• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Robert

B-Membros
  • Content Count

    163
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    6

Robert last won the day on January 28 2018

Robert had the most liked content!

Community Reputation

94 Excellent

3 Followers

About Robert

  • Rank
    Membro Iniciando (100+)

Recent Profile Visitors

773 profile views
  1. Esses dois livros em inglês(mas com fácil tradução) talvez sejam a maior compilação de todos os métodos(orientais em sua maioria) de artes marciais internas. Segue o link de download: https://www.media fire.com/file/ieo6fq3bb9p822v/Jerry_Alan_Johnson_-_The_Essence_Of_Internal_Martial_Arts__(Vol.1)-Ching_Lien_Healing_Arts_Center_(1994).pdf/file https://www.media fire.com/file/elfkoomy992jy7m/Jerry_Alan_Johnson_-_The_Essence_of_Internal_Marcial_Arts_(Vol.2)-Ching_Lien_Healing_Arts_Center_(1994).pdf/file Basta reduzir o espaço entre o media e o fire. Fiz isso para evitar problemas
  2. Todo objeto tem sua energia eletromagnética, que é o que faz a ligação em todos os níveis para que ele se sobreponha da forma que ele aparenta. E isso obviamente interage com você em níveis sutis, talvez haja alguma frequencia de ressonancia quando estamos emocionalmente focados nesses objetos e isso meio que adicione informações ao objeto em sí. é só uma teoria...e de forma geral só ser pessimista não deve ter nenhum efeito sobre os objetos.
  3. Dentro dos limites evite remédios. A partir do momento que vc criar uma confiança e uma fé na vida as coisas melhoram. Crenças como a de que somos criadores, o que nos pensamos se realiza, tudo acontece por um motivo, sensibilizar nossas percepções....faz com que tudo pareça fora de controle e tudo ao mesmo tempo esteja na possibilidade de nosso controle, tudo pareça ter valor, e isso é muito para seu cérebro processar.
  4. Quando você começa a ter uma visão espiritual você começa a empregar significados a coisas as quais vc via objetivamente. As pessoas que ali passavam, as coisas, que antes eram objetos, agora automaticamente vc emprega a ideia de que está ali por algum motivo, deve ter algum motivo, sincronicidade, tem um significado, transcende aquela situação. Isso dependendo do seu perfil emocional pode render diversos problemas. Mas honestamente, acho que se trata de um processo de adaptação, creio que 90 % das pessoas que começam a ter uma vida mais espiritualizada passam por isso. Se não te trouxer muitos problemas, não precisa ficar muito alarmado.
  5. Existem coisas menos invasivas como a tal pasta de açafrão na testa do Nithyananda, uma suplementação consciente de Lugol, Boro, k2 e Magnésio. O grande erro é achar que isso induz a projeção...sendo que vc ja se projeta naturalmente rs, o que você quer é lucidez na projeção Posso estar falando bobagem, mas quando a suplementação vem do chá das plantas não há esse problema hormônal, em relação ao cérebro, porque quando o hormônio é produzido antes de chegar ao cérebro a eficiência é bem menor e tem bloqueadores.
  6. Sim, só tem que lembrar que bioenergia não é consciência. Existem péssimas pessoas, mas com baita controle energético, utilizado para coisas ruins. Honestamente não acho que o Waldo seja um grande exemplo nesse tipo de coisa, basta ver o vídeo em que ele fala sobre isso e é nítida a carga enquanto ele fala. Curiosamente o Waldo sempre tinha essas histórias...comia carne porque tinha um problema raro, se masturbava porque tinha que acabar com as fantasias(ora, se ele tinha as fantasias, não era melhor buscar que não as tivesse? rs) Agora, de nada adianta parar de se masturbar e continuar transando(sem ser de uma maneira bem especial como o tantra) nesse período. E é mil vezes melhor se masturbar do que transar com qualquer pessoa. Se vc consegue ter um período de castidade e utilizar essa energia para despertar kundalini ou terceiro olho por exemplo, é óbvio que isso vai ter um ótimo resultado, é isso que boa parte do hinduismo, taoismo, etc, faz durante milenios com ótimos resultados.
  7. O exemplo do despertar kundalini espontaneamente é a mesma coisa de eu dizer para uma camêlo virar o Silvio Santos, é absoluta minoria. Não estamos falando de pessoas que vão tentar elevar kundalini se se livrarem dos dogmas e culpas. Estamos falando de uma enorme parcela que mataria em uma mera discussão se não fosse o medo ou a coerção, que cometeria crimes sexuais se não fosse o medo de ter a vida toda sendo tratado pelo o que cometeu ou o remorso que sofreria,... É normal acharmos que as pessoas são em geral a galera do gva ou a qual ressoa com a gente (que a liberdade vai fazer que elas busquem algo como kundalini) e acabamos atraindo na nossa vida. Mas a grande maioria ainda é muito densa e está na mão do "palhaço", levada por emoção, vento, etc. Lembro de um professor que me disse que até hoje a maior dor dele foi sem querer ter pisado em um gatinho recem nascido que estava na porta dele. Imagina, esmagar um gatinho recém nascido com os próprios pés? Bom, esse é o ser humano, um elefante numa loja de porcelana, seus assediadores agora estão rondando a vizinhança...tudo gera efeito, até mesmo quando não temos a menor intenção. Ter cuidado é viver, até porque seus pensamentos e emoções afetam outras pessoas.
  8. Evoluimos muito também a tecnologia de vôo fretado, e o que isso poderiadizer em relação a nós voarmos? O que pensamento tem a ver com a espiritualidade? Tudo toca a espiritualidade pq é mais sutíl, mas não quer dizer que seja espiritualidade em si mesma. Além disso, não temos nem perto o poder cognitivo de um Platão. Apenas temos mais acesso à informação, o que diz muito sobre mecanismos sociais, mas pouco sobre evolução pessoal. Outro ponto é que o ser humano é muito, mas muito mais, um ser subconsciente,e inconsciente do que consciente. O subconsciente é milhões de vezes mais poderoso do que o consciênte. Arquétipos e símbolos são a comunicação mais poderosas que temos. Até mesmo no cotidiano...o que são números, letras, ...? Tudo em um ritual tem sua função, ainda mais os herméticos por conseguirem ter entrado com certa facilidade nas universidades. Tudo é muito bem detalhado.
  9. Darei a minha opinião. Entenda que o que evolui é consciência, e consciência não depende de corpo físico, família, questões sociais, etc. Só que como consciências pouco elevadas ainda precisamos de rabiscos um tanto densos para nos guiar. É como uma placa de trânsito, se ela for sutil você vai acabar passando despercebido pq está distraido com algo, então as energias se densificam para que você possa tomar rumo...Agora, a maneira como isso se dá depende da sua capacidade de compreensão. O que quero dizer com isso é que isso foi "necessário" para que tivesse a consciência que tem hoje, foi a maneira que isso se desenhou através das circunstâncias. E a partir do momento que você alcança o que tem que desenvolver consciencialmente os problemas diminuem.Então eles podem se prolongar se você demorar a conseguir esse novo nível de consciência, ou eles podem cessar rapidamente. Digamos que no seu caso seja, criar uma visão clara dos prejuízos de vícios e visões inflexíveis, e você tem essa catarse logo cedo e começa a meditar sobre isso e se mudar internamente, as coisas ao seu redor tendem a se reorganizar e irem mudando (isso pode ser por exemplo, uma tia ótima que te oferece a casa para vc passar a maior parte do tempo/sua vida começa a se encaminhar para uma liberdade financeira precoce, etc)
  10. Eu concordo plenamente na questão de que é o individuo que evolui e não o todo em si. O ponto é tomar a culpa como algo meramente ruim. Sendo que a culpa é um processo primordial de sermos o que somos, temos um lóbulo só para julgamento e adaptação. A culpa é a mesma coisa de qualquer outra condição, a alegria leva a pessoa a fazerem tantas bobagens quanto. Pessoalmente já vi gente comentendo mais coisas ruins levadas por um excesso de alegria e diversão, inclusive cometerem atos equivocados que a levaram a morte, do que através da culpa. Todas as condições tem seus lados negativos e positivos dentro do desenvolvimento humano. Claro que tudo isso faz parte da dualidade e deve ser abandonada quando alcançarmos um nível elevado de consciência. Só que há um perigo de se propagar isso. O Moisés em um dos vídeos dele conta a história de uma mulher que tinha, segundo ela, descoberto a maneira de evitar que espiritos ruins as seguissem, e disse: _Antes de fazer qualquer coisa eu digo: Só me sigam os bons espíritos. E o Moisés comentou, nossa que espítiro que pensaria que é ruim? Se você for numa cadeia todo mundo se acha bom. Esses processos são largados naturalmente, não precisam ser combatidos, até porque não são vilões. Assim como uma doença se mantém pq nós tiramos uma vantagem secundária dela, esses processos nos protegem e nos ajudam para não cair. Por mais que uma pessoa ache que já não precisa, esses processos ainda são fundamentais em diversas vertentes inconsciêntes e subconscientes. E serão largados automaticamente quando não forem necessários. Hoje em dia todo mundo se dá carimbos, seja o de consciência verde, espiritualidade, pensador livre, etc. Mas quando você analisa é simplesmente a criação de uma autoimagem e associação a uma ideologia, enquando os processos intimos dessa pessoa continuam muitas vezes funcionando de forma primária. Sobre essa questão de tudo está em movimento, na verdade uma visão alternativa tem ganhado força, a de que a energia essencial é inanimada e imóvel e tudo o que se move é que forma uma espécie de mundo/samsara: https://www.youtube.com/watch?v=NVqnoweezQY
  11. Você está praticamente complementando o que estou dizendo, é um método necessário para controlar a queda humana. Na sua maior parte, isso é uma herança da visão tradicional que chegou a se incorporar à psique do sujeito num nível profundo, subconsciente. Mas como consciências somos culpados logos de cara, pois se não fossemos, não reencarnariamos aqui. Seríamos mais evoluidos, no fundo faz sentido já sermos culpados. Culpa vem do latim e significa “negligência, descuido, erro". Aliás problemas no lóbulo temporal, responsável por julgamento e "criação" da culpa, cria pessoas com seríssimos problemas. Na narrativa suméria você já encontra narrativa de castigo e punição. E é a primeira civilização humana que temos "notícia". Esse pensamento não é fruto da tradição cristã. O problema dessa dialética de ampliar todo campo de visão é que ele vai até o infinito colocando tudo em dúvida e perdendo a conexão com um caminho, até que a gente pode chegar no ponto que o sentido da vida é o número 42, na verdade ninguém tá evoluindo e os ratos comandam o mundo, como no mochileiro das galáxias. Honestamente, essa ideia de evolução coletiva, de que estamos sempre evoluindo...acho isso uma interpretação ilusória, as pessoas só acharam maneiras mais sutis de expressarem sua primitividade. Logo há uma evolução dos mecanismos humanos, mas não da consciência. Isso vai desde antigamente a pessoa ser uma péssima pessoa, mal caráter, e hoje a pessoa simplesmente diz que é de capricórnio e beleza (hahaha brincadeira). Apesar dessa maneira meio direta de me colocar, em nenhum momento é a minha intenção ser grosseiro, apesar de acabar passando essa impressão as vezes.
  12. Sim, você está correto na primeira pressuposição. Me expressei mal, ia até corrigir minha mensagem, mas não achei essa opção. A minha intenção foi dizer que é um processo natural e não algo criado para manipular ou fruto de uma ideologia. É algo que se faz necessário para controlar a queda humana. Quando era mlk eu queria ser psicólogo forense, por causa das séries de detetives e tal, e pude estudar muitos casos, e posso te afirmar que essa visão de que assassinos, psicopatas etc são pessoas "diferentes" do "normal" ou com problemas mentais sérios, é absolutamente equivocada. Na maioria das vezes são pessoas que seguem uma vida ordinária e que por diversos fatores acabam seguindo esse caminho. Isso sem dizer que transtornos mentais podem ser criados a qualquer momento. Fora isso, concordo contigo, é algo necessário ainda pq ainda não somo evoluidos a esse ponto. E apesar de compartilhar essa visão, é preciso ter muito cuidado, pq o ser humano é campeão de usar sua mente mais elevada para justificar desejos hedonistas ou primitivos, vide o transformar "amor livre" em "sexo livre", atrelar ideologias pessoais a ideologias de evolução,...enfim, acho que enquanto humanos condicionados a emoções, mente subconsciente, energia sutis que não percebemos plenamente, condicionamentos físicos e materiais, é praticamente impossível chegar a um nível em que não se precise de algum mecanismo de controle para que não decaia. Aliás, a própria reencarnação é um mecanismo de controle e de "punição" sob diversas óticas, não tem porque achar que controle/punição/culpa são demônios que atrasam a humanidade, assim como seus pais não tem pq serem culpados quando te colocam de castigo por fazer algo errado.
  13. Acho que você pode* estar um pouco inclinado a uma visão idealista do paganismo ou um discurso, e olha que eu sou mais ocultista do que religioso. Lembra que na inquisição se pesava as bruxas antes de muitas serem queimadas? Horrível né? Procure por A Pena de Maat...No maravilhoso e livre antigo Egito se acreditava que se você na hora do julgamento pesasse mais do que uma pluma você passaria a eternidade sofrendo. E assim vai em todas. Quem não sente culpa depois de fazer algo errado é sociopata ou psicopata, a culpa é um processo natural. Existe um movimento hedonista que ao invés de propagar princípios acaba propagando um bem estar animal da coisa como princípio. O tal do "Esteja bem, faça um churrasquinho, brinque, viva a vida do mundo, faz o que se sinta bem", com a ideia de que se sentir bem é o norte da coisa...mas não é bem assim. Veja, quer deixar um traficante feliz? Mate seu rival. Quer deixar o Ted Bundy feliz ? Deixe ele fazer suas vítimas. Essas pessoas se sentem muito bem fazendo isso. Como diria o Chris Rock, nenhum traficante quando chega carregamento de crack fica bravo e diz "Caramba, o que que eu vou fazer com essa droga toda?". Ele adora. O norte não pode ser alegria ou prazer, o norte precisa ser princípios acima do humano, no sentido de te levar para a evolução.
  14. Já perceberam que tudo o que um demônio pode fazer de ruim o ser humano já fez? Demônio que faz avareza, assassinato, estupro, tortura... tudo isso o ser humano fez muito mais do que qualquer demônio durante a história. Psicológicamente isso se chama projeção. Nos métodos antigos de magia você evocava o demônio para combate-lo.Qual o sentido de chamar o demônio só para combater? Porque só assim você conseguia dar forma a uma parte sua que está em profunda sombra no seu inconsciente, e depois dela tomar uma forma fica muito mais fácil você ter domínio sobre essa área. Já perceberam que anjos em diversos relatos realizam vinganças e "dão uma varrida"? Esses rótulos são bobos, cada um tem uma espécie de campo de trabalho. Sim, acredito na linha hierárquica geral de anjos como evolução, mas nada me garante que esteja certo. Honestamente acho que se nao fosse a religião forte, e mesmo catastrófica, o ser humano seria muito pior do que é hoje em dia. Precisamos entender que os sistemas de controle são fundamentais porque são eles que limitam a queda humana de forma geral. Quem já está desperto vai achar um caminho paralelo sem problemas, quem não está ainda precisa de algum tipo de sistema de controle porque o instinto sempre será mais forte do que os princípios para alguém que não depertou em alma ainda.
  15. Bom, pegando carona aqui, só para discordar totalmente da questão do autodidata: Só para citar Faraday, Srinivasa Ramanujan e Mendel nunca foram educados. Nietzsche recusou a faculdade diversas vezes por não acreditar na capacidade da mesma, entres outros diversos gênios. O que o Paulo faz, de maneira bem covarde já que ele mesmo tem diversas reclamações de alunos por fazer as coisas que ele critica no Olavo(que também não gosto), é subjulgar o cara pelas formações dele que nem garantem ele como bom professor. Têm inclusive aulas horríveis dele e bem superfíciais, os livros dele são rasos e ele assim como o Olavo quer ter autoridade sobre tudo(visto que fala de 500 filósofos, todos rasamente...) É um erro contra a própria história, que teve renascentistas por exemplo estudando diversos campos por contra própria, acreditar que "formações formais" são algo fundamental. Isso seria confundir Didática(que é fundamental) com Establishment(que pode ser descartável). Aconselho que leiam a luta que foi para Bandler convencer psicólogos pomposos de que ele resolvia a fobia de um paciente em 30 minutos enquanto os psicólogos demoravam mesês ou anos seguindo processos estabelecidos, e até hoje ele luta contra o establishment e já deve ter livrado mais pacientes de seus problemas do que 10 universidades inteiras de psicologia. A didática é fundamental para aprender algo, porém, ela pode ser conseguida sozinha. E seria uma perda de tempo com tanto conteúdo que temos disponível hoje ficarmos dependentes de instituições ou grupos. Graças a deus hoje temos um boom de experimentadores. E acredito que essa seja a resposta. Gostou de algo? Testa, deu resultado? Não? Então testa outra coisa ou vai atrás de melhorar essa. Simples assim, se não tá lidando com algo fatal, faz e vê se dá certo. É isso que importa. Teste e faça com o que tem, vai atrás de fontes probatórias.