Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

sergio91

B-Membros
  • Posts

    14
  • Joined

  • Last visited

sergio91's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Eu sei lá. Talvez seja mais pela temática mesmo.. Apesar de tudo o que eu li e escutei parece que não tem a menor importância.. Se lá tem espírito deformado ou sei lá o que parece que tudo tanto faz sabe... Parece que o umbral é uma coisa meio boba que o pessoal inventou pra se divertir num domingo a tarde quando não tinha nada pra fazer... As vezes eu não consigo ver algo nada de negativo, e sinto uma grande atração. As vezes parece que a dor, o desespero dos espíritos que estão aí são coisas pequenas, por "pior" que sejam. Impressão de que eles estão brincando, fazendo cosplay, indo a uma festa a fantasia.. Eu acho engraçado. Até mesmo os sentimentos negativos parecem atrativos. Talvez eu esteja precisando ir lúcido a alguns lugares pra tomar um choque de realidade..
  2. Há dias em que eu estou radiante, feliz pelo simples fato de estar feliz e querer que o mundo esteja também. Mas há dias que estou meia boca. E nestes dias geralmente sinto vontade de estar no umbral.. Tipo assim, vontade mesmo.. Interesse por ele e por lugares como cemitério. Estava lembrando do filme "nosso lar".. Queria reassistí-lo. Mas não o filme todo,só a parte do umbral! Só o umbral parece ter graça! Alguém já se sentiu assim? Atraido pelo umbral? Ou melhor, com vontade de atraí-lo? Isso é normal? Não tenho certeza de que as coisas estão claras pra mim.. É algo até novo.. De repente senti uma "afinidade" esquisita.. Vontade de umbral..
  3. Pessoal... Eu sei que o tópico pode parecer extremamente idiota, mas eu já fiz os 3 cursos e algumas curiosidades assim sempre ficam... Então eu queria saber.. Se um dia eu me projetar qual é a probabilidade(possibilidade na verdade) de ter um espírito no meu quarto? É comum sair do corpo e ter espíritos olhando? Ou é mais difícil? Eu sei que varia de pessoa pra pessoa.. Mas eu queria uma estatística geral. Quem saí com de vez enquando, se puder dar uma proporção de quantas vezes sai e tem algum espírito por perto ou não. Outra coisa.. É possível os espíritos tentarem interferir no processo de projeção? Ou mesmo se aproveitarem da situação de imobilidade da catalepsia pra fazer alguma,... como vou dizer,..sacanagem? ... É dessa parte que eu tenho mais medo. Ficar imóvel ou durante os processos e algum oportunista incomodar. Já até desisti da projeção várias vezes pro conta destas últimas questões... ..A, e mais alguma coisa... Eu moro numa república, aqui tem 2 sensitivos e um meio-sensitivo. O quarto deles é colado no meu por uma parede muito fina que não filtra absolutamente ruido nenhum. Eu sei que eles atraem um monte de espíritos e coisas esquisitas. Esses dias um sensitivo tava falando com a mãe(que morreu) da amiga meio-sensitiva.. Essa amiga meio sensitiva também era meio perseguida por um tio desencarnado... Eu queria saber se o processo de projeção pode chamar a atenção destes possíveis espíritos e atraí-los pracá... Essa parte também me preocupa bastante. obrigado pela atenção.
  4. hehe.. Eu também já fiz isso no começo... No canto inferior tem 2 botões.. O New Topic e o Post Reply... Este segundo é o para responder... O primeiro, já sabe.. hehe
  5. Dá parte do "ou seja" pra atrás eles estão certíssimos... É mesmo uma "provação"... Não é fácil ser homossexual hoje em dia. Eu sinceramente acho que viver isolado do mundo, em uma caverna deva ser mais fácil! As pessoas simplesmente não conseguem ficar quietas no canto delas! Elas, todas elas, TEM que meter o bedelho na vida das outras de alguma forma! É como eu li em algum lugar: "Nem todas as pessoas são brancas, católicas e heterossexuais." Mas infelizmente nem todo mundo vê isso.
  6. [3] É uma visão um pouco radical, mas tenho que concordar.
  7. kkkkkkkkkkkk.... É horrivel mesmo quando você não sabe o que é. Eu tinha muito quanto pequeno e ficava sempre assustado. Minha mãe me disse que era comida no estômago. Hoje em dia eu acho bacana, mas não acontece mais...
  8. Já vi muitos tutoriais mas fica dificil acreditar na validade da maioria deles. Se você pesquisar, não falta... Vi um que era assim... Olhar fixamente pro centro de uma cartolina azul, a uma distância mediana, por aproximadamente 5 minutos, tentando piscar na menor freqüência possível. Depois disso é olhar pras pessoas e sair por aí vendo a aura.. Um outro método, era olhar entre os olhos de alguém(região acima do nariz) por 5 segundos, e depois fechar os olhos. -- É pra ver de olhos fechados... Tem também um site com um circulo azul e outro vermelho, e você tem que ficar olhando pro centro afim de começar a ver cores e pontos e também tem que manipular o círculos, e fazer outros tipos de "treinamento", afim de tornar os olhos aptos a ver a aura... Agora eu pergunto.. Isso funciona? Eu. Não. Sei. Será que alguém aí sabe dizer se funciona? .... É claro que pode existir métodos pra ver a aura, mas acredito que tenha muita viagem dentro disso tudo. Eu por exemplo, quando esfrego os olhos começo a ver manchas roxas. Quando eu fecho os olhos, essas manchas ficam bem mais nítidas, assim como um monte de efeitos visuais que não fazem muito sentido. É basicamente o que acontece naquele exercício de olhar entre os olhos de alguém por 5 segundos e fechar os olhos, na minha opinião.. A questão da cartolina azul não vou nem comentar. Eu não tenho coragem de fazer. Prezo pela minha saúde ocular... A dos círculos também não faço mais, pois não quero ficar vesgo... Estas experiências estão aí, e acho que vale a pena cada um pesquisar, analisar a validade, e porque não tentar.... Só cuidado pra não forçar muito os olhos. Eu particularmente tenho evitado esses tipos de técnicas, porque acredito que um real visão da aura só é possível acontecer a partir do desenvolvimento do chakra frontal(ou terceiro olho), e não dos olhos físico. Uma coisa é você ver a aura. Outra coisa é você forçar o seu olho físico a criar uma ilusão, coisa muito fácil de se fazer. Eu mesmo criei um "método pra ver a aura na região do pescoço" .... Eu tenho um espelhinho pequeno que afasto um meio metro do rosto, e fico na frente de uma parede clara. Daí eu me concentro na "fronteira" do pescoço, exatamente no limite dele... Como sou humano, e assim como todo humano tenho um certo grau de astigmatismo, me concentro nesta faixa que fica pouco nítida... Forço a visão pra me concentrar na região e logo surge uma fínissima camada transparente exatamente do formato da pele com tipo, um milímetro de espessura.. Eu vou forçando e rapidamente ganha 2, 3 milimetros, e quando eu me concentro bastante fica com 1 centímetro. Mas é tudo muito rápido, e QUALQUER desvio da visão eu perco.... Quando ela passa do primeiro milimetro ela fica azul. Parece uma corrente de luz. Quando chega perto do centímetro, ela fica dispersa. Se é a minha aura? Eu. Não. Sei. A visão perde a nitidez, e a parece é quase azul. Então eu fico na dúvida... Acredito que o jeito é não ficar se debatendo muito se está vendo ou não a aura... Pensa assim: tanto fez... Se eu estou mesmo vendo a aura, vou tentar desenvolver isso pra um dia ter certeza, ou ter que pagar um oftalmologista... :lol A conclusão que eu tiro disso tudo é que não vale a pena ficar forçando o olho pra tentar ver alguma coisa. Se isso é válido? Acredito que sim, pois você acaba dispersando um pouco a visão da matéria e fica mais receptivo ao imaterial. Mas vale a pena mesmo fazer as práticas energéticas e de abertura do frontal... Também não vale a pena querer ver hoje ou daqui a duas horas a aura de todo mundo.... hehe Como diz o Saulo "de vagar é pressa". Me desculpe pelo tamanho do texto, e boa sorte.
  9. A pergunta clássica: sonho ou projeção? Queiram me desculpar pela pergunta, mas eu tentei pesquisar no forum e o sistema não deixou porque as palavras são muito comuns (!?). Queria saber não se uma situação em questão representa uma projeção, mas com conjunto delas. A situação em questão é: você pensa que acordou, mas ainda está dormindo, simples assim. Vou exemplificar melhor. Quando eu estudava de manha, tinha que acordar cedo, colocar trocar a roupa, colocar o tênis, e tudo o mais.. E assim eu o fazia.. Quando eu tava quase saindo pela porta do quarto vinha a minha mãe e me acordava de verdade. Dava até raiva! Daí eu pensava "a não, ainda to dormindo, droga!" Isso foi comum pra mim uma época. Acredito que muita gente tenha esse tipo de coisa. Uma vez também foi o cúmulo. Teve uma época em que eu sempre dormia uns minutinhos depois do almoço, com calça jeans e tudo, pra ser rápido. .. Um dia o cara dos correios chegou perto da uma hora lá em casa, com moto barulhenta dele, e eu logo levantei, botei o tenis, na maior pressa, abri o guarda-roupa e peguei o boné, e daí não me pergunte como eu me toquei que estava dormindo.... Daí levantei e fiz tudo denovo, coloquei o tênis com mais pressa ainda, abri o guarda-roupa, peguei o boné e novamente,não me pergunte como me toquei que estava dormindo, NOVAMENTE!... ... Mas que raiva que me deu! Hoje eu acho engraçado mas na época eu fiquei super irritado porque não conseguia acordar.... ... Daí na minha terceira tentativa eu finalmente acordei, mas acho que alguém já tinha atendido ele, pois dava pra ouvir o barulho da moto que já estava na casa do vizinho... Eu sempre pensei que isso fosse apenas um sonho. Afinal de contas, eu não tenho como tirar o tênis do lugar, abrir a porta do guarda-roupa, etc, etc, etc... Mas daí veio uma amiga minha que é espírita e faz projeção com freqüência, e me disse que era sim projeção. Não é que eu esteja duvidando dela, mas é que quando a gente conversa a maioria das vezes a gente não concorda muito, e eu queria a opinião do pessoal do forum que tá sempre estudando a respeito. lol
  10. ... Estava eu aqui a pensar baboseiras, quando essa questão me deixou curioso. Seria possível deficientes visuais desenvolverem o chakra frontal e sairem por aí andando na rua, assistindo TV, manuseando objetos, com a visão do chakra frontal, como se fosse um olho físico? Ora, se é possível enxergar outros cômodos através do chakra frontal, sem sair do corpo, o que impede de os deficientes visuais fazerem tal coisa? É muita viagem isso?? Será que isso existe? Alguém sabe de algum caso assim? Ou isso é impossível? Quem souber responder, ou mesmo responder e não souber, , muito obrigado.
  11. TOC - transtorno obsessivo compulsivo. Veja se você não tem outros "sintomas": - Movimentos repetitivos. Mania de simetria. O que fazer com o lado direito do corpo, fazer com o esquerdo também. Obsessão por números(ex, fazer tudo 6. dar 6 passos em um tipo de tipo. tocar 6 vezes algum objeto). Ou ainda fazer algo, por pensar que se não fizer, alguém vai morrer ou algo ruim vai acontecer. - Higiene exagerada. Algumas pessoas dizem que é "nojinho/frescura". É quando a pessoa não divide copo com outras pessoas, demora muito no banho, lava a mão a toda hora, de 5 em 5 minutos, 50 vezes ao dia.. Pega em objetos com a ponta dos dedos. Prende a respiração quando passa por algo que não gosta. Enfim, quanto percebem e te dizem que você não é normal. Se você tem ou teve um desses dois sintomas, é forte candidato ao TOC. Já tive todos os sintomas possíveis da doença e todos de forma muito intensa e em épocas diferentes. Imaginava familiares mortos, sangue, sexo, atrocidades. Eu ia a Igreja raramente, e quando eu ia, o TOC se multiplicava lá dentro, porque eu sentia culpa, e a culpa só o fazia aumentar. O que gera essas imagens é o sentimento de culpa. Estou convicto de que o que você tem é TOC. Tem TOC que é causado por espíritos. Tem TOC que não. Eu por exemplo, não acredito que um espírito tenha me perseguido por mais de 10 anos da minha vida. . Acho que ele ia cansar antes. Se essa coisa que você tem, vem desde a infância, pode não ser um espírito. Mas se surgiu de repente, é provável que seja(eu acho). Boa sorte.
×
×
  • Create New...