• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Ragkamenon

B-Membros
  • Content Count

    15
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

About Ragkamenon

  • Rank
    Member
  1. Durante uma experiencia de projeção semi-lucida, eu estava em um lugar que acredito ser uma casa espirita ou casa de socorro no mundo espiritual. Eu estava sentado em uma mesa conversando com uma família que eu não conhecia, uma mãe e dois filhos, sobre a importância do pensamento, e como o pensamento tem poder de materialização de objetos no mundo espiritual. Na verdade a conversa continha um conhecimento bem profundo que não me recordo mais, lembro que eu estava sendo intuído, sendo muito fluente na palestra. No meio da conversa eu senti um processo de incorporação, que acredito ser por um mentor. Comecei um processo de psicofonia, mudando inclusive o meu sotaque (a entidade tinha um sotaque estrangeiro, mas falava em português). Sentia que não estava mais no comando. Foi interessante, pois nunca aconteceu um quadro de psicofonia ou incorporação comigo acordado, mas projetado é a segunda vez que acontece. Acredito não ter sido apenas um sonho, pois tive sensações que acredito serem de uma incorporação e psicofonia. Será que por não exercer a mediunidade no plano material eu estou compensando sendo médium de vez em quando no mundo astral?
  2. Tive uma experiência de projeção a noite, porém no plano astral era dia, fazendo um sol de rachar. Existe um dissincronia entre fuso horario da dimensão física para astral? Ou eu podia estar projetado em outra localização geográfica aonde era dia naquele momento?
  3. Eu dormi normalmente, sem fazer nenhuma técnica. Despertei no Astral em uma sala com algumas pessoas, entre elas uma mulher e um homem com cerca de 50 anos. Eu estava com a minha lucidez baixa, mas sabia que estava projetado. Falei a mulher ao meu lado que eu estava com a lucidez baixa, e pedi para ela que ativasse o meu frontal. Ela colocou o dedo na minha testa e eu senti como se tivesse recebido uma pequena descarga elétrica. Automaticamente a minha lucidez aumentou, a minha visão ficou hipernitida. As cores, a definição de imagem pareciam superiores ao normal. Pensei: estou projetado mesmo. É incrível a qualidade da visão durante uma projeção lúcida. No local tinha uma grande mesa de reuniões que parecia de mármore, mas em uma cor azul escuro, muito bonita. Em uma parede da sala havia um quadro estranho. Neste quadro tinha algumas imagens em movimento, como se fosse um .gif animado. Nesta imagem um ser monstruoso devorava uma pessoa. Saquei que estava em um lugar sinistro. Perguntei para as pessoas se ali era um local alinhado com a Luz, se eles seguiam Jesus. Muito calmos, simplesmente acenaram com a cabeça que não. Pedi desculpas, me levantei da cadeira e fui me afastando, me desculpando e dizendo que desejava boa sorte para eles, que desejava o bem deles, e pedi desculpas por estar ali. Um homem se aproximou (lembrava a fisionomia do Meia-noite do filme Constantine). Ele me disse que eu poderia ir, e me deu 3 tesouras que me ajudariam a sair dali. Eu pensei que se quisesse poderia a qualquer momento voltar para o corpo, mas eu não queira perder aquela experiência. Sai dali, e comecei a volitar, achei na hora um pouco estranho eu volitar em um lugar como aquele, mas estava volitando bastante devagar , cerca de 2-3 metros apenas do solo. Abaixo de mim passou algumas entidades, que eu não sabia se estavam me perseguindo ou não. Então mentalizei para me tornar invisível. Não sei se funcionou, mas aquelas entidades não me perceberam ou não estavam interessadas em mim. Eu estava em uma rua onde passavam muitos carros. Como estava volitando, desci em um deles, e fiquei acima do teto do carro, como seu eu estivesse “surfando”. Em seguida vi um caminhão branco e tive a intuição que eu deveria ir para lá. Pulei no teto do caminhão em movimento, e com a tesoura eu cortei a parte de cima do compartimento de cargas e entrei. Lá havia pessoas amigas que me receberam bem. No caminhão a minha lucidez começou a cair, pedia para uma mulher ativar o meu frontal. Ela sorridente, ativou e a lucidez melhorou automaticamente, novamente com a qualidade da visão. Chegamos em um outro local, desci do caminhão e comecei a perguntar para ela algumas coisas sobre a projeção. Perguntei se os exercícios eram mesmo necessários, pois eu achava eles muito cansativos e nunca davam em nada, que ja tinha desistido das técnicas de projeção. Ela sorrindo explicou que ajudava bastante, que eles tinham tido um trabalhao para me ajudar a ter uma experiência fora do corpo. Perguntei se atividades sexuais na noite antes da projeção atrapalhavam, e ela explicou que não, que deixavam a pessoa mais tranquila. Novamente a minha lucidez diminuiu e eu pedi para um rapaz que estava no grupo para ativar o meu frontal, novamente a minha visão aguçou, e pude ver muitos detalhes da praia que estavam distante, que seria impossível de ver no corpo físico. As cores eram mais brilhantes e intensas. Como se a visão se tornasse full HD de uma hora para outra. Nos prédios tinha muito detalhes que eu observei e me perguntei durante a projeção que seria impossível ser um sonho, devido a definição das coisas, da paisagem e da lucidez. Eu perguntei como era possível eu me lembrar das outras experiências extrafísicas, como poderia acessar a minha memoria extrafísica. Neste momento aquele homem que me ajudou a sair do lugar suspeito, apareceu. Eu comentei com ele que ele parecia o Meia-noite do filme Constantine. Ele sorriu. Ele pegou uma espécie de equipamento dentário e começou a lixar um dente meu, acho que um pré-molar ou molar. Não senti nenhuma dor. Neste momento ele me mostrou uma caixa de plástico com vários dentes dentro, todos molares. Alguns com aspecto já bem antigos, mais escuros. E ele me explicou que todos eram os meus dentes, retirados em diferentes momentos. Eu perguntei quantos eram, ele falou que eram mais de 50 dentes, referente a cerca de 50 projeções extra-fisicas. Agora eu penso que talvez pode ter sido uma analogia a 50 encarnações previas que tive. Novamente a minha lucidez ficou embotada. Tinha um garoto de 12 anos, solicitei e ele ativou novamente o meu frontal, a mesma sensação de choque que aumenta a lucidez. Só que desta vez não deu muito certo, a imagem ficou nítida, mas alguns pontos da visão tinham faíscas brilhantes, como se tivesse já esgotado o meu frontal. Após acordei. Acredito que pela lucidez e definição da visão, tenha sido uma experiência extra-fisica. Fica a dica se estiver em uma experiência de baixa lucidez, lembre de pedir para alguém ativar o teu frontal.
  4. O episodio que vou contar pode ter sido sonho ou uma projeção. Dormi normalmente, sem fazer técnica alguma ou mentalizar. Durante o sonho fiquei lúcido. Lembro de estar voando e vendo o céu estrelado. Pensei: vou pedir para o meu mentor para me levar para algum lugar para realizar assistência extra-fisica. Olhei para as minhas mãos,com medo de perder a lucidez. Elas estavam pálidas, como se estivessam em uma coloração branca luminosa, com o tamanho um pouco maior e os dedos alongados. Imediatamente eu estava em outro ambiente, parcialmente iluminado, com pessoas com semblante de sofrimento, porem relativamente calmas. Abracei uma pessoa que eu desconhecida, que começou a chorar. Eu senti que ela precisava da minha energia, que doei naquele momento. Após eu realizei um passe com as mãos na cabeça de uma outra pessoa, da minha mão saiu uma energia azulada, que cobriu todo o topo da cabeça desta pessoa. Mentalmente eu sabia que deveria irradiar o chakra coronário daquela pessoa. Após eu irradiei o chakra laríngeo de uma criança ou adulto, não lembro. Sei que após isso eu fui levado para outro ambiente. Este tinha uma luz avermelhada. Pensei: aumentei a minha densidade espiritual. Neste local tinha várias pessoas, todos jovens, com cerca de 16 a 25 anos. Todos vestindo preto. Recebi a intuição que aquele local estava ligado a pircing e tatuagem. Vi que o ambiente era barra pesada. Cheguei brincando, perguntando que se ali era o umbral. Eles ficaram calados, com o semblante de estarem surpresos pelo fato de eu estar lá. Intui que eles estavam se comunicando pelo pensamento. Perguntei se alguém precisava de assistência extra-fisica.Senti derrepente uma onda de energia que ativou a minha sexualidade. Ai um deles, que parecia o líder, falou: chama a Kelly. Neste momento começou a se aproximar uma garota de uns 16 anos, ruiva, de cabelo curto, Tb vestida de preto. Ela parecia estar extremamente calma, talvez estivesse hipnotizada. Ai eu pensei: me ferrei, vou ser vampirizado. Neste momento eu pensei em acordar e voltar para o corpo. Ai eu sonhei que acordei, neste sonho eu me sentei na cama, liguei o computador e comecei a escrever o relato. Mas esta parte de acordar foi sonho, pois no quarto nem computador tinha. No outro dia me acordei normalmente, com estas lembranças. Agora a dúvida: foi tudo sonho lúcido? Ou foi uma projeção que terminou em um sonho? O interessante deste “sonho”é que eu me lembro dos meus pensamentos. Acredito que é raro em um sonho lembrar os próprios pensamentos ou ter intuições em um sonho.
  5. Alguem conhece algum audio que esteja disponivel na internet para trabalho de ativação dos chacras utilizando os bijamantras (OM, RAM, YAM, RAM, VAN, LAN)?
  6. A exortação para pratica do bem, para a caridade, não é novidade para nenhum ser, encarnado ou não. Esquivar-se da pratica do bem é ignorar e jogar fora uma chance de ouro de evoluir, de resgatar débitos cármicos. Muitos aguardam algo fantástico, como ver um mentor espiritual materializado lhe exortar para determinada missão, ou receber “avisos” do mundo espiritual. Nós estamos em outra dimensão, na dimensão etérica, ou astral. Nossos corpos vibram em freqüências diferentes. Como seria mais fácil se pudéssemos nos materializar e nos fazermos visíveis aos olhos de todos, se pudéssemos impedir alguém de cometer um crime ou algum ato com conseqüências funestas. Infelizmente não podemos. Com dificuldade as nossas idéias, o nosso pensamento consegue chegar aos encarnados. Nem sempre de maneira clara.Na verdade, muito raramente um médium apresenta um grau de desenvolvimento elevado, 100% fidedigno. Mas na verdade o que importa é o teor, a essência da mensagem. E a mensagem diz que faça agora o bem que possa fazer, não deixe para depois. É preferível um pequeno gesto de caridade realizado do que uma grande obra assistencial que só existe na imaginação e que nunca ira se concretizar. Faça sempre a si mesmo esta pergunta:”Qual caridade eu posso realizar neste momento, o que eu posso realizar pelo próximo AGORA?” e realmente, faça algo pelo próximo. Entenda que o maior beneficiário de qualquer gesto de caridade não é quem recebe, mas quem dá. Os relógios dão voltas, as pessoas correm para todo o lado, mas na verdade ficam estagnadas na evolução espiritual. Devoram livros, adquirem conhecimento, e no final: nada. Seria falta de lucidez? Falta de iniciativa? Na verdade é uma espécie de inércia, que o circo da matéria, que a vaidade da ilusão material proporciona ao encarnado. DESPERTE. Escute o seu despertador na dimensão astral que diz: acorda-te, é hora de trabalhar em prol da tua evolução espiritual. É hora de trabalhar pelo próximo e por você mesmo. Até mesmo a pessoa mais egoísta do mundo, se constatasse esta realidade, iria doar-se ao próximo. Não é apenas questão de amor, mas também uma questão de lógica, de entender os mecanismos da evolução espiritual. Nunca é tarde para a caridade. Nunca é cedo para o sofrimento. Expurga o teu carma, limpe a tua alma e torna-te verdadeiramente livre.Não espere a possibilidade aparecer, faça a aparecer.
  7. A grande questão é o grau de lucidez mental. Se a pessoa esta lúcida, com a mente "em ordem", possivelmente nem iria para o umbral. Mas se estivesse lá, com a consciência tranquila, ao realizar uma prece e tentar uma sintonia com planos elevados, automaticamente sairia de lá. O problema que o Umbral não é apenas um lugar, mas um estado mental, uma freqüência mental. Se é difícil ficar lúcido ao ir para o plano astral encarnado, imagina desencarnado? Imagino que um individuo mediano, mesmo com algum conhecimento espiritual, se for para o Umbral, possa ficar lá por um bom tempo, não por querer ficar, mas puramente por sintonia e falta de lucidez para sair de lá. André Luiz ficou cerca de 10 anos no Umbral. Acho que não deve ser fácil ao desencarnar ficar lúcido no Umbral. Além dos fantasmas da própria consciência, culpa e remorso que chegam a tona após o desencarne, tem um monte de consciências em desequilibrio que vão ficar "perturbando" o recém desencarnado. Acredito que o cérebro carnal age como uma espécie de funil que limita em muito o nosso cérebro espiritual, mas que de outro lado, nós protege de traumas e culpas, desta vida e de outras. Procurar ter um bom equilibrio mental, praticar a caridade e evitar prejudicar os outros já é um bom caminho para evitar o Umbral. E, se desencarnar e acordar por lá, ore e peça ajuda a Deus. Quem sabe aparece algum projetor para ajudar sair de lá.
  8. Após realizar a técnica completa 2, adormeci. Durante o sono, tive um sonho lúcido e neste sonho eu queria entrar no plano astral. Tentei um EV, senti pouco as energias, depois tentei girar feito um peão, para tentar sair do sonho para o plano astral. Durante estas tentativas, no sonho as imagens estavam dissociadas do tato. Era como eu estivesse vendo um filme, mas eu sabia que estava preso ao sonho. Ao olhar para o chão eu via uma imagem aérea de uma cidade, como se estivesse vendo o Google Earth. Mas ao tocar no solo, sentia o solo, a terra na minha mão, como se eu estivesse tocando no solo no plano astral. Tentei dar um "passe" no ar para tentar dissolver as imagens e nada. Alguem conhece alguma técnica para quando eu sonho lúcido, sair do sonho e entrar no plano astral? Vale tentar algum mantra?Ou na verdade quando se tem um sonho lúcido já se esta no plano astral só que com pouca lucidez?
  9. Caro amigo. Se você esta percebendo um zumbido no seu ouvido quando esta em acordado, você pode estar com alguma alteração auditiva, doença física mesmo. Sugiro você procurar um médico otorrinolaringologista para cuidar do seu zumbido.
  10. Tive um sonho, ou uma projeção com baixa lucidez e poucas recordações, não sei exatamente, mas eu me lembro de uma voz que eu acredito ser de um mentor, me orientando a estudar mantras. Quais são os principais mantras que podem ser utilizados para projeção, para melhorar lucidez e defesa energética?
  11. Esse não é bem um mico projetivo, é um mico não-projetivo. Quando eu era adolescente estava em uma onda de " Sonho lúcido em 30 dias", fazendo exercícios para comandar os sonhos para poder voar e outras atividade lúdicas. Teve um dia em que eu estava achando que estava sonhando (um pouco de sonambulismo), mas na verdade eu estava acordado, eu me levantei da cama, abri a janela e já estava preparado para me jogar pela janela e voar tipo o super homem, achando que era sonho. A sorte é que era inverno, e eu me acordei com o vento frio no rosto, recobrando a vigília. Quase me atirei pela janela. A sorte é que eu morava no primeiro andar, mas eu poderia ter me quebrado feio. Ainda bem que não tive nenhuma outra experiência parecida.
  12. Tive esta experiência há alguns anos. Após cochilar depois do almoço, me vi fora do corpo. Não sabia se era sonho lúcido ou projeção. Para tirar a duvida, pensei: vou até a sala, olho para o relógio de parede e me acordo. Se o horário marcado no relógio for o mesmo quando me acordar, é projeção. Ao chegar na sala e olhar o relógio na parede, ele estava com o visor todo borrado, todo embaçado, como se algo não permitisse eu ver as horas exatas. Logo em seguida eu me acordei, e até hoje eu me pergunto se foi um sonho lúcido ou projeção.
  13. Muitas vezes ao termos sonhos lúcidos, na verdade podemos estar vagando ou até mesmo trabalhando no umbral. Neste caso o sonho lúcido é uma espécie de "filme" que é projetado em nós por outras entidades. Talvez seja uma espécie de anestesia que sofremos para trabalhar ou para ser vampirizado no astral . Acabamos sendo uma espécie de "bateria"astral, doando energia voluntariamente ou involuntariamente. Existe uma técnica que pode ser usada se você se ver em um sonho lúcido. Além de olhar para as mãos (técnica de auto-percepção corpórea), você pode dar uma espécie de passe no ambiente na sua frente, para "quebrar" o sonho e acordar no astral. Em poucas palavras, quando você tiver lúcido, você não terá dúvidas quanto a lucidez. Se você tiver alguma dúvida, você não está lúcido.
  14. Esta mensagem eu escrevi inspirado após ver o filme do Chico Xavier. Peço desculpas se postei no local errado. Existe uma certa elasticidade cármica. O que é isto? Sendo que a nossa existência é eterna, e o tempo é relativo a cada um de nós, muitas vezes podemos protelar e até mesmo saldar os nossos débitos cármicos através da doação e caridade. Podemos pagar com a moeda da dor ou a do amor, cabe a nós escolhermos.Evolução espiritual deve ser o nosso lema e nosso objetivo primordial. Querendo ou não, a nossa embarcação singra os mares cósmicos em busca da comunhão com o princípio divino, com Deus. Podemos parar por alguns momentos e até atrasar esta marcha, mas Deus é o nosso destino inexorável, inevitável. Nascemos para o bem e nas múltiplas romagens na terra iremos lapidar a nossa alma, purificar as nossas jóias sagradas, os nossos chacras, nos despojarmos dos nossos corpos de diversas densidades, atravessaremos múltiplas dimensões até encontrar Cristo, até encontrar Deus. Quer uma receita para a saúde do corpo e do espírito: pratique a caridade e ame ao próximo. Sabemos que é uma tarefa difícil para quem encontra-se no claustro da carne, preso na matéria, vivendo as ilusões de uma dimensão densa. Desperte para realidade cósmica. Há mais de 2 mil anos Jesus mostrou o caminho, cabe a você percorrer a estrada em busca da evolução espiritual.
  15. Meu nome é Cristiano, tenho 33 anos, sou médico, moro no Pará, estou estudando e iniciando na viagem astral. Já tive alguns episódios de catalepsia projetiva involuntária no passado, e há cerca de 5 anos consegui sair do corpo por alguns momentos. Agora estou retomando o trabalho,me dedicando ao estudo e espero que em breve eu possa estar realizando alguns trabalhos de assistência extra-física. Já participei de um grupo espírita de desenvolvimento mediúnico no passado e recebi algumas mensagens bacanas. Visualizei uma entidade apresentou-se pelo nome de Ragkamenon, possível origem persa, com um turbante e uma esmeralda no centro do turbante (talvez em vez de uma esmeralda seja o chacra frontal irradiando), esta entidade irradiava uma forte luz na coloração verde. Não sei se foi animismo, mas esta entidade emanava muita luz e uma energia muito boa. Agradeço em especial ao Saulo pelas belas aulas do curso de projeção astral.