Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Graciela

B-Membros
  • Posts

    326
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Graciela

  1. Esta noite tive um sonho e percebi que estava projetada pela lucidez dele e minha lucidez em tomada de decisão. Estava dirigindo em uma auto estrada com alguém que eu devia proteger no banco de traz. De repente uma mulher e duas crianças estavam bloqueando o caminho, mas percebi na hora que era uma armadilha. consegui desviar deles e em seguida havia, também na beira da estrada, um carro parado e um homem tampando a passagem. Não pensei 2 vezes, meu instinto de proteção pesou e acelerei o carro, pensando em passar por cima dele. Então ele apontou uma arma para mim e começou a atirar. Percebi que fui atingida diversas vezes pois comecei a perder as forças. Era, tipo, uma arma 'vampirizadora'. Eu tinha consiência que não eram tiros de verdade, mas mesmo assim acabei desfalecendo. Consequência: voltei para o corpo e passei o dia inteiro malzona, com fraqueza mesmo. Será que alguém sabe o que fazer neste caso para bloquear este obsédio? Abraço
  2. Acho que a beleza deste fórum é a diferença de opiniões, enxergar idéias tão diferente das nossas nos faz buscar por mais conhecimento. Por isso alguém sabe de algum audio em que o Saulo cita algo parecido? Gostaria de aproveitar e dar uma dica de leitura sobre o assunto 'O Abismo' livro psicografado por RAnieri e ditado por Andre Luiz. Vale a pena Abraços a todos
  3. Isso não é o que prega a doutrina Kardecista. Há evolução, estagnação e degeneração. Tudo baseada no livre arbítrio de cada um.
  4. Valeu Alisson, nunca tinha visto esse link. Realmente pode ser obra de espírito maledicente. Mas quanto ao pagamento de dívidas, inclusive drásticas como essa, eu realmente acredito. Senão, como ver sentido na justiça de Deus Com este menino? abraço
  5. Acho válidas todas as opiniões, mas vejo que esses pais do João Helio caridosamente aceitaram passar por isso para ajudá-lo a evoluir como espírito. Quanto aos 'assassinos', como vamos saber o tamanho de suas dívidas para que tivessem que ter um peso assim nas costas? Pois este assassinato, acredito mas posso estar errada, não foi premeditado. Eu realmente acredito que temos o livre arbítrio para nos impor maneiras diferentes de pagamento de dívidas. Afinal, este caso é só um exemplo. A mediunidade, citando mais um, é escolha de cada um para conseguir evoluir, em espírito escolhemos como passaremos nossa encarnação para podermos quitar nossas dívidas mais rapidamente possível, afinal quem não quer evoluir. Claro que a carne é fraca e muitas vezes não conseguimos passar por nossos obstáculos e regredimos. Da mesma forma que existe evolução, existe degeneração (quem já leu O ABISMO tem idéia disso). E os suicidas são exemplo disso. Se vc morreu via suicídio, desistiu, qual seria a maneira de evoluir seu espírito senão passando a próxima encarnação com os mesmos problemas que te levaram a tal ato, para tentar resistir a tentação de cometer o mesmo erro. Tipo, caiu da bicicleta, sobe de novo e anda. Vamos aproveitar o 'ibope', pois acho essas trocas de opiniões fantásticas. O que vcs pensam de HITTLER em relação a pagamento de dívidas. Eu 'ouvi falar' que os Judeus cruxificaram Jesus Cristo. Então Hittler....vcs já sabem. E, dizem as boas linguas, que ele degenerou... Abraços
  6. Fernando, certeza, só vc pode ter. Mas pelo que vc falou, foi uma projeção. E este arrepiu que vc sentiu na reentrada, eu sinto toda vez....e tb me projeto sem as técnicas. Se vc olhar alguns relatos, muitas pessoas aqui tb conseguem, acontece (dá uma olhada no relato 'cochilo' do Buzzo). Sua dúvida acho que é porque vc não viu sua camiseta vermelha, não é? Não se preocupe quanto a isso, nossa visão espiritual nos prega peças. Você pode, por exemplo, ver objetos pela sua casa que não estão lá no plano físico. Somente no espiritual. Da próxima vez tente sair do quarto, já trace um plano antes de dormir, ajuda. Abraço
  7. Puxa, colega. Valeu pelo texto, acho que relatos reais assim nos ajudam a entender nossas vidas e nos dão força para tocar em frente e encarar os problemas com conhecimento de causa. Abraço
  8. Malagoli As mortes, em geral, são escolhidas por nós mesmos quando em espírito. Também fazem parte de nossas quitações de dívidas. Acho que excessão a isso são os suicídios. Vi uma vez uma carta, psicografada por Chico Xavier, pelo espírito daquele menino que morreu arrastado preso no cinto de segurança quando a mãe foi assaltada (talvez vc se lembre, o nome dele era João Helio acho). Um acidente, ou assassinato horrível. Segundo a carta ele dizia que o nome dele era TITOS AELIOS, ou algo assim, e citava que morou na Grecia. Era general de tropas e nas horas de folga dizia ele '...muito me aprazia arrastar os prisioneiros amarrados em minha BIGA até sumirem seus restos...' . Segundo a carta ele escolheu morrer da mesma forma que impôs tantas mortes e seus pais eram 2 daquelas muitas pessoas que foram por ele arrastadas. Na verdade, uma das muitas razões para eu me converter ao espiritismo, é conseguir obter respostas razoáveis para esses 'acidentes' e discrepâncias da vida. Quanto ao tempo, data pré definida de morte, isso para mim ainda é uma incógnita. Realmente não sei te dizer nada a respeito. Espero ter ajudado Abraço
  9. E amigos, a troca de informação para mim é de muito valor, sendo médium ou não. Obrigada
  10. E você sente dores na incorporação? As dores deles? Por exemplo, eu controlo com facilidade a entrada deles.... sou meio disciplinada demais nisso. Mas a saida, dependendo do caso, é difícil. Percebo que tem alguns irmãos que teimam em não sair e eu não consigo expulsá-los por conta própria. Tipo assim, depois que incorporou...f...ai perco o poder sobre meu corpo. Claro que só trabalho no CE, pois sei que temos o auxilio de nossos guias ai esse problema acaba. Mas, um espírito problemático (em geral com morte complicada e dolorosa), no primeiro dia de trabalho acaba me deixando sequelas, dores. Sei que ele ficou no tratamento, não sinto sua presença. Mas as dores...na primeira semana fico com todas.... Isso acontece com você? Aproveito para perguntar para o JONAS também, se conhece alguém no seu CE que aconteça algo parecido. Recebo os passes após o trabalho, faço a mentalização e as preces para o irmão, mas inevitavelmente as dores dele ficam. Na semana seguinte de trabalho tudo some, parece mágica...rs Buzzo, e a visão, como eles aparecem para vc? fluidos ou com aparência mais física? Vêem tipo como flashes e somem, ou ficam no campo de visão? Abraço
  11. valeu pela força... Então Alisson o pior era que meu marido era o dialogador e ele me deixou 'enforcando' por assim dizer um tempão, enquanto conversava com nosso irmão. Acho que ele aproveitou para me fazer sofrer um pouquinho.... Abraço
  12. porem na minha ultima tentativa de PA tive uma impressão muito forte de ter ouvido uma voz masculina no meu quarto (o que é impossível), mas logo notei que talvez estivesse cochilando...e logo na sequência ouvi algo parecido com um rosnado de um cão. Tiago, esta voz foi nítida, como se tivesse falando no pé do seu ouvido? Pois comigo também ocorre e acredito que sejam nossos irmãos desencarnados. Acostume-se, com o tempo aumenta... Pense que poderia ser pior, se vivêssemos na época da queima às bruxas, aqui do site metade já teria virado churrasco, nós inclusive. Abraço
  13. Jonas, em primeiro, obrigado por responder. Eu tive um bom tempo de preparação e estudo e trabalho efetivamente na mesa a mais de 1 ano. Tenho controle em termos de permitir a incorporação ou não. A vidência, sempre tive desde criança e essa realmente não sei como controlar, acho que talvez basta deixar rolar e tentar deixar o medo de lado. Mas quanto a incorporação, é muito diferente de outros médiuns de psicofonia. No começo do mês passado, incorporei um suicida que morreu enforcado e estava obsediando uma irmã encarnada. Ela estava de uma maneira que não conseguia mais falar. Como eu trabalho no dia da cura, ela passou por tratamento na maca e o espírito incorporou em mim. Ele não conseguiu falar pois ainda sentia a corda no pescoço e eu durante o processo fiquei sem ar a ponto de ficar sem voz no final, com uma dor indescritível (que sumiu após o final do serviço). Claro que não houve comunicação efetiva, ele só balbuciava. Questionei o presidente do centro sobre isso e o porquê um espírito que não se comunica incorporar um médium se não há comunicação, correto? Ele me disse que por eu ter este tipo de mediunidade , permiti que ele sentisse suas dores, pois o obsédio o estava aliviando (e prejudicando nossa irmã) e com o tempo e ajuda dos dialogadores ele iria acordar para sua realidade e se afastar de nossa irmã. Semana passada, depois de eu postar esta dúvida, recebi ele novamente e com ajuda dos dialogadores ele 'tirou' a corda do pescoço e respirou. E nossa irmã também já esta em processo de melhora. Eu realmente concordo sobre o controle, foi algo que sempre tentei trabalhar. Mas quanto ao controle total do corpo, não consigo de outra maneira. Acho que isso permite que o espírito tenha a opção de psicografar também, pois eu não lembro o que foi escrito após a incorporação. O dirigente do meu centro tem o mesmo tipo de mediunidade, mas parece que médiuns não trocam informações entre si, parece um pacto....sinto necessidade disso. Recebi as explicações sobre o ocorrido, o que ele falou realmente procedeu, mas gostaria de trocar experiência com alguém quee tenha o trabalho parecido. Você trabalha em centro destinado a cura? Como funciona o trabalho de vocês? E desculpe o longo relato, além de médum sou mulher....falo muuuuito.... :oops: Abraço
  14. Alex, comigo acontece, mas teve uma oportunidade que ocorreu uma longa cena como a sua. Sonhei que estava em um pedalinho com meu filho e marido, ele era em formato de cisne. Estávamos em um lago, que nunca havia visto. Durante o trajeto, cruzamos com mãe e filha em outro pedalinho diferente (simples com toldo), o rosto delas ficou em minha cabeça pois eram orientais como nós. O lago era grande e fazia uma curva, quando a visão da outra margem apareceu, vi um hotel lindo em construção, enorme em formato meio trapezoidal. Coisa de 2 meses depois fomos para nossa primeira viagem em visita a minha sogra, que acabara de se mudar de São Paulo para o Rio Grande do Sul. Em um passeio por uma 'imitação' do lago negro da Alemanha, a cena se repetiu com exatidão. Não sei te dizer se é lembrança de outra encarnação ou um tipo de sonho premonitório. Pois seria estranho ser lembranças, pois as duas mulheres orientais eram as mesmas. Eu tenho sonhos que tenho consiência que são lembranças, mas este ainda me é uma incógnita. Se alguém me der uma luz sobre isso eu também agradeço. Acho o tópico que vc lançou muito interessante Abraço
  15. Amigo, o Saulo fala que raramente vemos nossos mentores, apesar de sentirmos sua presença. Isso porque estamos em frequência inferior a eles. Eles nos amparam, mandam boas energias e intuições mesmo estando em vibração superior. Acredito que acontece o mesmo com a gente. Em primeiro, acho difícil ajudar se não estamos bem, corremos o risco de prejudicar. Melhorando nossas atitudes, nos elevamos e aumentamos nossa energia para o auxílio (não sei se aumentar é o termo certo, talvez purificar seja melhor). Mas nosso auxílio é sempre assistido, e somos conduzidos para eles pelos nossos mentores, eles fazem o trabalho de transição para níveis inferiores, então vamos melhorar cada vez mais. Quanto mais elevados estamos, mais pesados os trabalhos....veja o exemplo do Saulo, ele é levado a muitos trabalhos no umbral, quantas postagens assim você viu no site? Abraço
  16. Felipe, acredito que terapia de regressão é algo meio invasivo e pode prejudicar, pois se suas lembranças regressas não vieram naturalmente via sonhos ou 'deja-vú' talvez seja porque elas não te trariam nenhum benefício. Mas não voltar, tipo desencarnar durante, acho improvável, vc raramente fica sem auxílio espiritual. Mas acredito que alguns sonhos, que vem insistentemente e são mais lúcidos, podem ser lembranças. Eu sempre, desde nova, tinha um sonho repetitivo, que envolvia pessoas da minha família encarnada. Quando comecei a ligar os pontos e buscar conhecimento sobre reencarnação, cheguei a conclusão que era uma vida passada. A partir dai os sonhos cessaram. Acho que eram conhecimentos de dívidas reencarnatórias que me foi permitido conhecer para seguir em frente com sua quitação. Se alguém tiver mais informações sobre o assunto, será muito bom. Me interessa muito também. Abraço
  17. Graciela

    cochilo

    Leo valeu pela lembrança, o tempo vai passando e a 'VEIERA' prega peças nas nossas lembranças. Abraço
  18. Estou, e sou corintiana.... :oops: Tenho 2 grandes amigas São Paulinas e é meio tradição irmos juntas na final do paulistão todo ano. Coincidentemente sempre o São Paulo disputando as não espalha, pega mal
  19. Ricardo Eu li 2 livros, psicografados por 'Ranieri' e ditados pelo espírito de André Luiz. O ABISMO e SEGUNDA MORTE. O primeiro fala sobre níves abaixo do Umbral, e a degeneração do perispírito. O segundo fala sobre os níveis acima e descreve a segunda morte do espírito de Einstein, que é a evolução a níveis acima. Livros ricos em detalhes sobre os níveis de evolução e degeneração do espírito, mas fala pouco sobre localização espacial desses níveis. Muito bom, esclarece muitas dúvidas e cria muitas outras. Mas vale a pena Abraço
  20. Concordo, livro muito educativo para trabalhadores da espiritualidade. Todos os livros do André Luiz são leitura praticamente obrigatória para nós que temos intenção de arregaçar as mangas e tentar amparar. Este em especial com casos detalhadamente contados de amparos ocorridos. Recomendo
  21. Diego Sua idéia de compartilhar com seus pacientes, além de seu trabalho, suas boas vibrações é fantástico. Um lindo trabalho que deve estar sendo aplaudido pelos amparadores de cada irmão que vc ajuda. Só isso já deve te fechar para más influências. Mas vc deve ser muito sensitivo e isso acaba te esgotando. Quando entra alguém carregado de vibrações baixas deve te sugar muito. Então minha sugestão, coisa que faço e me ajuda. Em poucos intervalos de folga, abra um capítulo do evangelho segundo o espiritismo e leia uma página, aleatóriamente, ou ouça no i-pod (tem disponível em vários sites para baixar o audio book). Essa prática meio que te isola para vibrações negativas... Para mim é como meu momento de 'recharging' Abraço
  22. Lucas, já me aconteceu parecido algumas vezes. A ultima eu sai consientemente do corpo andei pelo apartamento e pulei do prédio. Cai dentro de um carro na garagem da frente e fiquei presa nele. Quando consegui sair, perdi as forças assim que passei pela porta dele e cai no chão, então fui puxada de volta para o corpo mas não consegui a reentrada sozinha. Então senti alguém do meu lado e em seguida esta 'pessoa', colocou 2 dedos na minha testa (senti fisicamente isso) e me energizou. Só ai consegui me mexer. Acho que tanto no meu caso como no seu eram nossos amparadores.... Abraço
  23. Graciela

    cochilo

    Buzz Você lembra de uma parte do livro NOSSO LAR que André luiz sai em uma de suas primeiras andadas sozinho em nosso lar e encontra o que chamou de 'fantasmas'. Então ele saiu correndo para dentro da casa de D. Laura. Ela disse que aqueles fantasmas eram encarnados. Para eles acho que parecemos fantasmas assustadores.... Mas esta irmã que vc encontrou não se assustou logo de cara, corajosa ela.... Abraço
  24. Acho que nossa aparência desdobrados também deve ser horrível, depois dessa moça, encontrei outro espírito que correu de mim aqui também. Na hora tentei correr atra´s dele, pois ele entrou no quarto do meu filho. Mas foi em vão, meu cordão (mais tá parecendo uma rédea.... ) me puxou de volta pro corpo.... :oops:
×
×
  • Create New...