• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Carluz Sol Silva

B-Membros
  • Content Count

    177
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Carluz Sol Silva last won the day on March 14

Carluz Sol Silva had the most liked content!

Community Reputation

14 Good

5 Followers

About Carluz Sol Silva

  • Rank
    Membro Iniciando (100+)
  • Birthday 08/08/1974

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Olá, companheiro. É possível sim alterar o passado. Porém, muitos conceitos precisam ser revistos. Não há como falar do assunto sem falar de buraco de minhoca e teoria da relatividade, além, é claro, de paradoxo, pois, mudar o passado rearranjaria uma dada sequências de eventos. Seria como tirar o alicerce de um edifício que ruiria. , mas Porém, recentemente, o conceito de multiverso abriu campo para a teoria do multiego. Alterar o passado pois não implica alterar eventos mas mergulhar em um universo diferente de eventos. Leia o livro: O poder do agora para uma visão melhor do conceito de 'tempo' e o livro a autobiografia de um iogue, para uma visão melhor sobre o conceito de 'limite' e 'realidade'. Depois dê um passeio pela teoria do multiverso e faça uma reflexão sobre o que realmente significa 'ego'. Sem prejuízo, dê uma olhadinha na teoria da projeção inversa do e de viagem no tempo do colega Roberto Pineda site Projeçãoastral. No mais, em homenagem ao princípio da descrença, não acredite em nada, tenha suas próprias experiências. Abs, Carluz
  2. Olá, transitandos. Lembrei deste post, ontem, quando parei, inusitadamente, num Posto de combustível, acho que na frente de um lava jato. Já faz um tempo que o brilho da lua aumentou sua intensidade. Isso é efeito do aumento do brilho solar. Recomendo EV a todos e muita meditação pelos próximos dias. Abs, e, ah, se o mundo continuar, Feliz Era Nova! " Somos mais fortes que nossos medos e mais belos que nossos sonhos"! Carluz
  3. Também gosto dos seus relatos. Abs, Carluz
  4. Olá, conectandos. Na manhã de ontem, consegui "enganar" a minha mente, fazendo-a acreditar que estava no físico. Vi uma cidade, muito arborizada e com pouco movimento. Em uma certa colina, havia um grupo de pessoas embarcadas dentro de um vagão de trem. Após perceber o trem, observei um outro vagão "aterrizando" e se conectando ao outro vagão. Após a conexão, os dois levitaram e, como uma mágica, desapareceram diante de um intenso brilho de luz, qual uma estrela. Me assustei com o tal brilho e despertei. Embora estes eventos tenham durado algo em torno de poucos segundos de lucidez, achei interessante postar. Talvez, tenha visto um tipo futuro de transporte, que já exista em alguma dimensão astral. .... Esta manhã, senti um entidade perto da minha cama. Entre acordado e adormecido, conversávamos. Ela me prestou algum tipo de assistência que não sei detalhar e, antes de ir embora, disse que iria ajudar outra pessoa da minha família. Acordei (votei; coincidi; ressomei; despertei) com a sensação de ter sido beneficiado, leve. .... Não me importo se o mundo vai acabar dia 21. Me importo é com o que realmente significa 'mundo'. Abs, __/\__, Carluz.
  5. Olá, universos paralelos. Há uns dois ou três meses atrás, dois meninos foram executados no portão da casa da minha mãe. Duas horas antes do triste evento, eu conversava com a minha mãe sobre o problema da violência interna. Ela me dizia que o Rio estava violento e que queria que meus irmãos viessem morar na cidade de São Pedro, interior do Rio, pois aqui, no interior, as coisas eram mais calmas. Falei para ela que não era o lugar, mas sim a pessoa que atrai situções violentas para si, porque tem esses registros etéreos dentro de si e, por isso, convida estas situações. Duas horas depois deste diálogo, no mesmo local, dois meninos foram mortos a tiros. Duas crianças, praticamente. Parece que estavam envolvidos com drogas, o que não justifica nenhum tipo de violência. Ontem, pela manhã, minha comentou que, por ter ouvido os tiros do evento, passou a ter dificuldades em dormir...foi o suficiente. Hoje pela manhã, despertei a consciência exatamente onde os meninos foram assassinados. Ali, invoquei a presença dos dois. Eles apareceram e se comportavam como crianças que brincavam de se esconder. Pareciam ter medo de alguma coisa. Ao mesmo tempo, revelavam uma certa parceria entre eles. Tentaram me atacar, e por alguns instantes senti que perdia o controle e ficava sem forças. Como se juntos, tentassem me controlar de longe. Quase perdendo a consciência, comecei com um mantra simples e eficiente: Eu e Deus somos a mesma coisa, Eu e Deus somos a mesma coisa.... Voltei a ter controle de novo, mas não quis mais ficar ali enfrentando os dois. Pensei em voltar para o corpo, e eles, não me perguntem como, tentaram impedir...Entoei o mantra de novo e, finalmente, voltei para o corpo... Acho que eles se evolveram com outras forças. Talvez forças elementais ligadas ao uso de drogas. Lembro de ter falado este termo (elementais) quando os vi. Vão ficar presos por muito tempo, acredito, em função do uso de drogas e da morte violenta que tiveram, no mundo mais próximo ao físico. Vão ser atraídos por alcoolátras e dependentes químicos de toda espécie. Vão fazer emboscadas para consciências zumbis fora do corpo. Enfim, vão transformas suas escolhas em imposições energéticas viciantes na baratosfera. Triste, muito triste! Eram crianças há alguns anos, se tornaram obssessores em poucos dias..... Se eu os encontrar de novo, vou precisar de muita ajuda para tentar ajudá-los. Precisamos ficar viciados em amar.... Abs, __/\__, Carluz.
  6. Olá, crianças escondidas. Não consigo ver o mundo se não forem meus os olhos de uma criança. Não consigo acreditar que depois do carinho do colo materno, Das expressões de amor que vinha de todos os lados, por ser eu uma criança, simplesmente desapareçam e passem a dar lugar a outros sentimentos. Não consigo aceitar um mundo que me vendem feio, arruinado. Esse mundo não está dentro de mim. Não quero que minha essência se deixe levar por essa visão deturpada. Soube de muitos que mudaram seu jeito de olhar o mundo, Quando salvaram vidas; Quando estiveram preste a perder suas vidas; Quando encontraram sorrisos em meio à miséria; Quando souberam de outros que renunciaram à riqueza material E foram atrás de valores invisíveis, semeados em si mesmos, Eles voltaram a ser crianças! A criança que dentro de mim vivia, não morreu nem se mudou. Ela insiste em mim e aparece nas minhas lágrimas, que hj Representam o meu modo de ser pirracento e manhoso. Ela não gosta de certas coisas que faço e responde a elas, como um sentimento de remorso e culpa. Preciso dessa criança para viver, para sorrir, para chorar e manter meus olhos vivos e brilhantes. É ela que projeta o meu mundo e que me espera chegar do trabalho para brincar, quando então sai do meu corpo adulto, louca para voar e brincar com outras crianças: de plasmar, de volitar, de migrar para outros planetas; de amparar; de amar; de se deliciar com o universo mais sutil, mais infantil. Deus deve ser uma grande criança, que está esperando num grande jardim as outras crianças resolverem parar de crescer. Abraços, __/\__, Carluz
  7. Olha, já tem soldado usando o tal manto: http://www.youtube.com/watch?v=IxXEe8e9iNg só que este é físico mesmo. O carinha aparece correndo no final. Será montagem?
  8. Olha o que eu achei no concorrente (rs) http://projecaoastral.com/experiencias/ ... oito-anos/ Realmente, ou vc altera ou participa dos eventos futuros. Do contrário, de serveria enxergá-los?
  9. Mensagem recebida em 23 de novembro de 2012 - inspirador anônimo. Tens visto a cegueira em que aportam os demais e Te voltas contra eles em silenciosa revolta. Tens visto as tuas culpas te rondarem e te esqueces que os teus átomos vem de estrelas que por ti morreram e em ti vivem sem o remorso de terem vindo dos astros antes de constituirem homens. Se delas vinha a luz que te forja, é porque és luz que teima em ser sombra, mas hás de ser luz para sempre. Não vistes a luz viva que neste orbe pousou, há dois mil anos? Não vistes a invisível ação do Criador por trás dos cravos do madeiro? Esqueces que para tornar-se luz de novo, esta densa roupa sutilizar-se-á? Queres uma insana permanência num corpo que encerra apenas uma oportunidade? Vigias o tempo, como se ele pudesse parar ante a sua tola vontade? Transformastes o que era para ser recurso em correntes frias de escravidão ilusória? Gemes de dor, como ela pudesse ser eterna em vez de ti? Culpas o outro e a ti como se já pudesse ser soberano julgador? Tens idéia do tempo que se espera para recomeçar a purificar-se ? Se não, começas desde já: Perdoe-se, ninguém pode perdoar a ti. Ama-te, ninguém pode amar a ti. Vence-te, ninguém pode vencer a ti. Ousa ir além, ninguém pode empurrar-te à frente. Descubra no deserto a presença do silêncio, e no jejum, a neutralidade dos desejos. Pense na paz como o verdadeiro sinônimo de felicidade. Descubra que sempre fostes eterno, mas preferistes optar pela ilusão da morte, como solução para a doença da personalidade. Decida de uma vez divinizar-se, escapar à roda que, pela lei do cosmos,consome os traços que obstruem a luz que, em ti, pulsa calada. Desperta, antes, e torna a ti cosmos também. Boas críticas reflexivas. __/\__, Carluz
  10. Olá, pré-veganos. No mundo astral: Esta manhã, voava na garupa de uma mocinha no mundo astral. Passeamos perto de um mar azul. Havia uma sensação ótima de leveza. Vi os paracarros e as paravias. De repente ela caía na estrada e eu a socorri. Depois, a memória fragmentada me mostrava dois alunos meus me abraçando. No mundo físico: Ao chegar no trabalho, fui recebido por uma amiga que me fez o seguinte relato: "Estou vindo do hospital. Bati com a moto." Eu a levei para casa. Ela está bem. Mais tarde, fui ao forum, entrei na sala de audiências e ali encontrei os tais dois alunos que tinha visto fora do corpo. Os eventos astrais são mais leves e ocorrem em tempos distintos. Ações ressonam o tempo todo construindo a re-realidade a sua volta. Tudo se repete e se repetirá se vc não despertar. Se a consciência pode mostrar os fatos antes, ou é porque podem ser alterados, ou porque vc participará deles. A projeção não é uma brincadeira é uam ferramenta evolutiva. A vida é transdimensional. Tô começando a achar que o Waldo tem razão... "O sono é o estado de coma da consciência." Boas reflexões. A amor desaparece,mas nunca morre! Carluz
  11. Acho que é sempre o que vc acredita. Se achar que um obstáculo existe ele existirá. O mundo astral reage à sua vibração, aliás, o mundo físico também. O portal foi criação da sua vontade. Sua vontade é sempre o que conta para o universo. Abs, Carluz
  12. A visão nítida depende do estado de vibração do chacra frontal. Se a energia estiver legal, sua paravisão será boa. Há uma apostila sobre 3º olho na internet muita boa para quem se interessar sobre o tema
  13. Olá, em especial para P.J e H. Após uma breve conversa sobre V.A. com amigos ontem, e muita EV, consegui ganhar consciência fora do corpo esta manhã, o detalhe é que o dia de ontem e de hj estão muito propensos à absorção de energias. Acho que tem a ver com as correntes de prana que correm por aí ou mesmo com a abertura dos chakras. Entre 07 e 08 da manhã ainda deitado, observei que estava ao lado da minha vó, em outra casa. Ao perceber que estava fora, percebi que não tinha lucidez suficiente para explorar o ambiente astral. Decidi pular a janela da casa dela em direção à lagoa de araruama. Durante este "pulo" resolvi exteriorizar energias. Senti que com isso o ambiente ao redor e o meu próprio corpo se tornavam mais delimitados e estáveis do ponto de vista da forma. Acho que fiquei fazendo experiências diversas por um bom tempo. Tanto tempo que me questionei certa hora se estava desencarnado. Resolvi pensar no corpo para voltar. Não deu certo, perdi a consciência por um tempo, e acordei umas 09 e tal. Acho que, dependendo do dia, devemos retirar o excesso de energias para enxergarmos melhor. Abraços aos iniciantes, __/\__, Carluz
  14. Que engraçado, hj, ganhei uma lata de coca-cola com o meu nome. Enigmático, não?