• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Joe

B-Membros
  • Content Count

    658
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    12

Joe last won the day on August 18 2019

Joe had the most liked content!

Community Reputation

109 Excellent

4 Followers

About Joe

  • Rank
    Em Corpo Astral (600+)
  • Birthday 09/17/1991

Recent Profile Visitors

2,044 profile views
  1. Uso três linhas de pensamento: A eternidade do atman das religiões dharmicas (jainismo e budismo) e a não necessidade de um Deus supremo criador. A eternidade do atman das religiões vedicas e sua dependência de um Deus imanente que abrange tudo e sendo co-eterna. A visão espírita e da filosofia ocidental da imortalidade do espírito imaterial, sua criação por um Deus eterno, e sua evolução de um ser simples sem conhecimento para um ser perfeito.
  2. Sim, se o espírito já tem livre arbítrio desenvolvido não é obrigado a nada. Mas se está estagnado em algum estágio evolutivo não compatível com a raça humana é provável que seja extraditado para outra orbe compatível com o seu grau.
  3. Primeira coisa é ver se você não é sedentário, se mantém uma rotina diária de treino físico e se não é viciado em pornografia. Excluindo esses fatores a ansiedade pode ser resultado de obsessão espiritual.
  4. 10.777.789.123 bilhões de espíritos encarnados e desencarnados.
  5. E essa história da criação divina ser “o corpo de Deus”? a) É outro ponto de total incompatibilidade entre Espiritismo e Teosofia b) Os grandes clarividentes do passado, conseguiam ver a estrutura microscópica de nosso corpo e também, as inúmeras bactérias que temos nele c) Como tinham conhecimento da existência do Ego (Espírito propriamente dito) e percebiam que era ele que comandava e controlava toda nossa estrutura corpórea, imaginaram que com Deus seria a mesma coisa d) Perceberam também, que essas miríades de Mônadas microscópicas compunham nosso corpo e) Por comparação, se nosso corpo é composto por trilhões de Mônadas, Deus também teria um corpo que seria composto por toda a sua criação f) Como a criação era toda material, o corpo de Deus também seria. Lembremos de nossa imagem e semelhança com ele: Deus teria como nós um corpo em tamanho muito grande g) Reforçando tudo, eles viam também nossos corpos espirituais, que também são feitos de matéria fluídica. Não conseguiram diferenciar o Ego do corpo mental, achando que esta era o ponto mais sutil de nossa formação h) Com isso, a conclusão foi imediata: tudo é matéria, nas mais diferentes formas Mas então não é correto pensar assim? a) Vamos raciocinar usando a Doutrina Espírita e os Atributos de Deus: b) Se a criação fosse o corpo de Deus ele não seria nem imaterial e nem imutável, pois seria de matéria c) Pelas leis da Termodinâmica, principalmente a entropia, todo fenômeno material tem que ter começo e fim. Logo sendo material, Deus teria que ter começo e fim d) Então Deus não poderia ser nem incriado e nem eterno. Não poderia ser Deus, pois teria que evoluir e não teria a suprema sabedoria, pois teria um fim. Ainda, para evoluir teria que ter um começo e) Este corpo de Deus seria completamente instável, pois mudaria de forma a cada mudança de um fenômeno material. Cada bactéria que mudasse, mudaria o corpo dele. Imaginemos isto em uma infinita criação, a evoluir e mudar sem parar. Como seria o Pai imutável? f) Mas, Deus sendo imutável, tem que ter todo o supremo conhecimento, não podendo evoluir g) Não há como Deus ter qualquer resquício de matéria e muito menos ter um corpo material h) Deus é o único que nunca evoluiu e nunca evoluirá. Daí só ele ser o criador e todos nós criaturas i) Somos semelhantes a Deus. Como vimos ele tem a essência de algo inteligente. Como somos semelhantes a ele, em essência somos também, algo inteligente j) Tudo o que é material começa e acaba, como nosso corpo ao desaparecer. Mas, como Ego continuamos a existir, com todas as características que tínhamos quando encarnados, nos corpos espirituais k) Se tudo isto foi comprovado pela ciência Espírita de forma completa e irrefutável, então somos imortais, mesmo tendo um começo l) Se somos imortais, não podemos ter uma estrutura material, mas algo que nunca perece ou acaba. Raciocinando bem, veremos que a Termodinâmica nos ajuda a provar a existência do Ego imaterial, pois a ciência Espírita, como dissemos, já provou que ele é imortal. Para ser imortal não pode ter a essência que estrutura todas as formas de matéria m) Então não podemos ser de essência material n) Como afirmam os Espíritos e André Luiz, nossa essência é algo inteligente, que vive para sempre o) Temos que ser, então, completamente diferentes da matéria e somos quem realmente aprende e evolui p) Mas se evolui e é imortal não pode regredir ou desaprender q) Logo a única realidade é a imaterialidade de nós Egos, que é uma realidade imaterial e nunca uma realidade da matéria r) Deus só pode ser imaterial e sendo imutável, não pode evoluir, e muito menos ter um corpo material que seria sua criação s) Tudo isso é na realidade consequência de ideias mitológicas que por milênios nos confundem. Se até o início do Ciclo de Regeneração isso tudo teve sua utilidade, agora que já entramos nele deixou de ter t) Deus tem atributos que o tornam imaterial, imutável, incriado, eterno, causa primária, suprema sabedoria, onisciente, onipotente, dentre seus infinitos atributos
  6. Essa visão negativa da individualidade tem mais a ver com o panteísmo (visão materialista aliás...) do século XVIII, XIX do que a visão das tradições iniciáticas. Citações do Bhagavad Gita: Indestrutível e Eterno Brahman Arjuna disse: 8:1. Que é Aquilo a que se chama Brahman e o que é Aquilo a que se chama Atman? Que é a acção, ó Alma Suprema? Que é o material e que é o Divino? 8:2. Que é o sacrifício, e como pode ser realizado por uma pessoa encarnada? E como é que, ó Madhusudana, aquele que conheceu o Atman Te conhece a Ti no momento da sua morte? O Senhor Krishna disse: 8:3. Indestrutível e Mais Alto é Brahman. A essência (do homem) é o Atman. O que proporciona a vida dos seres encarnados chama-se acção. 8:4. O conhecimento sobre o material está relacionado com a Minha natureza transitória, enquanto que o conhecimento sobre o Divino, está relacionado com o purusha. O conhecimento sobre o Sacrifício Mais Alto está relacionado Comigo neste corpo, ó melhor das pessoas encarnadas! 8:5. E aquele que partindo do seu corpo, é consciente apenas de Mim, no momento da morte, sem dúvida, entra em Minha Existência! 8:6. Qualquer que seja o estado habitual de alguém no final da sua existência no corpo, esta pessoa fica* neste estado, ó Kaunteya! 8:7. Portanto, lembra-te sempre de mim, e luta! Aspirando a Mim com a mente e consciência, entrarás em Mim infalivelmente! 8:8. Tendo alcançado a paz com ajuda do yoga, sem distrair-se com nada mais, reflectindo constantemente sobre o Altíssimo, um alcança o Mais Alto Espírito Divino! 8:9. Quem sabe tudo sobre o Eterno Omnipresente Senhor do mundo, Aquele que é o mais subtil do subtilíssimo, que é o Fundamento de tudo, que não tem forma e que brilha como o Sol por detrás da escuridão, 8:10. Quem, no momento da partida, não desvia a sua mente nem amor permanecendo no Yoga*, e quem abre passagem para a energia* entre as sobrancelhas, alcança o Espírito Divino Superior! 8:11. O Caminho, que os seres humanos de conhecimento chamam o Caminho para o Eterno, que os guerreiros espirituais percorrem através do autodomínio e da libertação das paixões, que os brahmacharias percorrem, descrever-te-ei este Caminho brevemente. 8:12. Tendo fechado todas as portas do corpo*, tendo colocado a mente no coração, dirigindo o Atman para o Supremo, tendo-se estabelecido firmemente no Yoga, 8:13. Cantando o mantra de Brahmam AUM* e sendo consciente de Mim – quem quer que deixe assim o seu corpo alcança a Meta Suprema. 8:14. Aquele que pensa constantemente apenas em Mim, sem ter nenhum outro pensamento, ó Partha, alcança-Me facilmente! 8:15. Ao chegar a Mim, tais Mahatmas nunca voltam a nascer neste transitório vale de lágrimas. Eles alcançam a Perfeição Mais Alta. 8:16. Aqueles que moram nos mundos antes do mundo de Brahman* encarnam de novo, ó Arjuna! Por outro lado, aqueles que Me alcançaram não têm que nascer! 8:17. Quem sabe do Dia de Brahman, que dura mil yugas*, e da Sua Noite, a qual termina depois de mil yugas, conhece o Dia e a Noite. 8:18. Ao começar o dia tudo o manifestado emana do não-manifestado. Quando a Noite cai, todo o manifestado se dissolve no que se chama não-manifestado. 8:19. Ao cair a Noite, toda a multidão dos seres nascidos desaparece. Ao chegar o Dia, os seres, segundo a Ordem Mais Alta, aparecem novamente. 8:20. Mas também existe outro Não-Manifestado que está muito acima do não-manifestado e que também continua a existir quando todo o manifestado perece. 8:21. Este Não-Manifestado chama-Se o Perfeitíssimo e é conhecido como a Última Meta! Quem O alcançou já não volta. Isto é O que reside em Minha Morada Suprema. 8:22. Esta Consciência Superior, ó Partha, alcança-se através da devoção inabalável apenas a Ela – dentro da qual permanece tudo o que existe e a qual permeia o mundo inteiro! 8:23. Agora contar-te-ei, ó melhor dos Bharatas, sobre o momento no qual os yogis que nunca regressam deixam os seus corpos e também sobre o momento no qual os yogis que têm que regressar deixam os seus corpos! 8:24. Morrendo com o fogo, durante a luz do dia, na Lua crescente, no decurso dos seis meses do caminho nortenho do sol, os yogis que conhecem Brahman vão a Brahman. 8:25. Morrendo no fumo, durante a noite, na Lua minguante, no decurso dos seis meses do caminho sulista do Sol, os yogis, obtendo a luz lunar, regressam. 8:26. Luz e Escuridão – estes são dois caminhos que existem eternamente. Pelo primeiro caminham aqueles que já não regressam e, pelo segundo, aqueles que têm que regressar. 8:27. Conhecendo estes dois caminhos, que um yogi nunca se extravie. Por isso, sê inabalável no yoga, ó Arjuna! 8:28. O estudo dos Vedas, a realização de sacrifícios, das façanhas ascéticas e das boas obras dão os seus frutos. Mas os yogis que possuem o conhecimento verdadeiro elevam-se por cima de tudo isto e alcançam a Morada Suprema! Assim diz a oitava conversação entre Sri Krishna e Arjuna, nos gloriosos Upanishads do bendito Bhagavad-Gita, a Ciência do Eterno, a Escritura do Yoga, chamada: Indestrutível e Eterno Brahman.
  7. Um ser onisciente não tem necessidade disso. Já um ser finito em evolução é comum nas diversas tradições.
  8. Tem uma palestra boa do cientista que descobriu os distúrbios no cérebro: https://youtu.be/AWoZUEIGK4w
  9. Fora a feitiçaria islâmica usando djinns. Países como Marrocos e outros norte da África existe muita feitiçaria.
  10. O próprio espírito sem a diminuição de suas das faculdades causada pelo corpo.
  11. Também faço essas perguntas mas nunca vi boas respostas. O mais estranho é certas literaturas dizerem que os espíritos vêem e interferem no nosso mundo físico. Sabemos que os fluídos etéricos que ligam o astral com o físico e os 5 sentidos para captar o mundo externo... Pela lógica entidades que tenham alguma quantidade de fluidos etéricos só conseguiriam ver nesse nível etérico e não físico.
  12. Preparados para o juízo final do dia 20 de julho de 2019?
  13. Tenho uma opinião negativa sobre esse líder religioso. 😢 Fora o marketing entre outras coisas... O lance do El Cantare é algo bizarro.
  14. A realidade é que esse fórum foi essencial no rumo que minha vida tomou... Tantas informações que obtive, erros e acertos... Modificou todo meu destino. Pelo menos melhorei um pouco nesses anos Voltando ao satã a Torah tem diversos níveis e campos de significado. Jacó quando lutou contra o anjo/satã/ego teve seu nome modificados para Israel. A soma das gematrias de Jacó com satã é exatamente o valor da gematria de Israel. Israel nessa linha interpretativa é o estado de consciência iluminada.