• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Mariposa

B-Membros
  • Content Count

    81
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

1 Neutral

1 Follower

About Mariposa

  • Rank
    Advanced Member
  • Birthday 05/25/1985
  1. Pow! Nem sempre é culpa de um espírito, as vezes somos nós mesmo que fazemos isso tamanha é a energia desprendida no EV.
  2. Aguardando os próximos "episódios"....
  3. NÃÃÃÃÃOOOO VAI EMBORA! Pelo amor de Deus CONTINUA CONTANDO!! TO morrendo de curiosidade aqui!!! Num interessa se foi só sonho, a história tá boa demais!! Continua! Continua!
  4. Dojo é um termo japones para o lugar onde se treina artes marciais. tipo uma academia. Pesquei da Wipédia: Dojo (道場 sítio do caminho?, Dōjō) é o local onde se treinam artes marciais japonesas. Muito mais do que uma simples área, o dojo deve ser respeitado como se fosse a casa dos praticantes. Por isso, é comum ver o praticante fazendo uma reverência antes de adentrar, tal como se faz nos lares japoneses. O termo foi emprestado do Zen Budismo, significando lugar de iluminação, onde os monges praticavam a meditação, a concentração, a respiração, os exercícios físicos e outros mais. Decompondo-se a nos kanjis, ver-se-á que «dō» quer dizer «caminho», «estrada» ou «trilha» (sentido espiritual), e «jō», «lugar», «espaço físico», «sítio». Costuma-se referir a um academia de judô, aiquidô, caratê etc. como um dojô, mas se trata de coisas distintas. A palavra «dojô» somente se refere ao espaço físico onde se desenvolve o treino de uma arte marcial japonesa, enquanto academia se refere ao sítio onde se pratica alguma modalidade esportiva, ou não. Logo, «dojô» é o lugar onde se pratica o «caminho de uma arte marcial»[1].
  5. Gente! Vocês são doidos de ir com qualquer um que chama! Ainda mais não "sentindo firmeza". Se deu desconfiança é melhor não arriscar, outras oportunidades virão. Se a entidade não quiz se apresentar pior ainda. Você ta certo cara! Bom senso antes de tudo!
  6. Eu não saco de física quantica o suficiente , mas de acordo com vários materiais científicos e documentários, tudo que você disse faz sentido e certas coisas já estão sendo estudadas pela ciência hoje. 1º - parece com a idéia de "dobra espacial" e "teoricamente" funciona como você disse. A nave na verdade não é totalmente empurrada por um motor, como nos foguetes, mas aproveita o "vácuo" que ajuda a puxar a nave para frente. Dentro deste contexto também esta a formação dos "buracos de minhoca", ou túneis dimensionais. Matéria científica sobre o assunto... http://hypescience.com/como-seria-uma-v ... -espacial/ Neste link teve um cara que "viu" algo similar... http://projetoquartzoazul.blogspot.com/ ... encia.html 2º - Eu entendi mais ou menos, porém essa parte precisa de alguém com mais espacialidade que eu para explicar sem falar muita besteira, caso eu veja por ai uma matéria com algo parecido eu posto. 3º - Faz muito sentido! A matéria escura na verdade não é escura, ela é energia Universal, sendo na verdade luminosa, porém na dimensão onde estamos enchergamos ela como "escura". No futuro a humanidade poderá usar essa energia como combustível para naves espaciais assim como fazem os alienígenas. Outra coisa com a qual a matéria escura está relacionada é com a construção dos mundos paralelos, mas eu já não lembro onde vi essa informação. History Channel - O Universo - Matéria Escura - (Em português) History Channel - O Universo - Universos Paralelos - (Em português) OBS:Aliás no meu ponto de vista essa série "O Universo", deveria ser obrigatório nas escolas!
  7. Acho que você misturou um pouco de onirismo na viajem, mas na verdade tudo isso faz muito sentido! Antes de mais nada, eu não concordo com sua digirente. Aquilo foi um aprendizado!!! Você tava treinando, não estava matando ninguém. Agora o que você fará o que aprendeu depende de VOCÊ e não dos espíritos que ensinaram. Imagine que você ganhou um isqueiro. O que você fará com ele? Vai incendiar uma casa, ou vai acender uma fogueira para cozinhar? Entendeu! Aliás, quando a humanidade aprender a usar 100% do cérebro vai conseguir fazer isso que você "sonhou" e muito mais. Agora vamos ao que interessa.... Eu também já passei por aulas parecidas, assim como algumas pessoas do fórum. No meu caso eu apenas fazia bolas de energia e derrubava as coisas, nunca cheguei a "fazer" fogo. É claro que o que fazemos no mundo "real" influência nos nossos sonhos e o que vemos nas viajens astrais, mas também não devemos descartar que... O que você aprendeu está muito próximo com a realidade. Na verdade não podemos esquecer que em muitas vezes não é o "sonho" que é parecido com video game, mas sim os jogos e desenhos que são parecidos com a "realidade". O que as pessoas esquecem é que os autores da maioria dos jogos, filmes e historias, procuram inspiração nos mitos, lendas, folclore e nas religiões espalhadas no mundo! O que vem do japão por exemplo é baseado principalmente no budismo! Fazer bola de energia é uma tradição das religiões orientais! Pegue agora os conhecimentos sobre chackras, kundaline, Estado Vibratório, VIajem Astral, etc... e você terá desenhos como, dragon ball, cavaleiros do zodiaco, naruto, bleach, Avatar (o último mestre do ar) etc... É só pesquisar! O principio básico da ativação dos chackras por exemplo, materialmente e biologicamente falando, tem haver com a elevação da agitação da eletricidade do corpo humano. Uma bola de energia é também uma grande consentração de eletricidade em um ponto específico. Partindo dessa idéia produzir uma chama não é tão estranho assim. Nem é fora das leis da natureza. Neste link tem uma matéria sobre um velho que põe fogo num Jornal usando apenas a força da mente. Se é verdade eu não sei, mas fica aí uma referência. http://seteantigoshepta.blogspot.com/20 ... reais.html Também recomendo este vídeo: http://www.youtube.com/watch?playnext=1 ... 4A0369DF42
  8. KKKKKK... Mas acho que depende do bicho assim como as pessoas. Acredito que existam animais que consigam diferenciar sim, mas talvez não sejam muitos...
  9. kkkkkk.... Se fosse eu pegava o cachorro de volta!!!! Era só ter o trabalho de adestrar ele ao invés de simplesmente se livrar do bicho coo se fosse um objeto qualquer !!!
  10. Não estou dizendo que é... Mas tá parecendo Marte, ele também em dois satélites que parecem meteoros, Fobos e Deimos. Eu já tive um sonho com alinhamento... Vi no horizonte um alinhamento de planetas todos vermelhos como marte, Lembro que ventava muito. algumas pessoas corriam de um lado para o outro, outras andavam calmamente em direção ao horizonte onde tinha uma luz branca forte. Engraçado que eu me senti calma, eu tirava fotos apressada pois sabia que tinha que ir para o horizonte também. Um Homem africano com roupas longas e coloridas, turbante e cajado me olhou, sorriu para mim e com a mão me chamava para acompanhar as outras pessoas indo para o horizonte. Eu falei para ele que já estava indo. Acordei do sonho enquanto eu desligava a máquina fotográfica. Eu não sei se vai rolar essa história de Ascensão Planetária, muito menos se é para esses anos, mas tenho a impressão que o sonho tem algo haver, seja lá como acontecer e seja lá para que época for isso.
  11. "Projeção Astral pra eles era algo tão simples e natural como respirar. Os planos são simplesmente parte da natureza pra eles." Será que eu já vivi num planeta destes? (he he he) Desde que era criança sempre interpretei assuntos espirituais , paranormalidade e afins dessa maneira, nunca entendi porque as pessoas fazem tempestade por causa destes assuntos. Eu também não tenho minhas "habilidades" desbloqueadas, mas nunca entendi porque dizer que pessoas que tem são anormais se a ciência mesmo diz que o cérebro pode fazer coisas que nós ainda não entendemos. Anormal para mim é quem não busca isso, é como um pássaro que tem asas mas viaja caminhando pois acha estranho a ideia de poder voar, ainda por cima chama de maluco que diz que consegue... A humanidade realmente é muito estranha!!!kkkkkkk
  12. Oi gente! Mesmo que tenha sido um sonho achei bem interessante o conteúdo que incontrei nele. Hoje 18/09/2011, sonhei com um lugar que não conheço, mas sabia que era uma faculdade (ou algo de gênero). Para chegar logo na parte interessante do relato vou encurtar a história até o momento abaixo... Lembro-me que estava fazendo uma pesquisa sobre assuntos ligados a espiritualidade como faço rotineiramente, (coisas como energia, neurociencia, fisica quantica, paranormalidade, influencias cósmicas, contatos com entidades, ou seja pesquisando espiritualidade, mas sem ligação muito estreita com nenhum dogma religioso). Eu estava aproveitando o computador do lugar, já que minha internet (no mundo físico) é uma porcaria. Junto a mim estavam pessoas que eu não conheço na vida real, mas que eram meus colegas de estudos neste lugar. Estava lendo um texto no computador (ao qual não me recordo mais), até que um destes colegas olhou para este texto e disse que também estava pesquisando assuntos parecidos. Ele disse que também começou lendo na internet, mas que achava o conteúdo da rede muito incompleto e resolveu procurar por livros que tem um material mais extenso. Eu concordei com ele mas argumentei que na internet dava para achar coisas que talves nunca chegaria a conhecer pois não depende do mercado editorial e nem da disponibilidade nas lojas. Ele concordou e disse que também usa a rede para isso e depois vai atrás de textos impressos. Logo depois as pessoas que estavam a minha volta começaram a recolher suas coisas para irem para casa. Este colega então me perguntou se eu iria passar na biblioteca para pegar livros emprestados. Eu disse que sim, que iria lá para ver se a faculdade tinha algo ligado aos textos que eu estava lendo no computador. Ele então pediu-me para devolver por ele alguns livros que pegou na bibioteca pois já havia lido. Ele também falou que talves eu gostasse de alguns já que eram parecidos com os assuntos aos quais eu estava pesquisando. Voltei a mecher no computador e disse a ele que colocasse os livros na minha mochila. Chegando na biblioteca abri a mochila e retirei os livros colocando-os encima de um sofá. Os livros então me chamaram a atenção pois eram muito bonitos e diferentes. Pareciam ser uma coleção de uns 5 ou 6 livros (não lembro bem a quantidade). Cada livro tinha a capa decorada, todos tinham margens douradas bem grossas e enfeitadas, os titulos eram curtos, em uma palavra, e em letras grandes também douradas, encima de cada título havia um símbolo. Me lembro apenas de dois, um era uma taça e o outro era os símbolos de masculino e feminino interligados. Cada livro também tinha uma cor muito chamativa, lembro que vi, azul, roxo, rosa pink, branco... Tentei ler os títulos mas só consegui ler dois, no livro que tinha o símbolo de masculino e feminino estava escrito "RELACIONAMENTOS", e em outro estava escrito "MOKRHA". Os outros títulos porém eu não consegui ler pois estavam escritos com uma letra (alfabeto) que eu não consegui reconhecer. Olhando aquela coleção eu resolvi devolver o livro "relacionamentos", já que supus na hora que talvez falasse sobre namoro, casos, casamento, essas coisas. Como eu não tenho nenhum companheiro atualmente, resolvi que devolveria este livro e pegaria depois se os outros fossem interessantes. Coloquei todos os livros de volta na mochila e resolvi que iria para casa lê-los. Fiquei curiosa para saber o conteúdo. Depois disso aconteceram algumas coisas no sonho sem muita relevância, aos poucos então eu acordei. Lembrei da palavra "MOKRHA" que eu não fazia a menor idéia do que significava. Procurei no google e para minha surpresa apareceu várias coisas "estrangeiras" com essa palavra. No começo achei algumas empresas de viajem e restaurantes. Fuçando mais achei o seguinte: MOKRHA é uma palavras em sânscrito, suas variantes são MOkSHA, ou MOKHA. Arquivo em PDF http://anahata.imelaps.ee/_archive/sang ... beti_5.pdf Resumindo da Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Moksha Moksha - (sânscrito: मोक्ष, liberação) ou Mukti (sânscrito: मुक्ति, soltura) refere-se, em termos gerais, à libertação do ciclo do renascimento e da morte. Na mais alta filosofia Hindu, é visto como a transcendência do fenômeno de existir, de qualquer senso de consciência do tempo, espaço e causa (karma).No Hinduísmo, é visto como uma analogia ao nirvana, embora o Budismo tenda a diferir uniformemente da leitura da libertação do Vedantismo Advaita. O Jainismo também tem como meta o Moksha. Os principais sistemas filosóficos do hinduísmo consideram que uma entidade viva, especialmente aquela que estiver utilizando um corpo humano, deve ter por objetivo alcançar três metas na vida: kama ou desfrute material dos sentidos; artha ou desenvolvimento econômico e dharma ou religiosidade mundana; ou tri-varga: धर्म = dharma, अर्थ = artha, कर्म = kama. Moksha' é considerada como a meta que está além do tri-varga, para aqueles que já estão liberados destas atividades mundanas que prendem as demais entidades vivas, e o paramapurusha-artha, ou o objetivo primordial que uma entidade desfrutando existência mundana deve se empenhar em alcançar. Ou seja, no meu entender acho que o livro falava dos processos de evolução total dos espíritos. Achei bem exótico aparecer isso no meu sonho pois embora eu tenha contato com os conhecimentos sobre chackras e kundaline por causa dos meus estudos sobre Viajem astral, eu nunca tinha topado com essa palavra, de Hinduísmo acho que só conheço mesmo alguns deuses que vejo de vista nas imagens de alguns sites como o vishnu, ganesha, Kali etc.. No máximo o que já ouvi falar algumas vezes foi "Nirvana". Lendo o texto da wikpédia e alguns outros, achei interessante também o detalhe sobre trindade na cultura oriental que lembra um pouco o catolicismo. Outra curiosidade sobre essa palavra eu achei também: - Ain-Mokra - Mina fundada de 1865 à 1904, nas montanhas de Edough. De lá se extraiu minérios de qualidades ferrosas como magnetita e pirita. - Moksha - Uma empresa especializada em construir jardins verticais - Moksha - Instituto de Metapsicanálise - Moksha - Um exercício de yoga. - Al MoKha (ou Mocha) - é uma cidade porto, localizada no Yemen (Arabia Saudita) as margens do mar vermelho. Mokha é um lugar famoso por ser um dos primeiros grandes mercados especializados em café onde se achavam os melhores grãos. É deste lugar que também surgiu o "café moca". Mapa do local É claro que depois disso tudo eu vou procurar mais sobre os ensinamentos destas culturas, deve haver coisas as quais são interessantes para mim aprender. Vou fazer isso com uma pirita ao lado e tomando uma boa xícara de café se possível! he he he!!!
  13. Essa historia de energia negativa é estranha sim... Mas seria mais fácil dizer se você descrevesse a "técnica" que ele te passou. OBS: Só porque foi perto do cemitério não quer dizer que seja algo "mal". Cemitério tem gente "morta" e outras entidades (como na verdade em qualquer outro lugar), mas não dá para julgar só por esse motivo.