• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Pedro Falcão

B-Membros
  • Content Count

    374
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

3 Neutral

2 Followers

About Pedro Falcão

  • Rank
    Membro em EV (300+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. As veses muitas coisas nos parecem injustas, mas como julgar o que é justo e o que não é? Pelo lado religioso julgariamos de uma forma, pelo lado humano julgariamos de outra, pelo lado pessoal o julgamento poderia ainda ser outro, como saber então o que faz sentido e o que não faz? o que está certo ou errado? Falando por mim, quanto mais eu procuro me esclarecer, mais eu vejo a impossibilidade que tenho de julgar qualquer coisa, mais eu vejo o quanto não sei. Quem são as pessoas que estão perto de nós?, porque estão ali?, porque vão embora?, não sabemos, porque estou aqui, qual é a razão de estar aqui?, não sei, talvez o conhecimento dessa ultima questão me abra caminho para um entendimento bem maior, quem sabe? Acho que mais que alguem conseguir explicar, é termos a condição de entender e principalmente "aceitar" algo que nos parece contrario à logica e sentimentos humanos. aarisia, muita paz e força pra seguir em frente...
  2. Entendo desapego como a capacidade de gostar/amar, pais, filhos, namorada/esposa, amigos, ou quem quer que seja, sem dizer aquela frasezinha, rs..., "não vivo sem voce", claro que vive!; é estar onde quer que seja, longe de todos e de tudo que nos é familiar e não se sentir só ou ter saudades, muitos dizem que isso é ser egoista, pensar só em si mesmo, não se importar com os outros, fazer o que... Na relação com familiares, sempre há altos e baixos, como toda relação muito proxima e constante, em muitos casos é mais facil termos um relacionamento melhor com amigos do que com familia; dizem que nós escolhemos a familia da qual queremos fazer parte, isso eu não sei, mas os amigos nós escolhemos conscientemente. Não acho que alguem deva se sentir obrigado a amar quem quer que seja, dessa forma não seria amor; o nivel dos nossos sentimentos, depende muito da nossa consciencia e do "andar da carruagem". Abraço e muita luz...
  3. Oi Junior, começando pelo final, como eu sempre disse pros meus filhos, a unica vergonha que devemos ter é na cara, o resto não; portanto não se envergonhe, nós formulamos nossas ideias de acordo com as informações que temos, que são muito poucas, e ainda corremos o risco de entende-las errado, e nós todos estamos no mesmo barco ; por isso comentei acima sobre as ideias diferentes de cada um, se todos pensassemos igual, correriamos o risco de estarmos todos errados, por isso acho que no estagio em que estamos, quanto mais opiniões diferentes melhor, podemos usar isso para analizar melhor o que entendemos e ao mesmo tempo vamos dimensionando o ego e o colocando no seu devido lugar. Ja vi na Biblia os comentarios que tem tudo pra ter sido projeção. Na unica projeção em que comecei a ter um pouquinho de consciencia, a primeira coisa que fiz foi me lembrar e mexer no cordão de prata, ai senti aquela "puxada" de volta e acabou , foram só alguns segundos, não senti a saida, foi depois de um sonho lucido. Mas me lembro de varias partes de outras projeções sem consciencia, e sendo assediado/vampirizado. Quanto a saida do corpo enquanto dormimos, pelo que entendi de tudo que ja vi e ouvi, me parece que é como uma "obrigação" o espirito sair( não sei se o Saulo já comentou sobre isso nos FAQ, caso não, seria um assunto interessante ), seria mesmo bom sabermos o por que. A ideia de estar aqui pagando, é realmente complicada; assim como muitos dizem que é melhor não sabermos sobre as vidas passadas, já ouvi varios dizendo ter medo de saber, até no centro onde frequento, não me parece fazer sentido, seria o mesmo que em uma vida futura termos medo de lembrar o que estamos fazendo nessa; dizem tambem que o espirito desencarnado chega a ter conciencia dos seus erros e "pede" pra voltar e corrigi-los, mas de que adianta reencarnar sem a consciencia disso?. Minha esperança é conseguir me projetar com consciencia e lembrar depois, talves eu consiga perceber algo a mais, que não percebo com o cerebro fisico... Abraço a todos...
  4. Se essa experiencia foi feita e teve esse resultado, é por que por algum motivo é necessario sairmos do corpo, qual seria o motivo, não faço ideia. É exatamente sobre isso que comentava, se todos nós tivessemos consciencia desde o principio, esse tipo de coisa não aconteceria, pelo menos, eu penso dessa forma, a não ser que nós sejamos realmente uma "coisa" muito pior do que eu possa imaginar. Já passei por muita coisa na vida Gilbert, e demais amigos, e consegui superar, nada tão extremo como voce comentou acima, posso dizer conscientemente que não tenho odio ou recentimento, devido ao fato de eu ter conseguido me controlar diante desses acontecimentos, fui chamado de covarde, palhaço, entre outras coisas, o que essas pessoas que me julgaram queriam, que eu fosse igual a elas?, elas iriam me condenar de qualquer maneira, então que me condenem por eu ter feito diferente do que todos esperavam, não me considero superior ou melhor por isso, e nem estou livre do odio, isso acho que faz parte de todos nós, o importante é ter consciencia pra poder controla-lo, assim como tudo que temos de bom e ruim, chegando ao equilibrio; por melhor que consigamos fazer, é sempre bom lembrar daquela frase :"orai e vigiai", pois em uma situação extrema, podemos passar de um equilibrio relativo a um comportamento selvagem ao extremo em questão de segundos. Abraço, muita paz, luz e consciencia a todos...
  5. Ja andei pensando nisso, num apartamento podemos estar dormindo a menos de meio metro de outra pessoa do outro lado da parede , e o acoplamento aurico, como fica?
  6. ola Junior, obrigado pelas respostas, comcordo sim com o que voce comentou acima, recordo de algumas coisas da minha infancia, com menos de dois anos de idade, em uma dessas recordações daquela epoca, eu era adulto, me lembro de algo do trabalho que fazia; na epoca comentava e perguntava a meus familiares, as vezes me diziam que tinha sonhado, ou me mandavam ir brincar, etc., fui vendo que não valia a pena comentar e aos poucos fui deixando pra la, depois de adulto então, melhor mesmo é ficar quieto ; não tenho nenhuma habilidade fora do normal. Ola Splinter, não concordo com esse ponto pelo seguinte, na minha opinião, se tivessemos consciencia plena desde o principio, não haveria motivos pra termos odio, ressentimentos ou criar inimizades, porque teriamos consciencia de tudo e a opinião ou a maneira de ser diferente de cada um, não nos incomodaria em nada, muito pelo contrario, nos ajudaria a ver as coisas de pontos de vista diferentes, e cresceriamos mais rapido. Eu disse "com certeza não" porque quando estamos cansados fisicamente, pelo trabalho ou outro motivo, basta relaxar, beber agua, comer se for o caso, que dentro de algum tempo estaremos recuperados e "prontos pra outra", sem ter a necessidade de dormir; por outro lado, mais cedo ou mais tarde o sono vem, independente de estarmos cançados ou não, ai simplesmente "apagamos", e o espirito separa do corpo, normalmente inconsciente, porque?, se ha necessidade dessa separação, porque não podemos estar conscientes?, e a consciencia que se tem durante uma projeção, sera que é realmente consciencia ou apenas parece ser? Quando coloco aqui um questionamento como esse, na verdade, não estou esperando uma resposta, porque acho que ninguem a tem, é mais pra "quebrar um padrão", para se refletir por um ponto de vista diferente sobre o que de certa forma parece fazer sentido. Quanto a amnésia reencarnatoria, é outra coisa que pra mim não faz sentido, se eu convivo hoje com um inimigo de outra encarnação, e nenhum de nós tem consciencia disso, o que teria causado nossa inimizade pode acontecer outra vez e a coisa continua, acho que seria mais proveitoso termos consciencia e resolvermos os problemas. Desculpem, isso ficou muito longo Abraço e muita luz a todos...
  7. Eu tambem passei a questionar sobre isso a partir do momento em que, ainda criança, tive noção de que existe algo alem do que podemos ver e sentir, sei que muitos não vão concordar com o que vou dizer mas, a impressão que tenho é que a coisa corre solta, por exemplo, um espirito, qualquer que seja, tem a possibilidade de nos ver, nos prejudicar, atrapalhar a nossa vida, enfim, nos causar todo tipo de problemas, e nós, a principio, na ignorancia em que nascemos nem mesmo temos noção da existencia deles, o que isso quer dizer? sera que eles fazem isso porque tem livre arbitrio? nesse caso onde é que fica o nosso livre arbitrio?, sera que nós temos isso?, se nós temos conhecimento e experiencia acumulados de varias encarnações, porque não podemos recordar e usar isso conscientemente para nos desenvolvermos mais rapido? se estamos aqui ""pagando"" por algo errado que tenhamos feito em vidas passadas, porque não podemos lembrar o que foi?, sera que se tivessemos noção do que somos, desde o inicio, teriamos feito errado?, sera que fizemos algo errado, ou o errado é querer saber a verdade?. Por que o espirito tem que sair do corpo enquanto dormimos? Para o corpo descançar?, com certeza não, isso podemos fazer acordados mesmo, porque então?, para o espirito inconsciente ser assediado, vampirizado no astral?, sera que nós não passamos de ""comidinha"" pra eles e ainda temos a pretenção de estarmos nos desenvolvendo espiritualmente??? A unica certeza que tenho é que sou ignorante no assunto, e não sei se um dia vou sequer chegar perto da verdade... Abraço a todos e muita luz...
  8. Não tenho experiencia pra afirmar nada mas, acho que seu mentor não iria lhe dizer isso, é mais provavel que seja um espirito qualquer querendo lhe fazer perder a consciencia pra te tirar energias, ou fazer voce voltar ao corpo. Paz a todos...
  9. Meu amigo(a), se isso foi um sonho, já foi fantastico, se foi uma projeção ou contato, ai nós é que precisamos de ajuda , como é que voce se lembra de tanto detalhe? Abraço e muita luz...
  10. Meus amigos, não tenho conhecimento pra comentar nada, sei que parece "maluco" o que vou dizer mas, desde que comecei a estudar um pouco de espiritualidade, estou "desconfiado" que estamos aqui mesmo é pra, de alguma forma e por algum motivo, gerar energias; espero realmente que eu esteja errado, que essa ideia seja devido a minha ignorancia no assunto, e que um dia possa conhecer A VERDADE pra poder vir aqui e dizer que estava totalmente errado quando pensava assim... Paz e muita Luz a todos...
  11. Fala Buzzo!, beleza? Nem vendo o Saulo nesse sonho eu me tive a noção de estar sonhando . Pois é Bruno, acontece tudo na cara da gente e nós nem ai com a coisa, lucidez ZERO!, acho que nosso problema não é se projetar, isso a gente já faz, mas sem lucidez e sem memoria do que fazemos, de que nos adianta? Me lembro de alguns fragmentos, imagino que sejam projeções, mas onde estava totalmente sem consciencia, em nenhuma delas eu estava ajudando alguma entidade, era assedio mesmo. Sem consciencia a gente só "dança", o negocio é cuidar da lucidez pois a projeção nós já temos por natureza... Abração pro6 e muita luz...
  12. Pelos comentarios que ja li e ouvi, seria mesmo de madrugada o melhor horario, pelo proprio relaxamento que o sono causa, ja experimentei em varios horarios, inclusive de madrugada, não me pareceu que um seja melhor que outro, o que faz diferença pra mim é mesmo como esta minha cabeça no momento, gosto de relaxar antes com musicas calmas, Enya ou outras, tambem fazer a tecnica durante a musica, assim a sensibilidade energetica pra mim fica bem mais alta, acho que o negocio é experimentar, se voce só tem esse horario, faça dele o melhor, experimente com musicas que voce goste e que te ajude a relaxar, etc., acho que mais importante que o horario, é estarmos bem internamente... Abraço e muita luz...
  13. Hoje 03/03/2012 entre 03:00 e 04:45hs quando acordei, tive um sonho que achei não muito comum, como o Saulo estava nele, pode ser que não tenha sido só um sonho, se for assim, pode ser também que mais alguém que estava lá se lembre de algo. Nesse sonho, estávamos em um sitio numa casa antiga, que parecia de pau-a-pique, as paredes eram azul ou verde bem claro, o chão era de cimento já velho e desgastado, perto dela havia uma construção nova, que as vezes me parecia estar “emendada” a essa casa, estávamos onde parecia ser a sala, eu Saulo um outro cara uma mulher, e uma menina de uns 6 a 8 anos, cabelos castanhos pelos ombros, e que falava muito, ela estava sentada no chão brincando e a mulher ao lado dela, dai a pouco a mulher pisou em algo que parecia massa de modelar branca, que grudou em seu pé descalço como chiclete, Saulo disse a ela pra ir ao banheiro lavar, depois disso não a vi mais, eu insistia em perguntar algo ao Saulo sobre projeção, não me lembro o que, mas parece que ele não estava muito a fim de conversa, rs..., daí ele começou a lavar o chão, água vassoura e tal, e eu continuei perguntando, e ele nada de querer conversar, a menina que estava lá começou a me falar algo, mas não conseguia entender, ai fomos pra varanda, e ele ficou mexendo com arreios e outras coisas, e eu continuava perguntando, até que ele me disse pra voltar daí a uns três dias, então eu disse, ”num vai dar não, é que eu moro lá no sul de minas”, nesse momento, outras pessoas que estavam do lado de fora da varanda, uns seis mais ou menos, começaram a rir, o Saulo parou o que estava fazendo, olhou pra eles, depois olhou pra mim com cara de quem tava acordando, rsrs..., e não disse nada, então me despedi deles e fui por uma rampazinha até uma estrada de terra, virei a direita e segui mais uns cem metros até a porteira onde estavam três carros, um fusca cinza, que parecia ter sido pintado a pouco tempo, outro meio creme, todo empoeirado, me chamou a atenção o nome da cidade na placa que, ou estava muito suja, ou era daquelas amarelas antigas, a cidade começava com C, mas não consigo me lembrar qual era, o terceiro não me lembro que marca era, mas tinha uma pessoa dentro; apesar de ter ido pela estrada, quando cheguei onde estavam os carros, os vi de cima, como estivesse voando, e depois já estava ao lado deles, essa parte não consegui entender bem; é só o que me lembro antes de acordar. Pode ser que seja só um sonho, mas como existe a possibilidade de ser algo mais, achei que valia a pena comentar... Paz a todos e muita lucidez...
  14. Oi Toquinha, esse tipo de coisa acontece comigo des de criança, no caso das musicas, pra mim, parece ser mais pela combinação dos sons, não exatamente pelo que diz a letra, pode ser até o som dos instrumentos, o tom de voz da soprano, etc., as vezes isso acontece até mesmo quando estou vendo filmes, tipo comedia, ali não tem nada de triste pra dizer que me emocionei e tal; não sei dizer o por que disso, mas estou "desconfiado" que seja movimentação energetica que aconteça por causa dos sons ou de alguma imagem que de alguma forma mexa com meu sub conciente, ou coisa parecida. Outra coisa, uma das tecnicas energeticas que tenho feito, no final ha uma exteriorização pelas mãos, com a intenção de passar energias a quem precise, nessa hora, na maioria das vezes o corpo todo "arrepia" e correm lagrimas "a vontade", muito mesmo, por isso fiquei imaginando que o que voce comentou tenha a ver com movimentação de energias, mas é só um palpite, vamos ver se alguem com mais conhecimento nos da uma luz... Abraço e muita paz...
  15. Interessante, 3 semanas atras tambem fiquei com dor nas costas no dia seguinte em que fiz a tecnica de movimentação energetica(O.L.V.E.) concentrando mais as energias e movimentando lentamente; no 1º dia doeu em um ponto bem localizado, pouco abaixo da nuca, depois se espalhou pela nuca, do pescoço até o lado esquerdo, e chegou a incomodar bastante, até pra respirar as vezes, mas continuei fazendo o exercicio e foi passando, hoje já não está mais. Ouvi dizer que isso acontece por causa de bloqueios energeticos, e quando "forçamos" a movimentação de energias, eles vão se desfazendo aos poucos e pode causar dor ou algum incomodo no local, se for isso, é bom sinal Abraço e muita luz...