Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

sandrofabres

Administrators
  • Posts

    7,713
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1,144

Everything posted by sandrofabres

  1. Dá uma olhada aqui: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17087-exteriorizar-energias-é-perigoso-autor-lu-mello/
  2. Remoção de bloqueios às vezes dói mesmo, pode ate deixar marca, meio vermelha, na área. Por isso se você começar a praticar técnicas de mover energias, pode se deparar de vez em quando com alguma dor quando faz isso, porque a movimentação energética pode arrancar algo que está ali. Se a dor é forte demais pode ter que interromper e fazer várias sessões, para ir afrouxando aos poucos. Comentei um pouco mais aqui: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/19851-dor-na-técnica-completa/
  3. Eu diria ue precisa muito mais de auto- conhecimento do que conhecimento de mundo, porque se uma pessoa não souber superar os efeitos nocivos de uma leitura de mundo errada que ela fez, ela não saberá usar as oportunidades disponíveis no mundo. Um exemplo muito proximo, mas bem comum: um amigo meu abandonou o ensino médio quando estava no segundo ano, porque o professor de fisica disse que ele nunca conseguiria entender as aulas. Ele acreditou e abandnou os estudos eheeh. Aí voltou a esrudar quando já tinha 36 e ficou espantado como nada daquilo era tão dificil quanto ele achou que fosse quando tinha 15 anos. Terminou o ensino medio e conseguiu com a nota do ENEM entrar numa faculdade de filosofia. Mas como era particular, devido às constantes dificuldades financeiras, precisou abandonar. Mas veja, a escola pública sempre esteve lá à espera dele. As oportunidades sempre estiveram lá, disponiveis, mas ele tomou para si, como real, a fantasia limitadora que o professor jogou sobre ele. E por isso, oorwue ele aceitou isso, a fantasia se tornou realidade, e a vida dele se tornou o que o professor supôs que seria, não aquilo que ele tinha capacidade de fazer dela. Se a pessoa não perceber que sua mente não pode aceitar tudo que vem de fora para dentro, em termos de estímulos, se ela não tiver uma postura ativa, filtrando o que é produtivo para sua vida e rejeitando o que é pernicioso, ela se tornará vitima das circunstâncias. Mas quem nos educa para isso? Todos na sociedade são educados para sempre serem "consumidores", sempre abertos a tudo que vem. Não são treinados para dizer NÃO, ISTO NÃO ME SERVE. Aí fica difícil. Você vê alguma educação nessa área apenas nas escolas esotéricas, ou em ramos como o budismo, nos temas relacinados à meditacao, à auto-obervação da mente das nossas reações emocionais. Então o produto final dessa educação voltada para a absorção acrítica de tudo que nos cerca só pode gerar vítimas do ambiente mesmo, da cultura, dos costumes. É muito difícil sair disso porque a atitude geral é estar sempre de braços abertos para tudo que vem do exterior em direcão ao sujeito. ------------------------------------------------- O presente recusado Um insensato ouviu dizer que o Buda pregava que devemos devolver o bem pelo mal e o insultou. O Buda guardou silêncio. Quando o outro acabou de insultá-lo, perguntou: "Meu filho, se um homem recusasse um presente , de quem seria o presente?" O outro respondeu "De quem quis oferecê-lo". "Meu filho" replicou o Buda, "Tu me insultaste, eu recuso o teu insulto e este fica contigo. Não será isso por acaso um manancial de desventura para ti?". O insensato se afastou envergonhado, porém voltou para refugiar-se no Buda. Extraído do livro "Buda" de Jorge Luiz Borges, Editora Bertrand Brasil ---------------------------
  4. Ah é, diz ali " com a cabeça astral". Então ainda não vi o primeiro caso de alguém se estatelar no fisico achando estar em astral, eheh. Na hora é muito realista né? Mas a ausência de dor denuncia o estado astral, eheh https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/15720-dúvida-cruel/&do=findComment&comment=65314
  5. Não se pode encontrar a resposta para um problema sem isolar as variáveis. Para saber se as situações de vida determinam como você será dali em diante você precisaria comparar pessoas idênticas expostas: - às mesmas situações - à situações diferentes Mas como: - não existem pessoas idênticas - não se pode replicar com uma pesoa todas as situações que a outra viveu até a situação- problema considerada então não se pode afirmar nada sobre o efeito das condições de vida sobre a psique de alguém hipotético. Só podemos saber como a situação particular A afetou ou não a pesaoa especifica X. Exemplo: bullying não causou problemas à maioria das pessoas que passsram por ele, mas causa em alguns. Então para prevenir problemas sabemos que o bullying deve ser reprimido. Mas não se pode afirmar nada sobre a capacidade do bullying atingir ou não determinada pessoa antes que isso já tenha ocorrido. A análise só pode ser feita DEPOIS, para cada caso. Daí a inutilidade de estabelecer essas regras gerais sobre o que de fato afetou você, e classificar isto ou aqilo de mera justificativa.
  6. Parece uma projeção. Sensações energéticas durante a experiência, dificuldade para manter o vôo, assediadores habituais aproveitando para tirar as casquinhas de sempre, de quando você não tem lucidez... Parece projeção mesmo.
  7. Desde 2018 nessa atitude. Se ele quisesse aprender algo, já teria aprendido lendo só o que contém neste tópico. Fora todo o resto do fórum!. Já deu.
  8. Nossa, é a primeira vez que vejo alguém conseguir isso! Todas as vezes que paguei esse mico e me estatelei no chão... foi em astral mesmo, eheheh.
  9. Este site não é rede social, é para esclarecimentos. Se você se recusa a ler os esclarecimentos que já foram dados e por isso fica fazendo perguntas sobre coisas já explicadas neste mesmo topico é porque você não quer o que este site tem a oferecer, então não faz sentido vc se manifestar. Não sei se você é retardado ou está com piadas, mas já está por um fio. Eu perco tempo da minha vida para responder a quem tem duvidas reais e quer aprender, não tenho tempo para quem só quer atenção, para isso você paga um psicólogo ou psiquiatra. ------ E para quem estiver lendo isto e não sabe da historia, esse usuário sempre se comporta como um robô que só faz perguntas aleatorias repetitivas, como se não lesse nem as repostas que são dadas de novo e de novo. Já estragou meia dúzia de topicos aqui com essas perguntas soltas, só que eu deleto tudo depois, cada vez que decido silenciá-lo Já passei mais de um ano respondendo privadamente ele no messenger, coisa que nunca fiz com ninguém no gva, porque achei que poderia sanar as duvidas excessivamente básicas dele sem estragar os conteúdos do gva. Até que notei que ele andava em circulos, perguntando semore de novo as mesmas coisas que eu já tinha respondido no messenger. ( precisa dormir oara se projetar? se eu engolir saliva eu estrago tudo? nao posso me mexer apos acordar? Vi isso aqui ma internet, será que funciona? etc...por anos as mesmas perguntas, como um disco arranhado) Ou seja, não é que ele não tenha capacidade mental de entender as minhas respostas longas aqui do gva, o que poderia de fato ser alguma dificudade para alguém com alguma dificuldade cognitiva, mas ele nem ao menos da atenção à respostas mais curtas e diretas, dadas no messenger. Ele não quer tirar duvidas, não quer conhecimento, quer atenção. Daí a paciência já esgotada, isso já se arrasta por 4 anos. Mas quando noto que alguma pergunta tem utilidade para os demais eu acabo aproveitando a pergunta para dar uma explicação mais completa, útil PAR QUEM SE INTERESSA EM APRENDER, mas que sei que ele não vai nem ler.
  10. Racionalente sim. Mas não é detectável nem por pessoas sensiveis às energias. Daí a necessária distinção entre "obter material biológico via assassinato" versus obter material biologico via simples coleta normal.
  11. Pois é. Mas devem ter percebido que se a pessoa cochila da para aproveitar. Uma vez eu e minha ex- esposa estávamos vendo um filme e ela cochilava. Eu acrodava rla, e ela dizia quw nao estava dormindo. Ok. Dai a pouco eu olhava para o ldo e ela estava de olhos fechados. Eu cutucava eka e ela teimava que não estava dormindo não, que eatava vendo o filme. - De olhos fechados? - Eu não estava de olhos fechados!!! Ok. Esperei acontecer de novo e tirei uma foto, para provar ehhehe. Com um filme imagina com uma vela! A pesso esta ali mentalmente consciente ainda contemplando o alvo, mas o corpo cochila. Acaba se tornando uma tecnica aplicavel para a projeção. Mas devem ter descoberto isso no IIPC ao tentarem usar para a clarividência.
  12. Pois é. Quando me aconteceu achei inusitado e perguntei para o Saulo. Ele me falou que com ele ja aconteceu varias vezes. Mas parece que ninguém comenta sobre isso. Acho que é porque conflita com o paradigma de que um espirito só entraria no corpo fisico, eheh. Essas coisas são tão complexas, quem mais souber ainda sabe muito pouco.
  13. Esse seu " eu" é relativo. Por exemplo, aquelas pessoas que ficam paralisadas em catalepsia estão conscientes, mas o corpo delas não, por isso não se mexe. Elas diriam "eu estou consciente mas não consigo me mexer". Na verdade não está consciente DO JEITO NECESSÁRIO ao movimento, está consciente apenas em corpo etérico. O corpo fisico está dormindo. No seu caso você está com uma parte da sua psique consciente, após o EV, logo, uma ds etapas da projecao já aconteceu. Portanto já há uma certa dissociação entre as copias da consciência, de modo que elas podem atuar de forma independente. Uma cópia pode estar ainda ativa no seu corpo, se mexendo, enquanto a outra está acordada ali pensando que diabos está acontecendo no corpo. E se não consegue levantar do corpo, se está paralisado, talvez a cópia astral já tenha saído para a projeção e você, cópia etérica, está ali acordado, imovel, sem saber o que fazer. Se ficar acordado tempo suficiente notará em algum momento uma presença se aproximando da cama e entrando em você, e quando ela entra, você sente o EV de novo, o EV de retorno, comprovando que era sua cópia astral projetada que retornou ao corpo enquanto sua cópia etérica ficou ali presa, achando que nada tinha acontecido. Mas nesse caso a memória da projeção se perde. Eu pelo menoa nunca consegui acessá-las quando acontece isso. Acho improvável que no seu caso seja espirito, porque nesse estado em que você percebe bem o EV também perceberia um espirito ali, no quarto ou pior ainda, no seu corpo. Você nota como se fosse dois corpos fisicos misturados, é dificil, talvez impossível, um espirito se aproximar do seu corpo NESSE ESTADO sem você perceber a aproximação dele. Sugiro que leia estes topicos e depois, se ainda tiver dúvidas volte aqui e comente: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17345-obsidiado/ https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17799-como-aumentar-o-transe-se-o-corpo-ganha-autonomia/&do=findComment&comment=79708 https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/
  14. Só posso especular, mas me pareceu que sua hipotese é a mais provável. Creio que algum mentor produziu sua saída em corpi mental e introduziu o outro ali. E quando você conseguii sentir amor, aquele esoirito foi afetado, mudou a vibração e foi despachado para uma faixa mais sutil, onde pode ser tratado. Você teria funcionado como um elevador,.mas de frequéncia. Ele entrou no elevador e você apertou o botão para o último andar, ehehe. Feito isso, missão cumprida. Tive ua experiência só em astral com uma fusão, e não senti nada energetico, apenas compartilhamento de coroo mesmo. Contei AQUI é o segundo relato, quabdo falo do velho baiano.
  15. "Eu gostaria de me tornar vegano porque li que ajuda na espiritualidade" ------------------------------ Vegano não creio. O que ajuda é que não comer animais mortos muda sua energia. Mas vegano não come nem derivados, como leite, queijo, ovos. Isso não tem nada a ver porque esse derivados não são OBTIDOS MEDIANTE SOFRIMENTO animal, logo seu consumo não cria um problema energético. Ser vegetariano já resolve isso e não há nenhuma dificuldade alimentar. Já ser vegano é uma atitude mais "politica", digamos assim de não querer participar da exploração animal. E aí não se deveria co lnsumir nem mel, já que é fruto da exploração do trabalho das abelhas. Veganismo é mais complexo, exige mais educação nutricional para evitar deficiencias, mas energeticamente nada acrescenta Neste topico ja antigo,a partir deste post... https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/12374-prazer-necessidade-hábito-ou-alienação-comer-carne/&do=findComment&comment=76747 .... eu coloquei algumas fontes sobre vegetarianismo, pdfs, videos, para ajudar a eliminar esses mitos sobre deficiências alimentares em vegetarianos. Mas veganismo vai te exigir mais instrução.
  16. Para isso faça o que é ensinado neste tópico. Já foram dadas instruções sobre isso. Se não quer fazer o que foi ensinado não faça mais perguntas.
  17. Leia os fundamentos 1 e 2 deste topico. O transe te deixa com a mente acordada, vai achar que está insone, não ajuda. Foque nos fundamentos 1 e 2 se quer dormir melhor. E claro: não use computadores nem celular por pelo menos 1h antes de deitar. Levante cedo antes das 8, e nao durma durante o dia. Em geral quem tem difculdade para dormir à noite é porque anda dormindo em horários em que deveria estar acordado.
  18. Parece até telepatia, eheh. Ontem eu estava saindo do trabalho no final da tarde e estava lembrando das suas perguntas, e percebi que você não entende um ponto chave, porque muitas explicações não são explicitas, confundindo o iniciante. E penando nisso lembrei dessa tecncia da vela, em geral muito mal explicada. E planejei: A proxima pergunta que o Marcelo fizer, que tenha esse problema, eu vou citar o exemplo da técnica da vela, para que ele perceba o problema de muitas explicações por aí. E aí você pergunta justo sobre ela, eheheh. ------------------- Neste topico eu já tenho repetido muitas vezes: para se projetar você precisa induzir um estado de sonolência. Você está sempre repetindo essa pergunta, mas a resposta não vai mudar. Sem sonolência não há projeção, nenhuma técnica vai funcionar sem sonolência. Fim da questão. Só que.... Os coleguinhas que como eu se propõem a explicar aos novatos muitas vezes não ajudam, porque quando a gente já tem alguma experiência a gente às vezes esquece de explicitar certos detalhes básicos. É como alguém que te ensina a cozinhar mas não ensina a ligar o fogo. E aí o cara vi na internet, acha uma receita e diz " mas nesta receita aqui precisa ligar o fogo?". Sim, precisa! Ele não falou mas ele supõe que você já sabe que precisa! Portanto, não importa qual tecnica você ache por aí, todas elas: - exigem sonolência, mesmo que o autor não fale sobre isso - todas elas são uma variante de algum TIPO ja descrito aqui neste tópico. Não há 10mil técnicas diferentes, há apenas dois tipos: 1- atenção ao exterior ( alvo mental, pode ser um local imaginário mas pode ser um objeto exterior qualquer,.como a vela. Mas a chamada vela, como fica se movendo é mais interessante de olhar do que um x na parede a sua frente. Mas poderia ser o x, o fato de ser uma vela não muda nada) 2- atenção ao interior ( movimentar o corpo astral, movimentar as energias) Ou seja: - ou você coloca sua atencão lá fora do corpo, para que sua consciência seja ATRAÍDA para lá, arrastando o corpo astral junto - ou você coloca sua atenção no corpo, para notar energias, chacrkas, expansão do corpo etérico, etc, e assim saber quando AFASTAR-SE do corpo. ATENÇÃO FORA: VOCÊ É ATRAIDO PARA FORA ATENÇÃO DENTRO: VOCÊ DECIDE SAIR DO CORPO É como você estar sentado na cadeira e eu te oferecer um chocolate, dizendo " venha pegar". Você focou no ato de levantar da cadeira? Não, você apenas focou sua atenção no chocolate e POR CONSEQUENCIA levantou da cadeira para pegá-lo, sem mesmo pensar no ATO DE LEVANTAR DA CADEIRA. Mas e se eu não tiver um chocolate e apenas disser " levante-se da cadeira bem devagar, o mais devagar que conseguir, prestando atenção em como seus músculos corporais atuam para equilibrar seu corpo durante o processo, e como o peso do seu corpo se distribui na planta dos pés, oscilando entre o calcanhar e as laterais e frente do pé" Nesse caso seu processo de levantar da cadeira será mais complexo, mais problemático, assim como acontece com as pessoas que ficam presas na catalepsia, ou presas.por uma parte do corpo. Um processo que é automatico e natural se torna todo atrapalhado porque a consciência está muito focada nos detalhes do corpo. E sua consciência está onde estiver sua atenção. O simples ato de levantar da cadeira pode se tornar algo complicado se você focar muita atenção em todos os detalhes das sensações. Bem, dito isto, como essa técnica que você achou ( e que tem lá no Projeciologia do Waldo) se encaixa nisso que estou falando? TODAS AS TÉCNICAS se resumem a um desses dois tipos citados, porém TODAS EXIGEM SONOLENCIA, mesmo que o autor da técnica não tenha falado sobre isso. E como você gera sonolência? - Fica queito, imóvel e espera ela chegar, para então começar a técncia, - -ou então induz a sonolência usando um técnica QUALQUER de relaxamento, e aprofunda isso com uma técnica QUALQUER de transe. NÃO EXPLICAREM ISSO GERA CONFUSÃO NO INICIANTE E MUITA FRUSTRACÃO PORQUE SEM SONOLENCIA NÃO HÁ PROJECAO! Eu mesmo tive essa mesma sua dúvida quando durante um curso do IIPC que fiz, fui sorteado para praticar justamente essa técnica da vela. Eu olhava ali na descrição e não dizia para fechar os olhos nem nada. Fiquei uma semana praticando isso diariamente de olhos abertos e só o que obtive foi uma tremenda dor de cabeça. Depois, no proximo encontro, cada pessoa sorteada falava o que conseguia com a técnica que lhe foi passada. Falei que não consegui nada, que ficava com os olhos meio ardidos de ficar o tempo todo ali olhando para a vela, e que achava improvável que alguém conseguisse se projetar ali olhos abertos olhando par a vela. E o instrutor me disse: " Mas nao é para ficar de olhos abertos chega uma hora que você fecha" eheheheh, pois é, mas não.diz nada ali. Isso foi em 2010, quando fiz o curso e não tinha prática com a projecao, mas com a experiência já entendo como isso funciona, apesar a explicação fornecida não ajudar o iniciante. Vejamos por partes ----------------------------- Ou seja, técnica do tipo 1: concentração exterior induzindo ao desencaixe e PORTANTO, AO SONO. Ou seja, o ponto chave da técnica é a indução ao transe, por isso se usa a concentração num ponto fixo como ferramenta principal. É o que falo aqui neste topico desde o inicio: - relaxamento - transe - tecnica de separacao ----------------------------. - cadeira confortável+ ambiente escurecido= relaxamento, sonolência Indução ao transe Os devaneios podem te fazer apagar, e você quer sonolência, não sono total, oor isso faz sentado e não deitado. -Se fizer deitado, tem que ter algum nível de DESCONFORTO para tornar mais lento o apagamento. -Se fizer sentado precisa esta confortável, ou não desenvolverá o grau e sonolência necessário para se projetar. Se aconteceu um estado de leveza/ desconcidência é porque SEU CORPO DORMIU ALI SENTADO! Mas se você está lutando para não se perder em devaneios e para continuar focado na chama da vela, você NÃO SABERÁ DISSO, vai achar que se proejetou acordado. É uma FALHA DE PERCEPÇÃO do que aconteceu Por isso quem ensina técnica não fala em ADORMECIMENTO, porque a gente NUNCA NOTA O ADORMECIMENTO se estiver com a atenção focada no alvo. Seus olhos fecham, você RONCA, mas acredita que está de olhos abertos e acordado. Só quando tem alguém do teu lado te observando é que ele testemunhará que "você dormiu". Mas você vai teimar e dizer que não dormiu. Então se faz essa técncia sozinho você vai descrevê-la como está nesse texto, sem mencionar o sono, porque você NÃO PERCEBEU QUE ELE OCORREU. É isso que gera confusão na cabeça do iniciante que ficar por aí colecionanso técnicas. Se você não se focar em entender os FUNDAMENTOS, tal como explicados aqui, ficam esses pontos falhos nas descrições de algumas técnicas e você não entende como elas funcionarão. Portanto,.fica aí novamente MAIS UMA DEMONSTRACAO que todas as técnicas se resumem a - relxamento - transe ' tecnica de separação -Todas precisam atingir algum grau de sonolência para funcionar - Todas precisam fazer seu corpo dormir, ainda que isso não esteja claro na descrição, e ainda que o dorminhoco jure que não pregou o olho nenhuma vez. Se o cara se projetou, O CORPO DORMIU. O que não dormiu foi a consciência.
  19. A gente não tem uma lâmpada vermelha que acenda na mente avisando que entramos no estado semiadormecido. Tudo que você pode fazer é o relaxamento e alguma técnica de transe, e quando sua atenção começar a ficar difícil, quando começar a devanear demais, pode concluir que está quase no ponto. Mas não tem como saber o ponto exato. Por isso começa a testar logo após ter feito os fundamentos anteriores. -Vai concluir que NÃO ESTAVA no ponto enquanto a técnica não funcionar. -Vai concluir que estava no ponto quando a técnica funcionar. Não tem como saber antes de tentar, então começa a tentar logo que você nota alguma leve sonolência. Note o que diz ali na postagem do Saulo: Note o que diz nas minhas explicações:
  20. É exatamente o mesmo TIPO de técnica de separação que ensino AQUI
  21. É, isso é comum na(s) primeira(s). Parece que a gente é um passarinho que finalmente fugiu da gaiola. É, as vezes isso acontece muito rápido, pega a gente de surpresa mesmo. Mas aí no dia seguinte você quer repetir, só que aí é uma decisão racional, não é "pensei sem muito pensar como", e talvez por isso costume falhar. Acontece quando a gente olha para baixo. Tem que olhar o panorama geral, se prestar atenção ao que está embaixo você vai perdendo altitude. Se olhar para o geral no horizonte vai indo, mas se olhar com atenção para alguma estrela no céu à noite, vai acelerar até o fim do mundo ,ehehe. É um problema controlar esses vôos. Não creio que tenha sido sonho porque você teve os "problemas" típicos que temos na projeção, relacionados ao vôo. -------------------------------- Obs: Adicionei uns espaços no seu texto, para poder ler, ou ficaria muito difícil de entender. Tente separar em parágrafos na próxima postagem
  22. Eu nunca vi veículos de transporte de rotina no astral, nem carros nem onibus. Tods vez que saí por aí a andar pelo centro da cidade ( que é um lugar que até pela rotina de vigília poderia levar s pessoss a plasmar veículos, só via pessoas a pé andando no meio das ruas, nunca carros. Porém.... 1- eventualmente a pessoa plasma algo. Eu mesmo ao saí de casa em astral um vez, olhei para baixo do prédio, vi uma moto, "sabia" que era " a minha moto ( não tenho moto em vigília, nem saberia andar em uma), desci, montei nela e saí na projecao usando ela. A bichinha voa, alias, nao anda pelo chao. Tenho lembrancas de " sonhos" em que estou nela, mas nesse caso aí foi projecao de consciencia contínua mesmo, acelerei as energias com o EV, descolei do corpo, atravessei a parede para a rua e fui até a moto. 2- existem um veículos que se usa nos trabalhos de amparo. Ns obras espiritas voce vê alguma referência a eles. No livro/ filme Nosso Lar mostram algo assim, mas ali só usam nesse cidade astral https://youtu.be/cyZFSt6hjLc&t=80s Mas para penetrar nas zonas mais pesadas do umbral também se usa. São do tipo de um trem ou metrô mesmo, usados para levar os trabalhadores astrais em grupo para as áreas mais densas. Já estive neles. Suponho que também levem grandes grupos embora nesses veículos, quando os tiramos das zonas densas, mas isso eu nunca vi. Quando me envolvi com retiradas de grandes grupos eles apenas sumiam do cenario apos saírem do local onde estavam e eu sabia que tinham sido levados para uma faixa melhor, mas não vi como foi feito o transporte. Então quando digo que nunca vi, é porque me refiro a veiculos de rotina, assim temos no fisico. Mas os mentores usam esses equipamentos nos trabalhos. Lembro de ter visto um video do Laércio Fonseca em que ele relata uma projecao em que viu um grande veículo de transporte no astral, coisa gigantesca, aparentemente capaz de transportar a populacao de uma cidade toda. Mas não faço idéia de qual video seria, só sei que vi antes de 2016 e acho que tratava de migração de populações. Já vi shopping e também " camelódromo" nas ruas. Creio que trata-se de estruturas de imitacao paea uso dos proprioa encarnados e desencarnados recentes, ambos ainda com a mentalidade muito habituada às estruturas do plano fisico. Quanto mais perto do fisico, maior a semelhança. Lugares do astral mais " profundos" vivem num estrutura tipo idade média ainda. Faixas mais leves e distantes do fisico já costumam ter aparência mais "tecnológica" que o plano fisico. Entao quando você vii coisas muito similares ao fisico sabe que esta numa faixa bem proxima dele, uma " primeira zona, onde encarnado projetados e desencarnados recentes se misturam.
  23. Outro exemplo desse tipo de confusão, que me aconteceu uma época: Eu andava testando psicocinese projetado. E aí, de vez em quando acordava a noite, sonolento, abria os olhos, via algo em frente à cama, os livros na estante, um porta retratos, algum calçado, no chao, e ao prestar atenção nele, ele se mexeu levemente. E aí eu focava mais a atenção e o objeto começava a se mexer bem mais, a girar, a flutuar... Ao invés de desconfiar que eu tinha acordado em astral..... Não...., eeheh, o bobão aqui achava: " Que legal! De tanto praticar mover coisas com a mente no astral já estou conseguindo mexer no fisico!" Por sorte do nada eu acordava de verdade, e entao via o quarto às escuras, o que me fazia lembrar que se antes eu estava vendo tudo normalmente, portanto: antes eu estava acordado apenas em astral. Logo, não estava movendo objetos do fisico com a mente coisa nenhuma! Mas e se isso acontecesse durante um cochilo diurno, com o quarto iluminado? Seria muito mais difícil eu perceber meu erro. E olha que isso aconteceu várias vezes, portanto eu poderia concluir, erradamente que em algumas noites, devido a um provável estado alterado fruto da sonolência, um estado alfa propicio às habilidades paranormais, eu conseguia acionar a psicocinese. E ficaria tentando repetir em vigilia sem entender porque diabos não conseguia repetir aquilo quando queria, só quando acordava no meio da noite.
×
×
  • Create New...