• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Helena Vieira

B-Membros
  • Content Count

    33
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

1 Follower

About Helena Vieira

  • Rank
    Advanced Member
  1. Olá amigos do GVA. Ando sumida, devido ter de conciliar o excesso de trabalho com os estudos da pós-graduação. Posto para vocês, um artigo que acredito, a possam achar interessante. É de um grande amigo, escritor e pesquisador, Professor Doutor Mário Carabajal. um grande abraço e continuem buscando o caminho da luz Helena 02-07-09 • CINERGIA ESPECTRAL A energia atômica Hélio espectral (choque de prótons e elétrons do átomo de Hidrogênio) elemento mais abundante do Universo, após ser quimicamente processada pelos vegetais, receberá o “status” de eletroquímica, ao ingressar no complexo humano e ser processada metabolicamente para a geração de energias: a) Física; (motricidade) despolarização celular. COSMOBIOPSICOSOCIOCINESIOLOGIA Psíquica/Pensamento; (racionalidade) decisão e criação. Experiências recentes apontam para o raio gama como o condutor da síntese universal transcodificatória à transliteração científica para difusão e aproveitamento social. O raio gama é capaz de atravessar centímetros do chumbo e do alumínio. Em etapa de pesquisas à sua sistematização, o raio gama penetraria os seres, deixando de acordo com a capacidade transcodificadora de cada um, e também do estágio psicomaturacional de consciência e aptidão bioneuronal, as impressões cosmogênicas de orientação à nortear a caminhada coletiva humana. Os minerais encontram-se também em linha de pesquisa, podendo conter traços importantes à eletroquímica transcodificadora de leis exatas universais a serem alcançadas pelos homens. o http://www.academialetrasbrasil.org.br/r... o • Nossas pesquisas e conclusões, encerram um dos maiores paradigmas humanos. O pensamento, até então fonte de especulações por muitos, comprovadamente, compreende uma faixa de freqüência y – gama, compreendida em 0,00003 micron. Da mesma forma como ondas de rádio, televisão, celular, ondas ultra-violetas, raios X, sendo estes últimos, ondas altas de freqüência, enquanto que os primeiros, rádio, tv e celular, são baixas. O pensamento, nesta ordem, compreende ondas de altíssimas freqüências – daí, a possibilidade da recepção por pessoas que, de alguma forma, encontrem-se em “sintonia” – ligados por vínculos familiares, afetivos e ou em linhas diretas de consecuções empresariais, de estudos ou mesmo por sofrimento e ou enfermidades. Tudo se inicia no infinito macro-crosmo, tendo o hidrogênio, como o elemento-elo, desde a origem dos códigos a serem, em primeira instância, dimensionados ao nosso sistema solar através de reações nucleares quando do choque entre os prótons e elétrons do mesmo elemento, resultando fótons espectrais, condutores estes, dos códigos universais – imediatamente, chegam ao nosso planeta, sendo impressos cosmogenicamente, devido a sua origem, em uma linguagem química nos vegetais. Os seres, ao se alimentarem desses vegetais com códigos cosmo-químicos, em sua psiconeurobiofisiologia, fazem uma leitura eletroquímica neurofisiológica, para, imediatamente, passarem à transcodificação em pensamentos do que fora, em tempo imediatamente anterior, energia química nos vegetais, com profundas raízes cósmicas. Os pensamentos gozam de quantuns de energia, na proporção, de 1 micron para cada 0,0001 cm., de onde, a onda de pensamento, encontra-se na freqüência aproximada de 0,00003 micron, mais elevada do que o raio gama (y) que tem onda pouco superior a 0,00005 microns. Todavia, atribuímos ao Raio Gama a onda condutora do pensamento. Existem diversas faixas de ondas. A luz visível, por exemplo, encontra-se na freqüência entre 0,4 e 0,8 cm – já a Radiação Solar que atinge a Terra, está compreendida entre 0,2 e 13 microns. O Raio X, encontra-se em torno de 0,05 microns – o raio ultra violeta equivale-se a 0,2, e o infra vermelho entre 0,8 e 13 microns (condutor de calor). As ondas mais baixas, de transmissão de imagens e sons, encontram-se entre 100 e 30.000.000.000 de microns. Para a Tv encontramos 1.500.000 microns. Para o rádio 500.000.000 de microns. Dessa forma, aparentemente simples, lançamos para a posteridade um pensamento com origem, meio e fim concretos. O fim, consiste em que se nos cheguem as leis universais e, sincronicamente com o universo, mantemo-nos em sintonia harmônica com tudo quanto co-exista. Não estaríamos à deriva em um imenso universo onde tudo obedece a rigorosas leis de exatidão e finalidades. Desde o infinito macro-cósmo até nosso minúsculo Sistema Solar e infinitamente pequeno micro-cósmo celular, a que somos constituídos, tudo, sem exceções e particularidades, encontram-se sob rígidas leis de ordem geral. Nas células, trocas a partir da bomba de sódio e potássio, interagindo sob seus limiares, garantem os mais singulares movimentos, até mesmo dos olhos. Em nosso Sistema Solar, eqüidistâncias, fatores tempo-químicos, possibilitam a existência de vida sob a Terra. Da mesma forma, cometas cortam Galáxias, perfazendo grandes elos às trocas de informações sincrônicas co-existenciais e co-partícipes entre todos os corpos constitutivos desde imenso e quase inexplicável universo. A inexplicabilidade de tudo está em uma ordem inversa ao avanço científico. À medida em que conquistamos maior credibilidade, do ponto de vista ao evoluir sob parâmetros e delimitações científicas, conquistamos o saber eterno, indivisível e imutável cinesiológico. A cinesiologia moderna, em uma de suas ramificações, objetiva correlacionar eventos aparentemente sem elos, contudo, absolutamente nada no universo tem início sem que elementos desencadeadores o impulsionem. Até a bem pouco tempo, simplesmente, a ciência não cogitava a origem concreta do pensamento. Nossa busca obstinada por respostas, por mais de vinte anos, levou-nos por caminhos múltiplos de possibilidades. Lançamos diversos livros onde aventávamos nossas teses, até então “ensaios de tese” de um doutorado que nem ao menos tínhamos certeza se chegaria; - utilizamos uma palavra que chamou atenção de pesquisadores em todo o mundo: cosmobiopsicosociocinesiologia, com ela, nos esforçávamos para que por si só expressasse tudo quanto concebíamos internamente. Por fim, já não mais aceitávamos outra possibilidade – o pensamento era sim “energia cósmica transcodificada”. Tivemos que reconceituar pensamento e lembranças, separando estas duas manifestações psico-reativas, a primeira, expressa a leitura eletroquímica de transcodificação do que em momento imediatamente anterior era energia química nos vegetais, energia esta, cosmogênicamente impressa. A segunda, impulsos tensionais latentes, capazes de inromper a parede de retorno (não voltam para os níveis de sub-consciência e inconsciência) atingindo a consciência e ganhando impulso no meio sócio reativo. Existem outras variantes de manifestações psico-reativas, muitas, não têm força e limiar para o desencadear da fala, como muitas falas não têm força e limiar de tensão ao desencadear de movimentos, como muitos movimentos não têm força e limiar ao desencadear de eventos sociais. A energia à psicotranscodificação, leitura eletroquímica, têm pacotes “quantuns” de tensão, os mesmos “quantuns” da Lei Quântica de Einstem, Contudo, uma complexa rede interna neurobioquímica, dá aos múltiplos elementos aos quais somos constituídos, um novo impulso “transcodificar” a energia cósmica em forma de pensamentos” tendo como base a alimentação. Por tratar-se de energias contificáveis e mensuráveis, o Pensamento, em futuro próximo, poderá ser lido. Na atualidade, inclusive, alguns computadores têm seus comandos ativados diretamente pelo pensamento. A partir dessa realidade concreta, já alcançada pelas ciências, sob a mesma linha de pesquisa, em seu aprofundamento e ampliação, facilmente chegaremos a um conjunto de imágens sistêmicamente organizadas - que poderemos afirmar, associativamente, o conteúdo (pensamento) intrínseco dos símbolos emanados pelo ser. o 1 ano atrás Cosmobiopsicosociocinesiologia É a necessidade de o homem sair da persectiva telúrica da intelectualidade para uma evolução cósmica de raciocínio, de onde para uma maior congregação de todas as ciência, com vistas no homem cósmico integrado. http://www.academialetrasbrasil.org.br/p... Cosmobiopsicosociocinesiologia ciência emergente das complexidades modernas. http://www.academialetrasbrasil.org.br/l... COSMOBIOPSICOSOCIOCINESIOLOGIA Psíquica/Pensamento; (racionalidade) decisão e criação. Experiências recentes apontam para o raio gama como o condutor da síntese universal transcodificatória à transliteração científica para difusão e aproveitamento social. O raio gama é capaz de atravessar centímetros do chumbo e do alumínio. Em etapa de pesquisas à sua sistematização, o raio gama penetraria os seres, deixando de acordo com a capacidade transcodificadora de cada um, e também do estágio psicomaturacional de consciência e aptidão bioneuronal, as impressões cosmogênicas de orientação à nortear a caminhada coletiva humana. Os minerais encontram-se também em linha de pesquisa, podendo conter traços importantes à eletroquímica transcodificadora de leis exatas universais a serem alcançadas pelos homens. http://www.academialetrasbrasil.org.br/r... • CULTURA E A GERAÇÃO DE CIÊNCIA Dr. Mário Carabajal Inventar, criar, transmitir, difundir conceitos, é o que nos distingue dos outros animais. Esse simples repasse de geração em geração é o que forma a cultura das civilizações. O homem, desde os primórdios da humanidade, há quase dezoito mil anos, vem se superando. À medida em que surge uma dificuldade, ele questiona-se, e neste exato momento, dá um passo significativo na evolução. Se este meio, encontrado por ele, diante a dificuldade, usado para a solução do problema, pela busca obstinada de respostas for registrado, onde outros, no futuro, possam também usufruir, diremos que este gerou cultura científica, todavia, se forem usados apenas em proveito próprio, poderemos considerar como uma criação improfícua, desprovida de importância cultural e científica. Jamais poderemos contribuir para a evolução da humanidade, se não nos abrirmos a novos conceitos, se tivermos medo de assimilarmos novas culturas, incorporarmos novas ciências, crescendo diante de cada novo elemento que se nos apresenta. Tivesse o homem acovardado-se a milênios diante de outros animais, jamais hoje os "dominaríamos". À medida em que maior ciência temos de Deus, acreditamos, mais ciência Ele ofereça à Humanidade. Neste contexto, Psicanálise e Cinesiologia unem-se na busca de mais consciência. Cosmobiopsicosociocinesiologia Já diziam Sócrates, Platão, Aristóteles, LocKe, Derivi, Hudson e tantos quantos foram imortalizados por seus pensamentos; ***Nada se modificará no concreto, através do homem, sem que antes seja pensamento. O sociólogo e pensador brasileiro, Lucas de Sousa, com mais objetividade que todos os outros, afirmou; "A essência do que comemos hoje é pensamento amanhã" O Raiar de um Novo Mundo. Ed. G. Alvorada. Brasília, 1968 - p.349 Se não respirássemos e nos alimentássemos, certamente não viveríamos. Simples! Mas, qual a origem da energia que mantém a vida? Também simples e de fácil resposta; [...] carboidratos; gorduras; fibras... Todavia, também nada disso existiria, ou melhor, nada sobre o planeta Terra teria vida e movimento não fosse a energia do Sol, que pela ação dos vegetais é transformada em energia química, e o homem, pela ingestão dos vegetais, a transforma em energia eletroquímica, de onde, pela ação de motoneurônios e "neurotranscodificadores", ganhará a forma de dois outros potenciais energéticos: - Físico ( motor ); *** movimento, resultando em trabalho, sob o princípio da despolarização celular nos limiares de sódio e potássio. - Cósmica transcodificada; ***pensamento; "insight" princípio inteligente. Permite a criação, análise e decisão, sob o delimitação núcleo-atômica, propiciado tanto pela oxidação do oxigênio, quanto na captação do raio gama solar pelos quimiorreceptores humanos. Sua condução aos neurotranscodificadores, pelos potenciais de tensão, ultrapassarão ou não, através do expansor, a parede de retorno, chegando ao campo de consciência, ou, na falta de impulso suficiente, serão eletroquimicamente codificados pelos neurotranscodificadores e mantidos nos níveis pré-consciente e inconsciente, camadas estas, internas da parede de retorno. Necessitam de estímulos eletroquímicos vibratórios suficientemente elevados a permitir ao expansor ultrapassar a parede de retorno, assim, sucessivamente, a manter o consciente em determinada frequência cíclica. - Cada símbolo ou imagem é detentor de um potencial energético, a sua manifestação dependerá da frequência dos estímulos externos recebidos. - Se em contato com objetos ou conceitos novos, não resultará em reações exponenciais internas. - Cada ambiente, objeto, conceito, já fixado, têm um nível de sinais que correspondem ao valor catéxico a que Freud bem referiu-se. Os ambientes, conceitos e objetos que associados a determinados acontecimentos, épocas ou personagens, acumulam as energias daqueles, ainda que somente associativamente, sem contudo ficar ali armazenado de fato suas energias. - Poderá, um ser, diante a um objeto, situação, ou pessoa, ser naturalmente detido, por determinação dos pesos e valores catéxicos destes, não serem suficientemente grandes, não ultrapassando a parede de retorno, não permitindo a continuidade da ação ou pensamento. A Cinesiologia psicanalítica avançada volta-se para a formação de um elo químico reativo delimitado entre o macrocosmo, principiando em reações nucleares ocorridas no sol e o microcosmo, pela despolarização celular, base desencadeadora da eletroquímica neurofisiológica humana, (transcodificação da energia cósmica em pensamentos e movimentos) responsáveis pela evolução cosmo-harmônica de interações em sincronicidade universal, as quais, encontram-se sob a ordem paradigmaximizadora de equilíbrio por forças equidistantes em uma perspectiva geral de reações em cadeia cosmobiopsicosociocinesiológica. Certamente temos muito o que avançar, e ainda que cinco mil anos transcorram, desde o nosso tempo presente, as ciências continuarão em descobertas sempre com sabor de novas, pois a complexidade humana, comprovadamente, é infinita. Por mais que avancemos, sempre surgirão elementos novos, fazendo com que acreditemos pouco, ou quase nada sabermos. Um único elemento refutado, pode redirecionar as pesquisas em curso, obrigando-nos a redimensionar nossas expectativas e objetivos. Psicanalista Clínico/Especialista em Pesquisa Científica/Mestre em Psicanálise e Doutorando em Medicina Psicossomática/ V.Pres. ARL / Presidente da Academia de Letras do Brasil. o 1 ano atrás o http://www.academialetrasbrasil.org.br/r...
  2. Pessoal, faz tempo que ñ faço postagens por aqui. Estava lendo esse texto, e resolvi dividí-lo com vocês. Já postei um texto com o mesmo título; entretanto, este é mais ampliado. Espero que, alguns o apreciem. Aos que ñ gostarem, peço-lhes desculpas... Abraço a todos e continuem em busca da luz. Helena OBS.: Desculpem-me, cometi uma falha - e o texto seguiu "dividido". Segue aqui, a primeira parte do texto na íntegra, com os devidos créditos ENERGIA PONTO ZERO E A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA - (Retirado do Texto do cientista Mark Comings, do Movimento Mundial de Paz e de Mudança para o Calendário de 13 Luas de 28 Dias http://www.sunnet.com.br/home/Noticias/ ... Ponto-Zero). O que é a Energia do ponto Zero? No meio de qualquer tornado ou furacão, há uma energia mágica onde todas as coisas são equilibradas. Esta energia conhecida como Energia Ponto Zero, foi trazida à nossa atenção por Max Planck ( 1912) , Albert Einstein e OttoStern (1913), Werner Karl Heisenberg (1925) sendo que a respectiva investigação e descobertas de aplicação têm vindo a intenficar -se desde então. Atualmente a Energia do Ponto zero é considerada como sendo a verdadeira natureza de tudo.O equilíbrio perfeito de todas as energias que têm sido usadas na Terra desde o seu inicio O Ponto Zero é o estado natural de todas as coisas. O ponto de acesso á consciência multidimensional. Para os que buscam desenvolver a percepção e a multidimensionalidade importará consciêncializar que o tornar-se multidimensional ativará um novo relacionamento com o tempo e com o espaço. A este respeito por entender pertinente e apropriado a incentivar a reflexão na busca de realidade transcrevo algumas idéias da nova mundividência científica partilhada Mark Comings: " Assim como entramos numa "nova era" para compreender o tempo, também entramos em uma "Nova Era" para compreender o espaço. Quando falamos de espaço, geralmente pensamos no espaço tridimensional; todavia, na realidade, vivemos num Universo multidimensional e existem infinitas dimensões para o espaço; a nossa consciência humana ordinária, em geral, está sempre consciente unicamente do espaço tridimensional. Entretanto, oculto dentro dessas três dimensões, está o selo de todas as outra dimensões superiores. (...) Foi descoberto que o que chamamos de espaço vazio - O VAZIO - na realidade está repleto de imensa energia potencial. (...) A conclusão ordinária de considerar o espaço como o nada, o lugar onde se situa a matéria, evidentemente converteu-se na nossa noção de espaço. Mas o vazio tem mais energia do que a matéria que está nesse vazio, e, de fato, a matéria e o vazio são uma mesma coisa, há uma continuidade. Foi descoberto que há mais energia num centímetro cúbico de vazio do que em todo o universo manifestado visível e que qualquer "descoberta" nele certamente pareceria invisível. Significa que cada ponto no vazio tem energia infinita convergindo em um só ponto. (...) Esta idéia de que o espaço está infinitamente cheio de energia, tem imensas implicações quanto a nossa maneira de ver o Universo. A partir deste ponto de vista toda a matéria, todo o mundo manifestado não é mais que uma temporal assimetria no vazio que se cancela. Isto permite-nos fazer com que a ciência comprove que está certo o que os mestres vinham dizendo há muito tempo: que a matéria e o vazio são na realidade a mesma coisa. Esta é uma maneira científica de compreender o que a sabedoria mística sempre nos revelou. No Sutra, o coração do Budismo, está estabelecido que "a forma é nada e o nada é a forma". É uma assertiva algo misteriosa, que, todavia, agora é totalmente compreensível em termos da ciência porque, de acordo com a Física da Energia Ponto Zero, toda matéria não é nada mais que uma modificação do vazio. As implicações destas perspectivas são enormes porque, em lugar de considerar o vazio como uma vacuidade morta, totalmente vazia, resulta que na verdade é um infinito campo exuberante de abundância e potencial, e nós mesmos e nossos corpos somos parte da continuidade dessa infinita abundância. Actualmente existem vários pesquisadores que estão a trabalhar para conseguir elaborar aparelhos que nos permitam obter energia eléctrica a partir da Energia Ponto Zero, e que conseguiram comprovar que isto é possível. É evidente que existe grande resistência para mostrar tudo que se sabe sobre isso. A ciência da Energia Ponto Zero demonstra os benefícios de uma realidade onde, não há escassez, mas a abundância vigora. Agora os recursos são escassos e a sua utilização é baseada no medo. Fala-se que existe uma escassez de energia e que devemos competir para conseguir esses recursos limitados. Claro, é assim, se pensarmos somente a partir do petróleo puro e dos reactores nucleares. Todos estes métodos de produzir energia contaminam e tem resíduos daninhos para o Planeta. O problema (que na verdade não considero um problema) com a Energia Ponto Zero, é que ela é abundante e gratuita. Esta tecnologia, de fato, permite-nos um mundo no qual tem toda a energia que queremos, gratuita e limpa, sem nenhum prejuízo para o Planeta. Existem várias pessoas que desenvolveram esta tecnologia e estão a ter muitas dificuldades em trazê-las para o mercado. O impedimento mais evidente é que isso vai limitar a enorme ganância que produz a energia escassa. Eu poderia falar-lhes por horas acerca desta tecnologia e de possíveis maneiras de conseguir que ela seja de boa qualidade, mas, na verdade, desejo focar outro aspecto. Quero falar-lhes sobre as implicações espirituais desta nova maneira de pensar sobre o espaço. Considero que as implicações espirituais são ainda mais revolucionárias do que as implicações económicas e outras. Considero que na medida que a consciência da humanidade se eleva com novas frequências, essas tecnologias que demonstram a abundância poderão vir à luz. E digo mais: considero que isso é inevitável. A única resistência a isso é a consciência do medo, a escassez e a cobiça. Entretanto à medida que mais e mais pessoas reconheçam a infinita abundância dentro de si mesmas, será fácil reconhecer a abundância externa. Creio que a implicação mais importante desta maneira de considerar o espaço é saber que estamos conectados a uma fonte infinita e que esta fonte infinita é a abundância infinita do amor e da compaixão (magnetismo, coesão). Considero que a partir desta óptica podemos ver toda a matéria como cristalizações do vazio. Nossos corpos, então, são complexos de assimetria no vazio, que estão sintonizados com este campo de potencial infinito. O que os cientistas chamam energia, para os místicos chama-se espírito e consciência. A energia não é mais que apenas a superfície de um imenso oceano de espiritualidade viva. Então, em termos de nosso desenvolvimento espiritual, o mais importante é que nós devemos acessar e conectar –nos a este campo de potencialidade pura no espaço. É preciso que cheguemos a estar convencidos que está aqui, de que existe e que é infinitamente abundante. Nossas crenças são o mais importante factor que constrói a realidade na nossas vidas. Apesar de vivermos num oceano infinito de abundância, se nós não pudermos acreditar nele, então não poderemos experimentar essa abundância. Nossas crenças têm o poder de bloquear-nos e evitar que acessemos esses campos infinitos; mas se conseguirmos crer que estamos conectados a essa fonte infinita de amor, compaixão e abundância descobriremos que, de fato, estamos e será possível, para nós, aproveitar e canalizar essa energia infinita para as nossas vidas. Essa energia pode curar qualquer enfermidade, qualquer problema da mente, corpo ou espírito, porque toda enfermidade não é mais que um estado de desequilíbrio entre o corpo, a mente e o espírito. Então a ciência está agora a demonstrar cientificamente como é que sucedem os milagres e que eles de fato acontecem todos os dias. A nossa própria existência é um milagre incrível. Por isso, se nos damos conta do milagre que é estar aqui, experimentando este momento, qualquer outro milagre não nos surpreenderá. A intensidade de energia e de luz que nos acompanha a todo momento é imensa, enorme. O vazio está ao nosso redor, no espaço. Está cheio de luz. É uma vacuidade radiante que cria todas as formas. (...) Esta energia brilhante, sempre presente, também nos pode ajudar a explicar outros fenómenos paranormais. Agora se compreende, na ciência da Parapsicologia, que a intenção humana pode dirigir estes fótons de vazio e que, se conseguimos sintonizar-nos suficientemente podemos inclusive direccionar estes fótons para que eles movam a matéria, ou seja, a telecinésia, e também nos permite compreender como pessoas bem sincronizadas podem servir de canal para curar através das mãos. De fato, estas pessoas estão dirigindo conscientemente estes fótons de vazio de uma maneira que podem ser aproveitados para curar. Porém a mais importante implicação dessa nova visão do espaço como um campo infinito, é que nos podemos despojar-nos de todas nossas falsas crenças.O principal obstáculo que temos para manifestar o Paraíso na Terra é precisamente a obstinação da mente humana na limitação e na escassez. A humanidade começou a depositar sua fé na ciência desde dias, a qual descobriu o que a mente racional pode compreender. É, então, enormemente significativo que a mente racional, por fim, através da nova ciência, possa reconhecer que existe esta abundância infinita. Isto nos traz uma visão do potencial humano que é absolutamente ilimitado. Estamos sintonizados com este campo de energia infinita, mas isto também significa infinito amor e consciência infinita. Todos os problemas no mundo são em função de crenças erróneas e de pensamento limitado. Se nos ensinaram que vivemos num mundo finito, com recursos finitos, que não podem ser suficientes para todos e isto chegou a ser uma realidade porque o que nós cremos logo se manifesta, é hora de mudarmos essa situação. Se crermos na escassez e na existência de recursos limitados, então o temor das pessoas de que não há recursos suficientes para todos vai provocar uma situação em que começarão a guardar mais e então, na realidade, vai haver escassez. Assim, se as pessoas guardam e conservam para si mais do que necessitam, haverá uma manifestação real de que não há o suficiente. Por isso, o problema está na consciência humana. A escassez está na consciência humana e não no Universo. Eu creio que esta nova ciência da Energia Ponto Zero, de que o vazio está repleto de energia infinita, tem como propósito liberar a mente humana da idéia da limitação e da escassez. Quando conseguimos convencer-nos de que a abundância é a realidade, já não necessitaremos guardar mais do que necessitamos, não mais teremos que competir, e nossa tarefa será então o compartilhar esta abundância de uma maneira amorosa e criativa. (...)Vencer a ilusão do medo e da separação como espécie é muito mais revolucionário do que sair com uma nova tecnologia. É importantíssimo que compreendamos que aquilo em que acreditamos fortemente com o coração, manifesta-se, torna-se real. (...) Portanto, se queremos mudar o mundo, a chave está em mudar as estruturas de nosso pensamento, que estão em nosso interior e veremos surgir as mudanças externas de maneira automática. Qualquer esforço de mudar o mundo sem o esforço de mudar a estrutura do nosso pensamento, do nosso interior, está também destinado ao fracasso. Assim é que a ponta de lança da nossa evolução social e cultural é nossa evolução espiritual. Trabalhando nosso interior, mudaremos nosso exterior de uma maneira natural. Portanto o que a ciência sobre a Energia Ponto Zero está enfocando é que devemos primeiro mudar nossa estrutura interior para poder mudar as estruturas ao nosso redor. Assim começaremos a experimentar esse campo de amor infinito, no qual todos os seres estão mudando, crescendo e evoluindo. De fato, o que essa nova ciência nos está a demonstrar é que toda a matéria e energia são formas cristalizadas de amor. A luz é amor cristalizado e a matéria é luz cristalizada. Assim é que, no fundo, tudo está feito de amor, só que em diferente espaço ou forma. Do mesmo modo que o vapor, a água e o céu são uma coisa só, o amor, a luz e a matéria são uma coisa só: o Amor que nos está sendo revelado e que nos está revelando a nós mesmo. Para concluir, estou imensamente feliz de poder demonstrar que, por fim, teremos uma ciência que derrubará todas as falsas crenças de separação e limitação, uma ciência que está baseada no Amor." Retirado do Texto do cientista Mark Comings, do Movimento Mundial de Paz e de Mudança para o Calendário de 13 Luas de 28 Dias http://www.sunnet.com.br/home/Noticias/ ... Ponto-Zero Imagens retiradas da internet. Ponto Zero, o campo magnético - (este é o texto que foi canalizada por Rodrigo Romo) A data prevista de 12 de agosto de 2003, como sendo uma das respectivas da troca dos equinócios da Terra, representa um importante marco dentro dos estudos científicos e das canalizações recebidas por muitas pessoas. Iremos esclarecer um pouco mais sobre esse assunto. Como nada neste mundo é por acaso, há poucos dias tinha mentalizado a necessidade de escrever uma matéria sobre o Ponto Zero, devido a já estar apresentando palestras sobre o assunto em diversas cidades pelas quais ministro meus cursos e atendimentos. Ontem resolvi ler uma matéria que um amigo me passou na palestra de sábado sobre o Ponto Zero e Medicina do 3º Milênio. Para surpresa a matéria era sobre o Ponto zero, extraída do material do geólogo norte-americano Greg Braden, um dos maiores estudiosos do processo de alterações magnéticas da Terra. Essas informações vieram a somar com o que eu já pretendia esclarecer aos nossos leitores. Na verdade os nossos cientistas ainda não sabem exatamente de onde provem a energia denominada de Shumann que é uma das mais alteradas no atual processo de alteração do campo magnético da Terra. Vou procurar explicar da melhor forma possível, sem entrar em detalhes técnicos matemáticos. O nosso planeta possui um eixo geológico e um outro magnético. O eixo polar magnético é o ponto pelo qual a Terra gira ao redor de seu próprio eixo. Ao desenvolver um movimento de rotação, existe o atrito de moléculas presentes em nossa atmosfera com as partículas do espaço sideral, que por sua vez, possuem diferentes camadas de interação molecular com as diferentes densidades da atmosfera terrena. A Terra por sua vez, possui os anéis de Van Allen, que são similares aos anéis de Saturno, só que invisíveis aos nossos olhos aqui da superfície. Também são menos densos que os apresentados por Saturno. No entanto eles existem e possuem uma determinada densidade molecular. Essa densidade envolve a Terra. Ao existir o movimento de rotação sobre o nosso eixo magnético, existe um atrito, que gera energia. Essa energia está diretamente relacionada com o campo magnético que envolve a Terra. Sendo assim, existe uma emanação de energia como uma malha e ao mesmo tempo como uma bolha de energia ao redor de todo o nosso planeta. Essa energia por sua vez, interage com todo tipo de estrutura atômica do planeta e, portanto, com os seres vivos em todos os reinos. Dessa forma o que temos é que todas as formas de vida do planeta Terra são submetidas a um campo magnético que interage com o seu processo metabólico e celular. Os valores até então considerados normais encontrados nas leituras da dita freqüência Shumann, eram entre 7 e 8 ciclos por segundo ou Hertz. No entanto esses valores aumentaram muito nos últimos anos e atualmente já chegam, na média global, a valores de 11,8 pelas leituras efetuadas pelo professor Braden. No entanto outras fontes via canalização já falam de valores muito próximos à cifra de 13 Hz, o que nos colocaria em um ponto extremamente crítico de interferência em nosso campo sensorial. O cérebro humano é dividido em 2 hemisférios: o encéfalo que é o nosso lado esquerdo, responsável pelas resoluções puramente concretas, lógica pura, e o parencéfalo que é o hemisfério direito, que atua com o plano sutil do invisível, das realidades paralelas. Com o aumento da freqüência Shumann, temos uma nova mudança de ativação neurológica que obriga a pessoa a ter uma ativação do hemisférico intuitivo, o que explicaria o aumento global da mediunidade e sensitividade para com as realidades sutis. Outro fator que já foi exposto em programas como do canal infinito, seriam as Profecias Maias e outros programas da rede a cabo, na qual se verificou que a inclinação do eixo da Terra não mais é de cerca de 24 graus, mas sim algo e torno de 14 graus medidos em 2001. Isso traz novas perspectivas sobre as mudanças climáticas e sensoriais nas pessoas, pois o ser humano também é regido pela inclinação do eixo terrestre em seu sistema metabólico e energético, pois interage diretamente na hipófise , na pituitária, e na pineal, o que acaba por interagir em muitos aspectos da espiritualidade e raciocínio das pessoas. O ser humano é regido por um campo eletromagnético ao redor do corpo material e conseqüentemente dos outros corpos suprafísicos, que perfazem um total de 32 em realidades dimensionais distintas, todos ligados a essência do EU SOU. Esses corpos sustentam uma linha tênue, mas poderosa de energias eletromagnéticas, que têm conotação de interpelação dos campos de sustentação da alma dentro da materialidade, nos diferentes níveis de energia. Ou seja, sabemos que pelas descobertas científicas, já foram registrados 7 corpos sombreados nos estudos dos átomos e de seus núcleos e diversas partículas que eles emitem. Portanto, os corpos sutis de um ser humano, planta, animal e cristais, são realidade do ponto de vista de pesquisadores de ponta, como já foi matéria de reportagem em fitas de vídeo que a editora Três , dona da revista Planeta, publicou em uma serie fantástica entre 1995 e 1997. Nessa material se descrevia a existência de outras realidades paralelas da matéria, como cópias da nossa realidade, o que no passado tinha sido descrito como sendo o universo da anti-matéria. A interação de campos de ondas e partículas de energia pode ser medido e confirmado. Isso demonstrou que o ser humano depende de uma energia de sustentação sutil, que provém de uma realidade sutil, intangível aos olhos e equipamentos comuns de medição, mas que já foram dimensionados em aparelhos de ultima geração dentro dos aceleradores de partículas. Portanto a emissão de energia dos corpos sutis têm uma ação direta sobre o corpo material físico com o qual denominamos a nossa realidade existencial. Assim as trocas de energias, entre o corpo físico, astral, emocional, duplo etérico, mental inferior, mental superior, tela búdica, corpo átmico, corpo causal e morontial, são realidades ainda pouco explicadas, mas aceitas dentro da comunidade espiritualizada e em muitas linhas filosóficas e religiosas. Sabe-se que toda vez que um corpo sutil fica sobre a ação de energias mais densas, existe uma resposta direta e correlata do corpo físico material. Assim podemos explicar inclusive a ação das curas e cirurgias espirituais que ocorrem em milhares de centros espíritas e dentro do próprio Reiki, Cura Quântica, e outras modalidades de tratamentos com energias sutis. Ocorre, portanto, uma interação de energias eletromagnéticas não mensuradas, mas eficazes. O Ponto Zero e o campo eletromagnético da Terra estão se alterando de forma impressionante, Medições efetuadas demonstram que o nosso tempo está menor do que realmente podemos medir. Até cerca de 2 a 3 anos, se falava que um dia de 24 horas medido pelos nossos relógios, possuía na verdade aproximadamente 16 horas reais. Isso explicava a nossa sensação de que o tempo está cada vez mais curto. Segundo as novas informações e medições efetuadas pelo professor Braden, teríamos no momento atual, isso em 2002 quando essa matéria foi escrita e distribuída para muitas pessoas, um valor próximo à cerca de 12 horas reais. Essa informação é válida, partindo de análises científicas que se somam às informações que podem ser encontradas pelos pesquisadores do Calendário Maia e outras referências sobre a mudança dos pólos terrestres e sobre os efeitos desse processo dentro da psique humana. Pelas informações que recebi e canalização sobre o assunto em março deste ano, vindas de Shtareer, existe uma relação direta entre a sintonização do eixo e sua inclinação sobre a centralização consciencial da humanidade. Outro aspecto importante que deve ser salientado, é o fato de que o nosso hemisfério norte ficou por cerca de 14 mil anos sobre a polarização eletromagnética da estrela de Vega, que representa um pesado fardo energético, por ser um astro que ficou sustentando por muito tempo altas taxas de dualidade no processo de rebelião celestial entre as raças draconianas, humanas e derivações que originaram o primeiro híbrido entre humanos e répteis do nosso quadrante estelar. Vega fica a aproximadamente 26 anos luz do nosso planeta e possui atualmente um campo de emissão de energia mais estável, mas ainda recebemos energias dentro da propagação de luz e formas pensamentos de outras eras passadas, que alimentam realidades umbralescas da humanidade, em especial de muitos seres que aqui foram colocados em exílio, para desenvolver a linha de mestria e amadurecimento. Infelizmente muitas dessas almas ainda insistem em vibrar e fazer escolhas densas e nada harmônicas para sua própria evolução. Com a mudança dos equinócios, passamos a ter no pólo sul o ponto mais carregado energeticamente, e isso vem ao encontro da ativação da essência da DEUSA FEMININA, do RAIO FEMININO, que é sustentado pelos amados ELOHINS MERU, no Lago Titicaca. Assim o novo padrão de energia, irá desenvolver de forma assustadora a atividade sensorial e cerebral do hemisfério direito do cérebro, o que, por sua vez, acabará por ativar altos valores de percepção mediúnica e extrafísica. Isso para as pessoas que não estão acostumadas, irá gerar um grande problema, que poderá levar a surtos de pavor e falta de compreensão do que realmente está ocorrendo. Estamos, como raça humana, direcionados há mais de 13 mil anos pelo lado esquerdo, que somente lida com fatos concretos que os 5 sentidos podem identificar como reais. Perdemos a capacidade de lidar com as percepções extra-sensoriais do plano invisível, das realidades paralelas. Essa nova realidade que já há certos anos vem se desenvolvendo de forma abrupta e contínua, demonstra como a mediunidade e busca pelo plano espiritual é algo crescente em milhares de pessoas em todo o mundo. As mudanças do DNA, que já foram descobertas em crianças do mundo todo, matéria publicada neste site e pela revista Amaluz, em 1998, são fatores importantes desse processo de aceleração e sintonização com uma nova realidade vibracional. Assim como a interação de uma dimensão mais sutil é realidade efetiva na vida de muitas pessoas, que abandonaram muita coisa tida como absoluta para irem viver uma outra realidade sensorial e intuitiva, que lhes abriu as portas a novas realidades internas de si mesmos e que antes eram totalmente negadas. A nova fase de percepção sensorial e psíquica esta sendo aberta a todas as pessoas. No entanto as que não querem enxergar e se negam a buscar as devidas explicações, acabam por entrar no fanatismo religioso como ponto de salvação. Com o campo eletromagnético da Terra tendo tido um decréscimo nestes últimos 4 mil anos ou mais, ocorre um crescimento na taxa de pulsação do campo magnético e da correspondente malha ao redor da Terra. Assim, com o campo magnético com esse declínio, passamos a ter uma alteração na barreira de freqüência do globo, o que por sua vez, passa a interagir diretamente no campo sensorial da humanidade e de todas as outras realidades existenciais da Terra, o que inclui, as cidades e realidades intraterrenas, intraoceanicas, templos ascensos e outros templos e colônias etéricas do plano astral e desencarnados, o que também inclui as diversas realidades do Umbral. Segundo o professor Banerjee da Universidade do Novo México (EUA), o campo reduziu a sua intensidade a cerca da metade que se supunha existir nesses 4 mil anos. Segundo pesquisas e avaliações, considera-se que esse fenômeno ocorre quando está por vir um processo de inversão de pólos e, conseqüentemente, de campo eletromagnético do planeta. Recordo que há muitos anos, por volta de 1983 em uma matéria na antiga Série Ciência Abril, existia uma matéria sobre escavações efetuadas na Antártida a profundidades de cerca de 2.500 metros de profundidade, evidências que em um passado muito remoto, o pólo sul, representava o ponto mais carregado magneticamente, levando a confirmação de teorias de que em um passado remoto, os pólos da Terra eram outros, e que as eras glaciais estavam ligadas a essa provável inversão de polaridades e do próprio eixo da Terra. Greg Braden descreve que são poucas as informações existentes sobre as alterações climáticas e sobre o efeito RS que significa Ressonância de Schumann, tendo relação mais em pesquisas secretas da marinha norte-americana, para comunicação de baixa freqüência em submarinos. Na biblioteca Seatle esses efeitos estão relacionados a pesquisas sobre a metereologia. Algumas informações sobre pesquisa sobre o assunto podem ser encontradas na representação espectral do professor Balser e Wagner em 1960. No Handbook of Atmospheric Eletrodynamies, vol I, de Hans Volland, existem registros desse estudo. Outro ponto de referência da RS, pode ser encontrado no Instituto Geofísico da Universidade do Alaska, por Davis Campbel. Segundo o professor Braden, a data provável para o Ponto Zero ocorrer, será agora no dia 12 de agosto de 2003, isso porque foi descoberto que a Terra possui um biorritmo de 4 ciclos que ocorrem a cada 20 anos, sempre no dia 12 de agosto, o que nos colocaria justamente nesta sintonização. Curiosamente na década de 80, houveram muitas mudanças no processo espiritual e conciencial da humanidade, como por exemplo a queda da antiga URSS, a queda do muro de Berlin, o término da Guerra Fria. Além disso em agosto de 1987, ocorreu a Convergência Harmônica. Também, os primeiros sinais sobre o cinturão de fótons foi justamente em meados de 1985, o que gradualmente passou a ser mais difundido no inicio dos anos 90 e em 1994, por muitos canais e pesquisadores, entre eles o conhecido pesquisador e ex-membro do governo norte-americano e agente da CIA, Virgil Armstrong, autor do livro "O Caminho para casa", editado pela Pensamento. Virgil esteve no Brasil diversas vezes a convite do nosso amigo Daniel Dzegar e de outros eventos ligados ao movimento do despertar da consciência humana. Ele foi um dos primeiros membros do governo americano a divulgar amplamente por volta de 1994 a questão do cinturão de fótons e das conseqüências dessa egrégora sobre o planeta. Assim verificamos que esses ciclos de 20 anos, possuem um fundamento de interação no campo neurológico e emocional das pessoas, devido as drásticas mudanças ocorridas em nossa sociedade. Como cada mudança dessas dentro desses ciclos, desenvolvem uma interação energética de valores ainda desconhecidos, mas efetivos, a humanidade de forma geral passa a sofrer tal interferência e sistematicamente a se comportar de forma distinta, sem que perceba o que realmente está ocorrendo. A questão do tempo estar mais curto, é um efeito direto dessa alteração energética e sensorial. Todos nós percebemos que o tempo corre mais rápido, no entanto os relógios não demonstram isso, o que acaba por nos deixar perturbados e em muitos casos com ansiedade. A verticalização dos eixos da Terra é um outro fato que já foi abordado em diversos programas , entre eles o fato que a interação energética do pólo norte está bem mais fraca e que, com isso, a nossa inclinação passou a ser bem mais reduzida e portanto, provocando alterações climáticas e nos mares e oceanos, o que explicaria o desprendimento de grandes calotas polares. Também o efeito de aquecimento, provocado pelo efeito estufa e pelo aumento das radiações cósmicas, como no caso do cinturão de fótons e de outras energias provenientes do nosso próprio sol Monmatia, estão efetuando profundas alterações no campo magnético da Terra, o que acaba por reforçar o efeito estufa e as alterações do nosso campo magnético, e da própria freqüência de Schumann. Alterações da inclinação do eixo terrestre, têm uma ação direta e correlata e, nosso sistema endócrino, que é regido por diversos efeitos químicos, e também pela egrégora sutil dos outros corpos sutis, que utilizam os centros de energia ou chacras, como pontos de contato entre as diferentes realidades dos nossos corpos sutis. Como a freqüência Schumann, esta sendo alterada, os corpos sutis e os nossos chacras, passam a receber uma nova carga de energia e como conseqüência, o processo endócrino passa a sofrer a ação disso. Da mesma forma a pineal, hipófise e pituitária passam a receber novos vetores de energia e valores que acabam por despertar o hemisfério direito, que estava adormecido na maior parte dos seres humanos. Também uma nova função passa a ser desenvolvida e manifestar capacidades que eram antes desconhecidas pelas pessoas normais. Como alerta, gostaria de ressaltar, que não se sabe ao certo sobre os efeitos geológicos reais deste processo, ou seja, sobre catástrofes globais. O que quero é apenas dar continuidade às informações que tenho recebido, com o intuito de esclarecer. As alterações psíquicas que poderemos encontrar nas pessoas, fazem parte de um processo natural que já foi devidamente abordado por muitas pessoas no mundo. Portanto o Ponto Zero, é mais uma das interações de energia que podemos avaliar como conseqüência do processo do despertar consciencial da humanidade, antes que nós mesmos nos destruamos em nossas guerras egoístas. Estamos tendo uma nova chance de modificar nossas atitudes, mas temos que dar credibilidade à nossa capacidade fraternal de resolver as coisas com paz e sinceridade no atual momento, no qual todos estamos sendo testados e avaliados pelo orbe espiritual. Não acredito e nem sinto destruição global, como muitos afirmam com seus pensamentos apocalípticos, apenas mudanças internas no globo de forma gradual e psíquicas mais profundas do que se imaginava. Os efeitos demonstram isso.Lembrem-se que a maior parte das profecias desde 1986, não se cumpriram como era de se esperar, por que houve uma mudança na consciência do planeta e dos processo energéticos do globo. Cabe a nós fazermos a nossa parte. trabalhando o despertar conciencial e meditar para efetuar a centralização de ambos os hemisférios cerebrais. Fiquem na paz do vosso coração e procurem se sintonizar com o plano espiritual e da vossa alma, para superar as dificuldades que ainda vêm pela frente, decorrentes das nossas atitudes desarmônicas para com o Universo e ao nosso redor. (conteúdo canalizado por Rodrigo Romo)
  3. Olá pessoal ...mais um ano está indo embora.FELIZ NATAL !!! Que a celebração do Natal seja um acontecimento especial para você e sua família. Que você, além de presentes, troque muitos votos de paz, amor e respeito e que a chegada de um novo tempo, seja também de renovação de todas nossas esperanças um futuro melhor para nós e Para aqueles que amamos. Feliz Natal e “BOAS FESTAS”!!! São os votos da helena
  4. Olá companheiro. O Samael e o mestre Rabolu são a mesma pessoa. Frequentei o movimento gnóstico por mais de 8 anos e também li quase todos os seus livros, assim posso afirmar-lhe com certeza que eles são a mesma pessoa. Muitas vezes, quanto se toma o grau de mestre, muda-se o nome. Desejo muita luz em seu caminho helena
  5. Olá companheira. Acabei de ler seu relato. é possível, sim, sua mãe quer apenas preparar seu espírito para aguentar um problema que ela sabe que é doloroso para vc. Postei aqui um relato que acredito, possa ajudá-la à entender como as coisas continuam no astral. Se sua mãe sempre quis protegê-la, claro é o que todas as mães, em sã consciência, fazem, ela continua querendo fazer isso, mesmo do astral. Ore muito por ela, para que ela se sinta mais tranquila, "converse com ela, nas orações", dizendo-lhe que vc cresceu(em maturidade), para ela ñ mais se preocupar tanto com vc. Tb continue orando aos seus mentores para eles lhe fortalecerem. Um gande abraço e continue no caminho da luz helena responde ao post do dia 19-08 Enviar à: Ter Set 02, 2008 8:34 pm De: Helena Vieira Para: marcelo silva Meu querido irmão Marcelo Por estar muito atribulado naquele dia 19 de agosto(lembra-se?), ñ havia visto sua mensagem tão cheia de sgnificados. Hj, verificando se eu havia respondido às mensagens a mim direcionadas, resolvi passar em revista, as outras mensagens postadas aqui. Qual ñ foi a minha surpresa em encontrar aqui sua grandiosa mensagem, ainda ñ lida por mim. Algumas questões que vc coloca, faz-me lembrar de uma afirmação da minha mãe(em nosso primeiro encontro no astral) 4 meses, depois do desencarne. Ela havia feito a passagem(aos 46 anos), devido a um câncer e sofrera muito. Como havíamos combinado que assim que ela se encontrasse em condições de receber minha "visita" ela pediria aos mentores a permissão para eu ir encontrá-la. quando lá cheguei, ela se encontrava em um local, parecido com um hospital, onde as pessoas todas vestidas de branco, iam e viam, (só os rostos é que ñ me foi possível ver). Quando indaguei a ela que local era aquele, ela me respondeu, que estava lá, desde que "acordara' do transe da passagem e que estava sendo tratada, pra retornar aos trabalhos espirituais, para dar continuidade ao trabalho que fazia na terra, ou seja, caridade, caridade, caridade. ela acrescentou que essa era a única saída para a evolução espiritual.(Em casa a minha mãe ,mantina reuniões kardecistas, todas às quartas-feiras, para o estudo dó evangelho de kardec e várias pessoas sempre a procuram no intuito de serem apoiados. Papai sempre dizia, que lá em casa parecia um albergue ou, um asilo, tal o número de pessoas que passavam por lá). Conversamos um pouco, ocasião em que dei notícias dos "meninos" (seus filhos menores, de 12, 14 e 16 anos)que haviam ficado comigo). Eu me despedi dela, porque estava na hora de acordar um dos meus irmãos, para a escola do SENAI (5:30) e que depois conversaríamos mais. A sogra do meu irmão, desencarnou em dezembro último e a filha dela (todos muito católicos), disse na semana passada que "sonhou" com a mãe. Essa diz que estava bem, mas que havia muito trabalho para fazer e que seus "superiores" esperam que ela continuasse um trabalho similar ao que fazia na terra. Essa senhora também ajudava muitas pessoas na zona rural, onde morava. Até o padre local, estava sempre à enviar pessoas para que ela ajudasse, já que ela tinha uma numerosa familia, certamente alguns deles podiam ajudar...mais esse ou mais aquele. Diante de tudo isso, meu caro irmão, ñ espere outra coisa, a ñ ser trabalho, trabalho; como já deve estar imaginando. Um grande abraço e que os mentores continuem abençoando vc e sua família helena
  6. Meu querido irmão Marcelo Por estar muito atribulado naquele dia 19 de agosto(lembra-se?), ñ havia visto sua mensagem tão cheia de sgnificados. Hj, verificando se eu havia respondido às mensagens a mim direcionadas, resolvi passar em revista, as outras mensagens postadas aqui. Qual ñ foi a minha surpresa em encontrar aqui sua grandiosa mensagem, ainda ñ lida por mim. Algumas questões que vc coloca, faz-me lembrar de uma afirmação da minha mãe(em nosso primeiro encontro no astral) 4 meses, depois do desencarne. Ela havia feito a passagem(aos 46 anos), devido a um câncer e sofrera muito. Como havíamos combinado que assim que ela se encontrasse em condições de receber minha "visita" ela pediria aos mentores a permissão para eu ir encontrá-la. quando lá cheguei, ela se encontrava em um local, parecido com um hospital, onde as pessoas todas vestidas de branco, iam e viam, (só os rostos é que ñ me foi possível ver). Quando indaguei a ela que local era aquele, ela me respondeu, que estava lá, desde que "acordara' do transe da passagem e que estava sendo tratada, pra retornar aos trabalhos espirituais, para dar continuidade ao trabalho que fazia na terra, ou seja, caridade, caridade, caridade. ela acrescentou que essa era a única saída para a evolução espiritual.(Em casa a minha mãe ,mantina reuniões kardecistas, todas às quartas-feiras, para o estudo dó evangelho de kardec e várias pessoas sempre a procuram no intuito de serem apoiados. Papai sempre dizia, que lá em casa parecia um albergue ou, um asilo, tal o número de pessoas que passavam por lá). Conversamos um pouco, ocasião em que dei notícias dos "meninos" (seus filhos menores, de 12, 14 e 16 anos)que haviam ficado comigo). Eu me despedi dela, porque estava na hora de acordar um dos meus irmãos, para a escola do SENAI (5:30) e que depois conversaríamos mais. A sogra do meu irmão, desencarnou em dezembro último e a filha dela (todos muito católicos), disse na semana passada que "sonhou" com a mãe. Essa diz que estava bem, mas que havia muito trabalho para fazer e que seus "superiores" esperam que ela continuasse um trabalho similar ao que fazia na terra. Essa senhora também ajudava muitas pessoas na zona rural, onde morava. Até o padre local, estava sempre à enviar pessoas para que ela ajudasse, já que ela tinha uma numerosa familia, certamente alguns deles podiam ajudar...mais esse ou mais aquele. Diante de tudo isso, meu caro irmão, ñ espere outra coisa, a ñ ser trabalho, trabalho; como já deve estar imaginando. Um grande abraço e que os mentores continuem abemçoando vc e sua família helena
  7. Olá companheiros. Acabei de encomendar (na estante virtual), e deixo aqui para vocês, algumas sugestões. São livros ótimos, para quem está em busca do "conhecimento": VOZ DO SILÊNCIO e ÍSIS SEM VÉU (VOL. I, II e III) Helena P. Blavatsky Ed.pensamento Obs: eu já li dessa autora, A CHAVE DA TEOSOFIA, A DOUTRINA SECRETA (TODOS OS VOL.) e posso-lhes afirmas que é uma autora fabulosa. Seus livros abrem-nos novos horizontes, descortinando-nos mistérios muito importantes, para nosso desenvolvimento espiritual. Devido ao seu importante trabalho na Sociedade Teosófica ( foi co-fundadora), como autora de livros desse tão importante tema, ela se tornou uma grande mestra. Continuem em busca da luz, queridos companheiros. Um abraço da helena Breve bibliografia: Blavatsky (Helena Petrovna) foi uma das mulheres mais avançadas e polêmicas de sua época. Nasceu na Rússia e morreu em Londres. Descendente de nobre família russa, viajou por todo o mundo. No Tibet, passou sete anos junto aos grandes mestres espirituais dos quais recebeu a incubência de trazer a Sabedoria Arcaica para o Ocidente. Em 1875, fundou a Sociedade Teosófica, instituição que visava dar orientação intelectual, moral e espiritual a todos os seres, sem qualquer sectarismo. Além de conferencista, Blavatsky deixou inúmeras obras, entre as quais, A Voz do Silêncio (1889), escrita, de cor, em pouquíssimo tempo, em Fontainebleau, França. O livro é uma obra-prima da literatura espiritual que ilumina e inspira os buscadores da Verdade. São fragmentos extraídos do Livro dos Preceitos de Ouro, traduzido e anotados por Blavatsky.
  8. Caros companheiros Ainda completando o tema... Ensinamentos do Samael Aun Weor. um grande abraço helena Obs: Pena que a ilustração sobre a Dança dos Derviches, ñ saiu. Aqui neste texto tb, há uma breve mensão aos Derviches do Paquistão. A Ioga Esotérica Samael aun Weor É necessário saber que no corpo humano, no organismo celular, existem alguns Chacras que podemos denominar de específicos, especiais para a vitalidade orgânica. São como vórtices por onde entra o Prana, a vida, em nosso organismo. O Primeiro está no Occipital. O segundo no Frontal. O terceiro é o Chacra Laríngeo, localizado na garganta. O quarto é o Hepático O quinto é o Prostático. E existem mais dois Chacras nos Joelhos, são sete no total. Estes sete Chacras são básicos, para a vitalidade do organismo físico. Através deles entra o Prana, a vida, no Corpo Vital, que é o assento de toda atividade orgânica. O Chacra Laríngeo, por exemplo, guarda concordância, relação com o prostático, por isso é que a voz, a palavra deve ser cuidada. Devemos evitar cuidadosamente os sons chiantes ou muito baixos. Se observarmos a vida de muitos idosos decrépitos, poderemos verificar perfeitamente, que emitem muitos sons chiantes; isto falseia a potência sexual ou pode indicar impotência. O mesmo acontece com os sons demasiados graves, cavernosos, que também falseiam a potência sexual . A voz do homem deve manter-se dentro do normal e a voz da mulher não deve ser nem demasiado baixa nem muito chiante, porque isso falseia a potência sexual, devido a relação existente entre a laringe e o centro sexual. Poderia argumentar-se que a mulher não tem próstata, é certo, porém, tem o Chacra Prostático que se relaciona com o Útero, que tem um papel muito importante, tanto quanto no homem. Esse Chacra na mulher poderíamos denominá-lo Chacra Uterino. Já sabemos da importância do Útero na mulher. A primeira coisa que devemos fazer é procura a saúde, porque um corpo são serve para tudo, agüenta tudo e responde sempre ao exigir-lhe trabalho material e espiritual. Portanto, o primeiro passo é curar o corpo e mantê-lo saudável durante toda a vida, em boas condições, porque o que fazemos com o corpo enfermo? É óbvio que um Esoterista, um Iniciado, não deve jamais estar enfermo. As doenças e os problemas que atormentem são para as pessoas que não estão no real caminho. Aquele que está na Senda não deve estar decrépito, nem doente, isso é claro. Existe uma séria de exercícios esotéricos muito importantes. Muito se tem falado no Esoterismo sobre Kundalini Yoga e sobre Viparita Karani Mudra, assim como os Derviches Dançantes ou Derviches Torvelinhos. Há Derviches no Paquistão e na Índia, que sabem realizar certas danças maravilhosas e por meio delas desenvolvem certos Chacras, despertam determinados poderes. Tudo isso é urgente conhecer se queremos chegar a termos um corpo jovem e desenvolvermos os chacras. Os jovens não dão valor a juventude porque são jovens, mas os velhos apreciam essa riqueza que é a juventude. Com estes ritos, se a pessoa estiver jovem, poderá manter-se jovem e se está velho poderá voltar a juventude. Com estas práticas qualquer pessoa poderá curar suas próprias doenças. Veremos posições como as da mayurasana, de joelhos, a posição de mesa que é encontrada em algumas ruínas sagradas, etc. é uma síntese de exercícios esotéricos com documentação na Índia, Pérsia, Paquistão, Turquia, Yucatã (México), etc. © 2008 ::: Caminhos do Conhecimento ::: Joomla! é um software livre disponibilizado sob licença GNU/GPL
  9. Olá companheiros. Se alguém tiver curiosidade em saber o que é Catalepsia Projetiva, aqui vai um texto informativo. Espero que seja útil (ao menos), para alguns de vocês. Um grande abraço da Helena Catalepsia Projetiva Ocasionalmente , o projetor pode sentir uma paralisia de seus veículos de manifestação, principalmente dentro da faixa de atividade do cordão de prata. Essa paralisia é chamada de "catalepsia projetiva ou astral". Não deve ser confundida com a catalepsia patológica, que é uma doença rara. A catalepsia projetiva pode ocorrer tanto antes como após a projeção. Geralmente, ela acontece da seguinte maneira: a pessoa desperta durante a noite e descobre que não pode se mover. Parece que uma força invisível lhe tolhe os movimentos. Desesperada, ela tenta gritar, mas não consegue. Tenta abrir os olhos, mas também não obtém resultado. Alguns criam fantasias subconscientes imaginando que um espírito lhes dominou e tolheu seus movimentos. Geralmente, esse fenômeno dura apenas alguns instantes, mas para a pessoa parece que decorreram horas de agonia. Por incrível que pareça, essa catalepsia é benigna e pode produzir a projeção, se a pessoa ficar calma e pensar em flutuar acima do corpo físico. A essa altura, o leitor que alguma vez tenha sofrido essa experiência, deve estar pensando que essa técnica de saída do corpo é bastante perigosa. Entretanto, ela não apresenta nenhum risco, pelo contrário, é totalmente inofensiva. É um fenômeno que acontece com muitas pessoas, todas as noites, em todo o planeta. Se o leitor questionar as pessoas de seu círculo familiar e de amizades, constatará que muitas delas já passaram por esse tipo de experiência algum dia. Portanto, se o leitor se encontrar nessa situação em uma noite qualquer, não tente se mover. Fique calmo e pense firmemente em sair do corpo e flutuar acima dele. Não tenha medo nem ansiedade e a projeção se realizará. Caso o leitor não pretenda se arriscar e deseje recuperar o controle de seu corpo físico, basta tentar, com muita calma, mover um dedo da mão ou uma pálpebra que, imediatamente, irá readquirir o movimento. Entretanto, se a catalepsia projetiva ocorrer, não desperdice a oportunidade e procure sair do corpo. Extraído do site: Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas.
  10. Olá companheiros. Quero compartilhar com vocês, este texto elaborado por mim. Espero que seja útil (ao menos), para alguns de vocês. Um grande abraço da Helena Durante muitos anos, eu freqüentei o Movimento Gnóstico do Brasil, da Nova Ordem, dirigido pelo seu fundador, Mestre Samael ; que além de fundador do movimento foi escritor de vários livros, sobre o tema. Durante o tempo que estive lá estive, aprendi várias técnicas de projeção e aprendi também que, a técnica que funciona bem para um, nem sempre é eficaz para outro. Aprendemos também que, a técnica por si só, não faz milagres e sim, que o êxito advém da constância praticada pelo estudante. Lembro-me bem, da ocasião em que eu praticava com vários mantras, até chegar à conclusão que, eu gostava mais de um determinado mantra e assim que percebi ter êxito com esse, deixei de praticar com os outros, com os quais eu não sentia a mesma vibração. Também nos foi ensinado na ocasião, que ao estarmos cansados de nos debatermos com nossa mente cheia de pensamentos incoerentes, o que nos dificultava e muito, o relaxamento necessário para conseguirmos êxitos, nas práticas de projeção astral, “ A Dança dos Derviches”.(Anexo, logo abaixo, só ñ sei se as fotos saírão). Essa dança servia para nos cansarmos das indagações de nossas mentes, enquanto a praticávamos pelo aposento (onde estivéssemos praticando), até que a mente (e o corpo relaxados) cansada das indagações, se rendiam e assim nós estávamos prontos para uma projeção consciente. Depois que o Mestre Samael desencarnou, foi dado a ordem(ele havia passado antes da passagem) à todos os dirigentes do movimento, que a partir de então, só poderia fazer parte do movimento, quem estivesse sendo capaz de se projetar conscientemente. Os outros que até então, não conseguiram êxito, seriam descartados do movimento. Assim o movimento cumpriu parte de sua missão aqui, pois divulgou técnicas e ensinamentos práticos, não só com seus discípulos, como também, através de inúmeros livros. O mestre Samael (cujo nome de Mestre era Rabolu), também nos dizia, ter sido um “anjo caído”, por isso, tinha essa importante missão para se redimir e, tornar-se novamente um mestre ascensionado. Ele escreveu em um de seus livros, que por ocasião de uma visita ao umbral, (antes da queda) juntamente com o Arcanjo Miguel, os espíritos desse setor, gritavam, cobrindo os olhos, para que eles se afastassem, devido ao brilho intenso que emanavam de suas formas e que esse brilho os incomodavam muito. E à medida que esses mesmos espíritos umbralinos, iam se redimindo de sua culpa, esses, conseguiam olhar nem que seja com as frestas dos olhos, para os Arcanjos. Assim, esses iam sendo resgatados para outro setor, menos escuro e degradante, para que pudessem tomar conhecimento de suas faltas e lá se prepararem para (trabalhar em prol do seu desenvolvimento), mesmo, parra outra encarnação; podendo assim expiar suas faltas. Foi em uma ocasião como essa (disse o Mestre Samael), que o Arcanjo Miguel citou a célebre frase: “ A Luz Foi às trevas, porém as trevas não A compreendeu” – ( Luz por analogia ao Arcanjo) Dança dos Derviches Antes de deitar-se para fazer uma prática deve-se fazer a Dança dos Derviches, para preparar o terreno, para que a prática possa sair bem. A Dança dos Derviches são três movimentos de uma vez, assim a mente não tem tempo de pensar em nada, se aquieta. Logo, quando a gente vai se deitar, então é a facilitada a prática que se esteja disposto a realizar. Isto é para aquietar a mente, para que não tenham problemas mentais e possam realizar a prática bem feita. Texto extraído do livro: Mensagem de Natal 88-89 VM Rabolu
  11. Olá companheiro. Mesmo com bastante atraso, desejo que os mentores llhe dêem conforto e que sua mãe receba dos espíritos protetores, todo o amparo necessário, para o começo de uma nova existência no plano astral. Um grande abraço e continue na luz, querido amigo. helena
  12. Querida companheira, obrigada por compartilhar conosco esse precioso livro. um grande abraço e continue buscando o caminho da luz, querida companheira. helena
  13. Olá querido companheiro. Valeu a indicação. Li e gostei muito desse livro. Ele foi para mim uma grande fonte de sabedoria. um grande abraço da companheira, helena
  14. Olá companheiros. Pesquisando esse assunto, encontrei esse informe 'científico", que gostaria de compartilhar com vocês. Um grande abraço e continuem buscando o caminho da luz, meus queridos companheiros. helena Ciência e Meio Ambiente Quinta, 28 de outubro de 2004, 11h30 Cientistas britânicos relacionam auras a fenômeno da sinestesia A visão de halos ou auras em volta dos corpos humanos, relacionada muitas vezes ao misticismo, pode ser causada por um simples fenômeno da sinestesia ou mistura dos sentidos. A hipótese foi levantada por uma equipe de pesquisadores do University College de Londres, dirigida pelo doutor Jamie Ward. O estudo foi publicado na revista britânica Cognitive Neuropsychology e noticiado nesta quarta-feira pelo jornal The Daily Telegraph. Tradicionalmente, a capacidade de ver irradiações luminosas foi associada a poderes "extrasensoriais" que certas pessoas afirmam possuir. Agora, os cientistas acham que há algo de verdade nisso. Esse fenômeno não tem a ver com "campos de energia" nem com o mundo dos espíritos, mas pode estar relacionado a uma confusão dos sentidos humanos, fazendo com que algumas pessoas "vejam" sons, "escutem" cores ou "saboreiem" formas. As pessoas sinestésicas podem enxergar cores em pessoas que conhecem ou como reação a palavras como "amor" ou "ódio". Essas cores não refletem energias ocultas emitidas pelas pessoas, mas são criadas inteiramente no cérebro da pessoa que vê a aura, segundo a conclusão dos cientistas britânicos. Em seu estudo, Ward descreve o caso de uma jovem, identificada apenas pelas iniciais G.W., que via cores como azul e violeta quando encontrava pessoas conhecidas, a ponto que bastava ouvir os nomes delas para ter essa sensação. Os nomes provocavam a aparição de uma cor que cobria todo o campo de visão de G.W., e as tais pessoas pareciam emanar uma aura colorida. Por exemplo, a palavra "Jamie" era imediatamente associada à cor rosa, "Thomas" ao preto, e "Hannah" ao azul. Quando a jovem ia a uma festa e se divertia, todo o cenário se coloria de vermelho, afirmam os cientistas. Segundo a pesquisa, certas palavras carregadas emocionalmente como "medo" e "ódio" também desencadeavam reações cromáticas. As palavras normalmente associadas a emoções positivas faziam aparecer cores como rosa, laranja e verde. Já as que evocavam algo negativo provocavam cores como preto, marrom e cinza. Segundo Jamie Ward, embora G.W. não acredite ter poderes místicos e nunca tenha se interessado por esoterismo, é facilmente imaginável que em outro tipo de cultura, esse fenômeno poderia ter esta interpretação. Os artistas sempre pintaram os santos com um auréola em volta da cabeça, e isso é algo que diz muito sobre o fenômeno criativo. O escritor russo-americano Vladimir Nabokov escreveu certa ocasião que percebia as letras em cores. Também é famoso o poema sobre as cores do alfabeto escrito pelo francês Arthur Rimbaud, sinestésico por excelência. De acordo com pesquisas anteriores, uma em cada duas mil pessoas é sinestésica. Mas outros estudos indicam uma proliferação muito maior desse fenômeno. O cientista britânico convidou simples pedestres para participar de um teste destinado a determinar se são ou não sinestésicos sem saber. Trata-se de certificar se as pessoas com essa condição associam sempre as mesmas cores às mesmas letras ou aos mesmos números, enquanto outras pessoas fariam isto por adivinhação. Outros cientistas , como Vilayanur Ramachandran, da Universidade da Califórnia em San Diego, acham que a sinestesia está relacionada diretamente à criatividade, seja na poesia, nas artes plásticas ou na literatura. Para ele, nossa habilidade para relacionar sons e objetos pode estar ainda na base da linguagem humana. A relação entre os sentidos do ouvido e da visão pode ter constituído um passo importante para a criação verbal. EFE Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
  15. Olá meus queridos companheiros. Peço a todos os corações amororosos, que ajudem-me com vibrações, em favor do nosso companheiro Vini. Ele ainda continua passando por momentos muito difíceis e percebi que ele precisa muito, que oremos por ele; para que ele encontre a paz e a harmonia necessária para seu desenvolvimento espiritual. Um grande abraço cheio de amor, para todos os irmãos do GVA. Continuem buscando a luz, meus queridos e meu muito obrigada. helena