• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

fut.doc.

B-Membros
  • Content Count

    7
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

fut.doc. last won the day on September 19 2017

fut.doc. had the most liked content!

Community Reputation

5 Neutral

1 Follower

About fut.doc.

  • Rank
    novo Membro (1+)

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Nossa, muito obrigado por ter enviado esse vídeo. Eu realmente sempre tive um certo interesse em conhecer mais sobre a glândula pineal. Excelente palestrante, excelente pesquisa!!! Muito bem fundamentada. Muito obrigado mesmo!!!
  2. Olá pessoal, Eu estou tentado fazer projeções há algum tempo, mas infelizmente não tive tanto avanço. Espero conseguir em breve. Li algumas técnicas que foram relatadas neste site e irei exercitá-las hoje. Mas a minha dúvida é a seguinte:qual a melhor hora para fazer uma VA? Eu já ouvi falar que é em torno de 3 horas da manhã, pois é o período em que a glândula pineal secreta maior quantidade de melatonina. Alguém pode me dizer se esse argumento confere? Serei grato por qualquer ajuda. Tudo de bom a todos!!
  3. Olá, obrigado pelo retorno. Eu estou fazendo Yôga. Realizo com frequencia exercício de relaxamentos e de meditação. Mas essas pulsações me prejudicam até nisso, porque mesmo em repouso elas me incomodam. Assim, eu acabo desviando muito minha atenção dos exercícios. Sinceramente, não acredito muito na possibilidade de serem de origem emocional. Eu vejo as batidas do meu coração contra o tórax. Até os cabelos do meu peito vibram com as pulsações. E isso é em todo o lugar. Se eu ficar sentado de pernas cruzadas, a perna que estiver suspensa ficará "tremendo". Só de fazer um simples movimento de pinça, com os dedos, já percebo as artérias. A manga da minha camisa também fica "tremendo". Tudo de bom.
  4. Olá, agradeço bastante pela resposta. Como é exatamente essas suas pulsações? Vc sempre sente? Quando começou? Especificamente no meu caso, acho que não tem relação com o lado emocional, pois eu até faço Yôga. Costumo ser calmo e tranquilo, e mesmo assim percebo as pulsações, porém de forma menos intensa. Mas isso não as deixam imperceptíveis. Não havia pensado na possibilidade de diminuir a consistência sanguinea, vc pode me dizer mais a respeito? Quais alimentos vc me recomenda? Minha pressão é normal, geralmente até abaixo de 12/8, cerca de 11/7. Aguardo retorno. Tudo de bom!
  5. Tenho que discordar de vc Bruuu. Se vc der uma pequena observada nos monges tibetanos por exemplo, verá que grande, mas grande parte estao "abaixo do peso" e isso significa que eles tem que ganhar peso? Quem diz o quanto de peso é ideal para cada um? A medicina? Está que está super evoluida e sabe de tudo? Bem eu digo por experiencia propria, pois eu tenho 1,83 e estou pesando 66, isso que dizer que estou bem abaixo do peso né? Pois bem, eu perdi uns 12 kg esse ano(parei de comer carne tmb), somente reduzindo +- uns 2/3 da minha alimentação. Fiz isso pois achava que comia demais e sem necessidade, o resultado é que meu estomago foi se acostumando e passei a comer menos. Eu sempre fui sedentario e meio indisposto muitas vezes, mas hoje eu me sinto muito mas muito masi disposto, com mais energia e vigor fisico que antes. Tenho certeza que o ser humano do futuro será muito mais magro que nós. O problema é nossa cultura. Há uns 300 anos o sinal de saude era ser gordinho, bem rechonchudo, se vc fosse uma pessoa toda definida, sem gordura, vc era visto como alguem com uma saude inferior e se vc fosse eu entao, era visto como um morto vivo, auhuahuhauhuha. Hoje em dia predomina a visao de saude apra as pessoas malhadas, definidas, é só ver na tv por exemplo como a grande maioria tem esse perfil. Hoje ja vêem os gordinhos e os magros, tipo eu, com menos saude. Bem, eu aconselho vc Fut. Doc a nao se preocupar quanto a isso, apenas ficar atento aos sinais do seu corpo, estar em sintonia com ele, que vc irá perceber os sinais que ele vai dando. O problema é que a medicina, como a maioria das ciencias, dizem saber de tudo e estarem com a razao. Eu não acredito piamente em uma doutrina que diz que nossos pensamentos, emoçoes e tudo mais são frutos de um cerebro, ou seja, uma epdaço de carne que pensa, auhahuhuauha. Sem querer desmerecer a ciencia, porém eu prefiro ser feliz com meu esteriotipo igual desses monges tibetanos ao invez de ser obrigado a ganhar peso para dizer que agora estou indo bem. Abraço pra vcs! Concordo bastante com o que vc disse Leonne. Sei de várias pessoas bem mais magras do que e que não apresentam uma pulsação tão evidente. Agradeço o retorno. Em relação à Medicina, tenho que confessar que diante de tudo que andei passando, fiquei bastante frustrado com ela. Nenhum médico foi capaz de me ajudar efetivamente. Mas é isso, tudo de bom para vc!
  6. Bem Bruu, primeiramente eu agradeço muito pelo seu retorno, mas acontece que eu concordo parcialmente com o que vc disse. Eu posso até ter um biotipo longilíneo mesmo, mas eu não conheço nenhuma outra pessoa que tenha uma pulsação tão forte, ao ponto de me deixar tão incomodado. Há pessoas que são até mais magras que eu e não apresentam esse problema. E eu até cheguei a fazer um tempo de academia para tentar sanar esse problema, mas não tive resultados muito significativos. É algo mais interno que externo. Mas agradeço de qualquer forma.
  7. Olá, tenho 20 anos, em torno de 65kg e 1,80m. Há cerca de 2 anos venho notando uma forte pulsação por todo o corpo. Se eu simplesmente fechar a palma da mão, consigo perceber facilmente as artérias bombeando sangue. Eu consigo VISUALIZAR meu coração batendo sobre o peito e a minha Aorta abdominal pulsando na barriga. Já recorri a vários médicos, fiz vários exames, mas deu tudo normal. Uma vez fui a um centro espírita em Brasília, bem respeitável, e uma entidade me disse que eu estava com desequilíbrio de chákras. Ele fez uns "rituais" lá e referiu ter conseguido alinhar eles. Mas mesmo assim continuo sentindo essas fortes pulsações. Alguém tem alguma idéia do que pode ser? Certamente não é nada normal, já que chega a me incomodar bastante. Serei eternamente grato por qualquer ajuda oferecida. Agradeço muito a atenção.