• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

CaioMartins

B-Membros
  • Content Count

    37
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

20 Excellent

3 Followers

About CaioMartins

  • Rank
    Advanced Member

Recent Profile Visitors

461 profile views
  1. Muitíssimo interessante a parte do vídeo em que o Wagner cita como a máquina de ressonância magnética funciona (captando somente o magnetismo natural presente nas moléculas de hemoglobina) em contrapartida da imagem mostrada, com atividades "cerebrais" fora do crânio (o exemplo da garrafa em 00:20 e do ovo mais a frente). Quero estar vivo para ver a ciência comprovar a existência da manipulação das bioenergias
  2. Achei interessante as imagens desse vídeo abaixo pela semelhança que as imagens tem com a visualização que eu costumo ter quando estou sonhando ou projetado. Somente algumas áreas mais específicas recebem nitidez completa. Isso acontece com vocês também? Parece que alguns cientistas da califórnia estão estudando as ondas cerebrais para converterem essas imagens "imaginárias" em video (esses cientistas planejam conseguir comunicar-se com pessoas em coma, por exemplo, com o auxílio dessa máquina de ressonância)
  3. É, Arjuna, Testei de novo em casa e nada também. Das alternativas: - Estou sem energia estática; - Minha energia espiritual está baixa; - estou próximo da minha próxima reencarnação ahushuahus trágico.
  4. É Cristaldo, como estou numa busca por conhecimento espiritual no geral acabo estudando de tudo um pouco, mas como acontece com você comigo é igual: Vou filtrando tudo o que me cabe e se as outras coisas também forem verdades, que a gente possa evoluir ao ponto de conseguir absorve-las sem trava nenhuma
  5. Muito interessantes essas palestras do Laércio, e coerentes. Só ainda resta aquela dúvida de como ele chegou a todo esse conhecimento tão alto... Através de outros mestres antes dele, ou só através de outros espíritos evoluidos? É muito instigante mesmo. Ótimo para pesquisa hehe É um daqueles vídeos que se o que ele diz for realmente verdade vai ter muito ufólogo falando "Eu avisei... eu avisei" (como disse a Mari em outro post) hehe. Mariana, acho que os livros do "lalau" devem falar mais acerca desse assunto de forma mais didática, mas se você conseguir encontrar os livros da Blavatski acho uma boa também. Quanto mais fontes nós consultarmos, melhor Também vou procurar os livros dela.
  6. Tentei aqui no trabalho e não obtive nenhum efeito. A fitinha permaneceu completamente parada. Deve-se levar em conta o material do suporte em que a fitinha está colada? Visto que madeiras são péssimos condutores de eletricidade... HAHAHA Se a fitinha for movida por estática, numa superfície de madeira é mais difícil, mas se a fitinha for movida por energia espiritual, to ferrado (não moveu nem 1mm!!) Vou tentar de novo em outras superfícies.
  7. Comigo também acaba por acontecer de uma hora pra outra, é estranho demais né? Isso só prova o quanto a gente precisa ficar atento às energias externas e com o equilíbrio e cuidado das nossas próprias energias...
  8. Sim! Exatamente, Igomes! Comigo foi da mesma maneira, com o tempo. O que me ajudou a distinguir esses pensamentos foi ir "testando" o que eu ouvia. Muito legal seu relato!
  9. hahahaha Interessante, Mari! Para me manter mais sensível ao que é meu e ao que vem de fora, no começo, eu dei uma de louco hahahaha NÃO RECOMENDO, mas acho uma experiência válida: Quando recebi um desses pensamentos eu simplesmente não questionei se era meu e comecei a testar, nas situações mais inusitadas, do tipo "Pergunta pra sua mãe como ela está, pois ela está mau por isso e isso e isso e precisa conversar", aí nessas ocasiões eu dava uma de louco hahaha Lógico que não chegava dizendo "Mãe, recebi uma ordem do plano espiritual de vir falar com você sobre isso isso e isso", ia meio que "comendo pelas bordas", executando o que eu ouvia e analisando aos poucos se o que eu recebi era algo meu ou realmente de algum ser de fora. Com o tempo essa "sensibilidade", no meu caso, foi aflorando e hoje eu consigo saber quando é meu ou não, se é bom ou ruim e etc.
  10. Então, Silvio, como eu acredito que tenha sido uma projeção acho que eu estava somente em outro "tempo" naquela mesma dimensão, pois acredito que na dimensão espiritual o tempo funciona de maneira diferente da nossa realidade aqui. Agora, quanto ao senhor que morava ao lado (na casa abandonada) acho que era inclusive um espírito, pois ele tinha uma certa deformidade nas pernas que eu só percebi um tempo depois de olhar pra ele. Quanto a maneira com que os projetores se comunicam acho que pode variar de pessoa pra pessoa. Alguns realmente ouvem, como se o mentor fosse outra pessoa ali do lado dele naquele momento, outros conseguem ver, e alguns outros "ouvem" como uma espécie de "sentir" - é como se ele falasse "internamente" em você hahaha Mas nesse caso, o incrível é que você simplesmente sabe que não veio da sua mente, você se sente claramente instruído a certas coisas. :)
  11. Oi, Alesi! Durante essa projeção que eu tive não senti medo algum, o que é estranho (o medo pode nos avisar de muitas coisas). Eu só fazia o que eu era instruído a fazer de acordo com as intuições que "ouvia" (é mais como uma espécie de "sentir"), talvez tenha sido por isso que não senti medo algum durante essa projeção. As sensações que nós temos enquanto nos projetamos dizem muito sobre o local em que estamos e com quem interagimos, e o medo faz parte dessas sensações. Geralmente ele fica aparente de maneira diferente em casa um de nós, mas é bom que a gente tenha a consciência de que ainda temos um corpo e temos além disso nossos mentores que estão o tempo todo conosco durante as projeções. Mentalizar a presença de seres protetores enquanto você se projeta às vezes ajuda a inibir o medo, assim como pensar que os seres espirituais não podem nos causar danos no corpo físico e caso ocorra algum tipo de ataque que seja de fato nocivo à nossa espiritualidade (consciência e mente) somos imediatamente encaminhados, pelo cordão de prata, de volta ao corpo. Estamos seguros. Com o tempo é normal que as experiências espirituais aumentem e que o medo diminua, é um processo natural. Tenha em mente a segurança dos amparadores e mentores espirituais que ajuda! haha
  12. No fim de semana passado (21/02/2016) comecei a perceber algo estranho em mim, a sentir que algo estava fora do lugar, sentia uma saudade incontrolável de alguém/ algo que eu não conseguia descobrir. Era uma tristeza que preenchia todo meu ser combinada a uma espécie de confusão que me deixava "surdo" às intuições do mundo espiritual. Procurei de todas as formas chegar em uma boa sintonia mas mesmo assim ainda algo me faltava. Tenho três cachorros em casa e costumo soltá-los na rua para que eles possam brincar durante algumas horas, livres, correndo pelos terrenos perto de casa. Não fazia muito tempo que eu havia soltado eles naquele domingo, cerca de meia hora, e um temporal muito forte chegou enquanto eles ainda estavam soltos. Logo eu peguei meu guarda-chuva e fui buscá-los, preocupado que eles ficassem doentes. Assim que saí, dois dos meus cachorros entraram em casa logo que abri o portão, sem eu nem precisar chamá-los, enquanto o terceiro olhava para mim no meio daquele temporal pesado e corria feliz pelos terrenos ao redor. Eu chamava por ele, tentando em vão fazer a minha voz se sobrepor ao som do temporal. Às vezes ele me escutava e olhava na minha direção, outras ele nem ao menos reagia e continuava correndo feliz pela chuva. Sentia uma preocupação constante ao ve-lo feliz correndo pra todo lado enxarcado - e a saudade/ tristeza em mim se intensificou. Já havia alguns dias que estava bloqueado e não conseguia ouvir as intuições que vinham do mundo espiritual, mas naquele momento eu voltei a ouvir, enquanto via meu cachorro correndo distante e feliz na chuva, ela me dizia assim: "Assim como você sente vontade de correr até ele e mantê-lo seguro com você eu também sinto saudades de você enquanto você corre feliz pela vida" No mesmo instante, ao ouvir essas palavras, uma felicidade imensa me preencheu, uma espécie de inspiração e alegria me fizeram deixar para trás todas aquelas sensações que me puxavam para baixo. Durante a vida, em alguns momentos acabamos nos esquecendo daqueles que nos guardam enquanto estamos trilhando nossos caminhos aqui na Terra, com todos os acontecimentos que se interpõem o tempo inteiro nos tirando o foco - Mas eles continuam ali, sempre, sendo nosso porto seguro, nossos guias. Lembrem-se daquele que nos protege, não importa qual seja o nome que ele possui na religião de cada um, mantenham-se em contato com ele, pois assim como temos necessidade de estarmos juntos ele também sente falta de nos ouvir, de saber que nos lembramos dele. Muita paz e luz a todos nós.
  13. Esse grupo é oficial? Existe mesmo um Whatsapp do GVA? *-*
  14. Sejam bem-vindos, Daniel e Marcela! Que aqui vocês possam aprender, assim como nós, sobre a realidade espiritual! Boas vibrações!
  15. Olá a todos! Na semana passada tive uma experiência curiosa. Enquanto praticava minhas energias e fazia EV, tive a oportunidade de fazer uma projeção. No primeiro instante me vi no meu quarto e tudo estava normal e logo percebi de que estava na nossa dimensão (só que no plano espiritual). Algo me dizia para tirar da minha casa alguém que estava embaixo da minha cama - esse ser embaixo da cama emitia um tipo de rosnado. Ele tinha o corpo parecido com o de um boneco e era aparentemente inofensivo, consegui pega-lo com minhas mãos e decidi leva-lo para fora de casa. Ao me locomover flutuei até o quintal e de lá subi um pouco mais até ficar mais alto que o muro, de onde coloquei aquele ser para fora da minha casa. O que me surpreendeu foi que ao volitar por cima do muro enxerguei toda minha vizinhança e inclusive a minha casa ainda em processo de construção. Sem reboco, algumas ainda sem parede ou somente com buracos nos lugares das janelas. Hoje em dia, na esquina na minha rua tem uma casa não terminada, está abandonada há muito tempo (de acordo com os vizinhos), mas nessa projeção havia um senhor que morava nela... Ele não conseguiu me ver durante a projeção inteira. Logo depois decidi voltar para casa minha consciência foi apagando de novo e voltei para o corpo.