Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Buzzo

B-Membros
  • Posts

    919
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Buzzo

  1. Não me lembro como!Mas eu estava em uma mata .O ar estava fresco e ao longe eu ouvia o barulho de água percorrendo o lento de um rio.Senti vondade de sequir rumo ao som e por intuito eu fui.Chequei proximo ao leito e fiquei maravilhado com a paissagem do ambiente e até mesmo da claresa das águas que desciam rumo ao desconhecido.Tirei o maço de cigarros do bolso e ascenti um .Me sentei em uma enorme pedra que estava no leito e fiquei contemplando a maravilha que estava á minha volta.Ouvi o som de uma mulher que vinha em minha direção cantando uma musica cuja letra eu desconhecia.Ao se aprôximar de mim ela parou e me complimentou. -Olá! Tudo bem com o sinho? Olhei aquela figura feminina.Ela era de estatura mediana,morena clara queimada pelo Sol,olhos castanhos e seus cabelos soltos escorriam pelos ombros rumo a cintura._Caragas!Que mulheraço!disse com meus pensamentos. _Sim... Estou bem.Instintivamente eu apanhei o meu maço de cigarros e ao retirar fiquei puto da vida!Eles estavam molhados.A mulher riu e me respondeu:_Cê queria o que sò!Deixou o cigar na beira do rir.Tonho...Vem cá que tem um forasteiro qui parece perdido.Assim foi as palavras dela aos berros chamando um tal de Tónho . A figura de um homem macro vestido como uma caipira de festas juninas se fez aprôximar. _Não fique assustado que Tónho é meu irmão e não é brabo não.Assim disse ela. Tònho ao me observar dos pês a cabeça pergunta a irmã:Qui foi muie?O homi está perdido? -Parece qui é?.Te onde ocê é moço?Perguntou-me ela. _Sou de São Paulo,Capital.Respondi. _XIIIII...Logo si vê pelo surtaqui e pele braquinha comu leite.Vem cum nós qui vamos vê si te ajudamu.Ao mesmo tempo que caminhavamos o Tònho com as duas mão começara a enrolar uma cigarro de palha._Que um ?Disse-me oferecento o tabago enrolado ao qual eu pequei e me pus a baforar. _Diga Tònho...Onde estou? Ocê está na ardeia do Pinhar.Respondeu-me . _Nunca ouvi falar.respondi _Num si preocurpe qui dispois di discançar i cume argo vamu vêr si resorvermos seu poblema. Andamos por um bom tempo em uma rilha pela mata.Reparei que a linda mulher me observava com certa timides e simpatia e isso me levou a pensar que ela estava me pagando pau.Chegamos em frente a uma casebre de pau-a-pique.Apesar de ser bem simples ele era bem arejado e os seus poucos moveis se costituiam de uma mesa feita manualmente de tronco de árvores,Um armario antigo,fogão a lenha e duas redes espostas no comodo ao lado onde os dois irmãos dormiam. _Me diga Tónho...Como se chama a sua irmã?Ainda não sei o nome dela. _Háaaa!Mi discurpe.Ela chama Alairde só!respondeu-me.Ela ao me vêr perguntando o seu nome ficou com a face vermelha como pimenta. _Por que aqui se chama “Aldeia do Pinhal”?Onde fica isso. _Ardeia do Pinhar fica na Ardeia do Pinhar uê!Essa foi a resposta a minha ignorante pergunta. _Aqui na ardeia mora poucas pessoas .Quando ela começou foi com apena cinco familha e dispois foi crescendo e hoje já samu mais de cem familia e cada um tem seu pedacinho di chão pra planta. _Vocês vendem na cidade o que é colhido? _Qui nada so!Nóis cumemos. _Ue! Como vc faz para comprar roupa e outras coisas que vocês precisam? _Nóis trocamus com os vizim.O que eu tenho serve pro outro e o que o outro tem si servi pra eu eu troco. Cum outro, outro e assim vai indo. Nesse momento eu já estava sentindo a catalepcia e acabei por retornar ao corpo.eu tinha vinte e dois anos quando escrevi esse relato.Após alguns anos eu voltei novamente para a Aldeia do Pinhal.Eu estava com trinta e cinco anos de idade.A terceira foi ontem e digo a vocês que a Alayde estava a minha espera.
  2. Valeu Melch,Eriveldo e Faninha,estou com mtas saudades de todos tb.Tenho mtos relatos novos p/serem postados ! Assim que possivel postarei-os aos poucos.
  3. Eu estava tc com uma amiga do forum e no derrepente eu comecei a sentir uma especie de calafrios pela cabeça.Geralmente eu quanto sinto esse tipo de calafrios e sinal de projeção .Me despedi dela e apóos o banho eu comecei a me exercitar os chackas.Entrei em catalepcia e forçando um pouco eu me projetei.Ouvi vozes que vinham na sala! Pensei comigo mesmo .(Se for alqum espirito ruim já ponho p/ correr)Me dirigi até a sala e olhando eu vi que se tratava da minha avó e da minha bisa-vó.(O que vcs estão fazendo aqui?Perguntei a minha avó.-Viemos vêr a sua mãe! Ou vc se esqueceu que hoje é dias das mães.Dei risadas e respondi.-Pensei que já estavam vindo me buscar! Já que eu fiquei internado dois meses e só agora eu estou em casa .Minha avó mandou eu ir buscar minha mãe no querto dela .Não pensei e fui busca-la.Depois de trazela até a sala eu voltei p/ cama.Fiquei escutando os trololos que vinham da sala e me dei conta que eu ainda estava projetado ! Mas tinha ficado no meu corpo.Esse relato é longo.Mas só falei o necessario.
  4. Oba! achei uma com luzinhas na palmas das mão! Oi Teca! mto interessante esse seu relato.Adorei sua experiencia.Eu tb tenho essa energia que emana nas palmas das mãos e só as uso em caso de emergencias! Ou seja...correndo de um obsessor ou ajudando uma pessoa querida.Acredite ! eu já usei mto ele.Bom saber que tem mais uma na equipe
  5. Putz Cabriel! realmente seu relato tb me deixou confuso.Mas a pessoa do seu relato pode ser um mentor que esta se aproximando aos poucos de vc .Não quero falar besteiras mas o Daltom foi se aproximando quasse do mesmo cheito á mim . abç
  6. Oi Amorc! Eu já tivea lgumas comprovações e já relatei aqui no forum algumas delas.Passei detalhes pessoais sobre dois membros daqui do forum e foi comfirmado pelos mesmos.abç.
  7. Isso na minha opnião e assediação sequido por sexualidade reprimida.Os irmãozinhos devem estar se aproveitando dessa situação.Acho que eu vou fazer uma vizidinha a ela.
  8. Pois é aimigo.Eu baixei uma tecnica de clarevidencia chamada chamada (tecnica Cabral de clarevidencia)São três audios-aulas e deve bons resultados comigo.abç
  9. Rafa.Tudo intica que foi catalepcia sim!Agora sobre o acoplamento aurico isso tb pode acontecer por causa do compaheiro(a) ao lado.Comigo mesmo se estou com uma companheira ao lado eu passo por cima dela!Obs:Logico que não sem tirar uma casquinha antes,rsrrs.Brincadeirinha.Abç e boas v.a
  10. Boa Amorc.O cara erudito não sabia explicar sobre o local e isso é menos mau!Tem aqueles que nem sabem onde estão.Boa experiencia.
  11. Boa Morpheus!Pela sua descrição em se deitar e exercitar e fazer o mesmo após acordar durante a madrucada faz lembrar o mesmo modo que eu utilizo.Pensei que eu fosse o unico nessa medotologia.Abç e boas V.A.
  12. Normal amigão.Já aconteceu e acontece com mtos.Eu mesmo já aconteceu de eu ir ao banheiro e ao voltar vêr meu corpo na cama O resultado disso foi que eu aproveitei e sai em rolê Abç
  13. Falcão amigão!Que relato interessante esse se.Não sei dizer se foi projeção,sonho lucido etc...Mas o que fica valento é a experiencia e senssações ao qual vc passou.Abç e vlw por compartilhar conosco.
  14. Azulão,o que mais me deixou encaplunhado foi que a criança tinha dentes grande.Além de grande eles eram amarelados como dentes de fumante.Era feinha mesmo.
  15. Pois é Igor.Pode acontecr sim do sonho passar a rojeção e vice-versa.Assim foi o que eiu li em alguns artigos.Gostei do seu relato.abç amigo
  16. KKKKK.Fany! saudades amiga Mas dendinhos em crianças recem nascidas são um horror.Orion amigão! acredite.Tem te tudo mesmo por lá.
  17. Buzzo

    Oiê!

    Olá Deyse! Gostei do seu jeito alegre de ser.Me faz lembrar mto da minha amiguinha Erica e Drica.Forte abç e espero podermos ajud-la.
  18. Olá! todos somos fracos.Não tenha medo e ccontinue com seus estudos espirituais.
  19. Mais um parto Lembro-me que no audio livro do Saulo ele disse que tinha um carro e que no parabrisa tinha um adesivo escrito”Você está acordo?”. Pois é amigos.Eu por muitas vezes tenho projeções lucidas que só venho a dar conta de que eu estou projetado quando passo por situações que o inpossivel se torna possivel. Certa vez li um texto onde o autor ensinava como ter o sonho lucido.Entre o ensinamento estava o famoso puxar dos dedos para ver se eles esticavam,reparar o ambiente e todo o acontecimento ao seu redor e outras dicas a mais. Ontem 18/02/012 quando eu me projetei;fui levado a uma região urbana aqui em São Paulo.Eu não tinha percebido aprojeção pelo fato que eu não tinha sentido a catalepcia projetiva.Mas sabemos que a catalepcia pode ser sentida quanto saimos ou voltamos ao corpo.Vou deixar de “tro-lo-lo” e ir ao fato. Estava eu em astral.O ambiente era uma região urbana de São Paulo.Tudo em sua volta lembrava mais a favela da Vila Brasilandia. Terrenos acidentados.barracos feito de madeira e outras de alvenaria inacapada.Vielinhas estreitas que simulavam pequenas ruas e passagens .Havia também algumas escadarias que levavam rumo morro acima e abaixo. Apesar de achar que eu estava acordado eu não me intimidei com o local pelo fato de ter nascido em uma vila parecida com essa ao qual descrevo. Subi uma escadaria que levava morro acima e no meio do caminho ouvi gemidos de dor que vinham em minha direção.Mesmo assim continuei a subir curioso para vêr o que se passava por lá.Após alguns degraus acima vi a cena de duas mulheres que se encontravam encostadas em uma parede de uma casa e uma delas estava sentada com as pernas abertas enquando a outra se possicionava em sua frente . Me aproximei cautelosamente e pude observar que se tratava de um parto.A mulher que estava parinto era morena,baixa e estava toda suja pelo sangue e água da placenta.A outra que estava em seu auxilio era uma senhora gorda ,estatura media ,branca e estava com vestimentas floridas que lembravam mais com os trajes africanos além da tunica em torno da sua cabeça. -Venha aqui me ajudar a leva-la para dentro da casa.Assim ela me ordenou ao me vêr . Não sei se pelo fato de eu ter trabalhado em um grande hospital daqui de São Paulo ou mesmo pelo meu jeito platico em ajudar o prôximo eu não pensei duas vezes e prestei o auxilio.sem dizer alguma palavra para eu ; a atenção era toda para aquela infeliz que estava se contraindo de dor. Á colocamos em uma cama de solteiro e a cordinha começou a fazer o processo do parto.A criança nasceu e aquela senhora cordinha desenrolou a tunica que estava em sua cabeça e passou em volta da criança fazendo assim uma vestimenta provissoria .A senhora fez um gesto para que eu segura-se recem nascido .Já com a criança em meu colo eu observei seu rostinho e ao mesmo tempo eu pensei.-Puta merda! Que criança feia. Mas o isquicito mesmo foi quando eu fiz uma leve cosega em seu rosto e ela sorriu! Fique abismato ! Ela tinha dentes. Putz.Isso não é possivel! Ou a criança tem deformidade genetica ou eu estou projetado .Coloquei a criança ao lado da mãe e puxei o meu dedo.O meu dedo esticou . -Caragas,estou projetado.Após a confirmação de que eu estava projetado eu perguntei a cordinha se podia ir embora .Ela deu o sim com um asceno de cabeça. Sai da casa e continuei a subir as escadaria até me tocar que eu podia sair dali voando.Dei um pulo rumo ao cêu e a única coisa que eu consequia era pular de telhado a telhado com saltos bem distantes . Continuei a dar um rolé pela região até o meu despertar.
  20. Erica no balneario Já no plano espiritual; fui me despertando conscientemente ainda sentindo o estado vibracional . Senti que estava carregando algo em meus braços! Era uma criança. Ela devia ter entre 4 ou 6 anos .Apesar de seus traços denunciarem sua origem oriental eles tb demonstravam que tinham uma mistura de raça sul-americana. Ele devia sem sansei,nissei .Isso eu não sei .Mas seus traços não negavam. Ouvi uma voz alegre que disse o meu nome em tom alto. -Buzzoooo! Vc trouxe o meu bebe. Já estava sentindo saudades dele. Era a Erica.Ela estava de biquíni amarelo com detalhes estampados como se fossem folhas ou flores. Olhei aos arredores do ambiente e vi que era uma espécie de balneário.Haviam mtas pessoas nesse local em trajes de banho .Apesar de estar lá ,eu estava vestido com uma bermuda e uma camiseta recata.A Erica que já estava com a criança em seu colo seguiu alegremente rumo a uma piscina própria p/ crianças . Eu a observava pelas costas p/ vêr se estava tudo bem com as duas. Após um tempo eu senti algo aos meus pés. Era um cachorrinho que abanava o cutuco que sobrara do rabo. .Eu a apanhei em meu colo e ele começou a me lamber contente por estar me vendo. -Puxa vida ! Até cãozinho está me encontrando em astral. Pensei enquanto levava as lambidas dele. O coloquei ao chão e ele direcionou a cabeça p/ um lado.Parecia que ela queria que eu a segui-se.Que eu o leva-se para sua casa. -Será que a Erica vai ficar bem sozinha aqui?Pensei eu . Olhei novamente o local e confirmei se era seguro p/ Ela e a criança. Deseti acompanhar o caõzinho. Apanhei-a e disse:- Vamos vou levar vc até sua mamãe.Firmei o pensamento p/ Salvador e dei um pulo para o alto no intuito de voar rumo á Baia .Mas não consegui naquele local.Eu permanecia colado ao ambiente.-Será que se eu for lá fora eu consiga? Pensei com o cãozinho ainda em meu colo. Fui em direção a saída. Lá fora vi umas pessoas que pareciam que ainda estavam curtindo a balada e seguiam rumo ao desconhecido. Eu comecei a sentir que estava perdendo a consciência e me esforcei p/ continuar por lá .Eu afinal tinha que levar o cãozinho.Mas meus esforços foram em vão.Mesmo perdendo a consciência eu permaneci por lá .Sei disso por causa que ainda me recordo em sair voando com o cachorrinho em meu colo .Em ver a figura de uma bela mulher junto a mim e ao lado dela o cãozinho.
  21. Iqual a mim não Fany Vc ia ser feia. Seja assim sempre radiante que seus caminhos jamais se obscurecerão.
  22. Mico projetivo Olá amigos! Putz .Já é a segunda vez que eu passo por um mico astral desse genero que eu vou relatar.Eu tinha combinado um encontro com uma amiga em astral.Marcamos a hora de dormir e tal.Me deitei e fiz meu exercicio relâmpago de 30 minutos e comecei a sentir o E.V.Pensei comigo:-Vou curtir o e.v por mais tempo,assim eu saio com mais lucides e não perco os detalhes do encontro .Fiquei curtindo por um bom tempo e o estado de ev passou .Eu ainda me via acordado e com vondade de dar um mijão .Caragas! Perdi o e.v e ainda me dá vondade de mijar! É uma merda mesmo.Me levandei da cama e fui ao banheiro pensando no encontro que eu não ia ter .Tinha combinado com essa amiga te dar um rolê astral e algo assim.Coisa de quem se projeta e não quer fazer nada.Sai do banheiro e fui até a cozinha.Tomei um cole de café e abri a porta p/vêr como estava o tempo lá fora.O dia tinha prometido chuva e eu queria confirmar se o cêu estava nublado.Fechei a porta e voltei p/ meu quarto.Olhei p/ minha cama e surpresa! Meu corpo estava deitado em decubido dorsal ! Eu estava projetado a um tempo e não tinha percebido.Caracas! Tenho que firmar o pensamendo na Peutrana p/ ir me encontrar com ela .Assim eu pensei.Mas não foi o que aconteceu.Eu tinha chego tão proximo do meu corpo que ao se misturar com a vondade de urinar que ele estava sentindo eu voltei a ele.Me levandei e fui ao banheiro tando risada desse mico que eu tinha passado.Falei com minha amiga sobre isso e ela me pediu que na proxima vez que me levanda-se eu sempre olhase para a cama p/ vêr se eu estava ou não acordado. Buzzo 06/12/012
  23. Ola.V.A não é bicho de sete cabeças .Mas temos que ser paciente e esperar.No momento certo tudo acontecera.
  24. Vc queria matar a cobra primeiro p/ depois mostrar o pau Seja bem vindo e relate p/ nós essa sua primeira projeção.abç
  25. Bem vinda Wene.Vc viu que não importa a religião.A projeção esté em todos.
×
×
  • Create New...