• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

sandrofabres

Administrators
  • Content Count

    6,717
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    770

sandrofabres last won the day on August 17

sandrofabres had the most liked content!

Community Reputation

3,764 Excellent

About sandrofabres

  • Rank
    Membro Serenão (1000+)

Recent Profile Visitors

12,530 profile views
  1. Você tem que focar em recriar imaginariamente as sensações musculares, corporais, que teria ao fazer isso numa corda. O foco NÃO é na corda, mas no esfoŕço para puxar por ela. O que voce sentiria nas suas maos? Mos seus ombros?, nos seus bracos? Nas suas costas.. ao puxar-se por uma corda?? É NISSO que você precisa focar, no que sentiria se aquilo fosse real. Não precisa ir longe e viajar na imaginacáo, bastam tentativas de 3 bracadas de cada vez. Não funcionou? Concentre-se melhor em uma nova tentativa de tres braçadas... não fincionou? Concentre-se melhor numa nova tentativa de 3 braçadas... E fique fazendo isso, focando na qualidade da imaginacao, para que seja o mais realista que conseguir. Quando você fsz direito, na primeira ou segunda braçada já te gera um inicio de EV e na proxima voce já é arrastado para fora do corpo, como se uma banana tivesse sido fisgada por um anzol e quando o pescadro puxa a linha, a banana sai de dentro da casca. É o foco nas sensaçoes de saida do corpo que faxem a técnica funcionar, não é ficar dando muitas braçadas sem atençao suficiente.
  2. O mais provável é que seu medo tenha plasmado o que viu na cama. Em geral só vemos a cama vazia. Se ver seu corpo também desconfie que deve ser plasmagem. Sobre o cordao fino atravessandoa tv, é impossivel saber do que se trata sem seguir o fio e ver onde vai dar.
  3. NENHUMA forma astral merece credibilidade, a gente usa a forma que quiser, ou pode optar por nao usar nenhuma, se o que for fazer não precisar de maos para agarrar coisas.
  4. Não esqueça que pela teoria do big bang teria havido uma suposta grande explosão, que deu origem ao nosso universo material. So.cientistas acreditavam nisso e que o universo ainda estábse expandindo em função dessa primeira explosão.... Há quem veja nisso a " boca de saída" de um buraco negro, ou seja, o ponto central de expansao da matéria aqui neste universo seria o buraco negro de outro universo. Da mesma forma como os buracos negroa do nosso universo podem ser ralos de escoamento de matéria para outros universos, se do o big bang deles. Porque como o universo nunca parou de expandir, isso sugere algum tipo de fluxo que se extende a uma taxa constante. Pare entender melhor leia "Uma Breve Historia do Tempo", de Stephen Hawking ( mas é provável que os livros seguintes dele também sirvam. Mas como eu só li esse primeiro, em 1989, não temho certeza se os outroa tratam disso também. Se não me engano o "Universo numa casca de noz" é basicamente o mesmo livro, porém ilustrado)
  5. Parece que sim. Quse ninguém fala nisso, porque os chacrkas sao assunto que interessa aos encarnados, já que o corpo fisico nãk tem chacrkas, ter órgãos, mas o corpo etérico tem chacrkas, que correspondem a certos orgaos. Como a funcão do corpo etérico é fazer uma ponte entre o corpo astral e o fisico, então dá para supor que o corpo astral também tem chacrkas. Pimortanto o desencarnado tambén ten chackras. Mas oarece meio redundante, ja que a troca de energias estando em corpo astral parece acontecer por todo o corpo. Mas... vá lá: http://avidanomundoespiritual.com.br/aula-23-chacras-segundo-andre-luiz/
  6. Vou deixar aqui uma dica, uma série de entrevistas feitas pelo jornalista Luciano Potter, da rádio gaucha. Este é o link da série toda, para quem gostar da proposta: https://m.soundcloud.com/potterentrevista Foram quatro temporadas ate agora, as três primeiras são políticas, mas a mais recente é " Deus existe?", e hoje eu passei um pedaço da tarde ouvindo 4 delas e por isso resolvi trazer para este tópico essa dica, já que tem a ver com o tema. A metodologia em todas as temporadas é sempre a mesma: uma mesma pergunta é feita para diferentes entrevistados, que podem falar o que pensam com poucas interrrupções ( coisa rara no jornalismo). Mas por que estou trazendo isso para cá, já que não se tratam de espiritualistas???? Porque me chamou atencão alguns aspectos contrastantes quando se ouve ESSES TRÊS na sequência que sugiro. São dois filósofos e um jornalista: -Um dos filosofos, o Leandro Karnal, foi jesuíta antes de virar ateu. E passou por uma situacão de quase-morte ( mas não uma EQM, apenas uma quase queda de avião. https://m.soundcloud.com/potterentrevista/deus-existe-com-leandro-karnal -O outro, Luiz Felipé Pondé, veio de família cética e por necessidade acadêmica passou um tempo dando aulas de Filosofia da Religião, e nunca passou por uma situação desafiadora da sobrevivência. https://m.soundcloud.com/potterentrevista/deus-existe-com-luiz-felipe-ponde -O terceiro, o jornalista, recentemente superou um câncer que tinha data marcada para matá-lo. https://m.soundcloud.com/potterentrevista/deus-existe-com-david-coimbra Achei interessante ouvir como essas três pessoas se relacionam com essa idéia a partir de bases bem diferentes. Embora os dois filósofos tenham a mesma base, uma abordagem historico- racionalista, o fato de um deles já ter investido anos de sua vida na carreira religiosa os diferencia um do outro. Ao mesmo tempo, ambos analisam a idéia de um ponto de vista bem diferente do jornalista, que apela para outros referenciais para defender sua posição. Não vou dar aqui minha posição sobre isso ( sei que já comentei em algum tópico mas não me recordo em qual), porque sinceramente acho que o que importa é perceber que quando as pessoas olham para lados diferentes, não surpreende que algumas enxerguem respostas claras, enquanto outras pareçam não encontrar resposta alguma.
  7. É que nós saímos quando estamos numa curta "fase de transição" do estado de vigília para o estágio REM. E para voltar, idem: só conseguimos colar no corpo de novo se fizemos a reentrada no momento que ele está voltando do estágio REM para a vigília. Quando você vai tentar se projetar, é como se você estivesse dentro de um elevador que está se deslocando com a porta aberta e você precisa saltar para fora quando identificar que ele passando pelo andar desejado. Caso não consiga saltar, você será levado pelo elevador até o andar indesejado: a perda de consciência e a criação das fantasias mentais, os sonhos Se você conseguiu saltar do elevador no momento certo, você se projetou. O elevador seguira seu rumo sem você, mas isso significa que sua mente física vai começar a sonhar em algum momento. Enquanto o corpo ainda não tiver apagado completamente, sua projeção é meio instável, qualquer ruído, ou problmea respiratório, ou ronco, te puxará de volta. Por isso a maioria das projeções no início duram de poucos segundos a uns 3 minutos. Mas após o corpo ter apagado totalmente e você ter conseguido se manter lá fora, você não acordará mais por "acidente". Sua estada lá é mais duradoura e para voltar, você precisa forçar seu corpo a acordar (precisa fazer o elevador voltar a passar por aquele mesmo ponto, para que você pule para dentro dele agora). Se tentar voltar sem que o corpo tnha acordado, voce pode ver-se deitado na cama de novo, mas ao levantar, não grudou, estará num falso despertar. Um dos jeitos que a gente força o corpo a acordar é esse que você cita, de apertar fortemente os olhos. Eu também fazia isso quando pequeno, pra interromper ms sonhos lúcidos. Isso acontece porque pelo que se diz, nosso corpo fica paralisado quando dormimos (dizem né? um monte de gente se mexe dormindo), mas os olhos nunca ficam, então é a única parte que podemos acessar com facilidade, para gerar um movimento e fazer nosso corpo acordar na marra, e aí a gente volta. Pode ficar preso? Pode. Mas todos as noites tem equipes de resgate libertando os presos, ehehe. Então não dura muito, exceto se tem algum problema cármico que impede o resgate, ou se o sujeito vive se drogando, porque aí está pedindo para ficar preso mesmo, uma hora vai e não volta, porque a paciência em socorrer quem procura por problemas e más companhias astrais uma hora acaba.
  8. Eu já prendi alguns assim, não precisa arma, você prende o espírito com energia e traz ele até você. Talvez você tenha visto uma arma porque sua mente torceu as coisas para justificar o que sentiu. Em astral essas distorções acontecem o tempo todo, como pode ver aqui . Mas as vezes a gente usa armas também.
  9. Porque o primeiro post sempre fica a espera de liberação, para evtiar que bots se cadastrem no fórum e então encham o fórum de propaganda antes que a gente saiba. No nosos primeiro ataque de bos, um só deles postou 600 propagandas... todas em russo,kkkk. Agora quando algum deles faz isso, vocês não enxerga né? Porque eu enxergo, vou lá e deleto o cara e tudo que ele postou. Mas vendo que é um humano, eu livero, como liberei o seu agora. Está demorando um pouco para eu liberar porque estamos com o serviço de email desativado e o Saulo ainda não reativou. Enoa não sou mais informado por email, toda vez que alguém posta algo aqui. Preciso lembrar de entrar no fórum e procurar para ver se tem algo pendente.
  10. Por não ter visto seu corpo não é problema, raramente alguém vê, porque ao estar projetado você está usando sentidos do corpo astral, não do físico. Então não tem porque esperar ver objetos do físico. Você pode ver espíritos porque eles estarão na mesma dimensão que você, mas seu corpo físico não está na mesma dimensão que seu corpo astral, então a regra é quase nunca ver mesmo. Mas entrar em espelho não é uma boa, não há nada ali, lembre-se que espelhos são um pedaço de vidro pintado com tinta metálica. É o mesmo que querer entrar numa placa de madeira. Espelhos apenas criam a ilusão visual de um mundo paralelo, coisa que poderia enganar um silvícola apenas. Quando você entra numa estrutura assim esperando achar algo, sua mente sonhadora via começar a criar fantasias sem parar, e a experiência será apenas um sonho lúcido, uma viagem numa sucessão das plasmagens mentais e personagens que não existem de fato no plano astral. Pode ser divertido para quem gosta de fantasiar, mas tem tanto valor quanto "ter experiências" jogando um game.
  11. Bom, eu não consigo entender sua explicação, não sei se fala disso em vigília ou nesse processo de caminhada imaginária, ou em ambos os casos. Então vou explicar o que está ao meu alcance, e talvez você consiga ver algum sentido nisso. O que você está fazendo é aplicar a técnica do alvo mental, leia minha descrição aqui: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17033-por-onde-começar/&do=findComment&comment=74041 Aquele desenho eu fiz para representar o que acontece comigo: ou seja, seu eu imaginário está em outro ponto da casa e então seu corpo astral COMEÇA A SAIR DO CORPO FÍSICO E VEM ATÉ O EU IMAGINÁRIO,e encaixa nele. Nesse ponto, a experiência que era só visualizada, se torna tão real quanto se você estivesse fisicamemte lá. Isso é o que define uma projeção completa. Se tudo parecer meio vago, sentindo-se lá no local alvo mas também sentindo-se na cama, e seu eu projetado parece mais um personagem de videogame que você controla mas não se sente 100% lá, então é meio que uma projeção parcial, em que o corpo físico ainda não apagou, oque gera essa dupla consciência e diminui a´nitidez da percepção "eu estou aqui" Mas note: DEPOIS de você começar a perambular imaginariamente, EM ALGUM MOMENTO essa separação do corpo astral vai começar. Havendo seapração, duas coisas podem acontecer: - ou você perde a consciência (e por isso sente o sono te domiando, exatamente porque está conseguindo se separar) - ou a projeçao acontece de forma lúcida: ------------------------------------------------------ devagar, como eu ilustro n meu desenho ----------------------------------------------------- ou instantânea, e nesse caso há um "flush" energético no momento da transição entre as duas etapas "estou só imaginando isto/ estou aqui realmente" Mas note, como há uma projeção, pode haver problmeas típicos de projeção. Um deles é ficar preso por alguma parte. Outro é ser puxado de votla logo após ocmeçar a deixar seu corpo. Então essa sensação de sentir algo segurando sua cabeça pode ser só isso: o cordão de prata preso na sua nuca talvez ainda meio tenso querendo te puxar de vola. Já fui puxado de volta 6 ou 8 vezes sucessivas, a cada vez que eu levantava da cama em astral e ai sair do quarto. Sempre antede atravessar a portado quarto eu era puxado de volta , como se o cordão de prata fosse um elástico que me puxava de repente. Ao cair no copo de novo eu fazia a OLVE rapidinho por uns 3 segundos, para nao deixar colar, e levantava em astral novamente... e era puxado de volta. até que uma hora nao fui mais puxado. Mas forma 6 ou mais puxadas assim, sistema bate e volta, kkkk Pode ser que nesse tipo de situação você esteja a um passo de ser puxado de votla, por ser novidade, medo, tensão ... ou falta de relaxamento, porque a gente só coonsegeu se soltar se estiver bem relaxado. Se nao estiver, não descola. Outra coisa que pode estar acontecendo é "muito lastro". A sensação de estar caminhando no fundo do mar´e a sensação de projeção usando corpo "real-time", como fala o Robert Bruce. Para aliviar isso, faça a OLVE lá, estando projetado, e esse lastro energético em geral se dissipará e tudo fica mais claro. Pode também estar tendo ma projeçao incompleta, como falei antes. Nesse caso o que você percebe parece um tanto irreal, um tanto nebuloso, porque seu corpo na cama também está acordado, E outra: você sente a pressão do travesseiro atras da cabeça como se fosse o cordão de prata na nuca, ehehe, porque há dupla consciência e ainda está recebendo sinais do corpo físico durante a projeção. Então isso tudo confunde as sensações, ainda mais se o lastro energético também estiver presente ali, deixando tudo mais nebuloso. A gente precisa ter tido várias expeiências em que os mesmso problemas aconteceram e ir testando soluções, para saber qual coia está acontecendo no seu caso. Eu só poso falar a aptri das minhas experiências, que foram as que me permitiram detectar essas variações todas. Mas você vai ter que ver se algo disso parece encaxar no que você sente, Agora, se você sente isso também em vigília, ´porque deve andar praticando muito, o que gera meio que um reflexo projetivo e aí toda vez que você começar a devanear sobre algum assunto, imaginado-se em outro local, vai começar a surgir os sintomas projetivo, e vai sentir esse sono nebuloso chegando... tem que ver. Não deixe de ler o tópico por onde começar, e o do Bruce, que ajuda a entender melhor essas etapas: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/&
  12. É isso aí em cima? A sensaçao na cabeça e o sono?
  13. Mas tente descrever melolhor: O que é que você sente quando esta aplicando essa tecnica, que te faz chamar isso de arrasto mental?
  14. Eu fazia esse tipo de atividade no inicio, cerca de uns dois anos antes de começar a me projetar ( não por ter lido em algum lugar, e muito menos coisas vindas do tal "tetragrama", que ja foi memvor aqui e ficou ensinando magia negra até que o banimos) . Mas nunca senti nada disso que você relata, nem sei o que você pode estar querendo dizer com "arrasto mental". Nunca senti nada estranho ou desagraável. Esse e um exercicio que pode se comverter em projeção , chamamso de caminhada imaginária e comento sobre ele no tópico POR ONDE COMEÇAR, na parte de técnicas.para separacão.
  15. Poder até pode. Em geral essas coisas sempre envolvem laços familiares. Mas só um médium poderia de fato saber se voce apenas sonhou com isso porqur era o seu tema do dia, em vigilia, ou se participou de algo em astral mesmo, relacionado ao seu caso E ao do seu pai