Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

lightium

B-Membros
  • Posts

    195
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Everything posted by lightium

  1. sandrofabres Pois é Sandro. Eu ando comparando meu grau de lucidez com minha capacidade de rememoração. Acho que só estou lúcido quando consigo me recordar bem do que aconteceu. Agora você me trouxe outra possibilidade completamente nova, a de que eu posso ter estado lúcido muitas outras vezes, mas não me recordo de ter acontecido. Sobre as habilidades. Acho que no meu caso, quando me recordo de estar lúcido, me sinto como se estivesse ainda em corpo físico, mesmo tendo consciência de não estar e, por isso, acredito que tenho as mesmas limitações, mas acho que é uma questão de tempo até que eu perceba do que sou capaz e tome consciência das minhas verdadeiras habilidades. No seu caso, acredito que por você ter mais experiência no assunto, estar lúcido lhe possibilita ter consciência das suas capacidades. O que para mim ainda pode funcionar ao contrário. ahuiahiauhaih Nas experiências onde consegui usar alguma habilidade, não me recordo ao certo do que pensava no momento, mas em um deles, achei estar em uma espécie de jogo de vídeo game. Já em outro, recebi ajuda de uma pessoa, que me disse que estava me dando poderes, para realizar uma determinada tarefa, a qual consegui fazer sem problema algum, usando dos "poderes" que essa pessoa supostamente me deu. albaman É mesmo albaman. Recordar-se das experiências é importantíssimo, pois caso contrário nunca teremos a possibilidade de aprender algo de novo com elas. Agora fiquei feliz, pois isso melhorou muito pra mim, já que desde que me interessei pelo assunto comecei a me lembrar de muitas experiências. As vezes dezenas delas todas as noites. Lembro de muitas experiências onde pude voar e realizar grandes façanhas, a maioria delas impossíveis de serem alcançadas no mundo físico. Voar mesmo, lembro desde criança, de sonhar que estava no quarto, ou em volta de casa, voando até certa altura, depois eu caia e voltava a voar. Na época me diziam que era sinal de que eu estava crescendo. ahuiahiuaauih Até pouco tempo, ainda tive centenas de sonhos aonde eu estava aqui no quintal, pulava sobre a casa, tentando voar pra longe, mas só conseguia ir até um pedaço, pois algo me puxava novamente para o chão.
  2. Praticamente todos os dias acordo com aquele sentimento de ter viajado para algum lugar distante e de ter vivido dezenas de novas experiências. Lembro de muitos detalhes de cada vivência, mas infelizmente não tenho lucidez o suficiente para recordar-me de tudo com perfeição. O que tenho certeza é de que quase todas as noites faço grandes viagens. Sabem aquele sentimento que experimentamos quando viajamos pra algum lugar distante, ficamos lá por tempo considerável e depois retornarmos para casa? Aquele sentimento de saudade de casa, misturado com certa alegria? São muitos sonhos, todos os dias e as vezes dezenas deles são marcantes o suficiente para ficarem gravados em minha memória. Uma coisa que pude perceber com bastante clareza, é que quanto menos estou lúcido, maiores são minhas habilidades no Astral. Vou lhes explicar melhor, se estou com baixo nível de lucidez, as vezes ainda o bastante para me considerar tendo um sonho lúcido, tenho grandes capacidades. Posso voar, atravessar ou plasmar objetos e consigo lutar contra outras consciências utilizando energia pura. Já quando estou mais lúcido, infelizmente acabo levando minhas limitações mentais e condicionamentos junto comigo. O que não me permitem fazer muitas coisas e geralmente quando isso acontece, acabo ficando com muito medo, o que prejudica completamente a experiência. Durante a experiência mais lúcida que tive até hoje, simplesmente não consegui atravessar paredes, coisa que já fiz centenas de vezes em outras ocasiões, porém estava com menor lucidez. Tudo isso me ajudou a observar com bastante clareza minhas limitações e condicionamentos e o quanto eles têm prejudicado minha vida física e minha existência no geral. Outra observação que tornou-se possível foi do quanto somos nós mesmos mesmo fora do corpo. O quanto ainda continuamos com todas as nossas crenças, limitações, com nossa auto-imagem e o quanto tudo isso pode estar completamente distorcido e nos impedido de alçar voos mais altos. O que vocês acham?
  3. Já tive várias experiências parecidas, digo no sentido de estar perseguindo algum tipo de criatura, como se eu fosse um caçador. Já sonhei que estava perseguindo lobisomens ou algo parecido, junto com outra pessoa que estava me instruindo, aliás, sempre tem alguém junto comigo me ajudando. No momento eu acreditava que era um vídeo game, isso mesmo, eu ficava abismado com a tecnologia empregada naquilo, que possibilitava tamanha realidade virtual. Tudo era tão tangível que me motivou a ficar tocando os objetos e consigo me recordar muito bem do quanto eram sólidos. Outra vez sonhei que estávamos descendo uma estrada, uma pessoa desconhecida e eu, primeiro passamos por um grande maquina, e a vi ser destruída por outras pessoas. Depois continuamos descendo até chegar em uma espécie de caverna. Tive muito medo de chegar perto, mas a pessoa que estava comigo me tranquilizou, dizendo que iria me auxiliar. Perguntei se eu não iria receber algum tipo de arma e lembro de ter mentalizado uma arma de fogo, mas a pessoa me respondeu que não era necessário e que eu deveria usar apenas minha energia. Entrei na caverna e saí logo em seguida, sendo perseguido por dezenas de criaturas estranhas, das quais tenho poucas lembranças.
  4. Olá Caroline. Muito obrigado pela resposta. Vou ler o artigo. Já fiz cirurgia plástica, uma rinoplastia para ser mais exato. Sempre tive grande curiosidade em saber o motivo pelo qual tenho tantas pintas no corpo, se nenhum dos meus parentes têm tantas assim. Só eu mesmo, que nasci com dezenas delas. Minha mãe tem várias, mas eu tenho pelo menos umas 5 vezes mais que ela.
  5. Olá pessoal... Esta madrugada experimentei vários fenômenos estranhos, que me ocorreram sem motivo aparente. Voltei para casa cedo e resolvi dedicar meu tempo para ler sobre assuntos de meu interesse, sendo que um deles é espiritualidade. Acabei ficando até 4 horas da madrugada lendo e vendo vídeos, depois fui deitar normalmente. Assim que atingi um estado de relaxamento propiciado pelo sono, comecei a experimentar alguns fenômenos. Primeiro, vários sons, zumbidos e estalos dentro da minha cabeça. Segundo, vozes confusas sobre assuntos estranhos, como se meus pensamentos tivessem tomado forma tangível o suficiente para se tornarem vozes completamente audíveis, porém mentalmente. Tão audíveis que era possível distinguir a voz das pessoas. Neste momento resolvi relaxar e aproveitar a experiência, foi quando comecei a sentir um Ev muito forte, que me causou certa estranheza e acabou me assustando. Levantei, pensei um pouco no assunto e voltei a deitar. Foi quando os fenômenos continuaram e o Ev foi ficando cada vez mais forte. Além do Ev, dos pensamentos estranhos, sons estranhos, comecei a ouvir barulhos de pássaros, a ver imagens muito detalhadas e a sentir toques pelo meu corpo. Resolvi levantar novamente e vim para a sala, mas o Ev não parava de jeito algum, mesmo estando em pé, em estado de vigília, completamente acordado e lúcido, o Ev continuava e isso durou vários minutos. Infelizmente fiquei agitado e não consegui relaxar até o Ev e as outras sensações passarem. Depois peguei no sono normalmente e nada de extraordinário voltou a ocorrer. O interessante é que isso aconteceu sem motivo algum, pois eu não havia feito nenhuma técnica de manipulação de energias, nem mesmo técnica de projeção. Foi um estado muitíssimo semelhante ao que experimento quando em catalepsia projetiva, porém desta vez eu estava totalmente acordado e caminhando pela casa. Pessoal, conheço a maioria destes fenômenos e já os experimentei anteriormente, mas em catalepsia projetiva. O que me assustou e me deixou curioso foi o fato de terem acontecido nestas condições, em estado de vigília e de terem permanecido mesmo sob forte resistência de minha parte. Na maioria das vezes faço de tudo para experimentar algo parecido, com pouco ou sem nenhum sucesso e quando menos espero, isso acontece naturalmente. Grande abraço pessoal.
  6. Marcas de nascença. Sinais de vidas passadas? Tenho lido a respeito deste assunto e achei bem interessante. O que vocês acham? Tenho dezenas de marcas pelo corpo, são aquelas pintas escuras conhecidas popularmente como "belezinhas". O interessante é que elas apresentam um estranho padrão, que funciona da seguinte forma. Onde existe uma pinta menor de um lado, existe outra maior do outro. Isso em quase todas as áreas, as marcas seguem o mesmo padrão. Pode ser uma tremenda besteira, mas confesso que fiquei curioso desde a primeira vez que me deparei com essa teoria. Abraços.
  7. Olá pessoal... albaman Você está certo. Se virar em dimensões mais densas da existência é uma tarefa bastante difícil e para isso precisamos aprender todos os poderes, alguns muito além da nossa capacidade. Principalmente levando em consideração que estamos encarnados e, portanto em grande desvantagem. Os trevosos sabem muito bem como usar nossas fraquezas e vontades humanas para nos manipular. Tenho consciência das possibilidades e do quanto ainda posso melhorar, por isso pretendo fazer o possível para atingir um estado mais elevado, que me possibilite experimentar ainda mais a realidade como um todo. É tudo tão confuso, bagunçado e aparentemente incompressível, mas tenho certeza que valerá a pena. Boris Poxa Boris, que situação hein. Ainda bem que os lábios dele começaram a derreter. Grande abraço.
  8. Meus parabéns amigo, você possui um dom e saiba que muitas pessoas se dedicam durante meses ou até anos, para conseguir fazer o que você já faz naturalmente. Ter a capacidade de se projetar assim é um grande privilégio e tenho certeza que encontrou o lugar certo para aprender a dominar este poder. Também passei por isso e sei muito bem como é assustador, mas logo você aprenderá mais sobre o assunto e acabará gostando das catalepsias, pois descobrirá que elas são grandes oportunidades. Um grande abraço.
  9. Opa albaman, como vai? Pois é amigo, foi uma coisa bem doida. O bom é que sou o tipo de cara que acha tudo isso incrível, por isso me sinto grato por todas as experiências que me permitem saber um pouco mais de como as coisas funcionam. O sujeito (ou sujeita?) não estava plasmado como vampiro não e sim como uma mulher atraente. Por que será que escolheu a figura de uma mulher? O que foi estranho é que "ela" mordeu meu pescoço e começou a sugar, como se fosse um vampiro mesmo. Então, no momento não usei nada de energia e tentei igual faria no físico mesmo, o que não funcionou muito bem. Esse é um dos meus problemas, sabe, estudo pra caramba o assunto, mas quando acontece, parece que esqueço e acabo agindo exatamente da forma que estou condicionado a agir no físico. Esses dias consegui me livrar de uma situação complicada usando apenas energia e funcionou bem pra caramba. Agora já to pegando o jeito. O que me deixa triste é que toda vez que encontro uma mulher bonita no astral, sempre tem algo de errado, então acho melhor fugir dessas situações. Grande abraço.
  10. Olá rsycbr Logo que li seu relato já pude perceber que provavelmente são visões provenientes de um profundo estado de relaxamento. Estas visões são muito comuns em estados meditativos e podem ter diversas origens. Existem as explicações científicas e as que são mais espiritualizadas, pois levam em consideração fatores além da existência material. Como sou espiritualista, evidentemente vou lhe sugerir que estude o assunto do ponto de vista mais abrangente possível, desta forma poderá descobrir a real causa deste fenômeno. Se você levar em consideração apenas o que a ciência atual julga ser possível, provavelmente ficará satisfeito com uma explicação superficial e pouco satisfatória. Não estou afirmando que a causa está além da sua mente material, mas tenho certeza que esta possibilidade existe. Se você tem facilidade em alcançar um nível de relaxamento tão profundo, com certeza terá facilidade em experimentar vários outros fenômenos, muitos dos quais estudamos aqui no fórum, inclusive a viagem astral. Grande abraço.
  11. Esta madrugada tive um sonho pra lá de bizarro e curioso. Inicialmente estava completamente inconsciente e sem ter noção de que era um sonho, foi quando vi uma figura que me interessou bastante. Era uma mulher, muitíssimo atraente, que logo se aproximou e começou a me abraçar. Lá estava eu, gostando pra caramba daquele momento, quando comecei a sentir que ela estava me sugando, isso mesmo, ela estava me mordendo e me sugando, como se estivesse dando um chupão em meu pescoço, puxando assim meu sangue, exatamente como fazem os vampiros da ficção. Tentei me afastar, mas ela me segurou forte e neste momento me dei conta da estranheza daquela situação e tomei consciência de estar sonhando. Não fiquei totalmente lúcido, mas estava ciente de que não era uma situação corriqueira do mundo físico. Assim que percebi a situação bizarra, fiz de tudo para me afastar, mas a entidade não me deixou de jeito algum e, por fim, acordei sem saber do final da estória. Não foi lá uma experiência extraordinária e nada muito fora do que estou acostumado a experimentar, mas tem um detalhe que me chamou a atenção. Estou falando da parte em que a moça me mordeu e tentava sugar a minha pele, e pude sentir como se ela estivesse me drenando. Isso pra mim foi novidade! Grande abraço galera.
  12. Olá, seja bem vindo ao fórum. Em primeiro lugar que lhe parabenizar, pois suas experiências me parecem fascinantes e você pode se considerar um privilegiado por experimentá-las. Você acredita que está dormindo quando isso acontece? Consegue perceber seu corpo? Caso sim, você percebe seu corpo no local da visão ou deitado normalmente? Podem ser sonhos lúcidos ou algum outro tipo de capacidade que lhe permite ter essas visões. Na projeção convencional você se percebe no ambiente, fazendo parte dele e consegue ter noção do seu corpo, assim como se estivesse acordado. Vamos aguardar alguém experiente para ajudá-lo de forma mais satisfatória. Um grande abraço.
  13. Tenho feito muito esta comparação entre meus níveis de lucidez quando fora do corpo e quando em estado de vígila, e posso lhes assegurar que me possibilitou observar com clareza o quanto sou um verdadeiro sonâmbulo na maior parte do tempo. Além disso, pude perceber que quando me deixo levar por sentimentos negativos meu estado de inconsciência se agrava ainda mais.
  14. Uma coisa que precisamos entender é que em nossas vidas nem tudo acontece do jeito que queremos, pois estamos sujeitos a inúmeras leis naturais, bem como a diversas circunstâncias que podem interferir com nossa vontade. Passamos grande parte da vida sofrendo forte influência de muitas condições externas, as vezes positivas, outras negativas e nem se damos conta disso. Lembrem-se que estamos mais ligados ao todo do que imaginamos, então nossos pensamentos, vontades e ações, muitas vezes acontecem através de influências completamente alheias às nossas vontades pessoais. Outra coisa, acho importantíssimo que tenhamos consciência de que nossa percepção ainda é muitíssimo limitada e assim também é nosso conhecimento. Quanto mais elevado for nosso nível de consciência maior será nosso controle. Alguém pode muito bem beber uma pinga daquelas e continuar consciente, sem sofrer nenhuma influência, mas para isso precisará estar equilibrado e bastante desperto. Se a pessoa já vive com baixo nível de consciência, a bebida só piora a situação. Vocês já devem ter lido a respeito das projeções com baixo nível de consciência. Pois é assim que vivem grande partes das pessoas, parcialmente conscientes, isso em estado de vigília. Fiquem atentos pessoal, pois provavelmente já fomos controlados por muitas vezes e nem percebemos.
  15. Então Kaly... As experiência diferem muito, dependendo da pessoa e de outras circunstâncias. Tomar uma segunda dose logo de início não é necessário, nem mesmo recomendado, porque só iria piorar a situação. A ingestão das substâncias envolvidas provoca sim, em algumas pessoas, efeitos colaterais indesejáveis e não sei lhe informar com precisão quais são as causas específicas, mas tenho como suspeita que sejam unicamente de origem física. É uma experiência forte e envolve a ingestão do chá, por isso é necessário observar que existem algumas restrições e contra-indicações. Com relação a projeção devo lhe dizer que as experiências que tive com o chá são muito diferentes de uma projeção astral, mas esta é uma opinião completamente pessoal. Suspeito que durante o efeito da bebida seja possível realizar uma projeção consciente, mas nunca consegui, o que experimentei foram algumas saídas rápidas do corpo, as quais infelizmente não consegui dominar e por este motivo duraram pouco tempo. O que me acontece é que entro em uma espécie de transe, quando meu corpo físico parece desaparecer, assim como a percepção do ambiente externo. É mais um estado de hipnose, de difícil descrição. Já fiquei mais de três horas neste estado e não senti absolutamente nada em meu corpo físico, até porque eu estava sentado em uma posição totalmente desconfortável e quando voltei ao normal, senti dores em várias partes do corpo, mas antes não sentia nada, nem mesmo tinha a noção de respiração. Já consegui, através de meditação, estados de considerável relaxamento e até mesmo algumas pequenas experiências de expansão da consciência, mas nada que se aproxime do que me acontece durante a sessão com o chá. Acho que a melhor explicação seria lhe dizer que é como uma experiência meditativa profunda, com grande expansão da consciência. Durante esse momento, consigo ver muitas coisas, com grandes detalhes, além de ver, posso sentir, ouvir e até mesmo cheirar ou sentir gostos, mas isso tudo com os olhos fechados e sem perceber nada do ambiente que me rodeia. Certa vez, fiquei por tempo considerável experimentando uma região baixa do astral, onde percebi, vi e senti várias consciências negativas e várias outras que estavam sendo oprimidas, em estado de grande sofrimento e pude sentir tudo o que elas sentiam. Foi uma experiência muito forte, que no momento me causou muito medo, mas sou grato por isso, pois pude compreender como isso funciona. Ainda assim, não foram projeções, por isso não sei lhe dizer se a ayahuasca facilita a projeção, isso durante o efeito do chá. Indiretamente tive sim, grandes melhoras em todas as experiências espirituais, mas ainda sou muito iniciante em projeções. Comecei a descobrir essa realidade por pura curiosidade e agora mudei completamente de objetivo. A minha meta em realizar projeções, bem como com o estudo da espiritualidade no geral, é mudar minha vida, minha existência, dominar minha mente, enfim, tornar-se um individuo melhor. Para mim, ter consciência disso tudo e compreender como funciona, bem como as circunstâncias que envolvem a minha existência, é importantíssimo e exerce papel fundamental nesse meu processo de evolução pessoal. Grande abraço.
  16. Nunca vomitei, nunca passei mal e nunca levantei durante a sessão. Geralmente entro em uma espécie de transe e mal me movimento. Nunca tive nenhum sintoma semelhante ao uso de drogas e olha que já usei drogas na minha vida, coisa que não tenho orgulho em dizer e me arrependo muito. Com o chá é totalmente diferente de qualquer coisa que já experimentei. A questão é que isso varia muito de pessoa para pessoa, então contigo pode ter sido completamente diferente. Já para mim, por algum motivo que desconheço, sempre foi uma experiência profunda e maravilhosa, que me trouxe muito conhecimento e me ajudou a compreender a minha existência e a realidade como um todo.
  17. Sim, na UDV. Não tenho absolutamente nenhuma crítica com relação a UDV. Os lugares e as pessoas que conheci são incríveis e me ajudaram muito em minha caminhada.
  18. Bem, já que estamos falando sobre Ayahuasca acredito que posso opinar sem desrespeitar as regras do fórum. Inicialmente quero deixar bem claro que não estou incentivando ninguém a beber o chá, mas apenas quero lhes mostrar o quanto foi positivo para mim. Ter contato com a espiritualidade, saber que isso existe e se abrir para essa possibilidade, me trouxe grandes benefícios, disso não tenho dúvidas. No meu caso, o chá foi importante, mas não precisa ser desta forma com todo mundo, pois muitos descobrem essa realidade sem a necessidade do chá ou qualquer coisa semelhante. Bebi o chá em uma religião séria, com objetivos nobres e com um trabalho muito sério por parte de pessoas do outro lado. Não foi em qualquer lugar não. Já bebi várias vezes e foi através dele que tive experiências maravilhosas, por isso considero o chá como sendo um divisor de águas em minha vida. Antes eu era ainda um pouco cético a respeito da realidade espiritual e sobre tudo relacionado ao assunto, mas o chá me possibilitou experimentar o que eu nem imagina ser possível. Nunca passei mal, nunca tive uma experiência negativa e principalmente, nunca tive sintomas físicos negativos. Desde a primeira vez que bebi, já tive experiências incríveis, que abriram minha mente para todas essas possibilidades. Ainda assim, tenho algumas considerações importantes para lhes informar: 1. O local escolhido para se tomar a bebida é importantíssimo, já que deve-se atentar para a egrégora do local. Por isso escolhi uma religião muito legal, onde conheci pessoas incríveis, as quais atualmente são muito queridas para mim. 2. O trabalho espiritual feito durante a sessão é também, MUITÍSSIMO importante. Isso pois existe mesmo um trabalho espiritual feito pela galera do lado de lá, coisa que já percebi claramente por diversas vezes e considero como fator decisivo para o aproveitamento da experiência. 3. você não deve beber o chá tendo em mente um objetivo específico, pois tenha certeza que lá tudo mudará completamente. Isso acontece devido ao fato de que nossos objetivos e consequentes curiosidades, têm suas origens na nossa mente humana, ou seja, no nosso ego. Lá você encontrará seus verdadeiros objetivos e posso lhes garantir que diferem completamente dos que foram formulados na mente humanizada. 4. Nem todos terão os mesmos resultados e as mesmas experiências, pois isso varia muito de pessoa para pessoa, então alguns indivíduos acabam por ter experiências negativas e traumáticas, por isso considero que o chá não é para todos. 5. NUNCA tive necessidade de bebê-lo com grande frequência. Até hoje foram apenas 7 vezes, sendo que a primeira vez foi a mais de um ano e meio, e para mim já foram o suficiente. 6. Existe uma ENORME diferença entre você beber o chá, em um grupo de pessoas sérias, com objetivos nobres, procurando descobrir a espiritualidade e usar uma droga qualquer por aí, com a intenção de ficar "doidão". Algumas pessoas usam o chá com fins recreativos, mas isto não tem relação alguma com espiritualidade. No meu caso, tive grandes melhorias em minha vida, sendo que grande parte delas se devem ao fato de que me tornei bem mais sensível e receptivo com relação a minha própria espiritualidade, coisa que antes eu praticamente ignorava. Antes eu era imaturo, depressivo e sofria de vários outros problemas emocionais, sendo que alguns deles ainda se mantem até hoje, mas com menor intensidade. Sem o chá e sem ter participado dessa religião, eu nunca estaria aqui, estudando espiritualidade. Na realidade, provavelmente eu estaria dedicando meu tempo em comunidades sobre assuntos completamente mundanos e materiais. Um grande abraço galera.
  19. Gustavo... Leia este artigo, pois trata exatamente deste assunto: https://revolucaodosindigos.wordpress.com/2015/07/19/o-despertar-espiritual-e-as-amizades/ Grande abraço.
  20. Existem diversos relatos de projetores, que afirmam ter encontrado com animais de estimação já desencarnados, por isso eles acreditam que existe sim, a possibilidade de que estes animais possam permanecer neste estado por tempo considerável, o que denota o fato de que os mesmos possuam já uma consciência individual. Então como disse nosso amigo acima, animais de estimação e alguns outros podem estar em níveis evolutivos próximos ao de se tornarem seres humanos. Outra coisa interessante, é que existem relatos onde projetores encontraram com animais em estado de desdobramento e este é um acontecimento aparentemente comum. Tenho uma grande amiga, que já é projetora a um bom tempo e ela diz que encontrou-se várias vezes com o cachorro da família em estado de desdobramento. O mais legal nisso, é que ela relata que o cachorro parece manter um estado elevado de consciência, mesmo fora do corpo. Para mim isso acontece por um motivo bastante simples. Os animais não possuem crenças limitantes e uma mente ainda muito "simples", o que torna ainda mais fácil a possibilidade de permanecerem lúcidos quando fora do corpo. Já nós, seres humanos, somos educados com diversas crenças que acabam por se tornar grandes limitadoras quando o assunto é experimentar qualquer fenômeno além do material. Vocês já perceberam como crianças parecem ter mais facilidade para explorar a realidade em sua totalidade?
  21. Neto Que experiência incrível e emocionante. Alem do ocorrido, que já foi curioso o suficiente, devo lhe dizer que fiquei ainda mais abismado com o fato de você ter encontrado essa mulher fisicamente, o que foi essencial para lhe proporcionar tal oportunidade. Aqui podemos perceber como as coisas funcionam de maneiras radicalmente diferentes em níveis mais altos de consciência. Você conseguiu compreender perfeitamente toda a situação, incluindo os sentimentos e todos os pormenores, em minutos de experiência, coisa que levaria muito mais tempo para entender se tivesse vivido de outra maneira. Você ultrapassou os limites da mente e adentrou no campo dos sentimentos, que para mim, formam os verdadeiros "pensamentos", muito além dos nossos pensamentos humanizados. Tive um encontro com minha vó, que ainda está encarnada, mas que precisou ir embora por um tempo, por motivos de saúde. Foi uma "conversa" muito mais profunda e proveitosa do que jamais tivemos aqui no físico. Acho que vou relatar esse ocorrido aqui no fórum. Um grande abraço meu amigo.
  22. Olá Gustavo... Passei por situação muitíssimo semelhante, pois também tive muitas dúvidas sobre quais caminhos percorrer, mas a medida que o tempo passou, fui adquirindo mais experiência e tendo mais lucidez para fazer melhores escolhas. Isso acontece com todo mundo, alguns em níveis mais acentuados, outros com menor intensidade e em muitos casos, nem mesmo depende de conhecimento algum sobre a nossa realidade de espírito imortal, pois ocorre naturalmente. Como nosso amigo Sandro disse, a vida as vezes bate na nossa cara e nos coloca no chão e isso é absolutamente normal. É nestes momentos que evoluímos como ser humano e mudamos muitos dos nossos conceitos e opiniões sobre as coisas. Essa evolução nos proporcionará mais conhecimento, experiência e por consequência, sabedoria. Isso para mim é chamado de maturidade. Antigamente eu acreditava piamente que a vida era feita para ser aproveitada e isso através de muitas festas e farras, sempre regadas com álcool e, as vezes, com mais algumas coisinhas. Com o tempo fui percebendo o quanto esse estilo de vida era prejudicial e completamente vazio, pois não me proporcionava nada além de contentamento momentâneo, frequentemente seguido de sentimentos de culpa e vários outros sintomas negativos. A este processo de amadurecimento posso acrescentar o fato de que passei por diversas situações de sofrimento, as quais acabaram por alterar completamente meu caráter, moldando assim um novo ser. Hoje, com 31 anos de idade, ainda tenho muitos defeitos que preciso reparar, mas em comparação com o que eu era há 5 anos, posso lhe garantir que existe uma enorme diferença. Cara, vou te falar sério. 5 anos atrás, eu era uma criança, sério mesmo, uma criança birrenta, aliás, nem preciso dizer 5 anos, acho que há 2 anos eu ainda era muito criança. Você já está percebendo essa energia negativa típica de determinados ambientes, então acredito que logo acabará por deixar de frequentá-los, e isso acontecerá naturalmente. Como estará vibrando em nova sintonia e se interessando por novos assuntos, atrairá para junto de si outras pessoas, com interesses semelhantes e encontrará um novo estilo de vida. Sei bem como é difícil e ainda tenho muitas dúvidas sobre minha jornada, principalmente porque estou no início do caminho, mas tenho certeza que só tenho a ganhar com tudo isso. Abraços e boa sorte com tudo.
  23. Existem inúmeros motivos que podem fazer com que uma consciência já desencarnada permaneça na Terra e/ou em dimensões mais baixas e dentre eles posso destacar; a ignorância, apego a vida material ou a objetos, pessoas e assuntos, crenças errôneas e limitantes, baixa vibração proveniente de pensamentos e sentimentos negativos, sintonia vibracional, vontade própria, dentre outros. É um assunto bastante amplo e para que você entenda como isso funciona precisará estudar espiritualidade no geral. Por exemplo, uma pessoa que desencarna sem conhecimento algum do plano astral, sem merecimento para receber ajuda, com baixa vibração, com péssimos sentimentos e ainda grandes apegos, ficará em uma prisão, que basicamente é a própria mente do sujeito. Existe também a possibilidade de alguém ser usado para fins duvidosos, por outras consciências mais espertas e mesmo neste caso, a falta de conhecimento sobre a própria liberdade continua sendo o principal motivo.
  24. Felippe Felippe, tava lendo a postagem aqui e não pude deixar de rachar de rir com seu relato. (Estou falando da parte de ter pulado da sacada. :D) Imagina o que eles pensaram? "Lá se vai um cara depressivo, até fora do corpo tentando se suicidar" ahuiahuiahiuahiuah No mais, muito legal sua projeção. Parabéns pela experiência meu amigo. Grande abraço.
  25. Nossa Sandro, que rapidez meu amigo. É realmente louvável sua atitude em ajudar os participantes do fórum com tanto comprometimento e dedicação. Então, quando fiz também senti tudo e tive mais alguns sintomas. Foi maravilhoso, porque pude sentir a vibe do povo e assim que eles chegaram, parece que a energia do ambiente mudou completamente. Vou acessar o site agora mesmo. Meu amigo, muitíssimo obrigado mesmo. Grande abraço.
×
×
  • Create New...