Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Daniel_amorc

B-Membros
  • Posts

    314
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Daniel_amorc

  1. Já treinei muito, é a maior bestera porque perdemos muito tempo com algo que não existe. Ex: ficar tentando mover objetos com a mente. Isso é completamente irreal e inútil e muitas pessoas aqui ficam treinando a tal telecinese. O Saulo fica treinando o frontal e agora já consegue prever quando a bateria da filmadora vai acabar, isso sim é fantástico. Mas pra quem acredita é gostoso viver a fantasia.
  2. Um "mentor" dificilmente ajudaria com isso. Mas o próprio espiritismo diz que espíritos com as mesmas afinidades inspiram as pessoas a todo momento. Pode ser em qualquer área ou assunto.
  3. Uma boa compreensão do astral antes de se projetar acho muito difícil, porque isso nem projetando se consegue. Mas uma noção geral bem bacana você encontra no livro Viagem espiritual II - Wagner Borges.
  4. Não acredito que seja tão imprescindivel esse negócio de "ajudar" fora do corpo, para que se possa desenvolver o controle da projeção. Não ajudamos nem um gatinho abandonado.
  5. Discordo das respostas dadas até agora. Parece que o pessoal tem a tendencia de querer diminuir as experiênicas dos outros. Esse seu relato não deixa nada a desejar para ser qualificado como projeção.
  6. É realmente difícil duvidar da VA depois de experimenta-la, "ver seu corpo deitado na cama". Porisso sugiro a todos os interesados na verdade, que se esforcem bastante. Procurem os furos, as lacunas, e vocês encontrarão. Mas pra isso é preciso ter coragem e humildade, para aceitar que você pode estar enganado.
  7. Moderadores não podem excluir esses tópicos junto com seus autores?
  8. Experimente tentar controlar o obsessor assumindo que ele seja criação mental sua. Só pra ver o que acontece.
  9. É a catalepsia que permite a experiênica de se ver saindo do corpo.
  10. Realmente Max, eu também descobri isso por conta. Não sei qual é o problema afinal, que isso é mal entendido, mas relaxa, o importante é que você descobriu isso, veja até onde pode chegar agora com essa noção.
  11. Olá julyandersonbr, você lembra qual foi o nome desse tópico para que pudéssemos ver? Já comentando essa experiência, infelizmente ela só tem poder de comprovar alguma coisa para as 2 (duas) pessoas envolvidas. Ninguém mais deveria crer nisso, pois é muito fácil de combinar algo assim, hoje em dia o que mais se faz é pregar peças desse tipo. Lobo, entendo sua posição e te apoio. Eu tive várias projeções com boa consciência e nunca consegui confirmações. O melhor que já fiz foi: ver a hora. Fiz isso uma dúzia de vezes já, mas acho que é muito fácil para o nosso organismo saber a hora, acho pouco válido. De qualquer forma acho que vale apena continuar dando crédito a projeção e independente de ser real X ilusão, é muito bacana. Uma das últimas idéias que tive é o seguinte: considerando que a projeção seja total fruto da mente e espiritualidade não exista, ainda assim a projeção astral, a experiência de se ver lúcido cercado por sua própria mente/memórias, não é muito diferente da vida acordado no físico. Pelo contrário, entendo que nesse caso a P.A oferece um campo para existirmos e interagirmos com todas nossas memórias e vivências gravadas em nossa mente durante a vigília. Isso porque tudo o que vemos acordados, todos sabem, é pura interpretação do cérebro. Se P.A é puramente mental, nela temos acesso a todas nossas memórias, ao nosso banco de dados integral, e podemos viver ali provavelmente de forma muito mais intensa e completa do que acordados, quando só temos acesso contínuo a uma pequena quantidade de informações que chegam até nós pelos sentidos. Mesmo na pior perspectiva, pra mim isso parece ótimo.
  12. Já vivenciei situações que também seriam com tais criaturas. Pessoalmente, não consigui chegar a conclusão alguma, acho que pode ser qualquer coisa, se referindo a minhas próprias experiências, ou seja, pode ser tanto espíritos obcessores quanto seres criados por nós mesmos - o que não está muito distante de afirmar que é apenas um sonho. Saudade do Grim Fandango! O final é de emocionar.
  13. Não sei porque você acha tão difícil. Se você compra uma coisa e entrega para um mendigo ele pega tão rápido que você até se impressiona. As vezes é difícil de se afastar porque eles não param de agradecer, mas aí é só dizer: tudo bem, tudo bem, sorrir e ir embora.
  14. Lendo esse último tópico de nosso incompreendido astralnauta que aparentemente enfrenta no momento uma crise existencial, me deu vontade de postar essa mensagem. De forma parecida com ele eu também entrei em séria depressão ao constatar por meio da lógica e coragem de questionar minhas próprias convicções, que eu não tinha certeza de nada, mas apenas tinha crenças. Se desfez o mundo encantado e tive que começar a reorganizar minhas idéias. "O mistério é a coisa mais nobre de que podemos ter experiência. É a emoção que se encontra no cerne da verdadeira ciência. Aquele que não sente essa emoção e que não pode mais se maravilhar nem se espantar, é como se já estivesse morto. Saber que aquilo que é impenetrável para nós verdadeiramente existe e se manifesta como a mais alta sabedoria e a mais radiosa beleza, que nossas limitadas faculdades só podem apreender em suas formas mais primitivas, esse conhecimento, esse sentimento, está no centro de toda verdadeira devoção. A experiência cósmica é com efeito o mais poderoso e mais nobre pivô da pesquisa científica" - Albert Einsten Quando se tem resposta pra tudo, tudo perde a graça. Quando se atinge muita estabilidade, as coisas tendem a se desestabilizar e logo o caos se instala. É de nossa natureza questionar, duvidar, não se satisfazer com as condições por melhores que sejam, e querer sempre mais e melhor. Isso nos faz progredir, faz a ciência avançar. Religiões e crenças confortam e acalmam nossa natureza insaciável. São muito benéficas a meu ver, no sentido de dar propósito e objetivo a vida, mas infelizmente também trazem seus malefícios, que eu não acho que seja necessário mencionar. Será que falta muito para a projeciologia ser igual a qualquer religião? Por milênios houve religiões e ensinamentos que davam respostas as coisas e hoje vemos como são limitadas e irracionais. Mas agora, finalmente temos a verdade: projeção astral. Será? Será que finalmente começamos a capturar a pura essência de todas as religiões e de toda a espiritualidade? Ou seria só mais uma tentativa? Quanta humildade seria necessária para alguém reconhecer e aceitar sua natureza limitada, sua insignificância dentro da vastidão do universo e sua mortalidade? Será que não é muita ganância querer viver para sempre? Qual a diferença entre viver para sempre e viver enquanto viver?
  15. É interessante observar que uma altíssima porcentagem das pessoas que tem poucas experiências de projeção, quase todos, tendem a acreditar que é real. Passam a vida toda confiando que aquela meia dúzia de experiências que ela teve foram visões reais do mundo espiritual. Já entre as pessoas que tiveram mais experiências, digamos umas 50 projeções com boa lucidez, é mais comum encontrar aqueles que passaram a duvidar se é real. Claro que também tem aqueles que nunca tiveram uma única experiência de se ver saindo do corpo e conseguem tirar ânimo não sei de onde para sustentar intermináveis debates sobre projeção. Que bom que você questionou "o Saulo", e não "a projeção" ou "as projeções do Saulo" porque seria cômico.
  16. Que comédia! kkkkkkkk Primeiro faz pensar que era uma projeção. Depois diz que estava acordado. Depois revela que é apenas uma estória inventada. Bárbaro! Bravo! Muito criativo. Mas é bem fácil fazer isso acordado. A vantagem de fazer acordado é que podemos ter certeza de que é real, já amparando em projeção talvez estamos amparando apenas nossas figurinhas oníricas.
  17. Henrique, se não me engano você tem 12 anos, é isso? Pergunto para o pessoal aqui do fórum: Vocês acham que isso está certo? Que influências esse tipo de experiência pode ter na mente de uma criança? Totalmente por si, contando com informações duvidosas que encontra em um fórum (incluindo o que eu mesmo disse) provavelmente não conversa com a família sobre o assunto nem vai conversar. Isso não me parece nada bom. Eu gostaria de ouvir mais opiniões. Henrique, desculpa se essa mensagem te encomoda de alguma forma, sinceramente estou pensando em como te ajudar. Só uma idéia, eu acho que uma pessoa que começa ter tal tipo de experiências tão cedo, deveria imediatamente começar a ser instruida de forma apropriada. Mas existe forma apropriada? Isso é loucura, confunde a cabeça de qualquer pessoa. Será que o Henrique vai apenas crer que isso tudo é real e vai se tornar super espiritualista, quem sabe um dia ele também queira viver de luz e coisas do tipo? Ou será que ele terá a chance de questionar, duvidar e chegar a suas próprias conclusões? Eu sei que nesse site ele só será induzido a crer cada vez mais. Isso não está certo.
  18. O que eram aquelas vozes? kkkk Vai se acostumando meu filho, você está entrando em terreno desconhecido, talvez chegue alguém aqui e te fale o que é isso, eu prefiro dizer que não sei. Pode ser espíritos, pode ser tudo alucinação, talvez projeção é tudo ilusão, não sei, mas posso dizer que ouvir vozes é normal! Olha que coisa kkk Se você se mecher durante o EV não acontece nada demais, provavelmente você acorda, mas se você conseguir se concentrar você consege mover apenas o corpo astral.
  19. Eu diria que talvez o motivo do EV acabar é ansiedade, talvez uma leve ansiedade que você nem percebe. Com o tempo você vai se acostumando até conseguir ficar totalmente calmo e indiferente na hora do EV. Talvez treinar meditação ajude no seu caso, porque aí quando chegar a hora do EV você usa a concentração que desenvolveu unicamente para aumentar o EV sem deixar muitos pensamentos virem a mente, assim conseguirá manter por mais tempo.
  20. Comentando o vídeo sobre cegos que tem EQM. É realmente muito fácil explicar como uma pessoa cega de nascença pode ver durante uma EQM. Vou começar eliminando a possibilidade de ela (assim como outros que relatam experiências do tipo) estar mentindo, ou seja, estou eliminando aqui cerca de 50% da probabilidade de ser ilusão. Acontece que essa mulher nunca viu nada, mas seus pais viram! Seu bisavós e seus trisavós também! Por centenas de gerações, seus antepassados viram. Concluo que não seria difícil imagens e cores estarem gravadas em sua genética. Imagens que ela pode ter acesso em uma situação extrema. Mas ela viu a aliança e o próprio cabelo, isso é incontestável! Calma... mas ela tateou a aliança e o cabelo por toda a vida, tempo suficiente para formar uma imagem bem definida de como é. Obs. Acho que pode ser real sim, mas não é difícil pra mim imaginar explicações que descartam a realidade da projeção da consciência. Pessoalmente acho um exercício bacana, procurar falhas na minha própria percepção.
  21. 25/05 – Saindo para trás (estilo ninja) Para o deleite de meus fãs, venho postar mais esse relatinho meia-boca. Estou postando principalmente porque achei interessante a forma que saí, nunca tinha feito assim. Quando fiquei preso pela cabeça outras vezes nunca consegui sair, mas dessa vez dei um jeitinho. Projeção em torno das 06h da manhã. Passei a maior parte da noite acordado devido a um resfriado, apenas deitado na cama em um estado de semi-consciência. Despertei a lucidez em catalepsia e comecei exteriorizar os membros, me preparando para sair. Tentei levantar, mas a cabeça ficava presa, então levantei as pernas, fui levantando o corpo e jogando as pernas para trás da cabeceira da cama, até ficar preso e apoiado na cama apenas pela cabeça. Puxei devagar e senti a energia esticando, o que causa certo mal estar, até que finalmente soltou e fiquei de pé atrás da cabeceira da cama. Indo em direção a porta, passei pelo lado da cama bem próximo, sentindo uma energia forte vindo do meu corpo, que eu sentia me abalar. Fui no quarto da minha irmã e a chamei pelo nome. Ela estava deitada na cama e olhou pra mim. Estava com os olhos mais escuros em volta, como já vi em outra vez. Falei: -Acorda! -Já to acordada! -Não, você não está entendendo, estamos no astral! Ela falou algumas coisas sem sentindo tentando me provar que estava lúcida. Eu estava muito lúcido apesar da minha condição energética, que estava péssima, eu não parava por um instante de projetar energia no frontal com a mão. Tentando trazer sua lucidez eu perguntei: -Quando você acorda de manhã o que você faz? Vai na sala assistir TV, no computador, etc. Mas não adiantou, ela continuou no mesmo estado. Acorda! Eu vou acordar agora e vou te perguntar se você se lembra disso! Acordei e fiquei na cama. Cerca de meia hora depois ela acordou para ir pra escola, mas não fui perguntar se ela lembrava. Ela nunca lembra mesmo, por isso pensei “ah isso é tudo ilusão mesmo”.
  22. Legal! Eu já fiquei preso por várias partes do corpo e nunca apareceu nenhuma alma caridosa falando comigo, mas acho que já fui ajudado no anonimato. Inclusive na experiência que tive hoje fiquei preso pela cabeça. Minha única intuição foi: puxar devagarinho até desgrudar. Durante a catalepsia, antes de sair costumo trabalhar as energias um pouco "até a última hora" quando sinto que a catalepsia começa enfraquecer e pode acabar, aí trato de sair. Mas to meio sem criatividade, geralmente só pulso energias nas partes do corpo que estão presas e no frontal para melhorar a visão. Agora comentando seu relato, talvez você não prescise ser tão duro consigo mesmo, ninguém é de pedra! Que bom que você não se sentiu culpado, porque não tem nenhuma razão pra isso mesmo! Uma vez o Saulo disse que "não prescisa ser bonzinho" pra sair do corpo. É ótimo que você tenha sempre ótimas intenções e esteja sempre se vigiando para permanecer sempre em contato com vibrações mais altas, mas talvez sendo muito duro consigo mesmo você acaba se bloqueando, sentindo culpas desnecessáras, etc. To te falando puramente na condição de expectador, porque eu não tenho essa classe de experiências que você tem. Não estou querendo te dar uma aula! É que uma época eu era muito regrado, carregava enormes pesos desnecessários nas minhas costas e hoje eu percebo o quanto isso me bloqueava, me desgastava e até confundia minhas idéias, causando fascínio. Hoje penso que a vida mesmo é agora, nese instante! Tudo que tenho é esse momento e é ilusão pensar que devo algo a alguém, acredito que não devo nada ao mundo, além de aproveitar a vida que tenho. Somos seres humanos tendo uma vidinha bonita e pequena, não nos martirizemos!
  23. Você questiona como eu poderia validar minhas hipóteses, mas você fala de Deus e de espíritos para validar suas afirmações.
  24. Mas que coisa, em nenhum momento afirmei ser contra ou a favor de comer carne.
  25. Só fiz uma observação, não estou defendendo nenhum lado, nem disse nada de errado. E se nós fossemos animais parecidos com os jacarés e tivéssemos desenvolvido a inteligência que temos hoje, será que teríamos alguma compaixão pelos animais? O que nos faz gostar tanto dos animais é nossa semelhança com eles, porisso sentimos mais carinho pelos mamíferos em geral, é uma coisa genética. Não sentimos dó de matar baratas e mosquitos, mas se nós tivésemos evoluído de alguma linhagem parecida sentiríamos. Aí talvez esmagar um boi fosse tão gratificante quanto é pra nós esmagar um mosquito.
×
×
  • Create New...