Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Daniel Andrade

B-Membros
  • Posts

    18
  • Joined

  • Last visited

Daniel Andrade's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Muito esclarecedoras suas respostas, principalmente no que diz respeito a relação dos chakras umbilical e sexual com as relações interpessoais. Muito obrigado. Prometo que postarei possíveis progressos. Abraço
  2. Obrigado pelos conselhos pessoal. Eu me projeto semi-consciente muito rapidamente, antes mesmo de chegar a metade de uma técnica energética. Acho que fico desprotegido e com pouca lucidez pela falta da técnica energética. O que fazer para demorar um pouco mais para entrar em estado de catalepsia?
  3. Oi Carlos, Obrigado pela resposta. Mas e essa sensação que sinto no umbigo e área genital? Você sabe o que pode ser?
  4. Olá amigos, Há dois dias tive uma experiência fora do corpo um tanto desastrosa. Seguindo a conselhos de vários colegas que leram meus posts anteriores, estou tentando vencer o medo de espíritos, porém estou enfrentando um novo problema. Muitas vezes, creio que devido a inexperiência e baixo grau de consciência durante as projeções, eu não consigo distinguir muito o que está acontecendo no momento logo antes e poucos segundos depois da saída do corpo. Muitas vezes apenas tenho consciência que estou começando a me projetar, mas não consigo distinguir as imagens que realmente vejo das imagens projetadas pela minha mente. Aí que está o problema! Sinto uma sensação estranha na região do umbigo e na área genital, como se estivesse doendo ou sendo puxado por esses pontos. Tento então identificar o que é: se apenas meus chakras trabalhando ou se estou sendo "drenado" por meus "colegas" obsessores. Durante anos, imaginei que fosse sempre obsessores, mas há pouco tempo comecei a pensar que pudesse ser apenas um sonho lúcido ou meu próprio medo projetado na forma de sombra (na ocasião de dois dias atrás vi duas sombras ao meu lado). De repente a sombra fala: "_O que você vai fazer agora, Daniel?!?! Você está com medo de novo?!?" Aí, como estou criando coragem, creio que assim que pude me desprender um pouco mais, segurei a sombra pelo pescoço e disse a ela (imaginando que fosse um sonho ou minha mente pregando uma peça em mim): "_Nâo estou com medo, pois nós somos a mesma pessoa". Em seguida ela me joga no chão, chega o rosto bem próximo de mim e diz: "Não, não somos". Na mesma hora comecei a pensar no corpo físico e a movimentar meu pé, acordando em seguida. Ufa. Fico feliz de poder contar esse relato para alguém e ter a certeza que tentaram me ajudar a compreender e vencer esta situação. Um abraço a todos.
  5. Muito interessante pensar nos obsessores por esse ponto de vista. Vou tentar, mas é difícil. Gostei muito da sua resposta. Na verdade fiquei um tempão pensando no que iria responder, mas não encontrei nenhuma resposta a altura da sua. Você esta certíssimo. PRECISO CONDICIONAR MINHA MENTE A ACEITAR AS COISAS DE UMA FORMA MAIS SIMPLES e ter em mente que se pretendo ajudar vou ter que superar não esses espíritos que precisam de ajuda, mas sim meus próprios demônios interiores. Muito obrigado.
  6. Por falar em sonhos, já tive um em que devido há alguma discussão com um amigo, tentei agredi-lo no sonho mas estava com os movimentos lentificados. O mais incrível é que alguns dias depois meu amigo disse que sonhou comigo e que eu tentava bater nele, porém meus movimentos eram tão lentos que não conseguia acerta-lo. rsrsrsr Mas isso foi um sonho, não uma projeção... eu acho.. Abraços
  7. Não sei até que ponto acredito na teoria dos sonhos de Freud... Ela até que faz sentido, principalmente a parte do "mecanismo de defesa do ego", porém, considerando que Freud baseou boa parte de suas teorias em traumas da infância e na frustração da impossiblidade de manter uma realação incestuosa entre filhos (na fase do Complexo de Édipo) e suas mães, acho um tanto quanto superficial acreditar na "psicologia dos sonhos". Não sei se estou me expressando bem, porém partindo de que acredito nas sucessivas reencarnações, uma teoria que leva em consideração tão somente a infância com certeza é cheia de falhas no que diz respeito ao inconsciente.
  8. Concordo com vocês, principalmente no que diz respeito a melhora íntima como forma de não atrair, por afinidade, esses seres. Mas é difícil, né? Por enquanto, como a melhora dos nossos sentimentos, emoções e do ambiente é gradual, tento contornar a situção ouvindo toda a noite algum áudio do Saulo antes de realizar a Técnica Completa. (Sinto menos medo quando faço isso). O mais engraçado é que minha esposa e eu, apesar de não conhecermos o Saulo, consideramos ele um amigo e sentimos falta da voz dele antes de dormir. rsrsrs Muito obrigado pelas respostas... ajudaram muito! Um abraço e boas projeções. Daniel
  9. Já aconteceram coisas semelhantes comigo. Uma coisa que percebi há algum tempo é que quando estou em EV fico abrindo e fechando a boca... rsrsr. Muito estranho! Mas não é só abrindo e fechando normalmente... acho que quando abro a boca sinto um estalo na articulação temporo-mandibular e tenho consciência de tudo. O estranho é que essa manifestação ocorre no corpo físico, pois meu irmão já viu eu fazendo tal movimento, apesar de eu estar em EV.
  10. olá pessoal, Essa noite tive novamente uma projeção consciente. Vou relatar aqui e peço que me ajudem com as dúvidas. Tinha acabado de escutar o último áudio do Curso do Saulo e como já estava muito tarde, adormeci. De repente, retomo a consciência e percebo-me deitado na cama, em estado vibracional. Lentamente tentei me sentar na cama, quando houve então o desprendimento da parte superior do corpo. A parte inferior também desprendeu-se facilmente, porém meu corpo foi projetado para baixo, em frente a minha cama, com meu rosto chegando a tocar o chão. Não tive nenhuma visão panorâmica do quarto, então não posso dizer se ele estava exatamente igual ao físico. Quando tentava me levantar, meu corpo astral era tracionado para trás. Sentia meus movimentos muito lentificados, o corpo estava pesado e era muito difícil se mover. Não consegui me afastar do corpo físico, ficando a uma distância máxima de 1 metro e meio da cama. Não percebi a presença de nenhum espírito no quarto, como tinha acontecido na projeção passada. Devido ao forte medo de espíritos, pedi a Deus que tivesse um mentor ali. Num desses puxões, acabei despertando. Minhas dúvidas: Durante a curta projeção percebi que tive momentos de maior e menor lucidez. Isso é normal? Num desses momentos, quanto tentava me concentrar para não perder a lucidez, percebi que no momento anterior (menor lucidez) eu estava tentando voltar ao corpo físico. Ou seja, percebi que quando me projeto, mesmo conscientemente, parece que não gosto de estar naquela situação. Acho que o maior motivo para isso é o medo de espíritos. Tenho muito medo de sair do corpo e dar de cara com um espírito no quarto. Rezo antes de dormir para que isso não aconteça. Tenho vontade de ajudar essas pessoas, porém não no meu quarto. Não consigo me acostumar com a idéia de deixar meu corpo, aparentemente indefeso, sobre os olhos do meu obsessor e simplesmente sair pela janela. Gostaria muito de dar um jeito para que esses espíritos não entrassem no meu quarto, mesmo que eu desse de cara com eles na primeira esquina. Isso é possível? Evitar que seus próprios obsessores entrem no quarto? Espero que respondam e possam me ajudar. Abraços
  11. Obrigado pelas respostas. Fiquei realmente muito feliz por esse avanço, pois há tempos não tinha uma projeção consciente completa. Na maioria das vezes, por medo, sempre acordo quando me percebo em uma projeção consciente involuntária. Tem sido muito difícil controlar o medo. Tenho rezado antes de dormir para não dar de cara com algum espírito dentro do quarto. Eu não sei porque sou assim, mas morro de medo de espíritos... rsrsrs Um abraço a todos que responderam...
  12. Olá pessoal, Consegui avançar um pouco do estado de catalepsia essa noite e tive a sensação de estar com o corpo astral rodando, como em espiral, acima do corpo físico. Do meu lado percebi a presença de um espírito falando alguma coisa que não me lembro o que, mas parecia tentar me incomodar com o objetivo que eu desistisse da projeção consciente... (pelo menos foi isso o que passou pela minha cabeça na hora). Nesse momento escutei uma voz, tão real quanto se estivesse acordado, que disse "fique calmo". Foi uma das poucas vezes que não me assustei com uma voz no astral, na verdade a voz era bem agradável. Tentei então abrir os olhos para enxergar o assediador ou o possível mentor, porém perdi a concentração e acordei no corpo físico. Fiquei muito feliz com esse avanço. Fica aqui um conselho pra quem tem medo: escutem os audios do Saulo antes de irem dormir, mesmo que já tenham escutado. Dá uma sensação de segurança e creio que nos sintoniza com os mentores. Abraço a todos Daniel
  13. Oi Carlos, Não entendi muito bem... você quer dizer que eu realmente ouvi uma criança gritando e acordei? Ou que durante a projeção pude presenciar uma criança gritando? No caso da primeira hipótese, acho pouco provável, pois minha esposa não ouviu nada, já estava deitada mas acordada. Agora a segunda hipótese também me parece estranha pois não tinha realizado a projeção completamente ( o que raramente faço), ainda estava no meu quarto. Na grande maioria das vezes minhas projeções são involuntárias... sendo que o estado de catalepsia é quase diário, chegando até a incomodar um pouco, já que tenho muito medo por acontecimentos e traumas durante a adolescência. Um abraço Obrigado pela resposta Daniel
  14. Olá pessoal, Talvez alguém posso me ajudar. Na última noite ao realizar uma projeção astral involuntária ( porém consciente) escutei um grito dentro da minha cabeça ou então muito próximo a mim. Eu estava fazendo uma projeção parcial, logo depois do estado de catalepsia. Acho que apenas minha cabeça tinha se projetado (mas não tenho certeza). Assim que a região correspondente à cabeça se desprendeu do corpo físico ouvi um grito assim: "Não pai, sai daqui!!!"... era uma voz de criança. Me assustei, pois o grito foi bastante alto. Meu coração disparou... como pensei que poderia se tratar de algum espírito e ainda não tenho preparo psicológico para encarar isso com naturalidade, tentei perder a consciência (essa minha tentativa de perder a consciência é meio involuntária e acontece sempre que tenho medo). Nessa tentativa acabei voltando ao corpo físico e despertando. Rezei para o possível espírito alcançar paz e adormeci inconscientemente. O que acham disso? Por favor respondam... Daniel Abraços
  15. Olá Julio, Senti a mesma coisa quando vi o filme. Eu já tinha tendências ao vegetarianismo e o filme veio reforçar essa escolha em minha família. Ser vegetariano é o mínimo necessário para tratar esses companheiros de jornada com dignidade. Não coloquei o link do site antes porque não sabia se era proibido pelas regras do fórum. Mas como ele está inteiro e sem cortes no youtube, provavelmente não deve ser proibido. O link é: http://paredesdevidro.com/ Tem várias opções de como baixar o arquivo ou assistir online. Fico feliz que tenha gostado do filme. Um grande abraço Daniel
×
×
  • Create New...