todos.