• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Thais- :D

B-Membros
  • Content Count

    20
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

1 Follower

About Thais- :D

  • Rank
    Member
  1. "I'm living in a age that screams my name at night, but when I came to doorway there's no one inside. " Ah, só deixando ai a letra de uma música (My body is cage, LINDISSIMA por sinal) porque eu achei parecido quando vc cita a parte que chamam teu nome. Essa noite passada me senti muito perdida e pedi por respostas. Entrei em ev e escutei (intui, imaginei, nsei) alguem me dizendo para sair e conseguir as respostas, mas não consegui. Me frustrei e apaguei. Só acrescentando que é dificil lutar contra o desconhecido, principalmente se vc cria AQUELA expectativa ou já tem um PRÉ-CONCEITO. Só quem tem medo sabe.
  2. Hei, gostei da proposta do livro! Vou dar uma procurada. A mesma acontece com as religiões/mitologias, todas são tão incrivelmente parecidas...
  3. Realmente intrigante! Obrigada pelo esclarecimento!
  4. É um conceito muito interessante esse. Mas, ninguém abordou a parte em que o cérebro humano (uma parte) opera em frequencia baixissima (8.7), e se especula se ele não estaria se comunicando com o tal incosciente. Eu vi isso num post do http://ahduvido.com.br/ em que se fala sobre o planeta Nibiru e 2012 (muito interessante por sinal). Agora que eu escrevo, me lembrei do filme Avatar... Sabe naquela hora em que eles ficam todos conectados com a arvore sagrada? E estudando aqui mesmo, eu vi algo que se assemelhava com isso mas NÃO ME LEMBRO!!! Algum de vcs conseguem? Falando nisso Nadja... o coletivo é bem parecido com o Mundo das Ideias de Platão, né?
  5. Então, galerë. Andei pesquisando umas coisinhas sobre o assunto e me surpreendi. Sou muito fã de teorias. Desde Deja vu, Experimento de Fenda Dupla e o Tempo, O universo perdido, Membranas das Teorias das Cordas, O universo holográfico até Web Bot. Mas eu queria saber mesmo sobre o tal Coletivo.... O que vocês sabem sobre ele? Seria possivel deixar uma mensagem por lá? Deixo o trecho do “Restaurante no fim do universo”: (FELIZ DIA DO ORGULHO NERD, atrasado) “Há uma teoria que diz que se um dia alguém descobrir exatamente qual é o propósito do Universo e por que ele está aqui, ele desaparecerá instantaneamente e será substituído por algo ainda mais bizarro e inexplicável. Há uma outra teoria que diz que isso já aconteceu.”
  6. Amigo, já ouviu falar de Transtorno de Personalidade? Talvez seja o caso de uma doença mesmo, onde há dois polos: o de felicidade e inspiração que beiram algo maníaco e a depressão que beira o suicídio. Existe medicação. Tanta tristeza e falta de esperança não é normal. Procure um profissional.
  7. Hei, obrigada pessoal! Fiquei muito feliz ao ver a preocupação. Eu não tenho duvidas que seja realmente um problema físico, por isso disse estar atras de uma consulta. Meu lado hipocondríaco ficou muito preocupado com essa Ceratocone! Estou atrás de ajuda, mas obrigada de novo!
  8. Lizarvel, Eu tô atrás de uma consulta porque tá dificil para mim. Parece que eu enxergo as coisas atrás de uma parede de estatica. Minha visão tá se tornando um parque de diversão! É bolinha, estrela, tracinho, riscos... tudo colorido. Acho que a culpa é do computador! Sou pobre e leio livros por ele mesmo, e isso tá acabando com a minha visão!
  9. Achei um texto sobre isso: Fique atento a manchas, pontos ou feixes de luz nos olhos Ora (direis), ouvir estrelas! Sorte do poeta Olavo Bilac, autor do verso, que ele não as via, sobretudo, com freqüência. Enxergar pontos luminosos sem olhar para a Via Láctea pode ser um sinal de que algo não vai bem. Apesar de a descrição soar quase poética, enxergar riscos ou feixes de luz repetidamente é sintoma de problemas variados, que vão de hipertensão arterial e enxaqueca a doenças oculares. "Quando as ''estrelas'' são produzidas no cérebro, essas ocorrências recebem o nome de ''fosfênios'' e são conseqüência de descargas elétricas no córtex occipital, área do cérebro relacionada à visão. Mas as origens variam, diz o neurologista Deusvenir de Souza Carvalho, professor do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Unifesp. Hipertensão arterial, enxaqueca e epilepsia focal (quando a descarga elétrica ocorre especificamente nessa região do cérebro e só provoca percepção de luzes, sem espasmos no corpo) são algumas delas. "Apesar de os fosfênios estarem relacionados a esses problemas, a maior parte deles, que ocorre eventualmente, não tem gravidade", explica o neurologista Getúlio Rabello, responsável pelo Ambulatório de Cefaléias do Hospital das Clínicas da FMUSP. Segundo ele, os mais freqüentes são os "fosfênios de pressão", provocados pela ação de esfregar os olhos fechados ou por espirros fortes, batidas na cabeça e queda da pressão arterial (ao levantar rapidamente, por exemplo). "São normalmente de curta duração e ocorrem devido à estimulação das células da retina ou do próprio córtex occipital", diz Rabello. O fenômeno, porém, muda de nome e passa a se chamar fotopsia quando é "fabricado" na retina, geralmente como resultado do atrito desta com o humor vítreo (um gel que preenche os olhos). "Podemos dizer que fotopsia é o termo mais restrito às alterações no globo ocular, e o fosfênio, mais genérico. Existe uma certa confusão entre os dois termos, pois, em muitos tratados de enxaqueca, por exemplo, usa-se a expressão fotopsia, embora a origem seja no córtex cerebral", explica. Voadoras As "moscas volantes", manchas escuras que teimam em atrapalhar o campo de visão, são um exemplo de fotopsia. Assim como o fosfênio, trata-se de um sintoma, e não de uma doença, relacionado a problemas oculares -miopia, traumas, pós-operatório de catarata- ou ao desgaste natural dos olhos, que começa a partir dos 40 anos. "Todos esses fatores provocam a alteração do humor vítreo. Com a degeneração desse gel, sua estrutura homogênea se desintegra e ele fica mais fluido; o gel, que tinha aderência à retina (revestimento interno do olho), começa a se movimentar. Quando entra em atrito com a retina, provoca essa percepção de raio, lampejo de luz", explica o oftalmologista Michel Farah, da Unifesp. A sensação de ver "moscas" (pontos pretos) ocorre devido à presença de pequenas opacidades dentro do humor vítreo, decorrentes de seu desgaste. Embora esses corpos flutuantes pareçam estar na frente dos olhos, na verdade estão dentro da gelatina; o que atrapalha a visão é a sombra que projetam sobre a retina, conforme a movimentação dos olhos. Mulheres em geral e pessoas com miopia alta (acima de seis graus) têm maior tendência à fotopsia. "O gel em atrito com a retina pode levar ao seu descolamento e por conseqüência à cegueira. É recomendável consultar um oftalmologista assim que surgirem os sintomas. Pode ser o momento fundamental", alerta. As "estrelas" também são visualizadas em enxaquecas com aura -tipo que, além dos sintomas tradicionais como dor de cabeça, náuseas e sensibilidade à claridade, apresenta também alterações na visão, na força motora ou na fala. Na enxaqueca, a luz aparece no meio da visão e vai crescendo aos poucos, às vezes em forma espiralada, outras como feixes. "Essa percepção está associada à chamada depressão alastrante de leão, fenômeno em que há uma oscilação da atividade elétrica no cérebro, o que produz os ''fosfênios''", explica o neurologista. Já no caso da hipertensão, os pontinhos brilhantes na visão são resultado de alterações circulatórias que causam espasmos dos vasos sangüíneos na retina. A pressão aumenta, os vasos se estreitam para controlar o fluxo de sangue e, com isso, alteram a circulação. "Aí, feliz de quem vê essas luzinhas, pois são um alerta de que a pressão está altíssima e de que é preciso ir ao médico com urgência", afirma Deusvenir. Fonte: Deborah Giannini
  10. Também tenho a visão "meio manchada", poeiras vejo direto e esses pontos de luz flutuando... li em algum lugar que são células interminentes (desculpa nem sei se é assim) do próprio olho!
  11. É tão feliz quando a gente percebe que esta avançando, né? Eu passei por um período de "bloqueio", mas sinto estar recebendo uma forcinha! Tenho visto um "ar diferente" ao redor das pessoas, e muito frequentemente me vem aquela intuição do que a pessoa está sentido, o que ela quer e as vezes algo ainda mais forte que eu não sei explicar direito... Tenho tido sonhos MUITO loucos/estranhos/lucidos, e é quase toda noite que eu: "Pera... isso é um sonho." e passo a controlá-lo; um controle de sentimentos mais intenso; o frontal, rsrs, parece que tão tentando invadir minha testa e outras coisas tbm. Mas o que mais me chamou atenção, foi que esses dias eu entrei em e.v e tinha uma voz de mulher do lado da minha cama falando comigo. Pena que eu me descontrolei e fiquei com medo, nem lembro se ela estava brava ou feliz D: Enfim, motivos para continuar a estudar!!
  12. Hei, caindo aqui no tópico... =D Isso que você falou me lembrou de uma teoria sobre o Universo, não sei se você já ouviu falar... a teoria das Supercordas, em que existem vários 'universos' vibrando rapidamente um ao lado do outro como cordas.... Interessante, né? Quem assiste Fringe (muuito legal) provavelmente tem uma ideia sobre isso. Perdoem se eu errei em algo, faz tempo que li sobre a teoria
  13. Hei amigo, obrigada pela resposta! Realmente os evs ruins estão mais ligados a dias ruins, tenho a impressão de que eles ficam mais fortes... mas já tive em dia bom também... Vai saber, talvez um dia eu pergunte para alguém no astral. Tenho outra teoria também, acho que em mim eles são mais fortes que o normal (mais FORTES MEEEESMO) talvez por isso eu os acho desconfortaveis e até ruins. Nesse dia eu não fiz nenhuma técnica projetiva, só dormi exercitando meu chakra frontal, talvez tenha alguma ligação... Impressão eu sei que não é... Mas também desejo que não seja negativo! Nem sei o que teria acontecido se eu não tivesse recebido uma mãozinha... Vlw pelos conselhos Boa noite!
  14. O nome do tópico pode parecer delírio, mas meio que faz parte da minha rotina, menos a parte do beijo USHAUSH Fui dormir hoje (dia 2/12/2010, das 15h as 17h) muito perturbada. Fiz uma reclamação...devido a um bom pedaço de paranóia e acabou que virou algo ruim para outra pessoa. Insisto que tinha um pedaço de razão, mas não deixei de ficar com consciência pesada quando recebi um e-mail do chefe dessa pessoa. Enfim, fiz uma oração para os mestres, Deus, e meus mentores pedindo um sinal de que eu tinha feito a coisa certa dentre outras coisas e fui dormir. Sonhos, sonhos e sonhos... Um tinha até a Maísa (alguém sabe? kkk) e eu tinha seqüestrado ela e a gente falava em inglês e combinávamos de extorquir dinheiro, kkk, a mesma brisa de sempre... MAAAS ai vem um sonho que eu nem sei como começou, só sei do fim. Eu estava conversando com alguém (???) falando sobre Deus e eu soltei a frase que agora me envergonha: - Nanãnãnãnã (não lembro), meu pai. Mas ao invés de estar me referindo a Deus, me referia ao capeta E então veio a vibração ruim. /lembro até de pensar: má que merda, qualquer pensamento e isso vem?/ Não sei se é só comigo, mas eu divido o ev em duas categorias. O legal e o ruim. No legal eu me sinto ótima, é prazeroso e eu me sinto feliz! Mas no ruim... eu me sinto ruim, como se estivesse sendo arrastada para o inferno, é uma catalepsia muuuuuito intensa, pressão HORRÍVEL na minha cabeça e eu... só sei que é ruim Mas essa eu controlo ''muito bem'', eu consigo sair e talz. Mas toda vez que eu tentava, eu voltava... Eu desesperada, sendo arrastada pensei: Vou tentar sair. E eu consegui ... Bom, em paaaartes. Eu levantei meus braços, mas tava muuuuuuitissímo denso e eu fazia uma força danada para sair e quando eu estava levantando a cabeça eu senti alguém segurar a minha mão, de um jeito que eu só posso descrever essa energia como o arco iris, e pressionar essa energia nos meus lábios então a ev ruim passou e eu voltei a dormir. O legal é que quando eu acordo (atenção, não fui acordada) a minha mãe entra no quarto e recebe uma ligação. Adivinha de quem? Da pessoa que eu falei no inicio! Aí a gente conversa e meio que se desculpa (eu me desculpei, não sei se ela realmente quis...) e eu venho postar aqui! Me senti realmente agradecida! Daí o meu tópico e algumas explicações a mais: o Eu do Mal não surge nessa experiência, ela é meio que uma rotina mesmo... Nos meus sonhos com demônios, ao invés de perseguição e medo, eles me protegem! Me lembro de um sonho em que eu levava uma oferenda para eles e eles me agradeciam e me abraçavam! Em outro, uma demônio me salvava de um terremoto me 'guardando' embaixo da terra e o terremoto era minha culpa e eu era o epicentro dele, eu estava completamente descontrolada! Os meus amigos (desconhecidos, familia...) insistem que eu sou sinistra. E eu me esforço em ser gentil e agradável... O ev ruim também não, tanto que o que me impulsionou a aprender sobre viagem astral e espiritualismo foi isso! O 'beijo', rs, isso é a primeira vez mesmo. Não quero ser do mal! Pelo menos não conscientemente.... Alguma luz para mim, galerë? /Malz se não fizer sentido em algumas partes... mas não faz nem para mim!
  15. Incrivel minha memória? HAHAHA. Assim até aparece, mas hoje eu passei 30 min perdida no estacionamento do shopping, quando eu estava indo chamar o guarda para me ajudar a procurar o carro da minha mãe eu finalmente o encontro rs nanda.dietrich Nossa, sobre catalepsia... Me deixou louca, quando 'vinha' eu pensava que estava morrendo ou que estava sendo sugada pro inferno, E quando eu contava para as pessoas, nunca ninguém entendia... Atéeeee que eu achei a ligação com viagem astral, mas antes foi muito tempo dormindo de dia por causa do meu medo da noite. TENSO garoto_azul Heei, tudo bem? KKK, agora que você falou... lembra mesmo. Ainda bem que ninguém quis arrancar os meus olhos XD yuji Heeei, tbm tenho isso de tentar correr e não conseguir XD Quer dizer, tinhaaa. Sempre fiquei ferrada com isso, até que eu 'desenvolvi' uma técnica e eu passei a sonhar pondo em pratica isso. Simples, quando tinha alguma situação em que eu tinha que correr eu meio que ia nadando, kkk, ou engatinhando e puxando as coisas na minha frente para me impulsionar HUSHSA É estranho, mas funcionada DEMAAIS XD Graciela Veieira? KKKK, pega leve XD Éee, quando você enfrenta as coisas se tornam diferentes, é tudo sobre você, não é mesmo? Isso ai galerë do bem, beijos para vcs Continuem comentando!