• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

sandrofabres

Administrators
  • Content Count

    6,993
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    890

sandrofabres last won the day on September 17

sandrofabres had the most liked content!

Community Reputation

4,015 Excellent

About sandrofabres

  • Rank
    Membro Serenão (1000+)

Recent Profile Visitors

16,675 profile views
  1. Eu acho na verdade que existe um erro de compreensao nosso ( dos encarnados, incluisive dos instrutores espiritiuias citados) em relacao a esse fenômeno . É só achismo barato mesmo, mas tenho pensado nisso há mais de 20 anos, devido a essas falhas todas nas profecias. Acho o seguinte: a insistência dessas liderancas espirituais nesse "juizo/apocalipse" esta presente em diversas culturas, no decorrer de toda a historia. E " nunca aconteceu" Porém, " sempre acontece" com grupos que sejam muito focados nisso. Em geral essa turma que se reúne para "esperar o fim" costuma encontrar o proprio fim. Pensando rapidamente me vem à mente os seguidores de Antonio Conselheiro aqui no Brasil, os Davidianos de Wacco nos EUA, os seguidores de Jim Jones na Guiana ( Jonestown), tambem talvez se inclua nessa lista os Cátaros e os Judeus cercados pelos romanos em Massada. Teria que pesquisar direitinho. Mas a impressao que me dá é que nao há UM "apocalipse" , que essa é apenas uma idéia de caráter universal para expressar continuos processos de limpeza/ separacao que estao sempre acontecendo na historia, ate bem dentro daquela parábola do joio e do trigo. Deixa-se varias mentalidades crescerem juntas, se avolumarem até um "ponto crítico", que torna possivel pegar grupoa grandes e separar de outros, e assim redirecionar o processo educativo daquelas pessaos de forma mais otimizada. Exemplo: se uma pessoa tem umas ideias estranhas , pode acabar no hospicio, para não gerar problemas ás demais. Mas quando essas idéias se dissemimam, e junto com elas os comporramentos associados, ja vira uma comunidade pensenica com números repetaveis, caracterizam uma " cultura". E ai pode haver uma separacao dessa comunidade, a principal, e ela pode ser deslocada para experimentar suas crencas de modo que possam sofrer s consequencias positicas ou negativas delas, aprendendo algo no processo. Coisa que internados no hospicio nao seria possivel. Entao eu SUPONHO que estamos smepre passando por micro-apocalipses, micro-juizos, que a todo momento separam grupos de espiritos afins, e os reunem sob outras condicoes, seja para nao descirtuar o grupo principal, seja para qye o grupo principal nao tolha o aprendizado desse outro grupo. Mais ou menos como a gente faria num terreno. Plantamos o que desejamos e temos que continuamente ficar removendo " ervas daninhas", que estao sempre nascendo. Mas se comecar a nascer algo interessante ali, em quantidade suficiente, podemos separar aquelas mudas e replantar em outra área só delas. Entao os "avisos de juizo" teriam sua validade para que as pessoas fiquem ligadas nesses processos de separacao. Mas acho que sempre entendemos essas mensagens, que foram dadas a pequenos grupos no passado como sendo eventos planetarios que afetam a totalidade da humanidade numa mesma data. Essas migracoes para outras orbes mesmo estao acontecendo, pelo que se diz, desde os anos 60 e ainda devem chegar aos anos 70 desde seculo, segundo o Roger Paranhos. Ou seja, vamos morrendo de varias causas, cada um a seu tempo, e alguns nao voltarao a encarnaer aqui. Mas é um processso gradual, que segue o ritmo natural. Ao mesmo tempo voce nota o nascimento de criança diferentes ja faz uns 20 anos. Parece que tem chegado gente nova por aqui no planeta, ainda lutando por se ajustar, e que deve estar vindo de outros processos de separacao similares aos nossos. Mas claro que sempre pode haver alguma grande mudança. Supostamente foi o afundamento da atlantida que teria originado o mito do diluvio. Mas a atlantida era só um continente. Havia gente nos outros, e essas arras integraram os forasterios da atlantida nas suas culturas. Entao esse é mais um exemplo de como um evento local entrou para os mitos religiosos como algo universal que afetaria toda a humamidade. Convém lembrar que o pessoal antigo, na grécia por exemplo, achava que o " mundo todo" era a grécia. Não fosse o Alexandre sair a viajar por aí nao teriam achado o que tinha ao redor, ehehe. E mesmo que um evento apocaliptico tivesse acontecido no passado, a populacao da terra era estimada em 1milhao no ano 10.000 a.C. "Dava para fazer" um evento grande e fazer uma padronizacao dos que sobreviveriam para a nova fase. Hoje em dia um mega evento planetario provavelmente criariadificuldades para administrar ( estou pensando no impacto astral de desencarnes em massa, necessitando de socorro). Acho que " não dá", e o mais lógico seriam utilizar-se dso processos naturais para fazer as separaceos necessarias sem gerar caos de ambos os lados dimensionais. Mas claro, é só achismo barato meu.
  2. NO MINIMO NÉ? Porque fenomenos fisicos podem ter muitas origens, algumas delas nada " puras".
  3. Kkk, eu quis dizer que se esta submetido as necessidades do corpo, está SUBORDINADO às leis mecâncias. Então eu pelo menos não considero Mestre quem está subordinado a elas. Porque se fala que Jesus caminhava sobre as aguas, teansformava agua em vinho, ressicitava mortos? A idéia é qeu um mestre está ACIMA das leis mecânicas. É o mínimo que se espera de um " aluno formado" não? Que já tenha dominado as lições daquela escola. Como esta escola é a da matéria, eu acho que no mínimo o domínio do corpo material precisa ter. Entao tem umas coisinhas nisso. Dntro da gnose conta-se qeu o Samaek mudava a forma do rosto quando queria, na frente das pessoas ali. Também do gurjieff se conta que ele sofreu um acidente de carro muito grave ( eel soube antes e avisou para a pessoa que viajava com ele que ela fosse de trem, pois ele seguiria sozinho no carro. E aí teve o acidente). Morreu só anos depois e o médico que fez a autopaia disse qeu nao sabia como ele estava vivo com um corpo tao dewtruido por dentro. Oa orgaso estavam todos meio decompostos. Também do Saint Germain conta-se qeu nao envelhecia, os diarios de uma mulher que o conheceu quando ela era jovem, e o reencontrou quando ela ja era idosa, também relatam.que ele ainda aparentava a mesma idade, sem mudar nada. Conta neste livro: Entao meio que esperar no minimo isso de um pretenso Mestre, o controle sobre o corpo fisico, não é exigir demais. É o " ponto de corte", ehehe
  4. Basta elas mudarem de frequencia um pouco e podem ficar invisives para você, ou você para elas. Talvez elas sofram alteração quando chegam perto do escudo, mudem de faixa memso sem quererem e sai da sua visao. Pois é, mas não tem como a gente falar disso de forma OBJETIVA. O único critério bem concreto para falar de lucidez é você saber ou não que está em astral. Se não sabe, não está lúcido. Se sabe está. Mais que isso seria, a meu ver, mistificar a coisa. O critério do waldo define lucidez como capacidade racionar com clareza, mas veja: o que é raciocínio claro para uns, é falta de lucidez para outros. Então só você pode julgar isso. E a referência tem que ser a sua lucidez de vigília. Se você nota que DURANTE a projeção sua capacidade de raciocinar está meio "nublada", ok, voce pode concluir que sua lucidez não está boa. Já percepções do ambiente nublada tem a ver com energias, não om lucidez. E não dá para julgar bem DEPOIS que você volta para o corpo, porque as vezes é a memória que borra, e você vai achar que era a lucidez que borrou. Tem que fazer essa análise durante a projeção, não tem jeito. Se você sabe que está fora do corpo e acha que está com a mente clara, não creio que resta mais o que questionar sobre lucidez. Achar que teria que ver as coisas diferente do físico já tem a ver com sua expectativa do que deveria ver. Tanto que o que vemos é idêntico ao plano físico (mas não uma cópia exata da sua casa, da sua rua..) que se você não fizer testes para saber, se não vilar as leis da física, vai achar que está no físico mesmo. Até porque se não visse assim, não entenderia o que vê. Provavelmente é a nossa mente que "formata" as percepções de forma similar a o físico, não quer dizer que o que vemos tenha realmente aquela aparência. Talvez um aspecto SUPERIOR de lucidez nos permtisse ver o astral como relamente é, talvez apenas nuvens de energia... Mas convenhamos, até o plano físico também é assim, apenas atomos muito distantes uns dos outros, como se fossem mini sistemas solares orbitando no vazio, mantidos atrelados uns ao outros m função de campos magnéticos. Mas enxergamos como se fossem matéria contínua, e não um monte de espaços vazios e campos energétios né? Então acho que precisa um estado de expansão da consciência muito maior que o que acontece numa projeção astral para romper essa formatação da mente. É, as vezes a gente mistura isso. O erro mais comum é estar vendo as coisas fora do foco e ao "tentar ver melhor", acabar arbindo os olhos do físico. Até aprender a fazer isso sem cometer erro demora algumas projeções. a OLVE em astral pode sofrer essa interferêcia tambem,, mas note que o Waldo Vieira no Projeciologia coloca a olve-em-astral como "técnica da projeção prolongada". Eu mesmo já fiquei 90minutos projetado(foi meu recorde) fazendo OLVE acho que de 2 em dois minutos.). Então você não deveria acordar porque fez a OLVE, é algum aprendizado aí que precisa ainda treinar para não mover as energias sem afetar o corpo físico (sem mexer na respiraçao, sem mover os olhos para cima e para baxio, aquelas coisas que eles insistem apra a gente não fazer quando pratia a OLVE)
  5. Bem, aí complica. Primeiro você tem que saber que historicamente as ordens ocultistas são uma tradição totalmente diferente da tradição espiritualista. Ocultismo serve para treinar a pessao a se tornar capacitada a fazer as coisas (na área espiritual). Foca em treInar as pessoas para serem ATIVAS, dominar os processos. A tradição espiritualista faz o OPOSTO DISSO, treina a pessoa para tornar-se PASSIVA, até o Waldo usava essa expressão "dar passividade", ou seja, entregar-se para deixar a entidade controlar seus veículos.(no caso da Tenepes). São caminhos diametralmente opostos. Por isso em tese você nunca deveria ver ocultistas com esse "mimimi" do pessoal do espiritualismo sobre "sentir as más energias,", "clima pesado", "energias pesadas". Essa "sensibilidade" toda é fruto do treino em "passividade", esses treinos para "sentir". Até o DeRose que é da Yoga, sabe disso: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/18261-absorção-de-energias/&do=findComment&comment=82073 Historicamente o ocultismo é uma tradição que vem das escolas iniciáticas, já o mediunismo vem dos grupos de "bruxaria". Então o espiritualismo é sempre muito mal visto por qualquer ordem esotérica, mas há muitos fatores complexos por tras disso. Um deles é o que citei, o treino para se tornar passivo quando a meta no ocultismo é o oposto. Outro motivo é que o médium é uma porta aberta através do qual entidades podem atacar as ordens. Então em geral quem é médium ou não pode virar ocultista, ou fica de molho, sob observação, a´te se ter certeza que não será um "agente de infiltração" de forças negativas no grupo. Até a Dion comenta isso, em um dos seus livros, não lembro agora qual: que os dons dos médiuns em geral foram obtidos em grupos de bruxaria da idade média, então até que se tenha certeza que a pessoa está fora dessas conexões, ela fica "sob observação". Mas ela própria mais tarde na vida treinou para desenvolver essa capacidade porque também uma ordem inciatica precisa ter quem traga os ensinos dos mestres para o grupo. Então por aí você já nota que tem nuances, poréns, tipos e tipos de médiuns.... E o Samael é bem especifico sobre isso, pgs 13 a 16 do livro As tres montanhas: tresmontanhas.pdf Mas eu acho que ele chegou a sua conclusão baseado em poucos casos, e esse tip ode problema que ele relata todo médium espírita sabe que existe. Supor que todos o espiritualismo está iludido nisso me parece ingenuidade. Mas se você queria saber o que a gnose pensa disso, está aí nas pgs citadas. Para a gnose ninguém que não tenha trabalhado com magia sexual sem orgaso terá a kundalini desperta, Não há exceções sobre isso, PARA A GNOSE. Mas se você ler um livro sobre Kundalini, véra que a tradição yogue considera que há vários métodos para atingir esse despertar, e que o tantra yoga é apenas um deles. O método mais famoso é o do pranayama. Mas o Samael dizque esses métodos despertam "apenas faíscas" do kundalini. A abordagem da gnose difere um bom tanto das demais sobre isso, oque cria uma barreira intransponível para tentar intercambiar sistemas. Quando se trata de um Mestre real, é porque eles tem acesso ao Ser superior deles né? É como conversar com Deus, porque o Ser interno é o Deus individual de cada pessoa, é uma emanaçaõ divina. Mas sempre tem que ter cuidado com esse negócio de achar que alguém é Mestre, e que portanto sabe tudo. Eu vi muito fanatismo na gnose, e soube de outros grupos gnósticos, que apos a morte do Samael viviam sempre atras do "Novo mestre". São como moscas atraídas para a luz. E aí quando a luz é falsa, e tem um camaleão ali, viram comida de vampiro, ehehe. Acho que tem que riscar do dicionário esse conceito de Mestre encarnado. Sigo a regra "se come, se vai no banheiro, não é Mestre, é ó aluno mais adiantado". "É grande mas não é dois" , ehhe Sobre data limite na gnose não tem nada disso. Como muitos outros grupos a gnose tinha lá suas profecias apocalipticas, que furaram quando passou do ano 2000. Eu já não acredito em mais ninguém nessa área de profecias. A primeira que vi furar foi do Lobsang Rampa, que dizia que a terceira guerra mundial começaria em 1985. Depois teve profecias de cometa , tipo Hercolobus,/Nibiru, para 1986, 1994, 1999, 2012, 2024, 2036. Essas tolices existem desde o tempo que Jesus ainda estava encarnado, tanto que tem gente que interpreta o apocalipse como descrevendo a tomada de Jerusalém pelos Romanos, no ano 70 d.C., porque Jesus disse literalmente que " esta geração não passará antes que essas coisas aconteçam". Então quando ele falava em termos apocalipticos deixava claro que era ali antes de terminar o século I. Mas depois tentaram ajeitar a interpretacao. E o livro do apocalipse foi escrito depois da tomada de jerusalem, talvez proximo ao ano 90 d.C. só que ele é um " relato de projecao astral com desastres". Sonhose projecoes com desastres ainda sao comuns hoje em dia e as pessoa ainda acham que é sinal de algo que vai acontecer, ignorando todos os fracassos anteriores. E na história da humanidade sempe tentaram encaixar essa profecisas nos desastres das suas épocas. O cometa Halley passou em 1910 e depois em 1984 ou 86. Entoa no início de 1900 também acharam que "agora vai", ehehe. Mas pelo menso em 1910 deu para ver o bicho, em 1986 nem isso deu.
  6. É, na gnose a gente ensinava isso com o nome de Chave S.O.L (sujeito, objeto, lugar): http://gnosissabedoriadoser.blogspot.com/2010/07/chave-sol.html
  7. Do livro do Roger Paranhos Sob o signo de Aquário: Sobre o tal dispositivo igual ao do Heleno:
  8. Esses dispositivos tem caractersticas diferentes. Tem coisas que são externas, visíveis. Outras são internas, dentro do corpo astral. Em geral os tasi "chips" ou "implantes" são bem internos, não se vê de fora nem por clarividencia .A pessoa que procura tem que saber onde procurar.
  9. É provável. Mesmo para viajar dentro das zonas pesadas se usa esses veículos, para nao exiir muita energia do cor astral. Talvez usam isso também para fora da galáxia caso seja necessário fazer esse tipo de viagem.
  10. Se você entrou no sistema encarnatorio da terra ficará nela até terminar seu periodo aqui. Isso envolvr muitas encarbacoes. Mas quando termina seu tempo de aprendizado aqui, voce volta para o planeta de origem caso tenha condicoes para isso. Nesse caso ai do pdf que estq no outro topico, o Roger só poderia voltar a encarbar junto com os demais de capela, lá nobl planeta dele, se alcançat aqui o nível que eles tem lá. Caso contraruo vai ficando. Voce sempre está no lugar certo. Se parou aqui, é porque seu nível é esse mesmo.
  11. Se não me engano não dá para fazer projeção para fora do sistema solar (ou não dá para froa da galáxia, não sei ao certo). Porque nossos corpos são construídos com o material deste sistema. Assim como o corpo físico é feito com materais da Terra, os coros sutis também são elaborados com materiais do atual sistema. Para mudar de sistema solar (ou de galáxia, não sei), você precisa ter seu corpo astral destruído e reconstruído no processo evolutivo de lá. Tem até um relato aqui do Roger Paranhos, que conta quando ele veio de Capela, que era outro sistema solar: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/15838-atlântida/&tab=comments#comment-66053
  12. Pode ser real, pode ser implante de memórias. Quem se arrisca a isso convém ANTES achar alguém que REMOVA implantes, e que já conheça pessoas que tiveram seu implante removido e notaram que sua vida melhorou após a remoção. Aí pode ser interessante: 1- ir no cara que remove implantes e pedir para examinar tudo 2- fazer o "salto" 3- voltar no cara que remove implantes e ver se não ganhou um belo de um capacetão astral, ehehe
  13. 1- Não dá para misturar com o que a psicologia chama de ego, ou vai bugar tudo. Eu mesmo fiz cadeiras de psicologia na graduação e pela minha compreensao de ego vinda da gnose, me atrapalhei para entender o que a psicologia tradicional chama de ego. Achei melhor deixar a psicologia comum pra lá, já que não te dá nenhuma ferramenta prática mesmo. A explicação da gnose é mais simples eu diria. Mas se tentar misturar com as outras, se torna complicado. E cara, eu só entendi quando comecei a praticar a morte do ego. O Samael "não se ajuda" nas explicações que ele coloca nos livros. Mas quando você começa a praticar a técncia de morte do ego (comporta por tudo né? lembrança de si, autoobservação, morte em amrcha, retrospectiva ao final do dia, medtiação no defeito escolhido para compreensão, e julgamento&eliminação) , começa a perceber o ego atuando, sabe que "aquilo" , é algo mais visceral atuando em você, e tudo começa a se esclarecer. Mas colocando em palavras é enredado mesmo. Até porque, a gente simplifcia dizendo que os defeitos são o ego, mas na verdade as virtudes em geral também são, porque quando você faz o bem PARA que as pessoas te vejam como bonzinho, não foi uma virtude que atuou ali. O RESULTADO foi o Bem, mas foi um defeito que o produziu, um "eu" relacionado ao orgulho. Então quando a pessoa consegue ir identificando isso atuando por trás das suas motivações ela começa a conhecer o ego em primeira mão, não importa mais o que dizem os livros, voce foca no problema, qualquer que seja o nome que dêem a ele, e busca eliminá-lo. 2-Sim, os tais Samskaras parecem se relacionar com isso, pelo pouco que ouvi falar. Mas a gnose tem todo um processo, se as outras escolas também possuem, que bom. Eu nunca vi nenhum ataque direto ao problema, sempre vi só papo furado que masi me soa como fé, do tipo ficar lá fazendo certas pra´ticas genéricas e alegar que o resultado virá através da persistência. Me parece que falta pegar algo objetivo, trabalhar em cima dele, e poder constatar que esse algo vai enfraquecendo ate sumir. E aí você parte para outro,, que é como a gnose trabalha. Mas como não conheço o suficiente desses outros sismetas não vou bater o martelo para alegar que eles não funcionam 3- Sim, a proposta do Samael sempre foi descartar tudo que não for eficaz, tudo que não soma no resultado. Acho engraçado quando a turma do lado negro (só vejo eles perdendo tempo com isso) , que você vê por aí num blogs dede a época do orkut, ataca o samael ora por plágio, ora por dizer que inventou algo da cabeça dele (decidam-se, ou é plagiador, ou é criador, os dois não dá) ou que fez um mix de sistemas (como se devesse seguir alguma tradição. A Gnose do Samael nem ao menos segue as doutrina gnósticas do primeiros séculos QUE FICARAM CONHECIDAS nos livros de história das religiões. Aqueles "gnósticos" não são em nada diferentes dos atuais conspiracionistas de youtube ). Essas pessoas não tem a menor idéia do que é gnose do samael, e quando alegam que já foram gnósticos e saíram já dá para ver que estão mentindo, porque: --------A- A gnose foi fundada com esse objetivo, ser um mix, uma síntese de diversas escolas, feita por alguém que alegava ter capacidades investigativas suficientes para testa e separar o joio do trigo --------B- Portanto, a gnose NÃO VALORIZA AS TRADIÇÕES, ELA VALORIZA A EFICÁCIA. O argumento "Ainn, mas o que ele ensina não é tantra, porque quem conhece tantra sabe que..." é infantilidade. O Samael não segue nada ao pé da letra, quem faz isso é quem não sabe fazer as coisas. É como na ciência, quem aqui já tiver cursado faculdade que tenha aulas de laboratório sabe como é: siga o protocolo, passo 1, passo 2.... não pode mexer em nada. Por que? Porque ninguém ali sabe o porquê de cada coisa. Mesmo na pós-graduaçao é assim. Quando tem alguém que sabe, mexe-se EM TUDO. E falo isso porque no meu trabalho eu sou o cara que sabe (aquele assunto) , e que pode mexer em tudo para resolver os problemas que os alunos da pós tem quando um protocolo não ode ser seguido por alguma dificuldade de materiais, por exemplo. A tradição é algo que só precisa existir porque os criadores de um sistema já morreram ha muito tempo e quem sobrou não tem capacidade de modificar, atualizar, adaptar,. Então na dúvida, não mexem em nada e ficam repetindo a mesma coisa há séculos ,achando que isso tem algum valor. Não tendo ninguém capacitado nessa tradição para atualizar o ensino, ok, melhor seguir a tradição. Mas tendo, a tradição perde completamente seu valor. Então uma crítica que usa "seguir a tradição" como argumento é a crítica de uma pessoa que não sabe como se produz conhecimento real. ------ C - Sendo síntese, é "recorta e cola" e muitas escolas. Sendo ele um investigador prático, te´ra coisas que saíram só da cabeça dele. Qualquer um que tenha de fato sido gnóstico entende que ISSO É EXATAMENTE O QUE SE ESPERA, considerando a proposta original do Samael ao criar a gnose. Então a turma que critica a gnose POR ESSAS RAZÕES, dizendo que ja foi gnóstico e depois descobriu que... está mentindo ou era muito tapado e não entendeu nada quando frequentou os cursos porque isso é algo claro. No entanto na gnose essa questão das iniciações é tratada pelo lado das iniciações REAIS, não pelas iniciações ritualisticas, que é aquele teatrinho que as ordens de ocultismo fazem. Mesmo se você ler as obras de uma ocultista tradicional, como a Dion, vará que ela esclarece ali que a iniciações acontecem realmente nos plano internos. os rituais que se faz nessas ordens ocultistas são uma encenação fisica do que acontece em astral. Não quer dizer que sejam falsas, porque se você pertence a uma ordem dessas, a tumra em astral que faria a iniicaçao em você quando você está projetado em astral, a noite, vai deixar para fazer ali no ato ritualistico marcado para o local data e hora certa, e aí os colegas estarão fazendo atos físicos que estarão sendo RESPALDADOS pela equipe astral...CASO ELA EXISTA....CASO ELA SEJA MESMO A QUE A ESCOLA FÍSICA ALEGA SER...CASO AQUELA ESCOLA JÁ NÃO SEJA MORTA, PELA MÁ CONDUTA DOS SEUS MEMBROS, E A EQUIPE ASTRAL PREFIRA INICIAR OS VERDERIOS SEGUIDORES HONESTOS DAQUELA ORDEM APENAS EM ASTRAL, para não se misturar com os pilantras moralmente corruptos que podem ter tomado posse daquela ordem depois de um tempo. Então se você segue uma ordem ritualistica dessas, você pode acabar se iludaidno com títulos e graus, que podem ou não ser efetivos. Mas se apenas esperar iniciações em astral, essa ilusão não vai acontecer pelo menos. Não vai acontecer aquela tolice do cara ser grau 33 de uma certa ordem, e nem é grau 1, porque iniciou o despertar do kundalini ainda. Mas pagou uma grana preta pelo título de grau 33 né? Ehehe. Provavelmente pago grana preta até pelo grau 10. 4- É, eu não gosto daquilo. Parece setia evangélica quando começa com esses assuntos. A questão que se fala na gnose é que todos estamso mais ou menso na encarnação 107 ou 108, do ultimo ciclo das 3mil voltas, então se não for agora, não vai ser "salva". Só que isso aí ó... tem um monte de problemas. Começa pelo concreto: o Rabolu disse em 1993 que a´te o ano 2000 2/3 da humanidade teria perecido em guerras nucleares, pestes ,etc. Ao mesmo tempo que dizia que "a hora 13 (arcano 13 do tarô, a Morte, que indica renovação vinda de um passar o rodo em tudo e recomçear) tinha chegado". Ou seja, que era possível ver um relógio no astral acho que no tribunal do karma, qe mostrava que chegou a hora do juízo para a humanidade, faltavam ali pouquíssimo para o ponteiro chegar no ponto exato. Mas quando se pedia mais detalhes a ele, ele dizia que não tem como precisar, porque o tempo que se vê em astrla pode ser mais rápido ou mais lento no físico, pode ser adiado ou acelerado em função o que a humanidade faça. O fato é que passou o ano 2000.. passou 2012... a coisa tá preta, então vamos ver se vamos chegar a 2022, ehehe. Mas assim. Já se passaram 20 anos. Se você vai parar a sua vida por causa dessas profecias, vai fazer bobagem. Na própria gnose repetimos isso "A natureza não dá saltos". Então se voe não fez o que devia até agora, não vai ser no "bafo" que vai resolver. A pessoa faz o que acha razoável fazer sem dar ouvidos a papinho apocaliptico e o que tiver que ser, será, porque mudar a si mesmo não é como lavar a louça, que se pode lavar mais rápido. Além disso, só o ego tem algo a temer, mas como destino final do ego é a destruição, seja pelo trabalho de morte do ego, seja por descer para o umbral, nada mudará, ele não tem futuro mesmo, ele não é salvo de nada. E no caso específico dessas profecias, a idéia é que precisaria pelo menso um kundalini (dos 7) desperto, para ser "resgatado" pelos extraterrestres de um cataclisma planetário. E com um kundalini desperto, ainda se tem muito ego e vai precisar continuar o trabalho após o suposto resgate. Eu não sou tolerante com esse tipo de erro. Fez profecia, falhou? Lamento para mim ficou provado que NESSE ASSUNTO, a pessoa que fez a profecia está incapacitado para fazê-las. Podem arranjar a desculpa que quiserem, mas daquela fonte eu não pego mais nada relacionado a profecias. Tem que ter um "ponto de corte", um limite, ou a gente vai ficar aceitando qualquer desculpa que todos sempre inventam nesse assunto. Sei bem que no astral esse negócio de tempo não rola como aqui, mas é esse o ponto: quem sabe isso não faz profecias marcando datas. Até Jesus fala lá na bíblia, quando perguntam "Do dia e a hora NINGUÉM sabe, nem os anjos do céu, NEM O FILHO, mas apenas o Pai". Disse até "Nos quem cara pálida?" para a trindade, para não colocar o seu na reta, ehehe (algumas traduções omitiram o "nem o filho" para não terem que explicar isso, eheh) 5- Para a gnose (isso inclui a gnose do Gurdjieff, que é a mesma, na verdade) a evolução é individual, não há uma "Lei da evolução" como o Darwin enxerga e como o Espiritismo adotou. Para mim faz todo o sentido porque como se trata de evoluçao DO ESPÍRITO, e o ESPÍRITO é a parte que não está submetida às leis mecânicas do Samsara, não há uma "Lei da evolução" que o regule. Apenas as formas inferiores, que habitam o Samsara, podem ser empurradas numa dada direção pelas leis que regem a ordem mecânica da evoluçao das espécies, das raças, etc. A evolução pessoal só acontece movida pelo estímulo interno que é exatamente na DIREÇÃO CONTRÁRIA às leis mecânicas. O ego segue as leis mecânicas, no torna robôs. O esforço da consciência é exatamente em estar lúcido para não ser movido pelo ego, logo, não ser movido pelas leis mecânicas. Então esse processo não é algo que possa ser "direcionado pelas hierarquias", elas apenas fazem a "colheita" daqueles que fizeram o esforço para subir de nível SAINDO desses processo coletivos que regem as massas. Mesmo quando você pensa em 7 rondas planetárias, 7 raças.. isso não significa que a humanidade evolua das raças primitivas ate as raças evoluídas, como se fosse uma garrafa sendo levada pelas ondas do mar. Isso significa que as raças evoluídas serão COMPOSTAS apenas por cidadãos que evoluíram até o nível necessário para fazer parte delas. Os cidadãos que não fizeram o esforço necessário são transferidos para outros planetas, onde a grande massa de habitantes está naquele mesmo nível de quem foi transferido para lá. Assim como a nova raça aqui será composta por quem evoluiu o suficiente aqui e por gente atrasada de outros planetas mas que para nós estão mais adiantados. Portanto, para a gnose, não há uma lei da evolução empurrando as pessoas na direção da melhoria consciencial porque na verdade isso seria um paradoxo: a lei mecânica não pode produzir consciência exatamente porque a consciência é definida como sendo capaz de não ser governados pelos estímulos mecânicos.
  14. No caso dela era o marido. Acho dificil se enganar nesses casos. Em relacao a familiares a gente em geral percebe que nao é a pessoa mesmo que a aparencia seja perfeita. Talvez porque essa desconfiança ativa. Dá para jogar energia neles COM INTENÇÃO DE DISSOLVER O DISFARCE. Mas como o que poderá ber pode ser desagradável, pode ser melhor deixar eles assim, fingir que acredita que sao eles, para ver o que eles estao querendo ao fazer isso. Não há porque denunciar a eles sua lucidez se pode preservar a posição vantajosa de estar lúcido percebendo as atitudes deles.
  15. Bom, eu não conheço o trabalho desse cara. Já cruzei diversas vezes com links dele e sempre me pareceu abobrinha para ganhar dinheiro enganado trouxas. Mas não me debrucei seriamente para analisar com calma, exatamente porque me pareceu que não vale minha atenção. Então só vou comentar analisando o que foi postado aqui. Pelo que vi isso são lorotas construídas em cima de coisas verdadeiras, por isso confundem. Pense numa situação do cotidiano: casar O que é casar? Basicamente significa que dois adultos que não cresceram juntos decidiram morar sob o mesmo teto, praticando relações sexuais, talvez se reproduzindo, e compartilhando suas emoções um com o outro. Ou você pode dizer que significa a busca pela felicidade emocional. Ou você pode dizer que significa a parceria entre duas pessoas que combinam usar a outra como bengala psicológica, terapeuta grátis, saco de pancadas emocional, mero objeto sexual, ou ter alguém sobre quem se impôr... Todas essas descrições estão focando em certos aspectos reais do casamento para alguns casais. A questão é "por que um determinado evento natural está sendo descrito nestes termos e não naqueles outros???". Estamos todos presos na superfície d planeta devido à Lei da gravidade. Mas o que levaria uma pessao a pensar que POR CAUSA DESSE ASPECTO somos prisioneiros, logo, alguém nos prendeu aqui, logo há um interesse oculto e maligno contra nós... Se todas as doutrinas parecem concordar que saímos daqui quando as lições necessárias tiverem sido aprendidas, você pode chamar isso de escola ou de prisão, depende da sua visão sobre o tema. O professor que te ensina pode ser visto como alguém que tenta te fazer lavagem cerebral ou alguém que tenta te fazer entender como as coisas funcionam. Por isso a explicaçao desse Bruno usa elementos de verdade, mas temperados com a descrição que ele escolheu dar à nossa stuação planetária: Exceto pelo "Eles", que faz parte do raciocínio de todo conspiracionista ao criar um inimigo ficcional contra o qual unir seus seguidores para "lutar contra", mesmo que ele não exista (os judeus, os comunistas, os imigrantes, os reptilianos....), o que ele fala ali é um pouco similar ao que falei. Com a diferença que ele parece ver a coisa invertida. Se os vagões foram os diversos corpos sutis, a locomotiva é a assência. Voce pode deixar os vagoes estragados para trás, porque eles são só casca. A locomotiva, por ser parte da fonte espirutal que tudo gerou, não tem como morrer. Então não cabe a expressão "fechar a comunicação com a supraconsciencia" é o ego sufocando a essência. Isso resulta no que expliquei antes, o ego é destruído e a essência libertada.O que morre é ego, que não é a alma. A essência é que é a alma, se se a comunicação foi de tal forma cortada, os veículos de epxressão da essência os vagões, se tornam inúteis e são destruídos. Fica parecido com o que ele falou, mas há diferenças sutis. Entre elas está trocar os papéis do que de fato constitui nossa REAL identidade. Para o pessoal que tem lá o "pezinho na cozinha", um pezinho no lado negro da força, o Ego é visto como nossa identidade. Por isso eles se focam tanto em aumentar os poderes do Ego, o que só aumenta as chances do Ego cometer erros em maior escala e gravidade. Aqui também tem uma semelhança com o que falei sobre a origem do ego, sobre Maya, sobre a hipnose do mundo sensual atrair as essências para que descessem a´te o plano físico. E qualificar-se para sari significa sim adquirir condições internas que nos tornem imunes ao que de fato nos prende Mas veja: são os CONCEITOS falsos que nos prendem? Os DOGMAS ? Claro que não. Um índio analfabeto, surdo e mudo que nao tenha acesso a conceito algum está tão prisioneiro quanto nós. Porque conceitos e dogmas se anulam com conceitos opostos e outros dogmas. Tanto é que qquem conhece várias visões sobre um tema, qualquer que seja, semrpe termina ficando meko perdido, sem saber quem tem razão. Só que conhece apenas uma doutrina é que acha que sabe mesmo o que rola. Todas as teorias, dogmas, conceitos ,são coisas muito superficiais que nao tem quase poder de atuaçaõ sobre nós. Qualquer um de nós conhece bons conceitos sobre moralidade, ética, honestidade... mas a maioria não resiste à tentação de satisfazer eu ego traindo roubando, aprontando algo para obter vantagem. Uma pessoa pode compreender tudo sobre a importancia de ser uma ser humano melhor, mas não consegue sê-lo. O que você só sabe com a mente não ajuda muito, nem te aprisiona muito. Portanto não sao os conceitos os dogmas, as estorias que esta ou aquela religião conta, e que esses conspiracionistas adoram rebater, a causa da nossa alegada prisão. Ninguém precisa olhar para fora de si para encontrar a causa da nossa prisão, porque ela não é corporal. Mesmo se você deixa seu corpo físico e sai em astral, você ainda é prisioneiro das suas emoções descontroladas, se não souber como lidar com elas. Mesmo que você fique em corpo mental, não escapa do seus pensamentos, que se forem tortos, te proporcionarão experiencias tortas. Qualquer tipo de liberdade que se alegue existir só pode ser alcançada mudando o nosso interior. E as prisões são nosso tipo de emoções, de pensamentos, é o Ego, que resume isso tudo. O Ego ser apaixonado pelo que lhe é oferecido em termos de sensações, prazeres, poder, é exatamente o que o mantém preso. E aqui ele combina elementos de manipulação, em que tenta fazer a pessoa se sentir diminuída para depois prometer o céu, caso você esteja disposto a dar seu dinheiro a ele ,suponho: Quem se interessa por "papel de destaque" Pessoas que sentem que só tem valor se os outros a aprovarem. Logo, só alguém com baixa auto-estima é sensível a esse papinho de vendedor. E ele vai explorar esse traço dela botando-a mais para baixo ainda, tentando fazê-la se sentir culpada, burra, e oferecendo o oposto: algo grandioso,a promessa de respostas a todas as perguntas, a segurança que os inseguros tanto desejariam. Está explorando os pontos fracos dela para chegar onde quer. Eu não sei o contexto, mas ela parece ter alguma preocupação ética: Enquanto que ele adota uma visão bem típica dos adeptos da mão esquerda: Todo adepto da mão esquerda tem um "probleminha" com Jesus, não conseguem se controlar e sempre tentam achar uma brecha para atacar a figura de Jesus. Ninguém que tenha interesse na espiritualidade e luz se preocuparia com isso, porque mesmo que Jesus não tivesse existido, mesmo que seja só um personagem, esse personagem é a personificação das virtudes espirituais a serem almejadas. Quem não enxerga isso é cego demais para merecer que alguém lhe dê atenção. Só quem tem problema com essas virtudes é que fica se ocupando em tentar desacreditar um pessoa histórica que viveu supostamente há dois mil anos. Não se pode provar nem se Shakespeare existiu, mas as peças estão aí. Então como alguém ainda acha que não poder provar se Jesus existiu significa alguma coisa? Quando confrontado com o calcanhar de aquiles dessa conspiração toda ( todas as entidades de VOCES estão enganadas, mas as MINHAS estão certas) , ele sai pela tangente: E logo seguida, quando a pessoa que entendeu o raciocínio dele ( que se resume a "tudo que esses guias espirituais inventaram sobre espiritualidade é só um monte de papinhos só para manter as pessoas presas") resolve fazer a pergunta lógica, ele salta para o lado, tentando escapar do xeque-mate: Porque a linha de raciocínio desse pessoal é sempre montada para dizer que todas as virtudes que as religiões cobram de nós são apenas uma farsa, uma ilusão que nos impede de desenvolver nosso pleno potencial. Esse tipo de raciocínio é o que o pessoal do caminho da mão esquerda usa porque o que eles querem é aumentar a força do ego, o que significa aumentar poderes, aumentar capacidade de dominação realização ambição... e eles alegam que o caminho da mão direita, que é o que as religiões alegam seguir, do amos ,da compaixão, só transforma as pessoas, em escravos, em ovelhas fracas... enquanto eles querem é ser Deuses. Por isso a pergunta da pessoa tem toda a lógica: se tudo que esse pessoal da espiritualidade disse era só enganação, porque diabos esse papo de amor, ética, não seria também parte da armação? ehehe Talvez nesse ponto o tal Bruno não vá tão longe como fazem os adeptos da loja negra. Talvez não queira pregar algo tão descaradamente anti-cristão porque isso significaria sacudir uma bandeira muito visível o que pode não ser bom "para os negócios" E como as pessoas estão pagando por NADA , convém não forçar a barra: