• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

mvnobrega

B-Membros
  • Content Count

    131
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

mvnobrega last won the day on August 10 2019

mvnobrega had the most liked content!

Community Reputation

11 Good

About mvnobrega

  • Rank
    Membro Iniciando (100+)

Recent Profile Visitors

1,070 profile views
  1. Legal. É então, eu fico pensando que deve ter uns macetes pra identificar essa turma ET kkkk Tipo esses detalhes: https://www.jornalciencia.com/veja-se-voce-tem-alguns-destes-10-tracos-especificos-que-pouquissimas-pessoas-ainda-tem/
  2. Interessantes os livros. Em breve vou ler. Vlw 👍
  3. Entendi 👍 Esses traços são físicos ? Dá pra identificar quem é ou não terraqueo (ou se somos ou não terraqueos) ? Eu mesmo tenho um furinho na orelha que muita gente tem. Eu sempre achei mt curioso esse furinho e tempo atrás achei um artigo dizendo que esse furinho pode ser resíduo evolutivo, veja um trecho: Link: https://veja.abril.com.br/saude/por-que-algumas-pessoas-tem-um-furinho-na-orelha/ Enfim, carregamos marcas que possam revelar nossa raça ou origem?
  4. Também fico em dúvida sobre esse negocio de que a maioria absoluta das essência não anseiam a Maestria. Pois se todas partem da mesma fonte, como pode umas querer e outras não ? Uma partícula divina é o que é. Não consigo entender pq algumas querem Maestria e outras não (não me refiro a quem tem embrião áureo). O Samael mesmo diz que o Absoluto não é tirano, como se tudo isso que PARECE REGRA pudesse ser diferente, alterado, flexível: 108 existencias, 3000 giros, essência sem interesse pela Maestria, etc. Além disso, quando se fala q a essência sem Maestria volta absoluto sem individualidade da a entender que ela volta como uma gota no oceano e TOTALMENTE INCONSCIENTE. Mas quando Samael fala sobre isso, ele parece exagerar (no bom sentido) essa questão das Essências voltarem ao absoluto sem individualidade. Ao mesmo tempo ( e mais sutilmente) dá a entender que a Essência sem Maestria vive sim feliz e com consciência de si, porém, sem muitos recursos e mais limitada em relação ao todo.
  5. Mas os habitantes de todos os planetas são terráqueos não ? Se é um um erro operacional, os mahavantaras anteriores não serviram de algum aprendizado ? Presumo que esse erro possa ter ocorrido em outros Mahavantaras, e se aconteceu então o atual não seria uma falha/erro, seria o resultado do contexto como um todo... como algo que fosse de se esperar Não consegui assimilar isso
  6. Então esse erro operacional por ter deixado o órgão kundartiguador tempo demais afetou apenas a raça do nosso Planeta ? Poxa, sacanagem não ?? kk A galera dos outros planetas tudo seguindo em frente e a gente empacado aqui. Sei la, mas devido a essa falha, deveríamos ter muito mais Mestres encarnados transmitindo conhecimento. Parece pouco, vez ou outra surge algum pelo que me parece pelo menos. No momento, por exemplo, temos algum Mestre encarnado ?
  7. Num outro tópico o Sandro mencionou algo sobre o Ego ser uma falha operacional e eu não havia assimilado direito. Aqui: https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/21303-tabela-de-hidrogênios/&tab=comments#comment-100280 Eu queria saber se isso que foi dito está em relação com o que o Samael fala no seguinte trecho: Ta relacionado o que o Samael disse com o que foi exposto no tópico citado ? Pelo que entendi, foi a criação do órgão Kundartiguador que gerou o Ego. Mas se foi a 18 milhões de anos é muito recente, ou seja, deu a entender que o NOSSO Mahanvantara ficou bugado por erro cálculos. Isso também dá a entender que se não fosse esse erro TODAS as essências chegariam a Maestria. Faz sentindo ou estou confundindo as coisas ?
  8. Como funciona esse processo de ter que descer antes de subir que Samael as vezes menciona em seus livros. No livro "Sim Há Inferno Sim Há Diabo Sim Há Carma" ele fala dos 9 círculos dantescos e menciona algo sobre passar por cada um antes de voltar a subir. O Rabolú fala algo também, dizendo que fazia tudo errado quando tinha que descer pra aprender, pois ao invés de ele investigar ele saia dando "espadada" e atacando com violência tudo que via. Em outro trecho ele cita algumas provas, como: enfrentar monstros, passar por um corredor cheio de mulheres tentadoras, ser lançado no espaço e nao poder dar um grito se nao perdia a prova, etc. Minha dúvida é sobre como se inicia esse processo. Tudo isso é um pré requisito para se despertar a Kundalini ? Ou tanta faz, pode-se enfrentar tudo isso com a Kundalini desperta ou não. Se eu começar definitivamente a meditar, pedir a morte dos egos, exercitar a concentração, deixar de perder tempo com os prazeres da vida e com viagens astrais inúteis, e ter condições realmente de sair em projeção com lucidez e, uma vez la, pedir a Mãe Divina que me leve a Igreja Gnóstica nos planos superiores, ela vai me levar e ai sim a turma vai falar: bom, ta em condições de começar bater de frente com as provas e de descer, bora dar lições pra ele e ve como ele se sai. É tipo isso ? Em que ponto do nosso desenvolvimento gente inicia nesse trabalho ?
  9. Interessante. Eu ainda não li "Auxiliares-Invisiveis", mas o caso dela foi alguém do plano espiritual que fez a intervenção né ? Qualquer espírito que tenha certas habilidades pode colocar um corpo físico aqui ? Ou são espíritos que já tem o seu "Avatar" guardadinho ali em Jinas e quando precisam eles o vestem pra fazer algo por aqui ? Ah, dias atrás eu vi um video num canal sobre aviação que me fez pensar que poderia ser intervenção espiritual tbm. Pois a menina foi a única sobrevivente de um avião em queda livre que se desmanchou no ar. Tai ai um artigo com mais detalhes: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2012/03/120324_mulher_selva_bg Acho bem legais esses relatos
  10. Eu tbm não me sinto nem um pouco atraído e sequer vejo utilidade prática nisso para a maioria. Mas eu acabei lembrando que quando eu era criança, no morro perto de casa tinhas muitos pés de "Olho de Veado", e a gente conhecida como "Olho de cabra". Eu era apaixonado por esses negocios (pois gente usava pra queimar os amigos com ele tbm hehe) e tinha vários em casa, eles ficavam misturados com meus brinquedos ao lado da cama e sempre tinha um por perto. Daí um dia estava dormindo e acordei com minha mãe desesperada gritando meu nome perguntando onde eu estava, pois ela acordou pra fazer café antes de me levantar pra ir pra escola, e eu estava ali deitado bunitinho na cama, quando ela voltou eu sumi. Eu acordei com ela gritando meu nome sem entender pq eu estava sentindo tanto frio, dai me dei conta que estava deitado no chão frio em baixo da minha cama, sem coberta e sem saber como fui parar la e ela muito menos kkkk E nem acho que tenha sido Jinas não, acho que foi mais coisas de sonambulismo mesmo. Mas achei bem curioso ele dar um exercicios que usa esse "Olho de Veado" e te acontecido esse episodio comigo quando realmente tinha varios dele em casa.
  11. No "O Livro Amarelo" tem lá uns exercícios para se sair em estado de Jinas. Mas fiquei me perguntando se não pode ocorrer acidentes caso um iniciante consiga entrar em Jinas... Existe guardiões que cuidam dessa turma em estado de Jinas ? Pq fico imaginando um iniciante sem muito "plano de voo" flutuando por ai ou mesmo aparecendo abruptamente em um lugar inadequado.
  12. Show !! Mais uma vez tudo se encaixou. Na gnose sempre falam do Super Esforço, e em 3 minutinhos varrendo o kindle eu ja desencanei de procurar os trechos e você me vem com todos eles aqui...😬 heheh vlw Sandro 👍
  13. Vlw Sandro, sempre muito esclarecedor.. Quando você explica realmente encaixa melhor as coisas. Os caras são Mestres, mas vira e mexe gente acha incoerências no que eles dizem que não deviam acontecer. Tentei achar os trechos aqui mas como o Rabolú vai e volta no mesmo assunto eu não to achando.. Mas em um trecho do Livro ele diz algo assim: "Você não deve apontar fulano e dizer onde ele está, pois quem o procura talvez seja seu assassino e você vai colaborar" mais o menos isso, mas... la na frente em outra parte do livro ele está falando sobre traição e pergutam a Rabolú algo assim: "o que fazer se descobrirmos uma traição?" E daí ele vai e diz que deve contar para quem foi traído, e ainda dizer quem foi e onde foi.. Imagino que deve ter motivos, não sei, mas não faz o menor sentido vc nao denunciar o localização de uma pessoa pra um suposto assasino, mas ao mesmo tempo denunciar uma traição dizendo quem foi e aonde, a chance de acabar em tragédia ou morte também é grande. Nesses caso penso que seria mais adequado uma insinuação só pra abrir o olho de quem foi traído não ? Esses detalhes as vezes da umas chateadas
  14. Sandro, eu to lendo o livro "A Águia Rebelde", e em um determinado trecho o Rabolú diz "não é que estão afundando, a humanidade já está afundada, já está afundada..." Cara, deu até um arrepio isso..rs Quando ele diz isso, é porque todos NÓS já estamos condenados ao abismo e que é agora ou nunca a hora de trabalhar sobre si? Ou ele fala isso em relação ao Planeta Terra, onde os entulhos do Ego vão ficar por aqui mesmo se levando ao Abismo enquanto os que tem chances vão para outros planetas terem outras oportunidades ? Quando se diz que é o fim dos tempos, como devemos assimilar isso ? Pois essa parte eu ainda não li o suficiente pra assimilar, pois tem a questão das 108 vidas, mas ao mesmo tempo não estamos todos na mesma contagem certo ? Então como poderia estar a humanidade condenada se existem algumas variações de número encarnações para cada um? Imagino que alguns estariam mais perto das 108 encarnações e já num ponto quase sem volta e chances de recuperação, mas dizer que a humanidade está condenada me dá a impressão que a conta não fecha. Além disso, vamos supor que a essência teve mais de 108 encarnações para se recuperar, e realmente não teve jeito, os Egos continuaram a levá-la pro abismo sem que houvesse mais oportunidades de encarnações... onde entraria o arrependimento nessa história? Caso ocorra o arrependimento, ele acelera o processo de involução ou inverte a situação dando novas chances sem que ocorra a segunda morte ?