• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Rafael Muniiz

B-Membros
  • Content Count

    62
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral

4 Followers

About Rafael Muniiz

  • Rank
    Advanced Member
  • Birthday 05/19/1995

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Ola pessoal, boa tarde, faz tempo que não posto nada aqui né? Vou compartilhar com vocês uma pequena experiencia que tive hoje á tarde. Foi curta, mas teu pra eu tirar alguma coisa que tenho que melhorar com ela. É, bem... Estou lendo, como acho que vocês já sabem o Projeções da Consciência, e antes de começa-lo a ler, eu já venha sentindo uma coisa "estraaaaanhas" na hora de dormir, como nunca antes. Eu me deitava e com uns 3/4 min (sério, era mais ou menos isso mesmo) já sentia um minha cabeça tremer e entrava em catalepsia, mas não saia (acho que não), ficava lá, esticadão, vendo uma imagens, e logo depois parava. Pois bem, voltando ao atual, eu to lendo esse livro, e fui me deitar um pouco hoje a tarde, e fiquei com uma vontade enorme de ter uma projeção à tarde pra ver como era (já tive uma, mas á um bom tempo), ai pedi auxilio aos mentores, e também disse mentalmente que queria ser útil, ajudar alguns amigos que precisam (fui meio ignorante, mas enfim...). Me deitei e passou uns minutos, e percebi chegar um EV, e logo chegou uma catalepsia, foi nesse momento que eu fui tentar sair, consegui! (ebaaaa ) Mas consegui sair com um pouco de dificuldade, fui lucidamente até a sala, minha mãe não estava, a TV tava ligada, a cadeira do PC afastada... me lembrei de me olhar no espelho. Quando fui me ver, foi incrível, de principio não conseguir ver muito, ai depois que fixei meu olhar um tempinho do espelho, comecei a reparar minha silhueta meia fosforescente, e depois vi meu rosto meio tremido, mas consegui me olhar bem. Me lembrei de puxar o dito DEDINHO lá... puxei o primeiro, o dedo indicador, mas nada. Ai comecei a puxar o dedo indicador e o dedo médio, comecei a ver se esticando um pouco e minha visão ficou mexida, tremula e logo perdi a lucidez. Quando voltei pro corpo, fiquei lá no estado de catalepsia, mas não forcei-me pra sair, fiquei ali, naquele estado refletindo nos meus atos, nas minhas palavras, nos meus pensamentos. E me questionei mentalmente porque sai, mas não fui ser "útil", logo logo chegou uma resposta na minha mente: "TU NÃO ESTAS PREPARADO AINDA, VÁ TRABALHAR ISSO, QUE SÓ NÓS, NÃO VERAS SURTIR EFEITO.". Comecei a refletir nisso, e é mesmo, ando muito parado, sem fazer nada, sem usar minhas energias, se não uso aqui no físico, como irei me dar quando chegar lá no astral e me deparar com uma situação como um irmão precisando bastante? Tenho que mudar isso, e vou começar já! Então é isso amigos, só foi um "pequeno" pra compartilhar com vocês. Abraços! Luz...
  2. Olá amigos, vou compartilhar com vocês, uma experiência que tive essa noite. Bem, já me despertei fora do corpo, quando reparei que minhã mãe estava ao meu lado, meio fora de si (é até cômico isso ), mas também não fiz muita questão pra meche-la.. Ai reparei também que estamos em tipo uma recepção, tinha uma moça lá, em algo parecido com um balcão, as paredes eram todas de vidro, sentamos lá e esperamos, olhei pra minha mãe, ela tava sorrindo, e perguntei o que estávamos fazendo ali, ela meio sem palavras, me disse que ela sabia o que estava fazendo... Quando de repente, apareceu de uma porta, um senhor, que não vem ao caso eu falar o nome dele (sei quem é, e vocês também sabem), ele tava com um terno quase branco, meio amarelo e uma grava azul anil, muito linda por sinal. Quando reparei quem era, me deu uma certa emoção, e fui ao seu encontro, peguei na mão dele e beijei-a , e no mesmo ato, ele pegou a minha e beijou-a, minha mãe se aproximou e disse que tinha que conversar com ele, ele olhou pra mim, fez um gesto, que era pra eu me afastar, e deixa-los a sós. Me recolhi em um local e fiquei vendo eles dois conversando, quando de repente chegou uma mulher em mim e me disse, - Me leva pra onde tu mora. Eu no mesmo momento me recolhi um pouco e disse à ela que não tinha como, ela olhou mais uma vez pra mim, e com um ar de raiva disse mais uma vez: - Me leva pra onde tu mora! Eu disse que não podia, porque aonde eu moro não é local adequado pra ela. No mesmo momento, ela tirou o trapo que estava sobre ela, e se deitou toda pelada no chão com um cigarro na mão, que não faço ideia de onde veio. Eu perguntei a ela porque ela estava assim, ela olhou pra mim, e com ar de arrogância, virou o rosto e ficou balançando os pés. Olhei pra trás e não vi mais minha mãe nem o senhor (pensei logo que ela tinha voltado). Então olhei de volta pra mulher, e ela já tava correndo na minha frente, alguns metros de distancia então tentei emanar luz para ela, mas algo me disse que ali não era o momento apropriado! Então não me lembro mais de muita coisa, me lembro só de ficar admirando o lugar, era muito bonito! Então é isso pessoas... Até a próxima!
  3. Ele postou tipo uma brincadeira... Mas não vale a pensa brincar! Ahh e é russo sim"!
  4. Oi pessoal, boa noite, estou aqui novamente pra compartilhar com vocês uma experiência que tive ontem a noite. Fui me deitar depois de meia noite, ou antes, não me lembro bem. Ai fiquei assistindo um pouco de TV, comi um pedacinho de chocolate... enfim, fiz quase sempre as mesmas coisas de sempre. Ai coloquei uma música pra tocar no meu cell. Assim que fechei os olhos, coisa de minutos, já me deparei com um barulho estarrecedor , o barulho que quase sempre ouço quando estou me projetando, e fiquei deitado na rede... ai não consegui ver, nem tão pouco falar, queria me mexer e nada, mas não era catalepsia, pois conheço bem como é. Até então não tinha percebido que estava projetado, queria gritar pela minha mãe ( são sempre os pais que nos acode na hora do aperrenque ), tentei gritar por ela, e só saia alguns barulhos estranhos de minha boca, tipo minha fala cortando, e escutei um grunido do meu lado, foi nessa hora que consegui, com muito esforço abrir um pouco meus olhos, e me deparei com um rato do meu lado na rede. Como não tenho medo de rato nem nojo, peguei ele e joguei pra fora... Ai conseguir me levantar da rede, ainda enxergando muito pouco, e foi nesse momento que percebir minha projeção, pois senti toda a frieza do chão nos meus pés! Fui direto no quarto da minha mãe, que sempre dorme com a porta aberta, e ontem estava fechada ( no astral ), entrei e conseguir gritar por ela... Ela tipo, levantou a cabeça, e me disse assim: menino tu ta ficando é doido, vai dormir. ( ela tava projetada, mas não consciente. Foi nesse momento que focalizei todos meus pensamentos nos mentores ( pensamentos de pavor da situação e angustia )e imediatamente consegui voltar pro corpo. Quando abri os olhos, me deu um alivio, vim com todas memorias do momento, saem esquecer de nada. E fiquei meditando em mim mesmo, fiquei pensando que isso aconteceu, porque talvez, eu não estou fazendo pratica, ou técnicas, e talvez meus chacras estivessem bloqueados. Como eu tava com o cell pertinho de mim, e tem umas técnicas do Saulo, resolvi por pra escutar e pratica-las. P.s.: Já faz algumas noites que ta me acontecendo isso, mas não tão intensamente como ontem. E ontem a tarde também.... Então é isso pessoal..
  5. Projeção, que tive agorinha a tarde, no momento da iniciação do 1° grau de reiki... Não sei onde era, nem quem era o senhor , mas tinha um senhor idoso já, não to conseguindo lembrar da fisionomia dele, que eu tava passando numa rua, e ele me chamou e começou a puxar assunto, perguntando sobre a Projeção Astral. Ai eu expliquei para um pouco do meu conhecimento sobre P.A., e teve uma hora que ele falou assim: Tu ta projetado né? Eu disse que sim. Ele disse que tem tantas pessoas que fazem isso, saem por ai, vão fazer um monte de coisas e ainda dizem que não acreditam, ai eu disse desse jeito: É verdade, eles não acreditam em nada, e ainda nos chamam de loucos, acham que projeção é P*** nenhuma ( eu só disse o P mesmo... hihihi )... Ai ele falou que ele não passava mais por isso, por já tinha partido daqui ( ele se referia vida física ) e disse que como tem gente cético aqui, tem do mesmo jeito lá... Pessoas que "morreram", e quando vão dizer que morreram, começar a dar "coices, patadas" ( foi assim que ele falou, e deu um leve sorriso )... Eu sair do lugar, e ele ficou lá sentado, eu disse até mais, e ele me disse, até já e riu! Não sei porque...
  6. Obrigado por todo carinho Nat.. Você tambem, pode ter certeza é muito especial! te adoro! Bjooos!
  7. Ola amigos, boa noite... Hoje a tarde fui ler um pouco do livro dos espiritos e acabei adormecendo, e tive um sonho...com a Wal... Vou postar aki como está no e-mail que mandei pra ela... "É porque é assim, eu participei da aula de entrodução a concienciologia aqui em fortaleza, e o curso começa amanhã, e no momento eu to sem condiçoes financeiras de fazer o curso, e no sonho, eu pegava um transporte que você( a Wal) estava dentro dele, e começamos a conversar, quando você tocou nesse assunto: "Oow Rafa, e ai vai fazer mesmo o curso?" E disse, que no momento não tava com condiçoes de fazer o curso e tal... E você( a Wal )sentou do meu lado e me disse bem assim: "Não te preocupas Rafa, eles vão te entender e você vai conseguir uma coisa maravilhosa." E nessa hora você colocou o dedo na cabeça, como se tivesse fazendo um gesto pra eu pensar... E a conversa tava tão boa que acabei passando da minha parada final, e sai deu um abraços em você e voce disse uma frase, se não me engano era assim: Namastê, luz no seu caminho ( acho que foi isso, ou coisa parecida).. Então me acordei e pensa na noticia boa.... O professor do curso de concienciologia mandou uma mensagem pro meu celular assim: Boa tarde Rafael. Aqui é do Intercampi. Estamos lhe AGUARDANDO no curso amanhã. Lucio Galvão( é o professor). Então ligue pra lá pra saber, e ele me disse que a Dr° Debora Nobre( a psicologa que tinha dado a aula experimental) tinha lhe falado, que no momento eu estava não com uma boa condição financeira, e ele disse que eu ganhei uma "bolsa".. To muito feliz! :D"
  8. Ola amigos, boa noite... Estou passando aqui pra compartilhar com vocês um acontecido ontem na sala de aula( sobre consiensiologia. ) Ai começou a aula "teórica". Ai a profª começou a falar e tal, ai chegou na hora "pratica", Mobilização básica de energias. Ai apagaram as luzes, era uma sala pequena, e a profª foi guiando o circuito, fechei os olhos, e comecei a fazer a movimentação energética, logo cheguei no EV, e depois foi a exteriorização para o ambiente ( a sala ), ai foi nessa hora que aconteceu o que eu não previa... A voz dela foi ficando distante... e começou uma catalepsia... Senti uma mão no meu ombro, e fui instantaneamente levado para um local muito denso, tipo um mangue, tinha lama, muita lama, e senti que eu não estava só, senti uma presença, só que não conseguia ver... E um pouco adiante de mim, tinha umas entidades, digamos que "deformadas"( uns 50 metros) e começaram a se aproximar, e eu recuando( pois pensei que ali, naquele momento onde em tava, *no corpo fisico* não era o local apropriado pra uma 'projeção'), e fui recuando, recuando; e eles se aproximando, até que voltei pro corpo, na catalepsia ainda, e abri os olhos, e não via nada, tudo escuro mesmo, e la nem tava tão escuro assim... Ai aos poucos fui recuperando os movimentos( e a professora percebeu que tava acontecendo alguma coisa ) e aos poucos fui conseguindo ver clarões e voltando a "visão". Lá tava com o ar-condicionado um pouco frio( creio que uns 17°C ), e quando eu voltei, eu tava transpirando mesmo, muiito ( Daiane que não me deixa mentir )... O pessoal foram embora, e fiquei conversando com a professora, e disse que a uns dias atras eu tive uma experiencia de amparo num "cémiterio", e tal, ai ela disse que poderia está ligado de alguma maneira... Então é isso... Num tava nem querendo postar, mas.... acabei postando... Foi uma experiencia que nunca mais vou esquecer.
  9. Oi amigos, olhem só, vou postar aqui uma coisa que me aconteceu essa noite, não sei explicar, se foi sonho ou uma experiencia extra-corpórea, mas vamos lá... Vou contar o que me lembro (quase tudo). Foi assim, eu tava fui no cemiterio que meu pai, e minha avó estão sepultados. Ai passei lá, passei pelo os dois tumulos, e fui subindo em direção a saida, quando de repende, vejo um mulher sentado em um jazigo com duas moças, uma de cada lá, com as cabeças encostadas nos ombros da mulher, uma de cada lado. Ai essa mulher estava chorando, e perguntei o que ela fazia ali; ela me disse que veio visitar o tumulo das filhas que tinham morrido 4 dias "atrás" ( no sonho) de acidente de transito. Ai falei que as filhas dela, estava junto com ela, ai ela se espantou, olhei pra trás, e quando olhei novamente, as moças e não estavam lá, Ai perguntei a senhora se eu podia colocar minhas mãos sobre a cabeça dela, e ela disse que sim. Então coloquei minhas mãos, e na minha mente, disse que as moças podiam aparecer que eu só queria ajudar, ai elas apareceram e fiz uma prece, levantei minhas mãos, e pedia ajuda aos mentores( foi assim que pensei na hora, MENTORES), e coloquei minhas mãos tambem sobre as moças, e sei que final de tudo e conseguir beijar a cabeça das tres mulheres. Nossa, sai dali com uma felicidade enorme, enorme mesmo que meu coração quase saia pela boca,( tava batendo forte de felicidade), ai fui pra casa, entrei em contato com o Shankara, e pedi pra ele medir meus chakaras, e ele disse que meu chakara cardiaco tava tão expandido que ele se admirou (pois ultima vez que eme mediu, sem ser no sonho, estav um pouco baixo), e eu disse pra ele que era a felicidade que eu tava sentindo de ter sido util. Pois bem, no outro dia, eu gostei tanto da sensação, que fui em outro CEMITERIO, mas dessa vez, eu não estava só, tinha mais duas pessoas comigo, um homem, e uma mulher, e eles estavam me dizendo o que eu poderia encontrar e tal. Ai entrei no cemitério e encontrei logo uma placa caida no chão, com a imagem de um fantasma,( rsrsrrrsr), peguei essas placa e disse assim pra eles: olhá só, que coisa estranha, uma placa sinalizando fantasmas. Ai fomos lá, sobimos na parte mais alta do cemiterio ( que dava pra ver toda cidade, era uma cidade tipica de interior), e levantamos as mão ( não sei muito bem pra que, mas o home disse que era pra recebermos o poder do COSMO/ DEUS, ou coisa parecida, para o trabalho que iamos fazer naquela noite.), e depois fomos dar umas voltas pelo local, dai encontramos um espirito todo deformado, pedindo ajuda; fomos lá ajuda-lo; ajudamos, e levamos ele pra tipo um local que estava preparado só esperando por nós, era um local muito iluminado, dentro do proprio cemiterio. Pois bem, fizemos isso com uns 3 espiritos se não me engano, quando saimos do cemiterio. Lá fora, estava tendo uma festa ( nossa, que festa horrivel, todo mundo transando, usando droga, e tudo mais que voces pensam ai.) Ai não sei o que me deu, que fui lá na frente e dei um gripo bem alto, pedindo para eles pararem com aquilo, pois eles só estavam fazendo o mal pra eles proprios. Ai quando eu acabei de falar, veio um home, não sei de onde; ele tava com uma garrafa de bebida na mão, quebrou a garrafa, e ficou com os pedaços de vidros na maõ, e veio na minha direção, tentando me furar, ele ainda conseguiu cortar minha mão, e o homem que estava comigo me tirou dali, pois todos estavam vindo em nossa direção com muita raiva. Dai eu me acordei, assustado, olhei pra minha mão, meu coração batendo fortissimo.... Então é isso.
  10. Ola amigos, comecei apartir de hoje, fazer o meu "Diário de sonhos"... Não de projeções, e sim de sonhos lucidos ou sonhos "comuns".... Diário de sonhos 1º - Dia 02 de Fevereiro de 2012 Me lembro de poucas coisas, uma das cenas que mais me lembro, é que eu estava numa rua, e tinha varias casa tipo uma vila, ai tinha uma casa de dois andares ( duplex ) que nela morava uma senhora, e essa senhora tinha vários animais, tinha gatos, cachorros, e outros... Essa senhora estava precisando de dinheiro para comprar os alimentos dos animais, ai não tinha mais jeito, os animais estavam magros, com muita fome, fracos, e por ai vai. Essa senhora começou a bater nos animais, ela pegou um gato, levantou ele pela a pele e ficou batendo no gato, ai eu cheguei lá e disse poucas e boas pra ela, disse que se ela não tinha condições de manter tantos animais, ela os deixassem soltos, ou entregassem pra alguma ONG ou lugar apropriado, ela abaixou a cabeça, e me chamou pra ir no fundo de sua casa. Quando cheguei lá, me emocionei com o que vi... Um elefante preso em um lugar de uns 20² metro... Fui lá, subi em uma caixa d’agua que estava virada no chão, ai o elefante chegou mais perto e abaixou a cabeça, coloquei minha cabeça junto a sua, e olhei nos seus olhos... Me acordei nessa hora, fiquei com essa cena o dia todo na minha mente.
  11. Ola, boa tarde galera, vou devidir aqui com vocês um sonho que tive essa noite. Todo dia, por incrivel que pareça, estou me acordando de madrugada, umas 03:15, toda noite mesmo. Ai me acordei, fui no banheiro e bebi um pouco de aguá, voltei a dormir( o sono tava d+... rsrsrs'). Ai comecei a sonhar, primeiramente eu tava numa floresta bem fechada, que no sonho era a Amazonia, e tava fotografando varios animais, fotografei uma iguana, um tatu, uma arara, um caranguejo, e um bicho muito estranho, parecia um acaró, só que do tamanho de um gato, ai eu tava com uma mochila, que foi onde guardei a camera, e peguei um aparelho que parecia um tablet, ai entrei em contato com o Gilvan pela web can, do outro lado tava ele, e outras pessoas, tinha umas 3 pessoas do grupo, mas não me lembro muito bem, me lembro mais dele. Ai ele disse que tava sentindo uma energia densa lá onde ele tava, uma energia muito pesada e me disse que ia fazer uma exteriorização lá, e quando ele começou a fazer, eu sentir uma energia muito forte passando por tuda minha coluna, e saindo lá no sacro ( ultima parte da colina, aquela ponta que tica perto do quadril ) , vou dizer qual foi a sensação, foi assim; tem quando voce passa o dia num lugar quente, ou abafado, e quando voce chega em casa vai pro cheveiro e liga, ele primeiro sai aquela acha frio, pois é, foi mais ou menos assim, uma agua fria fazendo varias voltas na minha coluna, ai que saiu... Quando essa "energia" parou, ligeiramente tentei uma conexão com o Gilvan, mas ele não aceitava, tentei ligar pra ele, ele atendeu, ai eu disse o que tinha acontecido comigo... Nossa, foi muito incrivel!!!
  12. Oiii, desculpa a demora pra responder! Eu fiz assim, baixei o video, ai convertir pra mp3 e coloquei no meu cell, mas eu baixei as duas parts!! Aii fui me deitar, e apaguei as luzes e só fui seguindo o audio!!!
  13. Que legal... não tenho um pingo de vontade de me ver no utero de minha mãe, até porque eu fui uma gravidez indesejada, ela tomou tanto remédio pra me abortar, e não conseguiu, por isso que digo que tenho uma grande missão nesse plano...